SlideShare uma empresa Scribd logo
As secas
Índice
• O que são secas?
• Causas;
• Consequências;
• Secas na India;
• Medidas de prevenção.
O que são secas
• A seca ou a estiagem e um fenómeno climático
causado pela insuficiência de precipitação
pluviométrica, ou chuva numa determinada
região por um período de tempo muito grande.
• Existe uma pequena diferença entre seca e
estiagem pois estiagem e o fenómeno que ocorre
num intervalo de tempo ou seja a estiagem não e
permanente, já a seca e permanente.
Causas
As secas iniciam-se sem que nenhum fenómeno
climático ou hidrológico as anuncie, e só se tornam
perceptíveis quando as suas consequências são já
viveis.
As causas das secas enquadram-se nas anomalias da
circulação geral da atmosfera, a que correspondem
flutuações do clima numa escala local ou regional,
gerando condições meteorológicas desfavoráveis,
com situações de nula ou fraca pluviosidade, durante
períodos mais ou menos prolongados.
Consequências
• Perda de culturas agrícolas;
• Morte do gado por falta de agua e de pastagens;
• Falta de agua para consumo humano e para as
actividades domesticas;
• Diminuição da qualidade da agua;
• Aumento e propagação mais fácil dos incêndios;
• Aumento da desertificação, uma vez que :
- os solos vão ficando ressequidos e, por isso, são
mais facilmente desgastados e arrastados;
- a vegetação vai desaparecendo.
Secas na Índia
• 1877 - Seca seguinte à falha no regime de Monção.
• 1899 - Nova seca que igualmente seguiu à falha no regime de
Monção. Milhões morreram famintos em consequência das secas
de 1877 e 1899 na Índia, o que trouxe a consciência da inter-relação
entre vida e morte da população, a agricultura e a Monção. O
famoso meteorologista Gilbert Walker investigou estas secas, sua
relação com a monção, causas locais e externas. Descobre
a Oscilação Sul no início do século XX, descrita como o balanço da
pressão entre Pacifico oeste e leste, muitos anos depois
reconhecida como Southern-Oscillation El Niño (ENSO), cuja
impacto é global. Interessante que a seca na Índia, mote inicial da
investigação de Walker, apresenta pequena correlação negativa
com o ENSO, enquanto este tem enorme impacto, seis meses
depois, sobre o inverno e verão seguintes, em muitas outras partes
do globo via teleconexőes.
Medidas de prevenção
• A prevenção e a minimização dos efeitos de
uma seca passa também pela alteração do
comportamento individual de cada pessoa no
que respeita ao consumo de água antes e
durante a evolução de uma seca.
• Trabalho realizado por: Marlene Beatriz 7º6
Pca

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

As alterações-climáticas
As alterações-climáticasAs alterações-climáticas
As alterações-climáticas
Alcina Barbosa
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
Mayjö .
 
Disponibilidades Hídricas
Disponibilidades HídricasDisponibilidades Hídricas
Disponibilidades Hídricas
acbaptista
 
A Especificidade do Clima em Portugal
A Especificidade do Clima em PortugalA Especificidade do Clima em Portugal
A Especificidade do Clima em Portugal
Catarina Castro
 
A rede hidrográfica
A rede hidrográficaA rede hidrográfica
A rede hidrográfica
Rosária Zamith
 
Tempestades, secas, ondas de frio e calor trabalho geografia 9ºano
Tempestades, secas, ondas de frio e calor trabalho geografia 9ºanoTempestades, secas, ondas de frio e calor trabalho geografia 9ºano
Tempestades, secas, ondas de frio e calor trabalho geografia 9ºano
Hus Juky
 
Paisagens geológicas
Paisagens geológicasPaisagens geológicas
Paisagens geológicas
Catir
 
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAISRISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
abarros
 
Distribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesaDistribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesa
Ilda Bicacro
 
Os diferentes tipos de plantas das cidades
Os diferentes tipos de plantas das cidadesOs diferentes tipos de plantas das cidades
Os diferentes tipos de plantas das cidades
rmmpr
 
Os rios e bacias hidrográficas
Os rios e bacias hidrográficasOs rios e bacias hidrográficas
Os rios e bacias hidrográficas
claudiamf11
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
Ana Arminda Moreira
 
Chuvas ácidas
Chuvas ácidasChuvas ácidas
Chuvas ácidas
Ilda Bicacro
 
Cantigas de amigo - resumo
Cantigas de amigo - resumoCantigas de amigo - resumo
Cantigas de amigo - resumo
Gijasilvelitz 2
 
O CLIMA - Meio Natural 9º
O CLIMA - Meio Natural 9ºO CLIMA - Meio Natural 9º
O CLIMA - Meio Natural 9º
Victor Veiga
 
Processos fonológicos
Processos fonológicosProcessos fonológicos
Processos fonológicos
Sílvia Faim
 
Cantigas de amor
Cantigas de amorCantigas de amor
Cantigas de amor
Helena Coutinho
 
Principais tipos de chuvas[1]
Principais tipos de chuvas[1]Principais tipos de chuvas[1]
Principais tipos de chuvas[1]
manuelalemos
 
Clima Em Portugal
Clima Em PortugalClima Em Portugal
Clima Em Portugal
analuisacvieira
 
O estado do tempo - geografia
O estado do tempo - geografiaO estado do tempo - geografia
O estado do tempo - geografia
Catarina Sequeira
 

Mais procurados (20)

As alterações-climáticas
As alterações-climáticasAs alterações-climáticas
As alterações-climáticas
 
Aquecimento global
Aquecimento globalAquecimento global
Aquecimento global
 
Disponibilidades Hídricas
Disponibilidades HídricasDisponibilidades Hídricas
Disponibilidades Hídricas
 
A Especificidade do Clima em Portugal
A Especificidade do Clima em PortugalA Especificidade do Clima em Portugal
A Especificidade do Clima em Portugal
 
A rede hidrográfica
A rede hidrográficaA rede hidrográfica
A rede hidrográfica
 
Tempestades, secas, ondas de frio e calor trabalho geografia 9ºano
Tempestades, secas, ondas de frio e calor trabalho geografia 9ºanoTempestades, secas, ondas de frio e calor trabalho geografia 9ºano
Tempestades, secas, ondas de frio e calor trabalho geografia 9ºano
 
Paisagens geológicas
Paisagens geológicasPaisagens geológicas
Paisagens geológicas
 
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAISRISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
 
Distribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesaDistribuição da população portuguesa
Distribuição da população portuguesa
 
Os diferentes tipos de plantas das cidades
Os diferentes tipos de plantas das cidadesOs diferentes tipos de plantas das cidades
Os diferentes tipos de plantas das cidades
 
Os rios e bacias hidrográficas
Os rios e bacias hidrográficasOs rios e bacias hidrográficas
Os rios e bacias hidrográficas
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Chuvas ácidas
Chuvas ácidasChuvas ácidas
Chuvas ácidas
 
Cantigas de amigo - resumo
Cantigas de amigo - resumoCantigas de amigo - resumo
Cantigas de amigo - resumo
 
O CLIMA - Meio Natural 9º
O CLIMA - Meio Natural 9ºO CLIMA - Meio Natural 9º
O CLIMA - Meio Natural 9º
 
Processos fonológicos
Processos fonológicosProcessos fonológicos
Processos fonológicos
 
Cantigas de amor
Cantigas de amorCantigas de amor
Cantigas de amor
 
Principais tipos de chuvas[1]
Principais tipos de chuvas[1]Principais tipos de chuvas[1]
Principais tipos de chuvas[1]
 
Clima Em Portugal
Clima Em PortugalClima Em Portugal
Clima Em Portugal
 
O estado do tempo - geografia
O estado do tempo - geografiaO estado do tempo - geografia
O estado do tempo - geografia
 

Semelhante a As secas

As secas
As secasAs secas
As secas
ESP
 
A seca
A secaA seca
Seca
SecaSeca
Secas ruben 7º e
Secas ruben 7º eSecas ruben 7º e
Secas ruben 7º e
protecaocivil
 
As cheias e as secas
As cheias e as secas   As cheias e as secas
As cheias e as secas
Andriy Russu
 
monções-asia-ventos-chuvas-alagamnetos- continneteasiatico
monções-asia-ventos-chuvas-alagamnetos- continneteasiaticomonções-asia-ventos-chuvas-alagamnetos- continneteasiatico
monções-asia-ventos-chuvas-alagamnetos- continneteasiatico
Izabela Bassani
 
Curso Para Administradores Dos Munipios Urbanas: Módulo 4
Curso Para Administradores Dos Munipios Urbanas: Módulo 4Curso Para Administradores Dos Munipios Urbanas: Módulo 4
Curso Para Administradores Dos Munipios Urbanas: Módulo 4
Development Workshop Angola
 
Allan Cain - Alteracoes climaticas e assentamentos costeiros, DW Debate 18/07...
Allan Cain - Alteracoes climaticas e assentamentos costeiros, DW Debate 18/07...Allan Cain - Alteracoes climaticas e assentamentos costeiros, DW Debate 18/07...
Allan Cain - Alteracoes climaticas e assentamentos costeiros, DW Debate 18/07...
Development Workshop Angola
 
Allan Cain - Adaptação de Cidades Costeiras Angolanas à Mudança Climática - ...
Allan Cain  - Adaptação de Cidades Costeiras Angolanas à Mudança Climática - ...Allan Cain  - Adaptação de Cidades Costeiras Angolanas à Mudança Climática - ...
Allan Cain - Adaptação de Cidades Costeiras Angolanas à Mudança Climática - ...
Development Workshop Angola
 
Mudanças climáticas e consequências.pptx
Mudanças climáticas e consequências.pptxMudanças climáticas e consequências.pptx
Mudanças climáticas e consequências.pptx
VivianeKlein5
 
Cupi Baptista - Alteraçôas Climáticas e Água Urbana, Maputo, Maio 27 2013
Cupi Baptista - Alteraçôas Climáticas e Água Urbana, Maputo, Maio 27 2013Cupi Baptista - Alteraçôas Climáticas e Água Urbana, Maputo, Maio 27 2013
Cupi Baptista - Alteraçôas Climáticas e Água Urbana, Maputo, Maio 27 2013
Development Workshop Angola
 
Clima e as alterações climáticas
Clima e as alterações climáticasClima e as alterações climáticas
Clima e as alterações climáticas
Ebimontargil Pte
 
Secas e Cheias
Secas e CheiasSecas e Cheias
Secas e Cheias
esmiucao8b
 
Cheias, inundações e secas prolongadas ana e adriana
Cheias, inundações e secas prolongadas ana e adrianaCheias, inundações e secas prolongadas ana e adriana
Cheias, inundações e secas prolongadas ana e adriana
8_c_clube
 
seminario manejo 1.pptx
seminario manejo 1.pptxseminario manejo 1.pptx
seminario manejo 1.pptx
RICARDOFEITOSADASILV
 
desastres climaticos
desastres climaticosdesastres climaticos
desastres climaticos
B0das
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemasPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
filomenacatatua
 
Secas e cheias
Secas e cheiasSecas e cheias
Secas e cheias
Carolina Sobrenome
 
Fasc 05
Fasc 05Fasc 05
Grupo2
Grupo2Grupo2

Semelhante a As secas (20)

As secas
As secasAs secas
As secas
 
A seca
A secaA seca
A seca
 
Seca
SecaSeca
Seca
 
Secas ruben 7º e
Secas ruben 7º eSecas ruben 7º e
Secas ruben 7º e
 
As cheias e as secas
As cheias e as secas   As cheias e as secas
As cheias e as secas
 
monções-asia-ventos-chuvas-alagamnetos- continneteasiatico
monções-asia-ventos-chuvas-alagamnetos- continneteasiaticomonções-asia-ventos-chuvas-alagamnetos- continneteasiatico
monções-asia-ventos-chuvas-alagamnetos- continneteasiatico
 
Curso Para Administradores Dos Munipios Urbanas: Módulo 4
Curso Para Administradores Dos Munipios Urbanas: Módulo 4Curso Para Administradores Dos Munipios Urbanas: Módulo 4
Curso Para Administradores Dos Munipios Urbanas: Módulo 4
 
Allan Cain - Alteracoes climaticas e assentamentos costeiros, DW Debate 18/07...
Allan Cain - Alteracoes climaticas e assentamentos costeiros, DW Debate 18/07...Allan Cain - Alteracoes climaticas e assentamentos costeiros, DW Debate 18/07...
Allan Cain - Alteracoes climaticas e assentamentos costeiros, DW Debate 18/07...
 
Allan Cain - Adaptação de Cidades Costeiras Angolanas à Mudança Climática - ...
Allan Cain  - Adaptação de Cidades Costeiras Angolanas à Mudança Climática - ...Allan Cain  - Adaptação de Cidades Costeiras Angolanas à Mudança Climática - ...
Allan Cain - Adaptação de Cidades Costeiras Angolanas à Mudança Climática - ...
 
Mudanças climáticas e consequências.pptx
Mudanças climáticas e consequências.pptxMudanças climáticas e consequências.pptx
Mudanças climáticas e consequências.pptx
 
Cupi Baptista - Alteraçôas Climáticas e Água Urbana, Maputo, Maio 27 2013
Cupi Baptista - Alteraçôas Climáticas e Água Urbana, Maputo, Maio 27 2013Cupi Baptista - Alteraçôas Climáticas e Água Urbana, Maputo, Maio 27 2013
Cupi Baptista - Alteraçôas Climáticas e Água Urbana, Maputo, Maio 27 2013
 
Clima e as alterações climáticas
Clima e as alterações climáticasClima e as alterações climáticas
Clima e as alterações climáticas
 
Secas e Cheias
Secas e CheiasSecas e Cheias
Secas e Cheias
 
Cheias, inundações e secas prolongadas ana e adriana
Cheias, inundações e secas prolongadas ana e adrianaCheias, inundações e secas prolongadas ana e adriana
Cheias, inundações e secas prolongadas ana e adriana
 
seminario manejo 1.pptx
seminario manejo 1.pptxseminario manejo 1.pptx
seminario manejo 1.pptx
 
desastres climaticos
desastres climaticosdesastres climaticos
desastres climaticos
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemasPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
 
Secas e cheias
Secas e cheiasSecas e cheias
Secas e cheias
 
Fasc 05
Fasc 05Fasc 05
Fasc 05
 
Grupo2
Grupo2Grupo2
Grupo2
 

Mais de Mayjö .

8
88
6
66
3
33
Rapaz de bronze
Rapaz de bronzeRapaz de bronze
Rapaz de bronze
Mayjö .
 
Moçambique n2
Moçambique n2Moçambique n2
Moçambique n2
Mayjö .
 
Reino unido
Reino unidoReino unido
Reino unido
Mayjö .
 
México
MéxicoMéxico
México
Mayjö .
 
Melissa e livia
Melissa e liviaMelissa e livia
Melissa e livia
Mayjö .
 
Elementos do brasil
Elementos do brasilElementos do brasil
Elementos do brasil
Mayjö .
 
China
ChinaChina
China
Mayjö .
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Mayjö .
 
Austrália
AustráliaAustrália
Austrália
Mayjö .
 
Venezuela
VenezuelaVenezuela
Venezuela
Mayjö .
 
Tunisia
Tunisia Tunisia
Tunisia
Mayjö .
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
Mayjö .
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
Mayjö .
 
Geografia 7ªe
Geografia 7ªeGeografia 7ªe
Geografia 7ªe
Mayjö .
 
Ferias em malta
Ferias em maltaFerias em malta
Ferias em malta
Mayjö .
 
Butão
ButãoButão
Butão
Mayjö .
 
Transportes rodoviários geografia
Transportes rodoviários geografiaTransportes rodoviários geografia
Transportes rodoviários geografia
Mayjö .
 

Mais de Mayjö . (20)

8
88
8
 
6
66
6
 
3
33
3
 
Rapaz de bronze
Rapaz de bronzeRapaz de bronze
Rapaz de bronze
 
Moçambique n2
Moçambique n2Moçambique n2
Moçambique n2
 
Reino unido
Reino unidoReino unido
Reino unido
 
México
MéxicoMéxico
México
 
Melissa e livia
Melissa e liviaMelissa e livia
Melissa e livia
 
Elementos do brasil
Elementos do brasilElementos do brasil
Elementos do brasil
 
China
ChinaChina
China
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Austrália
AustráliaAustrália
Austrália
 
Venezuela
VenezuelaVenezuela
Venezuela
 
Tunisia
Tunisia Tunisia
Tunisia
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Geografia 7ªe
Geografia 7ªeGeografia 7ªe
Geografia 7ªe
 
Ferias em malta
Ferias em maltaFerias em malta
Ferias em malta
 
Butão
ButãoButão
Butão
 
Transportes rodoviários geografia
Transportes rodoviários geografiaTransportes rodoviários geografia
Transportes rodoviários geografia
 

As secas

  • 2. Índice • O que são secas? • Causas; • Consequências; • Secas na India; • Medidas de prevenção.
  • 3. O que são secas • A seca ou a estiagem e um fenómeno climático causado pela insuficiência de precipitação pluviométrica, ou chuva numa determinada região por um período de tempo muito grande. • Existe uma pequena diferença entre seca e estiagem pois estiagem e o fenómeno que ocorre num intervalo de tempo ou seja a estiagem não e permanente, já a seca e permanente.
  • 4. Causas As secas iniciam-se sem que nenhum fenómeno climático ou hidrológico as anuncie, e só se tornam perceptíveis quando as suas consequências são já viveis. As causas das secas enquadram-se nas anomalias da circulação geral da atmosfera, a que correspondem flutuações do clima numa escala local ou regional, gerando condições meteorológicas desfavoráveis, com situações de nula ou fraca pluviosidade, durante períodos mais ou menos prolongados.
  • 5. Consequências • Perda de culturas agrícolas; • Morte do gado por falta de agua e de pastagens; • Falta de agua para consumo humano e para as actividades domesticas; • Diminuição da qualidade da agua; • Aumento e propagação mais fácil dos incêndios; • Aumento da desertificação, uma vez que : - os solos vão ficando ressequidos e, por isso, são mais facilmente desgastados e arrastados; - a vegetação vai desaparecendo.
  • 6. Secas na Índia • 1877 - Seca seguinte à falha no regime de Monção. • 1899 - Nova seca que igualmente seguiu à falha no regime de Monção. Milhões morreram famintos em consequência das secas de 1877 e 1899 na Índia, o que trouxe a consciência da inter-relação entre vida e morte da população, a agricultura e a Monção. O famoso meteorologista Gilbert Walker investigou estas secas, sua relação com a monção, causas locais e externas. Descobre a Oscilação Sul no início do século XX, descrita como o balanço da pressão entre Pacifico oeste e leste, muitos anos depois reconhecida como Southern-Oscillation El Niño (ENSO), cuja impacto é global. Interessante que a seca na Índia, mote inicial da investigação de Walker, apresenta pequena correlação negativa com o ENSO, enquanto este tem enorme impacto, seis meses depois, sobre o inverno e verão seguintes, em muitas outras partes do globo via teleconexőes.
  • 7. Medidas de prevenção • A prevenção e a minimização dos efeitos de uma seca passa também pela alteração do comportamento individual de cada pessoa no que respeita ao consumo de água antes e durante a evolução de uma seca.
  • 8. • Trabalho realizado por: Marlene Beatriz 7º6 Pca