SlideShare uma empresa Scribd logo
Prof. Claudney Santos
&
Everton Lima
Aula de Segunda Guerra e Guerra Fria/ foco: ENEM; UESB e UNEB
Guerra Fria (1945-1989)
O final da Segunda Guerra Mundial liquida a aliança entre
capitalistas e comunistas, que só se celebrara diante do
perigo nazi-fascista. O tristemente célebre general norte-
americano George Patton levantava a lebre: Já que
estamos em Berlim, por que não vamos a Moscou? O
polêmico militar foi atropelado pouco depois, ainda na
Alemanha, em circunstâncias misteriosas. Stálin, na
Conferência de Yalta (1945) exigiu e obteve o
reconhecimento da influência soviética sobre a Europa
oriental. Desta forma, o afastamento entre os dois blocos
estava caracterizado, antes até da rendição japonesa.
Começava a Guerra Fria.
19451945
||
• Dia 2 de Setembro de 1945: Fim da SegundaDia 2 de Setembro de 1945: Fim da Segunda
Guerra Mundial e Início da Guerra Fria.Guerra Mundial e Início da Guerra Fria.
• A Guerra Fria foi a designação atribuída aoA Guerra Fria foi a designação atribuída ao
conflito político-ideológico entre os Estadosconflito político-ideológico entre os Estados
Unidos (EUA), defensores do capitalismo, e aUnidos (EUA), defensores do capitalismo, e a
União Soviética (URSS), defensora doUnião Soviética (URSS), defensora do
socialismo, (bipolarização do mundo).socialismo, (bipolarização do mundo).
Compreendeu o período entre o final daCompreendeu o período entre o final da
Segunda Guerra Mundial e a extinção da UniãoSegunda Guerra Mundial e a extinção da União
Soviética, em 1991.Soviética, em 1991.
** Esse confronto foi uma disputa indireta entre
essas duas superpotências mundiais pela
hegemonia mundial. Disputavam áreas de
influência (Terceiro Mundo). Nessas disputas,
muitas vezes investiram em guerras locais (ex:
Guerras da Coréia e do Vietnã). A Guerra Fria
também se baseou em concorrências como as
corridas armamentista e espacial, em disputas
olímpicas e na propaganda ideológica (ex:
criação da personagem do Capitão América).
Tanto EUA quanto URSS se utilizaram de
bloqueios econômicos e até proibiram seus
atletas de participar de Olimpíadas (ex: 1980, em
Moscou e 1984, em Los Angeles).
Guerra Fria (1945-1989)
• TRUMAN (Março, 1947)
“O mundo está dividido em dois sistemas
antagônicos: um baseia-se na liberdade, o
outro na opressão. Aos americanos
compete liderar o mundo livre e auxiliá-lo
na contenção do comunismo”
JDANOV (Setembro, 1947)
“O mundo está dividido em dois campos,
um deles imperialista e capitalista, o outro
antiimperialista e socialista.
Os EUA são a principal força dirigente do
campo imperialista. A URSS orientará o
campo antiimperialista”.
• Nesta época, formaram-se dois blocos militares, cujoNesta época, formaram-se dois blocos militares, cujo
objetivo era defender os interesses militares dos paísesobjetivo era defender os interesses militares dos países
membros:membros:
• OTAN - Organização do Tratado do AtlânticoOTAN - Organização do Tratado do Atlântico
Norte (surgiu em abril de 1949) era lideradaNorte (surgiu em abril de 1949) era liderada
pelos Estados Unidos e tinha suas bases nospelos Estados Unidos e tinha suas bases nos
países membros, principalmente na Europapaíses membros, principalmente na Europa
Ocidental.Ocidental.
• Pacto de Varsóvia era comandado pela URSS ePacto de Varsóvia era comandado pela URSS e
defendia militarmente os países socialistas (1955)defendia militarmente os países socialistas (1955)
• Alguns países membros da OTANAlguns países membros da OTAN : Estados Unidos,: Estados Unidos,
Canadá, Itália, Inglaterra, Alemanha Ocidental, França,Canadá, Itália, Inglaterra, Alemanha Ocidental, França,
Suécia, Espanha, Bélgica, Holanda, Dinamarca, ÁustriaSuécia, Espanha, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Áustria
e Grécia.e Grécia.
• Alguns países membros do Pacto de VarsóviaAlguns países membros do Pacto de Varsóvia ::
URSS, Cuba, China, Coréia do Norte, Romênia,URSS, Cuba, China, Coréia do Norte, Romênia,
Alemanha Oriental, Iugoslávia, Albânia, TchecoslováquiaAlemanha Oriental, Iugoslávia, Albânia, Tchecoslováquia
e Polônia.e Polônia.
Guerra Fria (1945-1989)
Guerra Fria (1945-1989)
• Também nesse período, foram implantadosTambém nesse período, foram implantados
o Plano Marshall e o COMECONo Plano Marshall e o COMECON
• Plano Marshall (1947):Plano Marshall (1947):
• Os EUA colocaram em prática o PlanoOs EUA colocaram em prática o Plano
Marshall, oferecendo ajuda econômica,Marshall, oferecendo ajuda econômica,
principalmente através de empréstimos,principalmente através de empréstimos,
para reconstruir os países capitalistaspara reconstruir os países capitalistas
afetados pela Segunda Guerra Mundial.afetados pela Segunda Guerra Mundial.
• COMECON (1949):COMECON (1949):
• Foi criado pela URSS em 1949 com oFoi criado pela URSS em 1949 com o
objetivo de garantir auxílio econômico mútuoobjetivo de garantir auxílio econômico mútuo
entre os países socialistas.entre os países socialistas.
Percebe-se que entre 1945 e 1949, a influência da UniãoPercebe-se que entre 1945 e 1949, a influência da União
Soviética estende-se à Polônia, à Romênia, à Bulgária, àSoviética estende-se à Polônia, à Romênia, à Bulgária, à
Jugoslávia (que rompe com a URSS em 1948), à AlbâniaJugoslávia (que rompe com a URSS em 1948), à Albânia
(que rompe com a URSS entre 1961 e 1968), à Hungria, à(que rompe com a URSS entre 1961 e 1968), à Hungria, à
Tchecoslováquia, e à RDATchecoslováquia, e à RDA.
19491949
||
Divisão da Alemanha: RDA e RFADivisão da Alemanha: RDA e RFA
Com todos os conflitos entre o capitalismo e o socialismo,Com todos os conflitos entre o capitalismo e o socialismo,
aconteceu a divisão da Alemanha em duas entidadesaconteceu a divisão da Alemanha em duas entidades
estatais, a República Federal da Alemanha (RFA) e aestatais, a República Federal da Alemanha (RFA) e a
República Democrática Alemã (RDA). Isto simbolizava aRepública Democrática Alemã (RDA). Isto simbolizava a
divisão do mundo em dois blocos ou partes: Berlimdivisão do mundo em dois blocos ou partes: Berlim
Ocidental (RFA), que era constituído pelos paísesOcidental (RFA), que era constituído pelos países
capitalistas encabeçados pelos Estados Unidos dacapitalistas encabeçados pelos Estados Unidos da
América; e Berlim Oriental (RDA), constituído pelosAmérica; e Berlim Oriental (RDA), constituído pelos
países socialistas simpatizantes do regime soviético.países socialistas simpatizantes do regime soviético.
Alemanha dividida entre RFA (ocidental / capitalista) e RDA (oriental / socialista)
19491949
||
Cortina de FerroCortina de Ferro
Para concretizar esta separação, foi criada a Cortina dePara concretizar esta separação, foi criada a Cortina de
Ferro: era uma expressão usada no Ocidente paraFerro: era uma expressão usada no Ocidente para
designar a fronteira que dividiu a Europa em duas áreasdesignar a fronteira que dividiu a Europa em duas áreas
de distintas influências política e econômica, do final dade distintas influências política e econômica, do final da
Segunda Guerra Mundial até ao final da chamadaSegunda Guerra Mundial até ao final da chamada
Guerra Fria. Durante este período, a Europa OrientalGuerra Fria. Durante este período, a Europa Oriental
esteve sob o controle político e/ou influência da Uniãoesteve sob o controle político e/ou influência da União
Soviética, enquanto que a Europa Ocidental esteve sobSoviética, enquanto que a Europa Ocidental esteve sob
o controle político e/ou influência dos Estados Unidos dao controle político e/ou influência dos Estados Unidos da
América. Era apenas uma linha imaginária, ao contrárioAmérica. Era apenas uma linha imaginária, ao contrário
do Muro de Berlim, que se constituiu numa barreirado Muro de Berlim, que se constituiu numa barreira
física.física.
•• Em Março de 1946, Churchill,Em Março de 1946, Churchill,
num discurso que faznum discurso que faz
na Universidade de Fultonna Universidade de Fulton
(Missouri), denuncia a(Missouri), denuncia a
criação por parte da Uniãocriação por parte da União
Soviética de umaSoviética de uma
““Cortina de Ferro” que seCortina de Ferro” que se
estende “de Stettin noestende “de Stettin no
Báltico, a Trieste no Adriático”,Báltico, a Trieste no Adriático”,
por trás da qual sepor trás da qual se
encontram todas as capitaisencontram todas as capitais
dos antigos estados dados antigos estados da
Europa Central e de Leste.Europa Central e de Leste.
Divisão da Cortina de FerroDivisão da Cortina de Ferro
19491949
||
Mao Tsé-Tung (Ala esquerda do Kuamintang)
líder da China Comunista entre 49 e 76
Com o final da Segunda Guerra, os
japoneses foram expulsos do território chinês
e as tropas de Chiang Kai-shec, com o apoio
bélico dos Estados Unidos, lançaram uma
ofensiva contra os “vermelhos” de Mao Tse-
tung, reiniciando, então, a guerra civil que já
existia anteriormente.
Mesmo sem a ajuda da maior potência
comunista, a União Soviética, dirigida na
época por Stálin, as forças de Mao
conseguiram a vitória. Em 1º de outubro de
1949, conquistaram o poder e proclamaram a
República Popular da China. Chiang Kai-shec
e o que restava de seu governo refugiaram-
se na ilha de Formosa (Taiwan), onde
instalaram a China Nacionalista.
19501950
||
Guerra da CoréiaGuerra da Coréia
Entre os anos de 1951 e 1953 a Coréia foi palco de umEntre os anos de 1951 e 1953 a Coréia foi palco de um
conflito armado de grandes proporções. Após aconflito armado de grandes proporções. Após a
Revolução Maoísta ocorrida na China, a Coréia sofreRevolução Maoísta ocorrida na China, a Coréia sofre
pressões para adotar o sistema socialista em todo seupressões para adotar o sistema socialista em todo seu
território. A região sul da Coréia resiste e, com o apoioterritório. A região sul da Coréia resiste e, com o apoio
militar dos Estados Unidos, defende seus interesses. Amilitar dos Estados Unidos, defende seus interesses. A
guerra dura dois anos e termina, em 1953, com aguerra dura dois anos e termina, em 1953, com a
divisão da Coréia no paralelo 38. A Coréia do Norte ficoudivisão da Coréia no paralelo 38. A Coréia do Norte ficou
sob influência soviética e com um sistema socialista,sob influência soviética e com um sistema socialista,
enquanto a Coréia do Sul manteve o sistema capitalista.enquanto a Coréia do Sul manteve o sistema capitalista.
Guerra Fria (1945-1989)
19591959
||
Revolução CubanaRevolução Cubana
• A Revolucão Cubana é um movimento popular que consistiu naA Revolucão Cubana é um movimento popular que consistiu na
derrubada do governo de Fulgencio Batista pelo movimento dederrubada do governo de Fulgencio Batista pelo movimento de
26 de julho e o estabelecimento de um novo governo, liderado26 de julho e o estabelecimento de um novo governo, liderado
por Fidel Castro, no início de 1959. Depois de uma tentativapor Fidel Castro, no início de 1959. Depois de uma tentativa
fracassada de chegar ao poder, os revolucionáriosfracassada de chegar ao poder, os revolucionários
embrenharam-se na Sierra Maestra e, apoiados pelosembrenharam-se na Sierra Maestra e, apoiados pelos
camponeses partiram para a guerrilha.camponeses partiram para a guerrilha.
• Em janeiro de 1959, quase dois anos depois de iniciada aEm janeiro de 1959, quase dois anos depois de iniciada a
guerrilha, Fidel e seus companheiros, entre os quais estava oguerrilha, Fidel e seus companheiros, entre os quais estava o
médico argentino Ernesto “Che” Guevara, conseguirammédico argentino Ernesto “Che” Guevara, conseguiram
conquistar o poder, obrigando Batista a fugir do país.conquistar o poder, obrigando Batista a fugir do país.
19591959
||
As principais medidas do novo governo CubanoAs principais medidas do novo governo Cubano
foram;foram;
•• A reforma agrária com distribuição de terras aA reforma agrária com distribuição de terras a
200 mil famílias;200 mil famílias;
• Redução em 50% nos aluguéis, de 25% nos• Redução em 50% nos aluguéis, de 25% nos
livros escolares e 30% daslivros escolares e 30% das
tarifas de eletricidade;tarifas de eletricidade;
• Nacionalização de usinas,• Nacionalização de usinas,
indústrias e refinarias.indústrias e refinarias.
Guerra Fria (1945-1989)
19611961
||
Construção do Muro de Berlim
O Muro de Berlim foi constituído pelos países socialistas
simpatizantes do regime soviético. Construído na
madrugada de 13 de Agosto de 1961, dele faziam parte
66,5 km de gradeamento metálico, 302 torres de
observação, 127 redes metálicas eletrificadas com
alarme e 255 pistas de corrida para ferozes cães de
guarda. Este muro provocou a morte a 80 pessoas
identificadas, 112 ficaram feridas e milhares
aprisionadas nas diversas tentativas de atravessá-lo
Guerra Fria (1945-1989)
Guerra Fria (1945-1989)
1964 - 19731964 - 1973
||
Guerra do Vietnã
Contou com a intervenção direta dos EUA e indireta da
URSS. Os soldados norte-americanos, apesar de todo
aparato tecnológico, tiveram dificuldades em enfrentar
os soldados vietcongs (apoiados pelos soviéticos) nas
florestas tropicais do país. Milhares de pessoas, entre
civis e militares, morreram nos combates. Os EUA
saíram derrotados e tiveram que abandonar o território
vietnamita de forma vergonhosa, em 1975. O Vietnã
passou a ser socialista.
Guerra Fria (1945-1989)
Guerra Fria (1945-1989)
Guerra Fria (1945-1989)
Agente laranja
Desfolhante usado na Guerra do Vietnã pelas tropas norte-americanas e sul-
vietnamitas. Calcula-se que tenham sido lançados 45,6 milhões de litros do produto
durante os anos 60, cobrindo dez por cento do território do Vietnã.
O que causa: Derruba as folhas das árvores, impedindo que os soldados se escondam
na mata. Causa sérios danos ao meio ambiente.
Napalm
O napalm foi
largamente utilizado
no Sudeste Asiático
durante a Guerra do
Vietnã. Mistura de
gasolina com uma
resina bastante
espessa da palmeira
que lhe deu o nome,
o napalm, em
combustão, gera
temperaturas
superiores a 1.000
ºC.
Guerra Fria (1945-1989)
19851985
||
Perestroika e GlasnostPerestroika e Glasnost
A Perestroika, ou reconstrução econômica éA Perestroika, ou reconstrução econômica é
iniciada em 1985, logo após a instalação doiniciada em 1985, logo após a instalação do
governo Gorbatchov. Consiste num projetogoverno Gorbatchov. Consiste num projeto
ambicioso de introdução de mecanismos deambicioso de introdução de mecanismos de
mercado, renovação do direito àmercado, renovação do direito à
propriedade privada e diferentes setores epropriedade privada e diferentes setores e
retomada do crescimento. A Perestroikaretomada do crescimento. A Perestroika
visa reduzir os monopólios estatais,visa reduzir os monopólios estatais,
descentralizar as decisões empresariais edescentralizar as decisões empresariais e
criar setores comerciais, industriais e decriar setores comerciais, industriais e de
serviços nas mãos de proprietários privadosserviços nas mãos de proprietários privados
nacionais ou estrangeiros.nacionais ou estrangeiros.
19851985
||Perestroika e GlasnostPerestroika e Glasnost
A Glasnost, ou transparência política tinha como objetivoA Glasnost, ou transparência política tinha como objetivo
permitir uma renovação da vida pública. Foi desencadeadapermitir uma renovação da vida pública. Foi desencadeada
paralelamente ao anúncio da Perestroika e consideradaparalelamente ao anúncio da Perestroika e considerada
essencial para mudara a mentalidade, acabar com aessencial para mudara a mentalidade, acabar com a
burocracia e criar uma vontade política geral de realizar asburocracia e criar uma vontade política geral de realizar as
reformas. Abrange o fim da perseguição aos dissidentesreformas. Abrange o fim da perseguição aos dissidentes
políticos, marcada simbolicamente pelo retorno do exílio dopolíticos, marcada simbolicamente pelo retorno do exílio do
físico Abdrei Sakharov, em 1986, e inclui campanhas contra afísico Abdrei Sakharov, em 1986, e inclui campanhas contra a
corrupção e a ineficiência administrativa, realizadas com acorrupção e a ineficiência administrativa, realizadas com a
intervenção dos meios de comunicação e a crescenteintervenção dos meios de comunicação e a crescente
participação da população. Avança ainda na liberalizaçãoparticipação da população. Avança ainda na liberalização
cultural, com a liberação de obras proibidas, a permissão paracultural, com a liberação de obras proibidas, a permissão para
a publicação de uma nova safra de obras críticas ao regime e aa publicação de uma nova safra de obras críticas ao regime e a
liberdade de imprensa, caracterizada pelo numero crescenteliberdade de imprensa, caracterizada pelo numero crescente
de jornais e emissoras de rádio e TV que abrem espaço àsde jornais e emissoras de rádio e TV que abrem espaço às
críticas.críticas.
19891989
||
Queda do Muro de BerlimQueda do Muro de Berlim
O Muro de Berlim acaba na noite do dia 09 de Novembro de 1989O Muro de Berlim acaba na noite do dia 09 de Novembro de 1989
após de 28 anos de existência.após de 28 anos de existência. Por mais de duas décadas, o MuroPor mais de duas décadas, o Muro
de Berlim foi o símbolo por excelência da Guerra Fria, dade Berlim foi o símbolo por excelência da Guerra Fria, da
bipolarização do mundo e da divisão da Alemanha.bipolarização do mundo e da divisão da Alemanha.
Antes da sua queda, houve manifestações que pediram a liberdade deAntes da sua queda, houve manifestações que pediram a liberdade de
viajar para o outro lado de Berlim ou para outros paises, O queviajar para o outro lado de Berlim ou para outros paises, O que
decidiu a queda do muro foi um mal-entendido entre o governo dadecidiu a queda do muro foi um mal-entendido entre o governo da
RDA.RDA.
Na tarde de 09 de Novembro houve uma conferência de imprensa,Na tarde de 09 de Novembro houve uma conferência de imprensa,
transmitida ao vivo na televisão alemã-oriental.Günter Schabowski,transmitida ao vivo na televisão alemã-oriental.Günter Schabowski,
anunciou uma decisão do conselho dos ministros de aboliranunciou uma decisão do conselho dos ministros de abolir
imediatamente e completamente as restrições de viagens ao Oeste.imediatamente e completamente as restrições de viagens ao Oeste.
Pouco depois desse anúncio houve notícias sobre a abertura do MuroPouco depois desse anúncio houve notícias sobre a abertura do Muro
na rádio e na televisão ocidental. Milhares de pessoas marcharamna rádio e na televisão ocidental. Milhares de pessoas marcharam
aos postos fronteiriços e pediram a abertura da fronteira.aos postos fronteiriços e pediram a abertura da fronteira.
Guerra Fria (1945-1989)
19891989
||
Fim do SocialismoFim do Socialismo
Na última década do século XX chegou ao fim, o modelo socialistaNa última década do século XX chegou ao fim, o modelo socialista
criado pela União Soviética. O próprio país, herdeiro do antigocriado pela União Soviética. O próprio país, herdeiro do antigo
império russo, deixou de existir. Nos anos que se seguiram,império russo, deixou de existir. Nos anos que se seguiram,
cientistas políticos das mais diversas tendências se dedicaram acientistas políticos das mais diversas tendências se dedicaram a
estudar as causas e conseqüências de um fato histórico e políticoestudar as causas e conseqüências de um fato histórico e político
de tanta relevância.de tanta relevância.
Dentre os fatores explicativos do fim do socialismo da União SoviéticaDentre os fatores explicativos do fim do socialismo da União Soviética
destacam-se a incapacidade do país de acompanhar a revoluçãodestacam-se a incapacidade do país de acompanhar a revolução
tecnológica contemporânea, especialmente na área da informática,tecnológica contemporânea, especialmente na área da informática,
a ausência de práticas democráticas e a frustração dasa ausência de práticas democráticas e a frustração das
expectativas de progresso material da população. As explicaçõesexpectativas de progresso material da população. As explicações
sobre o colapso da União Soviética abrangem os demais países dosobre o colapso da União Soviética abrangem os demais países do
leste europeu que, apesar de suas especificidades, partilharam dasleste europeu que, apesar de suas especificidades, partilharam das
mesmas carências.mesmas carências.
Guerra Fria
Joseph Stalin (1922-1953)
Nikita Kruschev (1958-1964)
Leonid Brejnev (1964-1981)
Yuri Andropov (1983-84)
Tcher
Mikhail Gorbachev
(1985-1991)
Roosevelt, o Pai do “New Deal” após a
crise de 29, (1933-45)
Harry Truman (1945-53)
MacCarthy’s hearings
(audiências na década de ’50)
Eisenhower (1953-61)
Jonh Fitzgerald
Kennedy (1961-63)
Marcha pelos direit
em 1953
Martin Luther King nos anos ’50 e ‘60 (morreu assassinado)
Ly
ndon Jonhson (1963-69)
Ge
ald Ford (1974-77)
Amuar al-Sadat (Egito), Jimmy Carter (EUA de 1977-81) e
Begin (Primeiro Ministro Israelense) em 1978
d
Projeto “Guerra nas Estrelas”Projeto “Guerra nas Estrelas”
Guerra Fria (1945-1989)
Sputinik 1 :
primeiro satélite artificial lançado em órbita em 1957
s soviéticos
O primeiro ser vivo a subir ao
espaço em 57,
pela URSS: Laika
Yuri Gagarin: primeiro homem a subir ao
Guerra Fria (1945-1989)
Neil Armstrong: primeiro homem a pisar na lua,
em 69
CorridaCorrida
ArmamentistaArmamentista
e Nucleare Nuclear
Boicote àsBoicote às
OlimpíadasOlimpíadas
Propaganda AmericaPropaganda America
Propaganda Soviética

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ONU - Organização das Nações Unidas
ONU - Organização das Nações UnidasONU - Organização das Nações Unidas
ONU - Organização das Nações Unidas
André Luiz Marques
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Mundo Bipolar
Mundo BipolarMundo Bipolar
Mundo Bipolar
Carlos Vieira
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Victor Said
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra da coreia
Guerra da coreiaGuerra da coreia
Guerra da coreia
Fatima Freitas
 
Mundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - GeopolíticaMundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - Geopolítica
Artur Lara
 
A guerra fria
A guerra friaA guerra fria
Etnocentrismo
EtnocentrismoEtnocentrismo
Descolonizaçao da África e da Ásia
Descolonizaçao da  África e da ÁsiaDescolonizaçao da  África e da Ásia
Descolonizaçao da África e da Ásia
Rodrigo Luiz
 
Guerra da coreia
Guerra da coreiaGuerra da coreia
Guerra da coreia
turmac12
 
Nova ordem mundial.
Nova ordem mundial.Nova ordem mundial.
Nova ordem mundial.
Camila Brito
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Kéliton Ferreira
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
patriciacaralo
 
O fim da urss
O fim da urssO fim da urss
O fim da urss
Carlos Vieira
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Fatima Freitas
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Valéria Shoujofan
 
O fim da guerra fria
O fim da guerra friaO fim da guerra fria
O fim da guerra fria
Vagner Roberto
 
Muro de Berlim (1961-1989)
Muro de Berlim (1961-1989)Muro de Berlim (1961-1989)
Muro de Berlim (1961-1989)
Anderson Torres
 
A desintegração da URSS
A desintegração da URSSA desintegração da URSS
A desintegração da URSS
Mateus Silva
 

Mais procurados (20)

ONU - Organização das Nações Unidas
ONU - Organização das Nações UnidasONU - Organização das Nações Unidas
ONU - Organização das Nações Unidas
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Mundo Bipolar
Mundo BipolarMundo Bipolar
Mundo Bipolar
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Guerra da coreia
Guerra da coreiaGuerra da coreia
Guerra da coreia
 
Mundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - GeopolíticaMundo multipolar - Geopolítica
Mundo multipolar - Geopolítica
 
A guerra fria
A guerra friaA guerra fria
A guerra fria
 
Etnocentrismo
EtnocentrismoEtnocentrismo
Etnocentrismo
 
Descolonizaçao da África e da Ásia
Descolonizaçao da  África e da ÁsiaDescolonizaçao da  África e da Ásia
Descolonizaçao da África e da Ásia
 
Guerra da coreia
Guerra da coreiaGuerra da coreia
Guerra da coreia
 
Nova ordem mundial.
Nova ordem mundial.Nova ordem mundial.
Nova ordem mundial.
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
O fim da urss
O fim da urssO fim da urss
O fim da urss
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
O fim da guerra fria
O fim da guerra friaO fim da guerra fria
O fim da guerra fria
 
Muro de Berlim (1961-1989)
Muro de Berlim (1961-1989)Muro de Berlim (1961-1989)
Muro de Berlim (1961-1989)
 
A desintegração da URSS
A desintegração da URSSA desintegração da URSS
A desintegração da URSS
 

Destaque

A guerra fria 1945 a 1989
A guerra fria   1945 a 1989A guerra fria   1945 a 1989
A guerra fria 1945 a 1989
historiando
 
A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
A guerra fria   1945 a 1989 - 2016A guerra fria   1945 a 1989 - 2016
A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
Nelia Salles Nantes
 
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
Privada
 
A guerra fria 1945 a 1989
A guerra fria   1945 a 1989A guerra fria   1945 a 1989
A guerra fria 1945 a 1989
historiando
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
Elaine Bogo Pavani
 
A alemanha Na Guerra Fria
A alemanha Na Guerra FriaA alemanha Na Guerra Fria
A alemanha Na Guerra Fria
ViniciusMSSantos
 
A Guerra Fria (1945-1989)
A Guerra Fria (1945-1989)A Guerra Fria (1945-1989)
A Guerra Fria (1945-1989)
Edenilson Morais
 
A divisão da alemanha
A divisão da alemanhaA divisão da alemanha
A divisão da alemanha
Danielle Ariane
 
Revolução de 1930
Revolução de 1930Revolução de 1930
Revolução de 1930
Reginaldo Vitor Silva
 
Ditadura militar no brasil
Ditadura militar no brasilDitadura militar no brasil
Ditadura militar no brasil
Plínio José Inácio
 
resumo: Era vargas
resumo: Era vargasresumo: Era vargas
resumo: Era vargas
Lucas Reis
 
Ditadura militar no Brasil - resumo
Ditadura militar no Brasil - resumoDitadura militar no Brasil - resumo
Ditadura militar no Brasil - resumo
Cecília Chagas
 
Resumo a guerra fria
Resumo   a guerra friaResumo   a guerra fria
Resumo a guerra fria
historiando
 
Cortina de ferro
Cortina de ferroCortina de ferro
Cortina de ferro
willyam_cts
 
Primeira Guerra Mundial - antecedentes e conflito
Primeira Guerra Mundial - antecedentes e conflitoPrimeira Guerra Mundial - antecedentes e conflito
Primeira Guerra Mundial - antecedentes e conflito
Elton Zanoni
 
Economia nacional entre 1945 a 1989 - breve histórico
Economia nacional entre 1945 a 1989 - breve históricoEconomia nacional entre 1945 a 1989 - breve histórico
Economia nacional entre 1945 a 1989 - breve histórico
Lucas Andrade
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Edenilson Morais
 
República Populista (1946-1964)
República Populista (1946-1964)República Populista (1946-1964)
República Populista (1946-1964)
Edenilson Morais
 
Lista Revisão UNEB_2014_2015
Lista Revisão UNEB_2014_2015Lista Revisão UNEB_2014_2015
Lista Revisão UNEB_2014_2015
Carlos Eduardo Oliveira
 
História da URSS (União das Repúblicas Socialitas Soviéticas)
História da URSS (União das Repúblicas Socialitas Soviéticas)História da URSS (União das Repúblicas Socialitas Soviéticas)
História da URSS (União das Repúblicas Socialitas Soviéticas)
byanapaulaborges
 

Destaque (20)

A guerra fria 1945 a 1989
A guerra fria   1945 a 1989A guerra fria   1945 a 1989
A guerra fria 1945 a 1989
 
A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
A guerra fria   1945 a 1989 - 2016A guerra fria   1945 a 1989 - 2016
A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
 
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
O Populismo; A República Liberal; Período Democrático. (1946 – 1964)
 
A guerra fria 1945 a 1989
A guerra fria   1945 a 1989A guerra fria   1945 a 1989
A guerra fria 1945 a 1989
 
Nova República
Nova RepúblicaNova República
Nova República
 
A alemanha Na Guerra Fria
A alemanha Na Guerra FriaA alemanha Na Guerra Fria
A alemanha Na Guerra Fria
 
A Guerra Fria (1945-1989)
A Guerra Fria (1945-1989)A Guerra Fria (1945-1989)
A Guerra Fria (1945-1989)
 
A divisão da alemanha
A divisão da alemanhaA divisão da alemanha
A divisão da alemanha
 
Revolução de 1930
Revolução de 1930Revolução de 1930
Revolução de 1930
 
Ditadura militar no brasil
Ditadura militar no brasilDitadura militar no brasil
Ditadura militar no brasil
 
resumo: Era vargas
resumo: Era vargasresumo: Era vargas
resumo: Era vargas
 
Ditadura militar no Brasil - resumo
Ditadura militar no Brasil - resumoDitadura militar no Brasil - resumo
Ditadura militar no Brasil - resumo
 
Resumo a guerra fria
Resumo   a guerra friaResumo   a guerra fria
Resumo a guerra fria
 
Cortina de ferro
Cortina de ferroCortina de ferro
Cortina de ferro
 
Primeira Guerra Mundial - antecedentes e conflito
Primeira Guerra Mundial - antecedentes e conflitoPrimeira Guerra Mundial - antecedentes e conflito
Primeira Guerra Mundial - antecedentes e conflito
 
Economia nacional entre 1945 a 1989 - breve histórico
Economia nacional entre 1945 a 1989 - breve históricoEconomia nacional entre 1945 a 1989 - breve histórico
Economia nacional entre 1945 a 1989 - breve histórico
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
 
República Populista (1946-1964)
República Populista (1946-1964)República Populista (1946-1964)
República Populista (1946-1964)
 
Lista Revisão UNEB_2014_2015
Lista Revisão UNEB_2014_2015Lista Revisão UNEB_2014_2015
Lista Revisão UNEB_2014_2015
 
História da URSS (União das Repúblicas Socialitas Soviéticas)
História da URSS (União das Repúblicas Socialitas Soviéticas)História da URSS (União das Repúblicas Socialitas Soviéticas)
História da URSS (União das Repúblicas Socialitas Soviéticas)
 

Semelhante a Guerra Fria (1945-1989)

Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Lucas Pires
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Wendel Sousa
 
Sintese power point
Sintese power pointSintese power point
Sintese power point
Íris Ferreira
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
17234609 Guerra Fria 11 Otimo
17234609 Guerra Fria 11 Otimo17234609 Guerra Fria 11 Otimo
17234609 Guerra Fria 11 Otimo
João Couto
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
deboralorena_
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
recoba27
 
História - Guerra fria
História - Guerra friaHistória - Guerra fria
História - Guerra fria
Carson Souza
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
Matheus-ak
 
História 9º ano slide Guerra Fria
História   9º ano slide Guerra FriaHistória   9º ano slide Guerra Fria
História 9º ano slide Guerra Fria
Janaína Bindá
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Chromus Master
 
A guerra fria texto 1
A guerra fria texto 1A guerra fria texto 1
A guerra fria texto 1
Keila Caetano
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Gustavo Orlando
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Ramiro Bicca
 
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptxA Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
WirlanPaje2
 
A ordem internacional.pptx
A ordem internacional.pptxA ordem internacional.pptx
A ordem internacional.pptx
MarcoTlioAbreu1
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Atkinson Junior
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
gdfsabc
 
A Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.ppt
A Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.pptA Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.ppt
A Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.ppt
Bruno Oliveira
 
A guerra fria prof rodrigo
A guerra fria  prof rodrigoA guerra fria  prof rodrigo
A guerra fria prof rodrigo
Nelia Salles Nantes
 

Semelhante a Guerra Fria (1945-1989) (20)

Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Sintese power point
Sintese power pointSintese power point
Sintese power point
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
17234609 Guerra Fria 11 Otimo
17234609 Guerra Fria 11 Otimo17234609 Guerra Fria 11 Otimo
17234609 Guerra Fria 11 Otimo
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
História - Guerra fria
História - Guerra friaHistória - Guerra fria
História - Guerra fria
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
História 9º ano slide Guerra Fria
História   9º ano slide Guerra FriaHistória   9º ano slide Guerra Fria
História 9º ano slide Guerra Fria
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
A guerra fria texto 1
A guerra fria texto 1A guerra fria texto 1
A guerra fria texto 1
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptxA Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
 
A ordem internacional.pptx
A ordem internacional.pptxA ordem internacional.pptx
A ordem internacional.pptx
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
A Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.ppt
A Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.pptA Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.ppt
A Guerra Fria e a tensão entre estados unidos e união soviética.ppt
 
A guerra fria prof rodrigo
A guerra fria  prof rodrigoA guerra fria  prof rodrigo
A guerra fria prof rodrigo
 

Mais de Privada

Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
Privada
 
Idade Média - Curso completo
Idade Média - Curso completoIdade Média - Curso completo
Idade Média - Curso completo
Privada
 
Culturas indigenas-pre-colombianas
Culturas indigenas-pre-colombianasCulturas indigenas-pre-colombianas
Culturas indigenas-pre-colombianas
Privada
 
Matrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesMatrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidades
Privada
 
Matrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesMatrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidades
Privada
 
Nova republica
Nova republicaNova republica
Nova republica
Privada
 
Idade moderna
Idade modernaIdade moderna
Idade moderna
Privada
 
Grécia
GréciaGrécia
Grécia
Privada
 
Egito Antigo - 1º Ano
Egito Antigo - 1º AnoEgito Antigo - 1º Ano
Egito Antigo - 1º Ano
Privada
 
Mesopotâmia 1º Ano
Mesopotâmia 1º AnoMesopotâmia 1º Ano
Mesopotâmia 1º Ano
Privada
 
Mesopotamia 1 1 ano (1)
Mesopotamia 1   1 ano (1)Mesopotamia 1   1 ano (1)
Mesopotamia 1 1 ano (1)
Privada
 
Pré-história
Pré-históriaPré-história
Pré-história
Privada
 
Primeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º anoPrimeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º ano
Privada
 
Ano novo
Ano novoAno novo
Ano novo
Privada
 
UESB Manual do-candidato-2016
UESB Manual do-candidato-2016UESB Manual do-candidato-2016
UESB Manual do-candidato-2016
Privada
 
Uesb2015 cad2
Uesb2015 cad2Uesb2015 cad2
Uesb2015 cad2
Privada
 
Ditadura releitura
Ditadura   releituraDitadura   releitura
Ditadura releitura
Privada
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
Privada
 
Governos populistas(1945-1964) resumo
Governos populistas(1945-1964)   resumoGovernos populistas(1945-1964)   resumo
Governos populistas(1945-1964) resumo
Privada
 
2010 dia1 amarelo1
2010 dia1 amarelo12010 dia1 amarelo1
2010 dia1 amarelo1
Privada
 

Mais de Privada (20)

Renascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e CientíficoRenascimento Cultural e Científico
Renascimento Cultural e Científico
 
Idade Média - Curso completo
Idade Média - Curso completoIdade Média - Curso completo
Idade Média - Curso completo
 
Culturas indigenas-pre-colombianas
Culturas indigenas-pre-colombianasCulturas indigenas-pre-colombianas
Culturas indigenas-pre-colombianas
 
Matrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesMatrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidades
 
Matrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidadesMatrículas abertas e com novidades
Matrículas abertas e com novidades
 
Nova republica
Nova republicaNova republica
Nova republica
 
Idade moderna
Idade modernaIdade moderna
Idade moderna
 
Grécia
GréciaGrécia
Grécia
 
Egito Antigo - 1º Ano
Egito Antigo - 1º AnoEgito Antigo - 1º Ano
Egito Antigo - 1º Ano
 
Mesopotâmia 1º Ano
Mesopotâmia 1º AnoMesopotâmia 1º Ano
Mesopotâmia 1º Ano
 
Mesopotamia 1 1 ano (1)
Mesopotamia 1   1 ano (1)Mesopotamia 1   1 ano (1)
Mesopotamia 1 1 ano (1)
 
Pré-história
Pré-históriaPré-história
Pré-história
 
Primeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º anoPrimeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º ano
 
Ano novo
Ano novoAno novo
Ano novo
 
UESB Manual do-candidato-2016
UESB Manual do-candidato-2016UESB Manual do-candidato-2016
UESB Manual do-candidato-2016
 
Uesb2015 cad2
Uesb2015 cad2Uesb2015 cad2
Uesb2015 cad2
 
Ditadura releitura
Ditadura   releituraDitadura   releitura
Ditadura releitura
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
Governos populistas(1945-1964) resumo
Governos populistas(1945-1964)   resumoGovernos populistas(1945-1964)   resumo
Governos populistas(1945-1964) resumo
 
2010 dia1 amarelo1
2010 dia1 amarelo12010 dia1 amarelo1
2010 dia1 amarelo1
 

Último

História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 

Guerra Fria (1945-1989)

  • 1. Prof. Claudney Santos & Everton Lima Aula de Segunda Guerra e Guerra Fria/ foco: ENEM; UESB e UNEB
  • 3. O final da Segunda Guerra Mundial liquida a aliança entre capitalistas e comunistas, que só se celebrara diante do perigo nazi-fascista. O tristemente célebre general norte- americano George Patton levantava a lebre: Já que estamos em Berlim, por que não vamos a Moscou? O polêmico militar foi atropelado pouco depois, ainda na Alemanha, em circunstâncias misteriosas. Stálin, na Conferência de Yalta (1945) exigiu e obteve o reconhecimento da influência soviética sobre a Europa oriental. Desta forma, o afastamento entre os dois blocos estava caracterizado, antes até da rendição japonesa. Começava a Guerra Fria.
  • 4. 19451945 || • Dia 2 de Setembro de 1945: Fim da SegundaDia 2 de Setembro de 1945: Fim da Segunda Guerra Mundial e Início da Guerra Fria.Guerra Mundial e Início da Guerra Fria. • A Guerra Fria foi a designação atribuída aoA Guerra Fria foi a designação atribuída ao conflito político-ideológico entre os Estadosconflito político-ideológico entre os Estados Unidos (EUA), defensores do capitalismo, e aUnidos (EUA), defensores do capitalismo, e a União Soviética (URSS), defensora doUnião Soviética (URSS), defensora do socialismo, (bipolarização do mundo).socialismo, (bipolarização do mundo). Compreendeu o período entre o final daCompreendeu o período entre o final da Segunda Guerra Mundial e a extinção da UniãoSegunda Guerra Mundial e a extinção da União Soviética, em 1991.Soviética, em 1991.
  • 5. ** Esse confronto foi uma disputa indireta entre essas duas superpotências mundiais pela hegemonia mundial. Disputavam áreas de influência (Terceiro Mundo). Nessas disputas, muitas vezes investiram em guerras locais (ex: Guerras da Coréia e do Vietnã). A Guerra Fria também se baseou em concorrências como as corridas armamentista e espacial, em disputas olímpicas e na propaganda ideológica (ex: criação da personagem do Capitão América). Tanto EUA quanto URSS se utilizaram de bloqueios econômicos e até proibiram seus atletas de participar de Olimpíadas (ex: 1980, em Moscou e 1984, em Los Angeles).
  • 7. • TRUMAN (Março, 1947) “O mundo está dividido em dois sistemas antagônicos: um baseia-se na liberdade, o outro na opressão. Aos americanos compete liderar o mundo livre e auxiliá-lo na contenção do comunismo” JDANOV (Setembro, 1947) “O mundo está dividido em dois campos, um deles imperialista e capitalista, o outro antiimperialista e socialista. Os EUA são a principal força dirigente do campo imperialista. A URSS orientará o campo antiimperialista”.
  • 8. • Nesta época, formaram-se dois blocos militares, cujoNesta época, formaram-se dois blocos militares, cujo objetivo era defender os interesses militares dos paísesobjetivo era defender os interesses militares dos países membros:membros: • OTAN - Organização do Tratado do AtlânticoOTAN - Organização do Tratado do Atlântico Norte (surgiu em abril de 1949) era lideradaNorte (surgiu em abril de 1949) era liderada pelos Estados Unidos e tinha suas bases nospelos Estados Unidos e tinha suas bases nos países membros, principalmente na Europapaíses membros, principalmente na Europa Ocidental.Ocidental. • Pacto de Varsóvia era comandado pela URSS ePacto de Varsóvia era comandado pela URSS e defendia militarmente os países socialistas (1955)defendia militarmente os países socialistas (1955)
  • 9. • Alguns países membros da OTANAlguns países membros da OTAN : Estados Unidos,: Estados Unidos, Canadá, Itália, Inglaterra, Alemanha Ocidental, França,Canadá, Itália, Inglaterra, Alemanha Ocidental, França, Suécia, Espanha, Bélgica, Holanda, Dinamarca, ÁustriaSuécia, Espanha, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Áustria e Grécia.e Grécia. • Alguns países membros do Pacto de VarsóviaAlguns países membros do Pacto de Varsóvia :: URSS, Cuba, China, Coréia do Norte, Romênia,URSS, Cuba, China, Coréia do Norte, Romênia, Alemanha Oriental, Iugoslávia, Albânia, TchecoslováquiaAlemanha Oriental, Iugoslávia, Albânia, Tchecoslováquia e Polônia.e Polônia.
  • 12. • Também nesse período, foram implantadosTambém nesse período, foram implantados o Plano Marshall e o COMECONo Plano Marshall e o COMECON • Plano Marshall (1947):Plano Marshall (1947): • Os EUA colocaram em prática o PlanoOs EUA colocaram em prática o Plano Marshall, oferecendo ajuda econômica,Marshall, oferecendo ajuda econômica, principalmente através de empréstimos,principalmente através de empréstimos, para reconstruir os países capitalistaspara reconstruir os países capitalistas afetados pela Segunda Guerra Mundial.afetados pela Segunda Guerra Mundial. • COMECON (1949):COMECON (1949): • Foi criado pela URSS em 1949 com oFoi criado pela URSS em 1949 com o objetivo de garantir auxílio econômico mútuoobjetivo de garantir auxílio econômico mútuo entre os países socialistas.entre os países socialistas.
  • 13. Percebe-se que entre 1945 e 1949, a influência da UniãoPercebe-se que entre 1945 e 1949, a influência da União Soviética estende-se à Polônia, à Romênia, à Bulgária, àSoviética estende-se à Polônia, à Romênia, à Bulgária, à Jugoslávia (que rompe com a URSS em 1948), à AlbâniaJugoslávia (que rompe com a URSS em 1948), à Albânia (que rompe com a URSS entre 1961 e 1968), à Hungria, à(que rompe com a URSS entre 1961 e 1968), à Hungria, à Tchecoslováquia, e à RDATchecoslováquia, e à RDA.
  • 14. 19491949 || Divisão da Alemanha: RDA e RFADivisão da Alemanha: RDA e RFA Com todos os conflitos entre o capitalismo e o socialismo,Com todos os conflitos entre o capitalismo e o socialismo, aconteceu a divisão da Alemanha em duas entidadesaconteceu a divisão da Alemanha em duas entidades estatais, a República Federal da Alemanha (RFA) e aestatais, a República Federal da Alemanha (RFA) e a República Democrática Alemã (RDA). Isto simbolizava aRepública Democrática Alemã (RDA). Isto simbolizava a divisão do mundo em dois blocos ou partes: Berlimdivisão do mundo em dois blocos ou partes: Berlim Ocidental (RFA), que era constituído pelos paísesOcidental (RFA), que era constituído pelos países capitalistas encabeçados pelos Estados Unidos dacapitalistas encabeçados pelos Estados Unidos da América; e Berlim Oriental (RDA), constituído pelosAmérica; e Berlim Oriental (RDA), constituído pelos países socialistas simpatizantes do regime soviético.países socialistas simpatizantes do regime soviético.
  • 15. Alemanha dividida entre RFA (ocidental / capitalista) e RDA (oriental / socialista)
  • 16. 19491949 || Cortina de FerroCortina de Ferro Para concretizar esta separação, foi criada a Cortina dePara concretizar esta separação, foi criada a Cortina de Ferro: era uma expressão usada no Ocidente paraFerro: era uma expressão usada no Ocidente para designar a fronteira que dividiu a Europa em duas áreasdesignar a fronteira que dividiu a Europa em duas áreas de distintas influências política e econômica, do final dade distintas influências política e econômica, do final da Segunda Guerra Mundial até ao final da chamadaSegunda Guerra Mundial até ao final da chamada Guerra Fria. Durante este período, a Europa OrientalGuerra Fria. Durante este período, a Europa Oriental esteve sob o controle político e/ou influência da Uniãoesteve sob o controle político e/ou influência da União Soviética, enquanto que a Europa Ocidental esteve sobSoviética, enquanto que a Europa Ocidental esteve sob o controle político e/ou influência dos Estados Unidos dao controle político e/ou influência dos Estados Unidos da América. Era apenas uma linha imaginária, ao contrárioAmérica. Era apenas uma linha imaginária, ao contrário do Muro de Berlim, que se constituiu numa barreirado Muro de Berlim, que se constituiu numa barreira física.física.
  • 17. •• Em Março de 1946, Churchill,Em Março de 1946, Churchill, num discurso que faznum discurso que faz na Universidade de Fultonna Universidade de Fulton (Missouri), denuncia a(Missouri), denuncia a criação por parte da Uniãocriação por parte da União Soviética de umaSoviética de uma ““Cortina de Ferro” que seCortina de Ferro” que se estende “de Stettin noestende “de Stettin no Báltico, a Trieste no Adriático”,Báltico, a Trieste no Adriático”, por trás da qual sepor trás da qual se encontram todas as capitaisencontram todas as capitais dos antigos estados dados antigos estados da Europa Central e de Leste.Europa Central e de Leste.
  • 18. Divisão da Cortina de FerroDivisão da Cortina de Ferro
  • 19. 19491949 || Mao Tsé-Tung (Ala esquerda do Kuamintang) líder da China Comunista entre 49 e 76 Com o final da Segunda Guerra, os japoneses foram expulsos do território chinês e as tropas de Chiang Kai-shec, com o apoio bélico dos Estados Unidos, lançaram uma ofensiva contra os “vermelhos” de Mao Tse- tung, reiniciando, então, a guerra civil que já existia anteriormente. Mesmo sem a ajuda da maior potência comunista, a União Soviética, dirigida na época por Stálin, as forças de Mao conseguiram a vitória. Em 1º de outubro de 1949, conquistaram o poder e proclamaram a República Popular da China. Chiang Kai-shec e o que restava de seu governo refugiaram- se na ilha de Formosa (Taiwan), onde instalaram a China Nacionalista.
  • 20. 19501950 || Guerra da CoréiaGuerra da Coréia Entre os anos de 1951 e 1953 a Coréia foi palco de umEntre os anos de 1951 e 1953 a Coréia foi palco de um conflito armado de grandes proporções. Após aconflito armado de grandes proporções. Após a Revolução Maoísta ocorrida na China, a Coréia sofreRevolução Maoísta ocorrida na China, a Coréia sofre pressões para adotar o sistema socialista em todo seupressões para adotar o sistema socialista em todo seu território. A região sul da Coréia resiste e, com o apoioterritório. A região sul da Coréia resiste e, com o apoio militar dos Estados Unidos, defende seus interesses. Amilitar dos Estados Unidos, defende seus interesses. A guerra dura dois anos e termina, em 1953, com aguerra dura dois anos e termina, em 1953, com a divisão da Coréia no paralelo 38. A Coréia do Norte ficoudivisão da Coréia no paralelo 38. A Coréia do Norte ficou sob influência soviética e com um sistema socialista,sob influência soviética e com um sistema socialista, enquanto a Coréia do Sul manteve o sistema capitalista.enquanto a Coréia do Sul manteve o sistema capitalista.
  • 22. 19591959 || Revolução CubanaRevolução Cubana • A Revolucão Cubana é um movimento popular que consistiu naA Revolucão Cubana é um movimento popular que consistiu na derrubada do governo de Fulgencio Batista pelo movimento dederrubada do governo de Fulgencio Batista pelo movimento de 26 de julho e o estabelecimento de um novo governo, liderado26 de julho e o estabelecimento de um novo governo, liderado por Fidel Castro, no início de 1959. Depois de uma tentativapor Fidel Castro, no início de 1959. Depois de uma tentativa fracassada de chegar ao poder, os revolucionáriosfracassada de chegar ao poder, os revolucionários embrenharam-se na Sierra Maestra e, apoiados pelosembrenharam-se na Sierra Maestra e, apoiados pelos camponeses partiram para a guerrilha.camponeses partiram para a guerrilha. • Em janeiro de 1959, quase dois anos depois de iniciada aEm janeiro de 1959, quase dois anos depois de iniciada a guerrilha, Fidel e seus companheiros, entre os quais estava oguerrilha, Fidel e seus companheiros, entre os quais estava o médico argentino Ernesto “Che” Guevara, conseguirammédico argentino Ernesto “Che” Guevara, conseguiram conquistar o poder, obrigando Batista a fugir do país.conquistar o poder, obrigando Batista a fugir do país.
  • 23. 19591959 || As principais medidas do novo governo CubanoAs principais medidas do novo governo Cubano foram;foram; •• A reforma agrária com distribuição de terras aA reforma agrária com distribuição de terras a 200 mil famílias;200 mil famílias; • Redução em 50% nos aluguéis, de 25% nos• Redução em 50% nos aluguéis, de 25% nos livros escolares e 30% daslivros escolares e 30% das tarifas de eletricidade;tarifas de eletricidade; • Nacionalização de usinas,• Nacionalização de usinas, indústrias e refinarias.indústrias e refinarias.
  • 25. 19611961 || Construção do Muro de Berlim O Muro de Berlim foi constituído pelos países socialistas simpatizantes do regime soviético. Construído na madrugada de 13 de Agosto de 1961, dele faziam parte 66,5 km de gradeamento metálico, 302 torres de observação, 127 redes metálicas eletrificadas com alarme e 255 pistas de corrida para ferozes cães de guarda. Este muro provocou a morte a 80 pessoas identificadas, 112 ficaram feridas e milhares aprisionadas nas diversas tentativas de atravessá-lo
  • 28. 1964 - 19731964 - 1973 || Guerra do Vietnã Contou com a intervenção direta dos EUA e indireta da URSS. Os soldados norte-americanos, apesar de todo aparato tecnológico, tiveram dificuldades em enfrentar os soldados vietcongs (apoiados pelos soviéticos) nas florestas tropicais do país. Milhares de pessoas, entre civis e militares, morreram nos combates. Os EUA saíram derrotados e tiveram que abandonar o território vietnamita de forma vergonhosa, em 1975. O Vietnã passou a ser socialista.
  • 32. Agente laranja Desfolhante usado na Guerra do Vietnã pelas tropas norte-americanas e sul- vietnamitas. Calcula-se que tenham sido lançados 45,6 milhões de litros do produto durante os anos 60, cobrindo dez por cento do território do Vietnã. O que causa: Derruba as folhas das árvores, impedindo que os soldados se escondam na mata. Causa sérios danos ao meio ambiente.
  • 33. Napalm O napalm foi largamente utilizado no Sudeste Asiático durante a Guerra do Vietnã. Mistura de gasolina com uma resina bastante espessa da palmeira que lhe deu o nome, o napalm, em combustão, gera temperaturas superiores a 1.000 ºC.
  • 35. 19851985 || Perestroika e GlasnostPerestroika e Glasnost A Perestroika, ou reconstrução econômica éA Perestroika, ou reconstrução econômica é iniciada em 1985, logo após a instalação doiniciada em 1985, logo após a instalação do governo Gorbatchov. Consiste num projetogoverno Gorbatchov. Consiste num projeto ambicioso de introdução de mecanismos deambicioso de introdução de mecanismos de mercado, renovação do direito àmercado, renovação do direito à propriedade privada e diferentes setores epropriedade privada e diferentes setores e retomada do crescimento. A Perestroikaretomada do crescimento. A Perestroika visa reduzir os monopólios estatais,visa reduzir os monopólios estatais, descentralizar as decisões empresariais edescentralizar as decisões empresariais e criar setores comerciais, industriais e decriar setores comerciais, industriais e de serviços nas mãos de proprietários privadosserviços nas mãos de proprietários privados nacionais ou estrangeiros.nacionais ou estrangeiros.
  • 36. 19851985 ||Perestroika e GlasnostPerestroika e Glasnost A Glasnost, ou transparência política tinha como objetivoA Glasnost, ou transparência política tinha como objetivo permitir uma renovação da vida pública. Foi desencadeadapermitir uma renovação da vida pública. Foi desencadeada paralelamente ao anúncio da Perestroika e consideradaparalelamente ao anúncio da Perestroika e considerada essencial para mudara a mentalidade, acabar com aessencial para mudara a mentalidade, acabar com a burocracia e criar uma vontade política geral de realizar asburocracia e criar uma vontade política geral de realizar as reformas. Abrange o fim da perseguição aos dissidentesreformas. Abrange o fim da perseguição aos dissidentes políticos, marcada simbolicamente pelo retorno do exílio dopolíticos, marcada simbolicamente pelo retorno do exílio do físico Abdrei Sakharov, em 1986, e inclui campanhas contra afísico Abdrei Sakharov, em 1986, e inclui campanhas contra a corrupção e a ineficiência administrativa, realizadas com acorrupção e a ineficiência administrativa, realizadas com a intervenção dos meios de comunicação e a crescenteintervenção dos meios de comunicação e a crescente participação da população. Avança ainda na liberalizaçãoparticipação da população. Avança ainda na liberalização cultural, com a liberação de obras proibidas, a permissão paracultural, com a liberação de obras proibidas, a permissão para a publicação de uma nova safra de obras críticas ao regime e aa publicação de uma nova safra de obras críticas ao regime e a liberdade de imprensa, caracterizada pelo numero crescenteliberdade de imprensa, caracterizada pelo numero crescente de jornais e emissoras de rádio e TV que abrem espaço àsde jornais e emissoras de rádio e TV que abrem espaço às críticas.críticas.
  • 37. 19891989 || Queda do Muro de BerlimQueda do Muro de Berlim O Muro de Berlim acaba na noite do dia 09 de Novembro de 1989O Muro de Berlim acaba na noite do dia 09 de Novembro de 1989 após de 28 anos de existência.após de 28 anos de existência. Por mais de duas décadas, o MuroPor mais de duas décadas, o Muro de Berlim foi o símbolo por excelência da Guerra Fria, dade Berlim foi o símbolo por excelência da Guerra Fria, da bipolarização do mundo e da divisão da Alemanha.bipolarização do mundo e da divisão da Alemanha. Antes da sua queda, houve manifestações que pediram a liberdade deAntes da sua queda, houve manifestações que pediram a liberdade de viajar para o outro lado de Berlim ou para outros paises, O queviajar para o outro lado de Berlim ou para outros paises, O que decidiu a queda do muro foi um mal-entendido entre o governo dadecidiu a queda do muro foi um mal-entendido entre o governo da RDA.RDA. Na tarde de 09 de Novembro houve uma conferência de imprensa,Na tarde de 09 de Novembro houve uma conferência de imprensa, transmitida ao vivo na televisão alemã-oriental.Günter Schabowski,transmitida ao vivo na televisão alemã-oriental.Günter Schabowski, anunciou uma decisão do conselho dos ministros de aboliranunciou uma decisão do conselho dos ministros de abolir imediatamente e completamente as restrições de viagens ao Oeste.imediatamente e completamente as restrições de viagens ao Oeste. Pouco depois desse anúncio houve notícias sobre a abertura do MuroPouco depois desse anúncio houve notícias sobre a abertura do Muro na rádio e na televisão ocidental. Milhares de pessoas marcharamna rádio e na televisão ocidental. Milhares de pessoas marcharam aos postos fronteiriços e pediram a abertura da fronteira.aos postos fronteiriços e pediram a abertura da fronteira.
  • 39. 19891989 || Fim do SocialismoFim do Socialismo Na última década do século XX chegou ao fim, o modelo socialistaNa última década do século XX chegou ao fim, o modelo socialista criado pela União Soviética. O próprio país, herdeiro do antigocriado pela União Soviética. O próprio país, herdeiro do antigo império russo, deixou de existir. Nos anos que se seguiram,império russo, deixou de existir. Nos anos que se seguiram, cientistas políticos das mais diversas tendências se dedicaram acientistas políticos das mais diversas tendências se dedicaram a estudar as causas e conseqüências de um fato histórico e políticoestudar as causas e conseqüências de um fato histórico e político de tanta relevância.de tanta relevância. Dentre os fatores explicativos do fim do socialismo da União SoviéticaDentre os fatores explicativos do fim do socialismo da União Soviética destacam-se a incapacidade do país de acompanhar a revoluçãodestacam-se a incapacidade do país de acompanhar a revolução tecnológica contemporânea, especialmente na área da informática,tecnológica contemporânea, especialmente na área da informática, a ausência de práticas democráticas e a frustração dasa ausência de práticas democráticas e a frustração das expectativas de progresso material da população. As explicaçõesexpectativas de progresso material da população. As explicações sobre o colapso da União Soviética abrangem os demais países dosobre o colapso da União Soviética abrangem os demais países do leste europeu que, apesar de suas especificidades, partilharam dasleste europeu que, apesar de suas especificidades, partilharam das mesmas carências.mesmas carências.
  • 40. Guerra Fria Joseph Stalin (1922-1953) Nikita Kruschev (1958-1964)
  • 41. Leonid Brejnev (1964-1981) Yuri Andropov (1983-84) Tcher
  • 43. Roosevelt, o Pai do “New Deal” após a crise de 29, (1933-45) Harry Truman (1945-53) MacCarthy’s hearings (audiências na década de ’50) Eisenhower (1953-61)
  • 44. Jonh Fitzgerald Kennedy (1961-63) Marcha pelos direit em 1953 Martin Luther King nos anos ’50 e ‘60 (morreu assassinado)
  • 46. Amuar al-Sadat (Egito), Jimmy Carter (EUA de 1977-81) e Begin (Primeiro Ministro Israelense) em 1978 d
  • 47. Projeto “Guerra nas Estrelas”Projeto “Guerra nas Estrelas”
  • 49. Sputinik 1 : primeiro satélite artificial lançado em órbita em 1957 s soviéticos O primeiro ser vivo a subir ao espaço em 57, pela URSS: Laika Yuri Gagarin: primeiro homem a subir ao
  • 51. Neil Armstrong: primeiro homem a pisar na lua, em 69