SlideShare uma empresa Scribd logo
Independência do Brasil
       Marco Abreu dos Santos
           marcoabreu@live.com
     www.professormarco.wordpress.com
ADAPTAÇÃO DO RESUMO
 DESENVOLVIDO PELO PROFESSOR
             por:

Prof. Michel Goulart
http://historiadigital.org
http://twitter.com/profmichel

Copyright © Todos os direitos reservados.
O grito do Ipiranga




O Grito do Ipiranga (óleo sobre tela). Pedro Américo, 1988.
Antecedentes
   Após a fuga de D. João para o Brasil, Portugal ficou
    empobrecido por causa da guerra contra os franceses.

   Além disso, o comércio português foi muito prejudicado
    pelo decreto de abertura dos portos brasileiros.

   Diante das dificuldades, em 1820, estourou a revolução na
    cidade do Porto, que logo se espalhou por todo país. Esta
    revolução ficou conhecida como Revolução do Porto.

   Vitoriosos, os revoltosos formaram um governo provisório
    e exigiram o retorno imediato de D. João VI para Portugal.
    Com medo de perder o trono, D. João voltou para
    Portugal, em 1821.

   D. João VI esvaziou os cofres do Banco do Brasil, levando
    quase todo o ouro para Portugal.
O processo de independência
   No Brasil, D. João VI deixou seu filho, D. Pedro,
    como príncipe regente. Mas os brasileiros queriam
    a independência.

   Os portugueses, por outro lado, queriam que o
    Brasil voltasse a ser colônia de Portugal, como era
    antes da vinda de D. João.

   Para isso, queriam que D. Pedro voltasse para
    Portugal e entregasse o governo a uma junta. Mas
    D. Pedro preferiu ficar no Brasil. Esta
    desobediência ficou conhecida como “Dia do Fico”.
O processo de independência
   D. Pedro proclamou a Independência em 07 de
    setembro de 1822, ao receber alguns decretos das
    cortes de Portugal, quando estava em viagem a
    São Paulo.

   Estes decretos anulavam algumas de suas
    decisões, tentando fazer com que D. Pedro
    obedecesse às cortes portuguesas. D. Pedro
    aproveitou a ocasião e declarou a separação entre
    Brasil e Portugal.
Os limites da independência
   Para ser reconhecido oficialmente, o Brasil aceitou pagar
    indenizações de 2 milhões de libras esterlinas a Portugal.

   Para isso, pediu um empréstimo à Inglaterra, fato que iniciou a
    dívida externa do Brasil.

   Apesar do processo de independência ter base nas ideias
    iluministas de liberdade, a escravidão foi mantida, atendendo
    aos interesses dos grandes proprietários de terras.

   O Brasil continuou com o modelo agrário, baseado em
    latifúndios e na produção de gêneros primários voltada para a
    exportação. Ou seja, pouco diferente de quando era colônia de
    Portugal.

   Ao contrário de outros países da América Latina, que adotaram o
    sistema republicano, o Brasil adotou o governo monárquico,
    baseado no poder de um rei.
Primeira bandeira do Brasil

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
Daniel Alves Bronstrup
 
Vinda Da Familia Real Para O Brasil
Vinda Da Familia Real Para O BrasilVinda Da Familia Real Para O Brasil
Vinda Da Familia Real Para O Brasil
henrique.jay
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
Edenilson Morais
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
Marilia Pimentel
 
Crise do sistema colonial
Crise do sistema colonialCrise do sistema colonial
Crise do sistema colonial
Edenilson Morais
 
Conjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e BaianaConjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e Baiana
Aulas de História
 
Brasil imperial
Brasil imperialBrasil imperial
Brasil imperial
Vivihistoria
 
INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
INDEPENDÊNCIA DO BRASILINDEPENDÊNCIA DO BRASIL
INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
Andrea Lemos
 
IndependêNcia NãO é Só Grito!
IndependêNcia NãO é Só Grito!IndependêNcia NãO é Só Grito!
IndependêNcia NãO é Só Grito!
Nila Michele Bastos Santos
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
Janayna Lira
 
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Isabela Espíndola
 
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
Daniel Alves Bronstrup
 
Segundo Reinado
Segundo ReinadoSegundo Reinado
Segundo Reinado
Portal do Vestibulando
 
Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-america
Marcos Oliveira
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
Douglas Barraqui
 
O primeiro reinado
O primeiro reinadoO primeiro reinado
O primeiro reinado
Soraia Faria
 
Primeira República
Primeira RepúblicaPrimeira República
Primeira República
isameucci
 
O Estado Moderno
O Estado ModernoO Estado Moderno
O Estado Moderno
Aulas de História
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
Fatima Freitas
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
Edenilson Morais
 

Mais procurados (20)

3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
3ºão ano - Família Real, Independência e Primeiro Reinado.
 
Vinda Da Familia Real Para O Brasil
Vinda Da Familia Real Para O BrasilVinda Da Familia Real Para O Brasil
Vinda Da Familia Real Para O Brasil
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
 
Crise do sistema colonial
Crise do sistema colonialCrise do sistema colonial
Crise do sistema colonial
 
Conjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e BaianaConjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e Baiana
 
Brasil imperial
Brasil imperialBrasil imperial
Brasil imperial
 
INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
INDEPENDÊNCIA DO BRASILINDEPENDÊNCIA DO BRASIL
INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
 
IndependêNcia NãO é Só Grito!
IndependêNcia NãO é Só Grito!IndependêNcia NãO é Só Grito!
IndependêNcia NãO é Só Grito!
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
 
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
Aula cfgv - A vinda da família real para o Brasil
 
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
 
Segundo Reinado
Segundo ReinadoSegundo Reinado
Segundo Reinado
 
Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-america
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
 
O primeiro reinado
O primeiro reinadoO primeiro reinado
O primeiro reinado
 
Primeira República
Primeira RepúblicaPrimeira República
Primeira República
 
O Estado Moderno
O Estado ModernoO Estado Moderno
O Estado Moderno
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
Revoltas na República Velha
Revoltas na República VelhaRevoltas na República Velha
Revoltas na República Velha
 

Destaque

Independencia de Brasil
Independencia de Brasil Independencia de Brasil
Independencia de Brasil
sebastianestrada8
 
La independencia de ecuador
La independencia de ecuadorLa independencia de ecuador
La independencia de ecuador
Andrés Rojas
 
Cronología de la historia de Ecuador
Cronología de la historia de EcuadorCronología de la historia de Ecuador
Cronología de la historia de Ecuador
Michelle Silva Cuenca
 
Proceso Independentista del Ecuador
Proceso Independentista del EcuadorProceso Independentista del Ecuador
Proceso Independentista del Ecuador
Bryan Tamay
 
Independencia de brasil
Independencia de brasilIndependencia de brasil
Independencia de brasil
Chubipapilla C
 
Independencia del Ecuador
Independencia del EcuadorIndependencia del Ecuador
Independencia del Ecuador
Manual De Corazones
 
Independencia
IndependenciaIndependencia
Independencia
Cristian Miguel
 
Independencia de ecuador
Independencia de ecuadorIndependencia de ecuador
Independencia de ecuador
Andrés Rojas
 
Procesos de independencia de américa latina
Procesos de independencia de américa latinaProcesos de independencia de américa latina
Procesos de independencia de américa latina
Valerie Espinoza
 
Independencia De America Latina 1slide
Independencia De America Latina 1slideIndependencia De America Latina 1slide
Independencia De America Latina 1slide
incamedia
 

Destaque (10)

Independencia de Brasil
Independencia de Brasil Independencia de Brasil
Independencia de Brasil
 
La independencia de ecuador
La independencia de ecuadorLa independencia de ecuador
La independencia de ecuador
 
Cronología de la historia de Ecuador
Cronología de la historia de EcuadorCronología de la historia de Ecuador
Cronología de la historia de Ecuador
 
Proceso Independentista del Ecuador
Proceso Independentista del EcuadorProceso Independentista del Ecuador
Proceso Independentista del Ecuador
 
Independencia de brasil
Independencia de brasilIndependencia de brasil
Independencia de brasil
 
Independencia del Ecuador
Independencia del EcuadorIndependencia del Ecuador
Independencia del Ecuador
 
Independencia
IndependenciaIndependencia
Independencia
 
Independencia de ecuador
Independencia de ecuadorIndependencia de ecuador
Independencia de ecuador
 
Procesos de independencia de américa latina
Procesos de independencia de américa latinaProcesos de independencia de américa latina
Procesos de independencia de américa latina
 
Independencia De America Latina 1slide
Independencia De America Latina 1slideIndependencia De America Latina 1slide
Independencia De America Latina 1slide
 

Semelhante a Independência do brasil

Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824 Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824
Dismael Sagás
 
Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824 Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824
Dismael Sagás
 
A fr no brasil e a independência
A fr no brasil e a independênciaA fr no brasil e a independência
A fr no brasil e a independência
Wilton Moretto
 
Chegada ao Brasil.pptx
Chegada ao Brasil.pptxChegada ao Brasil.pptx
Chegada ao Brasil.pptx
RafaelyLeite1
 
Brasil colonia periodo_joanino_resumido
Brasil colonia periodo_joanino_resumidoBrasil colonia periodo_joanino_resumido
Brasil colonia periodo_joanino_resumido
Karla Fonseca
 
A Fase de Dom João VI - 2M4/G3
A Fase de Dom João VI - 2M4/G3A Fase de Dom João VI - 2M4/G3
A Fase de Dom João VI - 2M4/G3
marianasloureiro
 
A Fase de Dom João VI
A Fase de Dom João VIA Fase de Dom João VI
A Fase de Dom João VI
Mariana Loureiro
 
Slide historia
Slide historiaSlide historia
Slide historia
Celiamariag3
 
Slide historia
Slide historiaSlide historia
Slide historia
Celiamariag3
 
Brasil da independencia ao 2 reianado
Brasil  da independencia ao 2 reianadoBrasil  da independencia ao 2 reianado
Brasil da independencia ao 2 reianado
Professor de História
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
PORTAL69
 
O DEPLORÁVEL PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL DE PORTUGAL EM 1822.pdf
O DEPLORÁVEL PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL DE PORTUGAL EM 1822.pdfO DEPLORÁVEL PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL DE PORTUGAL EM 1822.pdf
O DEPLORÁVEL PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL DE PORTUGAL EM 1822.pdf
Faga1939
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
Leonardo de Oliveira
 
44 2 ref...texto dia do fico
44 2 ref...texto dia do fico44 2 ref...texto dia do fico
44 2 ref...texto dia do fico
PIBIDSolondeLucena
 
Texto fim da independencia 18.10
Texto fim da independencia 18.10Texto fim da independencia 18.10
Texto fim da independencia 18.10
PIBIDSolondeLucena
 
Atividade-9-8o-ano-HIS-Os-caminhos-ate-a-independencia-do-Brasil-Brasil-Colon...
Atividade-9-8o-ano-HIS-Os-caminhos-ate-a-independencia-do-Brasil-Brasil-Colon...Atividade-9-8o-ano-HIS-Os-caminhos-ate-a-independencia-do-Brasil-Brasil-Colon...
Atividade-9-8o-ano-HIS-Os-caminhos-ate-a-independencia-do-Brasil-Brasil-Colon...
cristianofiori1
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
Isabel Aguiar
 
AVALIAÇÃO 8 ANO HISTÓRIA 3 BIMESTRE.docx
AVALIAÇÃO 8 ANO HISTÓRIA 3 BIMESTRE.docxAVALIAÇÃO 8 ANO HISTÓRIA 3 BIMESTRE.docx
AVALIAÇÃO 8 ANO HISTÓRIA 3 BIMESTRE.docx
ElianeFreitas41
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
netomortean
 
Primeiro reinado
Primeiro reinadoPrimeiro reinado
Primeiro reinado
Lucas Reis
 

Semelhante a Independência do brasil (20)

Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824 Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824
 
Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824 Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824
 
A fr no brasil e a independência
A fr no brasil e a independênciaA fr no brasil e a independência
A fr no brasil e a independência
 
Chegada ao Brasil.pptx
Chegada ao Brasil.pptxChegada ao Brasil.pptx
Chegada ao Brasil.pptx
 
Brasil colonia periodo_joanino_resumido
Brasil colonia periodo_joanino_resumidoBrasil colonia periodo_joanino_resumido
Brasil colonia periodo_joanino_resumido
 
A Fase de Dom João VI - 2M4/G3
A Fase de Dom João VI - 2M4/G3A Fase de Dom João VI - 2M4/G3
A Fase de Dom João VI - 2M4/G3
 
A Fase de Dom João VI
A Fase de Dom João VIA Fase de Dom João VI
A Fase de Dom João VI
 
Slide historia
Slide historiaSlide historia
Slide historia
 
Slide historia
Slide historiaSlide historia
Slide historia
 
Brasil da independencia ao 2 reianado
Brasil  da independencia ao 2 reianadoBrasil  da independencia ao 2 reianado
Brasil da independencia ao 2 reianado
 
A vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasilA vinda da família real ao brasil
A vinda da família real ao brasil
 
O DEPLORÁVEL PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL DE PORTUGAL EM 1822.pdf
O DEPLORÁVEL PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL DE PORTUGAL EM 1822.pdfO DEPLORÁVEL PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL DE PORTUGAL EM 1822.pdf
O DEPLORÁVEL PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL DE PORTUGAL EM 1822.pdf
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
 
44 2 ref...texto dia do fico
44 2 ref...texto dia do fico44 2 ref...texto dia do fico
44 2 ref...texto dia do fico
 
Texto fim da independencia 18.10
Texto fim da independencia 18.10Texto fim da independencia 18.10
Texto fim da independencia 18.10
 
Atividade-9-8o-ano-HIS-Os-caminhos-ate-a-independencia-do-Brasil-Brasil-Colon...
Atividade-9-8o-ano-HIS-Os-caminhos-ate-a-independencia-do-Brasil-Brasil-Colon...Atividade-9-8o-ano-HIS-Os-caminhos-ate-a-independencia-do-Brasil-Brasil-Colon...
Atividade-9-8o-ano-HIS-Os-caminhos-ate-a-independencia-do-Brasil-Brasil-Colon...
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
 
AVALIAÇÃO 8 ANO HISTÓRIA 3 BIMESTRE.docx
AVALIAÇÃO 8 ANO HISTÓRIA 3 BIMESTRE.docxAVALIAÇÃO 8 ANO HISTÓRIA 3 BIMESTRE.docx
AVALIAÇÃO 8 ANO HISTÓRIA 3 BIMESTRE.docx
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Primeiro reinado
Primeiro reinadoPrimeiro reinado
Primeiro reinado
 

Mais de Marco Santos

Terrorismo
TerrorismoTerrorismo
Terrorismo
Marco Santos
 
Os refugiados e a crise migratória
Os refugiados e a crise migratóriaOs refugiados e a crise migratória
Os refugiados e a crise migratória
Marco Santos
 
Conceitos de Geopolítica
Conceitos de GeopolíticaConceitos de Geopolítica
Conceitos de Geopolítica
Marco Santos
 
Extensão, localização e regionalização do território brasileiro
Extensão, localização e regionalização do território brasileiroExtensão, localização e regionalização do território brasileiro
Extensão, localização e regionalização do território brasileiro
Marco Santos
 
Economia-mundo
Economia-mundoEconomia-mundo
Economia-mundo
Marco Santos
 
As cidades e a urbanização
As cidades e a urbanizaçãoAs cidades e a urbanização
As cidades e a urbanização
Marco Santos
 
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Marco Santos
 
O processo de industrialização
O processo de industrializaçãoO processo de industrialização
O processo de industrialização
Marco Santos
 
Estrutura Geológica do Brasil
Estrutura Geológica do BrasilEstrutura Geológica do Brasil
Estrutura Geológica do Brasil
Marco Santos
 
Representações do espaço geográfico
Representações do espaço geográficoRepresentações do espaço geográfico
Representações do espaço geográfico
Marco Santos
 
Geopolítica do Narcotráfico
Geopolítica do NarcotráficoGeopolítica do Narcotráfico
Geopolítica do Narcotráfico
Marco Santos
 
O trabalho e a terra no espaço rural brasileiro
O trabalho e a terra no espaço rural brasileiroO trabalho e a terra no espaço rural brasileiro
O trabalho e a terra no espaço rural brasileiro
Marco Santos
 
A organização do espaço geográfico na Rússia
A organização do espaço geográfico na RússiaA organização do espaço geográfico na Rússia
A organização do espaço geográfico na Rússia
Marco Santos
 
Economia na República Velha
Economia na República VelhaEconomia na República Velha
Economia na República Velha
Marco Santos
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
Marco Santos
 
Descobrimento do brasil
Descobrimento do brasilDescobrimento do brasil
Descobrimento do brasil
Marco Santos
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
Marco Santos
 
Regionalização do espaço geográfico mundial
Regionalização do espaço geográfico mundialRegionalização do espaço geográfico mundial
Regionalização do espaço geográfico mundial
Marco Santos
 
Dinamica de trabalhos_em_grupo_e_pesquisa na eja
Dinamica de trabalhos_em_grupo_e_pesquisa na ejaDinamica de trabalhos_em_grupo_e_pesquisa na eja
Dinamica de trabalhos_em_grupo_e_pesquisa na eja
Marco Santos
 
A Revanche da Cultura Popular
A Revanche da Cultura PopularA Revanche da Cultura Popular
A Revanche da Cultura Popular
Marco Santos
 

Mais de Marco Santos (20)

Terrorismo
TerrorismoTerrorismo
Terrorismo
 
Os refugiados e a crise migratória
Os refugiados e a crise migratóriaOs refugiados e a crise migratória
Os refugiados e a crise migratória
 
Conceitos de Geopolítica
Conceitos de GeopolíticaConceitos de Geopolítica
Conceitos de Geopolítica
 
Extensão, localização e regionalização do território brasileiro
Extensão, localização e regionalização do território brasileiroExtensão, localização e regionalização do território brasileiro
Extensão, localização e regionalização do território brasileiro
 
Economia-mundo
Economia-mundoEconomia-mundo
Economia-mundo
 
As cidades e a urbanização
As cidades e a urbanizaçãoAs cidades e a urbanização
As cidades e a urbanização
 
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
Categorias de Análise da Geografia - Espaço Geográfico, Paisagem, Lugar, Terr...
 
O processo de industrialização
O processo de industrializaçãoO processo de industrialização
O processo de industrialização
 
Estrutura Geológica do Brasil
Estrutura Geológica do BrasilEstrutura Geológica do Brasil
Estrutura Geológica do Brasil
 
Representações do espaço geográfico
Representações do espaço geográficoRepresentações do espaço geográfico
Representações do espaço geográfico
 
Geopolítica do Narcotráfico
Geopolítica do NarcotráficoGeopolítica do Narcotráfico
Geopolítica do Narcotráfico
 
O trabalho e a terra no espaço rural brasileiro
O trabalho e a terra no espaço rural brasileiroO trabalho e a terra no espaço rural brasileiro
O trabalho e a terra no espaço rural brasileiro
 
A organização do espaço geográfico na Rússia
A organização do espaço geográfico na RússiaA organização do espaço geográfico na Rússia
A organização do espaço geográfico na Rússia
 
Economia na República Velha
Economia na República VelhaEconomia na República Velha
Economia na República Velha
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
Descobrimento do brasil
Descobrimento do brasilDescobrimento do brasil
Descobrimento do brasil
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Regionalização do espaço geográfico mundial
Regionalização do espaço geográfico mundialRegionalização do espaço geográfico mundial
Regionalização do espaço geográfico mundial
 
Dinamica de trabalhos_em_grupo_e_pesquisa na eja
Dinamica de trabalhos_em_grupo_e_pesquisa na ejaDinamica de trabalhos_em_grupo_e_pesquisa na eja
Dinamica de trabalhos_em_grupo_e_pesquisa na eja
 
A Revanche da Cultura Popular
A Revanche da Cultura PopularA Revanche da Cultura Popular
A Revanche da Cultura Popular
 

Último

Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 

Último (20)

Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 

Independência do brasil

  • 1. Independência do Brasil Marco Abreu dos Santos marcoabreu@live.com www.professormarco.wordpress.com
  • 2. ADAPTAÇÃO DO RESUMO DESENVOLVIDO PELO PROFESSOR por: Prof. Michel Goulart http://historiadigital.org http://twitter.com/profmichel Copyright © Todos os direitos reservados.
  • 3. O grito do Ipiranga O Grito do Ipiranga (óleo sobre tela). Pedro Américo, 1988.
  • 4. Antecedentes  Após a fuga de D. João para o Brasil, Portugal ficou empobrecido por causa da guerra contra os franceses.  Além disso, o comércio português foi muito prejudicado pelo decreto de abertura dos portos brasileiros.  Diante das dificuldades, em 1820, estourou a revolução na cidade do Porto, que logo se espalhou por todo país. Esta revolução ficou conhecida como Revolução do Porto.  Vitoriosos, os revoltosos formaram um governo provisório e exigiram o retorno imediato de D. João VI para Portugal. Com medo de perder o trono, D. João voltou para Portugal, em 1821.  D. João VI esvaziou os cofres do Banco do Brasil, levando quase todo o ouro para Portugal.
  • 5. O processo de independência  No Brasil, D. João VI deixou seu filho, D. Pedro, como príncipe regente. Mas os brasileiros queriam a independência.  Os portugueses, por outro lado, queriam que o Brasil voltasse a ser colônia de Portugal, como era antes da vinda de D. João.  Para isso, queriam que D. Pedro voltasse para Portugal e entregasse o governo a uma junta. Mas D. Pedro preferiu ficar no Brasil. Esta desobediência ficou conhecida como “Dia do Fico”.
  • 6. O processo de independência  D. Pedro proclamou a Independência em 07 de setembro de 1822, ao receber alguns decretos das cortes de Portugal, quando estava em viagem a São Paulo.  Estes decretos anulavam algumas de suas decisões, tentando fazer com que D. Pedro obedecesse às cortes portuguesas. D. Pedro aproveitou a ocasião e declarou a separação entre Brasil e Portugal.
  • 7. Os limites da independência  Para ser reconhecido oficialmente, o Brasil aceitou pagar indenizações de 2 milhões de libras esterlinas a Portugal.  Para isso, pediu um empréstimo à Inglaterra, fato que iniciou a dívida externa do Brasil.  Apesar do processo de independência ter base nas ideias iluministas de liberdade, a escravidão foi mantida, atendendo aos interesses dos grandes proprietários de terras.  O Brasil continuou com o modelo agrário, baseado em latifúndios e na produção de gêneros primários voltada para a exportação. Ou seja, pouco diferente de quando era colônia de Portugal.  Ao contrário de outros países da América Latina, que adotaram o sistema republicano, o Brasil adotou o governo monárquico, baseado no poder de um rei.