SlideShare uma empresa Scribd logo
Padre António Vieira
Capítulo II

Assunto desenvolvido a partir do conceito
predicável

Pregador Ideal: Santo
António
(louva o bem para o
conservar e repreende o
mal para
(2.º parágrafo) o afastar)

Auditório Ideal: peixes

(ouvem e não falam)
(1.º parágrafo)
Capítulo II – 2.º parágrafo

Planificar o assunto

Estrutura bipartida do
sermão
Louvores
Gerais

Particulares

Repreensões
Gerais

Particulares
Louvores aos peixes destacados pelo orador

• os peixes foram as primeiras criaturas criadas por
Deus;
• na atribuição aos homens do domínio dos
diferentes reinos, o dos peixes foi o primeiro a ser
nomeado.
• os peixes são em maior número e melhores que os
restantes animais.
(3.ºparágrafo)
Há que louvar nos peixes

atenção

obediência

quietação

ordem

Ao exaltar as virtudes dos peixes, o orador confronta duas diferentes
atitudes perante a palavra de Deus:

PEIXES

HOMENS

Ouviram a palavra de Deus que
Santo António pregava.

Perseguiram Santo António
porque este os repreendia.

Comportamento
Racional

Comportamento
Irracional
Há que louvar nos peixes

respeito

devoção

“ Ia Jonas, pregador do mesmo Deus, embarcado em um
navio, quando se levantou aquela grande tempestade; e como o
trataram os homens, como o trataram os peixes?"

PEIXES
“(…) ajudam a salvação dos homens”

O peixe recolheu nas entranhas
Jonas para o levar vivo à terra

HOMENS
“(…) lançam ao mar os ministros
da salvação.”

Tiveram entranhas para deitar
Jonas ao mar.
doméstico

sujeito serviçal

amigo ou
lisonjeiro

se
amansam

PEIXES
Meditação que permite
proximidade com Deus

nos fala

nos canta

nos ajuda e reconhecem a mão
nos recreia de quem recebem o
sustento

Paz de espírito
conseguida porque
se afastam do
mundo dos homens.
Capítulo II – notas finais


Padre António Vieira destaca
pela negativa os homens ao
elogiar os peixes.



Vieira critica de forma implícita a
forma como os portugueses
maltratavam
os
indígenas
brasileiros.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cap v repreensões particular
Cap v repreensões particularCap v repreensões particular
Cap v repreensões particular
Helena Coutinho
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
AnaGomes40
 
Estrutura do Sermão de Santo António aos Peixes
Estrutura do Sermão de Santo António aos PeixesEstrutura do Sermão de Santo António aos Peixes
Estrutura do Sermão de Santo António aos Peixes
António Fernandes
 
Sermão de Santo António aos peixes - Rémora
Sermão de Santo António aos peixes - Rémora Sermão de Santo António aos peixes - Rémora
Sermão de Santo António aos peixes - Rémora
kikaveiga1
 
Frei Luís de Sousa
Frei Luís de Sousa  Frei Luís de Sousa
Frei Luís de Sousa
CatarinaNeivas
 
Cap iii louvores particular
Cap iii louvores particularCap iii louvores particular
Cap iii louvores particular
Helena Coutinho
 
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo VSermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
EuniceCarmo
 
Repreensões gerais e particulares
Repreensões gerais e particularesRepreensões gerais e particulares
Repreensões gerais e particulares
Dina Baptista
 
Sermao de santo antonio aos peixes
Sermao de santo antonio aos peixesSermao de santo antonio aos peixes
Sermao de santo antonio aos peixes
Liliana Matos
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
vermar2010
 
Sermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e III
Sermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e IIISermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e III
Sermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e III
Dina Baptista
 
Canto vii est 78_97
Canto vii est 78_97Canto vii est 78_97
Canto vii est 78_97
Maria Teresa Soveral
 
Os Maias - análise
Os Maias - análiseOs Maias - análise
Os Maias - análise
António Fernandes
 
Cap vi
Cap viCap vi
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IVAMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
Emília Maij
 
Capítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António VieiraCapítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Alexandra Madail
 
Romantismo, Frei Luís de Sousa
Romantismo, Frei Luís de SousaRomantismo, Frei Luís de Sousa
Romantismo, Frei Luís de Sousa
Lurdes Augusto
 
Cantigas de amor
Cantigas de amorCantigas de amor
Cantigas de amor
Helena Coutinho
 
Amor de perdição
Amor de perdiçãoAmor de perdição
Amor de perdição
Aparecida Mallagoli
 

Mais procurados (20)

Cap v repreensões particular
Cap v repreensões particularCap v repreensões particular
Cap v repreensões particular
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Estrutura do Sermão de Santo António aos Peixes
Estrutura do Sermão de Santo António aos PeixesEstrutura do Sermão de Santo António aos Peixes
Estrutura do Sermão de Santo António aos Peixes
 
Sermão de Santo António aos peixes - Rémora
Sermão de Santo António aos peixes - Rémora Sermão de Santo António aos peixes - Rémora
Sermão de Santo António aos peixes - Rémora
 
Frei Luís de Sousa
Frei Luís de Sousa  Frei Luís de Sousa
Frei Luís de Sousa
 
Cap iii louvores particular
Cap iii louvores particularCap iii louvores particular
Cap iii louvores particular
 
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo VSermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
 
Repreensões gerais e particulares
Repreensões gerais e particularesRepreensões gerais e particulares
Repreensões gerais e particulares
 
Sermao de santo antonio aos peixes
Sermao de santo antonio aos peixesSermao de santo antonio aos peixes
Sermao de santo antonio aos peixes
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e III
Sermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e IIISermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e III
Sermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e III
 
Canto vii est 78_97
Canto vii est 78_97Canto vii est 78_97
Canto vii est 78_97
 
Os Maias - análise
Os Maias - análiseOs Maias - análise
Os Maias - análise
 
Cap vi
Cap viCap vi
Cap vi
 
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IVAMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
AMOR DE PERDIÇÃO análise capítulo IV
 
Tipos de conhecimento
Tipos de conhecimentoTipos de conhecimento
Tipos de conhecimento
 
Capítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António VieiraCapítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira
 
Romantismo, Frei Luís de Sousa
Romantismo, Frei Luís de SousaRomantismo, Frei Luís de Sousa
Romantismo, Frei Luís de Sousa
 
Cantigas de amor
Cantigas de amorCantigas de amor
Cantigas de amor
 
Amor de perdição
Amor de perdiçãoAmor de perdição
Amor de perdição
 

Semelhante a Capítulo II Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira

Exposição/Confirmação - Capítulo II
Exposição/Confirmação - Capítulo IIExposição/Confirmação - Capítulo II
Exposição/Confirmação - Capítulo II
Maria Góis
 
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 37-38
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 37-38Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 37-38
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 37-38
luisprista
 
Sermão de sto antónio aos peixes resumo i e ii capítulos
Sermão de sto antónio aos peixes resumo i e ii capítulosSermão de sto antónio aos peixes resumo i e ii capítulos
Sermão de sto antónio aos peixes resumo i e ii capítulos
Cristina Leitão
 
Sermão de sto antónio aos peixes resumos capítulo I ao IV
Sermão de sto antónio aos peixes resumos capítulo I ao IVSermão de sto antónio aos peixes resumos capítulo I ao IV
Sermão de sto antónio aos peixes resumos capítulo I ao IV
Cristina Leitão
 
2 estrutura do sermão de santo antónio aos peixes
2  estrutura do sermão de santo antónio aos peixes2  estrutura do sermão de santo antónio aos peixes
2 estrutura do sermão de santo antónio aos peixes
António Fernandes
 
Sermão de Santo António - Resumo
Sermão de Santo António - ResumoSermão de Santo António - Resumo
Sermão de Santo António - Resumo
colegiomb
 
1 sermão de santo antónio aos peixes
1  sermão de santo antónio aos peixes1  sermão de santo antónio aos peixes
1 sermão de santo antónio aos peixes
António Fernandes
 
SSA_Síntese_22-23.ppsx
SSA_Síntese_22-23.ppsxSSA_Síntese_22-23.ppsx
SSA_Síntese_22-23.ppsx
LumaFigueiredo1
 
Sermão
SermãoSermão
Sermão
Susana Taio
 
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
marfat
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
vermar2010
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
marfat
 
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
marfat
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
vermar2010
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
marfat
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
marfat
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
marfat
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
marfat
 
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
marfat
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
vermar2010
 

Semelhante a Capítulo II Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira (20)

Exposição/Confirmação - Capítulo II
Exposição/Confirmação - Capítulo IIExposição/Confirmação - Capítulo II
Exposição/Confirmação - Capítulo II
 
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 37-38
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 37-38Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 37-38
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 37-38
 
Sermão de sto antónio aos peixes resumo i e ii capítulos
Sermão de sto antónio aos peixes resumo i e ii capítulosSermão de sto antónio aos peixes resumo i e ii capítulos
Sermão de sto antónio aos peixes resumo i e ii capítulos
 
Sermão de sto antónio aos peixes resumos capítulo I ao IV
Sermão de sto antónio aos peixes resumos capítulo I ao IVSermão de sto antónio aos peixes resumos capítulo I ao IV
Sermão de sto antónio aos peixes resumos capítulo I ao IV
 
2 estrutura do sermão de santo antónio aos peixes
2  estrutura do sermão de santo antónio aos peixes2  estrutura do sermão de santo antónio aos peixes
2 estrutura do sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de Santo António - Resumo
Sermão de Santo António - ResumoSermão de Santo António - Resumo
Sermão de Santo António - Resumo
 
1 sermão de santo antónio aos peixes
1  sermão de santo antónio aos peixes1  sermão de santo antónio aos peixes
1 sermão de santo antónio aos peixes
 
SSA_Síntese_22-23.ppsx
SSA_Síntese_22-23.ppsxSSA_Síntese_22-23.ppsx
SSA_Síntese_22-23.ppsx
 
Sermão
SermãoSermão
Sermão
 
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 

Capítulo II Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira

  • 2. Capítulo II Assunto desenvolvido a partir do conceito predicável Pregador Ideal: Santo António (louva o bem para o conservar e repreende o mal para (2.º parágrafo) o afastar) Auditório Ideal: peixes (ouvem e não falam) (1.º parágrafo)
  • 3. Capítulo II – 2.º parágrafo Planificar o assunto Estrutura bipartida do sermão Louvores Gerais Particulares Repreensões Gerais Particulares
  • 4. Louvores aos peixes destacados pelo orador • os peixes foram as primeiras criaturas criadas por Deus; • na atribuição aos homens do domínio dos diferentes reinos, o dos peixes foi o primeiro a ser nomeado. • os peixes são em maior número e melhores que os restantes animais. (3.ºparágrafo)
  • 5. Há que louvar nos peixes atenção obediência quietação ordem Ao exaltar as virtudes dos peixes, o orador confronta duas diferentes atitudes perante a palavra de Deus: PEIXES HOMENS Ouviram a palavra de Deus que Santo António pregava. Perseguiram Santo António porque este os repreendia. Comportamento Racional Comportamento Irracional
  • 6. Há que louvar nos peixes respeito devoção “ Ia Jonas, pregador do mesmo Deus, embarcado em um navio, quando se levantou aquela grande tempestade; e como o trataram os homens, como o trataram os peixes?" PEIXES “(…) ajudam a salvação dos homens” O peixe recolheu nas entranhas Jonas para o levar vivo à terra HOMENS “(…) lançam ao mar os ministros da salvação.” Tiveram entranhas para deitar Jonas ao mar.
  • 7. doméstico sujeito serviçal amigo ou lisonjeiro se amansam PEIXES Meditação que permite proximidade com Deus nos fala nos canta nos ajuda e reconhecem a mão nos recreia de quem recebem o sustento Paz de espírito conseguida porque se afastam do mundo dos homens.
  • 8. Capítulo II – notas finais  Padre António Vieira destaca pela negativa os homens ao elogiar os peixes.  Vieira critica de forma implícita a forma como os portugueses maltratavam os indígenas brasileiros.