SlideShare uma empresa Scribd logo
Universidade Paulista – UNIPUniversidade Paulista – UNIP
Instituto de Ciências JurídicasInstituto de Ciências Jurídicas
Curiosidades Lingüísticas ICuriosidades Lingüísticas I
GerúndioGerúndio
Profa. Dra. Cibele Mara DugaichProfa. Dra. Cibele Mara Dugaich
cibelemaradugaich@gmail.comcibelemaradugaich@gmail.com
GerúndioGerúndio
 GerúndioGerúndio
O tempo focalizado é oO tempo focalizado é o presentepresente no qualno qual aa
ação está em pleno desenvolvimentoação está em pleno desenvolvimento..
Para que possa sinalizarPara que possa sinalizar futurofuturo, é preciso, é preciso
que se faça referência a umaque se faça referência a uma açãoação que,que,
necessariamente,necessariamente, estará emestará em
desenvolvimento do futuro.desenvolvimento do futuro.
GerúndioGerúndio
 GerúndioGerúndio
VerboVerbo serser ouou estarestar ++ verboverbo principalprincipal ++
NDO.NDO.
EstouEstou preparapreparandondo uma aula.uma aula.
EleEle estáestá organizaorganizandondo uma exposiçãouma exposição
ElesEles estãoestão se preparase preparandondo para um concurso.para um concurso.
GerúndioGerúndio
 Podemos observar que a ação está ocorrendo no exatoPodemos observar que a ação está ocorrendo no exato
momento da fala ou está em andamento no momentomomento da fala ou está em andamento no momento
presente, ainda que não esteja ocorrendo no momentopresente, ainda que não esteja ocorrendo no momento
da fala.da fala.
Estou escrevendoEstou escrevendo uma carta para Camila agora.uma carta para Camila agora.
(exatamente no momento da fala)(exatamente no momento da fala)
Estou ministrandoEstou ministrando aulas de Filosofia neste semestre.aulas de Filosofia neste semestre.
(no presente momento, mas não exatamente neste(no presente momento, mas não exatamente neste
momento)momento)
GerúndioGerúndio
 Há casos, nos quais existe uma previsão emHá casos, nos quais existe uma previsão em
relação a uma ação que estará em andamento emrelação a uma ação que estará em andamento em
um momento futuro.um momento futuro.
Na passagem de anoNa passagem de ano,, estarei voandoestarei voando parapara
Nova Iorque.Nova Iorque.
No romper do novo anoNo romper do novo ano, exatamente à meia, exatamente à meia
noite, o aviãonoite, o avião estará sobrevoandoestará sobrevoando NovaNova
Iorque.Iorque.
GerúndioGerúndio
PORÉMPORÉM,, NÃONÃO podemos dizer:podemos dizer:
Vou estar voandoVou estar voando para Nova Iorque.para Nova Iorque.
OUOU
O avião vai estar sobrevoandoO avião vai estar sobrevoando Nova Iorque.Nova Iorque.
Isso seria umIsso seria um PÉSSIMO USO DO GERÚNDIO.PÉSSIMO USO DO GERÚNDIO.
ESCOLA NACIONAL DE SEGUROSESCOLA NACIONAL DE SEGUROS
Curiosidades LingüísticasCuriosidades Lingüísticas
Verbos ComplexosVerbos Complexos
Profa. Dra. Cibele Mara DugaichProfa. Dra. Cibele Mara Dugaich
cibelemaradugaich@gmail.comcibelemaradugaich@gmail.com
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
NoNo contexto jurídicocontexto jurídico, talvez mais que em, talvez mais que em
qualquer outro, uma interpretação mal feitaqualquer outro, uma interpretação mal feita
pode conduzir à direção oposta aospode conduzir à direção oposta aos
propósitos do sujeito.propósitos do sujeito. PortantoPortanto, temos de, temos de
estar preparados para dominar a normaestar preparados para dominar a norma
culta tanto na produção de textos quantoculta tanto na produção de textos quanto
na interpretação destes.na interpretação destes.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Acordar: despertarAcordar: despertar
Acordou atrasadoAcordou atrasado porque foi dormir tarde.porque foi dormir tarde.
ElesEles acordam cedoacordam cedo quando viajam..quando viajam..
AdoroAdoro acordar tardeacordar tarde..
AcordaAcorda, parece que está dormindo, veja, parece que está dormindo, veja
bem o que está assinando.bem o que está assinando.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Acordar: concordarAcordar: concordar
Acordam por unanimidadeAcordam por unanimidade com a promotoria.com a promotoria.
Nenhuma das partesNenhuma das partes acorda na questãoacorda na questão dede
redução da pena.redução da pena.
Temos deTemos de acordar com normasacordar com normas que nortearãoque nortearão
todo o projeto.todo o projeto.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Advogar: defenderAdvogar: defender
FreudFreud advogavaadvogava que o inconsciente determinaque o inconsciente determina
as ações do sujeito.as ações do sujeito.
A defesaA defesa advogouadvogou que o réu agiu em legítimaque o réu agiu em legítima
defesa.defesa.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Advogar: intercederAdvogar: interceder
O diretorO diretor advogouadvogou pela aprovação da ata.pela aprovação da ata.
Sabendo o quanto os filhos se estimavam, a mãeSabendo o quanto os filhos se estimavam, a mãe
advogouadvogou para que não discutissem.para que não discutissem.
O padreO padre advogouadvogou pela união do casal,pela união do casal,
convencendo os pais dos noivos que eles seconvencendo os pais dos noivos que eles se
amavam e que seria inútil separá-los.amavam e que seria inútil separá-los.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Advogar: exercer a profissão de advogadoAdvogar: exercer a profissão de advogado
Venceu na vidaVenceu na vida advogandoadvogando para clientespara clientes
importantes.importantes.
ElaEla advogaadvoga com mais dois sócios. Eles atuamcom mais dois sócios. Eles atuam
juntos desde a faculdade. São muito hábeis.juntos desde a faculdade. São muito hábeis.
EleEle advogouadvogou por muitos anos em um bancopor muitos anos em um banco
americano.americano.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Assistir: dar assistência a, ajudarAssistir: dar assistência a, ajudar
- SEM preposição após o verbo -- SEM preposição após o verbo -
JohnJohn assistiuassistiu toda produção do filme, as montagenstoda produção do filme, as montagens
foram muito trabalhosas.foram muito trabalhosas.
A médicaA médica assistiuassistiu o paciente o tempo todo.o paciente o tempo todo.
O estagiárioO estagiário assistiuassistiu o juiz na digitação da sentença.o juiz na digitação da sentença.
A professoraA professora assistiuassistiu a aluna durante o seminário,a aluna durante o seminário,
porque ela não conseguia trocar os slides.porque ela não conseguia trocar os slides.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Assistir: ser o expectador de algoAssistir: ser o expectador de algo
-- COMCOM preposição após o verbo -preposição após o verbo -
JohnJohn assistiuassistiu aoao filme com a namorada nofilme com a namorada no
Shopping Paulista.Shopping Paulista.
A médicaA médica assistiuassistiu aoao paciente o tempo todo, nãopaciente o tempo todo, não
descuidou dele nem por um segundo.descuidou dele nem por um segundo.
O estagiárioO estagiário assistiuassistiu aoao juiz na digitação dajuiz na digitação da
sentença porque seu assistente passou mal.sentença porque seu assistente passou mal.
A professoraA professora assistiuassistiu àà aluna durante todoaluna durante todo
seminário com muita atenção.seminário com muita atenção.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Atender: acolher com atenção, cortesia, dar atençãoAtender: acolher com atenção, cortesia, dar atenção
a, seguir, acatara, seguir, acatar
Espero que DeusEspero que Deus atendaatenda o meu pedido.o meu pedido.
ElaEla atendeuatendeu mais de 100 alunos.mais de 100 alunos.
Ele se prontificou aEle se prontificou a atenderatender todas as solicitações.todas as solicitações.
ElesEles atendematendem o freguês com redobrada atenção.o freguês com redobrada atenção.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Atender: dar, prestar atenção, tomar emAtender: dar, prestar atenção, tomar em
consideração, considerarconsideração, considerar
EleEle atendiaatendia a todos aqueles que buscavama todos aqueles que buscavam
seus conselhos.seus conselhos.
ElaEla atendeuatendeu a quase todos os pedidos dosa quase todos os pedidos dos
funcionários.funcionários.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Chamar: dar nome, apelidar, qualificarChamar: dar nome, apelidar, qualificar
Neste caso, temos de mencionar o qualificar com ouNeste caso, temos de mencionar o qualificar com ou
sem preposição.sem preposição.
Todos aTodos a chamavamchamavam princesaprincesa..
Todas aTodas a chamavamchamavam dede princesaprincesa..
..
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Chamar: evocarChamar: evocar
ChamavamChamavam porpor seus santos protetores.seus santos protetores.
Neste caso, usa-se a preposição.Neste caso, usa-se a preposição.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Esquecer:Esquecer: afastar da lembrançaafastar da lembrança
Objeto diretoObjeto direto –– EsqueceramEsqueceram as mágoas.as mágoas.
Objeto indiretoObjeto indireto –– EsqueceramEsqueceram-se-se dasdas
obrigações.obrigações.
EsqueceuEsqueceu dede trazer astrazer as
chaves.chaves.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Informar: adquirir forma, desenvolver-seInformar: adquirir forma, desenvolver-se
Aquela criançaAquela criança informouinformou bem cedo.bem cedo.
 Informar: dar parecer sobreInformar: dar parecer sobre
InformarInformar um processo.um processo.
 Informar: prestar informação, darInformar: prestar informação, dar
informação.informação.
Informei-lheInformei-lhe tudotudo.. / Informei-o de/ Informei-o de tudotudo..
Curiosidades LingüísticasCuriosidades Lingüísticas IIII
 Lembrar: trazer à lembrança, evocar, recordarLembrar: trazer à lembrança, evocar, recordar
Ele ainda aEle ainda a lembralembra com saudade.com saudade.
 Lembrar: vir à lembrança, ocorrerLembrar: vir à lembrança, ocorrer
LembrouLembrou-lhe, naquele momento, apresentar a conta.-lhe, naquele momento, apresentar a conta.
 Lembrar: ter lembrança, recordar-seLembrar: ter lembrança, recordar-se
LembrouLembrou-se de assinar o cheque.-se de assinar o cheque.
LembreiLembrei-me de um amigo distante.-me de um amigo distante.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Proceder: executar, realizar –Proceder: executar, realizar – comcom
preposiçãopreposição
Procedeu-seProcedeu-se aoao ao sorteio.ao sorteio.
Procedeu-seProcedeu-se àà leitura dos autos.leitura dos autos.
 Residir: fixar residência, morar, ter sedeResidir: fixar residência, morar, ter sede
O acusadoO acusado reside nareside na rua do Alencar Barbosa, nrua do Alencar Barbosa, noo
..
28 – apto. 55, em São Paulo.28 – apto. 55, em São Paulo.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Responder: ficar responsávelResponder: ficar responsável –– com preposiçãocom preposição
EleEle respondeurespondeu aa inquérito policial.inquérito policial.
 Responder : fazer as vezes deResponder : fazer as vezes de – por ou pelo– por ou pelo
O paiO pai responderesponde pelopelo filho menor de 18 anos.filho menor de 18 anos.
 Responder: em relação a uma pergunta.Responder: em relação a uma pergunta. –– comcom
preposiçãopreposição
Você pode se negar aVocê pode se negar a responderresponder àsàs perguntas queperguntas que
poderão incriminá-lo.poderão incriminá-lo.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Suceder: herdar por sucessãoSuceder: herdar por sucessão – com– com
preposição.preposição.
A rainha Elizabeth IIA rainha Elizabeth II sucedeusucedeu aoao pai no tronopai no trono
da Inglaterra.da Inglaterra.
A filhaA filha sucedeusucedeu--lhelhe na empresa de modona empresa de modo
impecável.impecável.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Visar: por vistoVisar: por visto – sem preposição– sem preposição
VamosVamos visarvisar todos os documentos.todos os documentos.
Ao dar entrada no processo, elesAo dar entrada no processo, eles visaramvisaram osos
papéis para dar-lhes legitimidade.papéis para dar-lhes legitimidade.
NãoNão visareivisarei nenhum protocolo que não estejanenhum protocolo que não esteja
corretamente preenchido.corretamente preenchido.
Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II
 Visar: objetivar, ter por fimVisar: objetivar, ter por fim – com– com
preposiçãopreposição é próprio da norma cultaé próprio da norma culta
VisoViso àà conciliação das partesconciliação das partes..
Esse discursoEsse discurso visavisa àà adesão dos jurados à teseadesão dos jurados à tese
da defesa.da defesa.
A ação da promotoriaA ação da promotoria visavisa aoao entendimento dasentendimento das
provas.provas.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Curiosidades Lingüísticas I e II

Ler para crianças
Ler para criançasLer para crianças
Ler para crianças
Eliete Esturari
 
Linguagem
LinguagemLinguagem
Linguagem
Rafael Almeida
 
Ler 244 aula extra noções de comunicação t.c.c.ripoli
Ler 244 aula extra noções de comunicação t.c.c.ripoliLer 244 aula extra noções de comunicação t.c.c.ripoli
Ler 244 aula extra noções de comunicação t.c.c.ripoli
Bruno ventura de sousa
 
IED002
IED002IED002
Heimlich: Manobra que salva vidas
Heimlich: Manobra que salva vidasHeimlich: Manobra que salva vidas
Heimlich: Manobra que salva vidas
Nuno Cunha da Silva
 
Oracoessubstantivas
OracoessubstantivasOracoessubstantivas
Oracoessubstantivas
Flávio Ferreira
 
Convenções de contextualizações
Convenções de contextualizaçõesConvenções de contextualizações
Convenções de contextualizações
Marina Panciarelli
 
Gramática-Verbo.pdf
Gramática-Verbo.pdfGramática-Verbo.pdf
Gramática-Verbo.pdf
KatiuciaBandeira
 
Pnl Gideon Email
Pnl   Gideon   EmailPnl   Gideon   Email
Pnl Gideon Email
guest236bc7
 
Podcast e a oralidade
Podcast e a oralidadePodcast e a oralidade
Podcast e a oralidade
Margarete Tesch
 
Sintaxe
SintaxeSintaxe
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
RomilsonJoaquim
 
Resolução de Conflitos
Resolução de ConflitosResolução de Conflitos

Semelhante a Curiosidades Lingüísticas I e II (13)

Ler para crianças
Ler para criançasLer para crianças
Ler para crianças
 
Linguagem
LinguagemLinguagem
Linguagem
 
Ler 244 aula extra noções de comunicação t.c.c.ripoli
Ler 244 aula extra noções de comunicação t.c.c.ripoliLer 244 aula extra noções de comunicação t.c.c.ripoli
Ler 244 aula extra noções de comunicação t.c.c.ripoli
 
IED002
IED002IED002
IED002
 
Heimlich: Manobra que salva vidas
Heimlich: Manobra que salva vidasHeimlich: Manobra que salva vidas
Heimlich: Manobra que salva vidas
 
Oracoessubstantivas
OracoessubstantivasOracoessubstantivas
Oracoessubstantivas
 
Convenções de contextualizações
Convenções de contextualizaçõesConvenções de contextualizações
Convenções de contextualizações
 
Gramática-Verbo.pdf
Gramática-Verbo.pdfGramática-Verbo.pdf
Gramática-Verbo.pdf
 
Pnl Gideon Email
Pnl   Gideon   EmailPnl   Gideon   Email
Pnl Gideon Email
 
Podcast e a oralidade
Podcast e a oralidadePodcast e a oralidade
Podcast e a oralidade
 
Sintaxe
SintaxeSintaxe
Sintaxe
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Resolução de Conflitos
Resolução de ConflitosResolução de Conflitos
Resolução de Conflitos
 

Mais de Grupo VAHALI

Princípios da Administração Contemporânea - Taylor
Princípios da Administração Contemporânea - TaylorPrincípios da Administração Contemporânea - Taylor
Princípios da Administração Contemporânea - Taylor
Grupo VAHALI
 
ApresentaçãO AdministraçãO Funenseg (Set2009)
ApresentaçãO AdministraçãO   Funenseg      (Set2009)ApresentaçãO AdministraçãO   Funenseg      (Set2009)
ApresentaçãO AdministraçãO Funenseg (Set2009)
Grupo VAHALI
 
Texto Oral e Escrito
Texto Oral e EscritoTexto Oral e Escrito
Texto Oral e Escrito
Grupo VAHALI
 
Retórica 1
Retórica 1Retórica 1
Retórica 1
Grupo VAHALI
 
Redação II Concordãncia
Redação II ConcordãnciaRedação II Concordãncia
Redação II Concordãncia
Grupo VAHALI
 
Percurso Argumentativo Retorico
Percurso Argumentativo RetoricoPercurso Argumentativo Retorico
Percurso Argumentativo Retorico
Grupo VAHALI
 
Aula Direito Administrativo
Aula Direito AdministrativoAula Direito Administrativo
Aula Direito Administrativo
Grupo VAHALI
 
Aula Direito Tributário
Aula Direito TributárioAula Direito Tributário
Aula Direito Tributário
Grupo VAHALI
 
Aula Graduação Dir.Constitucional
Aula Graduação Dir.ConstitucionalAula Graduação Dir.Constitucional
Aula Graduação Dir.Constitucional
Grupo VAHALI
 
Saúde Suplementar 2009 Maio
Saúde Suplementar   2009 MaioSaúde Suplementar   2009 Maio
Saúde Suplementar 2009 Maio
Grupo VAHALI
 
Aula Direito Objetivo Subjetivo
Aula   Direito Objetivo   SubjetivoAula   Direito Objetivo   Subjetivo
Aula Direito Objetivo Subjetivo
Grupo VAHALI
 
Aula Fontes Do Direito
Aula   Fontes Do DireitoAula   Fontes Do Direito
Aula Fontes Do Direito
Grupo VAHALI
 
Aula Apres. Do Curso E Conceito E Fontes De Direito
Aula   Apres. Do Curso E Conceito E Fontes De DireitoAula   Apres. Do Curso E Conceito E Fontes De Direito
Aula Apres. Do Curso E Conceito E Fontes De Direito
Grupo VAHALI
 
Artigo 5 Da Constituio Federal 1193627426867250 3
Artigo 5 Da Constituio Federal 1193627426867250 3Artigo 5 Da Constituio Federal 1193627426867250 3
Artigo 5 Da Constituio Federal 1193627426867250 3
Grupo VAHALI
 

Mais de Grupo VAHALI (14)

Princípios da Administração Contemporânea - Taylor
Princípios da Administração Contemporânea - TaylorPrincípios da Administração Contemporânea - Taylor
Princípios da Administração Contemporânea - Taylor
 
ApresentaçãO AdministraçãO Funenseg (Set2009)
ApresentaçãO AdministraçãO   Funenseg      (Set2009)ApresentaçãO AdministraçãO   Funenseg      (Set2009)
ApresentaçãO AdministraçãO Funenseg (Set2009)
 
Texto Oral e Escrito
Texto Oral e EscritoTexto Oral e Escrito
Texto Oral e Escrito
 
Retórica 1
Retórica 1Retórica 1
Retórica 1
 
Redação II Concordãncia
Redação II ConcordãnciaRedação II Concordãncia
Redação II Concordãncia
 
Percurso Argumentativo Retorico
Percurso Argumentativo RetoricoPercurso Argumentativo Retorico
Percurso Argumentativo Retorico
 
Aula Direito Administrativo
Aula Direito AdministrativoAula Direito Administrativo
Aula Direito Administrativo
 
Aula Direito Tributário
Aula Direito TributárioAula Direito Tributário
Aula Direito Tributário
 
Aula Graduação Dir.Constitucional
Aula Graduação Dir.ConstitucionalAula Graduação Dir.Constitucional
Aula Graduação Dir.Constitucional
 
Saúde Suplementar 2009 Maio
Saúde Suplementar   2009 MaioSaúde Suplementar   2009 Maio
Saúde Suplementar 2009 Maio
 
Aula Direito Objetivo Subjetivo
Aula   Direito Objetivo   SubjetivoAula   Direito Objetivo   Subjetivo
Aula Direito Objetivo Subjetivo
 
Aula Fontes Do Direito
Aula   Fontes Do DireitoAula   Fontes Do Direito
Aula Fontes Do Direito
 
Aula Apres. Do Curso E Conceito E Fontes De Direito
Aula   Apres. Do Curso E Conceito E Fontes De DireitoAula   Apres. Do Curso E Conceito E Fontes De Direito
Aula Apres. Do Curso E Conceito E Fontes De Direito
 
Artigo 5 Da Constituio Federal 1193627426867250 3
Artigo 5 Da Constituio Federal 1193627426867250 3Artigo 5 Da Constituio Federal 1193627426867250 3
Artigo 5 Da Constituio Federal 1193627426867250 3
 

Último

Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
BiancaCristina75
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 

Último (20)

Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 

Curiosidades Lingüísticas I e II

  • 1. Universidade Paulista – UNIPUniversidade Paulista – UNIP Instituto de Ciências JurídicasInstituto de Ciências Jurídicas Curiosidades Lingüísticas ICuriosidades Lingüísticas I GerúndioGerúndio Profa. Dra. Cibele Mara DugaichProfa. Dra. Cibele Mara Dugaich cibelemaradugaich@gmail.comcibelemaradugaich@gmail.com
  • 2. GerúndioGerúndio  GerúndioGerúndio O tempo focalizado é oO tempo focalizado é o presentepresente no qualno qual aa ação está em pleno desenvolvimentoação está em pleno desenvolvimento.. Para que possa sinalizarPara que possa sinalizar futurofuturo, é preciso, é preciso que se faça referência a umaque se faça referência a uma açãoação que,que, necessariamente,necessariamente, estará emestará em desenvolvimento do futuro.desenvolvimento do futuro.
  • 3. GerúndioGerúndio  GerúndioGerúndio VerboVerbo serser ouou estarestar ++ verboverbo principalprincipal ++ NDO.NDO. EstouEstou preparapreparandondo uma aula.uma aula. EleEle estáestá organizaorganizandondo uma exposiçãouma exposição ElesEles estãoestão se preparase preparandondo para um concurso.para um concurso.
  • 4. GerúndioGerúndio  Podemos observar que a ação está ocorrendo no exatoPodemos observar que a ação está ocorrendo no exato momento da fala ou está em andamento no momentomomento da fala ou está em andamento no momento presente, ainda que não esteja ocorrendo no momentopresente, ainda que não esteja ocorrendo no momento da fala.da fala. Estou escrevendoEstou escrevendo uma carta para Camila agora.uma carta para Camila agora. (exatamente no momento da fala)(exatamente no momento da fala) Estou ministrandoEstou ministrando aulas de Filosofia neste semestre.aulas de Filosofia neste semestre. (no presente momento, mas não exatamente neste(no presente momento, mas não exatamente neste momento)momento)
  • 5. GerúndioGerúndio  Há casos, nos quais existe uma previsão emHá casos, nos quais existe uma previsão em relação a uma ação que estará em andamento emrelação a uma ação que estará em andamento em um momento futuro.um momento futuro. Na passagem de anoNa passagem de ano,, estarei voandoestarei voando parapara Nova Iorque.Nova Iorque. No romper do novo anoNo romper do novo ano, exatamente à meia, exatamente à meia noite, o aviãonoite, o avião estará sobrevoandoestará sobrevoando NovaNova Iorque.Iorque.
  • 6. GerúndioGerúndio PORÉMPORÉM,, NÃONÃO podemos dizer:podemos dizer: Vou estar voandoVou estar voando para Nova Iorque.para Nova Iorque. OUOU O avião vai estar sobrevoandoO avião vai estar sobrevoando Nova Iorque.Nova Iorque. Isso seria umIsso seria um PÉSSIMO USO DO GERÚNDIO.PÉSSIMO USO DO GERÚNDIO.
  • 7. ESCOLA NACIONAL DE SEGUROSESCOLA NACIONAL DE SEGUROS Curiosidades LingüísticasCuriosidades Lingüísticas Verbos ComplexosVerbos Complexos Profa. Dra. Cibele Mara DugaichProfa. Dra. Cibele Mara Dugaich cibelemaradugaich@gmail.comcibelemaradugaich@gmail.com
  • 8. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II NoNo contexto jurídicocontexto jurídico, talvez mais que em, talvez mais que em qualquer outro, uma interpretação mal feitaqualquer outro, uma interpretação mal feita pode conduzir à direção oposta aospode conduzir à direção oposta aos propósitos do sujeito.propósitos do sujeito. PortantoPortanto, temos de, temos de estar preparados para dominar a normaestar preparados para dominar a norma culta tanto na produção de textos quantoculta tanto na produção de textos quanto na interpretação destes.na interpretação destes.
  • 9. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Acordar: despertarAcordar: despertar Acordou atrasadoAcordou atrasado porque foi dormir tarde.porque foi dormir tarde. ElesEles acordam cedoacordam cedo quando viajam..quando viajam.. AdoroAdoro acordar tardeacordar tarde.. AcordaAcorda, parece que está dormindo, veja, parece que está dormindo, veja bem o que está assinando.bem o que está assinando.
  • 10. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Acordar: concordarAcordar: concordar Acordam por unanimidadeAcordam por unanimidade com a promotoria.com a promotoria. Nenhuma das partesNenhuma das partes acorda na questãoacorda na questão dede redução da pena.redução da pena. Temos deTemos de acordar com normasacordar com normas que nortearãoque nortearão todo o projeto.todo o projeto.
  • 11. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Advogar: defenderAdvogar: defender FreudFreud advogavaadvogava que o inconsciente determinaque o inconsciente determina as ações do sujeito.as ações do sujeito. A defesaA defesa advogouadvogou que o réu agiu em legítimaque o réu agiu em legítima defesa.defesa.
  • 12. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Advogar: intercederAdvogar: interceder O diretorO diretor advogouadvogou pela aprovação da ata.pela aprovação da ata. Sabendo o quanto os filhos se estimavam, a mãeSabendo o quanto os filhos se estimavam, a mãe advogouadvogou para que não discutissem.para que não discutissem. O padreO padre advogouadvogou pela união do casal,pela união do casal, convencendo os pais dos noivos que eles seconvencendo os pais dos noivos que eles se amavam e que seria inútil separá-los.amavam e que seria inútil separá-los.
  • 13. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Advogar: exercer a profissão de advogadoAdvogar: exercer a profissão de advogado Venceu na vidaVenceu na vida advogandoadvogando para clientespara clientes importantes.importantes. ElaEla advogaadvoga com mais dois sócios. Eles atuamcom mais dois sócios. Eles atuam juntos desde a faculdade. São muito hábeis.juntos desde a faculdade. São muito hábeis. EleEle advogouadvogou por muitos anos em um bancopor muitos anos em um banco americano.americano.
  • 14. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Assistir: dar assistência a, ajudarAssistir: dar assistência a, ajudar - SEM preposição após o verbo -- SEM preposição após o verbo - JohnJohn assistiuassistiu toda produção do filme, as montagenstoda produção do filme, as montagens foram muito trabalhosas.foram muito trabalhosas. A médicaA médica assistiuassistiu o paciente o tempo todo.o paciente o tempo todo. O estagiárioO estagiário assistiuassistiu o juiz na digitação da sentença.o juiz na digitação da sentença. A professoraA professora assistiuassistiu a aluna durante o seminário,a aluna durante o seminário, porque ela não conseguia trocar os slides.porque ela não conseguia trocar os slides.
  • 15. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Assistir: ser o expectador de algoAssistir: ser o expectador de algo -- COMCOM preposição após o verbo -preposição após o verbo - JohnJohn assistiuassistiu aoao filme com a namorada nofilme com a namorada no Shopping Paulista.Shopping Paulista. A médicaA médica assistiuassistiu aoao paciente o tempo todo, nãopaciente o tempo todo, não descuidou dele nem por um segundo.descuidou dele nem por um segundo. O estagiárioO estagiário assistiuassistiu aoao juiz na digitação dajuiz na digitação da sentença porque seu assistente passou mal.sentença porque seu assistente passou mal. A professoraA professora assistiuassistiu àà aluna durante todoaluna durante todo seminário com muita atenção.seminário com muita atenção.
  • 16. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Atender: acolher com atenção, cortesia, dar atençãoAtender: acolher com atenção, cortesia, dar atenção a, seguir, acatara, seguir, acatar Espero que DeusEspero que Deus atendaatenda o meu pedido.o meu pedido. ElaEla atendeuatendeu mais de 100 alunos.mais de 100 alunos. Ele se prontificou aEle se prontificou a atenderatender todas as solicitações.todas as solicitações. ElesEles atendematendem o freguês com redobrada atenção.o freguês com redobrada atenção.
  • 17. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Atender: dar, prestar atenção, tomar emAtender: dar, prestar atenção, tomar em consideração, considerarconsideração, considerar EleEle atendiaatendia a todos aqueles que buscavama todos aqueles que buscavam seus conselhos.seus conselhos. ElaEla atendeuatendeu a quase todos os pedidos dosa quase todos os pedidos dos funcionários.funcionários.
  • 18. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Chamar: dar nome, apelidar, qualificarChamar: dar nome, apelidar, qualificar Neste caso, temos de mencionar o qualificar com ouNeste caso, temos de mencionar o qualificar com ou sem preposição.sem preposição. Todos aTodos a chamavamchamavam princesaprincesa.. Todas aTodas a chamavamchamavam dede princesaprincesa.. ..
  • 19. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Chamar: evocarChamar: evocar ChamavamChamavam porpor seus santos protetores.seus santos protetores. Neste caso, usa-se a preposição.Neste caso, usa-se a preposição.
  • 20. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Esquecer:Esquecer: afastar da lembrançaafastar da lembrança Objeto diretoObjeto direto –– EsqueceramEsqueceram as mágoas.as mágoas. Objeto indiretoObjeto indireto –– EsqueceramEsqueceram-se-se dasdas obrigações.obrigações. EsqueceuEsqueceu dede trazer astrazer as chaves.chaves.
  • 21. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Informar: adquirir forma, desenvolver-seInformar: adquirir forma, desenvolver-se Aquela criançaAquela criança informouinformou bem cedo.bem cedo.  Informar: dar parecer sobreInformar: dar parecer sobre InformarInformar um processo.um processo.  Informar: prestar informação, darInformar: prestar informação, dar informação.informação. Informei-lheInformei-lhe tudotudo.. / Informei-o de/ Informei-o de tudotudo..
  • 22. Curiosidades LingüísticasCuriosidades Lingüísticas IIII  Lembrar: trazer à lembrança, evocar, recordarLembrar: trazer à lembrança, evocar, recordar Ele ainda aEle ainda a lembralembra com saudade.com saudade.  Lembrar: vir à lembrança, ocorrerLembrar: vir à lembrança, ocorrer LembrouLembrou-lhe, naquele momento, apresentar a conta.-lhe, naquele momento, apresentar a conta.  Lembrar: ter lembrança, recordar-seLembrar: ter lembrança, recordar-se LembrouLembrou-se de assinar o cheque.-se de assinar o cheque. LembreiLembrei-me de um amigo distante.-me de um amigo distante.
  • 23. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Proceder: executar, realizar –Proceder: executar, realizar – comcom preposiçãopreposição Procedeu-seProcedeu-se aoao ao sorteio.ao sorteio. Procedeu-seProcedeu-se àà leitura dos autos.leitura dos autos.  Residir: fixar residência, morar, ter sedeResidir: fixar residência, morar, ter sede O acusadoO acusado reside nareside na rua do Alencar Barbosa, nrua do Alencar Barbosa, noo .. 28 – apto. 55, em São Paulo.28 – apto. 55, em São Paulo.
  • 24. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Responder: ficar responsávelResponder: ficar responsável –– com preposiçãocom preposição EleEle respondeurespondeu aa inquérito policial.inquérito policial.  Responder : fazer as vezes deResponder : fazer as vezes de – por ou pelo– por ou pelo O paiO pai responderesponde pelopelo filho menor de 18 anos.filho menor de 18 anos.  Responder: em relação a uma pergunta.Responder: em relação a uma pergunta. –– comcom preposiçãopreposição Você pode se negar aVocê pode se negar a responderresponder àsàs perguntas queperguntas que poderão incriminá-lo.poderão incriminá-lo.
  • 25. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Suceder: herdar por sucessãoSuceder: herdar por sucessão – com– com preposição.preposição. A rainha Elizabeth IIA rainha Elizabeth II sucedeusucedeu aoao pai no tronopai no trono da Inglaterra.da Inglaterra. A filhaA filha sucedeusucedeu--lhelhe na empresa de modona empresa de modo impecável.impecável.
  • 26. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Visar: por vistoVisar: por visto – sem preposição– sem preposição VamosVamos visarvisar todos os documentos.todos os documentos. Ao dar entrada no processo, elesAo dar entrada no processo, eles visaramvisaram osos papéis para dar-lhes legitimidade.papéis para dar-lhes legitimidade. NãoNão visareivisarei nenhum protocolo que não estejanenhum protocolo que não esteja corretamente preenchido.corretamente preenchido.
  • 27. Curiosidades Lingüísticas IICuriosidades Lingüísticas II  Visar: objetivar, ter por fimVisar: objetivar, ter por fim – com– com preposiçãopreposição é próprio da norma cultaé próprio da norma culta VisoViso àà conciliação das partesconciliação das partes.. Esse discursoEsse discurso visavisa àà adesão dos jurados à teseadesão dos jurados à tese da defesa.da defesa. A ação da promotoriaA ação da promotoria visavisa aoao entendimento dasentendimento das provas.provas.