SlideShare uma empresa Scribd logo
CHAPEUZINHO
VERMELHO
Era uma vez uma menininha encantadora.
Todos que batiam os olhos nela a adoravam.
E, entre todos, quem mais a amava era sua
avó, que estava sempre lhe dando presentes.
Certa ocasião ganhou dela um pequeno
capuz de veludo vermelho. Assentava-lhe
tão bem que a menina queria usá-lo o tempo
todo, e por isso passou a ser chamada
Chapeuzinho Vermelho.
Um dia, a mãe da menina lhe disse: “Chapeuzinho
Vermelho, aqui estão alguns bolinhos e uma garrafa de
vinho. Leve-os para sua avó. Ela está doente, sentindo-se
fraquinha, e estas coisas vão ajudá-la.
Sua avó morava lá no meio da mata, a mais ou menos uma hora de
caminhada da aldeia. Mal pisara na floresta, Chapeuzinho Vermelho
topou com o lobo. Como não tinha a menor ideia do animal malvado
que ele era, não teve um pingo de medo.
“Bom dia, Chapeuzinho Vermelho”, disse o lobo.
“Bom dia, senhor Lobo”, ela respondeu.
“Aonde está indo tão cedo nesta manhã, Chapeuzinho Vermelho?”
“À casa da vovó.”
O lobo caminhou ao lado de Chapeuzinho Vermelho por algum
tempo. Depois disse:
“Chapeuzinho, notou que há lindas flores por toda parte? Por que não
para e olha um pouco para elas?
Chapeuzinho Vermelho abriu bem os olhos e notou como os raios de
sol dançavam nas árvores. Viu flores bonitas por todos os cantos e
pensou:
“Se eu levar um buquê fresquinho, a vovó ficará radiante. Ainda é
cedo, tenho tempo de sobra para chegar lá, com certeza.”
O lobo correu direto para a casa da avó de
Chapeuzinho e bateu na porta.
“Quem é?”
“Chapeuzinho Vermelho. Trouxe uns bolinhos e vinho.
Abra a porta.”
“É só levantar o trinco”, gritou a avó. “Estou fraca
demais para sair da cama.”
O lobo levantou o trinco e a porta se abriu. Sem dizer
uma palavra, foi direto até a cama da avó e a devorou
inteirinha. Depois, vestiu as roupas dela, enfiou sua
touca na cabeça, deitou-se na cama e puxou as cortinas.
Enquanto isso Chapeuzinho Vermelho corria de um lado
para outro colhendo de flores. Quando não havia mais
espaço em seus braços para tantas flores, lembrou-se de
sua avó e voltou para a trilha que levava à sua casa.
Ficou surpresa ao encontrar a porta aberta e, ao entrar,
teve uma sensação tão estranha.
Lá estava sua avó, deitada, com a touca puxada para cima
do rosto. Parecia muito esquisita.
“Vovó, que orelhas grandes você tem!”
“É para te escutar melhor!”
“Vovó, que olhos grandes você tem!”
“É para te enxergar melhor!”
“Vovó que mãos grandes você tem!”
“É para te agarrar melhor!”
“Vovó que boca grande e assustadora, você tem!”
“É para te comer melhor!”
Assim que pronunciou estas últimas palavras, o lobo
saltou da cama e devorou a pobre Chapeuzinho
Vermelho.
Saciado o seu apetite, o lobo deitou-se de costas na
cama, adormeceu e começou a roncar muito alto. Um
caçador que por acaso ia passando junto à casa pensou:
“Como essa velha está roncando alto! Melhor ir ver se
há algum problema.”
Entrou na casa e, ao chegar junto à cama, percebeu que
havia um lobo deitado nela.
Em vez de atirar no lobo, ele pegou uma tesoura e
começou a abrir a barriga do lobo adormecido.
Logo avistou um gorro vermelho. E depois, a menina
pulou para fora, gritando:
“Ah, eu estava tão apavorada! Como estava escuro na
barriga do lobo.”
Embora mal pudesse respirar, a idosa vovó também
conseguiu sair da barriga.
Quando acordou, o lobo saiu
correndo, e nunca mais se atreveu
aparecer naquela floresta.
Chapeuzinho Vermelho, sua avó
e o caçador ficaram radiantes.
A avó comeu os bolinhos, e
recuperou a saúde.
Chapeuzinho Vermelho disse
consigo mesma:
“Nunca se desvie do caminho e
nunca entre na mata quando sua
mãe proibir.”
ATIVIDADES
VAMOS DESCOBRIR OS
ERROS
VAMOS REESCREVER A HISTÓRIA?
Fonte:
*http://pensesonheviva.blogspot.com.br/20
13/04/chapeuzinho-vermelho.html
*encantosdalinda.blogspot.com
• cantinhoencantado.blogs.sapo.pt
• imagens.us
• http://fazendoanossafesta.com.br
• alfabetizacaocefaproponteselacerda.blo
gspot.com
• profedenizemuler.blogspot.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A menina que não queria livros
A menina que não queria livrosA menina que não queria livros
A menina que não queria livros
popi97
 
A abelha que_queria_ser_rainha
A abelha que_queria_ser_rainhaA abelha que_queria_ser_rainha
A abelha que_queria_ser_rainha
Jairtes Lima
 
Livro eu nunca na vida comerei tomate
Livro eu nunca na vida comerei tomateLivro eu nunca na vida comerei tomate
Livro eu nunca na vida comerei tomate
Teresa Ramos
 
O baile dos 3 porquinhos
O baile dos 3 porquinhosO baile dos 3 porquinhos
O baile dos 3 porquinhosMaria Pereira
 
O baile dos 3 porquinhos
O baile dos 3 porquinhosO baile dos 3 porquinhos
O baile dos 3 porquinhos
Danyela25
 
A bruxa castanha de antónio mota
A bruxa castanha de antónio motaA bruxa castanha de antónio mota
A bruxa castanha de antónio mota
Ministério da Educação
 
Cabacinha
CabacinhaCabacinha
Cabacinha
AuroraMarques
 
Floresta de agua
Floresta de aguaFloresta de agua
Floresta de agua
Fátima Lares Correia
 
Romeu e julieta ruth rocha
Romeu e julieta   ruth rochaRomeu e julieta   ruth rocha
Romeu e julieta ruth rocha
weleslima
 
O Livro da Paz
O Livro da PazO Livro da Paz
O Livro da Paz
Carol Rossetto
 
A ovelhinha-que-veio-para-jantar
A ovelhinha-que-veio-para-jantarA ovelhinha-que-veio-para-jantar
A ovelhinha-que-veio-para-jantar
Ofelia Liborio
 
O livro dos medos
O livro dos medosO livro dos medos
O livro dos medos
Professora Cida
 
Maria vai-com-as-outras
Maria vai-com-as-outrasMaria vai-com-as-outras
Maria vai-com-as-outras
Luana Maria Ferreira Fernandes
 
O ciclo do mel
O ciclo do melO ciclo do mel
O ciclo do mel
Isa Crowe
 
Beleleu e os números
Beleleu e os númerosBeleleu e os números
Beleleu e os números
Cristiane Bertolla
 
A casa dos bichos
A casa dos bichosA casa dos bichos
A casa dos bichos
Albertina Pereira
 
Uma amiga diferente
Uma amiga diferenteUma amiga diferente
Maria Castanha
Maria CastanhaMaria Castanha
Natal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempreNatal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempre
Marisol Santos
 

Mais procurados (20)

A menina que não queria livros
A menina que não queria livrosA menina que não queria livros
A menina que não queria livros
 
A abelha que_queria_ser_rainha
A abelha que_queria_ser_rainhaA abelha que_queria_ser_rainha
A abelha que_queria_ser_rainha
 
Livro eu nunca na vida comerei tomate
Livro eu nunca na vida comerei tomateLivro eu nunca na vida comerei tomate
Livro eu nunca na vida comerei tomate
 
O baile dos 3 porquinhos
O baile dos 3 porquinhosO baile dos 3 porquinhos
O baile dos 3 porquinhos
 
O baile dos 3 porquinhos
O baile dos 3 porquinhosO baile dos 3 porquinhos
O baile dos 3 porquinhos
 
A bruxa castanha de antónio mota
A bruxa castanha de antónio motaA bruxa castanha de antónio mota
A bruxa castanha de antónio mota
 
Nem todas as girafas são iguais
Nem todas as girafas são iguaisNem todas as girafas são iguais
Nem todas as girafas são iguais
 
Cabacinha
CabacinhaCabacinha
Cabacinha
 
Floresta de agua
Floresta de aguaFloresta de agua
Floresta de agua
 
Romeu e julieta ruth rocha
Romeu e julieta   ruth rochaRomeu e julieta   ruth rocha
Romeu e julieta ruth rocha
 
O Livro da Paz
O Livro da PazO Livro da Paz
O Livro da Paz
 
A ovelhinha-que-veio-para-jantar
A ovelhinha-que-veio-para-jantarA ovelhinha-que-veio-para-jantar
A ovelhinha-que-veio-para-jantar
 
O livro dos medos
O livro dos medosO livro dos medos
O livro dos medos
 
Maria vai-com-as-outras
Maria vai-com-as-outrasMaria vai-com-as-outras
Maria vai-com-as-outras
 
O ciclo do mel
O ciclo do melO ciclo do mel
O ciclo do mel
 
Beleleu e os números
Beleleu e os númerosBeleleu e os números
Beleleu e os números
 
A casa dos bichos
A casa dos bichosA casa dos bichos
A casa dos bichos
 
Uma amiga diferente
Uma amiga diferenteUma amiga diferente
Uma amiga diferente
 
Maria Castanha
Maria CastanhaMaria Castanha
Maria Castanha
 
Natal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempreNatal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempre
 

Semelhante a Chapeuzinho vermelho alunos

Chapeuzinho Vermelho
Chapeuzinho VermelhoChapeuzinho Vermelho
Chapeuzinho Vermelho
ANDRÉA FERREIRA
 
Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B 2015
Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B 2015Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B 2015
Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B 2015
ColegioCanarinho
 
Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 A 2015
Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 A 2015Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 A 2015
Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 A 2015
ColegioCanarinho
 
Livro Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B
Livro Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 BLivro Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B
Livro Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B
ColegioCanarinho
 
Nx zero e chapeuzinho[1]
Nx zero e chapeuzinho[1]Nx zero e chapeuzinho[1]
Nx zero e chapeuzinho[1]
sallesz
 
Chapeuzinho feliz maria tereza e verônica.
Chapeuzinho feliz maria tereza e verônica.Chapeuzinho feliz maria tereza e verônica.
Chapeuzinho feliz maria tereza e verônica.
Milena Sampaio
 
Chapeuzinho Vermelho - Infantil
Chapeuzinho Vermelho - InfantilChapeuzinho Vermelho - Infantil
Chapeuzinho Vermelho - Infantil
ColegioCanarinho
 
História
HistóriaHistória
História
mimipiedade3
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
Tiagoviegas
 
Projeto Chapeuzinho Vermelho
Projeto Chapeuzinho VermelhoProjeto Chapeuzinho Vermelho
Projeto Chapeuzinho Vermelho
Cirlei Santos
 
Conto de história (nivea e renata)
Conto de história (nivea e renata)Conto de história (nivea e renata)
Conto de história (nivea e renata)
matonny
 
Chapeuzinho vermelho
Chapeuzinho vermelhoChapeuzinho vermelho
Chapeuzinho vermelho
chikete
 
A historia da chapeuzinho vermelho
A  historia da chapeuzinho vermelhoA  historia da chapeuzinho vermelho
A historia da chapeuzinho vermelho
Debora Cruz
 
História 3º ano B
História 3º ano BHistória 3º ano B
História 3º ano B
Marilena
 
Slaides contos infantis na pré escola
Slaides contos infantis na pré escolaSlaides contos infantis na pré escola
Slaides contos infantis na pré escola
anaparecidaraca
 
Capuchinho Vermelho Contado Por NóS
Capuchinho Vermelho Contado Por NóSCapuchinho Vermelho Contado Por NóS
Capuchinho Vermelho Contado Por NóS
curiososavista
 
Chapeuzinho vermelho - Patrick e Carolina
Chapeuzinho vermelho - Patrick e  CarolinaChapeuzinho vermelho - Patrick e  Carolina
Chapeuzinho vermelho - Patrick e Carolina
Milena Sampaio
 
Chapeuzinho vermelho.pptx RJKGgsGKLlgLLLL
Chapeuzinho vermelho.pptx RJKGgsGKLlgLLLLChapeuzinho vermelho.pptx RJKGgsGKLlgLLLL
Chapeuzinho vermelho.pptx RJKGgsGKLlgLLLL
JoyceMantzos1
 
Chapeuzinho vermelho
Chapeuzinho vermelhoChapeuzinho vermelho
Chapeuzinho vermelho
marciaco
 
Apresentação1livrovirtual atualizada
Apresentação1livrovirtual atualizadaApresentação1livrovirtual atualizada
Apresentação1livrovirtual atualizada
edneiaparaujo
 

Semelhante a Chapeuzinho vermelho alunos (20)

Chapeuzinho Vermelho
Chapeuzinho VermelhoChapeuzinho Vermelho
Chapeuzinho Vermelho
 
Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B 2015
Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B 2015Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B 2015
Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B 2015
 
Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 A 2015
Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 A 2015Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 A 2015
Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 A 2015
 
Livro Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B
Livro Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 BLivro Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B
Livro Chapeuzinho Vermelho Infantil 1 B
 
Nx zero e chapeuzinho[1]
Nx zero e chapeuzinho[1]Nx zero e chapeuzinho[1]
Nx zero e chapeuzinho[1]
 
Chapeuzinho feliz maria tereza e verônica.
Chapeuzinho feliz maria tereza e verônica.Chapeuzinho feliz maria tereza e verônica.
Chapeuzinho feliz maria tereza e verônica.
 
Chapeuzinho Vermelho - Infantil
Chapeuzinho Vermelho - InfantilChapeuzinho Vermelho - Infantil
Chapeuzinho Vermelho - Infantil
 
História
HistóriaHistória
História
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
 
Projeto Chapeuzinho Vermelho
Projeto Chapeuzinho VermelhoProjeto Chapeuzinho Vermelho
Projeto Chapeuzinho Vermelho
 
Conto de história (nivea e renata)
Conto de história (nivea e renata)Conto de história (nivea e renata)
Conto de história (nivea e renata)
 
Chapeuzinho vermelho
Chapeuzinho vermelhoChapeuzinho vermelho
Chapeuzinho vermelho
 
A historia da chapeuzinho vermelho
A  historia da chapeuzinho vermelhoA  historia da chapeuzinho vermelho
A historia da chapeuzinho vermelho
 
História 3º ano B
História 3º ano BHistória 3º ano B
História 3º ano B
 
Slaides contos infantis na pré escola
Slaides contos infantis na pré escolaSlaides contos infantis na pré escola
Slaides contos infantis na pré escola
 
Capuchinho Vermelho Contado Por NóS
Capuchinho Vermelho Contado Por NóSCapuchinho Vermelho Contado Por NóS
Capuchinho Vermelho Contado Por NóS
 
Chapeuzinho vermelho - Patrick e Carolina
Chapeuzinho vermelho - Patrick e  CarolinaChapeuzinho vermelho - Patrick e  Carolina
Chapeuzinho vermelho - Patrick e Carolina
 
Chapeuzinho vermelho.pptx RJKGgsGKLlgLLLL
Chapeuzinho vermelho.pptx RJKGgsGKLlgLLLLChapeuzinho vermelho.pptx RJKGgsGKLlgLLLL
Chapeuzinho vermelho.pptx RJKGgsGKLlgLLLL
 
Chapeuzinho vermelho
Chapeuzinho vermelhoChapeuzinho vermelho
Chapeuzinho vermelho
 
Apresentação1livrovirtual atualizada
Apresentação1livrovirtual atualizadaApresentação1livrovirtual atualizada
Apresentação1livrovirtual atualizada
 

Último

A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 

Chapeuzinho vermelho alunos

  • 2. Era uma vez uma menininha encantadora. Todos que batiam os olhos nela a adoravam. E, entre todos, quem mais a amava era sua avó, que estava sempre lhe dando presentes.
  • 3. Certa ocasião ganhou dela um pequeno capuz de veludo vermelho. Assentava-lhe tão bem que a menina queria usá-lo o tempo todo, e por isso passou a ser chamada Chapeuzinho Vermelho.
  • 4. Um dia, a mãe da menina lhe disse: “Chapeuzinho Vermelho, aqui estão alguns bolinhos e uma garrafa de vinho. Leve-os para sua avó. Ela está doente, sentindo-se fraquinha, e estas coisas vão ajudá-la.
  • 5. Sua avó morava lá no meio da mata, a mais ou menos uma hora de caminhada da aldeia. Mal pisara na floresta, Chapeuzinho Vermelho topou com o lobo. Como não tinha a menor ideia do animal malvado que ele era, não teve um pingo de medo.
  • 6. “Bom dia, Chapeuzinho Vermelho”, disse o lobo. “Bom dia, senhor Lobo”, ela respondeu. “Aonde está indo tão cedo nesta manhã, Chapeuzinho Vermelho?” “À casa da vovó.”
  • 7. O lobo caminhou ao lado de Chapeuzinho Vermelho por algum tempo. Depois disse: “Chapeuzinho, notou que há lindas flores por toda parte? Por que não para e olha um pouco para elas?
  • 8. Chapeuzinho Vermelho abriu bem os olhos e notou como os raios de sol dançavam nas árvores. Viu flores bonitas por todos os cantos e pensou: “Se eu levar um buquê fresquinho, a vovó ficará radiante. Ainda é cedo, tenho tempo de sobra para chegar lá, com certeza.”
  • 9. O lobo correu direto para a casa da avó de Chapeuzinho e bateu na porta. “Quem é?” “Chapeuzinho Vermelho. Trouxe uns bolinhos e vinho. Abra a porta.” “É só levantar o trinco”, gritou a avó. “Estou fraca demais para sair da cama.” O lobo levantou o trinco e a porta se abriu. Sem dizer uma palavra, foi direto até a cama da avó e a devorou inteirinha. Depois, vestiu as roupas dela, enfiou sua touca na cabeça, deitou-se na cama e puxou as cortinas.
  • 10. Enquanto isso Chapeuzinho Vermelho corria de um lado para outro colhendo de flores. Quando não havia mais espaço em seus braços para tantas flores, lembrou-se de sua avó e voltou para a trilha que levava à sua casa. Ficou surpresa ao encontrar a porta aberta e, ao entrar, teve uma sensação tão estranha.
  • 11. Lá estava sua avó, deitada, com a touca puxada para cima do rosto. Parecia muito esquisita. “Vovó, que orelhas grandes você tem!” “É para te escutar melhor!” “Vovó, que olhos grandes você tem!” “É para te enxergar melhor!” “Vovó que mãos grandes você tem!” “É para te agarrar melhor!” “Vovó que boca grande e assustadora, você tem!” “É para te comer melhor!”
  • 12. Assim que pronunciou estas últimas palavras, o lobo saltou da cama e devorou a pobre Chapeuzinho Vermelho. Saciado o seu apetite, o lobo deitou-se de costas na cama, adormeceu e começou a roncar muito alto. Um caçador que por acaso ia passando junto à casa pensou: “Como essa velha está roncando alto! Melhor ir ver se há algum problema.” Entrou na casa e, ao chegar junto à cama, percebeu que havia um lobo deitado nela.
  • 13. Em vez de atirar no lobo, ele pegou uma tesoura e começou a abrir a barriga do lobo adormecido. Logo avistou um gorro vermelho. E depois, a menina pulou para fora, gritando: “Ah, eu estava tão apavorada! Como estava escuro na barriga do lobo.” Embora mal pudesse respirar, a idosa vovó também conseguiu sair da barriga.
  • 14. Quando acordou, o lobo saiu correndo, e nunca mais se atreveu aparecer naquela floresta. Chapeuzinho Vermelho, sua avó e o caçador ficaram radiantes. A avó comeu os bolinhos, e recuperou a saúde. Chapeuzinho Vermelho disse consigo mesma: “Nunca se desvie do caminho e nunca entre na mata quando sua mãe proibir.”
  • 17.
  • 18. VAMOS REESCREVER A HISTÓRIA?
  • 19. Fonte: *http://pensesonheviva.blogspot.com.br/20 13/04/chapeuzinho-vermelho.html *encantosdalinda.blogspot.com • cantinhoencantado.blogs.sapo.pt • imagens.us • http://fazendoanossafesta.com.br • alfabetizacaocefaproponteselacerda.blo gspot.com • profedenizemuler.blogspot.com