SlideShare uma empresa Scribd logo
DOM PEDRO-MA
2023
UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO – UFMA
CURSO DE GRADUAÇÃO EM LICENCIATURA EM PEDAGOGIA
GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DE SISTEMAS EDUCACIONAIS II
FERNANDO DA SILVA SANTOS
ISRAEL SANTOS ALVES
JOAQUIM VELOSO DE ARAUJO
LOIS-LENNE TABAIANO PEREIRA
THALINE SOUSA DOS SANTOS
VALDEANNY DE OLIVEIRA DA SILVA
Trabalho elaborado e apresentado à disciplina
Gestão e Organização de Sistemas Educacionais II.
Identificação:
Conselho Escolar: Escola Municipal Paulo Freire
PROFESSOR - Fernando da Silva Santos
PROFESSOR - Israel Santos Alves
DIRETOR - Joaquim Veloso De Araújo
PROFESSOR - Lois-Lenne Tabaiano Pereira
COORDENADORA PEDAGOGICA - Thaline Sousa Dos Santos
MÃE DE ALUNO - Valdeanny de Oliveira Da Silva
Diagnóstico: Professora foi ameaçada e posteriormente esfaqueada nas dependências da unidade
escolar, por um aluno. A comunidade escolar está fragilizada e traumatizada.
Objetivos da ação: Atendimento emergencial à Escola de Educação Básica Escola Municipal Paulo
Freire.
Proposta de ação:
1- Momento de Acolhimento (proteção emocional da comunidade escolar para retornar a sua
missão primária de educação).
1.1. Articulação da rede intersetorial, para colaborar nas atividades:
* Desenvolver atividades de rodas de conversas, dinâmicas com temas disparadores para instigar o
diálogo.
* Levantar sugestões junto a coordenação pedagógica para a indicação de professor substituto da
escola.
Procedimentos da ação:
2-Momento de Acolhimento dos estudantes.
* Roda de conversas com os alunos, por turmas, para que possam expressar seus sentimentos sobre
o esfaqueamento da professora e receber apoio. Dialogar sofre as dificuldades da dor de uma
tragédia e como lidar com isso.
* Propor aos estudantes fazer um desenho que materializasse sua melhor lembrança da professora;
* Organizar um mural com os desenhos dos estudantes em homenagem a professora.
OBS: Mesmo contando com o apoio da psicóloga da Coordenadoria, esses grupos devem ser
facilitados por algum outro profissional da área da saúde ou outra pessoa da equipe de profissionais
que esteja em condições de lidar com a dor dos alunos (Identificar na Unidade de saúde local).
Cronograma:
04 de Set Manifestação em prol do combate à violência escolar
05 de Set Roda de Conversa
06 de Set Reunião com os Pais
07 de Set Círculo de Orações
Acompanhamento da ação: toda ação elaborada pelo grupo, deve ter o acompanhamento pelos
membros do grupo. O acompanhamento pode ser feito através de reuniões para analisar o êxito ou
não da atividade desenvolvida. Também atua como reflexão para redefinir as ações. Entre 5 a 10
linhas.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Gestão e Organização de Sistemas Educacionais II.pdf

Educação inclusiva e representações sociais
Educação inclusiva e representações sociaisEducação inclusiva e representações sociais
Educação inclusiva e representações sociais
Jonathas Vilela
 
21125146-cipave-12-cre.pptx
21125146-cipave-12-cre.pptx21125146-cipave-12-cre.pptx
21125146-cipave-12-cre.pptx
MiltonPereira39
 
Monografia Cione Pedagogia 2008
Monografia Cione Pedagogia 2008Monografia Cione Pedagogia 2008
Monografia Cione Pedagogia 2008
Biblioteca Campus VII
 
Atividades realizadas no âmbito do teip3 boas práticas
Atividades realizadas no âmbito do teip3   boas práticasAtividades realizadas no âmbito do teip3   boas práticas
Atividades realizadas no âmbito do teip3 boas práticas
ProgramaEscolasTEIP
 
Disciplina um dos desafios dos tempos modernos
Disciplina   um dos desafios dos tempos modernosDisciplina   um dos desafios dos tempos modernos
Disciplina um dos desafios dos tempos modernos
Valderez Cardoso
 
Dinâmica de grupos no contexto escolar
Dinâmica de grupos no contexto escolarDinâmica de grupos no contexto escolar
Dinâmica de grupos no contexto escolar
Liliam Da Paixão
 
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete Mantovani
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete MantovaniDiretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete Mantovani
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete Mantovani
IveteMantovani
 
Aprendizagem Cooperativa e Comunidades de Práticas: possibilidades para a edu...
Aprendizagem Cooperativa e Comunidades de Práticas: possibilidades para a edu...Aprendizagem Cooperativa e Comunidades de Práticas: possibilidades para a edu...
Aprendizagem Cooperativa e Comunidades de Práticas: possibilidades para a edu...
Dra.Erica Belon
 
Orientação didaticopedagocia ead
Orientação didaticopedagocia eadOrientação didaticopedagocia ead
Orientação didaticopedagocia ead
Marcelo Henderson Salles
 
DISCALCULIA NO ENSINO MÉDIO: DAS CONDIÇÕES DE CONTORNAR O DISTÚRBIO - Relatório
DISCALCULIA NO ENSINO MÉDIO: DAS CONDIÇÕES DE CONTORNAR O DISTÚRBIO - Relatório DISCALCULIA NO ENSINO MÉDIO: DAS CONDIÇÕES DE CONTORNAR O DISTÚRBIO - Relatório
DISCALCULIA NO ENSINO MÉDIO: DAS CONDIÇÕES DE CONTORNAR O DISTÚRBIO - Relatório
Elisângela Feitosa
 
Plano de aula de ética e educação infantil
Plano de aula de ética e educação infantilPlano de aula de ética e educação infantil
Plano de aula de ética e educação infantil
andrefrois
 
Maria sampaio dissertação
Maria sampaio dissertaçãoMaria sampaio dissertação
Maria sampaio dissertação
Jesus Borges
 
Guia de Boas praticas_Volta as aulas.pdf
Guia de Boas praticas_Volta as aulas.pdfGuia de Boas praticas_Volta as aulas.pdf
Guia de Boas praticas_Volta as aulas.pdf
Francilene Duarte
 
Projetos bem sucedidos de educação
Projetos bem sucedidos de educaçãoProjetos bem sucedidos de educação
Projetos bem sucedidos de educação
Rosemary Batista
 
Parceria CAPPE Universidade Estácio de Sá 2013 - 2014
Parceria CAPPE Universidade Estácio de Sá 2013 - 2014Parceria CAPPE Universidade Estácio de Sá 2013 - 2014
Parceria CAPPE Universidade Estácio de Sá 2013 - 2014
Kelly Moreira
 
Processo de Avaliação Ensino Aprendizagem: segundo professores
Processo de Avaliação Ensino Aprendizagem: segundo professoresProcesso de Avaliação Ensino Aprendizagem: segundo professores
Processo de Avaliação Ensino Aprendizagem: segundo professores
Carla Regina
 
Reunião com coordenadoras e diretores
Reunião com coordenadoras e diretoresReunião com coordenadoras e diretores
Reunião com coordenadoras e diretores
Rosemary Batista
 
A avaliação deve orientar a aprendizagem
A avaliação deve orientar a aprendizagemA avaliação deve orientar a aprendizagem
A avaliação deve orientar a aprendizagem
Roberto Costa
 
Avaliar para ensinar melhor
Avaliar para ensinar melhorAvaliar para ensinar melhor
Avaliar para ensinar melhor
Roberto Costa
 
3550
35503550

Semelhante a Gestão e Organização de Sistemas Educacionais II.pdf (20)

Educação inclusiva e representações sociais
Educação inclusiva e representações sociaisEducação inclusiva e representações sociais
Educação inclusiva e representações sociais
 
21125146-cipave-12-cre.pptx
21125146-cipave-12-cre.pptx21125146-cipave-12-cre.pptx
21125146-cipave-12-cre.pptx
 
Monografia Cione Pedagogia 2008
Monografia Cione Pedagogia 2008Monografia Cione Pedagogia 2008
Monografia Cione Pedagogia 2008
 
Atividades realizadas no âmbito do teip3 boas práticas
Atividades realizadas no âmbito do teip3   boas práticasAtividades realizadas no âmbito do teip3   boas práticas
Atividades realizadas no âmbito do teip3 boas práticas
 
Disciplina um dos desafios dos tempos modernos
Disciplina   um dos desafios dos tempos modernosDisciplina   um dos desafios dos tempos modernos
Disciplina um dos desafios dos tempos modernos
 
Dinâmica de grupos no contexto escolar
Dinâmica de grupos no contexto escolarDinâmica de grupos no contexto escolar
Dinâmica de grupos no contexto escolar
 
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete Mantovani
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete MantovaniDiretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete Mantovani
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental - Ivete Mantovani
 
Aprendizagem Cooperativa e Comunidades de Práticas: possibilidades para a edu...
Aprendizagem Cooperativa e Comunidades de Práticas: possibilidades para a edu...Aprendizagem Cooperativa e Comunidades de Práticas: possibilidades para a edu...
Aprendizagem Cooperativa e Comunidades de Práticas: possibilidades para a edu...
 
Orientação didaticopedagocia ead
Orientação didaticopedagocia eadOrientação didaticopedagocia ead
Orientação didaticopedagocia ead
 
DISCALCULIA NO ENSINO MÉDIO: DAS CONDIÇÕES DE CONTORNAR O DISTÚRBIO - Relatório
DISCALCULIA NO ENSINO MÉDIO: DAS CONDIÇÕES DE CONTORNAR O DISTÚRBIO - Relatório DISCALCULIA NO ENSINO MÉDIO: DAS CONDIÇÕES DE CONTORNAR O DISTÚRBIO - Relatório
DISCALCULIA NO ENSINO MÉDIO: DAS CONDIÇÕES DE CONTORNAR O DISTÚRBIO - Relatório
 
Plano de aula de ética e educação infantil
Plano de aula de ética e educação infantilPlano de aula de ética e educação infantil
Plano de aula de ética e educação infantil
 
Maria sampaio dissertação
Maria sampaio dissertaçãoMaria sampaio dissertação
Maria sampaio dissertação
 
Guia de Boas praticas_Volta as aulas.pdf
Guia de Boas praticas_Volta as aulas.pdfGuia de Boas praticas_Volta as aulas.pdf
Guia de Boas praticas_Volta as aulas.pdf
 
Projetos bem sucedidos de educação
Projetos bem sucedidos de educaçãoProjetos bem sucedidos de educação
Projetos bem sucedidos de educação
 
Parceria CAPPE Universidade Estácio de Sá 2013 - 2014
Parceria CAPPE Universidade Estácio de Sá 2013 - 2014Parceria CAPPE Universidade Estácio de Sá 2013 - 2014
Parceria CAPPE Universidade Estácio de Sá 2013 - 2014
 
Processo de Avaliação Ensino Aprendizagem: segundo professores
Processo de Avaliação Ensino Aprendizagem: segundo professoresProcesso de Avaliação Ensino Aprendizagem: segundo professores
Processo de Avaliação Ensino Aprendizagem: segundo professores
 
Reunião com coordenadoras e diretores
Reunião com coordenadoras e diretoresReunião com coordenadoras e diretores
Reunião com coordenadoras e diretores
 
A avaliação deve orientar a aprendizagem
A avaliação deve orientar a aprendizagemA avaliação deve orientar a aprendizagem
A avaliação deve orientar a aprendizagem
 
Avaliar para ensinar melhor
Avaliar para ensinar melhorAvaliar para ensinar melhor
Avaliar para ensinar melhor
 
3550
35503550
3550
 

Mais de Fernando Naize

atendimento para pariental da faculdade ..pptx
atendimento para pariental da faculdade   ..pptxatendimento para pariental da faculdade   ..pptx
atendimento para pariental da faculdade ..pptx
Fernando Naize
 
Introdução a Microbiologia para aulas de microbiologia
Introdução a Microbiologia para aulas de microbiologiaIntrodução a Microbiologia para aulas de microbiologia
Introdução a Microbiologia para aulas de microbiologia
Fernando Naize
 
slides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdf
slides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdfslides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdf
slides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdf
Fernando Naize
 
aula-atendente-de-farmacia.pptx
aula-atendente-de-farmacia.pptxaula-atendente-de-farmacia.pptx
aula-atendente-de-farmacia.pptx
Fernando Naize
 
aula-atendente-de-farmacia.pdf
aula-atendente-de-farmacia.pdfaula-atendente-de-farmacia.pdf
aula-atendente-de-farmacia.pdf
Fernando Naize
 
Sinais Vitais.pdf
Sinais Vitais.pdfSinais Vitais.pdf
Sinais Vitais.pdf
Fernando Naize
 
Metodologias da Educação Infantil.pdf
Metodologias da Educação Infantil.pdfMetodologias da Educação Infantil.pdf
Metodologias da Educação Infantil.pdf
Fernando Naize
 
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptxAula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Fernando Naize
 
SA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptx
SA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptxSA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptx
SA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptx
Fernando Naize
 
Princípios de Contagem.pptx
Princípios de Contagem.pptxPrincípios de Contagem.pptx
Princípios de Contagem.pptx
Fernando Naize
 
CREATINA & INSULINA - FINALIZADA.pptx
CREATINA & INSULINA -  FINALIZADA.pptxCREATINA & INSULINA -  FINALIZADA.pptx
CREATINA & INSULINA - FINALIZADA.pptx
Fernando Naize
 
Prof. Fernando Scoth.pptx
Prof. Fernando Scoth.pptxProf. Fernando Scoth.pptx
Prof. Fernando Scoth.pptx
Fernando Naize
 
Geografia.pptx
Geografia.pptxGeografia.pptx
Geografia.pptx
Fernando Naize
 
Apresentação1.pptx
Apresentação1.pptxApresentação1.pptx
Apresentação1.pptx
Fernando Naize
 
slide-farmacologia.pptx
slide-farmacologia.pptxslide-farmacologia.pptx
slide-farmacologia.pptx
Fernando Naize
 
Aula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptx
Aula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptxAula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptx
Aula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptx
Fernando Naize
 
SLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptx
SLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptxSLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptx
SLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptx
Fernando Naize
 
SLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptx
SLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptxSLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptx
SLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptx
Fernando Naize
 
ABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdf
ABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdfABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdf
ABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdf
Fernando Naize
 
Tecnologias_Digitais_na_Educacao.pdf
Tecnologias_Digitais_na_Educacao.pdfTecnologias_Digitais_na_Educacao.pdf
Tecnologias_Digitais_na_Educacao.pdf
Fernando Naize
 

Mais de Fernando Naize (20)

atendimento para pariental da faculdade ..pptx
atendimento para pariental da faculdade   ..pptxatendimento para pariental da faculdade   ..pptx
atendimento para pariental da faculdade ..pptx
 
Introdução a Microbiologia para aulas de microbiologia
Introdução a Microbiologia para aulas de microbiologiaIntrodução a Microbiologia para aulas de microbiologia
Introdução a Microbiologia para aulas de microbiologia
 
slides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdf
slides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdfslides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdf
slides de para apresentação nutricao-e-dietetica.pdf
 
aula-atendente-de-farmacia.pptx
aula-atendente-de-farmacia.pptxaula-atendente-de-farmacia.pptx
aula-atendente-de-farmacia.pptx
 
aula-atendente-de-farmacia.pdf
aula-atendente-de-farmacia.pdfaula-atendente-de-farmacia.pdf
aula-atendente-de-farmacia.pdf
 
Sinais Vitais.pdf
Sinais Vitais.pdfSinais Vitais.pdf
Sinais Vitais.pdf
 
Metodologias da Educação Infantil.pdf
Metodologias da Educação Infantil.pdfMetodologias da Educação Infantil.pdf
Metodologias da Educação Infantil.pdf
 
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptxAula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
Aula 01 de At.Far. 17.06.23.pptx
 
SA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptx
SA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptxSA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptx
SA_QUI_QUS_V03_U00_C00_04_APR.pptx
 
Princípios de Contagem.pptx
Princípios de Contagem.pptxPrincípios de Contagem.pptx
Princípios de Contagem.pptx
 
CREATINA & INSULINA - FINALIZADA.pptx
CREATINA & INSULINA -  FINALIZADA.pptxCREATINA & INSULINA -  FINALIZADA.pptx
CREATINA & INSULINA - FINALIZADA.pptx
 
Prof. Fernando Scoth.pptx
Prof. Fernando Scoth.pptxProf. Fernando Scoth.pptx
Prof. Fernando Scoth.pptx
 
Geografia.pptx
Geografia.pptxGeografia.pptx
Geografia.pptx
 
Apresentação1.pptx
Apresentação1.pptxApresentação1.pptx
Apresentação1.pptx
 
slide-farmacologia.pptx
slide-farmacologia.pptxslide-farmacologia.pptx
slide-farmacologia.pptx
 
Aula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptx
Aula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptxAula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptx
Aula 02_As Tendências Pedagógicas na prática escolar.pptx
 
SLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptx
SLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptxSLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptx
SLIDE PESQUISA EDUCACIONAL-1.pptx
 
SLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptx
SLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptxSLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptx
SLIDE ENCONTRO METODOLOGIA DA PESQUISA (1).pptx
 
ABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdf
ABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdfABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdf
ABORDAGENS DA PESQUISA_Unidade 2_PARTE 2.pdf
 
Tecnologias_Digitais_na_Educacao.pdf
Tecnologias_Digitais_na_Educacao.pdfTecnologias_Digitais_na_Educacao.pdf
Tecnologias_Digitais_na_Educacao.pdf
 

Gestão e Organização de Sistemas Educacionais II.pdf

  • 1. DOM PEDRO-MA 2023 UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO – UFMA CURSO DE GRADUAÇÃO EM LICENCIATURA EM PEDAGOGIA GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DE SISTEMAS EDUCACIONAIS II FERNANDO DA SILVA SANTOS ISRAEL SANTOS ALVES JOAQUIM VELOSO DE ARAUJO LOIS-LENNE TABAIANO PEREIRA THALINE SOUSA DOS SANTOS VALDEANNY DE OLIVEIRA DA SILVA Trabalho elaborado e apresentado à disciplina Gestão e Organização de Sistemas Educacionais II.
  • 2. Identificação: Conselho Escolar: Escola Municipal Paulo Freire PROFESSOR - Fernando da Silva Santos PROFESSOR - Israel Santos Alves DIRETOR - Joaquim Veloso De Araújo PROFESSOR - Lois-Lenne Tabaiano Pereira COORDENADORA PEDAGOGICA - Thaline Sousa Dos Santos MÃE DE ALUNO - Valdeanny de Oliveira Da Silva Diagnóstico: Professora foi ameaçada e posteriormente esfaqueada nas dependências da unidade escolar, por um aluno. A comunidade escolar está fragilizada e traumatizada. Objetivos da ação: Atendimento emergencial à Escola de Educação Básica Escola Municipal Paulo Freire. Proposta de ação: 1- Momento de Acolhimento (proteção emocional da comunidade escolar para retornar a sua missão primária de educação). 1.1. Articulação da rede intersetorial, para colaborar nas atividades: * Desenvolver atividades de rodas de conversas, dinâmicas com temas disparadores para instigar o diálogo. * Levantar sugestões junto a coordenação pedagógica para a indicação de professor substituto da escola. Procedimentos da ação: 2-Momento de Acolhimento dos estudantes. * Roda de conversas com os alunos, por turmas, para que possam expressar seus sentimentos sobre o esfaqueamento da professora e receber apoio. Dialogar sofre as dificuldades da dor de uma tragédia e como lidar com isso.
  • 3. * Propor aos estudantes fazer um desenho que materializasse sua melhor lembrança da professora; * Organizar um mural com os desenhos dos estudantes em homenagem a professora. OBS: Mesmo contando com o apoio da psicóloga da Coordenadoria, esses grupos devem ser facilitados por algum outro profissional da área da saúde ou outra pessoa da equipe de profissionais que esteja em condições de lidar com a dor dos alunos (Identificar na Unidade de saúde local). Cronograma: 04 de Set Manifestação em prol do combate à violência escolar 05 de Set Roda de Conversa 06 de Set Reunião com os Pais 07 de Set Círculo de Orações Acompanhamento da ação: toda ação elaborada pelo grupo, deve ter o acompanhamento pelos membros do grupo. O acompanhamento pode ser feito através de reuniões para analisar o êxito ou não da atividade desenvolvida. Também atua como reflexão para redefinir as ações. Entre 5 a 10 linhas.