SlideShare uma empresa Scribd logo
CARTAZ
COMUNICAÇÃO
VISUAL
CO
M
UN
IC
AÇ
ÃO
VIS
UA
L
O CARTAZ
 O cartaz é uma forma de comunicação visual e
destina-se à divulgação de informação.
 É composto por dois elementos fundamentais:
A imagem – que sendo o elemento principal procura
chamar a atenção do espectador e despertar-lhe o
interesse para o que se pretende transmitir.
O texto – que sendo reduzido e de fácil compreensão,
visa a rápida e eficaz apreensão da mensagem.
 A origem do cartaz impresso
remonta ao século XV com a
invenção da prensa de Gutenberg. A
sua função era sobretudo
informativa. (Avisos, editais, etc)
 O cartaz generaliza-se a partir de
meados do século XIX com o
desenvolvimento das técnicas de
impressão. A sua função passa a ser
mais apelativa.
TIPOS DE
CARTAZES
 CARTAZES DE RUA
Têm a finalidade de
atrair a atenção de
quem passa e a
mensagem que
transmite deve
conseguir ser
captada por muitas
pessoas ao mesmo
tempo, e em
movimento.
TIPOS DE CARTAZES
 CARTAZES DE INTERIORES
Destinam-se a pequenos grupos. Estes
podem ser lidos com mais atenção e
podem conter mais informação.
FUNÇÕES DO
CARTAZ
 O cartaz é constituído por
texto e imagem, e pode ser
usado com diferentes
funções.
FUNÇÃO INFORMATIVA...
FUNÇÕES DO
CARTAZ
ou FUNÇÃO APELATIVA
É uma função mais usada
na publicidade, tentando
convencer o público a
consumir determinado
produto ou sensibilizá-lo
para determinadas
campanhas de
solidariedade ou prevenção
.
PÚBLICO-ALVO
 Um cartaz deve atrair a atenção do observador e transmitir
a sua mensagem de forma eficaz.
 Para isso é necessário ter em atenção o público a que se
destina.
 Um cartaz destinado a um público infantil, tem de ser
diferente daquele cujo objetivo é um público adulto.
PÚBLICO-ALVO
PÚBLICO-ALVO
A CONSTRUÇÃO
DE UM CARTAZ
Para construir um cartaz devemos ter em
conta as seguintes questões:
- Texto – deve ser curto, sugestivo, de fácil
memorização e compreensão. Nos cartazes
de interior o texto pode ser um pouco
maior.
- Imagem – a imagem deve ser expressiva e
transmitir a ideia correta daquilo que se
pretende dizer.
- Composição Visual - consiste na
organização dos diversos elementos de um
cartaz e é essencial para uma leitura rápida
e correta da mensagem.
CARTAZ
O TEXTO
 O texto do cartaz deve ser curto e legível,
para potenciar a imagem do produto. Pode
ser constituído por:
marca: nome do produto ou serviço; deve
ser pequeno, fácil de pronunciar e fácil de
memorizar;
slogan: frase identificativa do produto ou
serviço; deve ser breve, afirmativa;
comentário: texto motivador do interesse;
tem de ser curto, persuasivo, justificar o
desejo de possuir o que imagem mostra.
(Nos cartazes de interior a informação pode ser mais
extensa)
CARTAZ
A IMAGEM
A imagem adquire particular
importância no cartaz, pois é
geralmente o seu elemento
fundamental de comunicação.
 A imagem entra apenas por
alguns instantes no nosso
campo visual e deve, por isso,
exprimir de forma clara e
sintética a mensagem. Para
isso deve ser:
Expressiva, simples e direta.
CARTAZ
COMPOSIÇÃO VISUAL
 A forma do suporte visual:
Geralmente os cartazes têm
como forma um retângulo em
posição vertical...
CARTAZ
COMPOSIÇÃO VISUAL
 A forma do suporte visual:
Por vezes surgem cartazes em que o retângulo surge na posição horizontal.
CARTAZ
COMPOSIÇÃO VISUAL
 A forma do suporte visual:
Também podemos
encontrar cartazes com
formas diferentes e
dispostos de outras
maneiras, mas estes são
menos frequentes.
CARTAZ
COMPOSIÇÃO VISUAL
 Na distribuição dos elementos que compõem o cartaz
podemos ter em atenção as seguintes estratégias visuais:
Linhas de composição
Centro ótico e geométrico
Direção visual
Lei dos terços
Cor
Letra
CARTAZ
COMPOSIÇÃO VISUAL
 Linhas de composição
As linhas de composição podem
sugerir ao observador a noção de
estabilidade ou movimento.
Estas noções são-nos transmitidas pelo
posicionamento das linhas, as quais
sugerem:
estabilidade quando se apresentam
horizontais ou verticais, ou
movimento quando se apresentam
oblíquas.
CARTAZ
COMPOSIÇÃO VISUAL
 Num cartaz existem dois centros:
P - Centro geométrico
O - Centro óptico
P é o centro geométrico do cartaz;
O é para onde converge o olhar do
observador (centro ótico).
CARTAZ
COMPOSIÇÃO VISUAL
 Direção Visual
Quando se olha para uma página, um quadro ou um cartaz o nosso olhar
começa por observar o canto superior esquerdo, e vai descendo
progressivamente até ao canto inferior direito.
A direção visual será diferente, por exemplo, para um árabe, visto que para
estes a leitura se efetua da direita para a esquerda.
Devemos ter este aspeto em consideração quando organizamos a informação
num cartaz.
CARTAZ
COMPOSIÇÃO VISUAL
 Lei dos terços.
Segundo esta lei o espaço do cartaz
deverá ser dividido em três partes
iguais, tanto na horizontal como na
vertical.
Os pontos de cruzamento destas
linhas deverão ser áreas onde
poderemos colocar os elementos
mais importantes do cartaz.
CARTAZ
COMPOSIÇÃO VISUAL
CARTAZ
COMPOSIÇÃO VISUAL
 A Cor
A cor deve ser escolhida em função
da mensagem.
Também deve ser usada com cuidado
pois o uso excessivo de cores pode
criar ruído visual.
As regras de contraste podem facilitar
a leitura do cartaz e a trasmissão da
mensagem.
CARTAZ
COMPOSIÇÃO
VISUAL
 A Cor
CARTAZ
COMPOSIÇÃO VISUAL
ALetra
O conteúdo da mensagem
deverá influenciar o tipo
de letra a utilizar
A sua forma, cor e
tamanho também devem
ser cuidadosamente
estudadas para não
dificultarem a leitura.
Para que sejam legíveis as
letras devem ser simples e
criar contraste com o fundo.
A CASA DA MÚSICA
AGORA, OBSERVA E
COMENTA OS CARTAZES
Cartaz
Cartaz
Cartaz

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Signos Visuais
Signos VisuaisSignos Visuais
Signos Visuais
Marcia Alvares
 
14 como elaborar um cartaz
14   como elaborar um cartaz14   como elaborar um cartaz
14 como elaborar um cartaz
Biblioteca Amares
 
Identidade Visual - Aula 01
Identidade Visual - Aula 01Identidade Visual - Aula 01
Identidade Visual - Aula 01
Hely Costa Júnior
 
Tipografia
TipografiaTipografia
Tipografia
Odair Cavichioli
 
Aula 3 - Infografia
Aula 3 - InfografiaAula 3 - Infografia
Aula 3 - Infografia
aulasdejornalismo
 
Processo de Criacão de Logomarca
Processo de Criacão de LogomarcaProcesso de Criacão de Logomarca
Processo de Criacão de Logomarca
Breno Brito
 
Linguagem bidimensional e tridimensional
Linguagem bidimensional e tridimensionalLinguagem bidimensional e tridimensional
Linguagem bidimensional e tridimensional
Kadu Sp
 
Aula 2 composição visual
Aula  2 composição visualAula  2 composição visual
Aula 2 composição visual
Artedoiscmb Cmb
 
O cartaz
O cartazO cartaz
O cartaz
Ricardo Gouveia
 
DESENHO GRÁFICO - O CARTAZ
DESENHO GRÁFICO - O CARTAZDESENHO GRÁFICO - O CARTAZ
DESENHO GRÁFICO - O CARTAZ
pacobr
 
O cartaz
O cartazO cartaz
O cartaz
Sara Oliveira
 
Comunicação Visual - Logotipo (Design Gráfico)
Comunicação Visual - Logotipo (Design Gráfico) Comunicação Visual - Logotipo (Design Gráfico)
Comunicação Visual - Logotipo (Design Gráfico)
Paula Alves
 
Cartaz
CartazCartaz
Estudo do Cartaz - 2019
Estudo do Cartaz  - 2019Estudo do Cartaz  - 2019
Estudo do Cartaz - 2019
Agostinho NSilva
 
Design gráfico II - Aula 01 - Logotipo
Design gráfico II - Aula 01 - LogotipoDesign gráfico II - Aula 01 - Logotipo
Design gráfico II - Aula 01 - Logotipo
audreicarvalho
 
Texto informativo 1
Texto informativo 1Texto informativo 1
Texto informativo 1
Ana Arminda Moreira
 
Diagramação 01.3
Diagramação 01.3Diagramação 01.3
Diagramação 01.3
Camila Cristina
 
Tipos de comunicação
Tipos de comunicaçãoTipos de comunicação
Tipos de comunicação
mariliasousasoares
 
Lettering Estudo da Letra
Lettering   Estudo da LetraLettering   Estudo da Letra
Lettering Estudo da Letra
Agostinho NSilva
 
Analise da-imagem-roland-barthes
Analise da-imagem-roland-barthesAnalise da-imagem-roland-barthes
Analise da-imagem-roland-barthes
MGA
 

Mais procurados (20)

Signos Visuais
Signos VisuaisSignos Visuais
Signos Visuais
 
14 como elaborar um cartaz
14   como elaborar um cartaz14   como elaborar um cartaz
14 como elaborar um cartaz
 
Identidade Visual - Aula 01
Identidade Visual - Aula 01Identidade Visual - Aula 01
Identidade Visual - Aula 01
 
Tipografia
TipografiaTipografia
Tipografia
 
Aula 3 - Infografia
Aula 3 - InfografiaAula 3 - Infografia
Aula 3 - Infografia
 
Processo de Criacão de Logomarca
Processo de Criacão de LogomarcaProcesso de Criacão de Logomarca
Processo de Criacão de Logomarca
 
Linguagem bidimensional e tridimensional
Linguagem bidimensional e tridimensionalLinguagem bidimensional e tridimensional
Linguagem bidimensional e tridimensional
 
Aula 2 composição visual
Aula  2 composição visualAula  2 composição visual
Aula 2 composição visual
 
O cartaz
O cartazO cartaz
O cartaz
 
DESENHO GRÁFICO - O CARTAZ
DESENHO GRÁFICO - O CARTAZDESENHO GRÁFICO - O CARTAZ
DESENHO GRÁFICO - O CARTAZ
 
O cartaz
O cartazO cartaz
O cartaz
 
Comunicação Visual - Logotipo (Design Gráfico)
Comunicação Visual - Logotipo (Design Gráfico) Comunicação Visual - Logotipo (Design Gráfico)
Comunicação Visual - Logotipo (Design Gráfico)
 
Cartaz
CartazCartaz
Cartaz
 
Estudo do Cartaz - 2019
Estudo do Cartaz  - 2019Estudo do Cartaz  - 2019
Estudo do Cartaz - 2019
 
Design gráfico II - Aula 01 - Logotipo
Design gráfico II - Aula 01 - LogotipoDesign gráfico II - Aula 01 - Logotipo
Design gráfico II - Aula 01 - Logotipo
 
Texto informativo 1
Texto informativo 1Texto informativo 1
Texto informativo 1
 
Diagramação 01.3
Diagramação 01.3Diagramação 01.3
Diagramação 01.3
 
Tipos de comunicação
Tipos de comunicaçãoTipos de comunicação
Tipos de comunicação
 
Lettering Estudo da Letra
Lettering   Estudo da LetraLettering   Estudo da Letra
Lettering Estudo da Letra
 
Analise da-imagem-roland-barthes
Analise da-imagem-roland-barthesAnalise da-imagem-roland-barthes
Analise da-imagem-roland-barthes
 

Destaque

Construindo um cartaz
Construindo um cartazConstruindo um cartaz
Construindo um cartaz
virginiacarisioscalia
 
Cartaz - como fazer
Cartaz - como fazerCartaz - como fazer
Cartaz - como fazer
Cristiana Gomes
 
Slides sobre cartaz
Slides sobre cartazSlides sobre cartaz
Slides sobre cartaz
Jonas Antunes
 
Como fazer cartaz
Como fazer cartazComo fazer cartaz
Como fazer cartaz
Sandra Alves
 
Cartaz
CartazCartaz
Como fazer um cartaz
Como fazer um cartazComo fazer um cartaz
Como fazer um cartaz
nelsonesim
 
Genero Textual Cartaz
Genero Textual CartazGenero Textual Cartaz
Genero Textual Cartaz
NTE RJ14/SEEDUC RJ
 
Design de Cartazes
Design de CartazesDesign de Cartazes
Design de Cartazes
Luiz Agner
 
O cartaz
O cartazO cartaz
O cartaz
Ricardo Gouveia
 
Tipos de cartazes
Tipos de  cartazesTipos de  cartazes
Tipos de cartazes
Jose carlos martins
 
O Cartaz
O CartazO Cartaz
Ppt cartaz
Ppt cartazPpt cartaz
Ppt cartaz
Ana Barbedo
 
Vários tipos de cartazes
Vários tipos de cartazesVários tipos de cartazes
Vários tipos de cartazes
herciliasilva
 
Ppoint como fazer cartaz2
Ppoint como fazer cartaz2Ppoint como fazer cartaz2
Ppoint como fazer cartaz2
biblioteca.edmcb
 
7 como elaborar um poster
7   como elaborar um poster7   como elaborar um poster
7 como elaborar um poster
Biblioteca Amares
 
Como criar um folheto em publisher
Como criar um folheto em publisherComo criar um folheto em publisher
Como criar um folheto em publisher
biblioteca.edmcb
 
Explicações cartaz
Explicações cartazExplicações cartaz
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
Elizângela Rosa
 
Trabalho de e.m.r.c sobre o respeito dos animais
Trabalho de e.m.r.c sobre o respeito dos animaisTrabalho de e.m.r.c sobre o respeito dos animais
Trabalho de e.m.r.c sobre o respeito dos animais
emrcja
 
Respeito aos animais
Respeito aos animaisRespeito aos animais
Respeito aos animais
emrcja
 

Destaque (20)

Construindo um cartaz
Construindo um cartazConstruindo um cartaz
Construindo um cartaz
 
Cartaz - como fazer
Cartaz - como fazerCartaz - como fazer
Cartaz - como fazer
 
Slides sobre cartaz
Slides sobre cartazSlides sobre cartaz
Slides sobre cartaz
 
Como fazer cartaz
Como fazer cartazComo fazer cartaz
Como fazer cartaz
 
Cartaz
CartazCartaz
Cartaz
 
Como fazer um cartaz
Como fazer um cartazComo fazer um cartaz
Como fazer um cartaz
 
Genero Textual Cartaz
Genero Textual CartazGenero Textual Cartaz
Genero Textual Cartaz
 
Design de Cartazes
Design de CartazesDesign de Cartazes
Design de Cartazes
 
O cartaz
O cartazO cartaz
O cartaz
 
Tipos de cartazes
Tipos de  cartazesTipos de  cartazes
Tipos de cartazes
 
O Cartaz
O CartazO Cartaz
O Cartaz
 
Ppt cartaz
Ppt cartazPpt cartaz
Ppt cartaz
 
Vários tipos de cartazes
Vários tipos de cartazesVários tipos de cartazes
Vários tipos de cartazes
 
Ppoint como fazer cartaz2
Ppoint como fazer cartaz2Ppoint como fazer cartaz2
Ppoint como fazer cartaz2
 
7 como elaborar um poster
7   como elaborar um poster7   como elaborar um poster
7 como elaborar um poster
 
Como criar um folheto em publisher
Como criar um folheto em publisherComo criar um folheto em publisher
Como criar um folheto em publisher
 
Explicações cartaz
Explicações cartazExplicações cartaz
Explicações cartaz
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
 
Trabalho de e.m.r.c sobre o respeito dos animais
Trabalho de e.m.r.c sobre o respeito dos animaisTrabalho de e.m.r.c sobre o respeito dos animais
Trabalho de e.m.r.c sobre o respeito dos animais
 
Respeito aos animais
Respeito aos animaisRespeito aos animais
Respeito aos animais
 

Semelhante a Cartaz

O cartaz grupo4
O cartaz grupo4O cartaz grupo4
O cartaz grupo4
Carla Ribeiro
 
3º elaboração de_novo_cartaz_fantasporto
3º elaboração de_novo_cartaz_fantasporto3º elaboração de_novo_cartaz_fantasporto
3º elaboração de_novo_cartaz_fantasporto
Leonor Tomás
 
Cartaz
CartazCartaz
Cartaz
mariaparente
 
cartaz.ppt
cartaz.pptcartaz.ppt
cartaz.ppt
AndreiaTeixeira81
 
Como elaborar um cartaz?
Como elaborar um cartaz?Como elaborar um cartaz?
Como elaborar um cartaz?
sandy
 
A Trampo também faz arte para impressos!
A Trampo também faz arte para impressos!A Trampo também faz arte para impressos!
A Trampo também faz arte para impressos!
Agência Trampo
 

Semelhante a Cartaz (6)

O cartaz grupo4
O cartaz grupo4O cartaz grupo4
O cartaz grupo4
 
3º elaboração de_novo_cartaz_fantasporto
3º elaboração de_novo_cartaz_fantasporto3º elaboração de_novo_cartaz_fantasporto
3º elaboração de_novo_cartaz_fantasporto
 
Cartaz
CartazCartaz
Cartaz
 
cartaz.ppt
cartaz.pptcartaz.ppt
cartaz.ppt
 
Como elaborar um cartaz?
Como elaborar um cartaz?Como elaborar um cartaz?
Como elaborar um cartaz?
 
A Trampo também faz arte para impressos!
A Trampo também faz arte para impressos!A Trampo também faz arte para impressos!
A Trampo também faz arte para impressos!
 

Último

Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Danielle Fernandes Amaro dos Santos
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 

Último (20)

Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 

Cartaz

  • 2. O CARTAZ  O cartaz é uma forma de comunicação visual e destina-se à divulgação de informação.  É composto por dois elementos fundamentais: A imagem – que sendo o elemento principal procura chamar a atenção do espectador e despertar-lhe o interesse para o que se pretende transmitir. O texto – que sendo reduzido e de fácil compreensão, visa a rápida e eficaz apreensão da mensagem.
  • 3.  A origem do cartaz impresso remonta ao século XV com a invenção da prensa de Gutenberg. A sua função era sobretudo informativa. (Avisos, editais, etc)  O cartaz generaliza-se a partir de meados do século XIX com o desenvolvimento das técnicas de impressão. A sua função passa a ser mais apelativa.
  • 4. TIPOS DE CARTAZES  CARTAZES DE RUA Têm a finalidade de atrair a atenção de quem passa e a mensagem que transmite deve conseguir ser captada por muitas pessoas ao mesmo tempo, e em movimento.
  • 5. TIPOS DE CARTAZES  CARTAZES DE INTERIORES Destinam-se a pequenos grupos. Estes podem ser lidos com mais atenção e podem conter mais informação.
  • 6. FUNÇÕES DO CARTAZ  O cartaz é constituído por texto e imagem, e pode ser usado com diferentes funções. FUNÇÃO INFORMATIVA...
  • 7. FUNÇÕES DO CARTAZ ou FUNÇÃO APELATIVA É uma função mais usada na publicidade, tentando convencer o público a consumir determinado produto ou sensibilizá-lo para determinadas campanhas de solidariedade ou prevenção .
  • 8. PÚBLICO-ALVO  Um cartaz deve atrair a atenção do observador e transmitir a sua mensagem de forma eficaz.  Para isso é necessário ter em atenção o público a que se destina.  Um cartaz destinado a um público infantil, tem de ser diferente daquele cujo objetivo é um público adulto.
  • 11. A CONSTRUÇÃO DE UM CARTAZ Para construir um cartaz devemos ter em conta as seguintes questões: - Texto – deve ser curto, sugestivo, de fácil memorização e compreensão. Nos cartazes de interior o texto pode ser um pouco maior. - Imagem – a imagem deve ser expressiva e transmitir a ideia correta daquilo que se pretende dizer. - Composição Visual - consiste na organização dos diversos elementos de um cartaz e é essencial para uma leitura rápida e correta da mensagem.
  • 12. CARTAZ O TEXTO  O texto do cartaz deve ser curto e legível, para potenciar a imagem do produto. Pode ser constituído por: marca: nome do produto ou serviço; deve ser pequeno, fácil de pronunciar e fácil de memorizar; slogan: frase identificativa do produto ou serviço; deve ser breve, afirmativa; comentário: texto motivador do interesse; tem de ser curto, persuasivo, justificar o desejo de possuir o que imagem mostra. (Nos cartazes de interior a informação pode ser mais extensa)
  • 13. CARTAZ A IMAGEM A imagem adquire particular importância no cartaz, pois é geralmente o seu elemento fundamental de comunicação.  A imagem entra apenas por alguns instantes no nosso campo visual e deve, por isso, exprimir de forma clara e sintética a mensagem. Para isso deve ser: Expressiva, simples e direta.
  • 14. CARTAZ COMPOSIÇÃO VISUAL  A forma do suporte visual: Geralmente os cartazes têm como forma um retângulo em posição vertical...
  • 15. CARTAZ COMPOSIÇÃO VISUAL  A forma do suporte visual: Por vezes surgem cartazes em que o retângulo surge na posição horizontal.
  • 16. CARTAZ COMPOSIÇÃO VISUAL  A forma do suporte visual: Também podemos encontrar cartazes com formas diferentes e dispostos de outras maneiras, mas estes são menos frequentes.
  • 17. CARTAZ COMPOSIÇÃO VISUAL  Na distribuição dos elementos que compõem o cartaz podemos ter em atenção as seguintes estratégias visuais: Linhas de composição Centro ótico e geométrico Direção visual Lei dos terços Cor Letra
  • 18. CARTAZ COMPOSIÇÃO VISUAL  Linhas de composição As linhas de composição podem sugerir ao observador a noção de estabilidade ou movimento. Estas noções são-nos transmitidas pelo posicionamento das linhas, as quais sugerem: estabilidade quando se apresentam horizontais ou verticais, ou movimento quando se apresentam oblíquas.
  • 19. CARTAZ COMPOSIÇÃO VISUAL  Num cartaz existem dois centros: P - Centro geométrico O - Centro óptico P é o centro geométrico do cartaz; O é para onde converge o olhar do observador (centro ótico).
  • 20. CARTAZ COMPOSIÇÃO VISUAL  Direção Visual Quando se olha para uma página, um quadro ou um cartaz o nosso olhar começa por observar o canto superior esquerdo, e vai descendo progressivamente até ao canto inferior direito. A direção visual será diferente, por exemplo, para um árabe, visto que para estes a leitura se efetua da direita para a esquerda. Devemos ter este aspeto em consideração quando organizamos a informação num cartaz.
  • 21. CARTAZ COMPOSIÇÃO VISUAL  Lei dos terços. Segundo esta lei o espaço do cartaz deverá ser dividido em três partes iguais, tanto na horizontal como na vertical. Os pontos de cruzamento destas linhas deverão ser áreas onde poderemos colocar os elementos mais importantes do cartaz.
  • 23. CARTAZ COMPOSIÇÃO VISUAL  A Cor A cor deve ser escolhida em função da mensagem. Também deve ser usada com cuidado pois o uso excessivo de cores pode criar ruído visual. As regras de contraste podem facilitar a leitura do cartaz e a trasmissão da mensagem.
  • 25. CARTAZ COMPOSIÇÃO VISUAL ALetra O conteúdo da mensagem deverá influenciar o tipo de letra a utilizar A sua forma, cor e tamanho também devem ser cuidadosamente estudadas para não dificultarem a leitura. Para que sejam legíveis as letras devem ser simples e criar contraste com o fundo.
  • 26.
  • 27. A CASA DA MÚSICA