SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
Baixar para ler offline
AGRISUMMIT 2017
A Transformação Digital do Agronegócio
Dennis Bernardi
Coordenador de Geotecnologias
e Cadastro Florestal
dennis.bernardi@fibria.com.br
Geotecnologias
Aplicada à Gestão
Florestal na Fibria
Resumo
• A FIBRIA
• Geotecnologias Apoiando a Gestão Florestal na FIBRIA
• CASES
• Colheita Mecanizada em Áreas de Alta Declividade
• Topografia Embarcada
• Monitoramento de Áreas de Conservação
GEOTECNOLOGIAS
APOIANDO A GESTÃO FLORESTAL NA FIBRIA
Licenças Esri que temos
Insights
Desktop
Server
Advanced
BasicImage
StandardGeoevent
AdvancedPortal
Extensões
Spatial
3D
Network
GeoStatistical
Survey 123
Atuação do GIS na FIBRIA
Área Florestal
Patrimônio Poupança
PCP Silvicultura
Colheita Logística
Compra
Madeira
Meio
Ambiente
PLP
Desenvolv.
Operacional
Certificações
Sustentabilidade
Gestão
Ativos
Cadastro
Florestal
Proteção
Florestal
Estradas
Controladoria Fiscal
Além da Florestal
Hoje o ArcGIS impacta 99% da área Florestal da FIBRIA,
até 2020 queremos expandir o GIS além da Florestal
Atuação do GIS na FIBRIA
Objetivo da Área GIS na FIBRIA
Gerar Valor ao Negócio
Através da Informação
Como Gerar Valor ao Negócio?
GESTÃO AMPLIADA
Saber o que medir e garantir a análise
dos dados aplicando ao processo
decisório.
GESTÃO DE
PESSOAS
GESTÃO
SEGURANÇA
GESTÃO
PRODUTIVIDADE
Desde 2011, optamos na FIBRIA por termos uma
Base Cartográfica com Excelente Qualidade.
Pioneiramente iniciamos o primeiro projeto no
Brasil envolvendo Laser Scanning.
INVESTIMENTO NA QUALIDADE DA BASE CARTOGRÁFICA
INVESTIMENTO NA QUALIDADE DA BASE CARTOGRÁFICA
2011/12
1º Vôo Lidar SP/MS
Atualização SP/MS
SP 12 pessoas campo
MS 10 pessoas campo
ARA 27 pessoas campo
Roteamento Transp.
2013
Substituição atividades
manuais
Uso VANT
Topografia Embarcada
Estudos de NDVI para
monitoramento
2014
Otimização colheita
mecanizada SP
Otimização de
demandas topografia
via Topografia
embarcada
2015
Vôo Lidar ARA
SP 6 pessoas campo
MS 8 pessoas campo
ARA 11 pessoas campo
2016
Contrato GIS
Corporativo (ELA)
2017/18
Apontamentos
automáticos via
telemetria
Otimização de
recursos
-23%
Melhor aproveitamento de Área de Plantio
12.500ha de aproveitamento para Plantio
+ 2,1% investimento ZERO
7.700ha já Plantados (março/17)
+ 1,3% aproveitamento de área concretizado
- R$ 123.200.000 de desembolso
Monitoramento da Floresta – Curto Prazo (1 a 2 anos)
1º Ano Floresta 2º Ano Floresta  Corte
Preparo de
Solo
Sobrevivência
30 dias
Levantamento
90 dias
Monit. Ervas
Monit.Formiga
e Nutricional
PLANTIO
IFQ 6
Sensoriamento Sensoriamento Sensoriamento Sensoriamento
IFQ 12
Principais Estudos
 Uso de VANT como ferramenta de vistoria operacional;
 Rotinas de processamento automático de imagens
 Substituição de atividades manuais de monitoramento;
 Redução dos custos de monitoramento;
 Redução no tempo de detecção de danos à floresta
 Sobreposição e análise geoestatística das informações
Telemetria Sensoriamento Sensoriamento
Monitoramento da Floresta – Médio Prazo (3 a 5 anos)
Tomada de Decisões
Mobilidade
Analytcs (BigData)
Centro de Informações
TelemetriaMonitoramentos
GEOTECNOLOGIAS
COLHEITA EM ÁREAS DE ALTAS DECLIVIDADE
Objetivo
Reduzir o Riscos operacionais maior Segurança
Compra e Alocação Adequada de máquinas
COLHEITA EM ÁREAS DE ALTA DECLIVIDADE
Projeto foi o “FINANCIADOR” inicial do projeto LIDAR
Melhor Aproveitamento da Colheita Mecanizada
Redução se Custos Operacionais
Antes
Depois
GEOTECNOLOGIAS
TOPOGRAFIA EMBARCADA
TOPOGRAFIA EMBARCADA
Objetivo
Reduzir o Riscos operacionais maior Segurança
Reduzir Custo com topografia
Aumentar Produtividade nas atividades
Projeto permitiu Redução de Custos
com Aumento de Produtividade
• Abertura de Estradas
• Alinhamento de Plantio
• Irrigação
• Eitos de Colheita
• Marcação de APP/RL
TOPOGRAFIA EMBARCADA
Abertura de Estradas
TOPOGRAFIA EMBARCADA
Alinhamento Plantio
TOPOGRAFIA EMBARCADA
Alinhamento Plantio
TOPOGRAFIA EMBARCADA
Alinhamento Plantio
16 Planejadas
15 Executadas
Legenda
Execução Bigode
Planejado
Comprimento
Linhas
Espaçamento
Mudas
Qtde
Mudas
Bigode 99.844 2,05 48.705
Planejamento 107.256 2,05 52.320
Diferença 7.412 Dif. Mudas 3.616
Diferença % -6,91% -6,91%Diferença de quase 7%
GEOTECNOLOGIAS
MONITORAMENTO DE ÁREAS DE CONSERVAÇÃO
Monitoramento Áreas de Conservação
Objetivo
Reduzir os Custos operacionais
Garantir Informações Assertivas também para
Áreas de Conservação
Motivador
Baixo Rendimento com equipes de Campo
Elevado Custo operacional
Em 1,5 anos realizamos o trabalho que levaria 12
anos com modelo tradicional (VPL R$4,1MM)
Monitoramento Áreas de Conservação
Monitoramento Áreas de Conservação
AGRISUMMIT 2017
A Transformação Digital do Agronegócio
Obrigado!
Dennis Bernardi
Coordenador de Geotecnologias
e Cadastro Florestal
dennis.bernardi@fibria.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Consumo Sustentável
Consumo SustentávelConsumo Sustentável
Consumo Sustentável
Marco Santos
 
Incêndios Florestais
Incêndios FlorestaisIncêndios Florestais
Incêndios Florestais
Rita Galrito
 
Aplicação da temática na agricultura moderna – tecnologias de redes sem fio (...
Aplicação da temática na agricultura moderna – tecnologias de redes sem fio (...Aplicação da temática na agricultura moderna – tecnologias de redes sem fio (...
Aplicação da temática na agricultura moderna – tecnologias de redes sem fio (...
Robson de Aguiar
 

Mais procurados (20)

pnrs
pnrspnrs
pnrs
 
Programa PrevençãO De Acidentes Com Motos
Programa PrevençãO De Acidentes Com MotosPrograma PrevençãO De Acidentes Com Motos
Programa PrevençãO De Acidentes Com Motos
 
Consumo Sustentável
Consumo SustentávelConsumo Sustentável
Consumo Sustentável
 
Palestra segurança em eletricidade na construção civil
Palestra   segurança em eletricidade na construção civilPalestra   segurança em eletricidade na construção civil
Palestra segurança em eletricidade na construção civil
 
Incêndios Florestais
Incêndios FlorestaisIncêndios Florestais
Incêndios Florestais
 
MOTOBOY: CARTILHA PARA PREVENÇÃO DE ACIDENTES NO TRANSITO
MOTOBOY: CARTILHA PARA PREVENÇÃO DE ACIDENTES NO TRANSITOMOTOBOY: CARTILHA PARA PREVENÇÃO DE ACIDENTES NO TRANSITO
MOTOBOY: CARTILHA PARA PREVENÇÃO DE ACIDENTES NO TRANSITO
 
Aplicação da temática na agricultura moderna – tecnologias de redes sem fio (...
Aplicação da temática na agricultura moderna – tecnologias de redes sem fio (...Aplicação da temática na agricultura moderna – tecnologias de redes sem fio (...
Aplicação da temática na agricultura moderna – tecnologias de redes sem fio (...
 
Tumor da Região Pineal
Tumor da Região PinealTumor da Região Pineal
Tumor da Região Pineal
 
Produção sustentável
Produção sustentávelProdução sustentável
Produção sustentável
 
08 aula sinalização e segurança
08 aula sinalização e segurança08 aula sinalização e segurança
08 aula sinalização e segurança
 
Transformação Digital na Logística 4.0. E você?
Transformação Digital na Logística 4.0. E você?Transformação Digital na Logística 4.0. E você?
Transformação Digital na Logística 4.0. E você?
 
Hemofilia A
Hemofilia AHemofilia A
Hemofilia A
 
Agenda 2030 e os ODS
Agenda 2030 e os ODSAgenda 2030 e os ODS
Agenda 2030 e os ODS
 
Hemofilia
HemofiliaHemofilia
Hemofilia
 
Logistica empresarial
Logistica empresarialLogistica empresarial
Logistica empresarial
 
Mecânica
MecânicaMecânica
Mecânica
 
Apostila máquinas tratores
Apostila máquinas tratoresApostila máquinas tratores
Apostila máquinas tratores
 
Logística e distribuição
Logística e distribuiçãoLogística e distribuição
Logística e distribuição
 
Logística Reversa
Logística ReversaLogística Reversa
Logística Reversa
 
Logística 4.0: oportunidades e desafios
Logística 4.0: oportunidades e desafiosLogística 4.0: oportunidades e desafios
Logística 4.0: oportunidades e desafios
 

Semelhante a Geotecnologias aplicadas à Gestão Florestal

Semelhante a Geotecnologias aplicadas à Gestão Florestal (20)

LAUC 2014 - Projeto GIS Grupo São Martinho
LAUC 2014 - Projeto GIS Grupo São MartinhoLAUC 2014 - Projeto GIS Grupo São Martinho
LAUC 2014 - Projeto GIS Grupo São Martinho
 
Silvicultura de Precisão
Silvicultura de PrecisãoSilvicultura de Precisão
Silvicultura de Precisão
 
Distância de Baldeio
Distância de BaldeioDistância de Baldeio
Distância de Baldeio
 
Fwc agro4 0
Fwc agro4 0Fwc agro4 0
Fwc agro4 0
 
Linda Forest - Soluções de Inventário Florestal Através da IA.pdf
Linda Forest - Soluções de Inventário Florestal Através da IA.pdfLinda Forest - Soluções de Inventário Florestal Através da IA.pdf
Linda Forest - Soluções de Inventário Florestal Através da IA.pdf
 
AGRO - Segurança Cibernética no Campo
AGRO - Segurança Cibernética no CampoAGRO - Segurança Cibernética no Campo
AGRO - Segurança Cibernética no Campo
 
Institucional sigmatech as 10
Institucional sigmatech as 10Institucional sigmatech as 10
Institucional sigmatech as 10
 
Serviços Sigmatch Consultoria
Serviços Sigmatch ConsultoriaServiços Sigmatch Consultoria
Serviços Sigmatch Consultoria
 
Curso Superior de Tecnologia em Geoprocessamento - IFPI
Curso Superior de Tecnologia em Geoprocessamento - IFPICurso Superior de Tecnologia em Geoprocessamento - IFPI
Curso Superior de Tecnologia em Geoprocessamento - IFPI
 
Pitch inovativa novo
Pitch inovativa novo Pitch inovativa novo
Pitch inovativa novo
 
Pitch inovativa novo
Pitch inovativa novo Pitch inovativa novo
Pitch inovativa novo
 
Sistemas de Medição Inteligente
Sistemas de Medição InteligenteSistemas de Medição Inteligente
Sistemas de Medição Inteligente
 
Inteligência em Empreendimentos Imobiliários
Inteligência em Empreendimentos ImobiliáriosInteligência em Empreendimentos Imobiliários
Inteligência em Empreendimentos Imobiliários
 
Agricultura 4.0 – a produção digital e o novo modelo de negócio agrícola - Pr...
Agricultura 4.0 – a produção digital e o novo modelo de negócio agrícola - Pr...Agricultura 4.0 – a produção digital e o novo modelo de negócio agrícola - Pr...
Agricultura 4.0 – a produção digital e o novo modelo de negócio agrícola - Pr...
 
POTENCIALIDADE DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA DA TELEDETECÇÃO
POTENCIALIDADE DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA DA TELEDETECÇÃOPOTENCIALIDADE DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA DA TELEDETECÇÃO
POTENCIALIDADE DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA DA TELEDETECÇÃO
 
Apresentação da disciplina de Geoprocessamento e fotointerpretação
Apresentação da disciplina de Geoprocessamento e fotointerpretaçãoApresentação da disciplina de Geoprocessamento e fotointerpretação
Apresentação da disciplina de Geoprocessamento e fotointerpretação
 
Agricultura de Precisão - Gerenciando Informações
Agricultura de Precisão - Gerenciando InformaçõesAgricultura de Precisão - Gerenciando Informações
Agricultura de Precisão - Gerenciando Informações
 
Aula Geoprocessamento
Aula GeoprocessamentoAula Geoprocessamento
Aula Geoprocessamento
 
Solucoes trimble farm_works_agrogeosul
Solucoes trimble farm_works_agrogeosulSolucoes trimble farm_works_agrogeosul
Solucoes trimble farm_works_agrogeosul
 
2016 - Software Livre em Cadastros Rurais, identificação de Uso do Solo e Ger...
2016 - Software Livre em Cadastros Rurais, identificação de Uso do Solo e Ger...2016 - Software Livre em Cadastros Rurais, identificação de Uso do Solo e Ger...
2016 - Software Livre em Cadastros Rurais, identificação de Uso do Solo e Ger...
 

Mais de Dennis Bernardi (7)

Dados da Rede CAN Bus para Avaliação do Comportamento do Operador de Colheita...
Dados da Rede CAN Bus para Avaliação do Comportamento do Operador de Colheita...Dados da Rede CAN Bus para Avaliação do Comportamento do Operador de Colheita...
Dados da Rede CAN Bus para Avaliação do Comportamento do Operador de Colheita...
 
Gis forest 2021
Gis forest  2021 Gis forest  2021
Gis forest 2021
 
Transformação Digital na Floresta
Transformação Digital na FlorestaTransformação Digital na Floresta
Transformação Digital na Floresta
 
VANT no Planejamento de uso e ocupação do solo
VANT no Planejamento de uso e ocupação do soloVANT no Planejamento de uso e ocupação do solo
VANT no Planejamento de uso e ocupação do solo
 
Geotecnologias Aplicadas ao Agronegócio
Geotecnologias Aplicadas ao AgronegócioGeotecnologias Aplicadas ao Agronegócio
Geotecnologias Aplicadas ao Agronegócio
 
Lidar processamentos iniciais
Lidar   processamentos iniciaisLidar   processamentos iniciais
Lidar processamentos iniciais
 
O GIS como base para a Silvicultura de Precisão na FIBRIA
O GIS como base para a Silvicultura de Precisão na FIBRIAO GIS como base para a Silvicultura de Precisão na FIBRIA
O GIS como base para a Silvicultura de Precisão na FIBRIA
 

Geotecnologias aplicadas à Gestão Florestal

  • 1. AGRISUMMIT 2017 A Transformação Digital do Agronegócio Dennis Bernardi Coordenador de Geotecnologias e Cadastro Florestal dennis.bernardi@fibria.com.br Geotecnologias Aplicada à Gestão Florestal na Fibria
  • 2. Resumo • A FIBRIA • Geotecnologias Apoiando a Gestão Florestal na FIBRIA • CASES • Colheita Mecanizada em Áreas de Alta Declividade • Topografia Embarcada • Monitoramento de Áreas de Conservação
  • 3.
  • 4.
  • 5. GEOTECNOLOGIAS APOIANDO A GESTÃO FLORESTAL NA FIBRIA
  • 6. Licenças Esri que temos Insights Desktop Server Advanced BasicImage StandardGeoevent AdvancedPortal Extensões Spatial 3D Network GeoStatistical Survey 123
  • 7. Atuação do GIS na FIBRIA Área Florestal Patrimônio Poupança PCP Silvicultura Colheita Logística Compra Madeira Meio Ambiente PLP Desenvolv. Operacional Certificações Sustentabilidade Gestão Ativos Cadastro Florestal Proteção Florestal Estradas Controladoria Fiscal Além da Florestal
  • 8. Hoje o ArcGIS impacta 99% da área Florestal da FIBRIA, até 2020 queremos expandir o GIS além da Florestal Atuação do GIS na FIBRIA
  • 9. Objetivo da Área GIS na FIBRIA Gerar Valor ao Negócio Através da Informação
  • 10. Como Gerar Valor ao Negócio? GESTÃO AMPLIADA Saber o que medir e garantir a análise dos dados aplicando ao processo decisório. GESTÃO DE PESSOAS GESTÃO SEGURANÇA GESTÃO PRODUTIVIDADE
  • 11. Desde 2011, optamos na FIBRIA por termos uma Base Cartográfica com Excelente Qualidade. Pioneiramente iniciamos o primeiro projeto no Brasil envolvendo Laser Scanning. INVESTIMENTO NA QUALIDADE DA BASE CARTOGRÁFICA
  • 12. INVESTIMENTO NA QUALIDADE DA BASE CARTOGRÁFICA 2011/12 1º Vôo Lidar SP/MS Atualização SP/MS SP 12 pessoas campo MS 10 pessoas campo ARA 27 pessoas campo Roteamento Transp. 2013 Substituição atividades manuais Uso VANT Topografia Embarcada Estudos de NDVI para monitoramento 2014 Otimização colheita mecanizada SP Otimização de demandas topografia via Topografia embarcada 2015 Vôo Lidar ARA SP 6 pessoas campo MS 8 pessoas campo ARA 11 pessoas campo 2016 Contrato GIS Corporativo (ELA) 2017/18 Apontamentos automáticos via telemetria Otimização de recursos -23%
  • 13. Melhor aproveitamento de Área de Plantio 12.500ha de aproveitamento para Plantio + 2,1% investimento ZERO 7.700ha já Plantados (março/17) + 1,3% aproveitamento de área concretizado - R$ 123.200.000 de desembolso
  • 14. Monitoramento da Floresta – Curto Prazo (1 a 2 anos) 1º Ano Floresta 2º Ano Floresta  Corte Preparo de Solo Sobrevivência 30 dias Levantamento 90 dias Monit. Ervas Monit.Formiga e Nutricional PLANTIO IFQ 6 Sensoriamento Sensoriamento Sensoriamento Sensoriamento IFQ 12 Principais Estudos  Uso de VANT como ferramenta de vistoria operacional;  Rotinas de processamento automático de imagens  Substituição de atividades manuais de monitoramento;  Redução dos custos de monitoramento;  Redução no tempo de detecção de danos à floresta  Sobreposição e análise geoestatística das informações Telemetria Sensoriamento Sensoriamento
  • 15. Monitoramento da Floresta – Médio Prazo (3 a 5 anos) Tomada de Decisões Mobilidade Analytcs (BigData) Centro de Informações TelemetriaMonitoramentos
  • 16. GEOTECNOLOGIAS COLHEITA EM ÁREAS DE ALTAS DECLIVIDADE
  • 17. Objetivo Reduzir o Riscos operacionais maior Segurança Compra e Alocação Adequada de máquinas COLHEITA EM ÁREAS DE ALTA DECLIVIDADE Projeto foi o “FINANCIADOR” inicial do projeto LIDAR Melhor Aproveitamento da Colheita Mecanizada Redução se Custos Operacionais Antes Depois
  • 19. TOPOGRAFIA EMBARCADA Objetivo Reduzir o Riscos operacionais maior Segurança Reduzir Custo com topografia Aumentar Produtividade nas atividades Projeto permitiu Redução de Custos com Aumento de Produtividade • Abertura de Estradas • Alinhamento de Plantio • Irrigação • Eitos de Colheita • Marcação de APP/RL
  • 23. TOPOGRAFIA EMBARCADA Alinhamento Plantio 16 Planejadas 15 Executadas Legenda Execução Bigode Planejado Comprimento Linhas Espaçamento Mudas Qtde Mudas Bigode 99.844 2,05 48.705 Planejamento 107.256 2,05 52.320 Diferença 7.412 Dif. Mudas 3.616 Diferença % -6,91% -6,91%Diferença de quase 7%
  • 25. Monitoramento Áreas de Conservação Objetivo Reduzir os Custos operacionais Garantir Informações Assertivas também para Áreas de Conservação Motivador Baixo Rendimento com equipes de Campo Elevado Custo operacional Em 1,5 anos realizamos o trabalho que levaria 12 anos com modelo tradicional (VPL R$4,1MM)
  • 26. Monitoramento Áreas de Conservação
  • 27. Monitoramento Áreas de Conservação
  • 28. AGRISUMMIT 2017 A Transformação Digital do Agronegócio Obrigado! Dennis Bernardi Coordenador de Geotecnologias e Cadastro Florestal dennis.bernardi@fibria.com.br