SlideShare uma empresa Scribd logo
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
Os acordos de paz do pós-guerra
     Os encontros dos três grandes
GUERRA FRIA

 A Conferência de Teerã (IRÃ – 1943):
• Libertação da FRA: EUA + ING.
• LIT, LET, EST e leste da POL :
  incorporadas à URSS.
• Primeira divisão da Alemanha.
GUERRA FRIA
            1945: o ano das conferências
 A CONFERÊNCIA DE YALTA (Fevereiro de 45)
 - Participantes: os três grandes (EUA, Reino Unido,
  URSS)
- Expectativa dominante: Discutir e decidir os
  destinos e o futuro geopolítico do continente
  europeu, dentro do que na época se definia como “O
  espírito da paz”
- Resultados: total vitória soviética (imposição de
  Stálin: Europa Oriental, zona de influência
  soviética, divisão da Coréia e nova da Alemanha).
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
          1945: o ano das conferências
 A CONFERÊNCIA DE SAN FRANCISCO
  (Abril de 45)
- Participantes: cerca de 50 países, incluindo o
  Brasil
- Expectativa dominante: organizar
  instituições internacionais que garantissem
  a paz mundial
- Resultados: assinatura da carta de São
  Francisco, com a criação da ONU.
GUERRA FRIA
•   ONU - Objetivos:
•   a manutenção da paz mundial;
•   a defesa dos direitos do homem;
•   a igualdade de direitos para todos os povos;
•   a solução dos problemas que afligem a humanidade.
•   A ONU desempenhou um papel importante na
    descolonização dos países da África e da Ásia. A
    extinção gradativa dos impérios coloniais europeus
    resultou na formação de novos Estados, que passaram
    a integrar a ONU. A rivalidade entre os Estados
    Unidos e a União Soviética colocou a ação da ONU
    num plano secundário.
GUERRA FRIA
        1945: o ano das conferências
A CONFERÊNCIA DE POTSDAM (Julho-Agosto )
- Expectativa dominante: decidir os destinos da
  Alemanha
- Resultados: total vitória norte americana, com a
  imposição de todas as suas reivindicações através da
  chantagem da sua superioridade nuclear
- Principal decisão: Alemanha, um só país dividido
  em quatro zonas de ocupação militar e Berlim, a
  capital, também dividida em quatro zonas de
  ocupação militar: EUA, Reino Unido, URSS e
  França.
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
                      DEFINIÇÃO:
• O fim da Segunda Guerra Mundial (1939-45) assinalou
  o declínio da Europa e a ascensão de superpotências:
  EUA e URSS. A partir de 1945, a política internacional
  tornou-se bipolar e dois sistemas antagônicos passaram
  a defrontar-se: o capitalismo e o socialismo.
• Disputa imperialista entre as superpotências vencedoras
  da Segunda Guerra: os EUA, liderando os países
  capitalistas, e a URSS, liderando o mundo socialista.
GUERRA FRIA
No início do ano de 1946, o líder britânico
Winston Churchill, em visita aos EUA, fez um
discurso na cidade de Fulton, tendo ao seu lado o
presidente norte-americano H. Truman. Nesse
pronunciamento, conclamou os norte-americanos
a fornecerem ajuda econômica e militar à Grécia
e à Turquia, cujos governos estavam mergulhados
em uma luta interna contra o partido comunista.
Alertava o ex-primeiro ministro britânico para o
perigo que representava para o “mundo livre”
essa expansão do comunismo.
GUERRA FRIA
O alerta de Winston Churchill:
“Aquele discurso foi impressionante. Ao mesmo
tempo em que o ex-primeiro ministro britânico
alertava para o expansionismo soviético, deixava
claro também que o Reino Unido não poderia
ser o principal responsável pela política de
contenção do socialismo stalinista, que estava
cada vez mais próximo. Na sua visão, baixava-se
sobre a Europa uma “Cortina de Ferro”, e no
lado oriental da Europa inaugurava-se um
período de trevas.”
GUERRA FRIA
Em resposta ao discurso de Churchill e em
atenção aos seus próprios interesses, o presidente
Henry Truman elaborou, em 1947, uma
mensagem ao congresso norte-americano que
ficou conhecida na história como Doutrina
Truman. Nessa mensagem histórica, Truman
solicitava aos congressistas a concessão de ajuda
econômica e militar aos governos grego e turco.
Estava atendendo, assim, ao pedido feito por W.
Churchill. A Doutrina Truman, na verdade,
declarava oficialmente a Guerra Fria.
GUERRA FRIA

                                          Plano Marshall – 1947

                                          OTAN – 1949
         Doutrina Truman 1947             Macartismo anos 50
(a política de contenção do socialismo)
                                          Guerra da Coréia – 1950-53

                                          Cordão Sanitário anos 60
GUERRA FRIA
                       1948-49 – O bloqueio de Berlim


                               -Criação da R. D. Alemã
                       1949    -Criação do COMECON
                               -A bomba soviética
A reação soviética

                       1955 – O Pacto de Varsóvia

                       1961 – O muro de Berlim

                       1962 – A crise dos mísseis
GUERRA FRIA
      PRINCIPAIS CARACTERÍSRICAS DA G.F.

a) Bipolaridade global
b) Corrida armamentista – nuclear – espacial
c) O equilíbrio do terror (política de dissuasão)
d) Conflito ideológico: capitalismo X socialismo
e) Conflito bélico na guerra fria: principal cenário

                                      3º mundo
GUERRA FRIA
    AS ESTRUTURAS DA BIPOLARIDADE


1947 – Plano Marshall       1949 – COMECON

1949 – OTAN

1949 – RFA
                        X   1955 – O Pacto de Varsóvia

                            1949 – RDA
GUERRA FRIA

        PLANO MARSHALL X COMECON
• Milhões de dólares foram injetados na Europa Ocidental, com
  o claro objetivo de propiciar uma rápida recuperação, para
  fazer frente ao avanço soviético. É importante frisar que tal
  ajuda foi oferecida também aos países da Europa Oriental, os
  quais foram impedidos de aceitar pelo líder soviético J. Stalin.
  Somente a Iugoslávia desobedeceu aos ditames soviéticos,
  gerando o primeiro cisma dentro do bloco socialista. O
  presidente J. Tito aceitou a ajuda norte-americana, mas
  manteve-se socialista.
• O COMECON foi a resposta soviética.
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
               OTAN X PACTO DE VARSÓVIA
• Para cercear o avanço soviético, não bastava ajuda econômica.
  Foi necessário, ainda, criar uma aliança militar na Europa
  Ocidental. Isso se concretizou com a criação da organização do
  Atlântico Norte (OTAN), em abril de 1949. A OTAN é uma
  organização militar, formada por países da Europa Ocidental,
  pelos EUA e o Canadá, fundamentada na “defesa” político-
  militar dos seus componentes.
• Por sua vez, os soviéticos reagiram a todas essas tentativas de
  contenção. Os países da Europa Oriental foram “sovietizados”
  – o KOMFORM (Comitê de informação dos partidos
  comunistas) e criado o Pacto de Varsóvia.
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
                      O MACARTHISMO
No final dos anos 40, dentro dos EUA, o clima de histeria
anticomunista atingiu seu ponto máximo com a campanha
desenvolvida pelo então senador J. R. MacCarthy para eliminar os
elementos comunistas da sociedade norte-americana. Um sem-
número de perseguições e prisões foram feitas, inclusive no meio
artístico. Uma das mais famosas vítimas foi o ator e diretor de
cinema Charles Chaplin. A onda de caça às bruxas era alimentada
constantemente com novos acontecimentos: a URSS explodiu suas
primeiras bombas atômicas, e a China fazia sua revolução, aderindo
também ao socialismo. Esse clima de paranóia e histeria que se
instalou no seio da sociedade norte-americana só teve fim quando o
senador MacCarthy passou a acusar elementos das forças armadas
de comunistas. Em 1954, o senador foi condenado pelo Congresso
por suas atividades e caiu no ostracismo.
GUERRA FRIA
                    A GUERRA DA CORÉIA
  Ao longo dos anos 50, um dos momentos mais tensos da
  primeira fase da Guerra Fria foi a Guerra da Coréia (1950-53).
  Após a Segunda Guerra Mundial, a Coréia fora desmembrada em
  duas áreas de influência: o norte, sob controle comunista e
  apoiado pela URSS; e o sul, capitalista e apoiado pelos EUA. De
  acordo com a decisão da ONU, após as eleições gerais haveria
  um processo de reunificação. Contudo, conflitos fronteiriços, a
  partir de 1950, levaram a uma guerra entre o norte e o sul, com o
  envolvimento direto dos EUA apoiando a Coréia do Sul,
  enquanto a URSS e China deram apoio ao norte.
• O conflito se estendeu até 1953, quando foi assinado um acordo,
  confirmando a divisão da Coréia (paralelo 38°), situação
  inalterada até hoje.
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
                 O MURO DE BERLIM
Durante 28 anos, de 1961 a 1989, a população de Berlim,
ex-capital do Reich alemão, com mais de três milhões de
pessoas, padeceu uma experiência ímpar na história
moderna: viu a cidade ser dividida por um imenso muro.
Situação de verdadeira esquizofrenia geopolítica que
cortou‐a em duas partes, cada uma delas governada por
regimes políticos ideologicamente inimigos. Abominação
provocada pela guerra fria, a grosseira parede foi durante
aqueles anos todos o símbolo da rivalidade entre Leste e
Oeste, e, também, um atestado do fracasso do socialismo
real em manter‐se como um sistema atraente para a
maioria da população alemã.
GUERRA FRIA
Histórico:
- Divisão da Alemanha e de Berlim pelo Tratado de Yalta e
  confirmação pelo Tratado de Potsdam;
- Represália de Stalin ao Plano Marshall: fechamento das estradas
  de rodagem e de ferro para forçar a expulsão pelo frio e pela fome
  dos berlinenses “ocidentais”;
- Resposta Americana: ponte aérea, a Berlin Airlift, que durou onze
  meses, de 25 de junho a 12 de maio de 1949, transportando
  milhares de toneladas de alimentos para manter os berlineses
  alimentados e aquecidos. O general Tunner aproveitou a ocasião,
  através da Operation Vittles, Operação Alimentos, para dar um
  verdadeiro show aéreo de eficiência: 13 mil toneladas de carvão
  em um só dia (1.398 vôos em 24 horas).
GUERRA FRIA
• Nos dois primeiros meses de
  operação, 100 mil toneladas
  haviam sido despejadas. Em vista
  disso, a ação soviética mostrou‐se
  totalmente inoperante, obrigando
  Stalin a desistir por completo em
  12 de maio de 1949. O toque de
  ironia quase surrealista daquela
  situação é que os mesmos aviões e
  as mesmas tripulações que três
  anos antes haviam bombardeado
  Berlim, agora mobilizavam‐se para
  salvar seus habitantes de uma
  grande desgraça.
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
GUERRA FRIA
Em 1961, o êxodo de
centenas de milhares
de trabalhadores da
Alemanha Oriental
para o lado Ocidental,
em busca de melhores
condições de vida e
trabalho, provocou a
construção do muro de
Berlim. Construído
pelos comunistas, seria
o maior ícone da
Guerra Fria.
GUERRA FRIA
Em retrospecto, o muro, além
de ser um desastre ideológico, a
encarnação do fracasso do
socialismo real, resultou de um
previsível processo de
isolamento, seguido de
enclausuramento dos alemães
orientais, que já se arrastava     W. Ulbrich, responsável pelo muro
desde 1952: ano em que a
Zonengrenze, a fronteira entre
as duas Alemanhas (a Federal,
pró‐ocidental, com sede em
Bonn, e a comunista,
prósoviética, com sede em
Berlim), foi definitivamente
fechada.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Kéliton Ferreira
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Fatima Freitas
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Janaína Tavares
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
Valéria Shoujofan
 
Mundo Bipolar
Mundo BipolarMundo Bipolar
Mundo Bipolar
Carlos Vieira
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
Daniel Alves Bronstrup
 
Ascensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismoAscensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismo
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
II Guerra Mundial
II Guerra MundialII Guerra Mundial
II Guerra Mundial
Jorge Almeida
 
9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial
Janaína Bindá
 
Grande depressão
Grande depressãoGrande depressão
Grande depressão
Simone P Baldissera
 
Os Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziOs Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e Nazi
Rui Neto
 
Crise dos misseis de cuba
Crise dos misseis de cuba Crise dos misseis de cuba
Crise dos misseis de cuba
turmac12
 
O fim da guerra fria e o mundo final
O fim da guerra fria e o mundo finalO fim da guerra fria e o mundo final
O fim da guerra fria e o mundo final
Paulo Gomes
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
rsaloes
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
Creusa Lima
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
nanasimao
 
Primeira guerra mundial (1)
Primeira guerra mundial (1)Primeira guerra mundial (1)
Primeira guerra mundial (1)
Vinicius Pereira
 
Muro de Berlim (1961-1989)
Muro de Berlim (1961-1989)Muro de Berlim (1961-1989)
Muro de Berlim (1961-1989)
Anderson Torres
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
Alan
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Victor Said
 

Mais procurados (20)

Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Mundo Bipolar
Mundo BipolarMundo Bipolar
Mundo Bipolar
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
 
Ascensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismoAscensão do fascismo e nazismo
Ascensão do fascismo e nazismo
 
II Guerra Mundial
II Guerra MundialII Guerra Mundial
II Guerra Mundial
 
9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial
 
Grande depressão
Grande depressãoGrande depressão
Grande depressão
 
Os Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziOs Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e Nazi
 
Crise dos misseis de cuba
Crise dos misseis de cuba Crise dos misseis de cuba
Crise dos misseis de cuba
 
O fim da guerra fria e o mundo final
O fim da guerra fria e o mundo finalO fim da guerra fria e o mundo final
O fim da guerra fria e o mundo final
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Regimes totalitarios
Regimes totalitariosRegimes totalitarios
Regimes totalitarios
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
 
Primeira guerra mundial (1)
Primeira guerra mundial (1)Primeira guerra mundial (1)
Primeira guerra mundial (1)
 
Muro de Berlim (1961-1989)
Muro de Berlim (1961-1989)Muro de Berlim (1961-1989)
Muro de Berlim (1961-1989)
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 

Destaque

Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Isaac Andrian
 
Check List Equipamento Autonômo
Check List Equipamento AutonômoCheck List Equipamento Autonômo
Check List Equipamento Autonômo
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
João Marcelo
 
Guerra fria – a guerra ideológica
Guerra fria – a guerra ideológicaGuerra fria – a guerra ideológica
Guerra fria – a guerra ideológica
Professor
 
Expansão Marítima e Pré-Colônia
Expansão Marítima e Pré-ColôniaExpansão Marítima e Pré-Colônia
Expansão Marítima e Pré-Colônia
eiprofessor
 
Dicas de utilização_planisferio (OBA)
Dicas de utilização_planisferio (OBA)Dicas de utilização_planisferio (OBA)
Dicas de utilização_planisferio (OBA)
Thais Eastwood Vaine
 
Aula inaugural - Sintufce - Eugenia
Aula inaugural - Sintufce - EugeniaAula inaugural - Sintufce - Eugenia
Aula inaugural - Sintufce - Eugenia
eiprofessor
 
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
Apogeo Investimentos
 
Paisagem
PaisagemPaisagem
Palestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisPalestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoais
Renato Matozinhos
 
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendasPalestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
Junior Portare
 
Palestra de Finanças - Palestrante Portare - Turma Ribeirão Preto - Moraes C...
Palestra de Finanças - Palestrante Portare -  Turma Ribeirão Preto - Moraes C...Palestra de Finanças - Palestrante Portare -  Turma Ribeirão Preto - Moraes C...
Palestra de Finanças - Palestrante Portare - Turma Ribeirão Preto - Moraes C...
Junior Portare
 
Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011
Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011 Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011
Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011
Junior Portare
 
Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010
Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010
Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010
Junior Portare
 
Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.
Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.
Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.
Junior Portare
 
Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos
Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos  Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos
Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos
Apogeo Investimentos
 
Palestra sobre Marketing Digital: O que a internet pode fazer por sua empresa.
Palestra sobre Marketing Digital: O que a internet pode fazer por sua empresa.Palestra sobre Marketing Digital: O que a internet pode fazer por sua empresa.
Palestra sobre Marketing Digital: O que a internet pode fazer por sua empresa.
Junior Portare
 
Palestra de finanças pessoais mais dinheiro. mais vida. palestrante junior po...
Palestra de finanças pessoais mais dinheiro. mais vida. palestrante junior po...Palestra de finanças pessoais mais dinheiro. mais vida. palestrante junior po...
Palestra de finanças pessoais mais dinheiro. mais vida. palestrante junior po...
Junior Portare
 
Apostila finanças
Apostila   finançasApostila   finanças
Apostila finanças
mayarapdesouza
 
Objetos de consuno
Objetos de consunoObjetos de consuno
Objetos de consuno
Renato Matozinhos
 

Destaque (20)

Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Check List Equipamento Autonômo
Check List Equipamento AutonômoCheck List Equipamento Autonômo
Check List Equipamento Autonômo
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Guerra fria – a guerra ideológica
Guerra fria – a guerra ideológicaGuerra fria – a guerra ideológica
Guerra fria – a guerra ideológica
 
Expansão Marítima e Pré-Colônia
Expansão Marítima e Pré-ColôniaExpansão Marítima e Pré-Colônia
Expansão Marítima e Pré-Colônia
 
Dicas de utilização_planisferio (OBA)
Dicas de utilização_planisferio (OBA)Dicas de utilização_planisferio (OBA)
Dicas de utilização_planisferio (OBA)
 
Aula inaugural - Sintufce - Eugenia
Aula inaugural - Sintufce - EugeniaAula inaugural - Sintufce - Eugenia
Aula inaugural - Sintufce - Eugenia
 
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
 
Paisagem
PaisagemPaisagem
Paisagem
 
Palestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisPalestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoais
 
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendasPalestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
 
Palestra de Finanças - Palestrante Portare - Turma Ribeirão Preto - Moraes C...
Palestra de Finanças - Palestrante Portare -  Turma Ribeirão Preto - Moraes C...Palestra de Finanças - Palestrante Portare -  Turma Ribeirão Preto - Moraes C...
Palestra de Finanças - Palestrante Portare - Turma Ribeirão Preto - Moraes C...
 
Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011
Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011 Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011
Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011
 
Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010
Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010
Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010
 
Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.
Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.
Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.
 
Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos
Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos  Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos
Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos
 
Palestra sobre Marketing Digital: O que a internet pode fazer por sua empresa.
Palestra sobre Marketing Digital: O que a internet pode fazer por sua empresa.Palestra sobre Marketing Digital: O que a internet pode fazer por sua empresa.
Palestra sobre Marketing Digital: O que a internet pode fazer por sua empresa.
 
Palestra de finanças pessoais mais dinheiro. mais vida. palestrante junior po...
Palestra de finanças pessoais mais dinheiro. mais vida. palestrante junior po...Palestra de finanças pessoais mais dinheiro. mais vida. palestrante junior po...
Palestra de finanças pessoais mais dinheiro. mais vida. palestrante junior po...
 
Apostila finanças
Apostila   finançasApostila   finanças
Apostila finanças
 
Objetos de consuno
Objetos de consunoObjetos de consuno
Objetos de consuno
 

Semelhante a Guerra Fria

A Guerra Fria I.ppt
A Guerra Fria I.pptA Guerra Fria I.ppt
A Guerra Fria I.ppt
anacardoso258774
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Marcos Pierobon
 
41255_475dacc0ea8d451d88f3712424e835fb.pdf
41255_475dacc0ea8d451d88f3712424e835fb.pdf41255_475dacc0ea8d451d88f3712424e835fb.pdf
41255_475dacc0ea8d451d88f3712424e835fb.pdf
MarianaTavares214591
 
Guerra Fria - Aula
Guerra Fria - AulaGuerra Fria - Aula
Guerra Fria - Aula
Thiago Tomoaky Sato
 
Aula guerra fria (1945-1991) - história pensante
Aula   guerra fria (1945-1991) - história pensanteAula   guerra fria (1945-1991) - história pensante
Aula guerra fria (1945-1991) - história pensante
História Pensante
 
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIACAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
Conceição Fontolan
 
Módulo 8 unidade 1.2 guerra fria
Módulo 8 unidade 1.2 guerra friaMódulo 8 unidade 1.2 guerra fria
Módulo 8 unidade 1.2 guerra fria
angelamoliveira
 
9oano_atividade_historia_18_a_29out2021.docx_ (1).pdf
9oano_atividade_historia_18_a_29out2021.docx_ (1).pdf9oano_atividade_historia_18_a_29out2021.docx_ (1).pdf
9oano_atividade_historia_18_a_29out2021.docx_ (1).pdf
nevesnivea13
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
gdfsabc
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
recoba27
 
Guerra fria-1
Guerra fria-1Guerra fria-1
Guerra fria-1
julio2012souto
 
O mundo após 1945
O mundo após 1945O mundo após 1945
O mundo após 1945
Hélio Santos
 
Guerra fria completo
Guerra fria completoGuerra fria completo
Guerra fria completo
Jose Luiz de Oliveira
 
Guerra Fria (1945-1989)
Guerra Fria (1945-1989)Guerra Fria (1945-1989)
Guerra Fria (1945-1989)
Privada
 
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptxA Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
WirlanPaje2
 
FEFEU
FEFEUFEFEU
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
alex01166
 
Guerrafria
GuerrafriaGuerrafria
GUERRA FRIA - a nova ordem mundial
GUERRA FRIA - a nova ordem mundialGUERRA FRIA - a nova ordem mundial
GUERRA FRIA - a nova ordem mundial
ElvisJohnR
 

Semelhante a Guerra Fria (20)

A Guerra Fria I.ppt
A Guerra Fria I.pptA Guerra Fria I.ppt
A Guerra Fria I.ppt
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
41255_475dacc0ea8d451d88f3712424e835fb.pdf
41255_475dacc0ea8d451d88f3712424e835fb.pdf41255_475dacc0ea8d451d88f3712424e835fb.pdf
41255_475dacc0ea8d451d88f3712424e835fb.pdf
 
Guerra Fria - Aula
Guerra Fria - AulaGuerra Fria - Aula
Guerra Fria - Aula
 
Aula guerra fria (1945-1991) - história pensante
Aula   guerra fria (1945-1991) - história pensanteAula   guerra fria (1945-1991) - história pensante
Aula guerra fria (1945-1991) - história pensante
 
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIACAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA GUERRA FRIA
 
Módulo 8 unidade 1.2 guerra fria
Módulo 8 unidade 1.2 guerra friaMódulo 8 unidade 1.2 guerra fria
Módulo 8 unidade 1.2 guerra fria
 
9oano_atividade_historia_18_a_29out2021.docx_ (1).pdf
9oano_atividade_historia_18_a_29out2021.docx_ (1).pdf9oano_atividade_historia_18_a_29out2021.docx_ (1).pdf
9oano_atividade_historia_18_a_29out2021.docx_ (1).pdf
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Guerra fria-1
Guerra fria-1Guerra fria-1
Guerra fria-1
 
O mundo após 1945
O mundo após 1945O mundo após 1945
O mundo após 1945
 
Guerra fria completo
Guerra fria completoGuerra fria completo
Guerra fria completo
 
Guerra Fria (1945-1989)
Guerra Fria (1945-1989)Guerra Fria (1945-1989)
Guerra Fria (1945-1989)
 
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptxA Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
A Guerra Fria: Um conflito Indireto.pptx
 
FEFEU
FEFEUFEFEU
FEFEU
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Guerrafria
GuerrafriaGuerrafria
Guerrafria
 
GUERRA FRIA - a nova ordem mundial
GUERRA FRIA - a nova ordem mundialGUERRA FRIA - a nova ordem mundial
GUERRA FRIA - a nova ordem mundial
 

Mais de eiprofessor

Período Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I ReinadoPeríodo Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I Reinado
eiprofessor
 
História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)
eiprofessor
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
eiprofessor
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
eiprofessor
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
eiprofessor
 
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no BrasilDa Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
eiprofessor
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
eiprofessor
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
eiprofessor
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
eiprofessor
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesa
eiprofessor
 
Governos Populistas
Governos PopulistasGovernos Populistas
Governos Populistas
eiprofessor
 
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste AsiáticoAs Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiáticoeiprofessor
 
República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)
eiprofessor
 
Era Vargas
Era VargasEra Vargas
Era Vargas
eiprofessor
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
eiprofessor
 
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas SociaisMovimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
eiprofessor
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
eiprofessor
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
eiprofessor
 
Revolucão Francesa
Revolucão FrancesaRevolucão Francesa
Revolucão Francesa
eiprofessor
 
Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrial
eiprofessor
 

Mais de eiprofessor (20)

Período Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I ReinadoPeríodo Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I Reinado
 
História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no BrasilDa Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesa
 
Governos Populistas
Governos PopulistasGovernos Populistas
Governos Populistas
 
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste AsiáticoAs Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
 
República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)
 
Era Vargas
Era VargasEra Vargas
Era Vargas
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas SociaisMovimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Revolucão Francesa
Revolucão FrancesaRevolucão Francesa
Revolucão Francesa
 
Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrial
 

Guerra Fria

  • 2. GUERRA FRIA Os acordos de paz do pós-guerra Os encontros dos três grandes
  • 3. GUERRA FRIA  A Conferência de Teerã (IRÃ – 1943): • Libertação da FRA: EUA + ING. • LIT, LET, EST e leste da POL : incorporadas à URSS. • Primeira divisão da Alemanha.
  • 4. GUERRA FRIA 1945: o ano das conferências  A CONFERÊNCIA DE YALTA (Fevereiro de 45) - Participantes: os três grandes (EUA, Reino Unido, URSS) - Expectativa dominante: Discutir e decidir os destinos e o futuro geopolítico do continente europeu, dentro do que na época se definia como “O espírito da paz” - Resultados: total vitória soviética (imposição de Stálin: Europa Oriental, zona de influência soviética, divisão da Coréia e nova da Alemanha).
  • 6. GUERRA FRIA 1945: o ano das conferências  A CONFERÊNCIA DE SAN FRANCISCO (Abril de 45) - Participantes: cerca de 50 países, incluindo o Brasil - Expectativa dominante: organizar instituições internacionais que garantissem a paz mundial - Resultados: assinatura da carta de São Francisco, com a criação da ONU.
  • 7. GUERRA FRIA • ONU - Objetivos: • a manutenção da paz mundial; • a defesa dos direitos do homem; • a igualdade de direitos para todos os povos; • a solução dos problemas que afligem a humanidade. • A ONU desempenhou um papel importante na descolonização dos países da África e da Ásia. A extinção gradativa dos impérios coloniais europeus resultou na formação de novos Estados, que passaram a integrar a ONU. A rivalidade entre os Estados Unidos e a União Soviética colocou a ação da ONU num plano secundário.
  • 8. GUERRA FRIA 1945: o ano das conferências A CONFERÊNCIA DE POTSDAM (Julho-Agosto ) - Expectativa dominante: decidir os destinos da Alemanha - Resultados: total vitória norte americana, com a imposição de todas as suas reivindicações através da chantagem da sua superioridade nuclear - Principal decisão: Alemanha, um só país dividido em quatro zonas de ocupação militar e Berlim, a capital, também dividida em quatro zonas de ocupação militar: EUA, Reino Unido, URSS e França.
  • 13. GUERRA FRIA DEFINIÇÃO: • O fim da Segunda Guerra Mundial (1939-45) assinalou o declínio da Europa e a ascensão de superpotências: EUA e URSS. A partir de 1945, a política internacional tornou-se bipolar e dois sistemas antagônicos passaram a defrontar-se: o capitalismo e o socialismo. • Disputa imperialista entre as superpotências vencedoras da Segunda Guerra: os EUA, liderando os países capitalistas, e a URSS, liderando o mundo socialista.
  • 14. GUERRA FRIA No início do ano de 1946, o líder britânico Winston Churchill, em visita aos EUA, fez um discurso na cidade de Fulton, tendo ao seu lado o presidente norte-americano H. Truman. Nesse pronunciamento, conclamou os norte-americanos a fornecerem ajuda econômica e militar à Grécia e à Turquia, cujos governos estavam mergulhados em uma luta interna contra o partido comunista. Alertava o ex-primeiro ministro britânico para o perigo que representava para o “mundo livre” essa expansão do comunismo.
  • 15. GUERRA FRIA O alerta de Winston Churchill: “Aquele discurso foi impressionante. Ao mesmo tempo em que o ex-primeiro ministro britânico alertava para o expansionismo soviético, deixava claro também que o Reino Unido não poderia ser o principal responsável pela política de contenção do socialismo stalinista, que estava cada vez mais próximo. Na sua visão, baixava-se sobre a Europa uma “Cortina de Ferro”, e no lado oriental da Europa inaugurava-se um período de trevas.”
  • 16. GUERRA FRIA Em resposta ao discurso de Churchill e em atenção aos seus próprios interesses, o presidente Henry Truman elaborou, em 1947, uma mensagem ao congresso norte-americano que ficou conhecida na história como Doutrina Truman. Nessa mensagem histórica, Truman solicitava aos congressistas a concessão de ajuda econômica e militar aos governos grego e turco. Estava atendendo, assim, ao pedido feito por W. Churchill. A Doutrina Truman, na verdade, declarava oficialmente a Guerra Fria.
  • 17. GUERRA FRIA Plano Marshall – 1947 OTAN – 1949 Doutrina Truman 1947 Macartismo anos 50 (a política de contenção do socialismo) Guerra da Coréia – 1950-53 Cordão Sanitário anos 60
  • 18. GUERRA FRIA 1948-49 – O bloqueio de Berlim -Criação da R. D. Alemã 1949 -Criação do COMECON -A bomba soviética A reação soviética 1955 – O Pacto de Varsóvia 1961 – O muro de Berlim 1962 – A crise dos mísseis
  • 19. GUERRA FRIA PRINCIPAIS CARACTERÍSRICAS DA G.F. a) Bipolaridade global b) Corrida armamentista – nuclear – espacial c) O equilíbrio do terror (política de dissuasão) d) Conflito ideológico: capitalismo X socialismo e) Conflito bélico na guerra fria: principal cenário 3º mundo
  • 20. GUERRA FRIA AS ESTRUTURAS DA BIPOLARIDADE 1947 – Plano Marshall 1949 – COMECON 1949 – OTAN 1949 – RFA X 1955 – O Pacto de Varsóvia 1949 – RDA
  • 21. GUERRA FRIA PLANO MARSHALL X COMECON • Milhões de dólares foram injetados na Europa Ocidental, com o claro objetivo de propiciar uma rápida recuperação, para fazer frente ao avanço soviético. É importante frisar que tal ajuda foi oferecida também aos países da Europa Oriental, os quais foram impedidos de aceitar pelo líder soviético J. Stalin. Somente a Iugoslávia desobedeceu aos ditames soviéticos, gerando o primeiro cisma dentro do bloco socialista. O presidente J. Tito aceitou a ajuda norte-americana, mas manteve-se socialista. • O COMECON foi a resposta soviética.
  • 24. GUERRA FRIA OTAN X PACTO DE VARSÓVIA • Para cercear o avanço soviético, não bastava ajuda econômica. Foi necessário, ainda, criar uma aliança militar na Europa Ocidental. Isso se concretizou com a criação da organização do Atlântico Norte (OTAN), em abril de 1949. A OTAN é uma organização militar, formada por países da Europa Ocidental, pelos EUA e o Canadá, fundamentada na “defesa” político- militar dos seus componentes. • Por sua vez, os soviéticos reagiram a todas essas tentativas de contenção. Os países da Europa Oriental foram “sovietizados” – o KOMFORM (Comitê de informação dos partidos comunistas) e criado o Pacto de Varsóvia.
  • 26. GUERRA FRIA O MACARTHISMO No final dos anos 40, dentro dos EUA, o clima de histeria anticomunista atingiu seu ponto máximo com a campanha desenvolvida pelo então senador J. R. MacCarthy para eliminar os elementos comunistas da sociedade norte-americana. Um sem- número de perseguições e prisões foram feitas, inclusive no meio artístico. Uma das mais famosas vítimas foi o ator e diretor de cinema Charles Chaplin. A onda de caça às bruxas era alimentada constantemente com novos acontecimentos: a URSS explodiu suas primeiras bombas atômicas, e a China fazia sua revolução, aderindo também ao socialismo. Esse clima de paranóia e histeria que se instalou no seio da sociedade norte-americana só teve fim quando o senador MacCarthy passou a acusar elementos das forças armadas de comunistas. Em 1954, o senador foi condenado pelo Congresso por suas atividades e caiu no ostracismo.
  • 27. GUERRA FRIA A GUERRA DA CORÉIA Ao longo dos anos 50, um dos momentos mais tensos da primeira fase da Guerra Fria foi a Guerra da Coréia (1950-53). Após a Segunda Guerra Mundial, a Coréia fora desmembrada em duas áreas de influência: o norte, sob controle comunista e apoiado pela URSS; e o sul, capitalista e apoiado pelos EUA. De acordo com a decisão da ONU, após as eleições gerais haveria um processo de reunificação. Contudo, conflitos fronteiriços, a partir de 1950, levaram a uma guerra entre o norte e o sul, com o envolvimento direto dos EUA apoiando a Coréia do Sul, enquanto a URSS e China deram apoio ao norte. • O conflito se estendeu até 1953, quando foi assinado um acordo, confirmando a divisão da Coréia (paralelo 38°), situação inalterada até hoje.
  • 29. GUERRA FRIA O MURO DE BERLIM Durante 28 anos, de 1961 a 1989, a população de Berlim, ex-capital do Reich alemão, com mais de três milhões de pessoas, padeceu uma experiência ímpar na história moderna: viu a cidade ser dividida por um imenso muro. Situação de verdadeira esquizofrenia geopolítica que cortou‐a em duas partes, cada uma delas governada por regimes políticos ideologicamente inimigos. Abominação provocada pela guerra fria, a grosseira parede foi durante aqueles anos todos o símbolo da rivalidade entre Leste e Oeste, e, também, um atestado do fracasso do socialismo real em manter‐se como um sistema atraente para a maioria da população alemã.
  • 30. GUERRA FRIA Histórico: - Divisão da Alemanha e de Berlim pelo Tratado de Yalta e confirmação pelo Tratado de Potsdam; - Represália de Stalin ao Plano Marshall: fechamento das estradas de rodagem e de ferro para forçar a expulsão pelo frio e pela fome dos berlinenses “ocidentais”; - Resposta Americana: ponte aérea, a Berlin Airlift, que durou onze meses, de 25 de junho a 12 de maio de 1949, transportando milhares de toneladas de alimentos para manter os berlineses alimentados e aquecidos. O general Tunner aproveitou a ocasião, através da Operation Vittles, Operação Alimentos, para dar um verdadeiro show aéreo de eficiência: 13 mil toneladas de carvão em um só dia (1.398 vôos em 24 horas).
  • 31. GUERRA FRIA • Nos dois primeiros meses de operação, 100 mil toneladas haviam sido despejadas. Em vista disso, a ação soviética mostrou‐se totalmente inoperante, obrigando Stalin a desistir por completo em 12 de maio de 1949. O toque de ironia quase surrealista daquela situação é que os mesmos aviões e as mesmas tripulações que três anos antes haviam bombardeado Berlim, agora mobilizavam‐se para salvar seus habitantes de uma grande desgraça.
  • 34. GUERRA FRIA Em 1961, o êxodo de centenas de milhares de trabalhadores da Alemanha Oriental para o lado Ocidental, em busca de melhores condições de vida e trabalho, provocou a construção do muro de Berlim. Construído pelos comunistas, seria o maior ícone da Guerra Fria.
  • 35. GUERRA FRIA Em retrospecto, o muro, além de ser um desastre ideológico, a encarnação do fracasso do socialismo real, resultou de um previsível processo de isolamento, seguido de enclausuramento dos alemães orientais, que já se arrastava W. Ulbrich, responsável pelo muro desde 1952: ano em que a Zonengrenze, a fronteira entre as duas Alemanhas (a Federal, pró‐ocidental, com sede em Bonn, e a comunista, prósoviética, com sede em Berlim), foi definitivamente fechada.