SlideShare uma empresa Scribd logo
MEDICINA
PSICOSSOMÁTICA
ESCOLADEAPRENDIZESDOEVANGELHO
São José dos Campos, SP – 27 de julho de 2018 – Daniel de Melo
EAE A078
MEDICINA PSICOSSOMÁTICA
AULA 078 (INICIAÇÃO ESPÍRITA CAP. 34)
Medicina Psicossomática
Corpos Espirituais
Consequências
Hereditariedade
Doentes e Não-doenças
Herança Psíquica
Ação dos Desencarnados
Fator Psíquico
A Medicina Psicossomática atesta a influência
do psiquismo no equilíbrio orgânico, buscando
diagnósticos e tratamentos alicerçados numa
visão mais integral do ser humano.
O ser humano é muito mais que um corpo
físico.
É, sim, um Espírito que se reveste,
provisoriamente, de um corpo carnal.
A influência que a mente encarnada capta
continuamente pode produzir efeitos positivos
ou negativos, dependendo da condição pessoal
de quem a recebe, sabendo-se que a lei de
sintonia por afinidade preside qualquer tipo de
comunicação ou conexão mental.
Se positivos, os efeitos comparecem sempre
estimulantes e revitalizantes.
Quando negativos, apresentam-se psicológica e
fisicamente danosos.
“
Perispírito(MedicinaPsicossomática),ZalminoZimmermann
Se a autointoxicação da alma, com ideias doentias
e emoções de efeito corrosivo, em descompasso
com a recomendação evangélica, já afeta, por via
do perispírito, o equilíbrio geral das células
orgânicas, a intoxicação oriunda da obsessão, pela
infiltração dos miasmas do obsessor na tessitura
perispirítica do paciente, pode gerar moléstias
físicas as mais incomuns, se não até
desconhecidas, e cuja cura dependerá, em
verdade, da solução definitiva do processo
obsessivo, sob a luz da compreensão, do
arrependimento e do perdão.
“
Perispírito(DuploEtérico),ZalminoZimmermann
A vida é regida, não por uma mecânica
material e irracional, mas sim por um dínamo
psiquismo racional, e que aquilo que, na fase
da encarnação, todos nós vemos como única
realidade palpável e patente, não pode existir
sem que antes exista uma força fluídica que
lhes servirá de modelo.
“
ElucidaçõesdoAlém(Ramatís)porHercílioMaes
A estrutura, o mecanismo, a fisiologia do
duplo etérico e o seu funcionamento ainda é
matéria desconhecida maioria dos médiuns; e
por Isso, quase todos eles aventuram-se em
realizações imprudentes sem o mínimo
conhecimento das funções primárias dos
diversos veículos que constituem o perispírito
e servem ao Espirito imortal para condicionar
a fenomenologia mediúnica na Terra.
“
ElucidaçõesdoAlém(Ramatís)porHercílioMaes
Ignoram mesmo, a sua verdadeira composição
fisiológica, em atuação num campo vibratório
superior ao da vida material.
A nossa ciência, atualmente ainda
materialista, caminha, estudando
porém, a energia de que é feita a
matéria.
Há no corpo físico um órgão que funciona
como elo com o corpo espiritual, ainda pouco
abordado pela medicina tradicional, descrito
por André Luiz em os Missionários da Luz.
“
MissionáriosdaLuz(AndréLuiz)porFranciscoCândidoXavier
Ela preside aos fenômenos nervosos da
emotividade, como órgão de elevada
expressão no corpo etéreo. Desata, de certo
modo, os laços divinos da Natureza, os quais
ligam as existências umas às outras, na
sequência de lutas, pelo aprimoramento da
alma, e deixa entrever a grandeza das
faculdades criadoras de que a criatura se acha
investida.
Destaca ainda, a relação entre a nossa força
vital e criadora com a glândula pineal.
“
MissionáriosdaLuz(AndréLuiz)porFranciscoCândidoXavier
As glândulas genitais segregam os hormônios
do sexo, mas a glândula pineal, se me posso
exprimir assim, segrega “hormônios psíquicos”
ou “unidades-força” que vão atuar, de maneira
positiva, nas energias geradoras.
“
MissionáriosdaLuz(AndréLuiz)porFranciscoCândidoXavier
A glândula pineal conserva ascendência em
todo o sistema endocrínico. Ligada à mente,
através de princípios eletromagnéticos do
campo vital, que a ciência comum ainda não
pode identificar, comanda as forças
subconscientes sob a determinação direta da
vontade.
“
MissionáriosdaLuz(AndréLuiz)porFranciscoCândidoXavier
As redes nervosas constituem-lhe os fios
telegráficos para ordens imediatas a todos os
departamentos celulares, e sob sua direção
efetuam-se os suprimentos de energias
psíquicas a todos os armazéns autônomos dos
órgãos.
“
MissionáriosdaLuz(AndréLuiz)porFranciscoCândidoXavier
Manancial criador dos mais importantes, suas
atribuições são extensas e fundamentais. Na
qualidade de controladora do mundo
emotivo, sua posição na experiência sexual é
básica e absoluta.
Por intermédio do duplo etérico é que os
espíritos desencarnados interferem sobre os
encarnados, agindo rapidamente sobre o seu
equilíbrio orgânico nessas operações de curas
espirituais que nos deixam estarrecidos pela
sua rapidez e perfeição.
Funcionando sinergicamente, tudo que o
melhorar as condições do duplo etérico “ipso
facto” melhorará a saúde do corpo físico, e
tudo que modificar a constituição do corpo
físico (denso) modificará também a
constituição do corpo etérico.
A nutrição material, de fora para dentro, e a
nutrição espiritual (pensamentos e
sentimentos), de dentro para fora, concorrem
e se responsabilizam pelo estado de saúde do
homem encarnado.
A alimentação não adequada às necessidades
funcionais ou em excesso também provoca o
desequilíbrio orgânico que repercute no
perispírito.
O homem encarnado deve cuidar com carinho,
tanto da higiene do espírito quanto do corpo
físico (veículo indispensável do espírito).
SENTIMENTOS
DEFENSIVOS
COMPORTAMENTOS
DEFENSIVOS
DOENÇAS
PSICOSSOMÁTICAS
INSTINTO Voracidade, agressividade, ferocidade, etc. Lesões físicas, acidentes, etc.
EGOCENTRISMO Comodismo, vícios, paixões, preguiça, apatia, etc.
Pulmões, rins, pernas, pés, coluna, intestino,
pressão arterial, etc.
CIÚME Possessividade, etc. Estômago, gastrite, úlceras gástricas, etc.
EGOÍSMO Avareza, perdularismo, etc. Ombros, braços, mãos, artrites, etc.
VAIDADE Exibicionismo, vergonha, melindre, etc.
Gripe, dor de cabeça, alergia, inflamações,
insônia, etc.
ORGULHO
Arrogância, falta de fé, autoritarismo, prepotência,
etc.
Fígado, órgãos sensoriais (paladar, visão,
audição...), etc.
INVEJA Maledicência, fofoca, cobiça, crítica, etc. Nervo óptico, paralisias faciais, torcicolo, etc.
JUÍZO Prejulgamento, injustiça, prejuízo, etc. Confusões mentais, etc.
O nosso corpo físico deverá atingir uma forma
perfeita, a sua organização ideal, ainda não
atingida, os homens que se encarnam, se
seguirem a vontade de Deus, evoluirão para
este estado ideal.
“
IniciaçãoEspírita
Surgirão novos órgãos, novos centros de
emissão e de recepção, novas funções,
faculdades novas, cujo número e alcance não
podemos ainda prever, mas de cujo poder e
utilidade temos uma pálida ideia pela já
conhecida faculdade mediúnica.
A faculdade mediúnica facilita ao homem
encarnado um intercambio consciente com os
desencarnados, trazendo àqueles, percepções e
poderes até então só conhecidos e aproveitados
por alguns iluminados.
Qual a influência genética?
“
Hereditariedade(MissionáriosdaLuz)
- E a lei da hereditariedade fisiológica?
- Funciona com inalienável domínio sobre
todos os seres em evolução, mas sofre
naturalmente a influência de todos aqueles
que alcançam qualidades superiores ao
ambiente geral.
“
Hereditariedade(MensageirosdaLuz)
São inúmeros os projetos de corpos futuros
em nossos setores de serviço.
Depreende-se da maioria deles, que todos os
enfermos na carne são almas em trabalho da
urgente conquista de si próprios. Ninguém trai
a vontade de Deus nos processos evolutivos,
sem graves tarefas de reparação, e todos os
que tentam enganar a natureza, quadro
legítimo das leis divinas acabam por enganar
a si mesmos.
“
Hereditariedade(MensageirosdaLuz)
A vida é uma sinfonia perfeita.
Quando procuramos desafina-la no círculo das
notas que devemos emitir para sua máxima
glorificação, somos compelidos a estacionar
em pesado serviço de recomposição da
harmonia quebrada.
“
Hereditariedade(MensageirosdaLuz)
Por isso mesmo a criatura terrena herda
tendências e não qualidades. As primeiras
cercam o homem que renasce desde os
primeiros dias de luta, não só em seu corpo
transitório, mas também no ambiente geral a
que foi chamado a viver, aprimorando-se; as
segundas resultam do labor individual da alma
encarnada, na defesa, educação e
aperfeiçoamento de si mesma nos círculos
benditos da experiência.
Nunca fugiremos à lei, cujos artigos e
parágrafos do Supremo Legislador abrangem o
Universo.
Ninguém enganará a Natureza. Centros vitais
desequilibrados obrigarão a alma à
permanência em situações de desequilíbrio.
“
IniciaçãoEspírita
A medicina humana será muito diferente no
futuro, quando a ciência puder compreender a
extensão e a complexidade dos fatores
mentais no campo das moléstias do corpo
físico. Muito raramente não se encontram as
afecções diretamente relacionadas com o
psiquismo.
O Espírito prepara o terreno para a saúde ou
para a doença. O mundo da matéria é o dos
efeitos, o das causas é o mundo do Espírito;
removidas as causas cessarão os efeitos; a
medicina do porvir será espiritualista,
consciente e cientificamente espiritualista, e o
espiritismo cristão será a sua coluna mestra.
É fruto de todas as experiências já realizadas
pelo Espírito em suas vidas pregressas,
encarnadas ou desencarnadas; cada qual traz
suas tendências, seus hábitos, seus “talentos”
que, adicionado aos fatures educacionais
proporcionados pelos pais e pelo meio
ambiente, virão formar a nova personalidade
daquela individualidade eterna e em evolução
permanente.
Em cada encarnação há que resgataremos o
passado, aprender com a nova vida e nas
novas oportunidade, e atirar a semente para a
germinação benéfica do futuro.
“
IniciaçãoEspírita
Quanto mais evoluído o Espírito tanto menos sujeito às condições
do meio, pois maior o seu livre arbítrio, mais forte sua vontade,
mais positivos e profundos seus conhecimentos.
O determinismo do meio ambiente provoca e aumenta o livre
arbítrio do Espírito.
“
IniciaçãoEspírita
Para bem se estudar a personalidade humana e melhor orientá-la
na lei da evolução, é imprescindível a lei das reencarnações, quer
como necessidade filosófica, quer como científica, pois ambas
estarão fadadas ao fracasso sem ela.
Sem a demonstração científica da sobrevivência e da lei das
reencarnações tanto a ciência como a filosofia girarão sempre em
torno de efeitos, sem atingir as causas.
Sem a demonstração científica da
sobrevivência e da lei das reencarnações tanto
a ciência como a filosofia girarão sempre em
torno de efeitos, sem atingir as causas.
Tão importante quanto a reencarnação ou a
imortalidade é o intercâmbio, consciente ou
inconsciente, entre encarnados e
desencarnados.
São consideradas benéficas (mentores) e
maléficas (obsessores).
Na realidade as ações dos desencarnados sobre
os encarnados se dividem, realmente, em
direta e indiretamente benéficas e não em
benéficas e maléficas.
“
IniciaçãoEspírita
A comunicação dos planos está na razão
direta da sintonização das vibrações.
Assim como há contágio físico no meio físico há
contágio psíquico no meio psíquico, a lei é a
mesma, apenas a vibração do plano é que é
diferente.
Maus pensamentos e maus sentimentos
funcionam no plano psíquico, com repercussão
posterior no plano físico como fonte dos
agentes causadores de doenças que, ao
contaminarem o meio, produzem desequilíbrios
que podem ir desde a intranquilidade espiritual
até doença física.
Incentivar a prática das virtudes não é trazer
especulação sobre problemas obscuros
procurando uma vã esperança de dias
melhores: é princípio científico sem o qual o
homem não sairá do terreno das dores e da
ignorância ao qual se viciou por tantos séculos
de vida vivida sem o devido discernimento,
sem o conhecimento imprescindível das leis que
regem a vida.
“
IniciaçãoEspírita
Educar a humanidade nas bases da
imortalidade, da evolução, da reencarnação,
da solidariedade, da fraternidade, da
humildade, da honestidade e do trabalho, é
educa-la na vontade de Deus, é orientá-la
para o único caminho capaz de lhe assegurar
a felicidade, a paz, a saúde, a sabedoria e o
poder, de maneira indelével, eficaz e sábia.
E é por isso mesmo que o Espiritismo,
continuação que é do Cristianismo, será a
grande alavanca propulsora da humanidade,
quer filosófica, quer cientificamente, quando
ele for conscientemente aceito e
conscientemente praticado em todos os seus
aspectos pelos homens todos do planeta Terra.
Magnetismo
Autossugestão
Reflexão...
Qual nosso progresso moral e quanto temos
contribuído e nos esforçado para a melhoria
das ciências do Espírito?
Quem foi o Maior médico que já existiu?
“Eu sou o caminho, a verdade e a vida.”
Jo 14:6
Obrigado!
Daniel de Melo
www.espirito.online/avaliar
Bibliografia
• Iniciação Espírita, Autores Diversos - Org. Edgard Armond - Aliança, 2000.
• Perispirito, Zalmino Zimmermann - Allan Kardec, 2015.
• Obra Completa, Allan Kardec - eBook Kindle - dC, 2015.
• Missionários da Luz, André Luiz (Espírito) por Francisco Cândido Xavier - FEB, 2012.
• Elucidações do Além, Ramatís (Espírito) por Hercílio Maes - Conhecimento, 2005
• Bíblia Sagrada (NTLH), acessível em: https://www.bible.com/pt/bible/.
Ilustrações diversas colhidas no Google Imagens / Agradecimentos: Amigos de Chico / MSP-Dentro da História

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Espirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpoEspirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpo
Ailton Guimaraes
 
O Passe
O PasseO Passe
O Passe
paikachambi
 
AFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão Espírita
AFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão EspíritaAFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão Espírita
AFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão Espírita
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
O livro dos médiuns
O livro dos médiunsO livro dos médiuns
O livro dos médiuns
Alfredo Lopes
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Aula espiritos errantes
Aula espiritos errantesAula espiritos errantes
Aula espiritos errantes
Oribes Teixeira
 
Anjos da Guarda
Anjos da GuardaAnjos da Guarda
Anjos da Guarda
Ponte de Luz ASEC
 
apresentação do Magnetismo espirita natal
apresentação do Magnetismo espirita  natalapresentação do Magnetismo espirita  natal
apresentação do Magnetismo espirita natal
Wagner Marques
 
Evangeliza - Passe
Evangeliza - PasseEvangeliza - Passe
Evangeliza - Passe
Antonino Silva
 
Palestra 29 o homem de bem
Palestra 29 o homem de bemPalestra 29 o homem de bem
Palestra 29 o homem de bem
Jose Ferreira Almeida Almeida
 
Mediunidade de cura
Mediunidade de curaMediunidade de cura
Mediunidade de cura
Deborah Oliver
 
Mecanismo das comunicações - Afinidade - Sintonia
Mecanismo das comunicações - Afinidade  - SintoniaMecanismo das comunicações - Afinidade  - Sintonia
Mecanismo das comunicações - Afinidade - Sintonia
jcevadro
 
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaO PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
Jorge Luiz dos Santos
 
2.9.2 Possessos - Convulsionários
2.9.2   Possessos - Convulsionários2.9.2   Possessos - Convulsionários
2.9.2 Possessos - Convulsionários
Marta Gomes
 
Simpatia e antipatia
Simpatia e antipatiaSimpatia e antipatia
Simpatia e antipatia
Graça Maciel
 
Elementos gerais do universo
Elementos gerais do universoElementos gerais do universo
Elementos gerais do universo
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
A113 EAE DM - REGRAS DE CONDUTA 20171123
A113 EAE DM - REGRAS DE CONDUTA 20171123A113 EAE DM - REGRAS DE CONDUTA 20171123
A113 EAE DM - REGRAS DE CONDUTA 20171123
Daniel de Melo
 
Allan Kardec
Allan KardecAllan Kardec
Allan Kardec
Power Point
 
Ondas e Percepções
Ondas e PercepçõesOndas e Percepções
Ondas e Percepções
hamletcrs
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Fernando Pinto
 

Mais procurados (20)

Espirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpoEspirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpo
 
O Passe
O PasseO Passe
O Passe
 
AFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão Espírita
AFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão EspíritaAFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão Espírita
AFINIDADE E SINTONIA ESPIRITUAL na visão Espírita
 
O livro dos médiuns
O livro dos médiunsO livro dos médiuns
O livro dos médiuns
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
 
Aula espiritos errantes
Aula espiritos errantesAula espiritos errantes
Aula espiritos errantes
 
Anjos da Guarda
Anjos da GuardaAnjos da Guarda
Anjos da Guarda
 
apresentação do Magnetismo espirita natal
apresentação do Magnetismo espirita  natalapresentação do Magnetismo espirita  natal
apresentação do Magnetismo espirita natal
 
Evangeliza - Passe
Evangeliza - PasseEvangeliza - Passe
Evangeliza - Passe
 
Palestra 29 o homem de bem
Palestra 29 o homem de bemPalestra 29 o homem de bem
Palestra 29 o homem de bem
 
Mediunidade de cura
Mediunidade de curaMediunidade de cura
Mediunidade de cura
 
Mecanismo das comunicações - Afinidade - Sintonia
Mecanismo das comunicações - Afinidade  - SintoniaMecanismo das comunicações - Afinidade  - Sintonia
Mecanismo das comunicações - Afinidade - Sintonia
 
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaO PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
 
2.9.2 Possessos - Convulsionários
2.9.2   Possessos - Convulsionários2.9.2   Possessos - Convulsionários
2.9.2 Possessos - Convulsionários
 
Simpatia e antipatia
Simpatia e antipatiaSimpatia e antipatia
Simpatia e antipatia
 
Elementos gerais do universo
Elementos gerais do universoElementos gerais do universo
Elementos gerais do universo
 
A113 EAE DM - REGRAS DE CONDUTA 20171123
A113 EAE DM - REGRAS DE CONDUTA 20171123A113 EAE DM - REGRAS DE CONDUTA 20171123
A113 EAE DM - REGRAS DE CONDUTA 20171123
 
Allan Kardec
Allan KardecAllan Kardec
Allan Kardec
 
Ondas e Percepções
Ondas e PercepçõesOndas e Percepções
Ondas e Percepções
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
 

Semelhante a AULA 078 EAE DM - MEDICINA PSICOSSOMÁTICA - 20180727

Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
João Lister Pereira
 
Desobsessão
Desobsessão Desobsessão
Desobsessão
Ceile Bernardo
 
Espiritualidade e saúde (fatima)
Espiritualidade e saúde (fatima)Espiritualidade e saúde (fatima)
Espiritualidade e saúde (fatima)
Fatima Carvalho
 
Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02
Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02
Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02
Alberto Barth
 
Medicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismoMedicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismo
Ana Cristina Lima
 
ELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMO
ELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMOELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMO
ELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMO
guest9002b0
 
Medicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismoMedicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismo
Arnaldo Carvalho
 
Medicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismoMedicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismo
Izabel Cristina Fonseca
 
Medicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismoMedicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismo
Izabel Cristina Fonseca
 
Medicina E O Espiritismo
Medicina E O EspiritismoMedicina E O Espiritismo
Medicina E O Espiritismo
AndySans 2008
 
Medicina E O Espiritismo
Medicina E O EspiritismoMedicina E O Espiritismo
Medicina E O Espiritismo
Medicina E O EspiritismoMedicina E O Espiritismo
Medicina E O Espiritismo
Anelise Mastella
 
Curso de passe-2012-aula -2-06.10.12
Curso de passe-2012-aula -2-06.10.12Curso de passe-2012-aula -2-06.10.12
Curso de passe-2012-aula -2-06.10.12
Levi Antonio Amancio
 
Temas atuais sob a ótica espírita - Emmanuel
Temas atuais sob a ótica espírita  - EmmanuelTemas atuais sob a ótica espírita  - Emmanuel
Temas atuais sob a ótica espírita - Emmanuel
Irene Aguiar
 
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Apometria (jose lacerda de azevedo)
Apometria (jose lacerda de azevedo)Apometria (jose lacerda de azevedo)
Apometria (jose lacerda de azevedo)
maria garrido
 
Genese cap 15 parte 2 de 3 de 29 a 47 dupla vista curas etc
Genese cap 15 parte 2 de 3  de 29 a 47   dupla vista curas etcGenese cap 15 parte 2 de 3  de 29 a 47   dupla vista curas etc
Genese cap 15 parte 2 de 3 de 29 a 47 dupla vista curas etc
Fernando Pinto
 
Corpos e curas2
Corpos e curas2Corpos e curas2
Corpos e curas2
Dr. Walter Cury
 
122693669 apometria
122693669 apometria122693669 apometria
Universalismo crstico apostila - 019 - 2011 - lar (1)
Universalismo crstico   apostila - 019 - 2011 - lar (1)Universalismo crstico   apostila - 019 - 2011 - lar (1)
Universalismo crstico apostila - 019 - 2011 - lar (1)
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 

Semelhante a AULA 078 EAE DM - MEDICINA PSICOSSOMÁTICA - 20180727 (20)

Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
 
Desobsessão
Desobsessão Desobsessão
Desobsessão
 
Espiritualidade e saúde (fatima)
Espiritualidade e saúde (fatima)Espiritualidade e saúde (fatima)
Espiritualidade e saúde (fatima)
 
Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02
Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02
Medicinaeoespiritismo 091220141822-phpapp02
 
Medicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismoMedicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismo
 
ELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMO
ELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMOELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMO
ELIZETH CORONA - MEDICINA E O ESPIRITISMO
 
Medicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismoMedicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismo
 
Medicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismoMedicina e o_espiritismo
Medicina e o_espiritismo
 
Medicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismoMedicina e o espiritismo
Medicina e o espiritismo
 
Medicina E O Espiritismo
Medicina E O EspiritismoMedicina E O Espiritismo
Medicina E O Espiritismo
 
Medicina E O Espiritismo
Medicina E O EspiritismoMedicina E O Espiritismo
Medicina E O Espiritismo
 
Medicina E O Espiritismo
Medicina E O EspiritismoMedicina E O Espiritismo
Medicina E O Espiritismo
 
Curso de passe-2012-aula -2-06.10.12
Curso de passe-2012-aula -2-06.10.12Curso de passe-2012-aula -2-06.10.12
Curso de passe-2012-aula -2-06.10.12
 
Temas atuais sob a ótica espírita - Emmanuel
Temas atuais sob a ótica espírita  - EmmanuelTemas atuais sob a ótica espírita  - Emmanuel
Temas atuais sob a ótica espírita - Emmanuel
 
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
29297663 curso-de-apometria-nucleo-ramatis
 
Apometria (jose lacerda de azevedo)
Apometria (jose lacerda de azevedo)Apometria (jose lacerda de azevedo)
Apometria (jose lacerda de azevedo)
 
Genese cap 15 parte 2 de 3 de 29 a 47 dupla vista curas etc
Genese cap 15 parte 2 de 3  de 29 a 47   dupla vista curas etcGenese cap 15 parte 2 de 3  de 29 a 47   dupla vista curas etc
Genese cap 15 parte 2 de 3 de 29 a 47 dupla vista curas etc
 
Corpos e curas2
Corpos e curas2Corpos e curas2
Corpos e curas2
 
122693669 apometria
122693669 apometria122693669 apometria
122693669 apometria
 
Universalismo crstico apostila - 019 - 2011 - lar (1)
Universalismo crstico   apostila - 019 - 2011 - lar (1)Universalismo crstico   apostila - 019 - 2011 - lar (1)
Universalismo crstico apostila - 019 - 2011 - lar (1)
 

Mais de Daniel de Melo

AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
Daniel de Melo
 
A034 EAE DM - CONSAGRAÇÃO E EXCURSÕES AO ESTRANGEIRO 20190628v4
A034 EAE DM - CONSAGRAÇÃO E EXCURSÕES AO ESTRANGEIRO 20190628v4A034 EAE DM - CONSAGRAÇÃO E EXCURSÕES AO ESTRANGEIRO 20190628v4
A034 EAE DM - CONSAGRAÇÃO E EXCURSÕES AO ESTRANGEIRO 20190628v4
Daniel de Melo
 
A035 EAE DM - PARÁBOLAS III - VIDA RURAL 20180927
A035 EAE DM - PARÁBOLAS III - VIDA RURAL 20180927A035 EAE DM - PARÁBOLAS III - VIDA RURAL 20180927
A035 EAE DM - PARÁBOLAS III - VIDA RURAL 20180927
Daniel de Melo
 
A027 EAE DM - PARÁBOLAS I - USOS E COSTUMES SOCIAIS - 20200626v3
A027 EAE DM - PARÁBOLAS I - USOS E COSTUMES SOCIAIS - 20200626v3A027 EAE DM - PARÁBOLAS I - USOS E COSTUMES SOCIAIS - 20200626v3
A027 EAE DM - PARÁBOLAS I - USOS E COSTUMES SOCIAIS - 20200626v3
Daniel de Melo
 
A109 EAE DM - RECURSOS DO CRISTÃO - 20200604v2
A109 EAE DM - RECURSOS DO CRISTÃO - 20200604v2A109 EAE DM - RECURSOS DO CRISTÃO - 20200604v2
A109 EAE DM - RECURSOS DO CRISTÃO - 20200604v2
Daniel de Melo
 
A054 EAE DM - FUNDAÇÃO DA IGREJA CRISTÃ - 20190327V5
A054 EAE DM - FUNDAÇÃO DA IGREJA CRISTÃ - 20190327V5A054 EAE DM - FUNDAÇÃO DA IGREJA CRISTÃ - 20190327V5
A054 EAE DM - FUNDAÇÃO DA IGREJA CRISTÃ - 20190327V5
Daniel de Melo
 
A066 EAE DM - JUSTIFICAÇÃO DOS PECADOS - 2018092
A066 EAE DM - JUSTIFICAÇÃO DOS PECADOS - 2018092A066 EAE DM - JUSTIFICAÇÃO DOS PECADOS - 2018092
A066 EAE DM - JUSTIFICAÇÃO DOS PECADOS - 2018092
Daniel de Melo
 
AULA 042 EAE DM - TRIBUNAL JUDAICO - 20180805
AULA 042 EAE DM - TRIBUNAL JUDAICO - 20180805AULA 042 EAE DM - TRIBUNAL JUDAICO - 20180805
AULA 042 EAE DM - TRIBUNAL JUDAICO - 20180805
Daniel de Melo
 
A075 EAE DM - PENSAMENTO E VONTADE - 20180805
A075 EAE DM - PENSAMENTO E VONTADE - 20180805A075 EAE DM - PENSAMENTO E VONTADE - 20180805
A075 EAE DM - PENSAMENTO E VONTADE - 20180805
Daniel de Melo
 
AULA 17 CBE DM - A VIDA MORAL COM BASE NO EVANGELHO DE JESUS - 20180722
AULA 17 CBE DM - A VIDA MORAL COM BASE NO EVANGELHO DE JESUS - 20180722AULA 17 CBE DM - A VIDA MORAL COM BASE NO EVANGELHO DE JESUS - 20180722
AULA 17 CBE DM - A VIDA MORAL COM BASE NO EVANGELHO DE JESUS - 20180722
Daniel de Melo
 
A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717
A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717
A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717
Daniel de Melo
 
A019 EAE DM - A FRATERNIDADE ESSÊNIA - 20180606
A019 EAE DM - A FRATERNIDADE ESSÊNIA - 20180606A019 EAE DM - A FRATERNIDADE ESSÊNIA - 20180606
A019 EAE DM - A FRATERNIDADE ESSÊNIA - 20180606
Daniel de Melo
 
A06 CBE DM - DIFERENÇAS ENTRE ESPIRITISMO UMBANDA E RELIGIÕES AFRO - 20180318
A06 CBE DM - DIFERENÇAS ENTRE ESPIRITISMO UMBANDA E RELIGIÕES AFRO - 20180318A06 CBE DM - DIFERENÇAS ENTRE ESPIRITISMO UMBANDA E RELIGIÕES AFRO - 20180318
A06 CBE DM - DIFERENÇAS ENTRE ESPIRITISMO UMBANDA E RELIGIÕES AFRO - 20180318
Daniel de Melo
 
A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...
A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...
A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...
Daniel de Melo
 
A014 EAE DM - NASCIMENTO DO MESSIAS - CONTROVÉRSIAS DOUTRINÁRIAS 20171104
A014 EAE DM - NASCIMENTO DO MESSIAS - CONTROVÉRSIAS DOUTRINÁRIAS 20171104A014 EAE DM - NASCIMENTO DO MESSIAS - CONTROVÉRSIAS DOUTRINÁRIAS 20171104
A014 EAE DM - NASCIMENTO DO MESSIAS - CONTROVÉRSIAS DOUTRINÁRIAS 20171104
Daniel de Melo
 
A033 EAE DM - O QUADRO DOS DISCÍPULOS 20170908
A033 EAE DM - O QUADRO DOS DISCÍPULOS 20170908A033 EAE DM - O QUADRO DOS DISCÍPULOS 20170908
A033 EAE DM - O QUADRO DOS DISCÍPULOS 20170908
Daniel de Melo
 
A010 EAE DM - GOVERNO DOS JUÍZES, REIS ATÉ SALOMÃO 20170826
A010 EAE DM - GOVERNO DOS JUÍZES, REIS ATÉ SALOMÃO 20170826A010 EAE DM - GOVERNO DOS JUÍZES, REIS ATÉ SALOMÃO 20170826
A010 EAE DM - GOVERNO DOS JUÍZES, REIS ATÉ SALOMÃO 20170826
Daniel de Melo
 
A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803
A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803
A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803
Daniel de Melo
 
A044 EAE DM - PARA O CALVÁRIO 20170628
A044 EAE DM - PARA O CALVÁRIO 20170628A044 EAE DM - PARA O CALVÁRIO 20170628
A044 EAE DM - PARA O CALVÁRIO 20170628
Daniel de Melo
 
AULA 015 EAE DM - OS REIS MAGOS - EXÍLIO NO ESTRANGEIRO 20170621
AULA 015 EAE DM - OS REIS MAGOS - EXÍLIO NO ESTRANGEIRO 20170621AULA 015 EAE DM - OS REIS MAGOS - EXÍLIO NO ESTRANGEIRO 20170621
AULA 015 EAE DM - OS REIS MAGOS - EXÍLIO NO ESTRANGEIRO 20170621
Daniel de Melo
 

Mais de Daniel de Melo (20)

AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
 
A034 EAE DM - CONSAGRAÇÃO E EXCURSÕES AO ESTRANGEIRO 20190628v4
A034 EAE DM - CONSAGRAÇÃO E EXCURSÕES AO ESTRANGEIRO 20190628v4A034 EAE DM - CONSAGRAÇÃO E EXCURSÕES AO ESTRANGEIRO 20190628v4
A034 EAE DM - CONSAGRAÇÃO E EXCURSÕES AO ESTRANGEIRO 20190628v4
 
A035 EAE DM - PARÁBOLAS III - VIDA RURAL 20180927
A035 EAE DM - PARÁBOLAS III - VIDA RURAL 20180927A035 EAE DM - PARÁBOLAS III - VIDA RURAL 20180927
A035 EAE DM - PARÁBOLAS III - VIDA RURAL 20180927
 
A027 EAE DM - PARÁBOLAS I - USOS E COSTUMES SOCIAIS - 20200626v3
A027 EAE DM - PARÁBOLAS I - USOS E COSTUMES SOCIAIS - 20200626v3A027 EAE DM - PARÁBOLAS I - USOS E COSTUMES SOCIAIS - 20200626v3
A027 EAE DM - PARÁBOLAS I - USOS E COSTUMES SOCIAIS - 20200626v3
 
A109 EAE DM - RECURSOS DO CRISTÃO - 20200604v2
A109 EAE DM - RECURSOS DO CRISTÃO - 20200604v2A109 EAE DM - RECURSOS DO CRISTÃO - 20200604v2
A109 EAE DM - RECURSOS DO CRISTÃO - 20200604v2
 
A054 EAE DM - FUNDAÇÃO DA IGREJA CRISTÃ - 20190327V5
A054 EAE DM - FUNDAÇÃO DA IGREJA CRISTÃ - 20190327V5A054 EAE DM - FUNDAÇÃO DA IGREJA CRISTÃ - 20190327V5
A054 EAE DM - FUNDAÇÃO DA IGREJA CRISTÃ - 20190327V5
 
A066 EAE DM - JUSTIFICAÇÃO DOS PECADOS - 2018092
A066 EAE DM - JUSTIFICAÇÃO DOS PECADOS - 2018092A066 EAE DM - JUSTIFICAÇÃO DOS PECADOS - 2018092
A066 EAE DM - JUSTIFICAÇÃO DOS PECADOS - 2018092
 
AULA 042 EAE DM - TRIBUNAL JUDAICO - 20180805
AULA 042 EAE DM - TRIBUNAL JUDAICO - 20180805AULA 042 EAE DM - TRIBUNAL JUDAICO - 20180805
AULA 042 EAE DM - TRIBUNAL JUDAICO - 20180805
 
A075 EAE DM - PENSAMENTO E VONTADE - 20180805
A075 EAE DM - PENSAMENTO E VONTADE - 20180805A075 EAE DM - PENSAMENTO E VONTADE - 20180805
A075 EAE DM - PENSAMENTO E VONTADE - 20180805
 
AULA 17 CBE DM - A VIDA MORAL COM BASE NO EVANGELHO DE JESUS - 20180722
AULA 17 CBE DM - A VIDA MORAL COM BASE NO EVANGELHO DE JESUS - 20180722AULA 17 CBE DM - A VIDA MORAL COM BASE NO EVANGELHO DE JESUS - 20180722
AULA 17 CBE DM - A VIDA MORAL COM BASE NO EVANGELHO DE JESUS - 20180722
 
A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717
A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717
A031 EAE DM - PARÁBOLAS II - DOMÉSTICAS E FAMILIARES 20180717
 
A019 EAE DM - A FRATERNIDADE ESSÊNIA - 20180606
A019 EAE DM - A FRATERNIDADE ESSÊNIA - 20180606A019 EAE DM - A FRATERNIDADE ESSÊNIA - 20180606
A019 EAE DM - A FRATERNIDADE ESSÊNIA - 20180606
 
A06 CBE DM - DIFERENÇAS ENTRE ESPIRITISMO UMBANDA E RELIGIÕES AFRO - 20180318
A06 CBE DM - DIFERENÇAS ENTRE ESPIRITISMO UMBANDA E RELIGIÕES AFRO - 20180318A06 CBE DM - DIFERENÇAS ENTRE ESPIRITISMO UMBANDA E RELIGIÕES AFRO - 20180318
A06 CBE DM - DIFERENÇAS ENTRE ESPIRITISMO UMBANDA E RELIGIÕES AFRO - 20180318
 
A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...
A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...
A12 CBE DM - AS LEIS DA REENCARNAÇÃO E DO CARMA - A EVOLUÇÃO DO ESPÍRITO - 20...
 
A014 EAE DM - NASCIMENTO DO MESSIAS - CONTROVÉRSIAS DOUTRINÁRIAS 20171104
A014 EAE DM - NASCIMENTO DO MESSIAS - CONTROVÉRSIAS DOUTRINÁRIAS 20171104A014 EAE DM - NASCIMENTO DO MESSIAS - CONTROVÉRSIAS DOUTRINÁRIAS 20171104
A014 EAE DM - NASCIMENTO DO MESSIAS - CONTROVÉRSIAS DOUTRINÁRIAS 20171104
 
A033 EAE DM - O QUADRO DOS DISCÍPULOS 20170908
A033 EAE DM - O QUADRO DOS DISCÍPULOS 20170908A033 EAE DM - O QUADRO DOS DISCÍPULOS 20170908
A033 EAE DM - O QUADRO DOS DISCÍPULOS 20170908
 
A010 EAE DM - GOVERNO DOS JUÍZES, REIS ATÉ SALOMÃO 20170826
A010 EAE DM - GOVERNO DOS JUÍZES, REIS ATÉ SALOMÃO 20170826A010 EAE DM - GOVERNO DOS JUÍZES, REIS ATÉ SALOMÃO 20170826
A010 EAE DM - GOVERNO DOS JUÍZES, REIS ATÉ SALOMÃO 20170826
 
A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803
A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803
A01 CBE DM - O QUE É O ESPIRITISMO - 20170803
 
A044 EAE DM - PARA O CALVÁRIO 20170628
A044 EAE DM - PARA O CALVÁRIO 20170628A044 EAE DM - PARA O CALVÁRIO 20170628
A044 EAE DM - PARA O CALVÁRIO 20170628
 
AULA 015 EAE DM - OS REIS MAGOS - EXÍLIO NO ESTRANGEIRO 20170621
AULA 015 EAE DM - OS REIS MAGOS - EXÍLIO NO ESTRANGEIRO 20170621AULA 015 EAE DM - OS REIS MAGOS - EXÍLIO NO ESTRANGEIRO 20170621
AULA 015 EAE DM - OS REIS MAGOS - EXÍLIO NO ESTRANGEIRO 20170621
 

Último

Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 

Último (10)

Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 

AULA 078 EAE DM - MEDICINA PSICOSSOMÁTICA - 20180727

  • 1. MEDICINA PSICOSSOMÁTICA ESCOLADEAPRENDIZESDOEVANGELHO São José dos Campos, SP – 27 de julho de 2018 – Daniel de Melo EAE A078
  • 2.
  • 3. MEDICINA PSICOSSOMÁTICA AULA 078 (INICIAÇÃO ESPÍRITA CAP. 34) Medicina Psicossomática Corpos Espirituais Consequências Hereditariedade Doentes e Não-doenças Herança Psíquica Ação dos Desencarnados Fator Psíquico
  • 4.
  • 5. A Medicina Psicossomática atesta a influência do psiquismo no equilíbrio orgânico, buscando diagnósticos e tratamentos alicerçados numa visão mais integral do ser humano.
  • 6. O ser humano é muito mais que um corpo físico. É, sim, um Espírito que se reveste, provisoriamente, de um corpo carnal.
  • 7. A influência que a mente encarnada capta continuamente pode produzir efeitos positivos ou negativos, dependendo da condição pessoal de quem a recebe, sabendo-se que a lei de sintonia por afinidade preside qualquer tipo de comunicação ou conexão mental.
  • 8. Se positivos, os efeitos comparecem sempre estimulantes e revitalizantes. Quando negativos, apresentam-se psicológica e fisicamente danosos.
  • 9. “ Perispírito(MedicinaPsicossomática),ZalminoZimmermann Se a autointoxicação da alma, com ideias doentias e emoções de efeito corrosivo, em descompasso com a recomendação evangélica, já afeta, por via do perispírito, o equilíbrio geral das células orgânicas, a intoxicação oriunda da obsessão, pela infiltração dos miasmas do obsessor na tessitura perispirítica do paciente, pode gerar moléstias físicas as mais incomuns, se não até desconhecidas, e cuja cura dependerá, em verdade, da solução definitiva do processo obsessivo, sob a luz da compreensão, do arrependimento e do perdão.
  • 10.
  • 11. “ Perispírito(DuploEtérico),ZalminoZimmermann A vida é regida, não por uma mecânica material e irracional, mas sim por um dínamo psiquismo racional, e que aquilo que, na fase da encarnação, todos nós vemos como única realidade palpável e patente, não pode existir sem que antes exista uma força fluídica que lhes servirá de modelo.
  • 12.
  • 13. “ ElucidaçõesdoAlém(Ramatís)porHercílioMaes A estrutura, o mecanismo, a fisiologia do duplo etérico e o seu funcionamento ainda é matéria desconhecida maioria dos médiuns; e por Isso, quase todos eles aventuram-se em realizações imprudentes sem o mínimo conhecimento das funções primárias dos diversos veículos que constituem o perispírito e servem ao Espirito imortal para condicionar a fenomenologia mediúnica na Terra.
  • 14. “ ElucidaçõesdoAlém(Ramatís)porHercílioMaes Ignoram mesmo, a sua verdadeira composição fisiológica, em atuação num campo vibratório superior ao da vida material.
  • 15. A nossa ciência, atualmente ainda materialista, caminha, estudando porém, a energia de que é feita a matéria.
  • 16. Há no corpo físico um órgão que funciona como elo com o corpo espiritual, ainda pouco abordado pela medicina tradicional, descrito por André Luiz em os Missionários da Luz.
  • 17.
  • 18. “ MissionáriosdaLuz(AndréLuiz)porFranciscoCândidoXavier Ela preside aos fenômenos nervosos da emotividade, como órgão de elevada expressão no corpo etéreo. Desata, de certo modo, os laços divinos da Natureza, os quais ligam as existências umas às outras, na sequência de lutas, pelo aprimoramento da alma, e deixa entrever a grandeza das faculdades criadoras de que a criatura se acha investida.
  • 19. Destaca ainda, a relação entre a nossa força vital e criadora com a glândula pineal.
  • 20. “ MissionáriosdaLuz(AndréLuiz)porFranciscoCândidoXavier As glândulas genitais segregam os hormônios do sexo, mas a glândula pineal, se me posso exprimir assim, segrega “hormônios psíquicos” ou “unidades-força” que vão atuar, de maneira positiva, nas energias geradoras.
  • 21. “ MissionáriosdaLuz(AndréLuiz)porFranciscoCândidoXavier A glândula pineal conserva ascendência em todo o sistema endocrínico. Ligada à mente, através de princípios eletromagnéticos do campo vital, que a ciência comum ainda não pode identificar, comanda as forças subconscientes sob a determinação direta da vontade.
  • 22. “ MissionáriosdaLuz(AndréLuiz)porFranciscoCândidoXavier As redes nervosas constituem-lhe os fios telegráficos para ordens imediatas a todos os departamentos celulares, e sob sua direção efetuam-se os suprimentos de energias psíquicas a todos os armazéns autônomos dos órgãos.
  • 23. “ MissionáriosdaLuz(AndréLuiz)porFranciscoCândidoXavier Manancial criador dos mais importantes, suas atribuições são extensas e fundamentais. Na qualidade de controladora do mundo emotivo, sua posição na experiência sexual é básica e absoluta.
  • 24.
  • 25. Por intermédio do duplo etérico é que os espíritos desencarnados interferem sobre os encarnados, agindo rapidamente sobre o seu equilíbrio orgânico nessas operações de curas espirituais que nos deixam estarrecidos pela sua rapidez e perfeição.
  • 26. Funcionando sinergicamente, tudo que o melhorar as condições do duplo etérico “ipso facto” melhorará a saúde do corpo físico, e tudo que modificar a constituição do corpo físico (denso) modificará também a constituição do corpo etérico.
  • 27. A nutrição material, de fora para dentro, e a nutrição espiritual (pensamentos e sentimentos), de dentro para fora, concorrem e se responsabilizam pelo estado de saúde do homem encarnado.
  • 28. A alimentação não adequada às necessidades funcionais ou em excesso também provoca o desequilíbrio orgânico que repercute no perispírito. O homem encarnado deve cuidar com carinho, tanto da higiene do espírito quanto do corpo físico (veículo indispensável do espírito).
  • 29. SENTIMENTOS DEFENSIVOS COMPORTAMENTOS DEFENSIVOS DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS INSTINTO Voracidade, agressividade, ferocidade, etc. Lesões físicas, acidentes, etc. EGOCENTRISMO Comodismo, vícios, paixões, preguiça, apatia, etc. Pulmões, rins, pernas, pés, coluna, intestino, pressão arterial, etc. CIÚME Possessividade, etc. Estômago, gastrite, úlceras gástricas, etc. EGOÍSMO Avareza, perdularismo, etc. Ombros, braços, mãos, artrites, etc. VAIDADE Exibicionismo, vergonha, melindre, etc. Gripe, dor de cabeça, alergia, inflamações, insônia, etc. ORGULHO Arrogância, falta de fé, autoritarismo, prepotência, etc. Fígado, órgãos sensoriais (paladar, visão, audição...), etc. INVEJA Maledicência, fofoca, cobiça, crítica, etc. Nervo óptico, paralisias faciais, torcicolo, etc. JUÍZO Prejulgamento, injustiça, prejuízo, etc. Confusões mentais, etc.
  • 30. O nosso corpo físico deverá atingir uma forma perfeita, a sua organização ideal, ainda não atingida, os homens que se encarnam, se seguirem a vontade de Deus, evoluirão para este estado ideal.
  • 31. “ IniciaçãoEspírita Surgirão novos órgãos, novos centros de emissão e de recepção, novas funções, faculdades novas, cujo número e alcance não podemos ainda prever, mas de cujo poder e utilidade temos uma pálida ideia pela já conhecida faculdade mediúnica.
  • 32. A faculdade mediúnica facilita ao homem encarnado um intercambio consciente com os desencarnados, trazendo àqueles, percepções e poderes até então só conhecidos e aproveitados por alguns iluminados.
  • 33.
  • 34. Qual a influência genética?
  • 35. “ Hereditariedade(MissionáriosdaLuz) - E a lei da hereditariedade fisiológica? - Funciona com inalienável domínio sobre todos os seres em evolução, mas sofre naturalmente a influência de todos aqueles que alcançam qualidades superiores ao ambiente geral.
  • 36. “ Hereditariedade(MensageirosdaLuz) São inúmeros os projetos de corpos futuros em nossos setores de serviço. Depreende-se da maioria deles, que todos os enfermos na carne são almas em trabalho da urgente conquista de si próprios. Ninguém trai a vontade de Deus nos processos evolutivos, sem graves tarefas de reparação, e todos os que tentam enganar a natureza, quadro legítimo das leis divinas acabam por enganar a si mesmos.
  • 37. “ Hereditariedade(MensageirosdaLuz) A vida é uma sinfonia perfeita. Quando procuramos desafina-la no círculo das notas que devemos emitir para sua máxima glorificação, somos compelidos a estacionar em pesado serviço de recomposição da harmonia quebrada.
  • 38. “ Hereditariedade(MensageirosdaLuz) Por isso mesmo a criatura terrena herda tendências e não qualidades. As primeiras cercam o homem que renasce desde os primeiros dias de luta, não só em seu corpo transitório, mas também no ambiente geral a que foi chamado a viver, aprimorando-se; as segundas resultam do labor individual da alma encarnada, na defesa, educação e aperfeiçoamento de si mesma nos círculos benditos da experiência.
  • 39.
  • 40. Nunca fugiremos à lei, cujos artigos e parágrafos do Supremo Legislador abrangem o Universo. Ninguém enganará a Natureza. Centros vitais desequilibrados obrigarão a alma à permanência em situações de desequilíbrio.
  • 41. “ IniciaçãoEspírita A medicina humana será muito diferente no futuro, quando a ciência puder compreender a extensão e a complexidade dos fatores mentais no campo das moléstias do corpo físico. Muito raramente não se encontram as afecções diretamente relacionadas com o psiquismo.
  • 42. O Espírito prepara o terreno para a saúde ou para a doença. O mundo da matéria é o dos efeitos, o das causas é o mundo do Espírito; removidas as causas cessarão os efeitos; a medicina do porvir será espiritualista, consciente e cientificamente espiritualista, e o espiritismo cristão será a sua coluna mestra.
  • 43.
  • 44. É fruto de todas as experiências já realizadas pelo Espírito em suas vidas pregressas, encarnadas ou desencarnadas; cada qual traz suas tendências, seus hábitos, seus “talentos” que, adicionado aos fatures educacionais proporcionados pelos pais e pelo meio ambiente, virão formar a nova personalidade daquela individualidade eterna e em evolução permanente.
  • 45. Em cada encarnação há que resgataremos o passado, aprender com a nova vida e nas novas oportunidade, e atirar a semente para a germinação benéfica do futuro.
  • 46. “ IniciaçãoEspírita Quanto mais evoluído o Espírito tanto menos sujeito às condições do meio, pois maior o seu livre arbítrio, mais forte sua vontade, mais positivos e profundos seus conhecimentos. O determinismo do meio ambiente provoca e aumenta o livre arbítrio do Espírito.
  • 47. “ IniciaçãoEspírita Para bem se estudar a personalidade humana e melhor orientá-la na lei da evolução, é imprescindível a lei das reencarnações, quer como necessidade filosófica, quer como científica, pois ambas estarão fadadas ao fracasso sem ela. Sem a demonstração científica da sobrevivência e da lei das reencarnações tanto a ciência como a filosofia girarão sempre em torno de efeitos, sem atingir as causas.
  • 48. Sem a demonstração científica da sobrevivência e da lei das reencarnações tanto a ciência como a filosofia girarão sempre em torno de efeitos, sem atingir as causas.
  • 49.
  • 50. Tão importante quanto a reencarnação ou a imortalidade é o intercâmbio, consciente ou inconsciente, entre encarnados e desencarnados. São consideradas benéficas (mentores) e maléficas (obsessores).
  • 51. Na realidade as ações dos desencarnados sobre os encarnados se dividem, realmente, em direta e indiretamente benéficas e não em benéficas e maléficas.
  • 52. “ IniciaçãoEspírita A comunicação dos planos está na razão direta da sintonização das vibrações.
  • 53. Assim como há contágio físico no meio físico há contágio psíquico no meio psíquico, a lei é a mesma, apenas a vibração do plano é que é diferente.
  • 54. Maus pensamentos e maus sentimentos funcionam no plano psíquico, com repercussão posterior no plano físico como fonte dos agentes causadores de doenças que, ao contaminarem o meio, produzem desequilíbrios que podem ir desde a intranquilidade espiritual até doença física.
  • 55.
  • 56. Incentivar a prática das virtudes não é trazer especulação sobre problemas obscuros procurando uma vã esperança de dias melhores: é princípio científico sem o qual o homem não sairá do terreno das dores e da ignorância ao qual se viciou por tantos séculos de vida vivida sem o devido discernimento, sem o conhecimento imprescindível das leis que regem a vida.
  • 57. “ IniciaçãoEspírita Educar a humanidade nas bases da imortalidade, da evolução, da reencarnação, da solidariedade, da fraternidade, da humildade, da honestidade e do trabalho, é educa-la na vontade de Deus, é orientá-la para o único caminho capaz de lhe assegurar a felicidade, a paz, a saúde, a sabedoria e o poder, de maneira indelével, eficaz e sábia.
  • 58. E é por isso mesmo que o Espiritismo, continuação que é do Cristianismo, será a grande alavanca propulsora da humanidade, quer filosófica, quer cientificamente, quando ele for conscientemente aceito e conscientemente praticado em todos os seus aspectos pelos homens todos do planeta Terra.
  • 62. Qual nosso progresso moral e quanto temos contribuído e nos esforçado para a melhoria das ciências do Espírito? Quem foi o Maior médico que já existiu?
  • 63. “Eu sou o caminho, a verdade e a vida.” Jo 14:6
  • 65. Bibliografia • Iniciação Espírita, Autores Diversos - Org. Edgard Armond - Aliança, 2000. • Perispirito, Zalmino Zimmermann - Allan Kardec, 2015. • Obra Completa, Allan Kardec - eBook Kindle - dC, 2015. • Missionários da Luz, André Luiz (Espírito) por Francisco Cândido Xavier - FEB, 2012. • Elucidações do Além, Ramatís (Espírito) por Hercílio Maes - Conhecimento, 2005 • Bíblia Sagrada (NTLH), acessível em: https://www.bible.com/pt/bible/. Ilustrações diversas colhidas no Google Imagens / Agradecimentos: Amigos de Chico / MSP-Dentro da História