SlideShare uma empresa Scribd logo
Letras em dia, Português, 11.º ano
1 | LDIA11 © Porto Editora
Gramática
Funções sintáticas
1. Associa cada palavra sublinhada na coluna A à respetiva função sintática na coluna B.
A B
(A) Obra-prima do Barroco, a Biblioteca Joanina tem como
patrono D. João V.
(B) O retrato de D. João V está exposto no seu interior.
(C) As estantes, forradas a folhas de ouro, são decoradas com
motivos chineses.
(D) Os tetos coloridos deslumbram os visitantes.
(E) Esta biblioteca está repleta de exemplares raros.
(F) Uma colónia de morcegos habita o interior e é um aliado
da conservação dos livros.
(G) Durante a noite, os morcegos alimentam-se dos insetos
que podem danificar os livros.
(H) A maioria das obras está disponível para consulta de
investigadores.
1. Complemento do nome
2. Modificador restritivo do nome
3. Modificador apositivo do nome
4. Complemento do adjetivo
2. Seleciona a única afirmação falsa relativamente à frase:
A classificação da Universidade de Coimbra como Património Mundial, pela UNESCO, foi, na
verdade, o reconhecimento internacional do seu importante impacto cultural.
(A) O sujeito da frase é subentendido.
(B) As expressões «da Universidade de Coimbra» e «do seu impacto cultural» têm função
sintática de complemento do nome.
(C) «o reconhecimento internacional do seu impacto cultural» tem função sintática de
predicativo do sujeito.
(D) A palavra «importante» tem função sintática de modificador restritivo do nome.
3. Assinala a frase que apresenta um complemento agente da passiva.
(A) Chegas rapidamente a essa livraria se fores por um atalho que te vou indicar.
(B) As obras de reabilitação atrasaram-se por razões que desconheço.
(C) A festa de inauguração foi acompanhada online por milhares de admiradores.
(D) Por minha vontade, tinha assistido presencialmente.
4. Identifica a frase em que os elementos sublinhados desempenham a função de predicativo do
complemento direto.
(A) Muitos chamam Coimbra Cidade dos Amores.
(B) Vi o documentário sobre a cidade, mas não o achei nada de especial.
(C) Tenho de discordar, considero-o quase perfeito!
(D) O júri considera que havia filmes de grande qualidade a concurso.
Letras em dia, Português, 11.º ano
2 | LDIA11 © Porto Editora
Gramática
5. Assinala as frases em que a vírgula é utilizada para isolar o modificador apositivo do nome.
(A) A seu tempo, estimados leitores, divulgaremos o regulamento do concurso de leitura.
(B) O prédio, que foi onde o escritor viveu, está atualmente muito degradado.
(C) O meu poeta favorito, Antero de Quental, estudou nesta universidade.
(D) Quando viveu nesta cidade, Eça conheceu o seu estimado Antero.
(E) Passear por estas ruas, praças, cantos e recantos faz-me viajar no tempo!
6. Na frase «O grupo de estudantes sentou-se no chão a desenhar, encantado com a beleza
arqutetónica envolvente.» os grupos preposicionais introduzidos por «de» e «com» desempenham
as funções sintáticas de
(A) complemento do nome, em ambos os casos.
(B) complemento oblíquo e complemento do nome, respetivamente.
(C) complemento do nome e complemento do adjetivo, respetivamente.
(D) complemento do adjetivo e complemento do nome, respetivamente.
7. Na frase «Chegaram a uma cidade nova e estão recetivos a novas experiências.», os grupos
preposicionais introduzidos por «a» desempenham as funções sintáticas de
(A) complemento oblíquo e complemento do adjetivo, respetivamente.
(B) complemento oblíquo, em ambos os casos.
(C) complemento do nome e complemento do adjetivo, respetivamente.
(D) complemento do adjetivo e complemento oblíquo, respetivamente.
8. Atenta na frase:
Quando analisaram os resultados, constatou-se que aquele elemento se revelara decisivo para o
sucesso da equipa que tinham escolhido para a investigação.
8.1. O sujeito da oração subordinante é
(A) simples.
(B) composto.
(C) subentendido.
(D) indeterminado.
8.2. O vocábulo «decisivo» desempenha a função sintática de
(A) complemento direto.
(B) complemento do adjetivo.
(C) complemento oblíquo.
(D) predicativo do sujeito.
8.3. O pronome relativo usado na frase desempenha a função sintática de
(A) complemento direto.
(B) complemento do adjetivo.
(C) complemento oblíquo.
(D) predicativo do sujeito.
8.4. A oração subordinada «Quando analisaram os resultados» desempenha a função sintática de
(A) sujeito.
(B) predicado.
(C) modificador.
(D) modificador apositivo do nome.
Letras em dia, Português, 11.º ano
3 | LDIA11 © Porto Editora
Soluções
Funções sintáticas
1. (A). 3; (B) 1; (C) 3; (D) 2; (E) 4; (F) 1; (G) 2; (H) 4.
2. (A); 3. (C); 4. (B); 5. (B), (C); 6. (C); 7. (A); 8.1. (D); 8.2. (D); 8.3. (A); 8.4. (C).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ficha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correçãoFicha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correção
Raquel Antunes
 
Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nome
António Fernandes
 
Ficha de orações subordinadas
Ficha de orações subordinadasFicha de orações subordinadas
Ficha de orações subordinadas
zedobarco3
 
Modificador da frase
Modificador da fraseModificador da frase
Modificador da frase
Christine Andrade
 
Cap iv repreensões geral
Cap iv repreensões geralCap iv repreensões geral
Cap iv repreensões geral
Helena Coutinho
 
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Rosalina Simão Nunes
 
livro filosofia soluções.pdf
livro filosofia soluções.pdflivro filosofia soluções.pdf
livro filosofia soluções.pdf
InesVieiraAluno
 
Funções sint 10º ano
Funções sint 10º anoFunções sint 10º ano
Funções sint 10º ano
paulinhaguiar
 
Gramática 11º ano
Gramática 11º anoGramática 11º ano
Gramática 11º ano
Luis Antonio
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
Daniel Sousa
 
Descalça vai para a fonte
Descalça vai para a fonteDescalça vai para a fonte
Descalça vai para a fonte
Helena Coutinho
 
Subclasses de verbos
Subclasses de verbosSubclasses de verbos
Subclasses de verbos
Margarida Tomaz
 
Atos ilocutórios
Atos ilocutóriosAtos ilocutórios
Atos ilocutórios
quintaldasletras
 
A representação na amada na lírica de Camões
A representação na amada na lírica de CamõesA representação na amada na lírica de Camões
A representação na amada na lírica de Camões
Cristina Martins
 
Oração subordinada adjetiva relativa
Oração subordinada adjetiva relativaOração subordinada adjetiva relativa
Oração subordinada adjetiva relativa
António Fernandes
 
Ficha sobre funções sintáticas
Ficha sobre funções sintáticasFicha sobre funções sintáticas
Ficha sobre funções sintáticas
Teresa Oliveira
 
Teste poesia trovadoresca 10 ano
Teste poesia trovadoresca 10 anoTeste poesia trovadoresca 10 ano
Teste poesia trovadoresca 10 ano
Ronaldo Figo
 
Predicativo do complemento direto
Predicativo do complemento diretoPredicativo do complemento direto
Predicativo do complemento direto
quintaldasletras
 
Actos ilocutorios
Actos ilocutoriosActos ilocutorios
Actos ilocutorios
Alice Guimarães
 
Teste 9º os lusíadas
Teste 9º os lusíadasTeste 9º os lusíadas
Teste 9º os lusíadas
Natália Carvalho
 

Mais procurados (20)

Ficha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correçãoFicha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correção
 
Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nome
 
Ficha de orações subordinadas
Ficha de orações subordinadasFicha de orações subordinadas
Ficha de orações subordinadas
 
Modificador da frase
Modificador da fraseModificador da frase
Modificador da frase
 
Cap iv repreensões geral
Cap iv repreensões geralCap iv repreensões geral
Cap iv repreensões geral
 
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
 
livro filosofia soluções.pdf
livro filosofia soluções.pdflivro filosofia soluções.pdf
livro filosofia soluções.pdf
 
Funções sint 10º ano
Funções sint 10º anoFunções sint 10º ano
Funções sint 10º ano
 
Gramática 11º ano
Gramática 11º anoGramática 11º ano
Gramática 11º ano
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
 
Descalça vai para a fonte
Descalça vai para a fonteDescalça vai para a fonte
Descalça vai para a fonte
 
Subclasses de verbos
Subclasses de verbosSubclasses de verbos
Subclasses de verbos
 
Atos ilocutórios
Atos ilocutóriosAtos ilocutórios
Atos ilocutórios
 
A representação na amada na lírica de Camões
A representação na amada na lírica de CamõesA representação na amada na lírica de Camões
A representação na amada na lírica de Camões
 
Oração subordinada adjetiva relativa
Oração subordinada adjetiva relativaOração subordinada adjetiva relativa
Oração subordinada adjetiva relativa
 
Ficha sobre funções sintáticas
Ficha sobre funções sintáticasFicha sobre funções sintáticas
Ficha sobre funções sintáticas
 
Teste poesia trovadoresca 10 ano
Teste poesia trovadoresca 10 anoTeste poesia trovadoresca 10 ano
Teste poesia trovadoresca 10 ano
 
Predicativo do complemento direto
Predicativo do complemento diretoPredicativo do complemento direto
Predicativo do complemento direto
 
Actos ilocutorios
Actos ilocutoriosActos ilocutorios
Actos ilocutorios
 
Teste 9º os lusíadas
Teste 9º os lusíadasTeste 9º os lusíadas
Teste 9º os lusíadas
 

Semelhante a ldia11_gramatica_funcoes_sintaticas_2.docx

Atividades pc mod. iii de 1 a 4 glorinha
Atividades pc mod. iii de 1 a 4 glorinhaAtividades pc mod. iii de 1 a 4 glorinha
Atividades pc mod. iii de 1 a 4 glorinha
sandraalvesnunes
 
Português 1
Português 1Português 1
Português 1
Denisplay
 
Funções sintáticas 7
Funções sintáticas 7Funções sintáticas 7
Funções sintáticas 7
SusanaRodrigues438431
 
186 Questões de Português Tribunais.pdf
186 Questões de Português Tribunais.pdf186 Questões de Português Tribunais.pdf
186 Questões de Português Tribunais.pdf
Viviane Barbosa
 
1158684838
11586848381158684838
1158684838
bella_bezerra
 
Apresentação para décimo primeiro ano, aula 51
Apresentação para décimo primeiro ano, aula 51Apresentação para décimo primeiro ano, aula 51
Apresentação para décimo primeiro ano, aula 51
luisprista
 
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 49-50
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 49-50Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 49-50
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 49-50
luisprista
 
Exercício sobre analise sintática
Exercício sobre analise sintáticaExercício sobre analise sintática
Exercício sobre analise sintática
Rudimar Venâncio Venâncio
 
Exercicios analise-sintatica
Exercicios analise-sintaticaExercicios analise-sintatica
Exercicios analise-sintatica
IlselenaMunizFerreir
 
Aula 16
Aula 16Aula 16
Aula 16
gsbq
 
Bacen portugues adriana_figueiredo_aula_07_e_08
Bacen portugues adriana_figueiredo_aula_07_e_08Bacen portugues adriana_figueiredo_aula_07_e_08
Bacen portugues adriana_figueiredo_aula_07_e_08
Josafat Junior
 
Avaliação comp. nominais
Avaliação comp. nominaisAvaliação comp. nominais
Avaliação comp. nominais
Graciela Mees
 
Avaliação Língua Portuguesa I 2º b
Avaliação Língua Portuguesa I 2º bAvaliação Língua Portuguesa I 2º b
Avaliação Língua Portuguesa I 2º b
CristhianeGuimaraes
 
Ficha 3 funções sintáticas
Ficha 3 funções sintáticasFicha 3 funções sintáticas
Ficha 3 funções sintáticas
DelfinaDias2
 
ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 91 92
ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 91 92ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 91 92
ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 91 92
luisprista
 
Exercícios classes gramaticais
Exercícios classes gramaticaisExercícios classes gramaticais
Exercícios classes gramaticais
Geija Fortunato
 
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27
luisprista
 
Apostila de-exercicios-de-portugues-para-concurso
Apostila de-exercicios-de-portugues-para-concursoApostila de-exercicios-de-portugues-para-concurso
Apostila de-exercicios-de-portugues-para-concurso
José Augusto Santos
 
Técnico de enfermagem (12h por 36h)
Técnico de enfermagem (12h por 36h)Técnico de enfermagem (12h por 36h)
Técnico de enfermagem (12h por 36h)
karol_ribeiro
 
ldia11_gramatica_funcoes_sintaticas_1.docx
ldia11_gramatica_funcoes_sintaticas_1.docxldia11_gramatica_funcoes_sintaticas_1.docx
ldia11_gramatica_funcoes_sintaticas_1.docx
Maria Gois
 

Semelhante a ldia11_gramatica_funcoes_sintaticas_2.docx (20)

Atividades pc mod. iii de 1 a 4 glorinha
Atividades pc mod. iii de 1 a 4 glorinhaAtividades pc mod. iii de 1 a 4 glorinha
Atividades pc mod. iii de 1 a 4 glorinha
 
Português 1
Português 1Português 1
Português 1
 
Funções sintáticas 7
Funções sintáticas 7Funções sintáticas 7
Funções sintáticas 7
 
186 Questões de Português Tribunais.pdf
186 Questões de Português Tribunais.pdf186 Questões de Português Tribunais.pdf
186 Questões de Português Tribunais.pdf
 
1158684838
11586848381158684838
1158684838
 
Apresentação para décimo primeiro ano, aula 51
Apresentação para décimo primeiro ano, aula 51Apresentação para décimo primeiro ano, aula 51
Apresentação para décimo primeiro ano, aula 51
 
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 49-50
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 49-50Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 49-50
Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 49-50
 
Exercício sobre analise sintática
Exercício sobre analise sintáticaExercício sobre analise sintática
Exercício sobre analise sintática
 
Exercicios analise-sintatica
Exercicios analise-sintaticaExercicios analise-sintatica
Exercicios analise-sintatica
 
Aula 16
Aula 16Aula 16
Aula 16
 
Bacen portugues adriana_figueiredo_aula_07_e_08
Bacen portugues adriana_figueiredo_aula_07_e_08Bacen portugues adriana_figueiredo_aula_07_e_08
Bacen portugues adriana_figueiredo_aula_07_e_08
 
Avaliação comp. nominais
Avaliação comp. nominaisAvaliação comp. nominais
Avaliação comp. nominais
 
Avaliação Língua Portuguesa I 2º b
Avaliação Língua Portuguesa I 2º bAvaliação Língua Portuguesa I 2º b
Avaliação Língua Portuguesa I 2º b
 
Ficha 3 funções sintáticas
Ficha 3 funções sintáticasFicha 3 funções sintáticas
Ficha 3 funções sintáticas
 
ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 91 92
ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 91 92ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 91 92
ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 91 92
 
Exercícios classes gramaticais
Exercícios classes gramaticaisExercícios classes gramaticais
Exercícios classes gramaticais
 
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 27
 
Apostila de-exercicios-de-portugues-para-concurso
Apostila de-exercicios-de-portugues-para-concursoApostila de-exercicios-de-portugues-para-concurso
Apostila de-exercicios-de-portugues-para-concurso
 
Técnico de enfermagem (12h por 36h)
Técnico de enfermagem (12h por 36h)Técnico de enfermagem (12h por 36h)
Técnico de enfermagem (12h por 36h)
 
ldia11_gramatica_funcoes_sintaticas_1.docx
ldia11_gramatica_funcoes_sintaticas_1.docxldia11_gramatica_funcoes_sintaticas_1.docx
ldia11_gramatica_funcoes_sintaticas_1.docx
 

Mais de Maria Gois

Viagens na minha terra
Viagens na minha terraViagens na minha terra
Viagens na minha terra
Maria Gois
 
Os Lusíadas
Os LusíadasOs Lusíadas
Os Lusíadas
Maria Gois
 
Um mover de olhos, de Camões
Um mover de olhos, de CamõesUm mover de olhos, de Camões
Um mover de olhos, de Camões
Maria Gois
 
Endechas Bárbara escrava
Endechas Bárbara escravaEndechas Bárbara escrava
Endechas Bárbara escrava
Maria Gois
 
"Descalça vai para a fonte", de Camões
"Descalça vai para a fonte", de Camões"Descalça vai para a fonte", de Camões
"Descalça vai para a fonte", de Camões
Maria Gois
 
Leitura mar me quer capitulo a capitulo
Leitura mar me quer capitulo a capituloLeitura mar me quer capitulo a capitulo
Leitura mar me quer capitulo a capitulo
Maria Gois
 
O castelo de faria
O castelo de fariaO castelo de faria
O castelo de faria
Maria Gois
 
Funcoes sintacticas ml
Funcoes sintacticas mlFuncoes sintacticas ml
Funcoes sintacticas ml
Maria Gois
 
Quadro frasesimplescomplexa revisão_sec_convertido
Quadro frasesimplescomplexa revisão_sec_convertidoQuadro frasesimplescomplexa revisão_sec_convertido
Quadro frasesimplescomplexa revisão_sec_convertido
Maria Gois
 
Orações subordinadas
Orações subordinadasOrações subordinadas
Orações subordinadas
Maria Gois
 
Funções sintáticas (de acordo com o Dicionário Terminológico)
Funções sintáticas (de acordo com o Dicionário Terminológico)Funções sintáticas (de acordo com o Dicionário Terminológico)
Funções sintáticas (de acordo com o Dicionário Terminológico)
Maria Gois
 
O Castelo de Faria
O Castelo de FariaO Castelo de Faria
O Castelo de Faria
Maria Gois
 

Mais de Maria Gois (12)

Viagens na minha terra
Viagens na minha terraViagens na minha terra
Viagens na minha terra
 
Os Lusíadas
Os LusíadasOs Lusíadas
Os Lusíadas
 
Um mover de olhos, de Camões
Um mover de olhos, de CamõesUm mover de olhos, de Camões
Um mover de olhos, de Camões
 
Endechas Bárbara escrava
Endechas Bárbara escravaEndechas Bárbara escrava
Endechas Bárbara escrava
 
"Descalça vai para a fonte", de Camões
"Descalça vai para a fonte", de Camões"Descalça vai para a fonte", de Camões
"Descalça vai para a fonte", de Camões
 
Leitura mar me quer capitulo a capitulo
Leitura mar me quer capitulo a capituloLeitura mar me quer capitulo a capitulo
Leitura mar me quer capitulo a capitulo
 
O castelo de faria
O castelo de fariaO castelo de faria
O castelo de faria
 
Funcoes sintacticas ml
Funcoes sintacticas mlFuncoes sintacticas ml
Funcoes sintacticas ml
 
Quadro frasesimplescomplexa revisão_sec_convertido
Quadro frasesimplescomplexa revisão_sec_convertidoQuadro frasesimplescomplexa revisão_sec_convertido
Quadro frasesimplescomplexa revisão_sec_convertido
 
Orações subordinadas
Orações subordinadasOrações subordinadas
Orações subordinadas
 
Funções sintáticas (de acordo com o Dicionário Terminológico)
Funções sintáticas (de acordo com o Dicionário Terminológico)Funções sintáticas (de acordo com o Dicionário Terminológico)
Funções sintáticas (de acordo com o Dicionário Terminológico)
 
O Castelo de Faria
O Castelo de FariaO Castelo de Faria
O Castelo de Faria
 

Último

TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 

Último (20)

TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 

ldia11_gramatica_funcoes_sintaticas_2.docx

  • 1. Letras em dia, Português, 11.º ano 1 | LDIA11 © Porto Editora Gramática Funções sintáticas 1. Associa cada palavra sublinhada na coluna A à respetiva função sintática na coluna B. A B (A) Obra-prima do Barroco, a Biblioteca Joanina tem como patrono D. João V. (B) O retrato de D. João V está exposto no seu interior. (C) As estantes, forradas a folhas de ouro, são decoradas com motivos chineses. (D) Os tetos coloridos deslumbram os visitantes. (E) Esta biblioteca está repleta de exemplares raros. (F) Uma colónia de morcegos habita o interior e é um aliado da conservação dos livros. (G) Durante a noite, os morcegos alimentam-se dos insetos que podem danificar os livros. (H) A maioria das obras está disponível para consulta de investigadores. 1. Complemento do nome 2. Modificador restritivo do nome 3. Modificador apositivo do nome 4. Complemento do adjetivo 2. Seleciona a única afirmação falsa relativamente à frase: A classificação da Universidade de Coimbra como Património Mundial, pela UNESCO, foi, na verdade, o reconhecimento internacional do seu importante impacto cultural. (A) O sujeito da frase é subentendido. (B) As expressões «da Universidade de Coimbra» e «do seu impacto cultural» têm função sintática de complemento do nome. (C) «o reconhecimento internacional do seu impacto cultural» tem função sintática de predicativo do sujeito. (D) A palavra «importante» tem função sintática de modificador restritivo do nome. 3. Assinala a frase que apresenta um complemento agente da passiva. (A) Chegas rapidamente a essa livraria se fores por um atalho que te vou indicar. (B) As obras de reabilitação atrasaram-se por razões que desconheço. (C) A festa de inauguração foi acompanhada online por milhares de admiradores. (D) Por minha vontade, tinha assistido presencialmente. 4. Identifica a frase em que os elementos sublinhados desempenham a função de predicativo do complemento direto. (A) Muitos chamam Coimbra Cidade dos Amores. (B) Vi o documentário sobre a cidade, mas não o achei nada de especial. (C) Tenho de discordar, considero-o quase perfeito! (D) O júri considera que havia filmes de grande qualidade a concurso.
  • 2. Letras em dia, Português, 11.º ano 2 | LDIA11 © Porto Editora Gramática 5. Assinala as frases em que a vírgula é utilizada para isolar o modificador apositivo do nome. (A) A seu tempo, estimados leitores, divulgaremos o regulamento do concurso de leitura. (B) O prédio, que foi onde o escritor viveu, está atualmente muito degradado. (C) O meu poeta favorito, Antero de Quental, estudou nesta universidade. (D) Quando viveu nesta cidade, Eça conheceu o seu estimado Antero. (E) Passear por estas ruas, praças, cantos e recantos faz-me viajar no tempo! 6. Na frase «O grupo de estudantes sentou-se no chão a desenhar, encantado com a beleza arqutetónica envolvente.» os grupos preposicionais introduzidos por «de» e «com» desempenham as funções sintáticas de (A) complemento do nome, em ambos os casos. (B) complemento oblíquo e complemento do nome, respetivamente. (C) complemento do nome e complemento do adjetivo, respetivamente. (D) complemento do adjetivo e complemento do nome, respetivamente. 7. Na frase «Chegaram a uma cidade nova e estão recetivos a novas experiências.», os grupos preposicionais introduzidos por «a» desempenham as funções sintáticas de (A) complemento oblíquo e complemento do adjetivo, respetivamente. (B) complemento oblíquo, em ambos os casos. (C) complemento do nome e complemento do adjetivo, respetivamente. (D) complemento do adjetivo e complemento oblíquo, respetivamente. 8. Atenta na frase: Quando analisaram os resultados, constatou-se que aquele elemento se revelara decisivo para o sucesso da equipa que tinham escolhido para a investigação. 8.1. O sujeito da oração subordinante é (A) simples. (B) composto. (C) subentendido. (D) indeterminado. 8.2. O vocábulo «decisivo» desempenha a função sintática de (A) complemento direto. (B) complemento do adjetivo. (C) complemento oblíquo. (D) predicativo do sujeito. 8.3. O pronome relativo usado na frase desempenha a função sintática de (A) complemento direto. (B) complemento do adjetivo. (C) complemento oblíquo. (D) predicativo do sujeito. 8.4. A oração subordinada «Quando analisaram os resultados» desempenha a função sintática de (A) sujeito. (B) predicado. (C) modificador. (D) modificador apositivo do nome.
  • 3. Letras em dia, Português, 11.º ano 3 | LDIA11 © Porto Editora Soluções Funções sintáticas 1. (A). 3; (B) 1; (C) 3; (D) 2; (E) 4; (F) 1; (G) 2; (H) 4. 2. (A); 3. (C); 4. (B); 5. (B), (C); 6. (C); 7. (A); 8.1. (D); 8.2. (D); 8.3. (A); 8.4. (C).