SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 42
Baixar para ler offline
Decidi comprar um smartphone
ou um tablet, qual eu escolho?
Uma visão tecnológica, comercial e
comportamental, do mercado de
smart devices e redes sociais no
Brasil e no mundo
L.G. Couto
http://besteilog.blogspot.com.br/
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 2
Disclaimer
As informações expressadas neste blog são pessoais e não refletem de forma
alguma àquelas do meu empregador. Todo o conteúdo aqui publicado é
oferecido “AS-IS”, sem nenhuma garantia ou direitos, e baseado no direito da
livre expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,
independentemente de censura ou licença, conforme Art. 5, inc. IX da
CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL de 1988.
“Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza,
garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a
inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à
propriedade, nos termos seguintes:
IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de
comunicação, independentemente de censura ou licença;”
Leonardo Couto,
Criador e autor do Besteilog!!!
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 3
Porque decidi fazer este estudo?
O principal motivo é que eu gosto de tecnologia, seja hardware, mobilidade e redes sociais, mas o segundo, e
principal motivo, é que sou pai de uma menina de 6 anos que já nasceu na era dos gadgets, smart devices, touch
screen, smartphones, tablets ... O mundo desconectado, para ela, nunca existiu. Para Pais que estão avaliando
dar um Smartphone ou Tablet para seus filhos LEIAM a parte de controle de conteúdo desse estudo.
Então resolvi criar este estudo com o objetivo de orientar novos usuários e pais que estão no momento de decidir
pela compra de um smart device, seja um smartphone, ou tablet, e não sabem qual aparelho, sistema operacional,
como controlar conteúdo e qual operadora escolher.
Em primeiro lugar, você deve se fazer algumas perguntas. Por que eu tomei a decisão de comprar um smart device
para mim ou para meu filho?
- Porque está na moda;
- Ah eu preciso de acesso nas redes sociais para falar com os amigos(as);
- Para melhorar a pegada na noitada ou balada (para os paulistas!);
- Porque a Gabi Estrella só fala “hashtag” nisso;
- Para tirar fotos selfie no espelho e ficar postando no Facebook; e
- Para instalar o Lulu, o Tinder e jogar Candy Crush;
- Por que preciso ter acesso a ferramentas de comunição social (email, messengers, redes sociais) que vão
ajudar a aumentar meu networking pessoal e profissional;
- As ferramentas de browsing, pesquisa, redes sociais e produtividade vão melhorar meu desempenho nos
estudos e no meu trabalho;
- Ou simplesmente, porque preciso de um telefone para falar – só isso!
Ok, um smartphone serve para tudo isso, realmente, seja o objetivo relevante ou não. Mas eu não pretendo
questionar a motivação pessoal de cada um.
Mas então eu realmente decidi comprar um smartphone, qual eu devo escolher? Procurei analisar todos os
aspectos tecnológicos e comportamentais para ajudar você a tomar essa decisão.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 4
Ecossistema – smart devices e apps
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 5
O grande boom de smart devices e apps
http://mobithinking.com/mobile-marketing-tools/latest-mobile-stats/e
Segundo pesquisa da Portio Research, em março de 2013, aproximadamente 1.2 bilhões de pessoas no mundo
usavam aplicações móveis em smartphones, tablets e etc. Ainda segundo a pesquisa, há uma previsão de
crescimento de 29.8% ao ano, o que poderá elevar esse número a 4.4 bilhões no final de 2017.
Importante notar que os números da pesquisa da Portio
Research não significa, necessariamente, que existam 1.2
bilhões de usuários de smartphones e tablets no mundo, pois
uma mesma pessoa pode ter mais de um dispositivo móvel
acessando as mesmas aplicações em dois aparelhos, o que
distorceria este número. No entanto, o gráfico da Wikibon
(abaixo), corrobora que existam hoje realmente em torno de
1.2 bi de “smart devices” no mundo.
Segundo o Wikibon, com dados obtidos do IDC e Gartner, em
2017 o número de “smart devices” fabricados deve chegar a
pouco mais de 2 bilhões no mundo, um número
significativamente divergente dos 4.4 bilhões de usuários de
apps apontado pela Portio Research.
A divergência entre os números divulgados pela Portio Research e pelo Wikibon, pode estar no fato de que em
2012, segundo um estudo do ITU (International Telecommunication Union) divulgado em Fevereiro de 2013,
havia um total de 6.8 bilhões de linhas ativas de telefonia celular. A Ericsson (Junho 2013) acredita que a
penetração de mercado de telefonia celular atingiu 90% no primeiro trimestre de 2013 e que o total de linhas
ativas seria de 6.4 bilhões. No entanto o número de usuários, e não de linhas ativas, estaria em torno de 4.5
bilhões já que muitos usuários tem mais de uma linha ativa em mais de um device ou aparelhos dual-chip.
A Portio Research pode ter baseado o resultado de sua pesquisa no fato que, usuários de celulares “non-smart”,
no mundo vão migrar para os smartphones e isso realmente poderia justificar o ‘boom’ de usuários de
aplicações, mais do que triplicando o número de usuários atuais em apenas 3 anos.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 6
Apps boom – por região
Ainda segundo a pesquisa da Portio Research, o mercado que mais cresce em número de usuários de aplicações
é a Asia. Em 2012 esta região correspondeu a 30% dos 1.2 bilhões de usuários apurados pela empresa, e a
previsão para 2017 um crescimento de 17 pontos percentuais, chegando a representar praticamente metade de
todos os usuários globais.
Os números apurados pela Portio não são exagerados se você
imaginar, por exemplo, a abertura do mercado na China para
as webstores da Google, Apple e Microsoft. Atualmente esses
sites e os serviços em nuvem dessas empresas são
bloqueados, ao menos oficialmente, e para acessá-los o
usuário deve mascarar o IP como se estivesse acessando o
site por outro país e isso restringe significativamente o
aumento de usuários de mobile apps. Isso tudo pode mudar
com a venda da Motorola para Lenovo, talvez tenha sido este
o “pedágio” do Governo para “abrir” o mercado.
O gráfico à direita, mostra a média de aplicações baixadas por
usuários nos 10 países com o maior número de aplicações por
smartphone e a quantidade de aplicações grátis e pagas. De cara
me chamou a atenção dois países asiáticos, Coréia do Sul e Japão.
Na Coréia apenas 6,7% das aplicações baixadas são pagas, no
entanto é o país que está no topo do ranking com uma média de 40
aplicações por smartphone (eu não devo ter mais que 15 no
meu!!!). No Japão, apesar do número médio de aplicações por
aparelho ser similar ao da Coréia, nota-se uma grande diferença
entre aplicações grátis e pagas, é praticamente 50/50. O motivo?
Realmente não sei explicar, talvez seja cultural, ou simplesmente
regulatória.
Se considerarmos a média global de 26 aplicações por smartphone,
e cruzarmos com a projeção do Wikibon de aproximadamente 2,7
bilhões de smartdevices em 2022, chegaremos ao absurdo número
de mais de 71 milhões de aplicações baixadas.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 7
Google – ecossistema de smart devices e apps
LojaLoja
Google+Google+
HangoutsHangouts
GoogleGoogle
EarthEarth
PanoramioPanoramio
GroupsGroups
GoggleGoggle
AcadêmicoAcadêmico
PicasaPicasa
ChromeChrome
Mobile & Social
LojaLoja
Google+Google+
HangoutsHangouts
GoogleGoogle
EarthEarth
PanoramioPanoramio
GroupsGroups
GoggleGoggle
AcadêmicoAcadêmico
PicasaPicasa
ChromeChrome
AndroidAndroid
Mobile & Social
QuickQuick
OfficeOffice
CloudCloud
PrintingPrinting
Business
QuickQuick
OfficeOffice
CloudCloud
PrintingPrinting
BusinessHardware/SO
Mais de 1.1 milhão de aplicações disponíveis para download na Play Store em 14/03/2014 (Link)
Chrome OSChrome OSChrome OSChrome OS
AndroidAndroid
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 8
Apple – ecossistema de smart devices e apps
Mobile & SocialMobile & SocialBusinessBusinessHardware/SO
Mais de 1.1 milhão de aplicações disponíveis para download na Apple Store @ 15/04/2014 (Link)
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 9
Microsoft – ecossistema de smart devices e apps
Mobile & SocialBusiness
People HubPeople Hub
Mais de 135 mil aplicações de terceiros disponível na Windows Phone Store @15/04/2014 (Link)
Hardware/SO
RoomsRooms Me-CardMe-Card Tap+SendTap+Send SkypeSkype MessagingMessaging E-MailE-Mail
Photos HubPhotos Hub HD VideoHD Video The StoreThe Store Games HubGames Hub Xbox MusicXbox Music XboxXbox
SmartGlassSmartGlass
IE 10IE 10
Bing SearchBing Search Bing MusicBing Music Bing VisionBing Vision Local ScoutLocal Scout MapsMaps
Office HubOffice Hub One NoteOne Note OutlookOutlook
SharePointSharePoint
SkyDriveSkyDrive YammerYammer
SkyDriveSkyDrive
Office 365Office 365
SecuritySecurity
ManagementManagement LOBLOB
AppsApps WalletWallet
EasyEasy
TransferTransfer
Data SenseData Sense Find MyFind My
PhonePhone
BackupBackup SOCLSOCL
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 10
Aplicações disponíveis por plataforma de S.O
Total Apps 1.171.196 % 1.145.591 % 135.868 % 2.452.655
Free 958.217 82% 734.782 64% 93.749 69% 1.786.748
Paid 212.980 18% 410.809 36% 42.119 31% 665.908
Apps Categoria
Games 122.075 10% 201.007 18% 16.304 12% 339.386
Others 192.896 16% 50.390 4% 1.359 1% 244.645
Tools & Productivity 102.881 9% 97.729 9% 17.663 13% 218.273
Entertainment 104.568 9% 87.766 8% 23.098 17% 215.432
Lifestyle 86.951 7% 112.156 10% 8.152 6% 207.259
Education 80.497 7% 117.294 10% 8.152 6% 205.943
Books & Ref 78.202 7% 89.341 8% 14.945 11% 182.488
Business 64.020 5% 88.240 8% 4.076 3% 156.336
Travel & Navigation 70.619 6% 69.515 6% 8.152 6% 148.286
Music & Video 74.922 6% 37.673 3% 2.717 2% 115.312
Health & Fitness 47.847 4% 54.050 5% 8.152 6% 110.049
News & Weather 45.640 4% 32.551 3% 8.152 6% 86.343
Sports 32.905 3% 31.466 3% 5.435 4% 69.806
Finance 25.991 2% 26.326 2% 2.717 2% 55.034
Social 25.830 2% 21.183 2% 4.076 3% 51.089
Photography 15.352 1% 28.904 3% 2.717 2% 46.973
THE
BIG 3Google Android Apple iOS MS Windows 8
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 11
Análise quantitativa e qualitativa de apps para Android
http://www.appbrain.com/stats/number-of-android-apps
O site AppBrain.com dá uma visão geral online e realtime da evolução do quantidade e da qualidadede de
aplicações desenvolvidas para o sistema operacional mobile da Google, o Android.
Em 13/03/2014
Os gráficos abaixo mostram a análise quantitativa e qualitativa das aplicações desenvolvidas para
Android disponíveis para download na Play Store (loja online de apps para Android). O Google
classifica como de baixa qualidade 21% das aplicações (~245 milhões) disponíveis na Play Store,
esses números dão uma ideia do potencial, e também do exagero, de aplicações disponíveis. Em
média um usuário global de Smartphone baixa em torno de 26 aplicações, sendo 79% dessas
aplicações de uso grátis.
Interessante notar no gráfico acima que o comportamento mensal do
lançamento das aplicações na Play Store se equivale ao comportamento
do comércio de varejo, atingindo seu pico em dezembro e desacelerando
nos meses seguintes. Claro, aproveitando que no mês de dezembro
aumenta a demanda global pela procura de smart devices.
No gráfico acima observamos um crescimento de 76%, em torno de 506
novas aplicações disponíveis na Play Store em apenas 10 meses. Esse
número dá uma média de 50 aplicações novas por mês entre abril/2013 e
janeiro/2014, e o percentual da qualidade das aplicações é praticamente
linear ao crescimento.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 12
Análise quantitativa de apps para iOS
O site 148apps.biz/app-store-metrics/ dá uma visão geral da evolução do quantidade e do tipo de aplicações
desenvolvidas para o sistema operacional iOS na Apple Store nos EUA.
Em 13/03/2014
Current number of iOS apps in the US market:
1134183
Percentage of Apps: 82%
Percentage of Games: 18%
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 13
Análise quantitativa de apps para Windows Phone
O site wp7applist.com/stats/ dá uma visão geral da evolução do quantidade e do tipo de aplicações desenvolvidas para
o sistema operacional Windows 8 na Windows Store nos EUA.
Em 13/03/2014
Current number of iOS apps in the US market:
135868
Percentage of Apps: 82%
Percentage of Games: 18%
Os gráficos mostram que há uma diferença enorme de quantidade de aplicações disponíveis
na Windows Store. Mas a pergunta que você deve se fazer é : Se a média mundial é de
26 aplicações por smartphone, para que eu preciso de 1 milhão de opções?
Então, no caso da Microsoft, você deve analisar se eles dispõe de todos os aplicativos que
você deseja, ou precisa ter, no seu smartphone.
O ponto negativo é que novidades provavelmente aparecerão primeiro em Android e iOS,
porque há muito mais desenvolvedores nessas plataformas do que em Windows 8, então se
você escolher pelo smartphone da Microsoft, fique atento a isso.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 14
Mercado mundial por Sistema Operacional
O quadro ao lado [1] mostra a evolução da participação de
mercado, por sistema operacional de smartphones, de 2009 a
2013.
Repare que a participação do iOS (Apple) fica praticamente
linear em 5 anos, enquanto o Android (Google) ganha o
mercado de Symbian (Nokia), da RIM (Blackberry), e
principalmente de novos clientes.
Os outros dois charts, confirmam o crescimento vertiginoso de
aparelhos com sistema operacional Android. O chart [2] mostra
que, além do crescimento de quase 10 pontos do Android de
2012-2013, a Apple (iOS) perdeu 3.5 pontos no mesmo
período, enquanto a Microsoft ganhou 1 ponto.
Ou seja, dos três grandes, que disputam o mercado mundial,
nos últimos 3 anos, apenas a Apple (iOS) está perdendo
participação de mercado, mesmo o mercado crescendo em
todo mundo. Está perdendo clientes velhos e novos.
2
1
3
O chart [3], sobre o mercado de
tablets, também é desfavorável à
Apple. Enquanto os aparelhos com
Android mais que dobraram em 1 ano,
a Apple cresceu 14.5% e a Microsoft
cresceu 233%, embora o número
absoluto de tablets com Windows 8
ainda seja muito pequeno perto dos
dois líderes.
Com nenhum lançamento significativo
previsto para 2014, a Apple deve ter
problemas de novo este ano, perdendo
clientes para Android e Windows 8 a
medida que o mercado vai chegando ao
seu limite de oferta/demanda de
tablets.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 15
Benchmark de performance - smartphones
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 16
Conclusão do autor a respeito de aplicações
 Em termos quantitativos os sistemas operacionais da Google (Android) e da Apple (iOS) levam enorme
vantagem sobre a Microsoft (Windows 8), no entanto, você deve analisar se as três plataformas tem
as aplicações que você deseja e/ou precisa ter no seu smartphone, mas lembre-se ... novidades e
atualizações vão sair primeiro para Android e iOS, exceto se a aplicação for da própria Microsoft;
 Em termos de serviços na nuvem eu acho que a Google (Android) tem uma larga vantagem sobre os
dois concorrentes, principalmente contra a Apple (iOS). Praticamente todas as aplicações essenciais
em um smartphone (telefonia, mensageria, redes sociais, ferramentas office, armazenamento em
rede, navegação, pesquisa, browsing, calendário, música e etc) são aplicativos desenvolvidos pela
própria Google e não tem nenhum custo adicional e são totalmente integradas. Nesse quesito a
Microsoft está seguindo o líder (Google) e as aplicações são desenvolvidas pela própria Microsoft e de
fácil integração com PCs. O ponto fraco da Microsoft está no sistema operacional do telefone e na
cobrança de serviços que o Google oferece de graça. A Apple tem ótimos aplicativos e a melhor
integração entre app e hardware, pois o hardware é proprietário. No entanto, o iPhone é totalmente
dependente de aplicativos de terceiros para se tornar um smartphone útil e compelto. O foco da Apple
ainda está no hardware, responsável por +68% da lucratividade da empresa, mas vou demonstrar
mais a frente que corre sério risco e precisa repensar sua estratégia em aplicações;
 Se você já é um usuário fiel à Apple (tem um outro hardware em casa – Mac Mini, Mac Pro, Mac Air,
iPad), ou a maioria das pessoas da sua casa tem aparelhos da Apple, a integração será uma vantagem
para você, sem dúvida. Nesse caso é recomendável optar por um iPhone. No entanto, eu tenho um
Mac Mini, que utilizo como “entertainment center” ligado na TV da sala, e uso a cloud do Google sem
problemas. A interoperabilidade é ótima e nunca tive problemas (detesto iTunes!);
 Se você não é um usuário Apple, não tem um iPad ou qualquer outro produto da Apple em casa - ou
mesmo que tenha saiba que se integra perfeitamente com os serviços da Google – escolha o aparelho
que melhor atenda suas necessidades;
 Minha recomendação é , “siga o líder”, a Google (Android). Em termos de aplicativos eles estão
à frente e a interoperabilidade dos serviços da nuvem com Mac e Windows é excelente, é aberto,
eficiente e a Google dispõe da maior quantidade de aplicativos free e de boa qualidade. Outros
quesitos que demonstrarei mais a frente dão mais suporte à minha recomendação.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 17
Apps de controle de conteúdo
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 18
Vou comprar um smartphone para meu filho(a) ...
Em primeiro lugar: “O seu filho, de 10 ou mais anos, realmente precisa de um smartphone?”
- Se você decidiu comprar um smartphone porque ele, ou ela, não para de pedir, reclamar e fazer pirraça
porque “fulaninho” da escola tem e ele(a) não ... pare e converse com seu filho, esta não é a melhor
decisão para ele;
- Se o seu filho quer um smartphone para joguinhos, compre um video-game portátil;
- Agora, se você precisa estar realmente em contato com o seu filho, para se comunicar sobre horários de
atividades, saída da escola, inglês, natação e etc. E você acredita que ele tem maturidade suficiente para
usar o smartphone de forma racional, sem acessar conteúdos inapropriados ... pare e pense duas vezes,
depois de ler o próximo slide;
Um smartphone não é um simples telefone, ou um video game portátil da década de 80 e 90. O smartphone é
uma poderosa ferramenta de comunicação e relacionamento social, com fácil e rápido acesso a informação de
qualquer gênero, em qualquer lugar e a qualquer hora.
Para os pais que já tomaram a decisão de comprar um smartphone, ou um tablet, para seu filho. A primeira
coisa a fazer é estabelecer com ele regras e horários de uso que devem ser cumpridas, sempre. E
principalmente, deixar claro que o aparelho é SEU e que você está emprestando para ele usar, isso faz muita
diferença, acredite. Sobre as regras:
- Primeira regra: Jamais dê a senha de acesso para download de aplicações nas app stores, e nunca
clique no checkbox de “lembrar da senha” quando você for baixar algum aplicativo e não deixe ele fazer
sozinho;
- Segunda regra: Levar para escola, nem pensar !!!
- Terceira regra: Instalem no aparelho um software de controle de conteúdo. Não é complicado, mesmo
para os mais leigos, ainda assim, será difícil manter 100% o controle porque sempre terá o amiguinho
da escola que saberá como desbloquear, ou desinstalar o software. Por isso você deve combinar com
seu filho que irá verificar o aparelho com frequência, afinal o aparelho é SEU, e não dele.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 19
A geração smartphone, conectada e exposta !
https://www.lookout.com/resources/reports/smartphone-family-guide
Lookout Mobile Security and Harris Interactive Survey, 2012
Pew Research Center’s Internet and American Life Project, Teen Survey April-May, 2011
National Consumers League pre-teen mobile usage survey, July 2012
IDADE QUE OS PAIS ACHAM MAIS APROPRIADA PARA
OS SEUS FILHOS TEREM SEU PRIMEIRO SMARTPHONE
22%
14% 14%
10
anos
13
anos
16
anos
77% 56% 63% 75% 28%
COMO OS ADOLESCENTES AMERICANOS
USAM O SMARTPHONE
Dos jovens
entre 12 e 17
anos tem um
smartphone
Dos pais de
crianças de 8
a 12 anos
dizem que
seus filhos
tem um
smartphone
Dos jovens
afirmam que
trocaram
mensagens
todos os dias.
Menos de 1%
disse que
envia
mensagens
menos de
uma vez por
semana
Dos jovens
que dirigem
admitem usar
o smartphone
para enviar
mensagens
enquanto
dirigem
Dos jovens
confessaram
enviar
imagens
inapropriadas
através do
smartphone
A pesquisa, cujo resultados apresento acima, foi realizada nos EUA e aponto abaixo as fontes. Acredito que pela influência da
cultura americana na sociedade brasileira, os percentuais não sejam tão diferentes no Brasil, exceto pelos jovens que dirigem
enviando textos pois em alguns estados nos EUA jovens com 16 anos já podem ter licença para dirigir.
O que chama atenção é : 1) o percentual de 77% de jovens de 12-17 anos que possuem um smartphone e; 2) o percentual de
56% de pais de crianças de 8-12 anos que dizem que os filhos tem um smartphone.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 20
Top 5 - softwares de controle de conteúdo
Essencial para os Pais !!!
MMGuardian is a parental control app that allows parents to locate their kid's phone, monitor text activity, and
set various use restrictions. The free level allows parents to send an SMS to locate or lock their child's phone, or
have it emit a siren alarm. Enhanced features for subscribers allow for time limits (such as locking during school
time), call blocking, text monitoring, as well as app controls. MMGuardian doesn't include Internet filters.
Net Nanny is an Android browser and parental control system that can be used to restrict access to adult
material as well as manage apps on the protected device. The Net Nanny browser features 18 filtering categories
and can be set to Block, Warn, or Allow access based on category. The app management features allow parents to
remotely view or block apps. Net Nanny also requires newly installed apps to be approved. A web-based
management panel lets parents configure these settings and more remotely.
Funamo Parental Control provides a comprehensive toolset of settings for parents to monitor and filter their
children's Android activities. Funamo includes a child-safe browser and can also interface with popular Android
browsers to filter content. SafeSearch filters search engine results, with additional keyword blocking and the
option for whitelists and blacklists. Additionally, the app can log calls and SMS activity, and can help you restrict
marketplace access and apply usage time limits.
Screen Time Parental Control hits a middle ground between security and invasiveness. Parents can monitor
time spent on given applications, with the ability to set time limits on the use of particular apps. There are also
bed time, lights out, and school time curfews for app use. One unique feature is that children can be rewarded
with usage time if they complete a set list of tasks. This allows parents to incentivize chores and other household
activities. A remote control app is also available for parents to manage these settings.
Norton Family is a parental controls app that allows Mom and Dad to monitor their children's Android activity.
The app monitors Internet use, allowing parents to see which websites kids are attempting to visit. The app also
automatically blocks access to inappropriate sites (with optional email notifications to parents). A premium tier
unlocks more features, such as text message monitoring, app management and restrictions, as well as monthly or
weekly reports of your child's online activity.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 21
Mercado brasileiro de telefonia
celular e smartphones
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 22
Mercado brasileiro de telefonia celular
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 23
Mercado mundial de telefonia celular
Em uma pesquisa feita em 2013 o
Brasil ocupava o 5º maior mercado
de telefonia celular no mundo
[Quadro 1] com um total de 268.4
milhões de assinaturas para uma
população de 198.7 milhões de
pessoas, o que dá uma proporção de
1,35 assinatura de linha celular por
habitante. Dos catorze maiores
mercados de telefonia celular no
mundo, o Brasil ocupava o 4º lugar
em proporção de assinatura de linha
celular por habitante.
No entanto, das 268.4 milhões de
assinaturas, apenas 29% desse total
são linhas 3G/4G, o que demonstra
o potencial para crescimento de
smartphones no Brasil. Países como
EUA e Japão tem percentuais
superiores a 90% de 3G/4G em
relação ao total de linhas de
celulares.
[Quadro 1]
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 24
Como o brasileiro usa o smartphone
85%69%
66%75%
74%
39%
57%
43%
Como citado no slide anterior, apenas 29% das linhas de
celulares no país são 3G ou 4G, isso acaba reprimindo a
demanda de aumento dos serviços como Streaming Music,
Browsing e Video/Mobile TV, já que esses serviços
requerem bandas de maior velocidade e estão abaixo de
seu real potencial no mercado brasileiro. Com a adoção do
4G, esse mercado deve aumentar significativamente nos
próximos anos. Nota importante, o Brasil é líder mundial
em uso de Redes Sociais.
Média Top 10
#1
Maior %
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 25
Preço médio de smartphones 4G
Por que pagar o dobro para ter um iPhone ?
Se compararmos o iPhone5 com, por exemplo, o Motorola RAZR HD a diferença é 2x o preço. Ambos são aparelhos 4G com
processadores dual-core. O Motorola RAZR HD tem uma tela de 4.7” (versus 4” do iPhone5S) e obteve 5376 pontos de
performance nos testes “unlimited” da Futuremark.com, enquanto o iPhone 5S obteve 14528 pontos. É uma diferença
significativa, mas 1) você precisa de tanto e 2) está disposto a pagar o dobro?
Os testes são realizados com a configuração padrão do aparelho de fábrica, sem extensões. O RAZR HD foi testado com os
16GB, sem expansão de chip SD Card, e o iPhone 5S foi testado com 64GB, daí a diferença de performance. Vale o dobro?
Pesquisa independente realizada pelo autor no site das quatro grandes operadoras nacionais
em 13/03/2013 utilizando como referência o plano “controle” de cada uma das operadoras.
Motorola RAZR HD
http://www.futuremark.com/hardware/mobile/Motorola+DROID+RAZR+HD/review
Apple iPhone 5S
http://www.futuremark.com/hardware/mobile/Apple+iPhone+5s/review
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 26
Opinião do autor
Ok, se você chegou até aqui e já se decidiu por qual aparelho e
tecnologia comprar, então a 1ª parte deste estudo atingiu seu
objetivo.
Eu particularmente, já estou na 3ª versão de smartphone Android e
não saio para outra tecnologia, seja iOS ou Windows 8, ao menos no
curto prazo. A Google está melhor posicionada em oferta de produtos
(aparelhos), serviços na nuvem, integração dos serviços (Google
Drive, Google+, Blogger e etc) e não é a toa que tem quase 80% do
mercado de smartphones no mundo.
Agora, quem já é usuário de iPhone ou Windows 8 pode ter opinião
diferente, e temos que respeitar todas.
Se você ainda está em dúvida, continue a ler este documento e
entenda porque optei pela Google e pelo Android. Certamente vai
ajudar na sua escolha.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 27
Análise de posicionamento estratégico
Google – a Líder
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 28
Aparelhos com suporte a Android
O site do sistema operacional Android além de explicar em detalhes o sistema operacional da
Google para smart devices, dá uma lista dos fabricantes de aparelhos (smartphones e/ou tablets)
que suportam o sistema operacional Android.
Autorizados pela Google são ao todo dez fabricantes mundiais: Acer, Asus, HTC, Huawei, LG,
Kyocera, Motorola, Samsung, Sony e ZTE.
Existem fabricantes “genéricos” de que constroem seus próprios aparelhos, a partir do código fonte
do Android, que é aberto (livre). Qualquer empresa, ou pessoa física, com conhecimento pode
construir um aparelho baseado no sistema operacional da Google.
Alguns desses fabricantes genéricos são, a Xiaomi (China), a Gionee (Índia), a Pantech (Korea) e a
CCE (Brasil) – comprada pela chinesa Lenovo em 2012 - são alguns exemplos de fabricantes
independentes.
A variedade de fornecedores, e o padrão aberto do sistema operacional Android, criam um
ecossistema perfeito para a competição e inovação entre os fabricantes, fazendo com que um
fabricante procure se diferenciar do outro pela tecnologia, e pelo custo de fabricação, fazendo com
que tenha uma competição pelo mercado forçando o preço dos aparelhos com Android para baixo.
Os múltiplos fabricantes, e o padrão aberto do Android, foram os principais motivos que levaram a
Google à liderança mundial de aparelhos suportando o seu sistema operacional, o que é essencial
para o crescimento dos usuários de aplicativos do Google na nuvem.
http://www.android.com/phones-and-tablets/
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 29
Os smartphones mais vendidos com Android
No quadro ao lado, observamos que em maio de 2014
a Samsung tinha seis (o SM-N9005 é Samsung) entre
os dez modelos de smartphones Android mais vendidos
do mundo. No entanto se somarmos os 10 modelos
deste gráfico não chegaremos a 25% do total de
smartphones com sistema Android vendidos no mundo.
Esses números dão uma dimensão exata da quantidade
de opções de fabricantes e modelos que o usuário tem
a sua escolha na hora de optar por um aparelho com
Android. No Brasil encontra-se facilmente Samsung,
Motorola, Sony e LG. Estes são os fabricantes com que
as operadores trabalham com mais frequência para
Android
Segundo o IDC (quadro ao lado) em 2013 foram
vendidos um total de 1,004,200 smartphones no
mundo, um crescimento de 38% em relação ao ano
anterior (2012). A Samsung continua líder do mercado
com 31% das vendas mundiais, crescendo 1 ponto ano
contra ano.
Reparem que, dos Top5 fabricantes, a Apple foi a única
que perdeu mercado, preocupantes 3,4 pontos. É
realmente um ponto de preocupação porque o iPhone
corresponde a 68% do total de lucratividade profit da
Apple, como mostraremos mais a frente.
Huawei e Lenovo aparecem entre os Top5 pois operam
com grande volume na China, mas no Brasil não é
comum encontrar essas marcas. A Lenovo no Brasil
opera através da CCE que adquiriu em 2012.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 30
Posicionamento da Google
Está claro que o foco da Google não está em competir pela tecnologia e fabricação do ‘smart
device’, um sinal claro foi a venda da Motorola para Lenovo em 2014. Seu sistema operacional
é aberto e ela domina 80% do mercado de smartphones no mundo. O aparelho é commoditie,
cara empresa que desenvolva o seu, promovendo a concorrência tecnológica e comercial entre
os fabricantes, com ganho de escala e menores custos.
A Google se posiciona como uma empresa de serviços na nuvem para o usuário final e
empresas. Segundo o site da própria empresa “A missão do Google é organizar as informações
do mundo e torná-las mundialmente acessíveis e úteis.”.
Bem genérico e aberto, e é isso mesmo que o Google realmente é. O maior ativo da empresa
são as informações pessoais que passam por 4 entre 5 smartphones no mundo. Ela sabe o que
você pesquisa, o que você quer, os seus interesses, a Google sabe tudo sobre todos, pessoas
físicas e jurídicas e isso não tem valor estimado.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 31
Análise de posicionamento estratégico
Apple - hora de mudar?!
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 32
iPhone – enfraquecido
Segundo a Pacific Crest Securities, em 2013, o iPhone correspondeu
a uma participação de 68% sobre o lucro total bruto da Apple [ver
quadro ao lado]. Esse é um dado extremamente preocupante pois
mais de 2/3 do lucro da companhia depende de um produto que
está perdendo market-share no mercado global.
Uma nova versão do smartphone da Apple, o iPhone6, tem seu
lançamento previsto ainda para 2014, mas na minha opinião, isso
não vai mudar o jogo a favor da “maçã”.
Ainda segundo a Pacific Crest Securities, em 2014, 80% das vendas
de iPhones serão atualizações tecnológicas e apenas 20% serão
novos clientes, e em 2015 a situação será ainda mais desfavorável
para Apple.
Segundo a DIGITIMES Research, o
mercado de smartphones em 2014
deve crescer em torno de 20% em
relação a 2013.
Se as previsões da DIGITIMES Research
estiverem corretas, com o mercado
crescendo 20% em relação a 2013 a
Apple perderá mais participação de
mercado. Os números demonstram que o
lançamento das versões do iPhone5S e
5C não fizeram com que a Apple
retomasse o crescimento, sendo este um
ponto que sustenta a minha opinião que,
apenas uma nova versão de hardware e
um novo iOS não vão mudar o jogo
favorável, neste momento, para Android
e dando espaço para crescimento da
Microsoft com Windows 8.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 33
iPhone – enfraquecido, mas ainda desejado
Mesmo enfraquecido, uma pesquisa realizada
em Maio de 2013 através da ferramenta de
pesquisa do Google, revelou que, mesmo
enfraquecido e perdendo market-share, o iPhone
continua sendo o equipamento mais procurado
no Google.
Não há dúvidas quanto a força da marca Apple e
iPhone, sem dúvida, tanto que a Apple continua
na liderança pelo terceiro ano consecutivo como
a marca mais valiosa do mundo.
Mas se o mind-share, o branding, do iPhone é tão bom, porque
ele está perdendo mercado ano após ano para os aparelhos
Android?
A primeira resposta pode estar no quadro ao lado. Em média o
iPhone é mais do que o dobro do preço de um aparelho
Android!!! Será que uma diferença tão grande se justifica?
A segunda resposta é que o iPhone é um aparelho proprietário,
de fabricação (marca) exclusiva da Apple. Isso diminui o ganho
de escala de fabricação e não há concorrência entre
fabricantes, dois fatores essenciais que fazem cair o custo e o
preço final do produto final.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 34
iPad - líder até quando?
33,8%
50%
24 meses
Q4 2011 Q4 2013
~58%
[1]
30%
24 meses
Q4 2013Q4 2011
7,6%
17%
24 meses
Q4 2013Q4 2011
[1] somatório da Samsung, Asus, Lenovo e
Others. O share da Microsoft neste segmento
não é significativo para considerar nesta
análise
Segundo o IDC o market-share do iPad está caindo, tendo retornado no Q2-
2013 ao mesmo patamar de participação em Q4-2011. Ainda, o gráfico
demonstra uma queda significativa no volume de tablets vendidos. Os
smartphones com telas de 4” a 7” estão substituindo os tablets com telas
>10”.
“Será que a Apple consegue retomar o crescimento com novos modelos do
iPad?” É o que pergunta o chart ao lado. Veja que em Q4-2012 as vendas
de iPad atingiram o pico, isso se deve ao fato do lançamento da primeira
versão do iPad Mini em outubro de 2012, mas logo depois o share volta a
cair. A Apple está em um modelo de venda por modismo e perdendo share
para tablets Android, assim como no mercado de smartphone e não acho
que um novo modelo vai resolver o problema a médio prazo.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 35
Apple - chegou hora de mudar?!
Embora o iPhone e o iPad sejam bons produtos, a minha opinião é que a
Apple não vai conseguir segurar sua posição no mercado e o faturamento
e lucratividade, apenas com novas versões de seus aparelhos e sistema
operacional, irão cair significativamente. A Apple precisa repensar o seu
negócio, se deseja realmente ser uma fabricante de hardware, um item
cada vez mais commoditizado, ou se parte para ser uma provedora de
serviços e aplicativos na nuvem, como já são o Google (em grande escala) e a
Microsoft. O gráfico ao lado direito mostra que, a Microsoft mesmo tendo um mercado
de apenas 3% com o Windows Phone, tem os seus serviços mais acessados na nuvem
nos EUA do que a Apple, que tem um share 5x maior de smartphones.
Partindo para um modelo de serviços na nuvem a Apple deveria considerar a compra de empresas já estabelecidas e que aumentem
o portfolio de serviços na nuvem. Falta a Apple, uma rede social, aplicativos de produtividade (office) e etc.
Social Network [1]
+180 million users
US$ ???
Social Network [2]
+13 million users
US$ 3.8 Bi
[1] Badoo é uma rede social,
definida pelo seu dono como
um “night club online”, com
mais de 180 milhões de
usuários. A Apple poderia
comprar e transformar aos
poucos a rede social de uma
simples “balada online” para
uma rede colaborativa como
Facebook, Google+ e
Linkedin.
Valor da marca: US$ 104 bi
Receita (2013): US$ 171 bi
[2] Pinterest é a rede social que
mais cresce nos EUA entre as
mulheres.
Online Business
Tools [3]
+10 million users
US$ ???
[3] ZOHO é uma empresa de
aplicações de Business,
Colaboração e Produtividade
online com mais de 10
milhões de usuários. Mais
completa que o Google Apps,
oferece serviços de CRM,
faturamento e ferramentas
de marketing.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 36
Apple – os números mostram que sim
68% do profit da Apple (~$28b) vem da venda de iPhone,
exatamente o segmento que a Apple está perdendo mais
mercado, ano após ano, para os smartphones Androids. (Nov,
2012).
Outro número desfavorável para Apple. Segundo a fonte
responsável pelos números, a Apple perdeu 22.5% de
capitalização de mercado em 2013.
Os dois gráficos mostram uma empresa com problemas para
resolver na oferta de seus produtos para o mercado, estão
perdendo mercado para outros fabricantes e perdendo rápido, no
entanto isso não está afetando o valor da marca.
Segundo pesquisa da Interbrand [1], a Apple continua sendo a
marca mais valiosa do mundo em 2013 com um valor de
mercado estimado em $98,3 bi e um crescimento de 28% em
relação a 2012. O segundo lugar, e crescendo 34%, é
exatamente a Google, com valor de mercado de $93,3 bi. Se as
duas empresas crescerem o mesmo em 2014, a Google passará a
Apple como marca mais valiosa no mundo.
Então, ainda estando no ‘auge’, e com as evidências de problema
na composição de oferta de serviços e posicionamento de
preço/produto para o cliente, não seria esse o melhor momento
para Apple mudar sua estratégia e recompor seu portfolio de
oferta de serviços sem precisar abrir o iOS para o mercado?
[1] http://www.interbrand.com/en/best-global-brands/2013/Best-Global-Brands-2013.aspx
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 37
Análise de posicionamento estratégico
Windows Phone - Desafiante!
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 38
Visão geral da Microsoft
O gráfico ao lado mostra claramente o impacto da adoção massiva
de smart devices (phones e tablets) nos resultados por divisão da
Microsoft nos três últimos anos.
Note que em 2010 a renda da divisão de sistema operacional
(Windows) era superior a renda da divisão do Office e isso muda a
partir de 2011 porque as pessoas estão migrando do PC para os
smart devices, principalmente para os Androids e isso fez com que a
renda do sistema operacional Windows despencasse em torno de
25% em 3 anos. Este fato pode-se observar no quadro abaixo do
IDC que mostra um declínio nas vendas de PC entre Q1-12 e Q1-13.
Segundo previsões do IDC, essa situação tende a se agravar. Em
2015 o mercado de Tablets deve ultrapassar o de PCs, afetando a
renda e lucratividade da divisão de Windows na Microsoft, conforme
prevê o gráfico do canto inferior esquerdo do slide.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 39
Windows Phone, vai decolar?
O gráfico ao lado mostra que o lançamento do Windows 8 e
da série de tablets Surface em 2012 cobriu o declínio de
renda de sistema operacionais para PCs.
Ok, sempre que uma empresa grande que domina o
mercado de SO para PC no mundo lança um produto novo
sempre haverá uma maior procura pelo produto, normal no
mercado de tecnologia.
Mas como vimos em slides anteriores, o business de mobile
(smartphones e tablets) com Windows 8 corresponde a
apenas 3% do mercado global, amplamente dominado com
quase 80% de share da Google com o sistema operacional
Android.
Nos próximos anos podemos até acompanhar um aumento
da renda da divisão de Windows pois 60% dos desktops
das empresas ainda rodam a versão 7. A Microsoft já
anunciou que o suporte padrão do Windows 7 se encerra
em Janeiro, 2015 [1] e até lá muitas empresas ainda
dependerão do sistema operacional da Microsoft para
operação.
O que já está acontecendo no mercado de mobilidade, e
pode se extender ao mercado de PCs afetando, aí sim, os
resultados da Microsoft, é a adoção do Chrome Book, da
Google, com o sistema operacional Chrome OS, que poderá
substituir os desktops e PCs das empresas. O que dificulta
essa transição é a integração dos serviços de nuvem do
Google e do Chrome OS a sistemas legados das empresas.
Mas a longo prazo, as empresas vão adaptar seus sistemas
para atender seus clientes e contribuidores, e a Google
está melhor posicionada para ser a líder mundial também
em notebooks com Chrome OS como já é líder mundial
com o Android, que já superou o Windows.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 40
A estratégia da Microsoft para o Windows
Opinião do autor
Windows 8 (PCs – Desktops e notebooks): A Microsoft
vai trabalhar para fazer o refresh da base de Windows 7
antes de 2015, quando se encerra o suporte padrão para
o sistema operacional. Essa base corresponde ainda a
47% dos desktops no mundo. No entanto as empresas
poderão comprar o pacote de extensão do serviço de
suporte até 2020, o que obviamente custará uma
fortuna. A vantagem da Microsoft é que as grandes
empresas que não começaram a se preparar para sair do
Windows, há pelo menos 3 anos, não estarão prontas
para sair ainda em 2015. Portanto, no curto prazo a
Microsoft deve colher frutos da migração do Windows 7
para o Windows 8 por mais uns 5 anos.
Windows 8 (mobile – phone e tablets): Durante essa
“janela” de 5 anos de migração dos desktops de Windows
7 para a nova versão a Microsoft vai trabalhar e investir
dinheiro na sua plataforma de smartphones e tablets
com o Windows 8. A participação da Microsoft nesse
mercado é de apenas 3% e tanto o IDC como o Gartner
apostam que já no próximo ano (2015) o número de
Tablets deve ultrapassar o de PCs e quem domina esse
mercado é a Google com o Android.
Já está previsto, e em andamento, uma migração do
sistema operacional Windows 8 dos processadores Atom
(Intel) para ARM, como uma tentativa da Microsoft de
melhorar seu posicionamento no mercado de
smartphones e tablets.
A boa notícia para Microsoft nesse segmento é que a Apple não
tem a mesma capacidade de oferta de serviços na nuvem da
Microsoft. Resolvendo o problema de produto Hw+Sistema
operacional, e com uma oferta de serviços superior à da Apple,
eles poderão sim alcançar a maçã e tomarem o segundo lugar.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 41
A estratégia da Microsoft para a nuvem
Opinião do autor
Focada em desenvolver seus produtos e
ofertas de mobilidade, a Microsoft está
investindo no desenvolvimento de novos
produtos e serviços para nuvem para
concorrer com o Google.
O foco da Microsoft deve estar em
desenvolver e principalmente integrar suas
redes sociais: MySpace, Windows Live e a
recém criada SOCL (so.cl).
Além de investir no desenvolvimento de redes
sociais, a Microsoft comprou o Skype e lançou
o Office 365, suas ferramentas Microsoft
Office online, mas ao contrário do Google
Apps, mesmo para pessoa física o serviço da
Microsoft é pago, no entanto é muito mais
barato que comprar as licenças do produto
“on premisse”.
Investindo nos serviços em nuvem e
resolvendo o problema de posicionamento de
smart devices, eu acredito que a Microsoft
será um desafiante de peso para a Apple, mas
será muito difícil chegar no líder Google.
13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 42
A opinião do autor ?! ... Uma imagem vale mais que palavras.
???

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

"Tendências do Mercado Digital" Giresse Contini
"Tendências do Mercado Digital" Giresse Contini"Tendências do Mercado Digital" Giresse Contini
"Tendências do Mercado Digital" Giresse ContiniAcontecendo Aqui
 
MBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias Digitais
MBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias DigitaisMBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias Digitais
MBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias DigitaisCris Alessi
 
Edw latam midias sociais ago 2011
Edw latam   midias sociais  ago 2011Edw latam   midias sociais  ago 2011
Edw latam midias sociais ago 2011Sandra Turchi
 
Mobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvel
Mobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvelMobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvel
Mobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvelFernanda Corrêa
 
SPO-UDF001-20100528-Desk Research FINALv12
SPO-UDF001-20100528-Desk Research FINALv12SPO-UDF001-20100528-Desk Research FINALv12
SPO-UDF001-20100528-Desk Research FINALv12Vincent Fujiwara
 
Palestra Wellido Teles - Redes Sociais e seu Papel na Fidelização de um Cliente
Palestra Wellido Teles - Redes Sociais e seu Papel na Fidelização de um ClientePalestra Wellido Teles - Redes Sociais e seu Papel na Fidelização de um Cliente
Palestra Wellido Teles - Redes Sociais e seu Papel na Fidelização de um ClienteUNIMONTE
 
Aula Mobile Marketing - Digitalks
Aula Mobile Marketing - DigitalksAula Mobile Marketing - Digitalks
Aula Mobile Marketing - DigitalksGuilherme Franco
 
Internet ontem e hoje
Internet ontem e hojeInternet ontem e hoje
Internet ontem e hojeCris Alessi
 
As novas possibilidades no mundo mobile
As novas possibilidades no mundo mobileAs novas possibilidades no mundo mobile
As novas possibilidades no mundo mobileMarcel Cohn
 
Rioinfo redessociais 16 set 2015
Rioinfo   redessociais 16 set 2015Rioinfo   redessociais 16 set 2015
Rioinfo redessociais 16 set 2015Flávia Lefèvre
 
O fenômeno social e comercial do Twitter
O fenômeno social e comercial do TwitterO fenômeno social e comercial do Twitter
O fenômeno social e comercial do TwitterPaulo Beneton
 
Mobile Marketing: conceitos, aplicações e tendências
Mobile Marketing: conceitos, aplicações e tendênciasMobile Marketing: conceitos, aplicações e tendências
Mobile Marketing: conceitos, aplicações e tendênciasIan Castro
 
Mobile marketing: Mitos, verdades e a prática
Mobile marketing: Mitos, verdades e a práticaMobile marketing: Mitos, verdades e a prática
Mobile marketing: Mitos, verdades e a práticaMichel Lent Schwartzman
 
Estratégias de Mobile Marketing
Estratégias de Mobile Marketing Estratégias de Mobile Marketing
Estratégias de Mobile Marketing Gustavo Franco
 
Aulas Senac Imp Oficial
Aulas Senac Imp OficialAulas Senac Imp Oficial
Aulas Senac Imp Oficialguesta74cab7
 
E-commerce (Social Commerce) Infanto-Juvenil
E-commerce (Social Commerce) Infanto-JuvenilE-commerce (Social Commerce) Infanto-Juvenil
E-commerce (Social Commerce) Infanto-JuvenilKari Kotake
 
Uso de apps no Brasil
Uso de apps no BrasilUso de apps no Brasil
Uso de apps no BrasilLucas Modesto
 

Mais procurados (20)

50 fatos e estatísticas que você deve conhecer sobre Mobile Commerce
50 fatos e estatísticas que você deve conhecer sobre Mobile Commerce 50 fatos e estatísticas que você deve conhecer sobre Mobile Commerce
50 fatos e estatísticas que você deve conhecer sobre Mobile Commerce
 
"Tendências do Mercado Digital" Giresse Contini
"Tendências do Mercado Digital" Giresse Contini"Tendências do Mercado Digital" Giresse Contini
"Tendências do Mercado Digital" Giresse Contini
 
Ebook Mobile Marketing
Ebook Mobile MarketingEbook Mobile Marketing
Ebook Mobile Marketing
 
MBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias Digitais
MBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias DigitaisMBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias Digitais
MBA Mkt - Inovação e tendências em Mídias Digitais
 
Edw latam midias sociais ago 2011
Edw latam   midias sociais  ago 2011Edw latam   midias sociais  ago 2011
Edw latam midias sociais ago 2011
 
Mobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvel
Mobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvelMobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvel
Mobile Marketing: O telefone celular como nova forma de mídia móvel
 
SPO-UDF001-20100528-Desk Research FINALv12
SPO-UDF001-20100528-Desk Research FINALv12SPO-UDF001-20100528-Desk Research FINALv12
SPO-UDF001-20100528-Desk Research FINALv12
 
Palestra Wellido Teles - Redes Sociais e seu Papel na Fidelização de um Cliente
Palestra Wellido Teles - Redes Sociais e seu Papel na Fidelização de um ClientePalestra Wellido Teles - Redes Sociais e seu Papel na Fidelização de um Cliente
Palestra Wellido Teles - Redes Sociais e seu Papel na Fidelização de um Cliente
 
Aula Mobile Marketing - Digitalks
Aula Mobile Marketing - DigitalksAula Mobile Marketing - Digitalks
Aula Mobile Marketing - Digitalks
 
Internet ontem e hoje
Internet ontem e hojeInternet ontem e hoje
Internet ontem e hoje
 
As novas possibilidades no mundo mobile
As novas possibilidades no mundo mobileAs novas possibilidades no mundo mobile
As novas possibilidades no mundo mobile
 
Rioinfo redessociais 16 set 2015
Rioinfo   redessociais 16 set 2015Rioinfo   redessociais 16 set 2015
Rioinfo redessociais 16 set 2015
 
O fenômeno social e comercial do Twitter
O fenômeno social e comercial do TwitterO fenômeno social e comercial do Twitter
O fenômeno social e comercial do Twitter
 
Mobile Marketing: conceitos, aplicações e tendências
Mobile Marketing: conceitos, aplicações e tendênciasMobile Marketing: conceitos, aplicações e tendências
Mobile Marketing: conceitos, aplicações e tendências
 
Mobile marketing: Mitos, verdades e a prática
Mobile marketing: Mitos, verdades e a práticaMobile marketing: Mitos, verdades e a prática
Mobile marketing: Mitos, verdades e a prática
 
Estratégias de Mobile Marketing
Estratégias de Mobile Marketing Estratégias de Mobile Marketing
Estratégias de Mobile Marketing
 
Aulas Senac Imp Oficial
Aulas Senac Imp OficialAulas Senac Imp Oficial
Aulas Senac Imp Oficial
 
Media Kit - Seja O Melhor
Media Kit - Seja O MelhorMedia Kit - Seja O Melhor
Media Kit - Seja O Melhor
 
E-commerce (Social Commerce) Infanto-Juvenil
E-commerce (Social Commerce) Infanto-JuvenilE-commerce (Social Commerce) Infanto-Juvenil
E-commerce (Social Commerce) Infanto-Juvenil
 
Uso de apps no Brasil
Uso de apps no BrasilUso de apps no Brasil
Uso de apps no Brasil
 

Semelhante a Compare antes de comprar - Android , iPhone ou Windows 8 ?

Palestra sebrae mobile marketing
Palestra sebrae mobile marketingPalestra sebrae mobile marketing
Palestra sebrae mobile marketingparsecdigital
 
Como o mercado de apps pode ajudar sua empresa
Como o mercado de apps pode ajudar sua empresaComo o mercado de apps pode ajudar sua empresa
Como o mercado de apps pode ajudar sua empresaAlex Ivonika
 
Como o mercado de apps pode ajudar sua empresa
Como o mercado de apps pode ajudar sua empresaComo o mercado de apps pode ajudar sua empresa
Como o mercado de apps pode ajudar sua empresaSocial Web Day
 
Mobile e Publicidade
Mobile e PublicidadeMobile e Publicidade
Mobile e PublicidadeBruno Moura
 
Web Design Responsivo: Soluções para múltiplos dispositivos
Web Design Responsivo: Soluções para múltiplos dispositivosWeb Design Responsivo: Soluções para múltiplos dispositivos
Web Design Responsivo: Soluções para múltiplos dispositivosJoão Rafael
 
Revolução digital - O que é tendência e o que já se tornou realidade no novo ...
Revolução digital - O que é tendência e o que já se tornou realidade no novo ...Revolução digital - O que é tendência e o que já se tornou realidade no novo ...
Revolução digital - O que é tendência e o que já se tornou realidade no novo ...Alinne Fernandes
 
Mobile Marketing Intercon 2009
Mobile Marketing Intercon 2009Mobile Marketing Intercon 2009
Mobile Marketing Intercon 2009Fabiano Coura
 
8 Tendências do Mobile Marketing no Brasil
8 Tendências do Mobile Marketing no Brasil8 Tendências do Mobile Marketing no Brasil
8 Tendências do Mobile Marketing no BrasilDennis Altermann
 
Conferência E-Commerce Brasil RIO 2016 - Mobile: onde estamos e como podemos ...
Conferência E-Commerce Brasil RIO 2016 - Mobile: onde estamos e como podemos ...Conferência E-Commerce Brasil RIO 2016 - Mobile: onde estamos e como podemos ...
Conferência E-Commerce Brasil RIO 2016 - Mobile: onde estamos e como podemos ...E-Commerce Brasil
 
Digitalizarpreciso 090914224914 Phpapp02
Digitalizarpreciso 090914224914 Phpapp02Digitalizarpreciso 090914224914 Phpapp02
Digitalizarpreciso 090914224914 Phpapp02Camila Leite
 
Criando aplicativos-para-dispositivos-moveis
Criando aplicativos-para-dispositivos-moveisCriando aplicativos-para-dispositivos-moveis
Criando aplicativos-para-dispositivos-moveisklaibert
 
Inovação e mobile government
Inovação e mobile governmentInovação e mobile government
Inovação e mobile governmentJose Claudio Terra
 
Panorama_APPS-JUN2021_FINAL.pdf
Panorama_APPS-JUN2021_FINAL.pdfPanorama_APPS-JUN2021_FINAL.pdf
Panorama_APPS-JUN2021_FINAL.pdfJoana Sousa
 
Jovens Brasileiros e o Mundo Mobile
Jovens Brasileiros e o Mundo MobileJovens Brasileiros e o Mundo Mobile
Jovens Brasileiros e o Mundo MobileElife Brasil
 
Big Data- 25/07/2017 - TI IASP
Big Data- 25/07/2017 - TI IASPBig Data- 25/07/2017 - TI IASP
Big Data- 25/07/2017 - TI IASPrcdbarros
 

Semelhante a Compare antes de comprar - Android , iPhone ou Windows 8 ? (20)

Palestra sebrae mobile marketing
Palestra sebrae mobile marketingPalestra sebrae mobile marketing
Palestra sebrae mobile marketing
 
Como o mercado de apps pode ajudar sua empresa
Como o mercado de apps pode ajudar sua empresaComo o mercado de apps pode ajudar sua empresa
Como o mercado de apps pode ajudar sua empresa
 
Como o mercado de apps pode ajudar sua empresa
Como o mercado de apps pode ajudar sua empresaComo o mercado de apps pode ajudar sua empresa
Como o mercado de apps pode ajudar sua empresa
 
Mobile e Publicidade
Mobile e PublicidadeMobile e Publicidade
Mobile e Publicidade
 
E tendências
E tendênciasE tendências
E tendências
 
Web Design Responsivo: Soluções para múltiplos dispositivos
Web Design Responsivo: Soluções para múltiplos dispositivosWeb Design Responsivo: Soluções para múltiplos dispositivos
Web Design Responsivo: Soluções para múltiplos dispositivos
 
Mobile commerce
Mobile commerceMobile commerce
Mobile commerce
 
Revolução digital - O que é tendência e o que já se tornou realidade no novo ...
Revolução digital - O que é tendência e o que já se tornou realidade no novo ...Revolução digital - O que é tendência e o que já se tornou realidade no novo ...
Revolução digital - O que é tendência e o que já se tornou realidade no novo ...
 
Mobile Marketing Intercon 2009
Mobile Marketing Intercon 2009Mobile Marketing Intercon 2009
Mobile Marketing Intercon 2009
 
Comportamento Mobile
Comportamento MobileComportamento Mobile
Comportamento Mobile
 
8 Tendências do Mobile Marketing no Brasil
8 Tendências do Mobile Marketing no Brasil8 Tendências do Mobile Marketing no Brasil
8 Tendências do Mobile Marketing no Brasil
 
Conferência E-Commerce Brasil RIO 2016 - Mobile: onde estamos e como podemos ...
Conferência E-Commerce Brasil RIO 2016 - Mobile: onde estamos e como podemos ...Conferência E-Commerce Brasil RIO 2016 - Mobile: onde estamos e como podemos ...
Conferência E-Commerce Brasil RIO 2016 - Mobile: onde estamos e como podemos ...
 
Digitalizarpreciso 090914224914 Phpapp02
Digitalizarpreciso 090914224914 Phpapp02Digitalizarpreciso 090914224914 Phpapp02
Digitalizarpreciso 090914224914 Phpapp02
 
APP/API e Mobile: o que usar e quando
APP/API e Mobile: o que usar e quandoAPP/API e Mobile: o que usar e quando
APP/API e Mobile: o que usar e quando
 
E book mma_por_v2
E book mma_por_v2E book mma_por_v2
E book mma_por_v2
 
Criando aplicativos-para-dispositivos-moveis
Criando aplicativos-para-dispositivos-moveisCriando aplicativos-para-dispositivos-moveis
Criando aplicativos-para-dispositivos-moveis
 
Inovação e mobile government
Inovação e mobile governmentInovação e mobile government
Inovação e mobile government
 
Panorama_APPS-JUN2021_FINAL.pdf
Panorama_APPS-JUN2021_FINAL.pdfPanorama_APPS-JUN2021_FINAL.pdf
Panorama_APPS-JUN2021_FINAL.pdf
 
Jovens Brasileiros e o Mundo Mobile
Jovens Brasileiros e o Mundo MobileJovens Brasileiros e o Mundo Mobile
Jovens Brasileiros e o Mundo Mobile
 
Big Data- 25/07/2017 - TI IASP
Big Data- 25/07/2017 - TI IASPBig Data- 25/07/2017 - TI IASP
Big Data- 25/07/2017 - TI IASP
 

Mais de Leonardo Couto

Detecção e Prevenção a Fraude usando Análise de Dados
Detecção e Prevenção a Fraude usando Análise de DadosDetecção e Prevenção a Fraude usando Análise de Dados
Detecção e Prevenção a Fraude usando Análise de DadosLeonardo Couto
 
Wiseminer Data Preparation & Analytics
Wiseminer Data Preparation & AnalyticsWiseminer Data Preparation & Analytics
Wiseminer Data Preparation & AnalyticsLeonardo Couto
 
Destrave o poder do conhecimento através dos dados com Wiseminer
Destrave o poder do conhecimento através dos dados com WiseminerDestrave o poder do conhecimento através dos dados com Wiseminer
Destrave o poder do conhecimento através dos dados com WiseminerLeonardo Couto
 
Wiseminer Data Preparation & Smart Analytics - 2016 02
Wiseminer Data Preparation & Smart Analytics - 2016 02Wiseminer Data Preparation & Smart Analytics - 2016 02
Wiseminer Data Preparation & Smart Analytics - 2016 02Leonardo Couto
 
Wiseminer: Data Blending & Data Preparation
Wiseminer: Data Blending & Data PreparationWiseminer: Data Blending & Data Preparation
Wiseminer: Data Blending & Data PreparationLeonardo Couto
 
Wiseminer: Caso de sucesso em detecção, investigação e prevenção à fraude
Wiseminer: Caso de sucesso em detecção, investigação e prevenção à fraudeWiseminer: Caso de sucesso em detecção, investigação e prevenção à fraude
Wiseminer: Caso de sucesso em detecção, investigação e prevenção à fraudeLeonardo Couto
 
Wiseminer Workbench Data Sheet, 2016 v2
Wiseminer Workbench Data Sheet, 2016 v2Wiseminer Workbench Data Sheet, 2016 v2
Wiseminer Workbench Data Sheet, 2016 v2Leonardo Couto
 
Wiseminer Data Blending, Data Preparation & Analytics
Wiseminer Data Blending, Data Preparation & AnalyticsWiseminer Data Blending, Data Preparation & Analytics
Wiseminer Data Blending, Data Preparation & AnalyticsLeonardo Couto
 
Wiseminer Self-Service Data Analytics
Wiseminer Self-Service Data AnalyticsWiseminer Self-Service Data Analytics
Wiseminer Self-Service Data AnalyticsLeonardo Couto
 
Apresentação Wiseminer Analytics
Apresentação Wiseminer AnalyticsApresentação Wiseminer Analytics
Apresentação Wiseminer AnalyticsLeonardo Couto
 
Monitorando Eventos em Redes Sociais na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014
Monitorando Eventos em Redes Sociais na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014Monitorando Eventos em Redes Sociais na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014
Monitorando Eventos em Redes Sociais na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014Leonardo Couto
 
Make Smarter Decisions with WISEMINER
Make Smarter Decisions with WISEMINERMake Smarter Decisions with WISEMINER
Make Smarter Decisions with WISEMINERLeonardo Couto
 
Tome Decisões + Inteligentes!
Tome Decisões + Inteligentes!Tome Decisões + Inteligentes!
Tome Decisões + Inteligentes!Leonardo Couto
 
Sistema de inteligência de dados para automação de processos de auditoria e c...
Sistema de inteligência de dados para automação de processos de auditoria e c...Sistema de inteligência de dados para automação de processos de auditoria e c...
Sistema de inteligência de dados para automação de processos de auditoria e c...Leonardo Couto
 
Wiseminer data intelligence 2015 01
Wiseminer data intelligence 2015 01Wiseminer data intelligence 2015 01
Wiseminer data intelligence 2015 01Leonardo Couto
 
Alavancando a eficiência operacional na exploração e produção de óleo e gás a...
Alavancando a eficiência operacional na exploração e produção de óleo e gás a...Alavancando a eficiência operacional na exploração e produção de óleo e gás a...
Alavancando a eficiência operacional na exploração e produção de óleo e gás a...Leonardo Couto
 
Tecnologia analítica para a indústria de crédito e cobrança
Tecnologia analítica para a indústria de crédito e cobrançaTecnologia analítica para a indústria de crédito e cobrança
Tecnologia analítica para a indústria de crédito e cobrançaLeonardo Couto
 
Transforme Dados em Vantagem Competitiva
Transforme Dados em Vantagem CompetitivaTransforme Dados em Vantagem Competitiva
Transforme Dados em Vantagem CompetitivaLeonardo Couto
 
Wiseminer - Caso de Sucesso na Detecção e Prevenção à Fraude em Telefonia
Wiseminer - Caso de Sucesso na Detecção e Prevenção à Fraude em TelefoniaWiseminer - Caso de Sucesso na Detecção e Prevenção à Fraude em Telefonia
Wiseminer - Caso de Sucesso na Detecção e Prevenção à Fraude em TelefoniaLeonardo Couto
 
Wiseminer - Tecnologia analítica avançada monitorando eventos em redes sociais
Wiseminer  - Tecnologia analítica avançada monitorando eventos em redes sociaisWiseminer  - Tecnologia analítica avançada monitorando eventos em redes sociais
Wiseminer - Tecnologia analítica avançada monitorando eventos em redes sociaisLeonardo Couto
 

Mais de Leonardo Couto (20)

Detecção e Prevenção a Fraude usando Análise de Dados
Detecção e Prevenção a Fraude usando Análise de DadosDetecção e Prevenção a Fraude usando Análise de Dados
Detecção e Prevenção a Fraude usando Análise de Dados
 
Wiseminer Data Preparation & Analytics
Wiseminer Data Preparation & AnalyticsWiseminer Data Preparation & Analytics
Wiseminer Data Preparation & Analytics
 
Destrave o poder do conhecimento através dos dados com Wiseminer
Destrave o poder do conhecimento através dos dados com WiseminerDestrave o poder do conhecimento através dos dados com Wiseminer
Destrave o poder do conhecimento através dos dados com Wiseminer
 
Wiseminer Data Preparation & Smart Analytics - 2016 02
Wiseminer Data Preparation & Smart Analytics - 2016 02Wiseminer Data Preparation & Smart Analytics - 2016 02
Wiseminer Data Preparation & Smart Analytics - 2016 02
 
Wiseminer: Data Blending & Data Preparation
Wiseminer: Data Blending & Data PreparationWiseminer: Data Blending & Data Preparation
Wiseminer: Data Blending & Data Preparation
 
Wiseminer: Caso de sucesso em detecção, investigação e prevenção à fraude
Wiseminer: Caso de sucesso em detecção, investigação e prevenção à fraudeWiseminer: Caso de sucesso em detecção, investigação e prevenção à fraude
Wiseminer: Caso de sucesso em detecção, investigação e prevenção à fraude
 
Wiseminer Workbench Data Sheet, 2016 v2
Wiseminer Workbench Data Sheet, 2016 v2Wiseminer Workbench Data Sheet, 2016 v2
Wiseminer Workbench Data Sheet, 2016 v2
 
Wiseminer Data Blending, Data Preparation & Analytics
Wiseminer Data Blending, Data Preparation & AnalyticsWiseminer Data Blending, Data Preparation & Analytics
Wiseminer Data Blending, Data Preparation & Analytics
 
Wiseminer Self-Service Data Analytics
Wiseminer Self-Service Data AnalyticsWiseminer Self-Service Data Analytics
Wiseminer Self-Service Data Analytics
 
Apresentação Wiseminer Analytics
Apresentação Wiseminer AnalyticsApresentação Wiseminer Analytics
Apresentação Wiseminer Analytics
 
Monitorando Eventos em Redes Sociais na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014
Monitorando Eventos em Redes Sociais na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014Monitorando Eventos em Redes Sociais na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014
Monitorando Eventos em Redes Sociais na Copa do Mundo FIFA Brasil 2014
 
Make Smarter Decisions with WISEMINER
Make Smarter Decisions with WISEMINERMake Smarter Decisions with WISEMINER
Make Smarter Decisions with WISEMINER
 
Tome Decisões + Inteligentes!
Tome Decisões + Inteligentes!Tome Decisões + Inteligentes!
Tome Decisões + Inteligentes!
 
Sistema de inteligência de dados para automação de processos de auditoria e c...
Sistema de inteligência de dados para automação de processos de auditoria e c...Sistema de inteligência de dados para automação de processos de auditoria e c...
Sistema de inteligência de dados para automação de processos de auditoria e c...
 
Wiseminer data intelligence 2015 01
Wiseminer data intelligence 2015 01Wiseminer data intelligence 2015 01
Wiseminer data intelligence 2015 01
 
Alavancando a eficiência operacional na exploração e produção de óleo e gás a...
Alavancando a eficiência operacional na exploração e produção de óleo e gás a...Alavancando a eficiência operacional na exploração e produção de óleo e gás a...
Alavancando a eficiência operacional na exploração e produção de óleo e gás a...
 
Tecnologia analítica para a indústria de crédito e cobrança
Tecnologia analítica para a indústria de crédito e cobrançaTecnologia analítica para a indústria de crédito e cobrança
Tecnologia analítica para a indústria de crédito e cobrança
 
Transforme Dados em Vantagem Competitiva
Transforme Dados em Vantagem CompetitivaTransforme Dados em Vantagem Competitiva
Transforme Dados em Vantagem Competitiva
 
Wiseminer - Caso de Sucesso na Detecção e Prevenção à Fraude em Telefonia
Wiseminer - Caso de Sucesso na Detecção e Prevenção à Fraude em TelefoniaWiseminer - Caso de Sucesso na Detecção e Prevenção à Fraude em Telefonia
Wiseminer - Caso de Sucesso na Detecção e Prevenção à Fraude em Telefonia
 
Wiseminer - Tecnologia analítica avançada monitorando eventos em redes sociais
Wiseminer  - Tecnologia analítica avançada monitorando eventos em redes sociaisWiseminer  - Tecnologia analítica avançada monitorando eventos em redes sociais
Wiseminer - Tecnologia analítica avançada monitorando eventos em redes sociais
 

Compare antes de comprar - Android , iPhone ou Windows 8 ?

  • 1. Decidi comprar um smartphone ou um tablet, qual eu escolho? Uma visão tecnológica, comercial e comportamental, do mercado de smart devices e redes sociais no Brasil e no mundo L.G. Couto http://besteilog.blogspot.com.br/
  • 2. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 2 Disclaimer As informações expressadas neste blog são pessoais e não refletem de forma alguma àquelas do meu empregador. Todo o conteúdo aqui publicado é oferecido “AS-IS”, sem nenhuma garantia ou direitos, e baseado no direito da livre expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença, conforme Art. 5, inc. IX da CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL de 1988. “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;” Leonardo Couto, Criador e autor do Besteilog!!!
  • 3. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 3 Porque decidi fazer este estudo? O principal motivo é que eu gosto de tecnologia, seja hardware, mobilidade e redes sociais, mas o segundo, e principal motivo, é que sou pai de uma menina de 6 anos que já nasceu na era dos gadgets, smart devices, touch screen, smartphones, tablets ... O mundo desconectado, para ela, nunca existiu. Para Pais que estão avaliando dar um Smartphone ou Tablet para seus filhos LEIAM a parte de controle de conteúdo desse estudo. Então resolvi criar este estudo com o objetivo de orientar novos usuários e pais que estão no momento de decidir pela compra de um smart device, seja um smartphone, ou tablet, e não sabem qual aparelho, sistema operacional, como controlar conteúdo e qual operadora escolher. Em primeiro lugar, você deve se fazer algumas perguntas. Por que eu tomei a decisão de comprar um smart device para mim ou para meu filho? - Porque está na moda; - Ah eu preciso de acesso nas redes sociais para falar com os amigos(as); - Para melhorar a pegada na noitada ou balada (para os paulistas!); - Porque a Gabi Estrella só fala “hashtag” nisso; - Para tirar fotos selfie no espelho e ficar postando no Facebook; e - Para instalar o Lulu, o Tinder e jogar Candy Crush; - Por que preciso ter acesso a ferramentas de comunição social (email, messengers, redes sociais) que vão ajudar a aumentar meu networking pessoal e profissional; - As ferramentas de browsing, pesquisa, redes sociais e produtividade vão melhorar meu desempenho nos estudos e no meu trabalho; - Ou simplesmente, porque preciso de um telefone para falar – só isso! Ok, um smartphone serve para tudo isso, realmente, seja o objetivo relevante ou não. Mas eu não pretendo questionar a motivação pessoal de cada um. Mas então eu realmente decidi comprar um smartphone, qual eu devo escolher? Procurei analisar todos os aspectos tecnológicos e comportamentais para ajudar você a tomar essa decisão.
  • 5. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 5 O grande boom de smart devices e apps http://mobithinking.com/mobile-marketing-tools/latest-mobile-stats/e Segundo pesquisa da Portio Research, em março de 2013, aproximadamente 1.2 bilhões de pessoas no mundo usavam aplicações móveis em smartphones, tablets e etc. Ainda segundo a pesquisa, há uma previsão de crescimento de 29.8% ao ano, o que poderá elevar esse número a 4.4 bilhões no final de 2017. Importante notar que os números da pesquisa da Portio Research não significa, necessariamente, que existam 1.2 bilhões de usuários de smartphones e tablets no mundo, pois uma mesma pessoa pode ter mais de um dispositivo móvel acessando as mesmas aplicações em dois aparelhos, o que distorceria este número. No entanto, o gráfico da Wikibon (abaixo), corrobora que existam hoje realmente em torno de 1.2 bi de “smart devices” no mundo. Segundo o Wikibon, com dados obtidos do IDC e Gartner, em 2017 o número de “smart devices” fabricados deve chegar a pouco mais de 2 bilhões no mundo, um número significativamente divergente dos 4.4 bilhões de usuários de apps apontado pela Portio Research. A divergência entre os números divulgados pela Portio Research e pelo Wikibon, pode estar no fato de que em 2012, segundo um estudo do ITU (International Telecommunication Union) divulgado em Fevereiro de 2013, havia um total de 6.8 bilhões de linhas ativas de telefonia celular. A Ericsson (Junho 2013) acredita que a penetração de mercado de telefonia celular atingiu 90% no primeiro trimestre de 2013 e que o total de linhas ativas seria de 6.4 bilhões. No entanto o número de usuários, e não de linhas ativas, estaria em torno de 4.5 bilhões já que muitos usuários tem mais de uma linha ativa em mais de um device ou aparelhos dual-chip. A Portio Research pode ter baseado o resultado de sua pesquisa no fato que, usuários de celulares “non-smart”, no mundo vão migrar para os smartphones e isso realmente poderia justificar o ‘boom’ de usuários de aplicações, mais do que triplicando o número de usuários atuais em apenas 3 anos.
  • 6. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 6 Apps boom – por região Ainda segundo a pesquisa da Portio Research, o mercado que mais cresce em número de usuários de aplicações é a Asia. Em 2012 esta região correspondeu a 30% dos 1.2 bilhões de usuários apurados pela empresa, e a previsão para 2017 um crescimento de 17 pontos percentuais, chegando a representar praticamente metade de todos os usuários globais. Os números apurados pela Portio não são exagerados se você imaginar, por exemplo, a abertura do mercado na China para as webstores da Google, Apple e Microsoft. Atualmente esses sites e os serviços em nuvem dessas empresas são bloqueados, ao menos oficialmente, e para acessá-los o usuário deve mascarar o IP como se estivesse acessando o site por outro país e isso restringe significativamente o aumento de usuários de mobile apps. Isso tudo pode mudar com a venda da Motorola para Lenovo, talvez tenha sido este o “pedágio” do Governo para “abrir” o mercado. O gráfico à direita, mostra a média de aplicações baixadas por usuários nos 10 países com o maior número de aplicações por smartphone e a quantidade de aplicações grátis e pagas. De cara me chamou a atenção dois países asiáticos, Coréia do Sul e Japão. Na Coréia apenas 6,7% das aplicações baixadas são pagas, no entanto é o país que está no topo do ranking com uma média de 40 aplicações por smartphone (eu não devo ter mais que 15 no meu!!!). No Japão, apesar do número médio de aplicações por aparelho ser similar ao da Coréia, nota-se uma grande diferença entre aplicações grátis e pagas, é praticamente 50/50. O motivo? Realmente não sei explicar, talvez seja cultural, ou simplesmente regulatória. Se considerarmos a média global de 26 aplicações por smartphone, e cruzarmos com a projeção do Wikibon de aproximadamente 2,7 bilhões de smartdevices em 2022, chegaremos ao absurdo número de mais de 71 milhões de aplicações baixadas.
  • 7. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 7 Google – ecossistema de smart devices e apps LojaLoja Google+Google+ HangoutsHangouts GoogleGoogle EarthEarth PanoramioPanoramio GroupsGroups GoggleGoggle AcadêmicoAcadêmico PicasaPicasa ChromeChrome Mobile & Social LojaLoja Google+Google+ HangoutsHangouts GoogleGoogle EarthEarth PanoramioPanoramio GroupsGroups GoggleGoggle AcadêmicoAcadêmico PicasaPicasa ChromeChrome AndroidAndroid Mobile & Social QuickQuick OfficeOffice CloudCloud PrintingPrinting Business QuickQuick OfficeOffice CloudCloud PrintingPrinting BusinessHardware/SO Mais de 1.1 milhão de aplicações disponíveis para download na Play Store em 14/03/2014 (Link) Chrome OSChrome OSChrome OSChrome OS AndroidAndroid
  • 8. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 8 Apple – ecossistema de smart devices e apps Mobile & SocialMobile & SocialBusinessBusinessHardware/SO Mais de 1.1 milhão de aplicações disponíveis para download na Apple Store @ 15/04/2014 (Link)
  • 9. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 9 Microsoft – ecossistema de smart devices e apps Mobile & SocialBusiness People HubPeople Hub Mais de 135 mil aplicações de terceiros disponível na Windows Phone Store @15/04/2014 (Link) Hardware/SO RoomsRooms Me-CardMe-Card Tap+SendTap+Send SkypeSkype MessagingMessaging E-MailE-Mail Photos HubPhotos Hub HD VideoHD Video The StoreThe Store Games HubGames Hub Xbox MusicXbox Music XboxXbox SmartGlassSmartGlass IE 10IE 10 Bing SearchBing Search Bing MusicBing Music Bing VisionBing Vision Local ScoutLocal Scout MapsMaps Office HubOffice Hub One NoteOne Note OutlookOutlook SharePointSharePoint SkyDriveSkyDrive YammerYammer SkyDriveSkyDrive Office 365Office 365 SecuritySecurity ManagementManagement LOBLOB AppsApps WalletWallet EasyEasy TransferTransfer Data SenseData Sense Find MyFind My PhonePhone BackupBackup SOCLSOCL
  • 10. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 10 Aplicações disponíveis por plataforma de S.O Total Apps 1.171.196 % 1.145.591 % 135.868 % 2.452.655 Free 958.217 82% 734.782 64% 93.749 69% 1.786.748 Paid 212.980 18% 410.809 36% 42.119 31% 665.908 Apps Categoria Games 122.075 10% 201.007 18% 16.304 12% 339.386 Others 192.896 16% 50.390 4% 1.359 1% 244.645 Tools & Productivity 102.881 9% 97.729 9% 17.663 13% 218.273 Entertainment 104.568 9% 87.766 8% 23.098 17% 215.432 Lifestyle 86.951 7% 112.156 10% 8.152 6% 207.259 Education 80.497 7% 117.294 10% 8.152 6% 205.943 Books & Ref 78.202 7% 89.341 8% 14.945 11% 182.488 Business 64.020 5% 88.240 8% 4.076 3% 156.336 Travel & Navigation 70.619 6% 69.515 6% 8.152 6% 148.286 Music & Video 74.922 6% 37.673 3% 2.717 2% 115.312 Health & Fitness 47.847 4% 54.050 5% 8.152 6% 110.049 News & Weather 45.640 4% 32.551 3% 8.152 6% 86.343 Sports 32.905 3% 31.466 3% 5.435 4% 69.806 Finance 25.991 2% 26.326 2% 2.717 2% 55.034 Social 25.830 2% 21.183 2% 4.076 3% 51.089 Photography 15.352 1% 28.904 3% 2.717 2% 46.973 THE BIG 3Google Android Apple iOS MS Windows 8
  • 11. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 11 Análise quantitativa e qualitativa de apps para Android http://www.appbrain.com/stats/number-of-android-apps O site AppBrain.com dá uma visão geral online e realtime da evolução do quantidade e da qualidadede de aplicações desenvolvidas para o sistema operacional mobile da Google, o Android. Em 13/03/2014 Os gráficos abaixo mostram a análise quantitativa e qualitativa das aplicações desenvolvidas para Android disponíveis para download na Play Store (loja online de apps para Android). O Google classifica como de baixa qualidade 21% das aplicações (~245 milhões) disponíveis na Play Store, esses números dão uma ideia do potencial, e também do exagero, de aplicações disponíveis. Em média um usuário global de Smartphone baixa em torno de 26 aplicações, sendo 79% dessas aplicações de uso grátis. Interessante notar no gráfico acima que o comportamento mensal do lançamento das aplicações na Play Store se equivale ao comportamento do comércio de varejo, atingindo seu pico em dezembro e desacelerando nos meses seguintes. Claro, aproveitando que no mês de dezembro aumenta a demanda global pela procura de smart devices. No gráfico acima observamos um crescimento de 76%, em torno de 506 novas aplicações disponíveis na Play Store em apenas 10 meses. Esse número dá uma média de 50 aplicações novas por mês entre abril/2013 e janeiro/2014, e o percentual da qualidade das aplicações é praticamente linear ao crescimento.
  • 12. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 12 Análise quantitativa de apps para iOS O site 148apps.biz/app-store-metrics/ dá uma visão geral da evolução do quantidade e do tipo de aplicações desenvolvidas para o sistema operacional iOS na Apple Store nos EUA. Em 13/03/2014 Current number of iOS apps in the US market: 1134183 Percentage of Apps: 82% Percentage of Games: 18%
  • 13. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 13 Análise quantitativa de apps para Windows Phone O site wp7applist.com/stats/ dá uma visão geral da evolução do quantidade e do tipo de aplicações desenvolvidas para o sistema operacional Windows 8 na Windows Store nos EUA. Em 13/03/2014 Current number of iOS apps in the US market: 135868 Percentage of Apps: 82% Percentage of Games: 18% Os gráficos mostram que há uma diferença enorme de quantidade de aplicações disponíveis na Windows Store. Mas a pergunta que você deve se fazer é : Se a média mundial é de 26 aplicações por smartphone, para que eu preciso de 1 milhão de opções? Então, no caso da Microsoft, você deve analisar se eles dispõe de todos os aplicativos que você deseja, ou precisa ter, no seu smartphone. O ponto negativo é que novidades provavelmente aparecerão primeiro em Android e iOS, porque há muito mais desenvolvedores nessas plataformas do que em Windows 8, então se você escolher pelo smartphone da Microsoft, fique atento a isso.
  • 14. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 14 Mercado mundial por Sistema Operacional O quadro ao lado [1] mostra a evolução da participação de mercado, por sistema operacional de smartphones, de 2009 a 2013. Repare que a participação do iOS (Apple) fica praticamente linear em 5 anos, enquanto o Android (Google) ganha o mercado de Symbian (Nokia), da RIM (Blackberry), e principalmente de novos clientes. Os outros dois charts, confirmam o crescimento vertiginoso de aparelhos com sistema operacional Android. O chart [2] mostra que, além do crescimento de quase 10 pontos do Android de 2012-2013, a Apple (iOS) perdeu 3.5 pontos no mesmo período, enquanto a Microsoft ganhou 1 ponto. Ou seja, dos três grandes, que disputam o mercado mundial, nos últimos 3 anos, apenas a Apple (iOS) está perdendo participação de mercado, mesmo o mercado crescendo em todo mundo. Está perdendo clientes velhos e novos. 2 1 3 O chart [3], sobre o mercado de tablets, também é desfavorável à Apple. Enquanto os aparelhos com Android mais que dobraram em 1 ano, a Apple cresceu 14.5% e a Microsoft cresceu 233%, embora o número absoluto de tablets com Windows 8 ainda seja muito pequeno perto dos dois líderes. Com nenhum lançamento significativo previsto para 2014, a Apple deve ter problemas de novo este ano, perdendo clientes para Android e Windows 8 a medida que o mercado vai chegando ao seu limite de oferta/demanda de tablets.
  • 16. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 16 Conclusão do autor a respeito de aplicações  Em termos quantitativos os sistemas operacionais da Google (Android) e da Apple (iOS) levam enorme vantagem sobre a Microsoft (Windows 8), no entanto, você deve analisar se as três plataformas tem as aplicações que você deseja e/ou precisa ter no seu smartphone, mas lembre-se ... novidades e atualizações vão sair primeiro para Android e iOS, exceto se a aplicação for da própria Microsoft;  Em termos de serviços na nuvem eu acho que a Google (Android) tem uma larga vantagem sobre os dois concorrentes, principalmente contra a Apple (iOS). Praticamente todas as aplicações essenciais em um smartphone (telefonia, mensageria, redes sociais, ferramentas office, armazenamento em rede, navegação, pesquisa, browsing, calendário, música e etc) são aplicativos desenvolvidos pela própria Google e não tem nenhum custo adicional e são totalmente integradas. Nesse quesito a Microsoft está seguindo o líder (Google) e as aplicações são desenvolvidas pela própria Microsoft e de fácil integração com PCs. O ponto fraco da Microsoft está no sistema operacional do telefone e na cobrança de serviços que o Google oferece de graça. A Apple tem ótimos aplicativos e a melhor integração entre app e hardware, pois o hardware é proprietário. No entanto, o iPhone é totalmente dependente de aplicativos de terceiros para se tornar um smartphone útil e compelto. O foco da Apple ainda está no hardware, responsável por +68% da lucratividade da empresa, mas vou demonstrar mais a frente que corre sério risco e precisa repensar sua estratégia em aplicações;  Se você já é um usuário fiel à Apple (tem um outro hardware em casa – Mac Mini, Mac Pro, Mac Air, iPad), ou a maioria das pessoas da sua casa tem aparelhos da Apple, a integração será uma vantagem para você, sem dúvida. Nesse caso é recomendável optar por um iPhone. No entanto, eu tenho um Mac Mini, que utilizo como “entertainment center” ligado na TV da sala, e uso a cloud do Google sem problemas. A interoperabilidade é ótima e nunca tive problemas (detesto iTunes!);  Se você não é um usuário Apple, não tem um iPad ou qualquer outro produto da Apple em casa - ou mesmo que tenha saiba que se integra perfeitamente com os serviços da Google – escolha o aparelho que melhor atenda suas necessidades;  Minha recomendação é , “siga o líder”, a Google (Android). Em termos de aplicativos eles estão à frente e a interoperabilidade dos serviços da nuvem com Mac e Windows é excelente, é aberto, eficiente e a Google dispõe da maior quantidade de aplicativos free e de boa qualidade. Outros quesitos que demonstrarei mais a frente dão mais suporte à minha recomendação.
  • 18. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 18 Vou comprar um smartphone para meu filho(a) ... Em primeiro lugar: “O seu filho, de 10 ou mais anos, realmente precisa de um smartphone?” - Se você decidiu comprar um smartphone porque ele, ou ela, não para de pedir, reclamar e fazer pirraça porque “fulaninho” da escola tem e ele(a) não ... pare e converse com seu filho, esta não é a melhor decisão para ele; - Se o seu filho quer um smartphone para joguinhos, compre um video-game portátil; - Agora, se você precisa estar realmente em contato com o seu filho, para se comunicar sobre horários de atividades, saída da escola, inglês, natação e etc. E você acredita que ele tem maturidade suficiente para usar o smartphone de forma racional, sem acessar conteúdos inapropriados ... pare e pense duas vezes, depois de ler o próximo slide; Um smartphone não é um simples telefone, ou um video game portátil da década de 80 e 90. O smartphone é uma poderosa ferramenta de comunicação e relacionamento social, com fácil e rápido acesso a informação de qualquer gênero, em qualquer lugar e a qualquer hora. Para os pais que já tomaram a decisão de comprar um smartphone, ou um tablet, para seu filho. A primeira coisa a fazer é estabelecer com ele regras e horários de uso que devem ser cumpridas, sempre. E principalmente, deixar claro que o aparelho é SEU e que você está emprestando para ele usar, isso faz muita diferença, acredite. Sobre as regras: - Primeira regra: Jamais dê a senha de acesso para download de aplicações nas app stores, e nunca clique no checkbox de “lembrar da senha” quando você for baixar algum aplicativo e não deixe ele fazer sozinho; - Segunda regra: Levar para escola, nem pensar !!! - Terceira regra: Instalem no aparelho um software de controle de conteúdo. Não é complicado, mesmo para os mais leigos, ainda assim, será difícil manter 100% o controle porque sempre terá o amiguinho da escola que saberá como desbloquear, ou desinstalar o software. Por isso você deve combinar com seu filho que irá verificar o aparelho com frequência, afinal o aparelho é SEU, e não dele.
  • 19. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 19 A geração smartphone, conectada e exposta ! https://www.lookout.com/resources/reports/smartphone-family-guide Lookout Mobile Security and Harris Interactive Survey, 2012 Pew Research Center’s Internet and American Life Project, Teen Survey April-May, 2011 National Consumers League pre-teen mobile usage survey, July 2012 IDADE QUE OS PAIS ACHAM MAIS APROPRIADA PARA OS SEUS FILHOS TEREM SEU PRIMEIRO SMARTPHONE 22% 14% 14% 10 anos 13 anos 16 anos 77% 56% 63% 75% 28% COMO OS ADOLESCENTES AMERICANOS USAM O SMARTPHONE Dos jovens entre 12 e 17 anos tem um smartphone Dos pais de crianças de 8 a 12 anos dizem que seus filhos tem um smartphone Dos jovens afirmam que trocaram mensagens todos os dias. Menos de 1% disse que envia mensagens menos de uma vez por semana Dos jovens que dirigem admitem usar o smartphone para enviar mensagens enquanto dirigem Dos jovens confessaram enviar imagens inapropriadas através do smartphone A pesquisa, cujo resultados apresento acima, foi realizada nos EUA e aponto abaixo as fontes. Acredito que pela influência da cultura americana na sociedade brasileira, os percentuais não sejam tão diferentes no Brasil, exceto pelos jovens que dirigem enviando textos pois em alguns estados nos EUA jovens com 16 anos já podem ter licença para dirigir. O que chama atenção é : 1) o percentual de 77% de jovens de 12-17 anos que possuem um smartphone e; 2) o percentual de 56% de pais de crianças de 8-12 anos que dizem que os filhos tem um smartphone.
  • 20. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 20 Top 5 - softwares de controle de conteúdo Essencial para os Pais !!! MMGuardian is a parental control app that allows parents to locate their kid's phone, monitor text activity, and set various use restrictions. The free level allows parents to send an SMS to locate or lock their child's phone, or have it emit a siren alarm. Enhanced features for subscribers allow for time limits (such as locking during school time), call blocking, text monitoring, as well as app controls. MMGuardian doesn't include Internet filters. Net Nanny is an Android browser and parental control system that can be used to restrict access to adult material as well as manage apps on the protected device. The Net Nanny browser features 18 filtering categories and can be set to Block, Warn, or Allow access based on category. The app management features allow parents to remotely view or block apps. Net Nanny also requires newly installed apps to be approved. A web-based management panel lets parents configure these settings and more remotely. Funamo Parental Control provides a comprehensive toolset of settings for parents to monitor and filter their children's Android activities. Funamo includes a child-safe browser and can also interface with popular Android browsers to filter content. SafeSearch filters search engine results, with additional keyword blocking and the option for whitelists and blacklists. Additionally, the app can log calls and SMS activity, and can help you restrict marketplace access and apply usage time limits. Screen Time Parental Control hits a middle ground between security and invasiveness. Parents can monitor time spent on given applications, with the ability to set time limits on the use of particular apps. There are also bed time, lights out, and school time curfews for app use. One unique feature is that children can be rewarded with usage time if they complete a set list of tasks. This allows parents to incentivize chores and other household activities. A remote control app is also available for parents to manage these settings. Norton Family is a parental controls app that allows Mom and Dad to monitor their children's Android activity. The app monitors Internet use, allowing parents to see which websites kids are attempting to visit. The app also automatically blocks access to inappropriate sites (with optional email notifications to parents). A premium tier unlocks more features, such as text message monitoring, app management and restrictions, as well as monthly or weekly reports of your child's online activity.
  • 21. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 21 Mercado brasileiro de telefonia celular e smartphones
  • 23. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 23 Mercado mundial de telefonia celular Em uma pesquisa feita em 2013 o Brasil ocupava o 5º maior mercado de telefonia celular no mundo [Quadro 1] com um total de 268.4 milhões de assinaturas para uma população de 198.7 milhões de pessoas, o que dá uma proporção de 1,35 assinatura de linha celular por habitante. Dos catorze maiores mercados de telefonia celular no mundo, o Brasil ocupava o 4º lugar em proporção de assinatura de linha celular por habitante. No entanto, das 268.4 milhões de assinaturas, apenas 29% desse total são linhas 3G/4G, o que demonstra o potencial para crescimento de smartphones no Brasil. Países como EUA e Japão tem percentuais superiores a 90% de 3G/4G em relação ao total de linhas de celulares. [Quadro 1]
  • 24. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 24 Como o brasileiro usa o smartphone 85%69% 66%75% 74% 39% 57% 43% Como citado no slide anterior, apenas 29% das linhas de celulares no país são 3G ou 4G, isso acaba reprimindo a demanda de aumento dos serviços como Streaming Music, Browsing e Video/Mobile TV, já que esses serviços requerem bandas de maior velocidade e estão abaixo de seu real potencial no mercado brasileiro. Com a adoção do 4G, esse mercado deve aumentar significativamente nos próximos anos. Nota importante, o Brasil é líder mundial em uso de Redes Sociais. Média Top 10 #1 Maior %
  • 25. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 25 Preço médio de smartphones 4G Por que pagar o dobro para ter um iPhone ? Se compararmos o iPhone5 com, por exemplo, o Motorola RAZR HD a diferença é 2x o preço. Ambos são aparelhos 4G com processadores dual-core. O Motorola RAZR HD tem uma tela de 4.7” (versus 4” do iPhone5S) e obteve 5376 pontos de performance nos testes “unlimited” da Futuremark.com, enquanto o iPhone 5S obteve 14528 pontos. É uma diferença significativa, mas 1) você precisa de tanto e 2) está disposto a pagar o dobro? Os testes são realizados com a configuração padrão do aparelho de fábrica, sem extensões. O RAZR HD foi testado com os 16GB, sem expansão de chip SD Card, e o iPhone 5S foi testado com 64GB, daí a diferença de performance. Vale o dobro? Pesquisa independente realizada pelo autor no site das quatro grandes operadoras nacionais em 13/03/2013 utilizando como referência o plano “controle” de cada uma das operadoras. Motorola RAZR HD http://www.futuremark.com/hardware/mobile/Motorola+DROID+RAZR+HD/review Apple iPhone 5S http://www.futuremark.com/hardware/mobile/Apple+iPhone+5s/review
  • 26. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 26 Opinião do autor Ok, se você chegou até aqui e já se decidiu por qual aparelho e tecnologia comprar, então a 1ª parte deste estudo atingiu seu objetivo. Eu particularmente, já estou na 3ª versão de smartphone Android e não saio para outra tecnologia, seja iOS ou Windows 8, ao menos no curto prazo. A Google está melhor posicionada em oferta de produtos (aparelhos), serviços na nuvem, integração dos serviços (Google Drive, Google+, Blogger e etc) e não é a toa que tem quase 80% do mercado de smartphones no mundo. Agora, quem já é usuário de iPhone ou Windows 8 pode ter opinião diferente, e temos que respeitar todas. Se você ainda está em dúvida, continue a ler este documento e entenda porque optei pela Google e pelo Android. Certamente vai ajudar na sua escolha.
  • 27. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 27 Análise de posicionamento estratégico Google – a Líder
  • 28. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 28 Aparelhos com suporte a Android O site do sistema operacional Android além de explicar em detalhes o sistema operacional da Google para smart devices, dá uma lista dos fabricantes de aparelhos (smartphones e/ou tablets) que suportam o sistema operacional Android. Autorizados pela Google são ao todo dez fabricantes mundiais: Acer, Asus, HTC, Huawei, LG, Kyocera, Motorola, Samsung, Sony e ZTE. Existem fabricantes “genéricos” de que constroem seus próprios aparelhos, a partir do código fonte do Android, que é aberto (livre). Qualquer empresa, ou pessoa física, com conhecimento pode construir um aparelho baseado no sistema operacional da Google. Alguns desses fabricantes genéricos são, a Xiaomi (China), a Gionee (Índia), a Pantech (Korea) e a CCE (Brasil) – comprada pela chinesa Lenovo em 2012 - são alguns exemplos de fabricantes independentes. A variedade de fornecedores, e o padrão aberto do sistema operacional Android, criam um ecossistema perfeito para a competição e inovação entre os fabricantes, fazendo com que um fabricante procure se diferenciar do outro pela tecnologia, e pelo custo de fabricação, fazendo com que tenha uma competição pelo mercado forçando o preço dos aparelhos com Android para baixo. Os múltiplos fabricantes, e o padrão aberto do Android, foram os principais motivos que levaram a Google à liderança mundial de aparelhos suportando o seu sistema operacional, o que é essencial para o crescimento dos usuários de aplicativos do Google na nuvem. http://www.android.com/phones-and-tablets/
  • 29. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 29 Os smartphones mais vendidos com Android No quadro ao lado, observamos que em maio de 2014 a Samsung tinha seis (o SM-N9005 é Samsung) entre os dez modelos de smartphones Android mais vendidos do mundo. No entanto se somarmos os 10 modelos deste gráfico não chegaremos a 25% do total de smartphones com sistema Android vendidos no mundo. Esses números dão uma dimensão exata da quantidade de opções de fabricantes e modelos que o usuário tem a sua escolha na hora de optar por um aparelho com Android. No Brasil encontra-se facilmente Samsung, Motorola, Sony e LG. Estes são os fabricantes com que as operadores trabalham com mais frequência para Android Segundo o IDC (quadro ao lado) em 2013 foram vendidos um total de 1,004,200 smartphones no mundo, um crescimento de 38% em relação ao ano anterior (2012). A Samsung continua líder do mercado com 31% das vendas mundiais, crescendo 1 ponto ano contra ano. Reparem que, dos Top5 fabricantes, a Apple foi a única que perdeu mercado, preocupantes 3,4 pontos. É realmente um ponto de preocupação porque o iPhone corresponde a 68% do total de lucratividade profit da Apple, como mostraremos mais a frente. Huawei e Lenovo aparecem entre os Top5 pois operam com grande volume na China, mas no Brasil não é comum encontrar essas marcas. A Lenovo no Brasil opera através da CCE que adquiriu em 2012.
  • 30. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 30 Posicionamento da Google Está claro que o foco da Google não está em competir pela tecnologia e fabricação do ‘smart device’, um sinal claro foi a venda da Motorola para Lenovo em 2014. Seu sistema operacional é aberto e ela domina 80% do mercado de smartphones no mundo. O aparelho é commoditie, cara empresa que desenvolva o seu, promovendo a concorrência tecnológica e comercial entre os fabricantes, com ganho de escala e menores custos. A Google se posiciona como uma empresa de serviços na nuvem para o usuário final e empresas. Segundo o site da própria empresa “A missão do Google é organizar as informações do mundo e torná-las mundialmente acessíveis e úteis.”. Bem genérico e aberto, e é isso mesmo que o Google realmente é. O maior ativo da empresa são as informações pessoais que passam por 4 entre 5 smartphones no mundo. Ela sabe o que você pesquisa, o que você quer, os seus interesses, a Google sabe tudo sobre todos, pessoas físicas e jurídicas e isso não tem valor estimado.
  • 31. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 31 Análise de posicionamento estratégico Apple - hora de mudar?!
  • 32. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 32 iPhone – enfraquecido Segundo a Pacific Crest Securities, em 2013, o iPhone correspondeu a uma participação de 68% sobre o lucro total bruto da Apple [ver quadro ao lado]. Esse é um dado extremamente preocupante pois mais de 2/3 do lucro da companhia depende de um produto que está perdendo market-share no mercado global. Uma nova versão do smartphone da Apple, o iPhone6, tem seu lançamento previsto ainda para 2014, mas na minha opinião, isso não vai mudar o jogo a favor da “maçã”. Ainda segundo a Pacific Crest Securities, em 2014, 80% das vendas de iPhones serão atualizações tecnológicas e apenas 20% serão novos clientes, e em 2015 a situação será ainda mais desfavorável para Apple. Segundo a DIGITIMES Research, o mercado de smartphones em 2014 deve crescer em torno de 20% em relação a 2013. Se as previsões da DIGITIMES Research estiverem corretas, com o mercado crescendo 20% em relação a 2013 a Apple perderá mais participação de mercado. Os números demonstram que o lançamento das versões do iPhone5S e 5C não fizeram com que a Apple retomasse o crescimento, sendo este um ponto que sustenta a minha opinião que, apenas uma nova versão de hardware e um novo iOS não vão mudar o jogo favorável, neste momento, para Android e dando espaço para crescimento da Microsoft com Windows 8.
  • 33. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 33 iPhone – enfraquecido, mas ainda desejado Mesmo enfraquecido, uma pesquisa realizada em Maio de 2013 através da ferramenta de pesquisa do Google, revelou que, mesmo enfraquecido e perdendo market-share, o iPhone continua sendo o equipamento mais procurado no Google. Não há dúvidas quanto a força da marca Apple e iPhone, sem dúvida, tanto que a Apple continua na liderança pelo terceiro ano consecutivo como a marca mais valiosa do mundo. Mas se o mind-share, o branding, do iPhone é tão bom, porque ele está perdendo mercado ano após ano para os aparelhos Android? A primeira resposta pode estar no quadro ao lado. Em média o iPhone é mais do que o dobro do preço de um aparelho Android!!! Será que uma diferença tão grande se justifica? A segunda resposta é que o iPhone é um aparelho proprietário, de fabricação (marca) exclusiva da Apple. Isso diminui o ganho de escala de fabricação e não há concorrência entre fabricantes, dois fatores essenciais que fazem cair o custo e o preço final do produto final.
  • 34. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 34 iPad - líder até quando? 33,8% 50% 24 meses Q4 2011 Q4 2013 ~58% [1] 30% 24 meses Q4 2013Q4 2011 7,6% 17% 24 meses Q4 2013Q4 2011 [1] somatório da Samsung, Asus, Lenovo e Others. O share da Microsoft neste segmento não é significativo para considerar nesta análise Segundo o IDC o market-share do iPad está caindo, tendo retornado no Q2- 2013 ao mesmo patamar de participação em Q4-2011. Ainda, o gráfico demonstra uma queda significativa no volume de tablets vendidos. Os smartphones com telas de 4” a 7” estão substituindo os tablets com telas >10”. “Será que a Apple consegue retomar o crescimento com novos modelos do iPad?” É o que pergunta o chart ao lado. Veja que em Q4-2012 as vendas de iPad atingiram o pico, isso se deve ao fato do lançamento da primeira versão do iPad Mini em outubro de 2012, mas logo depois o share volta a cair. A Apple está em um modelo de venda por modismo e perdendo share para tablets Android, assim como no mercado de smartphone e não acho que um novo modelo vai resolver o problema a médio prazo.
  • 35. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 35 Apple - chegou hora de mudar?! Embora o iPhone e o iPad sejam bons produtos, a minha opinião é que a Apple não vai conseguir segurar sua posição no mercado e o faturamento e lucratividade, apenas com novas versões de seus aparelhos e sistema operacional, irão cair significativamente. A Apple precisa repensar o seu negócio, se deseja realmente ser uma fabricante de hardware, um item cada vez mais commoditizado, ou se parte para ser uma provedora de serviços e aplicativos na nuvem, como já são o Google (em grande escala) e a Microsoft. O gráfico ao lado direito mostra que, a Microsoft mesmo tendo um mercado de apenas 3% com o Windows Phone, tem os seus serviços mais acessados na nuvem nos EUA do que a Apple, que tem um share 5x maior de smartphones. Partindo para um modelo de serviços na nuvem a Apple deveria considerar a compra de empresas já estabelecidas e que aumentem o portfolio de serviços na nuvem. Falta a Apple, uma rede social, aplicativos de produtividade (office) e etc. Social Network [1] +180 million users US$ ??? Social Network [2] +13 million users US$ 3.8 Bi [1] Badoo é uma rede social, definida pelo seu dono como um “night club online”, com mais de 180 milhões de usuários. A Apple poderia comprar e transformar aos poucos a rede social de uma simples “balada online” para uma rede colaborativa como Facebook, Google+ e Linkedin. Valor da marca: US$ 104 bi Receita (2013): US$ 171 bi [2] Pinterest é a rede social que mais cresce nos EUA entre as mulheres. Online Business Tools [3] +10 million users US$ ??? [3] ZOHO é uma empresa de aplicações de Business, Colaboração e Produtividade online com mais de 10 milhões de usuários. Mais completa que o Google Apps, oferece serviços de CRM, faturamento e ferramentas de marketing.
  • 36. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 36 Apple – os números mostram que sim 68% do profit da Apple (~$28b) vem da venda de iPhone, exatamente o segmento que a Apple está perdendo mais mercado, ano após ano, para os smartphones Androids. (Nov, 2012). Outro número desfavorável para Apple. Segundo a fonte responsável pelos números, a Apple perdeu 22.5% de capitalização de mercado em 2013. Os dois gráficos mostram uma empresa com problemas para resolver na oferta de seus produtos para o mercado, estão perdendo mercado para outros fabricantes e perdendo rápido, no entanto isso não está afetando o valor da marca. Segundo pesquisa da Interbrand [1], a Apple continua sendo a marca mais valiosa do mundo em 2013 com um valor de mercado estimado em $98,3 bi e um crescimento de 28% em relação a 2012. O segundo lugar, e crescendo 34%, é exatamente a Google, com valor de mercado de $93,3 bi. Se as duas empresas crescerem o mesmo em 2014, a Google passará a Apple como marca mais valiosa no mundo. Então, ainda estando no ‘auge’, e com as evidências de problema na composição de oferta de serviços e posicionamento de preço/produto para o cliente, não seria esse o melhor momento para Apple mudar sua estratégia e recompor seu portfolio de oferta de serviços sem precisar abrir o iOS para o mercado? [1] http://www.interbrand.com/en/best-global-brands/2013/Best-Global-Brands-2013.aspx
  • 37. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 37 Análise de posicionamento estratégico Windows Phone - Desafiante!
  • 38. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 38 Visão geral da Microsoft O gráfico ao lado mostra claramente o impacto da adoção massiva de smart devices (phones e tablets) nos resultados por divisão da Microsoft nos três últimos anos. Note que em 2010 a renda da divisão de sistema operacional (Windows) era superior a renda da divisão do Office e isso muda a partir de 2011 porque as pessoas estão migrando do PC para os smart devices, principalmente para os Androids e isso fez com que a renda do sistema operacional Windows despencasse em torno de 25% em 3 anos. Este fato pode-se observar no quadro abaixo do IDC que mostra um declínio nas vendas de PC entre Q1-12 e Q1-13. Segundo previsões do IDC, essa situação tende a se agravar. Em 2015 o mercado de Tablets deve ultrapassar o de PCs, afetando a renda e lucratividade da divisão de Windows na Microsoft, conforme prevê o gráfico do canto inferior esquerdo do slide.
  • 39. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 39 Windows Phone, vai decolar? O gráfico ao lado mostra que o lançamento do Windows 8 e da série de tablets Surface em 2012 cobriu o declínio de renda de sistema operacionais para PCs. Ok, sempre que uma empresa grande que domina o mercado de SO para PC no mundo lança um produto novo sempre haverá uma maior procura pelo produto, normal no mercado de tecnologia. Mas como vimos em slides anteriores, o business de mobile (smartphones e tablets) com Windows 8 corresponde a apenas 3% do mercado global, amplamente dominado com quase 80% de share da Google com o sistema operacional Android. Nos próximos anos podemos até acompanhar um aumento da renda da divisão de Windows pois 60% dos desktops das empresas ainda rodam a versão 7. A Microsoft já anunciou que o suporte padrão do Windows 7 se encerra em Janeiro, 2015 [1] e até lá muitas empresas ainda dependerão do sistema operacional da Microsoft para operação. O que já está acontecendo no mercado de mobilidade, e pode se extender ao mercado de PCs afetando, aí sim, os resultados da Microsoft, é a adoção do Chrome Book, da Google, com o sistema operacional Chrome OS, que poderá substituir os desktops e PCs das empresas. O que dificulta essa transição é a integração dos serviços de nuvem do Google e do Chrome OS a sistemas legados das empresas. Mas a longo prazo, as empresas vão adaptar seus sistemas para atender seus clientes e contribuidores, e a Google está melhor posicionada para ser a líder mundial também em notebooks com Chrome OS como já é líder mundial com o Android, que já superou o Windows.
  • 40. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 40 A estratégia da Microsoft para o Windows Opinião do autor Windows 8 (PCs – Desktops e notebooks): A Microsoft vai trabalhar para fazer o refresh da base de Windows 7 antes de 2015, quando se encerra o suporte padrão para o sistema operacional. Essa base corresponde ainda a 47% dos desktops no mundo. No entanto as empresas poderão comprar o pacote de extensão do serviço de suporte até 2020, o que obviamente custará uma fortuna. A vantagem da Microsoft é que as grandes empresas que não começaram a se preparar para sair do Windows, há pelo menos 3 anos, não estarão prontas para sair ainda em 2015. Portanto, no curto prazo a Microsoft deve colher frutos da migração do Windows 7 para o Windows 8 por mais uns 5 anos. Windows 8 (mobile – phone e tablets): Durante essa “janela” de 5 anos de migração dos desktops de Windows 7 para a nova versão a Microsoft vai trabalhar e investir dinheiro na sua plataforma de smartphones e tablets com o Windows 8. A participação da Microsoft nesse mercado é de apenas 3% e tanto o IDC como o Gartner apostam que já no próximo ano (2015) o número de Tablets deve ultrapassar o de PCs e quem domina esse mercado é a Google com o Android. Já está previsto, e em andamento, uma migração do sistema operacional Windows 8 dos processadores Atom (Intel) para ARM, como uma tentativa da Microsoft de melhorar seu posicionamento no mercado de smartphones e tablets. A boa notícia para Microsoft nesse segmento é que a Apple não tem a mesma capacidade de oferta de serviços na nuvem da Microsoft. Resolvendo o problema de produto Hw+Sistema operacional, e com uma oferta de serviços superior à da Apple, eles poderão sim alcançar a maçã e tomarem o segundo lugar.
  • 41. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 41 A estratégia da Microsoft para a nuvem Opinião do autor Focada em desenvolver seus produtos e ofertas de mobilidade, a Microsoft está investindo no desenvolvimento de novos produtos e serviços para nuvem para concorrer com o Google. O foco da Microsoft deve estar em desenvolver e principalmente integrar suas redes sociais: MySpace, Windows Live e a recém criada SOCL (so.cl). Além de investir no desenvolvimento de redes sociais, a Microsoft comprou o Skype e lançou o Office 365, suas ferramentas Microsoft Office online, mas ao contrário do Google Apps, mesmo para pessoa física o serviço da Microsoft é pago, no entanto é muito mais barato que comprar as licenças do produto “on premisse”. Investindo nos serviços em nuvem e resolvendo o problema de posicionamento de smart devices, eu acredito que a Microsoft será um desafiante de peso para a Apple, mas será muito difícil chegar no líder Google.
  • 42. 13/03/2014 http://besteilog.blogspot.com.br/ 42 A opinião do autor ?! ... Uma imagem vale mais que palavras. ???