SlideShare uma empresa Scribd logo
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho
A)
B)
C)
Formas recorrentes de mobbing:
a
b
c)
Perfil do assediador:
tipos de agressores:
Perfil da vítima:
Marcia Guedes
Assedio moral e sexual no trabalho
– CONCEITO LEGAL DE
ASSÉDIO SEXUAL:
Art. 216-A do Código Penal
Pena:
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho
Assédio Sexual:
Assédio Moral:
AS
AM
Assédio Sexual:
Assédio Moral:
Assédio moral organizacional
Adriane de Araújo
Assédio Moral:
Assédio Moral Organizacional ou Empresarial:
vídeo: aumento de produtividade
(TRT 23ª R.; RO00650.2009.009.23.00-3; 1ª. T.; Rel. Tarcísio
Valente; DEJTMT 05/03/2010; Pág. 39)
Vendedor obrigado a imitar
animal em reuniões da empresa.
A testemunha do reclamante
relatou que: “Os vendedores que não efetuaram
nenhuma matrícula tinham que imitar o som de uma
foca, batendo palmas, enquanto os demais vendedores
ficavam aplaudindo e zombando desse grupo”.
“O reclamante era colocado na frente do grupo que
deveria imitar foca, quando o integrava, porque era mais alto,
e em uma das reuniões o proprietário da reclamada subiu na
cadeira e ficou 'regendo' a imitação de focas”.
O novo valor da indenização foi fixado em R$
10.000,00.
(TRT-MG. 7ª TURMA. RO nº 00858-2006-007-03-00-6 )
(TRT 2ª R.; RS 01992-2008-067-02-00-5; Ac. 2009/0848637; 6ª; T.;
Rel. Rafael Edson Pugliese Ribeiro; DOESP 09/10/2009; Pág. 99)
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho
♦ DEGRADAÇÃO PROPOSITAL DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO ♦
♦ Retirar da vítima a sua autonomia;
♦ Não transmitir informações úteis para a realização
de tarefas;
♦ Contestar sistematicamente as decisões da vítima;
♦ Criticar seu trabalho de forma injusta ou
demasiada;
♦ Privar a vítima de acessar seus instrumentos de
trabalho: telefone, fax, computador etc.;
♦ Retirar o trabalho que normalmente lhe compete e
dar permanentemente novas tarefas;
♦ Atribuir proposital e sistematicamente tarefas
inferiores ou superiores às suas competências;
♦ Pressionar a vítima para que esta não exija seus
direitos;
♦ Agir de modo a impedir ou dificultar que a vítima
obtenha promoção;
♦ Causar danos em seu local de trabalho;
♦ Desconsiderar recomendações médicas;
♦ Induzir a vítima ao erro.
♦ ISOLAMENTO E RECUSA DE COMUNICAÇÃO ♦
♦ Interromper a vítima com
frequência;
♦ Não conversar com a vítima, tanto
os superiores hierárquicos quanto os
colegas;
♦ Comunicar-se unicamente por
escrito;
♦ Recusar contato, inclusive visual;
♦ Isolar a vítima do restante do
grupo;
♦ Ignorar sua presença, e dirigir-se
apenas aos outros;
♦ Proibir que colegas falem com a
vítima e vice-versa;
♦ Recusa da direção em falar sobre o
que está ocorrendo.
♦ ATENTADO CONTRA A DIGNIDADE ♦
♦ Fazer insinuações desdenhosas;
♦ Fazer gestos de desprezo para a
vítima (suspiros, olhares, levantar de
ombros, risos, conversinhas etc.);
♦ Desacreditar a vítima diante dos
colegas, superiores ou subordinados;
♦ Espalhar rumores a respeito da honra
e da boa fama da vítima;
♦ Atribuir problemas de ordem
psicológica;
♦ Criticar ou brincar sobre deficiências
físicas ou de seu aspecto físico;
♦ Criticar acerca de sua vida particular;
♦ Zombar de suas origens,
nacionalidade, crenças religiosas ou
convicções políticas;
♦ Atribuir tarefas humilhantes.
♦ VIOLÊNCIA VERBAL, FÍSICA OU SEXUAL ♦
♦ Ameaçar a vítima de violência física;
♦ Agredir fisicamente;
♦ Comunicar aos gritos;
♦ Invadir sua intimidade, por meio da
escuta de ligações telefônicas, leitura
de correspondências, e-mails,
comunicações internas etc.;
♦ Seguir e espionar a vítima;
♦ Danificar o automóvel da vítima;
♦ Assediar ou agredir sexualmente a
vítima por meio de gestos ou
propostas;
♦ Desconsiderar os problemas de
saúde da vítima.
♦ EXEMPLOS DE FRASES ♦
Muitas vezes o assédio moral se manifesta por meio de frases discriminatórias. A seguir listamos
alguns exemplos para identificar essa prática, retirados do site www.assediomoral.org.br:
♦ “Você é mesmo difícil… Não consegue aprender as coisas mais simples! Até uma criança faz isso… Só você não
consegue!”
♦ “É melhor você desistir! É muito difícil e isso é para quem tem garra! Não é para gente como você!”
♦ “Não quer trabalhar… fique em casa! Lugar de doente é em casa!”
♦ “A empresa não é lugar para doente. Aqui você só atrapalha!”
♦ “Seu filho vai colocar comida em sua casa? Não pode sair! Escolha: ou trabalha ou toma conta do filho!”
♦ “Você é mole… frouxo… Se você não tem capacidade para trabalhar… Então porque não fica em casa? Vá para casa
lavar roupa!”
♦ “Não posso ficar com você! A empresa precisa de quem dá produção, e você só atrapalha!”
♦ “É melhor você pedir demissão… Você está doente… Está indo muito ao médico!”
♦ “Para que você foi ao médico? Que frescura é essa? Se quiser ir para casa de dia… tem de trabalhar à noite!”
♦ “Ah… essa doença está muito boa para você! Trabalhar até às duas e ir para casa. Eu também quero essa doença!”
♦ “Não existe lugar aqui para quem não quer trabalhar!”
♦ “Se você ficar pedindo saída eu vou ter de transferir você de empresa/de posto de trabalho/de horário…”
♦ “Como você pode ter um currículo tão extenso e não conseguir fazer essa coisa tão simples?”
♦ “Você me enganou com seu currículo… Não sabe fazer metade do que colocou no papel.”
♦ “Vou ter de arranjar alguém que tenha uma memória boa para trabalhar comigo, porque você… esquece tudo!”
♦ “A empresa não precisa de incompetentes iguais a você!”
♦ “Ela faz confusão com tudo… É muito encrenqueira! É histérica! É mal casada!”.
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho
Assedio moral e sexual no trabalho

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra: Prevenção de Acidentes de Trabalho
Palestra: Prevenção de Acidentes de TrabalhoPalestra: Prevenção de Acidentes de Trabalho
Palestra: Prevenção de Acidentes de Trabalho
HP Safety Engenharia
 
Assédio moral no trabalho power point
Assédio moral no trabalho power pointAssédio moral no trabalho power point
Assédio moral no trabalho power point
nilsonbelvio
 
Assedio moral nas organizações
Assedio moral nas organizaçõesAssedio moral nas organizações
Assedio moral nas organizações
Joyce Kelly Campos
 
Assédio[1]
Assédio[1]Assédio[1]
Assédio[1]
Heloísa Ximenes
 
CIPA ASSÉDIO.pptx
CIPA ASSÉDIO.pptxCIPA ASSÉDIO.pptx
CIPA ASSÉDIO.pptx
RafaelPereira518015
 
Assédio Sexual
Assédio SexualAssédio Sexual
Assédio Sexual
Tércio De Santana
 
CIPA 2023.pptx
CIPA 2023.pptxCIPA 2023.pptx
CIPA 2023.pptx
AlexsanderRodrigues18
 
Cartilha Assédio Moral e Sexual
Cartilha Assédio Moral e SexualCartilha Assédio Moral e Sexual
Cartilha Assédio Moral e Sexual
Robson Peixoto
 
Riscos físicos
Riscos físicosRiscos físicos
Riscos físicos
Filipa Andrade
 
Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.
Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.
Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.
Jonas B. Larrosa
 
Aula 4 riscos ocupacionais
Aula 4   riscos ocupacionaisAula 4   riscos ocupacionais
Aula 4 riscos ocupacionais
Daniel Moura
 
Cartilha assedio moral e sexual
Cartilha assedio moral e sexualCartilha assedio moral e sexual
Cartilha assedio moral e sexual
coeppelotas
 
Segurança do trabalho
Segurança do trabalhoSegurança do trabalho
Segurança do trabalho
Mauricio Cesar Soares
 
manual-contra-o-assedio-cartilha.pptx
manual-contra-o-assedio-cartilha.pptxmanual-contra-o-assedio-cartilha.pptx
manual-contra-o-assedio-cartilha.pptx
HailtonJose1
 
Aula EPI - Apresentação
Aula EPI - ApresentaçãoAula EPI - Apresentação
Aula EPI - Apresentação
Rapha_Carvalho
 
Treinamento NR 18 .pptx
Treinamento NR 18  .pptxTreinamento NR 18  .pptx
Treinamento NR 18 .pptx
MarceloRodriguesdaLu2
 
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalhoMedidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
Thaysa Brito
 
Treinamento acidente de trabalho
Treinamento acidente de trabalhoTreinamento acidente de trabalho
Treinamento acidente de trabalho
Monica Pinheiro
 
Segurança e higiene do trabalho - Aula 3
Segurança e higiene do trabalho - Aula 3Segurança e higiene do trabalho - Aula 3
Segurança e higiene do trabalho - Aula 3
IBEST ESCOLA
 
ASSEDIO TREINAMENTO PARA TODOS.pptx
ASSEDIO TREINAMENTO PARA TODOS.pptxASSEDIO TREINAMENTO PARA TODOS.pptx
ASSEDIO TREINAMENTO PARA TODOS.pptx
jadib73800
 

Mais procurados (20)

Palestra: Prevenção de Acidentes de Trabalho
Palestra: Prevenção de Acidentes de TrabalhoPalestra: Prevenção de Acidentes de Trabalho
Palestra: Prevenção de Acidentes de Trabalho
 
Assédio moral no trabalho power point
Assédio moral no trabalho power pointAssédio moral no trabalho power point
Assédio moral no trabalho power point
 
Assedio moral nas organizações
Assedio moral nas organizaçõesAssedio moral nas organizações
Assedio moral nas organizações
 
Assédio[1]
Assédio[1]Assédio[1]
Assédio[1]
 
CIPA ASSÉDIO.pptx
CIPA ASSÉDIO.pptxCIPA ASSÉDIO.pptx
CIPA ASSÉDIO.pptx
 
Assédio Sexual
Assédio SexualAssédio Sexual
Assédio Sexual
 
CIPA 2023.pptx
CIPA 2023.pptxCIPA 2023.pptx
CIPA 2023.pptx
 
Cartilha Assédio Moral e Sexual
Cartilha Assédio Moral e SexualCartilha Assédio Moral e Sexual
Cartilha Assédio Moral e Sexual
 
Riscos físicos
Riscos físicosRiscos físicos
Riscos físicos
 
Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.
Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.
Acidente de trabalho - Causas, Consequências e Prevenção.
 
Aula 4 riscos ocupacionais
Aula 4   riscos ocupacionaisAula 4   riscos ocupacionais
Aula 4 riscos ocupacionais
 
Cartilha assedio moral e sexual
Cartilha assedio moral e sexualCartilha assedio moral e sexual
Cartilha assedio moral e sexual
 
Segurança do trabalho
Segurança do trabalhoSegurança do trabalho
Segurança do trabalho
 
manual-contra-o-assedio-cartilha.pptx
manual-contra-o-assedio-cartilha.pptxmanual-contra-o-assedio-cartilha.pptx
manual-contra-o-assedio-cartilha.pptx
 
Aula EPI - Apresentação
Aula EPI - ApresentaçãoAula EPI - Apresentação
Aula EPI - Apresentação
 
Treinamento NR 18 .pptx
Treinamento NR 18  .pptxTreinamento NR 18  .pptx
Treinamento NR 18 .pptx
 
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalhoMedidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
 
Treinamento acidente de trabalho
Treinamento acidente de trabalhoTreinamento acidente de trabalho
Treinamento acidente de trabalho
 
Segurança e higiene do trabalho - Aula 3
Segurança e higiene do trabalho - Aula 3Segurança e higiene do trabalho - Aula 3
Segurança e higiene do trabalho - Aula 3
 
ASSEDIO TREINAMENTO PARA TODOS.pptx
ASSEDIO TREINAMENTO PARA TODOS.pptxASSEDIO TREINAMENTO PARA TODOS.pptx
ASSEDIO TREINAMENTO PARA TODOS.pptx
 

Semelhante a Assedio moral e sexual no trabalho

Apresentação DE ASSEDIO SEXUAL CIPA 2023
Apresentação DE ASSEDIO SEXUAL CIPA 2023Apresentação DE ASSEDIO SEXUAL CIPA 2023
Apresentação DE ASSEDIO SEXUAL CIPA 2023
WalterKleidson1
 
Assedio moral
Assedio moralAssedio moral
Assedio moral
Elielba Chapermann
 
Apresentação - 28.10.19 - Compliance (1).pdf
Apresentação - 28.10.19 - Compliance (1).pdfApresentação - 28.10.19 - Compliance (1).pdf
Apresentação - 28.10.19 - Compliance (1).pdf
Eva Cordeiro
 
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptxSuicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
Telma Lima
 
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptxSuicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
Tecpreve Tecpreve
 
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptxSuicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
Tecpreve Tecpreve
 

Semelhante a Assedio moral e sexual no trabalho (6)

Apresentação DE ASSEDIO SEXUAL CIPA 2023
Apresentação DE ASSEDIO SEXUAL CIPA 2023Apresentação DE ASSEDIO SEXUAL CIPA 2023
Apresentação DE ASSEDIO SEXUAL CIPA 2023
 
Assedio moral
Assedio moralAssedio moral
Assedio moral
 
Apresentação - 28.10.19 - Compliance (1).pdf
Apresentação - 28.10.19 - Compliance (1).pdfApresentação - 28.10.19 - Compliance (1).pdf
Apresentação - 28.10.19 - Compliance (1).pdf
 
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptxSuicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
 
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptxSuicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
 
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptxSuicidio - Palestra Comunidade.pptx
Suicidio - Palestra Comunidade.pptx
 

Mais de elisabatista7

Tributos
TributosTributos
Tributos
elisabatista7
 
tecnicas de Negociação
tecnicas de Negociaçãotecnicas de Negociação
tecnicas de Negociação
elisabatista7
 
Planilha de nota aprendizes setembro
Planilha de nota aprendizes setembroPlanilha de nota aprendizes setembro
Planilha de nota aprendizes setembro
elisabatista7
 
Notas preparatório
Notas preparatórioNotas preparatório
Notas preparatório
elisabatista7
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
elisabatista7
 
inclusão social
inclusão socialinclusão social
inclusão social
elisabatista7
 
Higiene saude
Higiene saudeHigiene saude
Higiene saude
elisabatista7
 
Mercado de trabalho
Mercado de trabalho Mercado de trabalho
Mercado de trabalho
elisabatista7
 
meio ambiente
meio ambiente meio ambiente
meio ambiente
elisabatista7
 
slide sescoop
slide sescoop slide sescoop
slide sescoop
elisabatista7
 
postura no ambiente de trabalho
postura no ambiente de trabalhopostura no ambiente de trabalho
postura no ambiente de trabalho
elisabatista7
 
relacionamento Interpessoal
relacionamento Interpessoalrelacionamento Interpessoal
relacionamento Interpessoal
elisabatista7
 
Aula cidadania
Aula cidadaniaAula cidadania
Aula cidadania
elisabatista7
 
Montando curriculo.
Montando curriculo.Montando curriculo.
Montando curriculo.
elisabatista7
 
Gestão de carreiras empregabilidade
Gestão de carreiras empregabilidadeGestão de carreiras empregabilidade
Gestão de carreiras empregabilidade
elisabatista7
 
Plano de trabalho agronegocio
Plano de trabalho agronegocioPlano de trabalho agronegocio
Plano de trabalho agronegocio
elisabatista7
 
Agronegocio
AgronegocioAgronegocio
Agronegocio
elisabatista7
 
Empregado e empregador.
Empregado e empregador.Empregado e empregador.
Empregado e empregador.
elisabatista7
 
Atendimento ao cliente
Atendimento ao clienteAtendimento ao cliente
Atendimento ao cliente
elisabatista7
 
Sociedade
SociedadeSociedade
Sociedade
elisabatista7
 

Mais de elisabatista7 (20)

Tributos
TributosTributos
Tributos
 
tecnicas de Negociação
tecnicas de Negociaçãotecnicas de Negociação
tecnicas de Negociação
 
Planilha de nota aprendizes setembro
Planilha de nota aprendizes setembroPlanilha de nota aprendizes setembro
Planilha de nota aprendizes setembro
 
Notas preparatório
Notas preparatórioNotas preparatório
Notas preparatório
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 
inclusão social
inclusão socialinclusão social
inclusão social
 
Higiene saude
Higiene saudeHigiene saude
Higiene saude
 
Mercado de trabalho
Mercado de trabalho Mercado de trabalho
Mercado de trabalho
 
meio ambiente
meio ambiente meio ambiente
meio ambiente
 
slide sescoop
slide sescoop slide sescoop
slide sescoop
 
postura no ambiente de trabalho
postura no ambiente de trabalhopostura no ambiente de trabalho
postura no ambiente de trabalho
 
relacionamento Interpessoal
relacionamento Interpessoalrelacionamento Interpessoal
relacionamento Interpessoal
 
Aula cidadania
Aula cidadaniaAula cidadania
Aula cidadania
 
Montando curriculo.
Montando curriculo.Montando curriculo.
Montando curriculo.
 
Gestão de carreiras empregabilidade
Gestão de carreiras empregabilidadeGestão de carreiras empregabilidade
Gestão de carreiras empregabilidade
 
Plano de trabalho agronegocio
Plano de trabalho agronegocioPlano de trabalho agronegocio
Plano de trabalho agronegocio
 
Agronegocio
AgronegocioAgronegocio
Agronegocio
 
Empregado e empregador.
Empregado e empregador.Empregado e empregador.
Empregado e empregador.
 
Atendimento ao cliente
Atendimento ao clienteAtendimento ao cliente
Atendimento ao cliente
 
Sociedade
SociedadeSociedade
Sociedade
 

Assedio moral e sexual no trabalho

  • 7. Formas recorrentes de mobbing: a b c)
  • 11. – CONCEITO LEGAL DE ASSÉDIO SEXUAL: Art. 216-A do Código Penal Pena:
  • 16. Assédio moral organizacional Adriane de Araújo Assédio Moral: Assédio Moral Organizacional ou Empresarial: vídeo: aumento de produtividade
  • 17. (TRT 23ª R.; RO00650.2009.009.23.00-3; 1ª. T.; Rel. Tarcísio Valente; DEJTMT 05/03/2010; Pág. 39)
  • 18. Vendedor obrigado a imitar animal em reuniões da empresa. A testemunha do reclamante relatou que: “Os vendedores que não efetuaram nenhuma matrícula tinham que imitar o som de uma foca, batendo palmas, enquanto os demais vendedores ficavam aplaudindo e zombando desse grupo”. “O reclamante era colocado na frente do grupo que deveria imitar foca, quando o integrava, porque era mais alto, e em uma das reuniões o proprietário da reclamada subiu na cadeira e ficou 'regendo' a imitação de focas”. O novo valor da indenização foi fixado em R$ 10.000,00. (TRT-MG. 7ª TURMA. RO nº 00858-2006-007-03-00-6 )
  • 19. (TRT 2ª R.; RS 01992-2008-067-02-00-5; Ac. 2009/0848637; 6ª; T.; Rel. Rafael Edson Pugliese Ribeiro; DOESP 09/10/2009; Pág. 99)
  • 22. ♦ DEGRADAÇÃO PROPOSITAL DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO ♦ ♦ Retirar da vítima a sua autonomia; ♦ Não transmitir informações úteis para a realização de tarefas; ♦ Contestar sistematicamente as decisões da vítima; ♦ Criticar seu trabalho de forma injusta ou demasiada; ♦ Privar a vítima de acessar seus instrumentos de trabalho: telefone, fax, computador etc.; ♦ Retirar o trabalho que normalmente lhe compete e dar permanentemente novas tarefas; ♦ Atribuir proposital e sistematicamente tarefas inferiores ou superiores às suas competências; ♦ Pressionar a vítima para que esta não exija seus direitos; ♦ Agir de modo a impedir ou dificultar que a vítima obtenha promoção; ♦ Causar danos em seu local de trabalho; ♦ Desconsiderar recomendações médicas; ♦ Induzir a vítima ao erro.
  • 23. ♦ ISOLAMENTO E RECUSA DE COMUNICAÇÃO ♦ ♦ Interromper a vítima com frequência; ♦ Não conversar com a vítima, tanto os superiores hierárquicos quanto os colegas; ♦ Comunicar-se unicamente por escrito; ♦ Recusar contato, inclusive visual; ♦ Isolar a vítima do restante do grupo; ♦ Ignorar sua presença, e dirigir-se apenas aos outros; ♦ Proibir que colegas falem com a vítima e vice-versa; ♦ Recusa da direção em falar sobre o que está ocorrendo.
  • 24. ♦ ATENTADO CONTRA A DIGNIDADE ♦ ♦ Fazer insinuações desdenhosas; ♦ Fazer gestos de desprezo para a vítima (suspiros, olhares, levantar de ombros, risos, conversinhas etc.); ♦ Desacreditar a vítima diante dos colegas, superiores ou subordinados; ♦ Espalhar rumores a respeito da honra e da boa fama da vítima; ♦ Atribuir problemas de ordem psicológica; ♦ Criticar ou brincar sobre deficiências físicas ou de seu aspecto físico; ♦ Criticar acerca de sua vida particular; ♦ Zombar de suas origens, nacionalidade, crenças religiosas ou convicções políticas; ♦ Atribuir tarefas humilhantes.
  • 25. ♦ VIOLÊNCIA VERBAL, FÍSICA OU SEXUAL ♦ ♦ Ameaçar a vítima de violência física; ♦ Agredir fisicamente; ♦ Comunicar aos gritos; ♦ Invadir sua intimidade, por meio da escuta de ligações telefônicas, leitura de correspondências, e-mails, comunicações internas etc.; ♦ Seguir e espionar a vítima; ♦ Danificar o automóvel da vítima; ♦ Assediar ou agredir sexualmente a vítima por meio de gestos ou propostas; ♦ Desconsiderar os problemas de saúde da vítima.
  • 26. ♦ EXEMPLOS DE FRASES ♦ Muitas vezes o assédio moral se manifesta por meio de frases discriminatórias. A seguir listamos alguns exemplos para identificar essa prática, retirados do site www.assediomoral.org.br: ♦ “Você é mesmo difícil… Não consegue aprender as coisas mais simples! Até uma criança faz isso… Só você não consegue!” ♦ “É melhor você desistir! É muito difícil e isso é para quem tem garra! Não é para gente como você!” ♦ “Não quer trabalhar… fique em casa! Lugar de doente é em casa!” ♦ “A empresa não é lugar para doente. Aqui você só atrapalha!” ♦ “Seu filho vai colocar comida em sua casa? Não pode sair! Escolha: ou trabalha ou toma conta do filho!” ♦ “Você é mole… frouxo… Se você não tem capacidade para trabalhar… Então porque não fica em casa? Vá para casa lavar roupa!” ♦ “Não posso ficar com você! A empresa precisa de quem dá produção, e você só atrapalha!” ♦ “É melhor você pedir demissão… Você está doente… Está indo muito ao médico!” ♦ “Para que você foi ao médico? Que frescura é essa? Se quiser ir para casa de dia… tem de trabalhar à noite!” ♦ “Ah… essa doença está muito boa para você! Trabalhar até às duas e ir para casa. Eu também quero essa doença!” ♦ “Não existe lugar aqui para quem não quer trabalhar!” ♦ “Se você ficar pedindo saída eu vou ter de transferir você de empresa/de posto de trabalho/de horário…” ♦ “Como você pode ter um currículo tão extenso e não conseguir fazer essa coisa tão simples?” ♦ “Você me enganou com seu currículo… Não sabe fazer metade do que colocou no papel.” ♦ “Vou ter de arranjar alguém que tenha uma memória boa para trabalhar comigo, porque você… esquece tudo!” ♦ “A empresa não precisa de incompetentes iguais a você!” ♦ “Ela faz confusão com tudo… É muito encrenqueira! É histérica! É mal casada!”.