SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
ADMINISTRAÇÃO DE REDES I ­ LINUX
Inicialização e Gerenciamento de Processos

                                               Frederico Madeira
                                             LPIC­1, LPIC­2, CCNA
                                             fred@madeira.eng.br
                                              www.madeira.eng.br
Agenda




Inicialização de   Gerência de
 Serviços          Processos
Inicialização – SysV init RunLevels

O Sistema SysV determina quais programas devem ser
iniciados/terminados
quando um runlevel é iniciado.


Mais simples e mais flexível do que o padrão BSD.


Runlevels (Estados ou Modos do sistema)
0 – Desligamento
1 – Modo Monousuário (Modo Texto)
2 – Modo Multiusuário sem rede
3 - Modo Multiusuário com rede (Modo Texto)
4 – Não utilizado
5 – Modo X11 completo
6 – Reiniciar
Inicialização – SysV init RunLevels
Estrutura /etc/rc.d/
Inicialização de Serviços
Iniciando um serviço manualmente

1. Necessário rodar o script desejado na pasta /etc/init.d/
informando a operação desejada (start/stop/reload/restart)

Ex:
# /etc/init.d/httpd start
# /etc/init.d/mysql stop

2. Através do comando service

Ex:
# service httpd start
# service mysql stop
Inicialização de Serviços

Iniciando serviços automaticamento no boot


Necessária a criação do link do script do serviço para as pastas do
runlevels desejados.


Isso é feito através do comando chkconfig
EX:


Desabilitando o httpd de inicar nos runlevels 2345
# /sbin/chkconfig --level 2345 httpd off


Habilitando o mysql a ser iniciado nos runlevels 35
# /sbin/chkconfig --level 35 mysql on
Inicialização de Serviços

Para listar um relatório de todos os serviços separados por runlevels:


/sbin/chkconfig --list


Filtrando:


/sbin/chkconfig --list | grep http
/sbin/chkconfig --list | grep 3:sim
/sbin/chkconfig --list | grep 5:não
Gerência de Processos

- Processo é um programa em execução.


- Do ponto de vista do SO, é a estrutura responsável pela manutenção
de todas as informações necessárias à execução de um programa


- Possuem permissões e atributos individuais


- Identificado pelo PID – Process Identification


- Para cada PID existe uma pasta em /proc
Gerência de Processos

- Arquivos de informação detalhada:


/proc/<PID>/cmdline
/proc/<PID>/environ
/proc/<PID>/status


- Através de ps, pstree e top obtêm-se informações sobre os processos.


- Permite alteração da prioridade do processo em execução


- Maior prioridade (-20), menor prioridade (19), padrão (10)
Gerência de Processos
Atributos



Atributo                                Descrição
           Process Identification – Identifica o processo, não pode ser
  PID      repetido
           Parent Process Identification – identifica o processo pai que
 PPID      gerou o processo filho
 UID       User Identification – Identifica o usuário que criou o processo
           Group Identification – Identifica o grupo ao qual pertence o
  GID      processo
           Effective User Identification – identifica o usuário dono do
 EUID      arquivo (suid)
           Effective Group Identification – identifica o grupo efetivo ao qual
 EGID      pertençe o processo (sgid)
Gerência de Processos
  Classificação
Quanto a Execução:


Foreground (Primeiro Plano)
- inicializados no terminal de comandos
- podem interagir com usuários
- execução exibida no monitor
- prendem o prompt


Background (Segundo Plano)
- inicializados no terminal de comandos
- não podem interagir com os usuários
- não exibem saída no monitor
- não prendem o prompt
Gerência de Processos
 Classificação
Quanto ao Tipo:


Processos interativos
- iniciados nos terminal de comandos a partir de uma sessão de usuário
- controlado pelo usuário


- Processos em lote (batch)
- Controlados pelos comandos at, batch e cron
- saída é enviada por email para o usuário


- Daemons
- Processos servidores, normalmente inicializados no boot
- Rodam em background, aguardando que seja solicitado
Gerência de Processos
 Comandos
jobs
Função: Lista os jobs em execução
Opções: -l (exibe nome e PID)
fg
Função: Resume o job e o torna o job corrente
CTRL-C – Encerra aplicativo
CTRL-Z – Para aplicativo
Bg
Função: Resume o job e o envia para background
ps
Função: exibe informações sobre processos ativos
Opções: -a (todos), -u (nome de usuário/hora), -x (proc. Não associados ao
terminal)
Ex: ps -aux
     ps -efa
Gerência de Processos
  Comandos




pstree
Função: Informações sobre processos ativos em forma de árvore
Opções: -a (argumentos de linha de cmd), -c (não compacta sub-árvores),
-n (classifica por id), -p (mostra PID)
Ex: pstree -cpn


top
Função: Exibe processos com maior uso de CPU
Opções: -d (delay), -u (processos do usuário), -U (não mostra desse
usuário), h (ajuda), q (sair)
Gerência de Processos
 Comandos
kill
Função: Finaliza um processo pelo PID
Ex: kill -9 2212
killall
Função: Finaliza um processo pelo nome
Ex: killall -9 gedit


nohup
Função: Continua a execução de um comando, mesmo que o usuário saia
do sistema.
Ex: nohup wget http://www.site.com/arquivo.iso


nice
Função: Permite executar um programa ou comando com uma dada
prioridade.
Ex: nice -4 updatedb
Gerência de Processos
Comandos
renice
Função: Modifica a prioridade de um processo já em execução.
Aplicado a um processo, usuário ou grupo
Ex: renice +15   updatedb
   renice -1      -u    joao
   renice +5     -g     financeiro
ADMINISTRAÇÃO DE REDES I ­ LINUX
Inicialização e Gerenciamento de Processos

                                               Frederico Madeira
                                             LPIC­1, LPIC­2, CCNA
                                             fred@madeira.eng.br
                                              www.madeira.eng.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistemas Operacionais - 04 - Processos
Sistemas Operacionais - 04 - ProcessosSistemas Operacionais - 04 - Processos
Sistemas Operacionais - 04 - ProcessosMauro Duarte
 
Aula 12 - Escalonamento
Aula 12 - EscalonamentoAula 12 - Escalonamento
Aula 12 - Escalonamentocamila_seixas
 
Aula3 escalonamento
Aula3 escalonamentoAula3 escalonamento
Aula3 escalonamentoBruno Rick
 
Aula 13 - Algoritmos de Escalonamento
Aula 13 - Algoritmos de Escalonamento Aula 13 - Algoritmos de Escalonamento
Aula 13 - Algoritmos de Escalonamento camila_seixas
 
Gerências de Processos: Sincronização
Gerências de Processos: SincronizaçãoGerências de Processos: Sincronização
Gerências de Processos: SincronizaçãoAlexandre Duarte
 
Leia me antes de usar!!!
Leia me antes de usar!!!Leia me antes de usar!!!
Leia me antes de usar!!!Adailton Silva
 
Sistemas operacionais escalonamento de processos
Sistemas operacionais  escalonamento de processosSistemas operacionais  escalonamento de processos
Sistemas operacionais escalonamento de processosTalles Nascimento Rodrigues
 
3 escalonamento processos
3 escalonamento processos3 escalonamento processos
3 escalonamento processosfrteles
 
Minicurso c++-see-2013
Minicurso c++-see-2013Minicurso c++-see-2013
Minicurso c++-see-2013Renan Prata
 
RVM - RubyOnRio @ Petropolis
RVM - RubyOnRio @ PetropolisRVM - RubyOnRio @ Petropolis
RVM - RubyOnRio @ PetropolisAnna Cruz
 
Personalizacao Do Sistema E Servicos
Personalizacao Do Sistema E ServicosPersonalizacao Do Sistema E Servicos
Personalizacao Do Sistema E Servicosarturramisio
 
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 09
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 09(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 09
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 09Norton Trevisan Roman
 
Programação Paralela - Threads
Programação Paralela - ThreadsProgramação Paralela - Threads
Programação Paralela - ThreadsGlaucio Scheibel
 
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 02
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 02(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 02
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 02Norton Trevisan Roman
 
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 05
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 05(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 05
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 05Norton Trevisan Roman
 

Mais procurados (20)

Sistemas Operacionais - 04 - Processos
Sistemas Operacionais - 04 - ProcessosSistemas Operacionais - 04 - Processos
Sistemas Operacionais - 04 - Processos
 
Aula 12 - Escalonamento
Aula 12 - EscalonamentoAula 12 - Escalonamento
Aula 12 - Escalonamento
 
Aula3 escalonamento
Aula3 escalonamentoAula3 escalonamento
Aula3 escalonamento
 
Aula 13 - Algoritmos de Escalonamento
Aula 13 - Algoritmos de Escalonamento Aula 13 - Algoritmos de Escalonamento
Aula 13 - Algoritmos de Escalonamento
 
Gerências de Processos: Sincronização
Gerências de Processos: SincronizaçãoGerências de Processos: Sincronização
Gerências de Processos: Sincronização
 
Leia me antes de usar!!!
Leia me antes de usar!!!Leia me antes de usar!!!
Leia me antes de usar!!!
 
Sistemas operacionais escalonamento de processos
Sistemas operacionais  escalonamento de processosSistemas operacionais  escalonamento de processos
Sistemas operacionais escalonamento de processos
 
Apresentacao Aula03 So
Apresentacao Aula03 SoApresentacao Aula03 So
Apresentacao Aula03 So
 
3 escalonamento processos
3 escalonamento processos3 escalonamento processos
3 escalonamento processos
 
Minicurso c++-see-2013
Minicurso c++-see-2013Minicurso c++-see-2013
Minicurso c++-see-2013
 
Trabalhando com Módulos no Puppet
Trabalhando com Módulos no PuppetTrabalhando com Módulos no Puppet
Trabalhando com Módulos no Puppet
 
Escalonamento de processos
Escalonamento de processosEscalonamento de processos
Escalonamento de processos
 
RVM - RubyOnRio @ Petropolis
RVM - RubyOnRio @ PetropolisRVM - RubyOnRio @ Petropolis
RVM - RubyOnRio @ Petropolis
 
Personalizacao Do Sistema E Servicos
Personalizacao Do Sistema E ServicosPersonalizacao Do Sistema E Servicos
Personalizacao Do Sistema E Servicos
 
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 09
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 09(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 09
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 09
 
Aula CRONTAB
Aula CRONTABAula CRONTAB
Aula CRONTAB
 
Programação Paralela - Threads
Programação Paralela - ThreadsProgramação Paralela - Threads
Programação Paralela - Threads
 
Pvm
PvmPvm
Pvm
 
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 02
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 02(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 02
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 02
 
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 05
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 05(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 05
(ACH2044) Sistemas Operacionais - Aula 05
 

Destaque

Gerenciamento de Processos no Linux
Gerenciamento de Processos no LinuxGerenciamento de Processos no Linux
Gerenciamento de Processos no LinuxWillian Costa
 
Sistemas operacionais memória no linux
Sistemas operacionais   memória no linuxSistemas operacionais   memória no linux
Sistemas operacionais memória no linuxCarlos Melo
 
Gerenciamento de Arquivos Nos Sistemas Operacionais
Gerenciamento de Arquivos Nos Sistemas OperacionaisGerenciamento de Arquivos Nos Sistemas Operacionais
Gerenciamento de Arquivos Nos Sistemas OperacionaisLeandro Júnior
 
Otimistas ou pessimistas - Caril Borges
Otimistas ou pessimistas - Caril BorgesOtimistas ou pessimistas - Caril Borges
Otimistas ou pessimistas - Caril BorgesMauro Duarte
 
Seminário 1º Tema parte III - Estados de processos e escalonamento de processos
Seminário 1º Tema parte III - Estados de processos e escalonamento de processosSeminário 1º Tema parte III - Estados de processos e escalonamento de processos
Seminário 1º Tema parte III - Estados de processos e escalonamento de processosRobson Ferreira
 
Perdoando como José perdoou - Caril Borges
Perdoando como José perdoou - Caril BorgesPerdoando como José perdoou - Caril Borges
Perdoando como José perdoou - Caril BorgesMauro Duarte
 
As armadilhas de satanás - Caril Borges
As armadilhas de satanás - Caril BorgesAs armadilhas de satanás - Caril Borges
As armadilhas de satanás - Caril BorgesMauro Duarte
 
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Gerenciando Processos
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Gerenciando ProcessosSistemas Operacionais - Gnu/Linux Gerenciando Processos
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Gerenciando ProcessosLuiz Arthur
 
Porque tanta pressa - Caril Borges
Porque tanta pressa - Caril BorgesPorque tanta pressa - Caril Borges
Porque tanta pressa - Caril BorgesMauro Duarte
 
00 apresentação desenvolvimento em redes de computadores
00   apresentação desenvolvimento em redes de computadores00   apresentação desenvolvimento em redes de computadores
00 apresentação desenvolvimento em redes de computadoresMauro Duarte
 
01 Desenvolvimento em Redes de Computadores - Comandos Básicos
01   Desenvolvimento em Redes de Computadores - Comandos Básicos01   Desenvolvimento em Redes de Computadores - Comandos Básicos
01 Desenvolvimento em Redes de Computadores - Comandos BásicosMauro Duarte
 
CSS - Folhas de Estilo em Cascata
CSS - Folhas de Estilo em Cascata CSS - Folhas de Estilo em Cascata
CSS - Folhas de Estilo em Cascata Mauro Duarte
 
Resumo aula 06
Resumo aula 06Resumo aula 06
Resumo aula 06R D
 
7 - Introdução ao desenvolvimento web - mídias
7 - Introdução ao desenvolvimento web - mídias7 - Introdução ao desenvolvimento web - mídias
7 - Introdução ao desenvolvimento web - mídiasMauro Duarte
 
Sistemas Operacionais Modernos Capítulo 3 Deadlock
Sistemas Operacionais Modernos Capítulo 3 DeadlockSistemas Operacionais Modernos Capítulo 3 Deadlock
Sistemas Operacionais Modernos Capítulo 3 DeadlockWellington Oliveira
 

Destaque (20)

Gerenciamento de Processos no Linux
Gerenciamento de Processos no LinuxGerenciamento de Processos no Linux
Gerenciamento de Processos no Linux
 
Apresentacao Aula04 So
Apresentacao Aula04 SoApresentacao Aula04 So
Apresentacao Aula04 So
 
Sistemas operacionais memória no linux
Sistemas operacionais   memória no linuxSistemas operacionais   memória no linux
Sistemas operacionais memória no linux
 
Segurança no Linux
Segurança no LinuxSegurança no Linux
Segurança no Linux
 
Gerenciamento de Arquivos Nos Sistemas Operacionais
Gerenciamento de Arquivos Nos Sistemas OperacionaisGerenciamento de Arquivos Nos Sistemas Operacionais
Gerenciamento de Arquivos Nos Sistemas Operacionais
 
Otimistas ou pessimistas - Caril Borges
Otimistas ou pessimistas - Caril BorgesOtimistas ou pessimistas - Caril Borges
Otimistas ou pessimistas - Caril Borges
 
Seminário 1º Tema parte III - Estados de processos e escalonamento de processos
Seminário 1º Tema parte III - Estados de processos e escalonamento de processosSeminário 1º Tema parte III - Estados de processos e escalonamento de processos
Seminário 1º Tema parte III - Estados de processos e escalonamento de processos
 
Os pássaros
Os pássarosOs pássaros
Os pássaros
 
Perdoando como José perdoou - Caril Borges
Perdoando como José perdoou - Caril BorgesPerdoando como José perdoou - Caril Borges
Perdoando como José perdoou - Caril Borges
 
Kernel do Linux
Kernel do LinuxKernel do Linux
Kernel do Linux
 
As armadilhas de satanás - Caril Borges
As armadilhas de satanás - Caril BorgesAs armadilhas de satanás - Caril Borges
As armadilhas de satanás - Caril Borges
 
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Gerenciando Processos
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Gerenciando ProcessosSistemas Operacionais - Gnu/Linux Gerenciando Processos
Sistemas Operacionais - Gnu/Linux Gerenciando Processos
 
Porque tanta pressa - Caril Borges
Porque tanta pressa - Caril BorgesPorque tanta pressa - Caril Borges
Porque tanta pressa - Caril Borges
 
00 apresentação desenvolvimento em redes de computadores
00   apresentação desenvolvimento em redes de computadores00   apresentação desenvolvimento em redes de computadores
00 apresentação desenvolvimento em redes de computadores
 
01 Desenvolvimento em Redes de Computadores - Comandos Básicos
01   Desenvolvimento em Redes de Computadores - Comandos Básicos01   Desenvolvimento em Redes de Computadores - Comandos Básicos
01 Desenvolvimento em Redes de Computadores - Comandos Básicos
 
CSS - Folhas de Estilo em Cascata
CSS - Folhas de Estilo em Cascata CSS - Folhas de Estilo em Cascata
CSS - Folhas de Estilo em Cascata
 
Resumo aula 06
Resumo aula 06Resumo aula 06
Resumo aula 06
 
Básico PHP: Introdução HTML
Básico PHP: Introdução HTMLBásico PHP: Introdução HTML
Básico PHP: Introdução HTML
 
7 - Introdução ao desenvolvimento web - mídias
7 - Introdução ao desenvolvimento web - mídias7 - Introdução ao desenvolvimento web - mídias
7 - Introdução ao desenvolvimento web - mídias
 
Sistemas Operacionais Modernos Capítulo 3 Deadlock
Sistemas Operacionais Modernos Capítulo 3 DeadlockSistemas Operacionais Modernos Capítulo 3 Deadlock
Sistemas Operacionais Modernos Capítulo 3 Deadlock
 

Semelhante a Linux - Inicialização e Gerenciamento de Processos

(08)inicializacao e gerencia_de_processos
(08)inicializacao e gerencia_de_processos(08)inicializacao e gerencia_de_processos
(08)inicializacao e gerencia_de_processosAnderson Lago
 
Alta Disponibilidade na Prática utilizando servidores Linux
Alta Disponibilidade na Prática utilizando servidores LinuxAlta Disponibilidade na Prática utilizando servidores Linux
Alta Disponibilidade na Prática utilizando servidores Linuxelliando dias
 
Depurando aplicações PHP like a BOSS
Depurando aplicações PHP like a BOSSDepurando aplicações PHP like a BOSS
Depurando aplicações PHP like a BOSSThiago Rodrigues
 
Gerência de processos
Gerência de processosGerência de processos
Gerência de processosVirgínia
 
Supervisão e Monitorização
Supervisão e MonitorizaçãoSupervisão e Monitorização
Supervisão e MonitorizaçãoSAPO Sessions
 
Treinamento de-comandos-unix-e-linux-1205757024667193-4
Treinamento de-comandos-unix-e-linux-1205757024667193-4Treinamento de-comandos-unix-e-linux-1205757024667193-4
Treinamento de-comandos-unix-e-linux-1205757024667193-4Nunes Adriano
 
Palestra latinoware - Hardening Linux
Palestra latinoware - Hardening LinuxPalestra latinoware - Hardening Linux
Palestra latinoware - Hardening Linuxhdoria
 
SOFTWARE FREEDOM DAY 2014 - GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO COM PUPPET
SOFTWARE FREEDOM DAY 2014 - GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO COM PUPPETSOFTWARE FREEDOM DAY 2014 - GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO COM PUPPET
SOFTWARE FREEDOM DAY 2014 - GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO COM PUPPETAdriel Viana
 
Lab so-abertos-unidade13
Lab so-abertos-unidade13Lab so-abertos-unidade13
Lab so-abertos-unidade13Leandro Almeida
 
Segurança em servidores Linux
Segurança em servidores LinuxSegurança em servidores Linux
Segurança em servidores LinuxImpacta Eventos
 
Construção e provisionamento de ambientes de desenvolvimento virtualizados
Construção e provisionamento de ambientes  de desenvolvimento virtualizadosConstrução e provisionamento de ambientes  de desenvolvimento virtualizados
Construção e provisionamento de ambientes de desenvolvimento virtualizadosThiago Rodrigues
 
Lab python django - parte 2 - python + virtualenv
Lab python django - parte 2 - python + virtualenvLab python django - parte 2 - python + virtualenv
Lab python django - parte 2 - python + virtualenvPedro Fernandes Vieira
 
Treinamento de comandos Unix e Linux
Treinamento de comandos Unix e LinuxTreinamento de comandos Unix e Linux
Treinamento de comandos Unix e LinuxCid de Andrade
 
SI - Processos, Threads, Virtualização e Migração de Código
SI - Processos, Threads, Virtualização e Migração de CódigoSI - Processos, Threads, Virtualização e Migração de Código
SI - Processos, Threads, Virtualização e Migração de CódigoFrederico Madeira
 

Semelhante a Linux - Inicialização e Gerenciamento de Processos (20)

(08)inicializacao e gerencia_de_processos
(08)inicializacao e gerencia_de_processos(08)inicializacao e gerencia_de_processos
(08)inicializacao e gerencia_de_processos
 
Processos
ProcessosProcessos
Processos
 
Alta Disponibilidade na Prática utilizando servidores Linux
Alta Disponibilidade na Prática utilizando servidores LinuxAlta Disponibilidade na Prática utilizando servidores Linux
Alta Disponibilidade na Prática utilizando servidores Linux
 
Depurando aplicações PHP like a BOSS
Depurando aplicações PHP like a BOSSDepurando aplicações PHP like a BOSS
Depurando aplicações PHP like a BOSS
 
Gerência de processos
Gerência de processosGerência de processos
Gerência de processos
 
Atps sistemas operacionais
Atps sistemas operacionaisAtps sistemas operacionais
Atps sistemas operacionais
 
Supervisão e Monitorização
Supervisão e MonitorizaçãoSupervisão e Monitorização
Supervisão e Monitorização
 
gabarito.pdf
gabarito.pdfgabarito.pdf
gabarito.pdf
 
Treinamento de-comandos-unix-e-linux-1205757024667193-4
Treinamento de-comandos-unix-e-linux-1205757024667193-4Treinamento de-comandos-unix-e-linux-1205757024667193-4
Treinamento de-comandos-unix-e-linux-1205757024667193-4
 
Palestra latinoware - Hardening Linux
Palestra latinoware - Hardening LinuxPalestra latinoware - Hardening Linux
Palestra latinoware - Hardening Linux
 
SOFTWARE FREEDOM DAY 2014 - GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO COM PUPPET
SOFTWARE FREEDOM DAY 2014 - GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO COM PUPPETSOFTWARE FREEDOM DAY 2014 - GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO COM PUPPET
SOFTWARE FREEDOM DAY 2014 - GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO COM PUPPET
 
02 so
02 so02 so
02 so
 
Lab so-abertos-unidade13
Lab so-abertos-unidade13Lab so-abertos-unidade13
Lab so-abertos-unidade13
 
Segurança em servidores Linux
Segurança em servidores LinuxSegurança em servidores Linux
Segurança em servidores Linux
 
Construção e provisionamento de ambientes de desenvolvimento virtualizados
Construção e provisionamento de ambientes  de desenvolvimento virtualizadosConstrução e provisionamento de ambientes  de desenvolvimento virtualizados
Construção e provisionamento de ambientes de desenvolvimento virtualizados
 
Lab python django - parte 2 - python + virtualenv
Lab python django - parte 2 - python + virtualenvLab python django - parte 2 - python + virtualenv
Lab python django - parte 2 - python + virtualenv
 
Treinacom
TreinacomTreinacom
Treinacom
 
Treinamento de comandos Unix e Linux
Treinamento de comandos Unix e LinuxTreinamento de comandos Unix e Linux
Treinamento de comandos Unix e Linux
 
Cygwin
CygwinCygwin
Cygwin
 
SI - Processos, Threads, Virtualização e Migração de Código
SI - Processos, Threads, Virtualização e Migração de CódigoSI - Processos, Threads, Virtualização e Migração de Código
SI - Processos, Threads, Virtualização e Migração de Código
 

Mais de Frederico Madeira

Introdução a Cloud Computing
Introdução a Cloud ComputingIntrodução a Cloud Computing
Introdução a Cloud ComputingFrederico Madeira
 
SI - SAD - Sistemas de Arquivos Distribuídos
SI - SAD  - Sistemas de Arquivos DistribuídosSI - SAD  - Sistemas de Arquivos Distribuídos
SI - SAD - Sistemas de Arquivos DistribuídosFrederico Madeira
 
SI - Introdução a Sistemas Distribuidos
SI - Introdução a Sistemas DistribuidosSI - Introdução a Sistemas Distribuidos
SI - Introdução a Sistemas DistribuidosFrederico Madeira
 
SI - Sistemas Distribuídos - Apresentação da disciplina
SI - Sistemas Distribuídos - Apresentação da disciplinaSI - Sistemas Distribuídos - Apresentação da disciplina
SI - Sistemas Distribuídos - Apresentação da disciplinaFrederico Madeira
 
Alta Disponibilidade utilizando Pacemaker e DRBD
Alta Disponibilidade utilizando Pacemaker e DRBDAlta Disponibilidade utilizando Pacemaker e DRBD
Alta Disponibilidade utilizando Pacemaker e DRBDFrederico Madeira
 
Linux - Instalação de Programas
Linux - Instalação de ProgramasLinux - Instalação de Programas
Linux - Instalação de ProgramasFrederico Madeira
 
Proteja seus dados em casa e na internet
Proteja seus dados em casa e na internetProteja seus dados em casa e na internet
Proteja seus dados em casa e na internetFrederico Madeira
 
Linux e o modelo open source
Linux e o modelo open sourceLinux e o modelo open source
Linux e o modelo open sourceFrederico Madeira
 
Redes VoIP - O Futuro da Telefonia
Redes VoIP - O Futuro da TelefoniaRedes VoIP - O Futuro da Telefonia
Redes VoIP - O Futuro da TelefoniaFrederico Madeira
 
Open Virtualization - Virtualização em Software Livre
Open Virtualization - Virtualização em Software LivreOpen Virtualization - Virtualização em Software Livre
Open Virtualization - Virtualização em Software LivreFrederico Madeira
 
Redes NGN - Next Generation Networks
Redes NGN - Next Generation NetworksRedes NGN - Next Generation Networks
Redes NGN - Next Generation NetworksFrederico Madeira
 
Ferramentas para Detecção de Problemas em Redes
Ferramentas para Detecção de Problemas em RedesFerramentas para Detecção de Problemas em Redes
Ferramentas para Detecção de Problemas em RedesFrederico Madeira
 
Arquiteturas de Gerência de Redes
Arquiteturas de Gerência de RedesArquiteturas de Gerência de Redes
Arquiteturas de Gerência de RedesFrederico Madeira
 
Introdução a Gerência de Redes
Introdução a Gerência de RedesIntrodução a Gerência de Redes
Introdução a Gerência de RedesFrederico Madeira
 

Mais de Frederico Madeira (20)

WebServices
WebServicesWebServices
WebServices
 
IoT - Internet of Things
IoT -  Internet of ThingsIoT -  Internet of Things
IoT - Internet of Things
 
Introdução a Cloud Computing
Introdução a Cloud ComputingIntrodução a Cloud Computing
Introdução a Cloud Computing
 
SI - Comunicação
SI - ComunicaçãoSI - Comunicação
SI - Comunicação
 
SI - Arquiteturas
SI - ArquiteturasSI - Arquiteturas
SI - Arquiteturas
 
SI - SAD - Sistemas de Arquivos Distribuídos
SI - SAD  - Sistemas de Arquivos DistribuídosSI - SAD  - Sistemas de Arquivos Distribuídos
SI - SAD - Sistemas de Arquivos Distribuídos
 
SI - Introdução a Sistemas Distribuidos
SI - Introdução a Sistemas DistribuidosSI - Introdução a Sistemas Distribuidos
SI - Introdução a Sistemas Distribuidos
 
SI - Sistemas Distribuídos - Apresentação da disciplina
SI - Sistemas Distribuídos - Apresentação da disciplinaSI - Sistemas Distribuídos - Apresentação da disciplina
SI - Sistemas Distribuídos - Apresentação da disciplina
 
Alta Disponibilidade utilizando Pacemaker e DRBD
Alta Disponibilidade utilizando Pacemaker e DRBDAlta Disponibilidade utilizando Pacemaker e DRBD
Alta Disponibilidade utilizando Pacemaker e DRBD
 
Linux - Instalação de Programas
Linux - Instalação de ProgramasLinux - Instalação de Programas
Linux - Instalação de Programas
 
Proteja seus dados em casa e na internet
Proteja seus dados em casa e na internetProteja seus dados em casa e na internet
Proteja seus dados em casa e na internet
 
Linux e o modelo open source
Linux e o modelo open sourceLinux e o modelo open source
Linux e o modelo open source
 
Redes VoIP - O Futuro da Telefonia
Redes VoIP - O Futuro da TelefoniaRedes VoIP - O Futuro da Telefonia
Redes VoIP - O Futuro da Telefonia
 
Open Virtualization - Virtualização em Software Livre
Open Virtualization - Virtualização em Software LivreOpen Virtualization - Virtualização em Software Livre
Open Virtualization - Virtualização em Software Livre
 
Redes NGN - Next Generation Networks
Redes NGN - Next Generation NetworksRedes NGN - Next Generation Networks
Redes NGN - Next Generation Networks
 
MRTG - SNMP na Prática
MRTG - SNMP na PráticaMRTG - SNMP na Prática
MRTG - SNMP na Prática
 
Introdução ao SNMP
Introdução ao SNMPIntrodução ao SNMP
Introdução ao SNMP
 
Ferramentas para Detecção de Problemas em Redes
Ferramentas para Detecção de Problemas em RedesFerramentas para Detecção de Problemas em Redes
Ferramentas para Detecção de Problemas em Redes
 
Arquiteturas de Gerência de Redes
Arquiteturas de Gerência de RedesArquiteturas de Gerência de Redes
Arquiteturas de Gerência de Redes
 
Introdução a Gerência de Redes
Introdução a Gerência de RedesIntrodução a Gerência de Redes
Introdução a Gerência de Redes
 

Último

Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAMarcio Venturelli
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx2m Assessoria
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASMarcio Venturelli
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfInocencioHoracio3
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 

Último (8)

Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 

Linux - Inicialização e Gerenciamento de Processos

  • 1. ADMINISTRAÇÃO DE REDES I ­ LINUX Inicialização e Gerenciamento de Processos Frederico Madeira LPIC­1, LPIC­2, CCNA fred@madeira.eng.br www.madeira.eng.br
  • 2. Agenda Inicialização de Gerência de Serviços Processos
  • 3. Inicialização – SysV init RunLevels O Sistema SysV determina quais programas devem ser iniciados/terminados quando um runlevel é iniciado. Mais simples e mais flexível do que o padrão BSD. Runlevels (Estados ou Modos do sistema) 0 – Desligamento 1 – Modo Monousuário (Modo Texto) 2 – Modo Multiusuário sem rede 3 - Modo Multiusuário com rede (Modo Texto) 4 – Não utilizado 5 – Modo X11 completo 6 – Reiniciar
  • 4. Inicialização – SysV init RunLevels Estrutura /etc/rc.d/
  • 5. Inicialização de Serviços Iniciando um serviço manualmente 1. Necessário rodar o script desejado na pasta /etc/init.d/ informando a operação desejada (start/stop/reload/restart) Ex: # /etc/init.d/httpd start # /etc/init.d/mysql stop 2. Através do comando service Ex: # service httpd start # service mysql stop
  • 6. Inicialização de Serviços Iniciando serviços automaticamento no boot Necessária a criação do link do script do serviço para as pastas do runlevels desejados. Isso é feito através do comando chkconfig EX: Desabilitando o httpd de inicar nos runlevels 2345 # /sbin/chkconfig --level 2345 httpd off Habilitando o mysql a ser iniciado nos runlevels 35 # /sbin/chkconfig --level 35 mysql on
  • 7. Inicialização de Serviços Para listar um relatório de todos os serviços separados por runlevels: /sbin/chkconfig --list Filtrando: /sbin/chkconfig --list | grep http /sbin/chkconfig --list | grep 3:sim /sbin/chkconfig --list | grep 5:não
  • 8. Gerência de Processos - Processo é um programa em execução. - Do ponto de vista do SO, é a estrutura responsável pela manutenção de todas as informações necessárias à execução de um programa - Possuem permissões e atributos individuais - Identificado pelo PID – Process Identification - Para cada PID existe uma pasta em /proc
  • 9. Gerência de Processos - Arquivos de informação detalhada: /proc/<PID>/cmdline /proc/<PID>/environ /proc/<PID>/status - Através de ps, pstree e top obtêm-se informações sobre os processos. - Permite alteração da prioridade do processo em execução - Maior prioridade (-20), menor prioridade (19), padrão (10)
  • 10. Gerência de Processos Atributos Atributo Descrição Process Identification – Identifica o processo, não pode ser PID repetido Parent Process Identification – identifica o processo pai que PPID gerou o processo filho UID User Identification – Identifica o usuário que criou o processo Group Identification – Identifica o grupo ao qual pertence o GID processo Effective User Identification – identifica o usuário dono do EUID arquivo (suid) Effective Group Identification – identifica o grupo efetivo ao qual EGID pertençe o processo (sgid)
  • 11. Gerência de Processos Classificação Quanto a Execução: Foreground (Primeiro Plano) - inicializados no terminal de comandos - podem interagir com usuários - execução exibida no monitor - prendem o prompt Background (Segundo Plano) - inicializados no terminal de comandos - não podem interagir com os usuários - não exibem saída no monitor - não prendem o prompt
  • 12. Gerência de Processos Classificação Quanto ao Tipo: Processos interativos - iniciados nos terminal de comandos a partir de uma sessão de usuário - controlado pelo usuário - Processos em lote (batch) - Controlados pelos comandos at, batch e cron - saída é enviada por email para o usuário - Daemons - Processos servidores, normalmente inicializados no boot - Rodam em background, aguardando que seja solicitado
  • 13. Gerência de Processos Comandos jobs Função: Lista os jobs em execução Opções: -l (exibe nome e PID) fg Função: Resume o job e o torna o job corrente CTRL-C – Encerra aplicativo CTRL-Z – Para aplicativo Bg Função: Resume o job e o envia para background ps Função: exibe informações sobre processos ativos Opções: -a (todos), -u (nome de usuário/hora), -x (proc. Não associados ao terminal) Ex: ps -aux ps -efa
  • 14. Gerência de Processos Comandos pstree Função: Informações sobre processos ativos em forma de árvore Opções: -a (argumentos de linha de cmd), -c (não compacta sub-árvores), -n (classifica por id), -p (mostra PID) Ex: pstree -cpn top Função: Exibe processos com maior uso de CPU Opções: -d (delay), -u (processos do usuário), -U (não mostra desse usuário), h (ajuda), q (sair)
  • 15. Gerência de Processos Comandos kill Função: Finaliza um processo pelo PID Ex: kill -9 2212 killall Função: Finaliza um processo pelo nome Ex: killall -9 gedit nohup Função: Continua a execução de um comando, mesmo que o usuário saia do sistema. Ex: nohup wget http://www.site.com/arquivo.iso nice Função: Permite executar um programa ou comando com uma dada prioridade. Ex: nice -4 updatedb
  • 16. Gerência de Processos Comandos renice Função: Modifica a prioridade de um processo já em execução. Aplicado a um processo, usuário ou grupo Ex: renice +15 updatedb renice -1 -u joao renice +5 -g financeiro
  • 17. ADMINISTRAÇÃO DE REDES I ­ LINUX Inicialização e Gerenciamento de Processos Frederico Madeira LPIC­1, LPIC­2, CCNA fred@madeira.eng.br www.madeira.eng.br