SlideShare uma empresa Scribd logo
Biomas
 Cerrado
Importância Biológica
          • 2° maior bioma
            brasileiro em
            extensão geográfica.
• Representa 5% da
  biodiversidade do planeta.
• Muito diversificado e rico
  em espécies.
• Apresenta pelo menos 11
  paisagens naturais.
• Já perdeu, pelo
  menos, a metade
  de sua paisagem
  original.
• Rios e córregos
  ameaçados.
Fisionomias
Formações florestais
• Mata de galeria; mata ciliar, mata seca e cerradão
Formações Savânicas
• Cerrado sentido restrito, Parque Cerrado, Palmeiral e Vereda
Formações campestres
• Campo limpo, Campo sujo e Campo rupestre.
Fauna

• Abriga comunidades de animais, com diversas
  espécies e uma grande abundância de
  indivíduos.
• Compartilha espécies com os demais biomas.
• Segundo maior conjunto animal do
  planeta:2.500 espécies de vertebrados
837 espécies de aves, sete espécies são
        endêmicas do Cerrado
                       Beija-flor-
                       de-gravata




  Rabo-mole-da-serra
  Soldadinho           Gralha-do
                       cerrado
204 espécies de anfíbios; 102
                são endêmicas.




Exemplar de perereca P. berohoca , e do sapinho B. sazimai que existem
apenas no cerrado e podem desaparecer devido aos efeitos da mudança
do clima e do mau uso da terra (Foto: Divulgação/Paula Valdujo)
120 espécies de répteis, das quais 45
            endêmicas
 Coral              cascavel
 verdadeira




Micrablepharus
atticolus



                   Hoplocercus
                   spinosus
197 espécies de mamíferos

Coral               Tatu-bola
                     cascavel
verdadeira




Lobo-guará

Micrablepharus
 Onça-pintada
atticolus



                   Suçuarana
                    Hoplocercus
                    spinosus
• CLIMA: tropical quente sub-úmido;
  temperaturas médias de 22 a 27°C
• RELEVO: plano por grandes extensões com
  planaltos e chapadas.
• HIDROGRAFIA: abrange as bacias do:
  Paraná, Parnaíba, Paraguai, São Franscisco e a
  Bacia Amazônica.
• SOLO: grande profundidade, cor
  vermelha, deficiente em nutrientes e rico em
  ferro e alumínio.
Bibliografia
• http://www.ispn.org.br/o-cerrado/o-cerrado-esta-desaparecendo/
• http://www.conservacao.org/noticias/noticia.php?id=31
• http://globotv.globo.com/globo-news/globo-news-
  especial/v/cerrado-brasileiro-enfrenta-problemas-com-erosoes-e-
  rios-que-estao-secando/2053239/
• http://www.flickr.com/photos/nclmartins/5089315529/
• http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Agencia16/AG01/arvore/A
  G01_52_911200585234.html

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Caatinga
CaatingaCaatinga
Caatinga
Marina Godoy
 
Biomas brasileiros-
Biomas brasileiros-Biomas brasileiros-
Biomas brasileiros-
Euna Machado
 
Floresta amazônica
Floresta amazônicaFloresta amazônica
Floresta amazônica
KELSON DA LUZ OLIVEIRA
 
Biomas mundiais
Biomas mundiaisBiomas mundiais
Biomas mundiais
igor-oliveira
 
Ecologia - Bioma Amazônia
Ecologia - Bioma AmazôniaEcologia - Bioma Amazônia
Ecologia - Bioma Amazônia
Bruno Anacleto
 
Biomas do brasil (Prof° Elves Alves)
Biomas do brasil (Prof° Elves Alves)Biomas do brasil (Prof° Elves Alves)
Biomas do brasil (Prof° Elves Alves)
elves0927
 
Biomas do mundo
Biomas do mundoBiomas do mundo
Bioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - CompletoBioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - Completo
Bruno Djvan Ramos Barbosa
 
Bioma Mata Atlântica - Ecologia
Bioma Mata Atlântica - EcologiaBioma Mata Atlântica - Ecologia
Bioma Mata Atlântica - Ecologia
Amália Beims
 
Biomas
BiomasBiomas
Pradarias slide
Pradarias slidePradarias slide
Pradarias slide
Wenderson Ferreira
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
Maicon Azevedo
 
Caatinga
CaatingaCaatinga
Biomas Brasileiros
Biomas BrasileirosBiomas Brasileiros
Biomas Brasileiros
Escola Adventista de Amaralina
 
Cerrados
CerradosCerrados
Caatinga
CaatingaCaatinga
Mata AtlâNtica
Mata AtlâNticaMata AtlâNtica
Mata AtlâNtica
diegovicari
 
Biomas do mundo
Biomas do mundoBiomas do mundo
Biomas do mundo
André Luiz Marques
 
Solos: origem, evolução, degradação e conservação
Solos: origem, evolução, degradação e conservaçãoSolos: origem, evolução, degradação e conservação
Solos: origem, evolução, degradação e conservação
Rodrigo Pavesi
 
Biomas: CAMPOS, CERRADOS e DESERTOS. E + Estepes e Savanas.
Biomas: CAMPOS, CERRADOS e DESERTOS. E + Estepes e Savanas.Biomas: CAMPOS, CERRADOS e DESERTOS. E + Estepes e Savanas.
Biomas: CAMPOS, CERRADOS e DESERTOS. E + Estepes e Savanas.
Ajuda Escolar
 

Mais procurados (20)

Caatinga
CaatingaCaatinga
Caatinga
 
Biomas brasileiros-
Biomas brasileiros-Biomas brasileiros-
Biomas brasileiros-
 
Floresta amazônica
Floresta amazônicaFloresta amazônica
Floresta amazônica
 
Biomas mundiais
Biomas mundiaisBiomas mundiais
Biomas mundiais
 
Ecologia - Bioma Amazônia
Ecologia - Bioma AmazôniaEcologia - Bioma Amazônia
Ecologia - Bioma Amazônia
 
Biomas do brasil (Prof° Elves Alves)
Biomas do brasil (Prof° Elves Alves)Biomas do brasil (Prof° Elves Alves)
Biomas do brasil (Prof° Elves Alves)
 
Biomas do mundo
Biomas do mundoBiomas do mundo
Biomas do mundo
 
Bioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - CompletoBioma da Caatinga - Completo
Bioma da Caatinga - Completo
 
Bioma Mata Atlântica - Ecologia
Bioma Mata Atlântica - EcologiaBioma Mata Atlântica - Ecologia
Bioma Mata Atlântica - Ecologia
 
Biomas
BiomasBiomas
Biomas
 
Pradarias slide
Pradarias slidePradarias slide
Pradarias slide
 
Biomas brasileiros
Biomas brasileirosBiomas brasileiros
Biomas brasileiros
 
Caatinga
CaatingaCaatinga
Caatinga
 
Biomas Brasileiros
Biomas BrasileirosBiomas Brasileiros
Biomas Brasileiros
 
Cerrados
CerradosCerrados
Cerrados
 
Caatinga
CaatingaCaatinga
Caatinga
 
Mata AtlâNtica
Mata AtlâNticaMata AtlâNtica
Mata AtlâNtica
 
Biomas do mundo
Biomas do mundoBiomas do mundo
Biomas do mundo
 
Solos: origem, evolução, degradação e conservação
Solos: origem, evolução, degradação e conservaçãoSolos: origem, evolução, degradação e conservação
Solos: origem, evolução, degradação e conservação
 
Biomas: CAMPOS, CERRADOS e DESERTOS. E + Estepes e Savanas.
Biomas: CAMPOS, CERRADOS e DESERTOS. E + Estepes e Savanas.Biomas: CAMPOS, CERRADOS e DESERTOS. E + Estepes e Savanas.
Biomas: CAMPOS, CERRADOS e DESERTOS. E + Estepes e Savanas.
 

Destaque

Cerrado 4
Cerrado 4Cerrado 4
Cerrado
CerradoCerrado
Slide Bioma Amazonia Para O Dia 02 De Outubro
Slide Bioma Amazonia Para O Dia 02 De OutubroSlide Bioma Amazonia Para O Dia 02 De Outubro
Slide Bioma Amazonia Para O Dia 02 De Outubro
Patrícia Ventura
 
Bioma amazônico
Bioma amazônicoBioma amazônico
Bioma amazônico
Leonaci Rios
 
Cerrado (4)
Cerrado (4)Cerrado (4)
Cerrado (4)
Jéssica Muniz
 
Trabalho Cerrado - 3* ANO
Trabalho Cerrado - 3* ANOTrabalho Cerrado - 3* ANO
Trabalho Cerrado - 3* ANO
Jhonatas Neves
 
Cerrado Brasileiro
Cerrado BrasileiroCerrado Brasileiro
Cerrado Brasileiro
ecsette
 

Destaque (7)

Cerrado 4
Cerrado 4Cerrado 4
Cerrado 4
 
Cerrado
CerradoCerrado
Cerrado
 
Slide Bioma Amazonia Para O Dia 02 De Outubro
Slide Bioma Amazonia Para O Dia 02 De OutubroSlide Bioma Amazonia Para O Dia 02 De Outubro
Slide Bioma Amazonia Para O Dia 02 De Outubro
 
Bioma amazônico
Bioma amazônicoBioma amazônico
Bioma amazônico
 
Cerrado (4)
Cerrado (4)Cerrado (4)
Cerrado (4)
 
Trabalho Cerrado - 3* ANO
Trabalho Cerrado - 3* ANOTrabalho Cerrado - 3* ANO
Trabalho Cerrado - 3* ANO
 
Cerrado Brasileiro
Cerrado BrasileiroCerrado Brasileiro
Cerrado Brasileiro
 

Semelhante a Biomas cerrado-2

Paul do boquilobo
Paul do boquiloboPaul do boquilobo
Paul do boquilobo
Alexandre Vilão
 
O bioma Pampas e sua Flora e Fauna.
O bioma Pampas e sua Flora e Fauna.O bioma Pampas e sua Flora e Fauna.
O bioma Pampas e sua Flora e Fauna.
Srta Gecy
 
Biologia, caatinga
Biologia, caatingaBiologia, caatinga
Biologia, caatinga
jhulia caroline
 
Biologia, caatinga
Biologia, caatingaBiologia, caatinga
Biologia, caatinga
jhulia caroline
 
Parque natural da serra de São Mamede
Parque natural da serra de São MamedeParque natural da serra de São Mamede
Parque natural da serra de São Mamede
Biaa
 
Fauna brasileira
Fauna brasileiraFauna brasileira
Fauna brasileira
cjopa
 
O Cerrado; conceito e vegetação
O Cerrado; conceito e vegetaçãoO Cerrado; conceito e vegetação
O Cerrado; conceito e vegetação
UESPI - PI
 
Bioma Mata Atlantica
Bioma Mata AtlanticaBioma Mata Atlantica
Bioma Mata Atlantica
Jean Leão
 
Biologia, caatinga
Biologia, caatingaBiologia, caatinga
Biologia, caatinga
jhulia caroline
 
Caminhos do cerrado
Caminhos do cerradoCaminhos do cerrado
Caminhos do cerrado
igor-oliveira
 
Trabalho de Ecologia - Bioma Pampa
Trabalho de Ecologia - Bioma PampaTrabalho de Ecologia - Bioma Pampa
Trabalho de Ecologia - Bioma Pampa
Jean Leão
 
Biomas e domínios brasileiros I
Biomas e domínios brasileiros IBiomas e domínios brasileiros I
Biomas e domínios brasileiros I
Professora Verônica Santos
 
parque natural do vale do guadiana
parque natural do vale do guadianaparque natural do vale do guadiana
parque natural do vale do guadiana
AnaGomes40
 
Apresentação amazônia
Apresentação   amazôniaApresentação   amazônia
Apresentação amazônia
Victor Ygor
 
TRABALHO EM GT
TRABALHO EM GTTRABALHO EM GT
TRABALHO EM GT
jhulia caroline
 
Biomas
BiomasBiomas
Biomas
Luciane Sv
 
Familia hylidae
Familia hylidaeFamilia hylidae
Familia hylidae
Katlin Camila Fernandes
 
Biomas do Brasil
Biomas do BrasilBiomas do Brasil
Biomas do Brasil
Fábio Ianomami
 
Parque natural do douro internacional
Parque natural do douro internacionalParque natural do douro internacional
Parque natural do douro internacional
AECBA
 
Biodiversidade Brasileira Biomas.pdf
Biodiversidade Brasileira Biomas.pdfBiodiversidade Brasileira Biomas.pdf
Biodiversidade Brasileira Biomas.pdf
KattiEberle1
 

Semelhante a Biomas cerrado-2 (20)

Paul do boquilobo
Paul do boquiloboPaul do boquilobo
Paul do boquilobo
 
O bioma Pampas e sua Flora e Fauna.
O bioma Pampas e sua Flora e Fauna.O bioma Pampas e sua Flora e Fauna.
O bioma Pampas e sua Flora e Fauna.
 
Biologia, caatinga
Biologia, caatingaBiologia, caatinga
Biologia, caatinga
 
Biologia, caatinga
Biologia, caatingaBiologia, caatinga
Biologia, caatinga
 
Parque natural da serra de São Mamede
Parque natural da serra de São MamedeParque natural da serra de São Mamede
Parque natural da serra de São Mamede
 
Fauna brasileira
Fauna brasileiraFauna brasileira
Fauna brasileira
 
O Cerrado; conceito e vegetação
O Cerrado; conceito e vegetaçãoO Cerrado; conceito e vegetação
O Cerrado; conceito e vegetação
 
Bioma Mata Atlantica
Bioma Mata AtlanticaBioma Mata Atlantica
Bioma Mata Atlantica
 
Biologia, caatinga
Biologia, caatingaBiologia, caatinga
Biologia, caatinga
 
Caminhos do cerrado
Caminhos do cerradoCaminhos do cerrado
Caminhos do cerrado
 
Trabalho de Ecologia - Bioma Pampa
Trabalho de Ecologia - Bioma PampaTrabalho de Ecologia - Bioma Pampa
Trabalho de Ecologia - Bioma Pampa
 
Biomas e domínios brasileiros I
Biomas e domínios brasileiros IBiomas e domínios brasileiros I
Biomas e domínios brasileiros I
 
parque natural do vale do guadiana
parque natural do vale do guadianaparque natural do vale do guadiana
parque natural do vale do guadiana
 
Apresentação amazônia
Apresentação   amazôniaApresentação   amazônia
Apresentação amazônia
 
TRABALHO EM GT
TRABALHO EM GTTRABALHO EM GT
TRABALHO EM GT
 
Biomas
BiomasBiomas
Biomas
 
Familia hylidae
Familia hylidaeFamilia hylidae
Familia hylidae
 
Biomas do Brasil
Biomas do BrasilBiomas do Brasil
Biomas do Brasil
 
Parque natural do douro internacional
Parque natural do douro internacionalParque natural do douro internacional
Parque natural do douro internacional
 
Biodiversidade Brasileira Biomas.pdf
Biodiversidade Brasileira Biomas.pdfBiodiversidade Brasileira Biomas.pdf
Biodiversidade Brasileira Biomas.pdf
 

Último

347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 

Último (20)

347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 

Biomas cerrado-2

  • 2. Importância Biológica • 2° maior bioma brasileiro em extensão geográfica. • Representa 5% da biodiversidade do planeta. • Muito diversificado e rico em espécies. • Apresenta pelo menos 11 paisagens naturais.
  • 3. • Já perdeu, pelo menos, a metade de sua paisagem original. • Rios e córregos ameaçados.
  • 5. Formações florestais • Mata de galeria; mata ciliar, mata seca e cerradão
  • 6. Formações Savânicas • Cerrado sentido restrito, Parque Cerrado, Palmeiral e Vereda
  • 7. Formações campestres • Campo limpo, Campo sujo e Campo rupestre.
  • 8. Fauna • Abriga comunidades de animais, com diversas espécies e uma grande abundância de indivíduos. • Compartilha espécies com os demais biomas. • Segundo maior conjunto animal do planeta:2.500 espécies de vertebrados
  • 9. 837 espécies de aves, sete espécies são endêmicas do Cerrado Beija-flor- de-gravata Rabo-mole-da-serra Soldadinho Gralha-do cerrado
  • 10. 204 espécies de anfíbios; 102 são endêmicas. Exemplar de perereca P. berohoca , e do sapinho B. sazimai que existem apenas no cerrado e podem desaparecer devido aos efeitos da mudança do clima e do mau uso da terra (Foto: Divulgação/Paula Valdujo)
  • 11. 120 espécies de répteis, das quais 45 endêmicas Coral cascavel verdadeira Micrablepharus atticolus Hoplocercus spinosus
  • 12. 197 espécies de mamíferos Coral Tatu-bola cascavel verdadeira Lobo-guará Micrablepharus Onça-pintada atticolus Suçuarana Hoplocercus spinosus
  • 13. • CLIMA: tropical quente sub-úmido; temperaturas médias de 22 a 27°C • RELEVO: plano por grandes extensões com planaltos e chapadas. • HIDROGRAFIA: abrange as bacias do: Paraná, Parnaíba, Paraguai, São Franscisco e a Bacia Amazônica. • SOLO: grande profundidade, cor vermelha, deficiente em nutrientes e rico em ferro e alumínio.
  • 14. Bibliografia • http://www.ispn.org.br/o-cerrado/o-cerrado-esta-desaparecendo/ • http://www.conservacao.org/noticias/noticia.php?id=31 • http://globotv.globo.com/globo-news/globo-news- especial/v/cerrado-brasileiro-enfrenta-problemas-com-erosoes-e- rios-que-estao-secando/2053239/ • http://www.flickr.com/photos/nclmartins/5089315529/ • http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Agencia16/AG01/arvore/A G01_52_911200585234.html