SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
Experiência 13 – ELETRÓLISE DA ÁGUA _____________________________________
ELETRÓLISE DA ÁGUA
1. Objetivo
Provocar a quebra da molécula da água em hidrogênio e oxigênio.
2. Introdução
A eletrólise é um processo que separa os elementos químicos de um composto através
do uso da eletricidade. De maneira sumária procede-se primeiro a decomposição (ionização
ou dissociação) do composto em íons e, posteriormente com a passagem de uma corrente
contínua através destes íons são obtidos os elementos químicos.
Algumas reações químicas ocorrem apenas quando fornecemos energia na forma de
eletricidade, enquanto outras geram eletricidade quando ocorrem. A eletrólise da água ocorre
quando passamos uma corrente elétrica continua por ela, desde que a tornemos condutora,
pois a água pura não conduz corrente elétrica. A decomposição da água ocorre quando
efetuamos a quebra das ligações entre átomos de hidrogênio e oxigênio.
O processo da eletrólise é uma reação de oxi-redução oposta aquela que ocorre numa
pilha sendo, portanto, um fenômeno físico-químico não espontâneo.
Figura 1- Eletrólise da água
Cátodo: ocorre a redução - sinal negativo
Ânodo: ocorre a oxidação - sinal positivo
3. Materiais
Reagentes: Ácido Sulfúrico 1%
Materiais diversos: 2 garras, 2 buretas, 1 becker grande, 2 suportes universais, eletrodos de
níquel/cromo ligados a fios de cobre, fonte ou bateria
Experiência 13 – ELETRÓLISE DA ÁGUA _____________________________________
4. Procedimento Experimental
1. Encher com água o almofariz até metade de sua capacidade.
2. Encher duas provetas com água de modo que não tenha bolhas de ar dentro dela.
Emborcar elas dentro do almofariz, de modo que fiquem presas através da garra no
suporte universal. Introduzir os eletrodos nas provetas, adicionar solução de ácido
sulfúrico 1% no almofariz.
3. Conectar a bateria ou ligar a fonte (em 9V) na corrente elétrica. Manter ligado até que
uma das provetas esteja totalmente cheia de gás.
4. Medir a quantidade de gases formados no cátodo e no ânodo.
5. Questionário
1. O que ocorre nos eletrodos dentro do sistema?
2. Como os volumes de gases variam dentro das buretas?
3. Qual o eletrodo (positivo ou negativo) gerou maior quantidade de gás?
4. No eletrodo positivo temos o gás _______________ e no eletrodo negativo temos o gás
______________.
5. O que ocorreria se fizéssemos reagir os dois gases obtidos?
6. Faça uma pesquisa com o objetivo de determinar os usos do hidrogênio e benefícios de sua
aplicação.
Experiência 13 – ELETRÓLISE DA ÁGUA _____________________________________
FOLHA DE DADOS
Equipe:_____________________________________________________________________
______________________________________________________________Turma:_______
Data____/____/_______
Experiência 12 – PILHA DE DANIELL
Potencial da Pilha Observado Calculado
Solução de ZnSO4 0,1 mol/L
Solução diluída
Potencial após inverter os fios
Potencial após remover a
ponte salina
Experiência 13 – ELETRÓLISE DA ÁGUA
Compartimento Volume Gás Produzido
Ânodo
Cátodo

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Experincia n 13___eletrolise_da_agua

Livro de bioquímica cap. 1 - 3
Livro de bioquímica cap. 1 - 3Livro de bioquímica cap. 1 - 3
Livro de bioquímica cap. 1 - 3Felipe Cavalcante
 
eletroquimica - filipe martins (1).pdf
eletroquimica - filipe martins (1).pdfeletroquimica - filipe martins (1).pdf
eletroquimica - filipe martins (1).pdfCarlaGrosso7
 
Sl mecanismos das_reacoes
Sl mecanismos das_reacoesSl mecanismos das_reacoes
Sl mecanismos das_reacoesEdson Emidio
 
Aula 4 (eletrólise)
Aula 4 (eletrólise)Aula 4 (eletrólise)
Aula 4 (eletrólise)Elio Junior
 
Equilibrio oxidação e redução
Equilibrio oxidação e  reduçãoEquilibrio oxidação e  redução
Equilibrio oxidação e reduçãoAdrianne Mendonça
 
Apostila Interações Moleculares
Apostila Interações MolecularesApostila Interações Moleculares
Apostila Interações MolecularesLucas Forlin
 
Apostila - Aula Interdisciplinar - Planeta Água
Apostila - Aula Interdisciplinar - Planeta ÁguaApostila - Aula Interdisciplinar - Planeta Água
Apostila - Aula Interdisciplinar - Planeta ÁguaBIOGERALDO
 
Resumo teorico
Resumo teoricoResumo teorico
Resumo teoricoBIOGERALDO
 
Relatório pilhas e eletrólise
Relatório pilhas e eletrólise Relatório pilhas e eletrólise
Relatório pilhas e eletrólise Railane Freitas
 
2021_EnsMedio_Química_1ªSérie_Slides_Aula 34.pptx
2021_EnsMedio_Química_1ªSérie_Slides_Aula 34.pptx2021_EnsMedio_Química_1ªSérie_Slides_Aula 34.pptx
2021_EnsMedio_Química_1ªSérie_Slides_Aula 34.pptxFranciscoFlorencio6
 

Semelhante a Experincia n 13___eletrolise_da_agua (20)

Livro de bioquímica cap. 1 - 3
Livro de bioquímica cap. 1 - 3Livro de bioquímica cap. 1 - 3
Livro de bioquímica cap. 1 - 3
 
Química Jefferson
Química   JeffersonQuímica   Jefferson
Química Jefferson
 
eletroquimica - filipe martins (1).pdf
eletroquimica - filipe martins (1).pdfeletroquimica - filipe martins (1).pdf
eletroquimica - filipe martins (1).pdf
 
Sl mecanismos das_reacoes
Sl mecanismos das_reacoesSl mecanismos das_reacoes
Sl mecanismos das_reacoes
 
Aula 4 (eletrólise)
Aula 4 (eletrólise)Aula 4 (eletrólise)
Aula 4 (eletrólise)
 
Coulometria4
Coulometria4Coulometria4
Coulometria4
 
Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
 
Equilibrio oxidação e redução
Equilibrio oxidação e  reduçãoEquilibrio oxidação e  redução
Equilibrio oxidação e redução
 
áGua
áGuaáGua
áGua
 
Ligacao quimica
Ligacao quimicaLigacao quimica
Ligacao quimica
 
Apostila Interações Moleculares
Apostila Interações MolecularesApostila Interações Moleculares
Apostila Interações Moleculares
 
Apostila - Aula Interdisciplinar - Planeta Água
Apostila - Aula Interdisciplinar - Planeta ÁguaApostila - Aula Interdisciplinar - Planeta Água
Apostila - Aula Interdisciplinar - Planeta Água
 
Bioquimica completo
Bioquimica completoBioquimica completo
Bioquimica completo
 
Resumo teorico
Resumo teoricoResumo teorico
Resumo teorico
 
Relações hídricas parte 1
Relações hídricas parte 1Relações hídricas parte 1
Relações hídricas parte 1
 
áGua
áGuaáGua
áGua
 
Relatório pilhas e eletrólise
Relatório pilhas e eletrólise Relatório pilhas e eletrólise
Relatório pilhas e eletrólise
 
Adição eletrofílica
Adição eletrofílicaAdição eletrofílica
Adição eletrofílica
 
2021_EnsMedio_Química_1ªSérie_Slides_Aula 34.pptx
2021_EnsMedio_Química_1ªSérie_Slides_Aula 34.pptx2021_EnsMedio_Química_1ªSérie_Slides_Aula 34.pptx
2021_EnsMedio_Química_1ªSérie_Slides_Aula 34.pptx
 
Captulo iii ligaes qumicas
Captulo iii ligaes qumicasCaptulo iii ligaes qumicas
Captulo iii ligaes qumicas
 

Mais de Antonio Cardoso

Isomeria em ppt completo
Isomeria em ppt completoIsomeria em ppt completo
Isomeria em ppt completoAntonio Cardoso
 
Hallstar.com.br acetamida mea 75
Hallstar.com.br acetamida mea 75Hallstar.com.br acetamida mea 75
Hallstar.com.br acetamida mea 75Antonio Cardoso
 
Primeiros socorros projeto_unimed vida_2011_prevencao_de_acidentes_dra_maria
Primeiros socorros projeto_unimed vida_2011_prevencao_de_acidentes_dra_mariaPrimeiros socorros projeto_unimed vida_2011_prevencao_de_acidentes_dra_maria
Primeiros socorros projeto_unimed vida_2011_prevencao_de_acidentes_dra_mariaAntonio Cardoso
 
Funcoes inorganicas eurico
Funcoes inorganicas euricoFuncoes inorganicas eurico
Funcoes inorganicas euricoAntonio Cardoso
 
Apostila preparacao catequese_de_adultos
Apostila preparacao catequese_de_adultosApostila preparacao catequese_de_adultos
Apostila preparacao catequese_de_adultosAntonio Cardoso
 

Mais de Antonio Cardoso (13)

Isomeria em ppt completo
Isomeria em ppt completoIsomeria em ppt completo
Isomeria em ppt completo
 
Hallstar.com.br acetamida mea 75
Hallstar.com.br acetamida mea 75Hallstar.com.br acetamida mea 75
Hallstar.com.br acetamida mea 75
 
Flametests 160116235649
Flametests 160116235649Flametests 160116235649
Flametests 160116235649
 
Alcanos
AlcanosAlcanos
Alcanos
 
Primeiros socorros projeto_unimed vida_2011_prevencao_de_acidentes_dra_maria
Primeiros socorros projeto_unimed vida_2011_prevencao_de_acidentes_dra_mariaPrimeiros socorros projeto_unimed vida_2011_prevencao_de_acidentes_dra_maria
Primeiros socorros projeto_unimed vida_2011_prevencao_de_acidentes_dra_maria
 
Flame test lab
Flame test labFlame test lab
Flame test lab
 
Flame test lab
Flame test labFlame test lab
Flame test lab
 
Funcoes inorganicas eurico
Funcoes inorganicas euricoFuncoes inorganicas eurico
Funcoes inorganicas eurico
 
Aula4 técnicas
Aula4 técnicasAula4 técnicas
Aula4 técnicas
 
Acção das enzimas
Acção das enzimasAcção das enzimas
Acção das enzimas
 
A história da acetona
A história da acetonaA história da acetona
A história da acetona
 
Apostila preparacao catequese_de_adultos
Apostila preparacao catequese_de_adultosApostila preparacao catequese_de_adultos
Apostila preparacao catequese_de_adultos
 
Orientaparacelebracao
OrientaparacelebracaoOrientaparacelebracao
Orientaparacelebracao
 

Último

pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolinapgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolinamikhaelbaptista
 
aula-7sobre tipos de-grafos-eulerianos.pdf
aula-7sobre tipos de-grafos-eulerianos.pdfaula-7sobre tipos de-grafos-eulerianos.pdf
aula-7sobre tipos de-grafos-eulerianos.pdfjucimarengenh
 
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VFST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VFmarketing18485
 
apostila de eletricidade básica Werther serralheiro
apostila de eletricidade básica Werther serralheiroapostila de eletricidade básica Werther serralheiro
apostila de eletricidade básica Werther serralheirossuserd390f8
 
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdfPlanejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdfssusercc9a5f
 
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADECONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADEssusercc9a5f
 
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdfNormas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdfAlexsandroRocha22
 

Último (7)

pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolinapgr programa de gerenciamento de risco posto  de gasolina
pgr programa de gerenciamento de risco posto de gasolina
 
aula-7sobre tipos de-grafos-eulerianos.pdf
aula-7sobre tipos de-grafos-eulerianos.pdfaula-7sobre tipos de-grafos-eulerianos.pdf
aula-7sobre tipos de-grafos-eulerianos.pdf
 
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VFST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
ST 2024 Statum Apresentação Comercial - VF
 
apostila de eletricidade básica Werther serralheiro
apostila de eletricidade básica Werther serralheiroapostila de eletricidade básica Werther serralheiro
apostila de eletricidade básica Werther serralheiro
 
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdfPlanejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
 
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADECONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
 
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdfNormas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
 

Experincia n 13___eletrolise_da_agua

  • 1. Experiência 13 – ELETRÓLISE DA ÁGUA _____________________________________ ELETRÓLISE DA ÁGUA 1. Objetivo Provocar a quebra da molécula da água em hidrogênio e oxigênio. 2. Introdução A eletrólise é um processo que separa os elementos químicos de um composto através do uso da eletricidade. De maneira sumária procede-se primeiro a decomposição (ionização ou dissociação) do composto em íons e, posteriormente com a passagem de uma corrente contínua através destes íons são obtidos os elementos químicos. Algumas reações químicas ocorrem apenas quando fornecemos energia na forma de eletricidade, enquanto outras geram eletricidade quando ocorrem. A eletrólise da água ocorre quando passamos uma corrente elétrica continua por ela, desde que a tornemos condutora, pois a água pura não conduz corrente elétrica. A decomposição da água ocorre quando efetuamos a quebra das ligações entre átomos de hidrogênio e oxigênio. O processo da eletrólise é uma reação de oxi-redução oposta aquela que ocorre numa pilha sendo, portanto, um fenômeno físico-químico não espontâneo. Figura 1- Eletrólise da água Cátodo: ocorre a redução - sinal negativo Ânodo: ocorre a oxidação - sinal positivo 3. Materiais Reagentes: Ácido Sulfúrico 1% Materiais diversos: 2 garras, 2 buretas, 1 becker grande, 2 suportes universais, eletrodos de níquel/cromo ligados a fios de cobre, fonte ou bateria
  • 2. Experiência 13 – ELETRÓLISE DA ÁGUA _____________________________________ 4. Procedimento Experimental 1. Encher com água o almofariz até metade de sua capacidade. 2. Encher duas provetas com água de modo que não tenha bolhas de ar dentro dela. Emborcar elas dentro do almofariz, de modo que fiquem presas através da garra no suporte universal. Introduzir os eletrodos nas provetas, adicionar solução de ácido sulfúrico 1% no almofariz. 3. Conectar a bateria ou ligar a fonte (em 9V) na corrente elétrica. Manter ligado até que uma das provetas esteja totalmente cheia de gás. 4. Medir a quantidade de gases formados no cátodo e no ânodo. 5. Questionário 1. O que ocorre nos eletrodos dentro do sistema? 2. Como os volumes de gases variam dentro das buretas? 3. Qual o eletrodo (positivo ou negativo) gerou maior quantidade de gás? 4. No eletrodo positivo temos o gás _______________ e no eletrodo negativo temos o gás ______________. 5. O que ocorreria se fizéssemos reagir os dois gases obtidos? 6. Faça uma pesquisa com o objetivo de determinar os usos do hidrogênio e benefícios de sua aplicação.
  • 3. Experiência 13 – ELETRÓLISE DA ÁGUA _____________________________________ FOLHA DE DADOS Equipe:_____________________________________________________________________ ______________________________________________________________Turma:_______ Data____/____/_______ Experiência 12 – PILHA DE DANIELL Potencial da Pilha Observado Calculado Solução de ZnSO4 0,1 mol/L Solução diluída Potencial após inverter os fios Potencial após remover a ponte salina Experiência 13 – ELETRÓLISE DA ÁGUA Compartimento Volume Gás Produzido Ânodo Cátodo