SlideShare uma empresa Scribd logo
Programa Células Estudantis de Aprendizagem Cooperativa  Dividindo conhecimento, multiplicando aprendizado “Ninguém e tão bom e tão inteligente quanto todos nós.” Marilyn Fergusson
História da Aprendizagem Cooperativa na UFC - PRECE 1994 A primeira célula… A primeiracélula de AprendizagemCooperativacomeçounacomunidade rural do Cipó, Pentecoste, CE
História da Aprendizagem Cooperativa na UFC
Aprendizagem Cooperativa { Em sala de aula }     Pequenos grupos nos quais professores e estudantes trabalham juntos de modo interdependente para aumentar sua própria aprendizagem e a de outros. Aprendizagem Cooperativa Aprendizagem Tradicional “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” Cora  Coralina
Programa Células Estudantis de Aprendizagem Cooperativa  Objetivos Gerais Aumento da TAXA DE CONCLUSÃO;  2. Formação de CAPITAL SOCIAL a partir do capital intelectual discente da UFC;  3. Formação de profissionais mais competentes e proativos e habilitados para TRABALHAR EM EQUIPE;  4. SINERGIA ENTRE CURSOS e unidades acadêmicas da UFC.  “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” Cora  Coralina
Objetivos Específicos 1. Estudantes com conhecimento satisfatório sobre a aprendizagem cooperativa e habilitados para organizarem células estudantis de aprendizagem; 2. Estudantes com capacidade de trabalhar em equipe. 3.  Estudantes intelectualmente autônomos, agindo como protagonistas; 4. Interação positiva e construção de relacionamento entre os discentes; 5. Encorajamento mútuo entre os estudantes no enfrentamento de problemas acadêmicos e/ou extra-acadêmicos; 6. Estudantes Integrados ao ambiente acadêmico e se sentindo pertencentes à UFC; 7. Rendimento acadêmico satisfatório; “Estudantes aprendendo uns com os outros e  ensinando uns aos outros.”
Atividades Desenvolvidas 1. Organização de células de aprendizagem (articuladores); 2. Atividades formativas em Aprendizagem cooperativa (facilitadores). 3. Produção e leitura coletiva de memoriais; 4. Atividades sócio-interativas; 5. Elaboração de planos de aula 6. Equipes de apoio “Estudantes aprendendo uns com os outros e  ensinando uns aos outros.”
EQUIPES DE APOIO 1. Facilitadores 2. Monitoramento 3. Comunicação 4. Apoio a Célula 5. Interação 6. Aniversariantes 7. Histórias de vida e relatos  8. Cultura & Arte “Estudantes aprendendo uns com os outros e  ensinando uns aos outros.”
Atividades Formativas - Temas 1. Elaboração e execução de projetos de aprendizagem; 2. Objetivos do programa; 3.  Histórico da utilização da Aprendizagem Cooperativa; 4. Raízes teóricas da Aprendizagem Cooperativa; 5. Interdependência social; 6. Processamento de grupo; 7. Habilidades sociais; 8. Gerenciamento de conflito; “Estudantes aprendendo uns com os outros e  ensinando uns aos outros.”
Atividades Formativas - Temas 8. Técnicas de trabalho em grupos; 9. Estratégias para formação de equipes cooperativas; 10. Metodologias participativas; 11. Realidade universitária; 12. Oportunidades oferecidas pela UFC aos estudantes. 13. Trabalho em equipe: ,[object Object]
Estudos sobre a realidade universitária;
Trabalhos acadêmicos relacionados com a aprendizagem cooperativa.“Estudantes aprendendo uns com os outros e  ensinando uns aos outros.”
EVENTOS DO PROGRAMA 1. Semana de seleção  e formação em Fevereiro; 2. Semana da Aprendizagem Cooperativa em Julho 3. Encontros universitários (relatos de  experiência e apresentação); 4. Semana intensiva em Dezembro para avaliação e planejamento. “Estudantes aprendendo uns com os outros e  ensinando uns aos outros.”
Avaliação do programa 1. Avaliação sobre relacionamentos (sociometria); 2. Conhecimento sobre aprendizagem cooperativa; 3. Auto avaliação da equipes de formação; 4. Relato de experiência dos bolsistas; 5. Depoimentos em vídeo; 6. Participação nos blogs, facebook, twitter, etc.; 7. Rendimento acadêmico (histórico). “Estudantes aprendendo uns com os outros e  ensinando uns aos outros.”
DIFICULDADES ENFRENTADAS 1. Monitoramento  das ações; 2. Horários divergentes dos  estudantes; 3. Quebra de paradigmas; 4. Comunicação entre os bolsistas; “Estudantes aprendendo uns com os outros e  ensinando uns aos outros.”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Educação inclusiva: feitos e efeitos
Educação inclusiva: feitos e efeitosEducação inclusiva: feitos e efeitos
Educação inclusiva: feitos e efeitos
Thiago de Almeida
 
Relato Educação Indígena Professora Eunice- Cefapro-Sinop-MT
Relato Educação Indígena Professora Eunice- Cefapro-Sinop-MTRelato Educação Indígena Professora Eunice- Cefapro-Sinop-MT
Relato Educação Indígena Professora Eunice- Cefapro-Sinop-MT
Sara Cristina
 
Indagações sobre o Curriculo
Indagações sobre o CurriculoIndagações sobre o Curriculo
Indagações sobre o Curriculo
Cristiano Pereira
 
O Atendimento Educacional Especializado- AEE nas Escolas
O Atendimento Educacional Especializado- AEE nas EscolasO Atendimento Educacional Especializado- AEE nas Escolas
O Atendimento Educacional Especializado- AEE nas Escolas
guest3d615bd
 
Os desafios pedagogicos de eja
Os desafios pedagogicos de ejaOs desafios pedagogicos de eja
Os desafios pedagogicos de eja
Helena Zanotto
 
Plano de ação setor de psicologia
Plano de ação   setor de psicologiaPlano de ação   setor de psicologia
Plano de ação setor de psicologia
José H B Ramos
 
Auto Estima Da Identidade Surda
Auto Estima Da Identidade SurdaAuto Estima Da Identidade Surda
Auto Estima Da Identidade Surda
asustecnologia
 
Tecnologia assistiva
Tecnologia assistivaTecnologia assistiva
Tecnologia assistiva
Uilma Cruz
 
Modelo Roteiro curta
Modelo Roteiro curtaModelo Roteiro curta
Modelo Roteiro curta
Adriana Bruno
 
Tecnologia assistiva
Tecnologia assistivaTecnologia assistiva
Tecnologia assistiva
Zuleika Zanuzzio
 
Organização do Tempo e do Espaço
Organização do Tempo e do EspaçoOrganização do Tempo e do Espaço
Organização do Tempo e do Espaço
Bianca Cunha
 
Projeto integrador - Educação Especial.
Projeto integrador - Educação Especial.Projeto integrador - Educação Especial.
Projeto integrador - Educação Especial.
Stefanie Rodrigues
 
Educacao inclusiva
Educacao inclusivaEducacao inclusiva
Educacao inclusiva
Cristiana Chaves
 
DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA
DEFICIÊNCIA MÚLTIPLADEFICIÊNCIA MÚLTIPLA
DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA
Prof. Noe Assunção
 
Análise SWOT
Análise SWOTAnálise SWOT
Análise SWOT
Cristina Couto Varela
 
Quem será o modelo da Educação Bilíngue?
Quem será o modelo da Educação Bilíngue? Quem será o modelo da Educação Bilíngue?
Quem será o modelo da Educação Bilíngue?
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Acolhimento no SCFV
Acolhimento no SCFVAcolhimento no SCFV
Acolhimento no SCFV
Joelson Honoratto
 
A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...
A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...
A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...
Instituto Consciência GO
 
Educação inclusiva
Educação inclusivaEducação inclusiva
Educação inclusiva
Almeida Emilene Santos
 
O Que é Ecopedagogia
O Que é EcopedagogiaO Que é Ecopedagogia
O Que é Ecopedagogia
Wedson Bezerra Pereira
 

Mais procurados (20)

Educação inclusiva: feitos e efeitos
Educação inclusiva: feitos e efeitosEducação inclusiva: feitos e efeitos
Educação inclusiva: feitos e efeitos
 
Relato Educação Indígena Professora Eunice- Cefapro-Sinop-MT
Relato Educação Indígena Professora Eunice- Cefapro-Sinop-MTRelato Educação Indígena Professora Eunice- Cefapro-Sinop-MT
Relato Educação Indígena Professora Eunice- Cefapro-Sinop-MT
 
Indagações sobre o Curriculo
Indagações sobre o CurriculoIndagações sobre o Curriculo
Indagações sobre o Curriculo
 
O Atendimento Educacional Especializado- AEE nas Escolas
O Atendimento Educacional Especializado- AEE nas EscolasO Atendimento Educacional Especializado- AEE nas Escolas
O Atendimento Educacional Especializado- AEE nas Escolas
 
Os desafios pedagogicos de eja
Os desafios pedagogicos de ejaOs desafios pedagogicos de eja
Os desafios pedagogicos de eja
 
Plano de ação setor de psicologia
Plano de ação   setor de psicologiaPlano de ação   setor de psicologia
Plano de ação setor de psicologia
 
Auto Estima Da Identidade Surda
Auto Estima Da Identidade SurdaAuto Estima Da Identidade Surda
Auto Estima Da Identidade Surda
 
Tecnologia assistiva
Tecnologia assistivaTecnologia assistiva
Tecnologia assistiva
 
Modelo Roteiro curta
Modelo Roteiro curtaModelo Roteiro curta
Modelo Roteiro curta
 
Tecnologia assistiva
Tecnologia assistivaTecnologia assistiva
Tecnologia assistiva
 
Organização do Tempo e do Espaço
Organização do Tempo e do EspaçoOrganização do Tempo e do Espaço
Organização do Tempo e do Espaço
 
Projeto integrador - Educação Especial.
Projeto integrador - Educação Especial.Projeto integrador - Educação Especial.
Projeto integrador - Educação Especial.
 
Educacao inclusiva
Educacao inclusivaEducacao inclusiva
Educacao inclusiva
 
DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA
DEFICIÊNCIA MÚLTIPLADEFICIÊNCIA MÚLTIPLA
DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA
 
Análise SWOT
Análise SWOTAnálise SWOT
Análise SWOT
 
Quem será o modelo da Educação Bilíngue?
Quem será o modelo da Educação Bilíngue? Quem será o modelo da Educação Bilíngue?
Quem será o modelo da Educação Bilíngue?
 
Acolhimento no SCFV
Acolhimento no SCFVAcolhimento no SCFV
Acolhimento no SCFV
 
A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...
A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...
A Escola na Perspectiva da Educação Inclusiva construção do projeto pedagógic...
 
Educação inclusiva
Educação inclusivaEducação inclusiva
Educação inclusiva
 
O Que é Ecopedagogia
O Que é EcopedagogiaO Que é Ecopedagogia
O Que é Ecopedagogia
 

Destaque

Elaboração de projeto
Elaboração de projetoElaboração de projeto
Aprendizagem cooperativa
Aprendizagem cooperativaAprendizagem cooperativa
Aprendizagem cooperativa
psicologiaestoi
 
Slide Encontros Universitários 2015 UFC - SOLID, Design de Software e Progra...
Slide Encontros Universitários 2015 UFC  - SOLID, Design de Software e Progra...Slide Encontros Universitários 2015 UFC  - SOLID, Design de Software e Progra...
Slide Encontros Universitários 2015 UFC - SOLID, Design de Software e Progra...
Ronildo Oliveira
 
Encontros universitários 2013
Encontros universitários 2013Encontros universitários 2013
Encontros universitários 2013
Camila Vasconcelos
 
Seduc coordenadores dos credes
Seduc coordenadores dos credesSeduc coordenadores dos credes
Seduc coordenadores dos credes
Caroline Avendaño
 
Apresentação ac 2_site
Apresentação ac 2_siteApresentação ac 2_site
Apresentação ac 2_site
ramalhorolim
 
Apresentação quarta de manha
Apresentação quarta de manhaApresentação quarta de manha
Elaboração de Projetos - Aulas 1 e 2
Elaboração de Projetos - Aulas 1 e 2Elaboração de Projetos - Aulas 1 e 2
Elaboração de Projetos - Aulas 1 e 2
leozump
 
PRECE 2010
PRECE 2010PRECE 2010
PRECE 2010
Caroline Avendaño
 
A relevância da participação em centros acadêmicos para a formação complement...
A relevância da participação em centros acadêmicos para a formação complement...A relevância da participação em centros acadêmicos para a formação complement...
A relevância da participação em centros acadêmicos para a formação complement...
Ronildo Oliveira
 
Relato de Experiência de Monitoria da Disciplina de Estrutura de Dados, Estr...
Relato de Experiência de Monitoria da Disciplina de  Estrutura de Dados, Estr...Relato de Experiência de Monitoria da Disciplina de  Estrutura de Dados, Estr...
Relato de Experiência de Monitoria da Disciplina de Estrutura de Dados, Estr...
Ronildo Oliveira
 
Quarta tarde equipe 1
Quarta tarde equipe 1Quarta tarde equipe 1
Slide david
Slide davidSlide david
REDES PEER TO PEER
REDES PEER TO PEER REDES PEER TO PEER
REDES PEER TO PEER
AdrixHrdz
 
Edital aprendizagem cooperativa 2012
Edital aprendizagem cooperativa 2012Edital aprendizagem cooperativa 2012
Quinta manhã equipe 1
Quinta manhã equipe 1Quinta manhã equipe 1
Tecnologia
TecnologiaTecnologia
A P R E N D I Z A G E M
A P R E N D I Z A G E MA P R E N D I Z A G E M
A P R E N D I Z A G E M
fmazzolla
 
Palestra de Introdução à Sociocracia 3.0 2016-04-18
Palestra de Introdução à Sociocracia 3.0 2016-04-18Palestra de Introdução à Sociocracia 3.0 2016-04-18
Palestra de Introdução à Sociocracia 3.0 2016-04-18
João Sem Medo Communidade de Empreendedores Evolucionários
 
Portifólio2
Portifólio2Portifólio2
Portifólio2
vildemar Lavor
 

Destaque (20)

Elaboração de projeto
Elaboração de projetoElaboração de projeto
Elaboração de projeto
 
Aprendizagem cooperativa
Aprendizagem cooperativaAprendizagem cooperativa
Aprendizagem cooperativa
 
Slide Encontros Universitários 2015 UFC - SOLID, Design de Software e Progra...
Slide Encontros Universitários 2015 UFC  - SOLID, Design de Software e Progra...Slide Encontros Universitários 2015 UFC  - SOLID, Design de Software e Progra...
Slide Encontros Universitários 2015 UFC - SOLID, Design de Software e Progra...
 
Encontros universitários 2013
Encontros universitários 2013Encontros universitários 2013
Encontros universitários 2013
 
Seduc coordenadores dos credes
Seduc coordenadores dos credesSeduc coordenadores dos credes
Seduc coordenadores dos credes
 
Apresentação ac 2_site
Apresentação ac 2_siteApresentação ac 2_site
Apresentação ac 2_site
 
Apresentação quarta de manha
Apresentação quarta de manhaApresentação quarta de manha
Apresentação quarta de manha
 
Elaboração de Projetos - Aulas 1 e 2
Elaboração de Projetos - Aulas 1 e 2Elaboração de Projetos - Aulas 1 e 2
Elaboração de Projetos - Aulas 1 e 2
 
PRECE 2010
PRECE 2010PRECE 2010
PRECE 2010
 
A relevância da participação em centros acadêmicos para a formação complement...
A relevância da participação em centros acadêmicos para a formação complement...A relevância da participação em centros acadêmicos para a formação complement...
A relevância da participação em centros acadêmicos para a formação complement...
 
Relato de Experiência de Monitoria da Disciplina de Estrutura de Dados, Estr...
Relato de Experiência de Monitoria da Disciplina de  Estrutura de Dados, Estr...Relato de Experiência de Monitoria da Disciplina de  Estrutura de Dados, Estr...
Relato de Experiência de Monitoria da Disciplina de Estrutura de Dados, Estr...
 
Quarta tarde equipe 1
Quarta tarde equipe 1Quarta tarde equipe 1
Quarta tarde equipe 1
 
Slide david
Slide davidSlide david
Slide david
 
REDES PEER TO PEER
REDES PEER TO PEER REDES PEER TO PEER
REDES PEER TO PEER
 
Edital aprendizagem cooperativa 2012
Edital aprendizagem cooperativa 2012Edital aprendizagem cooperativa 2012
Edital aprendizagem cooperativa 2012
 
Quinta manhã equipe 1
Quinta manhã equipe 1Quinta manhã equipe 1
Quinta manhã equipe 1
 
Tecnologia
TecnologiaTecnologia
Tecnologia
 
A P R E N D I Z A G E M
A P R E N D I Z A G E MA P R E N D I Z A G E M
A P R E N D I Z A G E M
 
Palestra de Introdução à Sociocracia 3.0 2016-04-18
Palestra de Introdução à Sociocracia 3.0 2016-04-18Palestra de Introdução à Sociocracia 3.0 2016-04-18
Palestra de Introdução à Sociocracia 3.0 2016-04-18
 
Portifólio2
Portifólio2Portifólio2
Portifólio2
 

Semelhante a Aprendizagem cooperativa UFC

11+misiara+oliveira
11+misiara+oliveira11+misiara+oliveira
11+misiara+oliveira
Lenir Elisa Oliveira
 
Didática e Ensino Remoto: planejamento
Didática e Ensino Remoto: planejamento Didática e Ensino Remoto: planejamento
Didática e Ensino Remoto: planejamento
Leonardo Severo
 
Venina palma
Venina palmaVenina palma
Venina palma
pibidbio
 
Documento concepcao e-proposta-metodologica final (1)
Documento concepcao e-proposta-metodologica final (1)Documento concepcao e-proposta-metodologica final (1)
Documento concepcao e-proposta-metodologica final (1)
Gelson Rocha
 
Concepção e proposta metodológica da EJA
Concepção e proposta metodológica da EJAConcepção e proposta metodológica da EJA
Concepção e proposta metodológica da EJA
Jeca Tatu
 
CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...
CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...
CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...
ProfessorPrincipiante
 
Pnaic gestao
Pnaic gestaoPnaic gestao
Pnaic gestao
Claudio Pessoa
 
Introdução à educação à distância.
Introdução à educação à distância.Introdução à educação à distância.
Introdução à educação à distância.
Fábio Fernandes
 
Anexo iii carta de missão (1) (1)
Anexo iii   carta de missão (1) (1)Anexo iii   carta de missão (1) (1)
Anexo iii carta de missão (1) (1)
AMG Sobrenome
 
Teofanis eja
Teofanis ejaTeofanis eja
Teofanis eja
Sara Cristina
 
Ppt eletivas-see hotsite (1)
Ppt eletivas-see hotsite (1)Ppt eletivas-see hotsite (1)
Ppt eletivas-see hotsite (1)
Fatima Luzs
 
Curso Docente (Curso de Tecnicas Inicias de Docente)
Curso Docente (Curso de Tecnicas Inicias de Docente)Curso Docente (Curso de Tecnicas Inicias de Docente)
Curso Docente (Curso de Tecnicas Inicias de Docente)
IvanDias28
 
PPT-PROJETO-DE-VIDA_hotsite.pdf
PPT-PROJETO-DE-VIDA_hotsite.pdfPPT-PROJETO-DE-VIDA_hotsite.pdf
PPT-PROJETO-DE-VIDA_hotsite.pdf
Bruno Pontes Costa
 
Estudo Orientado
Estudo OrientadoEstudo Orientado
Estudo Orientado
Prof.Paulo/geografia
 
EO - 8 Estudos_1ºBimestre - 6º ANOS.pdf
EO - 8 Estudos_1ºBimestre - 6º ANOS.pdfEO - 8 Estudos_1ºBimestre - 6º ANOS.pdf
EO - 8 Estudos_1ºBimestre - 6º ANOS.pdf
Natalia384006
 
INCLUSAO ESCOLAR.pdf
INCLUSAO ESCOLAR.pdfINCLUSAO ESCOLAR.pdf
INCLUSAO ESCOLAR.pdf
crisfismat
 
Manual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio CerpManual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio Cerp
Paulo Grisi
 
Paula coelho pais ppt
Paula coelho pais pptPaula coelho pais ppt
Paula coelho pais ppt
Daniela Melaré
 
A inclusão e a multideficiência
A inclusão e a multideficiência A inclusão e a multideficiência
A inclusão e a multideficiência
Andreia Branco
 
ModeloUFV.pptx
ModeloUFV.pptxModeloUFV.pptx
ModeloUFV.pptx
LucianoMachado52
 

Semelhante a Aprendizagem cooperativa UFC (20)

11+misiara+oliveira
11+misiara+oliveira11+misiara+oliveira
11+misiara+oliveira
 
Didática e Ensino Remoto: planejamento
Didática e Ensino Remoto: planejamento Didática e Ensino Remoto: planejamento
Didática e Ensino Remoto: planejamento
 
Venina palma
Venina palmaVenina palma
Venina palma
 
Documento concepcao e-proposta-metodologica final (1)
Documento concepcao e-proposta-metodologica final (1)Documento concepcao e-proposta-metodologica final (1)
Documento concepcao e-proposta-metodologica final (1)
 
Concepção e proposta metodológica da EJA
Concepção e proposta metodológica da EJAConcepção e proposta metodológica da EJA
Concepção e proposta metodológica da EJA
 
CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...
CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...
CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...
 
Pnaic gestao
Pnaic gestaoPnaic gestao
Pnaic gestao
 
Introdução à educação à distância.
Introdução à educação à distância.Introdução à educação à distância.
Introdução à educação à distância.
 
Anexo iii carta de missão (1) (1)
Anexo iii   carta de missão (1) (1)Anexo iii   carta de missão (1) (1)
Anexo iii carta de missão (1) (1)
 
Teofanis eja
Teofanis ejaTeofanis eja
Teofanis eja
 
Ppt eletivas-see hotsite (1)
Ppt eletivas-see hotsite (1)Ppt eletivas-see hotsite (1)
Ppt eletivas-see hotsite (1)
 
Curso Docente (Curso de Tecnicas Inicias de Docente)
Curso Docente (Curso de Tecnicas Inicias de Docente)Curso Docente (Curso de Tecnicas Inicias de Docente)
Curso Docente (Curso de Tecnicas Inicias de Docente)
 
PPT-PROJETO-DE-VIDA_hotsite.pdf
PPT-PROJETO-DE-VIDA_hotsite.pdfPPT-PROJETO-DE-VIDA_hotsite.pdf
PPT-PROJETO-DE-VIDA_hotsite.pdf
 
Estudo Orientado
Estudo OrientadoEstudo Orientado
Estudo Orientado
 
EO - 8 Estudos_1ºBimestre - 6º ANOS.pdf
EO - 8 Estudos_1ºBimestre - 6º ANOS.pdfEO - 8 Estudos_1ºBimestre - 6º ANOS.pdf
EO - 8 Estudos_1ºBimestre - 6º ANOS.pdf
 
INCLUSAO ESCOLAR.pdf
INCLUSAO ESCOLAR.pdfINCLUSAO ESCOLAR.pdf
INCLUSAO ESCOLAR.pdf
 
Manual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio CerpManual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio Cerp
 
Paula coelho pais ppt
Paula coelho pais pptPaula coelho pais ppt
Paula coelho pais ppt
 
A inclusão e a multideficiência
A inclusão e a multideficiência A inclusão e a multideficiência
A inclusão e a multideficiência
 
ModeloUFV.pptx
ModeloUFV.pptxModeloUFV.pptx
ModeloUFV.pptx
 

Mais de Coordenadoria de Formação e Aprendizagem Cooperativa - COFAC (Prograd/UFC)

Calendário PACCE 2015
Calendário PACCE 2015Calendário PACCE 2015
Cel local para blog
Cel   local para blogCel   local para blog
Calendário PACCE 2015
Calendário PACCE 2015Calendário PACCE 2015
Contrato de convivencia final
Contrato de convivencia finalContrato de convivencia final
Cod nome fun_turno
Cod nome fun_turnoCod nome fun_turno
Feira das profissoes 2014 presencas confirmadas
Feira das profissoes 2014 presencas confirmadasFeira das profissoes 2014 presencas confirmadas
Consulta nome e pacce
Consulta   nome e pacceConsulta   nome e pacce
Aprovados da seleção PACCE 2014 edital 034/2013.
Aprovados da seleção PACCE 2014 edital 034/2013.Aprovados da seleção PACCE 2014 edital 034/2013.
Aprovados da seleção PACCE 2014 edital 034/2013.
Coordenadoria de Formação e Aprendizagem Cooperativa - COFAC (Prograd/UFC)
 
Todos deferidos 2014 turno
Todos deferidos 2014 turnoTodos deferidos 2014 turno
Agenda entrevista 2014
Agenda entrevista 2014Agenda entrevista 2014
Eu distribuição 2013
Eu distribuição 2013Eu distribuição 2013
V feira horários turnos
V feira horários turnosV feira horários turnos
Textos para v feira
Textos para v feiraTextos para v feira
V feira horários por aluno
V feira horários por alunoV feira horários por aluno
Elaboração de projeto 2013 2
Elaboração de projeto 2013 2Elaboração de projeto 2013 2
Formação 2013
Formação 2013Formação 2013
Lista com nome e número pacce
Lista com nome e número pacceLista com nome e número pacce
Lista de classificados 2013
Lista de classificados 2013Lista de classificados 2013
Aditivo campi interior, 26 fev 2013
Aditivo  campi interior, 26 fev 2013Aditivo  campi interior, 26 fev 2013

Mais de Coordenadoria de Formação e Aprendizagem Cooperativa - COFAC (Prograd/UFC) (20)

Calendário PACCE 2015
Calendário PACCE 2015Calendário PACCE 2015
Calendário PACCE 2015
 
Cel local para blog
Cel   local para blogCel   local para blog
Cel local para blog
 
Calendário PACCE 2015
Calendário PACCE 2015Calendário PACCE 2015
Calendário PACCE 2015
 
Contrato de convivencia final
Contrato de convivencia finalContrato de convivencia final
Contrato de convivencia final
 
Cod nome fun_turno
Cod nome fun_turnoCod nome fun_turno
Cod nome fun_turno
 
Feira das profissoes 2014 presencas confirmadas
Feira das profissoes 2014 presencas confirmadasFeira das profissoes 2014 presencas confirmadas
Feira das profissoes 2014 presencas confirmadas
 
Consulta nome e pacce
Consulta   nome e pacceConsulta   nome e pacce
Consulta nome e pacce
 
Aprovados da seleção PACCE 2014 edital 034/2013.
Aprovados da seleção PACCE 2014 edital 034/2013.Aprovados da seleção PACCE 2014 edital 034/2013.
Aprovados da seleção PACCE 2014 edital 034/2013.
 
Todos deferidos 2014 turno
Todos deferidos 2014 turnoTodos deferidos 2014 turno
Todos deferidos 2014 turno
 
Todos deferidos 2014
Todos deferidos 2014Todos deferidos 2014
Todos deferidos 2014
 
Agenda entrevista 2014
Agenda entrevista 2014Agenda entrevista 2014
Agenda entrevista 2014
 
Eu distribuição 2013
Eu distribuição 2013Eu distribuição 2013
Eu distribuição 2013
 
V feira horários turnos
V feira horários turnosV feira horários turnos
V feira horários turnos
 
Textos para v feira
Textos para v feiraTextos para v feira
Textos para v feira
 
V feira horários por aluno
V feira horários por alunoV feira horários por aluno
V feira horários por aluno
 
Elaboração de projeto 2013 2
Elaboração de projeto 2013 2Elaboração de projeto 2013 2
Elaboração de projeto 2013 2
 
Formação 2013
Formação 2013Formação 2013
Formação 2013
 
Lista com nome e número pacce
Lista com nome e número pacceLista com nome e número pacce
Lista com nome e número pacce
 
Lista de classificados 2013
Lista de classificados 2013Lista de classificados 2013
Lista de classificados 2013
 
Aditivo campi interior, 26 fev 2013
Aditivo  campi interior, 26 fev 2013Aditivo  campi interior, 26 fev 2013
Aditivo campi interior, 26 fev 2013
 

Último

Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 

Último (20)

Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 

Aprendizagem cooperativa UFC

  • 1. Programa Células Estudantis de Aprendizagem Cooperativa Dividindo conhecimento, multiplicando aprendizado “Ninguém e tão bom e tão inteligente quanto todos nós.” Marilyn Fergusson
  • 2. História da Aprendizagem Cooperativa na UFC - PRECE 1994 A primeira célula… A primeiracélula de AprendizagemCooperativacomeçounacomunidade rural do Cipó, Pentecoste, CE
  • 3. História da Aprendizagem Cooperativa na UFC
  • 4. Aprendizagem Cooperativa { Em sala de aula } Pequenos grupos nos quais professores e estudantes trabalham juntos de modo interdependente para aumentar sua própria aprendizagem e a de outros. Aprendizagem Cooperativa Aprendizagem Tradicional “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” Cora Coralina
  • 5. Programa Células Estudantis de Aprendizagem Cooperativa Objetivos Gerais Aumento da TAXA DE CONCLUSÃO; 2. Formação de CAPITAL SOCIAL a partir do capital intelectual discente da UFC; 3. Formação de profissionais mais competentes e proativos e habilitados para TRABALHAR EM EQUIPE; 4. SINERGIA ENTRE CURSOS e unidades acadêmicas da UFC. “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” Cora Coralina
  • 6. Objetivos Específicos 1. Estudantes com conhecimento satisfatório sobre a aprendizagem cooperativa e habilitados para organizarem células estudantis de aprendizagem; 2. Estudantes com capacidade de trabalhar em equipe. 3. Estudantes intelectualmente autônomos, agindo como protagonistas; 4. Interação positiva e construção de relacionamento entre os discentes; 5. Encorajamento mútuo entre os estudantes no enfrentamento de problemas acadêmicos e/ou extra-acadêmicos; 6. Estudantes Integrados ao ambiente acadêmico e se sentindo pertencentes à UFC; 7. Rendimento acadêmico satisfatório; “Estudantes aprendendo uns com os outros e ensinando uns aos outros.”
  • 7. Atividades Desenvolvidas 1. Organização de células de aprendizagem (articuladores); 2. Atividades formativas em Aprendizagem cooperativa (facilitadores). 3. Produção e leitura coletiva de memoriais; 4. Atividades sócio-interativas; 5. Elaboração de planos de aula 6. Equipes de apoio “Estudantes aprendendo uns com os outros e ensinando uns aos outros.”
  • 8. EQUIPES DE APOIO 1. Facilitadores 2. Monitoramento 3. Comunicação 4. Apoio a Célula 5. Interação 6. Aniversariantes 7. Histórias de vida e relatos 8. Cultura & Arte “Estudantes aprendendo uns com os outros e ensinando uns aos outros.”
  • 9. Atividades Formativas - Temas 1. Elaboração e execução de projetos de aprendizagem; 2. Objetivos do programa; 3. Histórico da utilização da Aprendizagem Cooperativa; 4. Raízes teóricas da Aprendizagem Cooperativa; 5. Interdependência social; 6. Processamento de grupo; 7. Habilidades sociais; 8. Gerenciamento de conflito; “Estudantes aprendendo uns com os outros e ensinando uns aos outros.”
  • 10.
  • 11. Estudos sobre a realidade universitária;
  • 12. Trabalhos acadêmicos relacionados com a aprendizagem cooperativa.“Estudantes aprendendo uns com os outros e ensinando uns aos outros.”
  • 13. EVENTOS DO PROGRAMA 1. Semana de seleção e formação em Fevereiro; 2. Semana da Aprendizagem Cooperativa em Julho 3. Encontros universitários (relatos de experiência e apresentação); 4. Semana intensiva em Dezembro para avaliação e planejamento. “Estudantes aprendendo uns com os outros e ensinando uns aos outros.”
  • 14. Avaliação do programa 1. Avaliação sobre relacionamentos (sociometria); 2. Conhecimento sobre aprendizagem cooperativa; 3. Auto avaliação da equipes de formação; 4. Relato de experiência dos bolsistas; 5. Depoimentos em vídeo; 6. Participação nos blogs, facebook, twitter, etc.; 7. Rendimento acadêmico (histórico). “Estudantes aprendendo uns com os outros e ensinando uns aos outros.”
  • 15. DIFICULDADES ENFRENTADAS 1. Monitoramento das ações; 2. Horários divergentes dos estudantes; 3. Quebra de paradigmas; 4. Comunicação entre os bolsistas; “Estudantes aprendendo uns com os outros e ensinando uns aos outros.”
  • 16. Aprendizagem Cooperativa UMA REDE EDUCATIVA INSTITUCIONALIZADA MISSÃO Colaborar para que a UFC seja eficiente e eficaz no desenvolvimento de competência acadêmica e no seu papel como instituição responsável pela construção de uma sociedade mais cooperativa e solidaria. VISÃO Que todo estudante da UFC sinta-se devidamente, integrado ao seu ambiente acadêmico e seja um protagonista intelectualmente autônomo, estimulado e habilitado para ensinar, aprender e agir cooperativa e solidariamente.
  • 17. Dividindo conhecimento, multiplicando aprendizado Visite nosso blog! www.cofacufc.blogspot.com Twitter: @cofacufc Dividindo conhecimento, multiplicando aprendizado