SlideShare uma empresa Scribd logo
RETROSPECTIVA
Confira os cinco fatos mais importantes
do ano no Brasil e no mundo
BRASIL
Câmara abre processo de impeachment contra Dilm
Rousseff
Dilma Rousseff (PT) assumiu o segundo mandato e
janeiro de 2015 sob intensa pressão. As denúncias
corrupção na Petrobras, a relação turbulenta com o
Congresso e o agravamento da crise econômica
minaram sua popularidade. Três grandes
manifestações contra o governo Dilma foram
realizadas em março, abril e agosto. Os protestos
serviram de estímulo para que a oposição lançasse
uma campanha para pedir o impeachment da
presidente.
O principal argumento para a cassação do mandato
de Dilma é a edição de decretos que ampliaram os
gastos federais sem a autorização do Congresso –
segundo a acusação, a medida seria ilegal por ferir
Lei Orçamentária.
Em 2 de dezembro, o presidente da Câmara dos
Deputados, Eduardo Cunha (PMDB) autorizou a
abertura do processo de impeachment contra Dilma.
Sua decisão é considerada uma retaliação ao PT –
horas antes o partido havia decidido apoiar o pedido
de cassação do mandato de Cunha no Conselho de
Ética, onde o deputado é acusado de mentir sobre a
existência de contas secretas na Suíça. Com a
decisão, o processo deve tramitar nos primeiros
meses de 2016.
Eduardo Cunha e Delcídio do Amaral são alvos da
Operação Lava Jato
Deflagrada pela Polícia Federal em março de 2014, a
Operação Lava Jato investiga um amplo esquema de
lavagem e desvio de dinheiro da Petrobras,
envolvendo executivos da estatal, grandes
empreiteiras e políticos de alto escalão. Em 2015, a
operação avançou com os depoimentos das
testemunhas de acusação. Em março, o Supremo
Tribunal Federal (STF) e o Superior Tribunal de Justiça
(STJ) autorizaram a abertura de inquérito para
investigar 50 políticos do PT, PSDB, PMDB, PP, SD e
PTB. Entre eles estão o tesoureiro do PT Vaccari Neto
(que é condenado a 15 anos de prisão em setembro), o
presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB) e o
presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha
(PMDB).
Entre as denúncias que pesam contra Cunha estão o
recebimento de 5 milhões de dólares em propina da
Petrobras e a existência de contas secretas na Suíça
em seu nome. Como Cunha havia negado possuir
contas no exterior em depoimento à CPI da
Petrobras, o Conselho de Ética da Câmara aprovou a
abertura de uma investigação contra o deputado por
quebra de decoro, em 15 de dezembro.
Em outro importante desdobramento da Lava Jato,
em 25 de novembro, o STF autorizou a prisão do
senador do PT Delcídio do Amaral por tentar obstruir
as investigações da operação. A detenção do
parlamentar ocorreu após a revelação de uma
gravação na qual Delcídio oferece dinheiro para que
o ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, não
fechasse acordo de delação premiada com a Polícia
Federal. É a primeira vez que um senador é preso no
Brasil desde a redemocratização, em 1985.
Elevado endividamento agrava a crise econômica
O Brasil enfrentou em 2015 uma das mais intensas crises
econômicas dos últimos anos. O desequilíbrio das contas
públicas levou o ministro da Fazenda Joaquim Levy a
adotar uma série de medidas para cortar os gastos do
governo. O chamado ajuste fiscal afetou o acesso ao
seguro-desemprego, aos benefícios da previdência e ao
abono salarial, além de cortar investimentos do governo
em diversas áreas. Para conter a alta da inflação, os juros
subiram ainda mais, dificultando o acesso ao crédito. Além
disso, a desconfiança do mercado diante do cenário
econômico brasileiro inibiu investimentos na indústria e a
desaceleração da economia chinesa afetou as exportações
de commodities.
Tudo isso levou a uma redução da atividade econômica,
que pode ser medida pelos indicadores: entre janeiro e
setembro, o PIB caiu 3,2%, colocando o país em recessão;
em novembro, a inflação superou 10% no acumulado de
12 meses (a maior taxa desde novembro de 2003); e o
desemprego bateu 7,5% em novembro (um crescimento
de 2,7% em um ano).
No dia 5 de novembro, o rompimento de uma barragem
de rejeitos de mineração da empresa Samarco, na zona
rural de Mariana (MG), provocou o maior desastre
ambiental já ocorrido no Brasil. Uma enxurrada de 50
bilhões de litros de lama atingiu nove cidades percorrendo
o Rio Doce até desaguar no litoral do Espírito Santo, a mais
de 600 quilômetros de distância. A região mais afetada foi
o distrito de Bento Rodrigues, onde ao menos 17 pessoas
morreram e mais de 600 ficaram desabrigadas.
Rompimento de barragem provoca desastre ambiental em
Mariana
Ainda não é possível dimensionar os efeitos ambientais do
desastre, mas a recuperação das áreas afetadas levará
muitos anos e consumirá bilhões de reais. O Ministério
Público de Minas Gerais entrou com uma ação para que a
Samarco providencie ajuda financeira e indenização às
vítimas. A empresa, que é controlada pelas mineradoras
Vale (brasileira) e BHP Billiton (anglo-australiana), também
foi multada em 250 milhões de reais pelo Ibama.
Atualidades (retrô 2015)
Casos de dengue, chikungunya e zika se multiplicam
O aedes aegypit foi presença constante no noticiário em
2015. Isso porque os casos de dengue, chikungunya e zika
– doenças que tem o mosquito como vetor – se
multiplicaram pelo Brasil. Em 2015, o país registrou recorde
de casos de dengue: até 14 de novembro foram
identificados 1,5 milhão de pessoas infectadas, com mais
de 700 mortes confirmadas. A região Sudeste concentra
quase dois terços dos casos, e os estados mais atingidos
pelo surto são Goiás, São Paulo e Pernambuco.
A chikungunya, que chegou ao Brasil em 2014, também se
espalhou por diversos municípios do país em 2015. Já os
casos da febre zika tiveram seus primeiros registros em
maio de 2015. A chegada da doença ao Brasil veio
acompanhada de um agravante: diversos casos de
microcefalia em recém-nascidos estão associados ao
contágio de mães pela febre zika durante a gravidez. A
situação é especialmente grave em Piauí, Alagoas,
Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe e Paraíba, que
decretaram estado de emergência em virtude da febre zika.
Atualidades (retrô 2015)
Mundo
No dia 7 de janeiro, dois homens armados invadiram a
sede do jornal satírico Charlie Hebdo, em Paris,
matando 12 pessoas. O atentado aconteceu durante a
reunião editorial da equipe do jornal e teve como alvo
alguns dos principais cartunistas da França. A
motivação para o ataque teria sido a publicação de
charges e artigos que ridicularizavam a figura do
profeta Maomé e dos fundamentalistas islâmicos.
Dois dias depois, os atiradores foram mortos – eram
dois irmãos franceses de origem argelina,
supostamente membros da Al Qaeda na Península
Arábica. Os atentados provocaram comoção mundial.
Em 11 de janeiro, 1,5 milhão de pessoas saíram às ruas
de Paris para homenagear as vítimas e manifestarem-
se a favor da liberdade de expressão.
Atualidades (retrô 2015)
Potências fecham acordo nuclear com o Irã
No dia 14 de julho, o Irã e as principais potências
mundiais assinaram um acordo histórico para
restringir o alcance do programa nuclear iraniano. A
conclusão das negociações coloca um ponto final em
um impasse que já durava desde 2001, quando a
comunidade internacional descobriu que o Irã
mantinha um programa de enriquecimento de
urânio.
Em termos gerais, o acordo determina que o Irã terá
sua atividade nuclear monitorada e restrita. Alguns
dos principais termos do documento estabelecem
que o país reduzirá em dois terços o número de
centrífugas em suas usinas durante 15 anos e
reduzirá seu estoque de urânio enriquecido. Em
contrapartida, serão gradualmente retiradas as
sanções que provocaram perdas significativas na
economia iraniana.
Atualidades (retrô 2015)
Número de refugiados é o maior desde a II Guerra
Em 2015, o mundo enfrentou a mais grave crise
migratória desde a II Guerra Mundial. Segundo a
Organização das Nações Unidas (ONU), existem mais
de 60 milhões de refugiados em todo o planeta.
A crise ganhou enorme visibilidade na Europa. Mais de
300 mil pessoas tentaram cruzar o Mar Mediterrâneo
para chegar ao Velho Continente em 2015. A maioria
dos refugiados vem da África e do Oriente Médio,
fugindo de perseguições políticas e guerras, como a
que castiga a Síria desde 2011. Como a travessia é
feita em embarcações precárias e superlotadas, os
naufrágios são frequentes. Durante o ano, cerca de 3
mil pessoas morreram afogadas no Mar Mediterrâneo.
Entre as vítimas está o garoto sírio Aylan Kurdi – a
imagem de seu corpo estendido na praia turca de
Bodrum comoveu o mundo e simbolizou o drama dos
refugiados em 2015.
A Alemanha se dispôs a acolher até 1 milhão de
refugiados, mas nações como Hungria, Eslovênia e
Áustria resistem em deixar que os estrangeiros cruzem
as fronteiras e dificultam sua movimentação pelo
continente, agravando a crise.
Atualidades (retrô 2015)
Estado Islâmico realizam atentados em Paris
No dia 13 de novembro, Paris voltou a ser alvo de
atentados terroristas. A organização fundamentalista
Estado Islâmico (EI) realizou uma série de ataques
simultâneos na capital francesa, que deixou 127
mortos e mais de 180 feridos. Os ataques atingiram
seis locais diferentes – bares, restaurantes, uma casa
noturna e a entrada do Stade de France. Nos dias
seguintes à tragédia, Bruxelas, capital da Bélgica,
entrou em alerta máximo devido a suspeitas de
atentados terroristas.
Os ataques dão uma nova dimensão ao EI, que,
desde 2014 vem expandindo as áreas sob seu
controle no Iraque e na Síria. Após o episódio, a
França intensificou os bombardeios a bases do EI no
Oriente Médio. Em resposta, o grupo extremista
ameaçou realizar outros atentados em cidades
europeias.
Atualidades (retrô 2015)
líderes mundiais assinam acordo ambiental em Paris
No dia 12 de dezembro, representantes de 195 países
assinaram o Acordo de Paris durante a 21ª Conferência
Geral das Partes (COP-21), realizada na capital francesa.
Trata-se do mais abrangente entendimento ambiental
desde o Protocolo de Kyoto, assinado em 1997. O
acordo também representa um marco histórico, pois
obriga todos os países a apresentar metas para reduzir
as emissões de carbono – até então apenas os países
ricos tinham este compromisso.
O objetivo é que todos os países signatários organizem
estratégias para limitar o aquecimento médio do planeta
em 1,5 graus centígrados até 2100. No entanto, o
acordo é criticado por não criar mecanismos que
obriguem o cumprimento dessas metas. Mesmo com
alguns pontos estabelecidos em termos genéricos, o
documento é considerado a melhor oportunidade para
que os países trabalhem de forma conjunta e tentem
minimizar os efeitos do aquecimento global.
Atualidades (retrô 2015)
DICA ATUAL
Universidade portuguesa vai selecionar
brasileiros que fizeram o Enem
Desde o ano passado, após o acordo do Instituto
Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais
(Inep) com o governo de Portugal, aumentou o
número de instituições portuguesas de ensino
que aceitam o resultado do Exame Nacional do
Ensino Médio (Enem) para selecionar estudantes
brasileiros.
Se a sua vontade é arrumar as malas e ir estudar
fora, saiba que a Universidade de Aveiro, em
Portugal, vai abrir um processo seletivo de bolsas
a alunos brasileiros que fizeram o Enem. A
universidade vai ofertar um total de 50 bolsas de
estudo para 53 cursos de licenciatura e mestrado
integrado. Todos os cursos têm duração de cinco
anos.
As inscrições deverão ser feitas no site da
instituição, de 18 a 29 de abril. Os alunos são
isentos de quaisquer outras provas de
avaliação. No entanto, os interessados
precisam ter alcançado média superior a 650
pontos na média do exame.
Além disso, o estudante passará por fase de
pré-candidatura, preenchendo o formulário de
cadastro disponível também no site. Entre os
requisitos para participar é não ter
nacionalidade de um estado-membro na
União Europeia, nem morar há mais de dois
anos seguidos em Portugal.
https://www.ua.pt/internation
alstudent/page/20148
Estudante brasileiro grava paródia de ‘Baile de Favela’
em Stanford
O estudante carioca Gil Sant'Anna, de 26
anos, nasceu no Complexo do Alemão,
mas levou o passinho brasileiro para
dentro da Universidade Stanford, uma das
instituições americanas mais prestigiadas
do mundo.
Lá na Califórnia, EUA, Gil é aluno de
doutorado em Neurociências em Educação
e gravou um vídeo parodiando o funk
“Baile de Favela”. Nesta versão, a música
de MC João ganhou o título de “Baile de
Decoreba”. A letra descreve a conjuntura
da vida escolar hoje em dia no Brasil e faz
uma crítica bem humorada ao modelo
“copia e decora” das salas de aula.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

8ºano (cap.4)
8ºano (cap.4)8ºano (cap.4)
8ºano (cap.4)
Alexandre Alves
 
Biogeografia (1ºano/mód.5)
Biogeografia (1ºano/mód.5) Biogeografia (1ºano/mód.5)
Biogeografia (1ºano/mód.5)
Alexandre Alves
 
Brasil divisão regional (3ºano/mód.29)
Brasil   divisão regional (3ºano/mód.29)Brasil   divisão regional (3ºano/mód.29)
Brasil divisão regional (3ºano/mód.29)
Alexandre Alves
 
6º ano (caps. 4 e 5)
6º ano (caps. 4 e 5)6º ano (caps. 4 e 5)
6º ano (caps. 4 e 5)
Alexandre Alves
 
6º cap1
6º cap16º cap1
6º cap1
Alexandre Alves
 
Climatologia (1ºano/mód.4)
Climatologia (1ºano/mód.4)Climatologia (1ºano/mód.4)
Climatologia (1ºano/mód.4)
Alexandre Alves
 
Ex URSS (2ºano/mód.17)
Ex URSS (2ºano/mód.17)Ex URSS (2ºano/mód.17)
Ex URSS (2ºano/mód.17)
Alexandre Alves
 
6°ano cap.3
6°ano cap.36°ano cap.3
6°ano cap.3
Alexandre Alves
 
2º e.m (mód.14) Regionalização do mundo
2º e.m (mód.14) Regionalização do mundo2º e.m (mód.14) Regionalização do mundo
2º e.m (mód.14) Regionalização do mundo
Alexandre Alves
 
Regiões nordeste, centro-oeste e norte (3ºano/mód.30)
Regiões   nordeste, centro-oeste e norte (3ºano/mód.30)Regiões   nordeste, centro-oeste e norte (3ºano/mód.30)
Regiões nordeste, centro-oeste e norte (3ºano/mód.30)
Alexandre Alves
 
3º ano e.m (mod. 25) Brasil população
3º ano e.m (mod. 25) Brasil população3º ano e.m (mod. 25) Brasil população
3º ano e.m (mod. 25) Brasil população
Alexandre Alves
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
Aline Gomes
 
1º E.M (mód. 01)
1º E.M (mód. 01)1º E.M (mód. 01)
1º E.M (mód. 01)
Alexandre Alves
 
8° ano - Poder Paralelo
8° ano - Poder Paralelo8° ano - Poder Paralelo
8° ano - Poder Paralelo
Débora Sales
 
Geografia - Fontes de Energia.
Geografia - Fontes de Energia.Geografia - Fontes de Energia.
Geografia - Fontes de Energia.
Julia Maldonado Garcia
 
Grupos terroristas e poder paralelo
Grupos terroristas e poder paraleloGrupos terroristas e poder paralelo
Grupos terroristas e poder paralelo
Colégio Nova Geração COC
 
8º ano (cap. 3) poder paralelo
8º ano (cap. 3) poder paralelo8º ano (cap. 3) poder paralelo
8º ano (cap. 3) poder paralelo
Alexandre Alves
 
Dinamica interna e externa da terra (1ºano/mód.3)
Dinamica interna e externa da terra (1ºano/mód.3)Dinamica interna e externa da terra (1ºano/mód.3)
Dinamica interna e externa da terra (1ºano/mód.3)
Alexandre Alves
 
2º e.m (mód. 13) globalização e organização do espaço mundial
2º e.m (mód. 13) globalização e organização do espaço mundial2º e.m (mód. 13) globalização e organização do espaço mundial
2º e.m (mód. 13) globalização e organização do espaço mundial
Alexandre Alves
 
BRICS
BRICSBRICS

Destaque (20)

8ºano (cap.4)
8ºano (cap.4)8ºano (cap.4)
8ºano (cap.4)
 
Biogeografia (1ºano/mód.5)
Biogeografia (1ºano/mód.5) Biogeografia (1ºano/mód.5)
Biogeografia (1ºano/mód.5)
 
Brasil divisão regional (3ºano/mód.29)
Brasil   divisão regional (3ºano/mód.29)Brasil   divisão regional (3ºano/mód.29)
Brasil divisão regional (3ºano/mód.29)
 
6º ano (caps. 4 e 5)
6º ano (caps. 4 e 5)6º ano (caps. 4 e 5)
6º ano (caps. 4 e 5)
 
6º cap1
6º cap16º cap1
6º cap1
 
Climatologia (1ºano/mód.4)
Climatologia (1ºano/mód.4)Climatologia (1ºano/mód.4)
Climatologia (1ºano/mód.4)
 
Ex URSS (2ºano/mód.17)
Ex URSS (2ºano/mód.17)Ex URSS (2ºano/mód.17)
Ex URSS (2ºano/mód.17)
 
6°ano cap.3
6°ano cap.36°ano cap.3
6°ano cap.3
 
2º e.m (mód.14) Regionalização do mundo
2º e.m (mód.14) Regionalização do mundo2º e.m (mód.14) Regionalização do mundo
2º e.m (mód.14) Regionalização do mundo
 
Regiões nordeste, centro-oeste e norte (3ºano/mód.30)
Regiões   nordeste, centro-oeste e norte (3ºano/mód.30)Regiões   nordeste, centro-oeste e norte (3ºano/mód.30)
Regiões nordeste, centro-oeste e norte (3ºano/mód.30)
 
3º ano e.m (mod. 25) Brasil população
3º ano e.m (mod. 25) Brasil população3º ano e.m (mod. 25) Brasil população
3º ano e.m (mod. 25) Brasil população
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
1º E.M (mód. 01)
1º E.M (mód. 01)1º E.M (mód. 01)
1º E.M (mód. 01)
 
8° ano - Poder Paralelo
8° ano - Poder Paralelo8° ano - Poder Paralelo
8° ano - Poder Paralelo
 
Geografia - Fontes de Energia.
Geografia - Fontes de Energia.Geografia - Fontes de Energia.
Geografia - Fontes de Energia.
 
Grupos terroristas e poder paralelo
Grupos terroristas e poder paraleloGrupos terroristas e poder paralelo
Grupos terroristas e poder paralelo
 
8º ano (cap. 3) poder paralelo
8º ano (cap. 3) poder paralelo8º ano (cap. 3) poder paralelo
8º ano (cap. 3) poder paralelo
 
Dinamica interna e externa da terra (1ºano/mód.3)
Dinamica interna e externa da terra (1ºano/mód.3)Dinamica interna e externa da terra (1ºano/mód.3)
Dinamica interna e externa da terra (1ºano/mód.3)
 
2º e.m (mód. 13) globalização e organização do espaço mundial
2º e.m (mód. 13) globalização e organização do espaço mundial2º e.m (mód. 13) globalização e organização do espaço mundial
2º e.m (mód. 13) globalização e organização do espaço mundial
 
BRICS
BRICSBRICS
BRICS
 

Semelhante a Atualidades (retrô 2015)

atualidades2019.ppt
atualidades2019.pptatualidades2019.ppt
atualidades2019.ppt
Welliton Joslin
 
atualidades para vestibular do ano de 2020
atualidades para vestibular do ano de 2020atualidades para vestibular do ano de 2020
atualidades para vestibular do ano de 2020
Welliton Joslin
 
Diz Jornal - Edição 244
Diz Jornal - Edição 244Diz Jornal - Edição 244
Diz Jornal - Edição 244
dizjornal jornal
 
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
Afonso Pena
 
Atualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e MundoAtualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e Mundo
jorgelapolinario
 
Atualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e MundoAtualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e Mundo
jorgelapolinario
 
Atualidades para concursos!
Atualidades para concursos!Atualidades para concursos!
Atualidades para concursos!
Alex Mendes
 
ATUALIDADES PROF MAURICIO 2023.pptx
ATUALIDADES PROF MAURICIO 2023.pptxATUALIDADES PROF MAURICIO 2023.pptx
ATUALIDADES PROF MAURICIO 2023.pptx
mauricio186698
 
Revista Outro Lado da História - Edição 1
Revista Outro Lado da História - Edição 1Revista Outro Lado da História - Edição 1
Revista Outro Lado da História - Edição 1
Douglas Nunes
 
2019 em
2019 em2019 em
2019 em
tyromello
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
Setemi News
 
Atualidades enem
Atualidades enemAtualidades enem
Atualidades enem
jorgelapolinario
 
Noticia crime Jair Bolsonaro
Noticia crime Jair Bolsonaro Noticia crime Jair Bolsonaro
Noticia crime Jair Bolsonaro
Editora 247
 
Atualidades 1 2013
Atualidades 1 2013Atualidades 1 2013
Atualidades 1 2013
aroudus
 
Saúde e fronteiras: os impactos da crise ocasionada pela pandemia ao desenvol...
Saúde e fronteiras: os impactos da crise ocasionada pela pandemia ao desenvol...Saúde e fronteiras: os impactos da crise ocasionada pela pandemia ao desenvol...
Saúde e fronteiras: os impactos da crise ocasionada pela pandemia ao desenvol...
samuel Jesus
 
Atualidade 2013
Atualidade 2013Atualidade 2013
A REVOLTA DA VACINA - BRASIL III.doc
A REVOLTA DA VACINA - BRASIL III.docA REVOLTA DA VACINA - BRASIL III.doc
A REVOLTA DA VACINA - BRASIL III.doc
GabrielAzevedodeOliv1
 
PDF-Atualidades.pdf
PDF-Atualidades.pdfPDF-Atualidades.pdf
PDF-Atualidades.pdf
SilvioJoseFrancisco2
 
Atualidades 2011
Atualidades 2011Atualidades 2011
Atualidades 2011
aroudus
 
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
Ancelmonetto
 

Semelhante a Atualidades (retrô 2015) (20)

atualidades2019.ppt
atualidades2019.pptatualidades2019.ppt
atualidades2019.ppt
 
atualidades para vestibular do ano de 2020
atualidades para vestibular do ano de 2020atualidades para vestibular do ano de 2020
atualidades para vestibular do ano de 2020
 
Diz Jornal - Edição 244
Diz Jornal - Edição 244Diz Jornal - Edição 244
Diz Jornal - Edição 244
 
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
EDIÇÃO 448 DE 20 DE AGOSTO DE 2021
 
Atualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e MundoAtualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e Mundo
 
Atualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e MundoAtualidades Brasil e Mundo
Atualidades Brasil e Mundo
 
Atualidades para concursos!
Atualidades para concursos!Atualidades para concursos!
Atualidades para concursos!
 
ATUALIDADES PROF MAURICIO 2023.pptx
ATUALIDADES PROF MAURICIO 2023.pptxATUALIDADES PROF MAURICIO 2023.pptx
ATUALIDADES PROF MAURICIO 2023.pptx
 
Revista Outro Lado da História - Edição 1
Revista Outro Lado da História - Edição 1Revista Outro Lado da História - Edição 1
Revista Outro Lado da História - Edição 1
 
2019 em
2019 em2019 em
2019 em
 
Setemi News
Setemi NewsSetemi News
Setemi News
 
Atualidades enem
Atualidades enemAtualidades enem
Atualidades enem
 
Noticia crime Jair Bolsonaro
Noticia crime Jair Bolsonaro Noticia crime Jair Bolsonaro
Noticia crime Jair Bolsonaro
 
Atualidades 1 2013
Atualidades 1 2013Atualidades 1 2013
Atualidades 1 2013
 
Saúde e fronteiras: os impactos da crise ocasionada pela pandemia ao desenvol...
Saúde e fronteiras: os impactos da crise ocasionada pela pandemia ao desenvol...Saúde e fronteiras: os impactos da crise ocasionada pela pandemia ao desenvol...
Saúde e fronteiras: os impactos da crise ocasionada pela pandemia ao desenvol...
 
Atualidade 2013
Atualidade 2013Atualidade 2013
Atualidade 2013
 
A REVOLTA DA VACINA - BRASIL III.doc
A REVOLTA DA VACINA - BRASIL III.docA REVOLTA DA VACINA - BRASIL III.doc
A REVOLTA DA VACINA - BRASIL III.doc
 
PDF-Atualidades.pdf
PDF-Atualidades.pdfPDF-Atualidades.pdf
PDF-Atualidades.pdf
 
Atualidades 2011
Atualidades 2011Atualidades 2011
Atualidades 2011
 
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
 

Mais de Alexandre Alves

3º ano E.M (mod. 24) Brasil: Aspectos naturais
3º ano E.M (mod. 24) Brasil: Aspectos naturais3º ano E.M (mod. 24) Brasil: Aspectos naturais
3º ano E.M (mod. 24) Brasil: Aspectos naturais
Alexandre Alves
 
6ºano (cap2) A origem da Terra
6ºano (cap2) A origem da Terra6ºano (cap2) A origem da Terra
6ºano (cap2) A origem da Terra
Alexandre Alves
 
9º ano (cap1) Recursos Naturais e combustíveis fósseis
9º ano (cap1) Recursos Naturais e combustíveis fósseis 9º ano (cap1) Recursos Naturais e combustíveis fósseis
9º ano (cap1) Recursos Naturais e combustíveis fósseis
Alexandre Alves
 
Aula 7º (cap.3)
Aula 7º (cap.3)Aula 7º (cap.3)
Aula 7º (cap.3)
Alexandre Alves
 
Aula 9º (cap.4/2ºbi) Europa: Aspectos naturais
Aula 9º (cap.4/2ºbi) Europa: Aspectos naturaisAula 9º (cap.4/2ºbi) Europa: Aspectos naturais
Aula 9º (cap.4/2ºbi) Europa: Aspectos naturais
Alexandre Alves
 
9º ano (cap. 3) Problemas ambientais em debate
9º ano (cap. 3) Problemas ambientais em debate9º ano (cap. 3) Problemas ambientais em debate
9º ano (cap. 3) Problemas ambientais em debate
Alexandre Alves
 
9º ano (cap. 2) Recursos naturais e problemas ambientais
9º ano (cap. 2) Recursos naturais e problemas ambientais9º ano (cap. 2) Recursos naturais e problemas ambientais
9º ano (cap. 2) Recursos naturais e problemas ambientais
Alexandre Alves
 
8º ano (cap. 5). áfrica do norte
8º ano (cap. 5). áfrica do norte8º ano (cap. 5). áfrica do norte
8º ano (cap. 5). áfrica do norte
Alexandre Alves
 
8º ano (cap. 4). áfrica
8º ano (cap. 4). áfrica8º ano (cap. 4). áfrica
8º ano (cap. 4). áfrica
Alexandre Alves
 

Mais de Alexandre Alves (9)

3º ano E.M (mod. 24) Brasil: Aspectos naturais
3º ano E.M (mod. 24) Brasil: Aspectos naturais3º ano E.M (mod. 24) Brasil: Aspectos naturais
3º ano E.M (mod. 24) Brasil: Aspectos naturais
 
6ºano (cap2) A origem da Terra
6ºano (cap2) A origem da Terra6ºano (cap2) A origem da Terra
6ºano (cap2) A origem da Terra
 
9º ano (cap1) Recursos Naturais e combustíveis fósseis
9º ano (cap1) Recursos Naturais e combustíveis fósseis 9º ano (cap1) Recursos Naturais e combustíveis fósseis
9º ano (cap1) Recursos Naturais e combustíveis fósseis
 
Aula 7º (cap.3)
Aula 7º (cap.3)Aula 7º (cap.3)
Aula 7º (cap.3)
 
Aula 9º (cap.4/2ºbi) Europa: Aspectos naturais
Aula 9º (cap.4/2ºbi) Europa: Aspectos naturaisAula 9º (cap.4/2ºbi) Europa: Aspectos naturais
Aula 9º (cap.4/2ºbi) Europa: Aspectos naturais
 
9º ano (cap. 3) Problemas ambientais em debate
9º ano (cap. 3) Problemas ambientais em debate9º ano (cap. 3) Problemas ambientais em debate
9º ano (cap. 3) Problemas ambientais em debate
 
9º ano (cap. 2) Recursos naturais e problemas ambientais
9º ano (cap. 2) Recursos naturais e problemas ambientais9º ano (cap. 2) Recursos naturais e problemas ambientais
9º ano (cap. 2) Recursos naturais e problemas ambientais
 
8º ano (cap. 5). áfrica do norte
8º ano (cap. 5). áfrica do norte8º ano (cap. 5). áfrica do norte
8º ano (cap. 5). áfrica do norte
 
8º ano (cap. 4). áfrica
8º ano (cap. 4). áfrica8º ano (cap. 4). áfrica
8º ano (cap. 4). áfrica
 

Último

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
EsterGabriiela1
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 

Último (20)

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 

Atualidades (retrô 2015)

  • 2. Confira os cinco fatos mais importantes do ano no Brasil e no mundo
  • 4. Câmara abre processo de impeachment contra Dilm Rousseff Dilma Rousseff (PT) assumiu o segundo mandato e janeiro de 2015 sob intensa pressão. As denúncias corrupção na Petrobras, a relação turbulenta com o Congresso e o agravamento da crise econômica minaram sua popularidade. Três grandes manifestações contra o governo Dilma foram realizadas em março, abril e agosto. Os protestos serviram de estímulo para que a oposição lançasse uma campanha para pedir o impeachment da presidente. O principal argumento para a cassação do mandato de Dilma é a edição de decretos que ampliaram os gastos federais sem a autorização do Congresso – segundo a acusação, a medida seria ilegal por ferir Lei Orçamentária.
  • 5. Em 2 de dezembro, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB) autorizou a abertura do processo de impeachment contra Dilma. Sua decisão é considerada uma retaliação ao PT – horas antes o partido havia decidido apoiar o pedido de cassação do mandato de Cunha no Conselho de Ética, onde o deputado é acusado de mentir sobre a existência de contas secretas na Suíça. Com a decisão, o processo deve tramitar nos primeiros meses de 2016.
  • 6. Eduardo Cunha e Delcídio do Amaral são alvos da Operação Lava Jato Deflagrada pela Polícia Federal em março de 2014, a Operação Lava Jato investiga um amplo esquema de lavagem e desvio de dinheiro da Petrobras, envolvendo executivos da estatal, grandes empreiteiras e políticos de alto escalão. Em 2015, a operação avançou com os depoimentos das testemunhas de acusação. Em março, o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizaram a abertura de inquérito para investigar 50 políticos do PT, PSDB, PMDB, PP, SD e PTB. Entre eles estão o tesoureiro do PT Vaccari Neto (que é condenado a 15 anos de prisão em setembro), o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB) e o presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB).
  • 7. Entre as denúncias que pesam contra Cunha estão o recebimento de 5 milhões de dólares em propina da Petrobras e a existência de contas secretas na Suíça em seu nome. Como Cunha havia negado possuir contas no exterior em depoimento à CPI da Petrobras, o Conselho de Ética da Câmara aprovou a abertura de uma investigação contra o deputado por quebra de decoro, em 15 de dezembro. Em outro importante desdobramento da Lava Jato, em 25 de novembro, o STF autorizou a prisão do senador do PT Delcídio do Amaral por tentar obstruir as investigações da operação. A detenção do parlamentar ocorreu após a revelação de uma gravação na qual Delcídio oferece dinheiro para que o ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, não fechasse acordo de delação premiada com a Polícia Federal. É a primeira vez que um senador é preso no Brasil desde a redemocratização, em 1985.
  • 8. Elevado endividamento agrava a crise econômica O Brasil enfrentou em 2015 uma das mais intensas crises econômicas dos últimos anos. O desequilíbrio das contas públicas levou o ministro da Fazenda Joaquim Levy a adotar uma série de medidas para cortar os gastos do governo. O chamado ajuste fiscal afetou o acesso ao seguro-desemprego, aos benefícios da previdência e ao abono salarial, além de cortar investimentos do governo em diversas áreas. Para conter a alta da inflação, os juros subiram ainda mais, dificultando o acesso ao crédito. Além disso, a desconfiança do mercado diante do cenário econômico brasileiro inibiu investimentos na indústria e a desaceleração da economia chinesa afetou as exportações de commodities. Tudo isso levou a uma redução da atividade econômica, que pode ser medida pelos indicadores: entre janeiro e setembro, o PIB caiu 3,2%, colocando o país em recessão; em novembro, a inflação superou 10% no acumulado de 12 meses (a maior taxa desde novembro de 2003); e o desemprego bateu 7,5% em novembro (um crescimento de 2,7% em um ano).
  • 9. No dia 5 de novembro, o rompimento de uma barragem de rejeitos de mineração da empresa Samarco, na zona rural de Mariana (MG), provocou o maior desastre ambiental já ocorrido no Brasil. Uma enxurrada de 50 bilhões de litros de lama atingiu nove cidades percorrendo o Rio Doce até desaguar no litoral do Espírito Santo, a mais de 600 quilômetros de distância. A região mais afetada foi o distrito de Bento Rodrigues, onde ao menos 17 pessoas morreram e mais de 600 ficaram desabrigadas. Rompimento de barragem provoca desastre ambiental em Mariana
  • 10. Ainda não é possível dimensionar os efeitos ambientais do desastre, mas a recuperação das áreas afetadas levará muitos anos e consumirá bilhões de reais. O Ministério Público de Minas Gerais entrou com uma ação para que a Samarco providencie ajuda financeira e indenização às vítimas. A empresa, que é controlada pelas mineradoras Vale (brasileira) e BHP Billiton (anglo-australiana), também foi multada em 250 milhões de reais pelo Ibama.
  • 12. Casos de dengue, chikungunya e zika se multiplicam O aedes aegypit foi presença constante no noticiário em 2015. Isso porque os casos de dengue, chikungunya e zika – doenças que tem o mosquito como vetor – se multiplicaram pelo Brasil. Em 2015, o país registrou recorde de casos de dengue: até 14 de novembro foram identificados 1,5 milhão de pessoas infectadas, com mais de 700 mortes confirmadas. A região Sudeste concentra quase dois terços dos casos, e os estados mais atingidos pelo surto são Goiás, São Paulo e Pernambuco. A chikungunya, que chegou ao Brasil em 2014, também se espalhou por diversos municípios do país em 2015. Já os casos da febre zika tiveram seus primeiros registros em maio de 2015. A chegada da doença ao Brasil veio acompanhada de um agravante: diversos casos de microcefalia em recém-nascidos estão associados ao contágio de mães pela febre zika durante a gravidez. A situação é especialmente grave em Piauí, Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe e Paraíba, que decretaram estado de emergência em virtude da febre zika.
  • 14. Mundo
  • 15. No dia 7 de janeiro, dois homens armados invadiram a sede do jornal satírico Charlie Hebdo, em Paris, matando 12 pessoas. O atentado aconteceu durante a reunião editorial da equipe do jornal e teve como alvo alguns dos principais cartunistas da França. A motivação para o ataque teria sido a publicação de charges e artigos que ridicularizavam a figura do profeta Maomé e dos fundamentalistas islâmicos. Dois dias depois, os atiradores foram mortos – eram dois irmãos franceses de origem argelina, supostamente membros da Al Qaeda na Península Arábica. Os atentados provocaram comoção mundial. Em 11 de janeiro, 1,5 milhão de pessoas saíram às ruas de Paris para homenagear as vítimas e manifestarem- se a favor da liberdade de expressão.
  • 17. Potências fecham acordo nuclear com o Irã No dia 14 de julho, o Irã e as principais potências mundiais assinaram um acordo histórico para restringir o alcance do programa nuclear iraniano. A conclusão das negociações coloca um ponto final em um impasse que já durava desde 2001, quando a comunidade internacional descobriu que o Irã mantinha um programa de enriquecimento de urânio. Em termos gerais, o acordo determina que o Irã terá sua atividade nuclear monitorada e restrita. Alguns dos principais termos do documento estabelecem que o país reduzirá em dois terços o número de centrífugas em suas usinas durante 15 anos e reduzirá seu estoque de urânio enriquecido. Em contrapartida, serão gradualmente retiradas as sanções que provocaram perdas significativas na economia iraniana.
  • 19. Número de refugiados é o maior desde a II Guerra Em 2015, o mundo enfrentou a mais grave crise migratória desde a II Guerra Mundial. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), existem mais de 60 milhões de refugiados em todo o planeta. A crise ganhou enorme visibilidade na Europa. Mais de 300 mil pessoas tentaram cruzar o Mar Mediterrâneo para chegar ao Velho Continente em 2015. A maioria dos refugiados vem da África e do Oriente Médio, fugindo de perseguições políticas e guerras, como a que castiga a Síria desde 2011. Como a travessia é feita em embarcações precárias e superlotadas, os naufrágios são frequentes. Durante o ano, cerca de 3 mil pessoas morreram afogadas no Mar Mediterrâneo. Entre as vítimas está o garoto sírio Aylan Kurdi – a imagem de seu corpo estendido na praia turca de Bodrum comoveu o mundo e simbolizou o drama dos refugiados em 2015. A Alemanha se dispôs a acolher até 1 milhão de refugiados, mas nações como Hungria, Eslovênia e Áustria resistem em deixar que os estrangeiros cruzem as fronteiras e dificultam sua movimentação pelo continente, agravando a crise.
  • 21. Estado Islâmico realizam atentados em Paris No dia 13 de novembro, Paris voltou a ser alvo de atentados terroristas. A organização fundamentalista Estado Islâmico (EI) realizou uma série de ataques simultâneos na capital francesa, que deixou 127 mortos e mais de 180 feridos. Os ataques atingiram seis locais diferentes – bares, restaurantes, uma casa noturna e a entrada do Stade de France. Nos dias seguintes à tragédia, Bruxelas, capital da Bélgica, entrou em alerta máximo devido a suspeitas de atentados terroristas. Os ataques dão uma nova dimensão ao EI, que, desde 2014 vem expandindo as áreas sob seu controle no Iraque e na Síria. Após o episódio, a França intensificou os bombardeios a bases do EI no Oriente Médio. Em resposta, o grupo extremista ameaçou realizar outros atentados em cidades europeias.
  • 23. líderes mundiais assinam acordo ambiental em Paris No dia 12 de dezembro, representantes de 195 países assinaram o Acordo de Paris durante a 21ª Conferência Geral das Partes (COP-21), realizada na capital francesa. Trata-se do mais abrangente entendimento ambiental desde o Protocolo de Kyoto, assinado em 1997. O acordo também representa um marco histórico, pois obriga todos os países a apresentar metas para reduzir as emissões de carbono – até então apenas os países ricos tinham este compromisso. O objetivo é que todos os países signatários organizem estratégias para limitar o aquecimento médio do planeta em 1,5 graus centígrados até 2100. No entanto, o acordo é criticado por não criar mecanismos que obriguem o cumprimento dessas metas. Mesmo com alguns pontos estabelecidos em termos genéricos, o documento é considerado a melhor oportunidade para que os países trabalhem de forma conjunta e tentem minimizar os efeitos do aquecimento global.
  • 26. Universidade portuguesa vai selecionar brasileiros que fizeram o Enem Desde o ano passado, após o acordo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) com o governo de Portugal, aumentou o número de instituições portuguesas de ensino que aceitam o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar estudantes brasileiros. Se a sua vontade é arrumar as malas e ir estudar fora, saiba que a Universidade de Aveiro, em Portugal, vai abrir um processo seletivo de bolsas a alunos brasileiros que fizeram o Enem. A universidade vai ofertar um total de 50 bolsas de estudo para 53 cursos de licenciatura e mestrado integrado. Todos os cursos têm duração de cinco anos. As inscrições deverão ser feitas no site da instituição, de 18 a 29 de abril. Os alunos são isentos de quaisquer outras provas de avaliação. No entanto, os interessados precisam ter alcançado média superior a 650 pontos na média do exame. Além disso, o estudante passará por fase de pré-candidatura, preenchendo o formulário de cadastro disponível também no site. Entre os requisitos para participar é não ter nacionalidade de um estado-membro na União Europeia, nem morar há mais de dois anos seguidos em Portugal. https://www.ua.pt/internation alstudent/page/20148
  • 27. Estudante brasileiro grava paródia de ‘Baile de Favela’ em Stanford O estudante carioca Gil Sant'Anna, de 26 anos, nasceu no Complexo do Alemão, mas levou o passinho brasileiro para dentro da Universidade Stanford, uma das instituições americanas mais prestigiadas do mundo. Lá na Califórnia, EUA, Gil é aluno de doutorado em Neurociências em Educação e gravou um vídeo parodiando o funk “Baile de Favela”. Nesta versão, a música de MC João ganhou o título de “Baile de Decoreba”. A letra descreve a conjuntura da vida escolar hoje em dia no Brasil e faz uma crítica bem humorada ao modelo “copia e decora” das salas de aula.