SlideShare uma empresa Scribd logo
Apostila Básica de Violão
Resumos para aulas
MARANATA
O Senhor Jesus Vem!
Apostila resumida para aulas de violão
IgrejaCristãMaranata
2
Sumário
Introdução ...................................................................................................................................................................2
Estrutura musical ........................................................................................................................................................3
Cifras.............................................................................................................................................................................4
Acordes e Escalas ........................................................................................................................................................4
Conhecendo o violão ...................................................................................................................................................5
Enfim a prática! ...........................................................................................................................................................6
Formando acordes ......................................................................................................................................................6
Acordes Maiores e Menores .......................................................................................................................................7
Acordes Sustenidos Maiores e Menores ....................................................................................................................8
Acordes com grau ........................................................................................................................................................8
Acordes com sétima ....................................................................................................................................................9
Referências Bibliográficas ...........................................................................................................................................9
Introdução
Geralmente as pessoas pulam a introdução e vão ver logo o conteúdo, se você está lendo isto pode ser
que realmente você tem grande interesse em aprender a tocar violão e está atrás de todas as informações a
respeito. Esta apostila foi então criada com este intuito, de auxiliar nossos irmãos que estão aprendendo a tocar
este instrumento. Pois bem, então antes de tudo precisamos entender que qualquer um pode aprender a tocar
uma música, mas o que iremos tratar não é a questão apenas da música em si, mas do louvor.
A música mundana é a expressão dos sentimentos do homem, tais falam de decepções, planos frustrados,
solidão, revoltas, problemas sociais, paixões humanas, Ilusões, etc. Podem gerar emoção, que também é um
sentimento humano.
O louvor é a expressão da alma remida, expressando a gratidão a Deus e a esperança da Eternidade. O
louvor é profético, não é simplesmente ‘criado’ pelo homem. Vem do Senhor gerando libertação, consolação, paz,
edificação, traduzindo-se em vida. O louvor revelado tem a característica de permanecer através dos tempos
(será levado para a eternidade). Cantamos louvores de 1300, 1500 d.C., que ultrapassam gerações com a mesma
intensidade de quando foram compostos. Como por exemplo, a segurança de que Martin Lutero tinha em Deus
quando compôs “Castelo Forte é o nosso Deus” hoje é entoado com a mesa sintonia.
Então, se o objetivo é aprender a tocar o instrumento basta apenas dedicação na teoria e prática. Mas se
o objetivo é a operação do Senhor, a manifestação do Espírito de Deus no tocar, é necessária neste aprendizado a
busca ao Senhor, que irá nos auxiliar plantando este diferencial em nossas vidas.
Gosto de dizer logo no inicio uma coisa: Vai ter hora que você poderá querer desistir! (risos). Sério, e
nesta situação o que conta é a persistência. Entender teorias musicais no inicio não fará muito sentindo, mas é
necessário para quem pretenda se aperfeiçoar futuramente, e sejamos francos, não queremos oferecer ao
Senhor apenas o simples, ele merece o melhor de nós.
Teoria sem a prática não serve de nada, viu? Separar uns 15 minutos para treinar notas e ritmos é
fundamental!
A apostila é um recurso, não é pra aprender exclusivamente por ela. Surgiu duvidas? Pergunte a outros
instrumentistas, pesquise, compare com outras fontes. Não está entendendo, está com dificuldade? Ore.
A paz do Senhor, e bons estudos!
Luiz Henrique
Cantai-lhe um cântico novo; tocai bem e com júbilo. Sl 33:3
Apostila resumida para aulas de violão
IgrejaCristãMaranata
3
Estrutura musical
Notas musicais: É o elemento mínimo de um som, existem 7 notas musicais:
DÓ – RÉ – MI – FÁ – SOL – LÁ – SI
Cada nota musical está relacionada com uma freqüência de som que ouvimos:
Nota Frequência
Dó 261 Hz
Ré 293 Hz
Mi 329 Hz
Fá 349 Hz
Sol 391 Hz
La 440 Hz
Si 493 Hz
Dó 522 Hz
Durante muito tempo estas notas foram soberanas, porém percebeu-se que havia tons, ou melhor, meio tons
entre uma nota e outra. Assim estas notas receberam o nome de sustenido (#)(quando está a frente entre uma
nota e outra) ou bemol (b)(se está atrás entre uma nota e outra):
[Subindo] DÓ – DÓ# - RÉ – RÉ# - MI – FÁ – FÁ# - SOL – SOL# - LÁ – LÁ# - SI – DÓ ...
[Descendo] SI – Sib – LÁ – LÁb – SOL – SOLb – FA – MI – Mib – RÉ – Réb – DÓ ...
Observações:
1 – Não existem as notas Mi# e Si#, conseqüentemente não existem também Dób e Fáb;
2 – Sustenido e bemol são nomes diferentes para mesma nota:
3 – Podemos dizer que a escala geral das notas tem então 12 notas.
4 – Grave e Agudo? – É a principal relação da música, justamente quem determina a variação de tonalidades das
notas. GRAVE é a tonalidade grossa e baixa, enquanto que AGUDO é o tom alto e fino.
AGUDO ← ... dó, dó#, ré, ré#, mi, fá, fá#, sol, sol#, lá, lá#, si, dó, ...→ GRAVE
Isto fica fácil de perceber no teclado:
dó # ré b
ré # mi b
fá # sol b
sol # lá b
lá # si b
Veja a tabela ao lado, cada nota tem uma freqüência relativa. Acontece que
esta freqüência pode dobrar o valor,e então esta nota repete-se de forma mais
aguda4
. Por exemplo, o Dó (261 Hz) em seguida o Dó mais agudo (522 Hz).
Concluímos assim que cada nota tem seu som mais grave4
, e este som vai
dobrando de freqüência ficando mais agudo.
Apostila resumida para aulas de violão
IgrejaCristãMaranata
4
Cifras
Cifra é um sistema de notação musical usado para indicar através de símbolos ou letras as notas a serem
executadas por um instrumento musical. Exemplos:
Para o nosso estudo no violão devemos inicialmente
aprender as cifras que representam os acordes
musicais:
Acordes e Escalas
Acorde é o conjunto de duas ou mais notas musicais. O violão pode ser tocado “cifrado” ou “solado”,
quando se toca “cifrado” é necessário usar os acordes que recebem os mesmos nomes das notas musicais. Os
acordes possuem uma tonalidade MAIOR ou MENOR.
Escala musical é uma sequência ordenada de tons por alguma característica. Existem vários tipos de
escalas, nós vamos estudar duas: A cromática e a diatônica (de onde irão surgir os nossos acordes).
 Escala cromática: É a escala que compreende todas a 12 notas:
C – C# - D – D# - E – F – F# - G – G# - A – A# - B – C
Na escala cromática quando avançamos uma nota nós dizemos que avançamos meio (1/2) tom, quando
avançamos duas notas dizemos que avançamos um (1) tom. Se avançarmos três notas dizemos que avançamos
um tom e meio, e assim por diante, valendo também para o caso de voltar notas.
Exemplos: Nota: C - Avançar 1/2 tom: C# Nota: E - Avançar 1/2 tom: F
Nota: C - Avançar 1 tom: D Nota: E - Avançar 1 tom: F#
Nota: C - Avançar 1 tom e meio: D# Nota: E - Avançar 1 tom e meio: G
 Escala diatônica maior: é uma escala de oito notas, com cinco intervalos de tons e dois intervalos de
semitons entre as notas. Através delas formamos acordes maiores:
C – 1 tom – D – 1 tom – E – meio tom – F – 1 tom – G – 1 tom – A – 1 tom – B – meio tom – C
Assim baseado na escala cromática, nós vamos avançando a seqüência de tom e meio tons:
T T M T T T M
C D E F G A B C
D E F # G A B C # D
E
F
G
A B C # D E F # G # A
B
Está em branco de propósito, que tal você completar a escala para as outras notas?
Apostila resumida para aulas de violão
IgrejaCristãMaranata
5
 Escala diatônica menor: Da mesma forma que a diatônica maior, porém a disposição dos tons e meios
tons é diferente.
A – 1 tom – B – meio tom – C – 1 tom – D – 1 tom – E – meio tom – F – 1 tom – G – tom – A
Assim baseado na escala cromática, nós vamos avançando a seqüência de tom e meio tons:
T M T T M T T
C D D # F G G # A # B
D
E
F
G
A B C D E F G A
B
Não preciso nem dizer né? Vamos treinar mais um pouco.
Conhecendo o violão
Na figura ao lado temos as partes do
violão. Vamos fazer algumas pesquisas?
Qual a função da boca, trastes e tarraxas?
As casas do violão são separadas pelos trastes, cada casa equivale meio
tom acima da nota da corda. Veja na figura ao lado quais são as notas de
cada corda solta (conta-se de baixo para cima, sendo assim: mi, si, sol, ré, lá
e mi). Cada vez que aperto uma casa eu subo meio tom da nota anterior a
ela.
Veja no exemplo abaixo a disposição das notas ao apertar as casas da 1ª
corda:
Apostila resumida para aulas de violão
IgrejaCristãMaranata
6
Enfim a prática!
Para formar os acordes precisamos pressionar
nosso dedo na corda e casa correta, este exercício irá
proporcionar agilidade e precisão da mão esquerda no
braço do violão. Posicione os dedos esquerdos sobre a
1ªcorda onde o dedo 1 aperta a casa 1 e toque a corda
(com a mão direta), mantenha o dedo 1 sobre a casa 1 e
com o dedo 2 pressione a casa 2 (toque a corda), em
seguida o dedo 3 na casa 3 e da mesma forma, o dedo
4 na casa 4 sem tirar nenhum dedo de suas respectivas
casas.
Repita o processo para todas a cordas.
Observações:
1 – Tenha calma, não precisa começar rápido. Vá aumentando a velocidade com o tempo em que vai se
acostumando;
2 – Se sua mão não consegue fazer da primeira à quarta casa, experimente fazer da quarta à sétima casa.
Formando acordes
Os principais acordes são as Tríades, ou seja, acordes compostos por 3 notas. As tríades se classificam em
Maior ou Menor. Eles são criados a partir da escala diatônica, tomando-se a 1ª, 3ª e 5ª nota da escala. Veja abaixo
a formação do acorde Ré maior e Ré menor:
Notas para formar o acorde D:
D E F # G A B C # D
1ª 3ª 5ª
Notas para formar o acorde Dm:
D E F G A A # C D
1ª 3ª 5ª
Contudo para facilitar o estudo na próxima página se encontra os acordes maiores e menores, e seus
sustenidos (ou bemóis).
Observação: Você deve tá se perguntando, se eu simplesmente posso decorar, pra que aprender a
formar os acordes? A resposta é: Aperfeiçoamento, depois que você já estiver tocando e sabendo formar acordes,
poderá criar os acordes que estão na Coletânea cifrada nível II.
(Estes acordes são mais complexos, e possuem algum grau. Por exemplo: C4, E6, C/B, D°)
Apostila resumida para aulas de violão
IgrejaCristãMaranata
7
Acordes Maiores
(Acordes retirados do site: http://www.cifraclub.com.br/dicionario.acordes)
C D E F G
A B
Acordes Menores
Cm Dm Em Fm Gm
Am Bm
Apostila resumida para aulas de violão
IgrejaCristãMaranata
8
Acordes Sustenidos Maiores
C# D# F# G# A#
Db Fb Gb Ab Bb
Acordes Sustenidos Maiores
C#m D#m F#m G#m A#m
Dbm Fbm Gbm Abm Bbm
Acordes com grau
O grau de uma acorde pode ser modificando inserindo uma nota correspondente da sua escala. Veja o
exemplo da escala de dó maior:
C E E F G A B C
1ª 3ª 5ª
 Para formar o acorde C4, acrescentamos a nota F (que é a 4º nota da escala) no acorde.
 Para formar o acorde C9, acrescentamos a nota E (que é a 9º nota da escala) no acorde.
Contudo os acordes “com sétima” que utilizamos é a 6ª nota acrescida de meio tom. Assim sendo, para
formar o acorde C7 acrescentamos a nota A# ao acorde.
Observação: Quando acrescentamos a 7ª nota da escala no acorde, formamos então o acorde com sétima maior,
por exemplo o acorde CM7 ou Cmaj7 acrescentamos a nota B ao acorde.
Apostila resumida para aulas de violão
IgrejaCristãMaranata
9
Acordes com sétima
C7 D7 E7 F7 G7
A7 B7
Referências Bibliográficas
 Curso Prático de Violão Básico, Erimilson Lopes Pereira;
 http://www.cifraclub.com.br/dicionario.acordes
Sites de auxilio:
Fotos com os acordes: http://www.mundodoviolao.com.br/acordes/fotos-dos-acordes/
Afinando o violão: http://www.mundodoviolao.com.br/afinando-o-violao/afinando-manualmente/
Meu e-mail caso algo esteja errado ou dúvidas que possam surgir: henrique_mdt@hotmail.com
(ICM Curado IV – Rua 14)
É proibida a venda deste material, Sua distribuição é interna e gratuita

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conceitos para tirar e tocar músicas de ouvido
Conceitos para tirar e tocar músicas de ouvidoConceitos para tirar e tocar músicas de ouvido
Conceitos para tirar e tocar músicas de ouvido
paulo_206
 
Apostila de violao
Apostila de violaoApostila de violao
Apostila de violao
Júlio Rocha
 
Apostila de violão - Módulo Iniciante
Apostila de violão - Módulo InicianteApostila de violão - Módulo Iniciante
Apostila de violão - Módulo Iniciante
Antonio Marcos Costa Baratieri
 
Apostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Apostila de contrabaixo prof. Luciano CarvalhoApostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Apostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Luciano Carvalho
 
Apostila batidas de violao vol 3
Apostila batidas de violao   vol 3Apostila batidas de violao   vol 3
Apostila batidas de violao vol 3
Leafar Azous
 
Curso completo de violão. prrsoares
Curso completo de violão. prrsoaresCurso completo de violão. prrsoares
Curso completo de violão. prrsoares
Seduc MT
 
Método ukulele prof. raimundo frança
Método ukulele prof. raimundo françaMétodo ukulele prof. raimundo frança
Método ukulele prof. raimundo frança
Saulo Gomes
 
Curso de teoria musical
Curso de teoria musicalCurso de teoria musical
Curso de teoria musical
Henrique Issacar
 
Aulas guitarra
Aulas guitarraAulas guitarra
Aulas guitarra
L R
 
MANUAL DO BATERA COMPLETO.pdf
MANUAL DO BATERA COMPLETO.pdfMANUAL DO BATERA COMPLETO.pdf
MANUAL DO BATERA COMPLETO.pdf
EmilsonCdaSilva
 
Manual Aula Cavaquinho
Manual Aula CavaquinhoManual Aula Cavaquinho
Manual Aula Cavaquinho
Vagner Taschetti
 
Libro de acordes -Jamorama-
Libro de acordes -Jamorama-Libro de acordes -Jamorama-
Libro de acordes -Jamorama-
Guitarra Cero
 
Apostilha de flauta transversal ccb
Apostilha de flauta transversal   ccbApostilha de flauta transversal   ccb
Apostilha de flauta transversal ccb
Daniel Siqueira
 
Escala menor-natural
 Escala menor-natural Escala menor-natural
Escala menor-natural
Leanderson Leticia
 
Acordes para-piano-portugues-desbloqueado
Acordes para-piano-portugues-desbloqueadoAcordes para-piano-portugues-desbloqueado
Acordes para-piano-portugues-desbloqueado
coiote_25
 
Escalas maiores e menores
Escalas maiores e menoresEscalas maiores e menores
Escalas maiores e menores
Eva Docinho Lima
 
Dicionário de acordes violão(port revisado)
Dicionário de acordes violão(port revisado)Dicionário de acordes violão(port revisado)
Dicionário de acordes violão(port revisado)
JOSE ROBERTO ALVES DA SILVA
 
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Gilmar Damião
 
Evangelização - Apostila de Música - Teoria Musical Infantil
Evangelização - Apostila de Música - Teoria Musical InfantilEvangelização - Apostila de Música - Teoria Musical Infantil
Evangelização - Apostila de Música - Teoria Musical Infantil
Antonino Silva
 
Manual guitarra jazz e improvisação tomati
Manual guitarra jazz e improvisação tomatiManual guitarra jazz e improvisação tomati
Manual guitarra jazz e improvisação tomati
eliwelton muller
 

Mais procurados (20)

Conceitos para tirar e tocar músicas de ouvido
Conceitos para tirar e tocar músicas de ouvidoConceitos para tirar e tocar músicas de ouvido
Conceitos para tirar e tocar músicas de ouvido
 
Apostila de violao
Apostila de violaoApostila de violao
Apostila de violao
 
Apostila de violão - Módulo Iniciante
Apostila de violão - Módulo InicianteApostila de violão - Módulo Iniciante
Apostila de violão - Módulo Iniciante
 
Apostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Apostila de contrabaixo prof. Luciano CarvalhoApostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Apostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
 
Apostila batidas de violao vol 3
Apostila batidas de violao   vol 3Apostila batidas de violao   vol 3
Apostila batidas de violao vol 3
 
Curso completo de violão. prrsoares
Curso completo de violão. prrsoaresCurso completo de violão. prrsoares
Curso completo de violão. prrsoares
 
Método ukulele prof. raimundo frança
Método ukulele prof. raimundo françaMétodo ukulele prof. raimundo frança
Método ukulele prof. raimundo frança
 
Curso de teoria musical
Curso de teoria musicalCurso de teoria musical
Curso de teoria musical
 
Aulas guitarra
Aulas guitarraAulas guitarra
Aulas guitarra
 
MANUAL DO BATERA COMPLETO.pdf
MANUAL DO BATERA COMPLETO.pdfMANUAL DO BATERA COMPLETO.pdf
MANUAL DO BATERA COMPLETO.pdf
 
Manual Aula Cavaquinho
Manual Aula CavaquinhoManual Aula Cavaquinho
Manual Aula Cavaquinho
 
Libro de acordes -Jamorama-
Libro de acordes -Jamorama-Libro de acordes -Jamorama-
Libro de acordes -Jamorama-
 
Apostilha de flauta transversal ccb
Apostilha de flauta transversal   ccbApostilha de flauta transversal   ccb
Apostilha de flauta transversal ccb
 
Escala menor-natural
 Escala menor-natural Escala menor-natural
Escala menor-natural
 
Acordes para-piano-portugues-desbloqueado
Acordes para-piano-portugues-desbloqueadoAcordes para-piano-portugues-desbloqueado
Acordes para-piano-portugues-desbloqueado
 
Escalas maiores e menores
Escalas maiores e menoresEscalas maiores e menores
Escalas maiores e menores
 
Dicionário de acordes violão(port revisado)
Dicionário de acordes violão(port revisado)Dicionário de acordes violão(port revisado)
Dicionário de acordes violão(port revisado)
 
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
 
Evangelização - Apostila de Música - Teoria Musical Infantil
Evangelização - Apostila de Música - Teoria Musical InfantilEvangelização - Apostila de Música - Teoria Musical Infantil
Evangelização - Apostila de Música - Teoria Musical Infantil
 
Manual guitarra jazz e improvisação tomati
Manual guitarra jazz e improvisação tomatiManual guitarra jazz e improvisação tomati
Manual guitarra jazz e improvisação tomati
 

Destaque

NGS(Next-Generation Sequencing) Introduction
NGS(Next-Generation Sequencing) IntroductionNGS(Next-Generation Sequencing) Introduction
NGS(Next-Generation Sequencing) Introduction
Shin Kim
 
Bartoloni g dr_assis
Bartoloni g dr_assisBartoloni g dr_assis
Bartoloni g dr_assis
Saulo Gomes
 
Dicionário de acordes_para_piano
Dicionário de acordes_para_pianoDicionário de acordes_para_piano
Dicionário de acordes_para_piano
Saulo Gomes
 
Entrepreneurship education in india
Entrepreneurship education in indiaEntrepreneurship education in india
Entrepreneurship education in india
tushar chaudhari
 
rockin' christmas, a
rockin' christmas, arockin' christmas, a
rockin' christmas, a
Saulo Gomes
 
Staffing class 12 Business
Staffing class 12 BusinessStaffing class 12 Business
Staffing class 12 Business
Neha Singh
 
It's.easy. to. play soft rock
It's.easy. to. play soft rockIt's.easy. to. play soft rock
It's.easy. to. play soft rock
Saulo Gomes
 
Partituras piano) salsa & afro cuban montunos)
Partituras   piano) salsa & afro cuban montunos)Partituras   piano) salsa & afro cuban montunos)
Partituras piano) salsa & afro cuban montunos)
Saulo Gomes
 
Curso completo de teoria musical e solfejo vol 2 - ii
Curso completo de teoria musical e solfejo   vol 2 - iiCurso completo de teoria musical e solfejo   vol 2 - ii
Curso completo de teoria musical e solfejo vol 2 - ii
Saulo Gomes
 
The art of solo fingerpicking
The art of solo fingerpickingThe art of solo fingerpicking
The art of solo fingerpicking
Saulo Gomes
 
24831 music theory_for_guitar
24831 music theory_for_guitar24831 music theory_for_guitar
24831 music theory_for_guitar
Saulo Gomes
 
The complete guitar player
The complete guitar playerThe complete guitar player
The complete guitar player
Saulo Gomes
 
Jazz guitar standards chord melody solos
Jazz guitar standards   chord melody solosJazz guitar standards   chord melody solos
Jazz guitar standards chord melody solos
Saulo Gomes
 
Rock riffs for guitar
Rock riffs for guitarRock riffs for guitar
Rock riffs for guitar
Saulo Gomes
 
Kamiki ukulele method
Kamiki ukulele methodKamiki ukulele method
Kamiki ukulele method
Saulo Gomes
 
Metodo de Flauta Galli
Metodo de Flauta GalliMetodo de Flauta Galli
Metodo de Flauta Galli
Saulo Gomes
 

Destaque (20)

NGS(Next-Generation Sequencing) Introduction
NGS(Next-Generation Sequencing) IntroductionNGS(Next-Generation Sequencing) Introduction
NGS(Next-Generation Sequencing) Introduction
 
Bartoloni g dr_assis
Bartoloni g dr_assisBartoloni g dr_assis
Bartoloni g dr_assis
 
Dicionário de acordes_para_piano
Dicionário de acordes_para_pianoDicionário de acordes_para_piano
Dicionário de acordes_para_piano
 
Entrepreneurship education in india
Entrepreneurship education in indiaEntrepreneurship education in india
Entrepreneurship education in india
 
LLC touring club
LLC touring clubLLC touring club
LLC touring club
 
rockin' christmas, a
rockin' christmas, arockin' christmas, a
rockin' christmas, a
 
Staffing class 12 Business
Staffing class 12 BusinessStaffing class 12 Business
Staffing class 12 Business
 
It's.easy. to. play soft rock
It's.easy. to. play soft rockIt's.easy. to. play soft rock
It's.easy. to. play soft rock
 
Partituras piano) salsa & afro cuban montunos)
Partituras   piano) salsa & afro cuban montunos)Partituras   piano) salsa & afro cuban montunos)
Partituras piano) salsa & afro cuban montunos)
 
Curso completo de teoria musical e solfejo vol 2 - ii
Curso completo de teoria musical e solfejo   vol 2 - iiCurso completo de teoria musical e solfejo   vol 2 - ii
Curso completo de teoria musical e solfejo vol 2 - ii
 
Guitar chord
Guitar chordGuitar chord
Guitar chord
 
The art of solo fingerpicking
The art of solo fingerpickingThe art of solo fingerpicking
The art of solo fingerpicking
 
24831 music theory_for_guitar
24831 music theory_for_guitar24831 music theory_for_guitar
24831 music theory_for_guitar
 
The complete guitar player
The complete guitar playerThe complete guitar player
The complete guitar player
 
Country guitar
Country guitarCountry guitar
Country guitar
 
Jazz guitar standards chord melody solos
Jazz guitar standards   chord melody solosJazz guitar standards   chord melody solos
Jazz guitar standards chord melody solos
 
Rock riffs for guitar
Rock riffs for guitarRock riffs for guitar
Rock riffs for guitar
 
Kamiki ukulele method
Kamiki ukulele methodKamiki ukulele method
Kamiki ukulele method
 
Metodo de Flauta Galli
Metodo de Flauta GalliMetodo de Flauta Galli
Metodo de Flauta Galli
 
J.s.bach
J.s.bachJ.s.bach
J.s.bach
 

Semelhante a Apostila violão basico

Aulas de músicas abdon batista
Aulas de músicas   abdon batistaAulas de músicas   abdon batista
Aulas de músicas abdon batista
Karen Carvalho
 
Apostila Iniciação Musical.pdf
Apostila Iniciação Musical.pdfApostila Iniciação Musical.pdf
Apostila Iniciação Musical.pdf
Renato Monteiro
 
Apostilamusica
ApostilamusicaApostilamusica
Apostilamusica
Mauricio Souza
 
Curso de teoria musical
Curso de teoria musicalCurso de teoria musical
Curso de teoria musical
Saulo Gomes
 
Apostiladecontrabaixoprof lucianocarvalho-101016153845-phpapp02
Apostiladecontrabaixoprof lucianocarvalho-101016153845-phpapp02Apostiladecontrabaixoprof lucianocarvalho-101016153845-phpapp02
Apostiladecontrabaixoprof lucianocarvalho-101016153845-phpapp02
Tony Baixista
 
Curso Básico de Violão Prático
Curso Básico de Violão PráticoCurso Básico de Violão Prático
Curso Básico de Violão Prático
EvertonBorba7
 
Curso - Teoria Musical
Curso - Teoria MusicalCurso - Teoria Musical
Curso - Teoria Musical
Glaucius_Braganca
 
Apostila de violão
Apostila de violãoApostila de violão
Apostila de violão
Marlon Ferreira
 
Escala maior-natural_aula_especial
 Escala maior-natural_aula_especial Escala maior-natural_aula_especial
Escala maior-natural_aula_especial
Nando Costa
 
Curso de violão simples e completo, com varios solinho
Curso de violão simples e completo, com varios solinhoCurso de violão simples e completo, com varios solinho
Curso de violão simples e completo, com varios solinho
Luiz Avelar
 
Apostila partituras-iii_armadura_de_clave_final
 Apostila partituras-iii_armadura_de_clave_final Apostila partituras-iii_armadura_de_clave_final
Apostila partituras-iii_armadura_de_clave_final
José Claudemiro Oliveira
 
Curso de teoria musical de eduardo feldberg
Curso de teoria musical de eduardo feldbergCurso de teoria musical de eduardo feldberg
Curso de teoria musical de eduardo feldberg
robertodejesus
 
Apostila-de-Ensino-Violão-Mod.-I-compressed.pdf
Apostila-de-Ensino-Violão-Mod.-I-compressed.pdfApostila-de-Ensino-Violão-Mod.-I-compressed.pdf
Apostila-de-Ensino-Violão-Mod.-I-compressed.pdf
Mcp2016
 
Curso de Teoria Musical - Por Eduardo Feldberg.pptx
Curso de Teoria Musical - Por Eduardo Feldberg.pptxCurso de Teoria Musical - Por Eduardo Feldberg.pptx
Curso de Teoria Musical - Por Eduardo Feldberg.pptx
DiuliaDeMaria
 
Curso de violão
Curso de violãoCurso de violão
Curso de violão
Nando Costa
 
Curso de violao
Curso de violao Curso de violao
Curso de violao
Saulo Gomes
 
Curso de teoria musical prof. eduardo feldberg
Curso de teoria musical   prof. eduardo feldbergCurso de teoria musical   prof. eduardo feldberg
Curso de teoria musical prof. eduardo feldberg
Evaldo Correa
 
Cursodeteoriamusical 140506160657-phpapp01
Cursodeteoriamusical 140506160657-phpapp01Cursodeteoriamusical 140506160657-phpapp01
Cursodeteoriamusical 140506160657-phpapp01
Tony Baixista
 
Teoriamusical
TeoriamusicalTeoriamusical
Teoriamusical
Mailson Teixeira
 
Livro Teoria Musical 2.0 Passo a Passo.pdf
Livro Teoria Musical 2.0 Passo a Passo.pdfLivro Teoria Musical 2.0 Passo a Passo.pdf
Livro Teoria Musical 2.0 Passo a Passo.pdf
Magnum Oliveira
 

Semelhante a Apostila violão basico (20)

Aulas de músicas abdon batista
Aulas de músicas   abdon batistaAulas de músicas   abdon batista
Aulas de músicas abdon batista
 
Apostila Iniciação Musical.pdf
Apostila Iniciação Musical.pdfApostila Iniciação Musical.pdf
Apostila Iniciação Musical.pdf
 
Apostilamusica
ApostilamusicaApostilamusica
Apostilamusica
 
Curso de teoria musical
Curso de teoria musicalCurso de teoria musical
Curso de teoria musical
 
Apostiladecontrabaixoprof lucianocarvalho-101016153845-phpapp02
Apostiladecontrabaixoprof lucianocarvalho-101016153845-phpapp02Apostiladecontrabaixoprof lucianocarvalho-101016153845-phpapp02
Apostiladecontrabaixoprof lucianocarvalho-101016153845-phpapp02
 
Curso Básico de Violão Prático
Curso Básico de Violão PráticoCurso Básico de Violão Prático
Curso Básico de Violão Prático
 
Curso - Teoria Musical
Curso - Teoria MusicalCurso - Teoria Musical
Curso - Teoria Musical
 
Apostila de violão
Apostila de violãoApostila de violão
Apostila de violão
 
Escala maior-natural_aula_especial
 Escala maior-natural_aula_especial Escala maior-natural_aula_especial
Escala maior-natural_aula_especial
 
Curso de violão simples e completo, com varios solinho
Curso de violão simples e completo, com varios solinhoCurso de violão simples e completo, com varios solinho
Curso de violão simples e completo, com varios solinho
 
Apostila partituras-iii_armadura_de_clave_final
 Apostila partituras-iii_armadura_de_clave_final Apostila partituras-iii_armadura_de_clave_final
Apostila partituras-iii_armadura_de_clave_final
 
Curso de teoria musical de eduardo feldberg
Curso de teoria musical de eduardo feldbergCurso de teoria musical de eduardo feldberg
Curso de teoria musical de eduardo feldberg
 
Apostila-de-Ensino-Violão-Mod.-I-compressed.pdf
Apostila-de-Ensino-Violão-Mod.-I-compressed.pdfApostila-de-Ensino-Violão-Mod.-I-compressed.pdf
Apostila-de-Ensino-Violão-Mod.-I-compressed.pdf
 
Curso de Teoria Musical - Por Eduardo Feldberg.pptx
Curso de Teoria Musical - Por Eduardo Feldberg.pptxCurso de Teoria Musical - Por Eduardo Feldberg.pptx
Curso de Teoria Musical - Por Eduardo Feldberg.pptx
 
Curso de violão
Curso de violãoCurso de violão
Curso de violão
 
Curso de violao
Curso de violao Curso de violao
Curso de violao
 
Curso de teoria musical prof. eduardo feldberg
Curso de teoria musical   prof. eduardo feldbergCurso de teoria musical   prof. eduardo feldberg
Curso de teoria musical prof. eduardo feldberg
 
Cursodeteoriamusical 140506160657-phpapp01
Cursodeteoriamusical 140506160657-phpapp01Cursodeteoriamusical 140506160657-phpapp01
Cursodeteoriamusical 140506160657-phpapp01
 
Teoriamusical
TeoriamusicalTeoriamusical
Teoriamusical
 
Livro Teoria Musical 2.0 Passo a Passo.pdf
Livro Teoria Musical 2.0 Passo a Passo.pdfLivro Teoria Musical 2.0 Passo a Passo.pdf
Livro Teoria Musical 2.0 Passo a Passo.pdf
 

Último

Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
tamirissousa11
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 

Último (20)

Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 

Apostila violão basico

  • 1. Apostila Básica de Violão Resumos para aulas MARANATA O Senhor Jesus Vem!
  • 2. Apostila resumida para aulas de violão IgrejaCristãMaranata 2 Sumário Introdução ...................................................................................................................................................................2 Estrutura musical ........................................................................................................................................................3 Cifras.............................................................................................................................................................................4 Acordes e Escalas ........................................................................................................................................................4 Conhecendo o violão ...................................................................................................................................................5 Enfim a prática! ...........................................................................................................................................................6 Formando acordes ......................................................................................................................................................6 Acordes Maiores e Menores .......................................................................................................................................7 Acordes Sustenidos Maiores e Menores ....................................................................................................................8 Acordes com grau ........................................................................................................................................................8 Acordes com sétima ....................................................................................................................................................9 Referências Bibliográficas ...........................................................................................................................................9 Introdução Geralmente as pessoas pulam a introdução e vão ver logo o conteúdo, se você está lendo isto pode ser que realmente você tem grande interesse em aprender a tocar violão e está atrás de todas as informações a respeito. Esta apostila foi então criada com este intuito, de auxiliar nossos irmãos que estão aprendendo a tocar este instrumento. Pois bem, então antes de tudo precisamos entender que qualquer um pode aprender a tocar uma música, mas o que iremos tratar não é a questão apenas da música em si, mas do louvor. A música mundana é a expressão dos sentimentos do homem, tais falam de decepções, planos frustrados, solidão, revoltas, problemas sociais, paixões humanas, Ilusões, etc. Podem gerar emoção, que também é um sentimento humano. O louvor é a expressão da alma remida, expressando a gratidão a Deus e a esperança da Eternidade. O louvor é profético, não é simplesmente ‘criado’ pelo homem. Vem do Senhor gerando libertação, consolação, paz, edificação, traduzindo-se em vida. O louvor revelado tem a característica de permanecer através dos tempos (será levado para a eternidade). Cantamos louvores de 1300, 1500 d.C., que ultrapassam gerações com a mesma intensidade de quando foram compostos. Como por exemplo, a segurança de que Martin Lutero tinha em Deus quando compôs “Castelo Forte é o nosso Deus” hoje é entoado com a mesa sintonia. Então, se o objetivo é aprender a tocar o instrumento basta apenas dedicação na teoria e prática. Mas se o objetivo é a operação do Senhor, a manifestação do Espírito de Deus no tocar, é necessária neste aprendizado a busca ao Senhor, que irá nos auxiliar plantando este diferencial em nossas vidas. Gosto de dizer logo no inicio uma coisa: Vai ter hora que você poderá querer desistir! (risos). Sério, e nesta situação o que conta é a persistência. Entender teorias musicais no inicio não fará muito sentindo, mas é necessário para quem pretenda se aperfeiçoar futuramente, e sejamos francos, não queremos oferecer ao Senhor apenas o simples, ele merece o melhor de nós. Teoria sem a prática não serve de nada, viu? Separar uns 15 minutos para treinar notas e ritmos é fundamental! A apostila é um recurso, não é pra aprender exclusivamente por ela. Surgiu duvidas? Pergunte a outros instrumentistas, pesquise, compare com outras fontes. Não está entendendo, está com dificuldade? Ore. A paz do Senhor, e bons estudos! Luiz Henrique Cantai-lhe um cântico novo; tocai bem e com júbilo. Sl 33:3
  • 3. Apostila resumida para aulas de violão IgrejaCristãMaranata 3 Estrutura musical Notas musicais: É o elemento mínimo de um som, existem 7 notas musicais: DÓ – RÉ – MI – FÁ – SOL – LÁ – SI Cada nota musical está relacionada com uma freqüência de som que ouvimos: Nota Frequência Dó 261 Hz Ré 293 Hz Mi 329 Hz Fá 349 Hz Sol 391 Hz La 440 Hz Si 493 Hz Dó 522 Hz Durante muito tempo estas notas foram soberanas, porém percebeu-se que havia tons, ou melhor, meio tons entre uma nota e outra. Assim estas notas receberam o nome de sustenido (#)(quando está a frente entre uma nota e outra) ou bemol (b)(se está atrás entre uma nota e outra): [Subindo] DÓ – DÓ# - RÉ – RÉ# - MI – FÁ – FÁ# - SOL – SOL# - LÁ – LÁ# - SI – DÓ ... [Descendo] SI – Sib – LÁ – LÁb – SOL – SOLb – FA – MI – Mib – RÉ – Réb – DÓ ... Observações: 1 – Não existem as notas Mi# e Si#, conseqüentemente não existem também Dób e Fáb; 2 – Sustenido e bemol são nomes diferentes para mesma nota: 3 – Podemos dizer que a escala geral das notas tem então 12 notas. 4 – Grave e Agudo? – É a principal relação da música, justamente quem determina a variação de tonalidades das notas. GRAVE é a tonalidade grossa e baixa, enquanto que AGUDO é o tom alto e fino. AGUDO ← ... dó, dó#, ré, ré#, mi, fá, fá#, sol, sol#, lá, lá#, si, dó, ...→ GRAVE Isto fica fácil de perceber no teclado: dó # ré b ré # mi b fá # sol b sol # lá b lá # si b Veja a tabela ao lado, cada nota tem uma freqüência relativa. Acontece que esta freqüência pode dobrar o valor,e então esta nota repete-se de forma mais aguda4 . Por exemplo, o Dó (261 Hz) em seguida o Dó mais agudo (522 Hz). Concluímos assim que cada nota tem seu som mais grave4 , e este som vai dobrando de freqüência ficando mais agudo.
  • 4. Apostila resumida para aulas de violão IgrejaCristãMaranata 4 Cifras Cifra é um sistema de notação musical usado para indicar através de símbolos ou letras as notas a serem executadas por um instrumento musical. Exemplos: Para o nosso estudo no violão devemos inicialmente aprender as cifras que representam os acordes musicais: Acordes e Escalas Acorde é o conjunto de duas ou mais notas musicais. O violão pode ser tocado “cifrado” ou “solado”, quando se toca “cifrado” é necessário usar os acordes que recebem os mesmos nomes das notas musicais. Os acordes possuem uma tonalidade MAIOR ou MENOR. Escala musical é uma sequência ordenada de tons por alguma característica. Existem vários tipos de escalas, nós vamos estudar duas: A cromática e a diatônica (de onde irão surgir os nossos acordes).  Escala cromática: É a escala que compreende todas a 12 notas: C – C# - D – D# - E – F – F# - G – G# - A – A# - B – C Na escala cromática quando avançamos uma nota nós dizemos que avançamos meio (1/2) tom, quando avançamos duas notas dizemos que avançamos um (1) tom. Se avançarmos três notas dizemos que avançamos um tom e meio, e assim por diante, valendo também para o caso de voltar notas. Exemplos: Nota: C - Avançar 1/2 tom: C# Nota: E - Avançar 1/2 tom: F Nota: C - Avançar 1 tom: D Nota: E - Avançar 1 tom: F# Nota: C - Avançar 1 tom e meio: D# Nota: E - Avançar 1 tom e meio: G  Escala diatônica maior: é uma escala de oito notas, com cinco intervalos de tons e dois intervalos de semitons entre as notas. Através delas formamos acordes maiores: C – 1 tom – D – 1 tom – E – meio tom – F – 1 tom – G – 1 tom – A – 1 tom – B – meio tom – C Assim baseado na escala cromática, nós vamos avançando a seqüência de tom e meio tons: T T M T T T M C D E F G A B C D E F # G A B C # D E F G A B C # D E F # G # A B Está em branco de propósito, que tal você completar a escala para as outras notas?
  • 5. Apostila resumida para aulas de violão IgrejaCristãMaranata 5  Escala diatônica menor: Da mesma forma que a diatônica maior, porém a disposição dos tons e meios tons é diferente. A – 1 tom – B – meio tom – C – 1 tom – D – 1 tom – E – meio tom – F – 1 tom – G – tom – A Assim baseado na escala cromática, nós vamos avançando a seqüência de tom e meio tons: T M T T M T T C D D # F G G # A # B D E F G A B C D E F G A B Não preciso nem dizer né? Vamos treinar mais um pouco. Conhecendo o violão Na figura ao lado temos as partes do violão. Vamos fazer algumas pesquisas? Qual a função da boca, trastes e tarraxas? As casas do violão são separadas pelos trastes, cada casa equivale meio tom acima da nota da corda. Veja na figura ao lado quais são as notas de cada corda solta (conta-se de baixo para cima, sendo assim: mi, si, sol, ré, lá e mi). Cada vez que aperto uma casa eu subo meio tom da nota anterior a ela. Veja no exemplo abaixo a disposição das notas ao apertar as casas da 1ª corda:
  • 6. Apostila resumida para aulas de violão IgrejaCristãMaranata 6 Enfim a prática! Para formar os acordes precisamos pressionar nosso dedo na corda e casa correta, este exercício irá proporcionar agilidade e precisão da mão esquerda no braço do violão. Posicione os dedos esquerdos sobre a 1ªcorda onde o dedo 1 aperta a casa 1 e toque a corda (com a mão direta), mantenha o dedo 1 sobre a casa 1 e com o dedo 2 pressione a casa 2 (toque a corda), em seguida o dedo 3 na casa 3 e da mesma forma, o dedo 4 na casa 4 sem tirar nenhum dedo de suas respectivas casas. Repita o processo para todas a cordas. Observações: 1 – Tenha calma, não precisa começar rápido. Vá aumentando a velocidade com o tempo em que vai se acostumando; 2 – Se sua mão não consegue fazer da primeira à quarta casa, experimente fazer da quarta à sétima casa. Formando acordes Os principais acordes são as Tríades, ou seja, acordes compostos por 3 notas. As tríades se classificam em Maior ou Menor. Eles são criados a partir da escala diatônica, tomando-se a 1ª, 3ª e 5ª nota da escala. Veja abaixo a formação do acorde Ré maior e Ré menor: Notas para formar o acorde D: D E F # G A B C # D 1ª 3ª 5ª Notas para formar o acorde Dm: D E F G A A # C D 1ª 3ª 5ª Contudo para facilitar o estudo na próxima página se encontra os acordes maiores e menores, e seus sustenidos (ou bemóis). Observação: Você deve tá se perguntando, se eu simplesmente posso decorar, pra que aprender a formar os acordes? A resposta é: Aperfeiçoamento, depois que você já estiver tocando e sabendo formar acordes, poderá criar os acordes que estão na Coletânea cifrada nível II. (Estes acordes são mais complexos, e possuem algum grau. Por exemplo: C4, E6, C/B, D°)
  • 7. Apostila resumida para aulas de violão IgrejaCristãMaranata 7 Acordes Maiores (Acordes retirados do site: http://www.cifraclub.com.br/dicionario.acordes) C D E F G A B Acordes Menores Cm Dm Em Fm Gm Am Bm
  • 8. Apostila resumida para aulas de violão IgrejaCristãMaranata 8 Acordes Sustenidos Maiores C# D# F# G# A# Db Fb Gb Ab Bb Acordes Sustenidos Maiores C#m D#m F#m G#m A#m Dbm Fbm Gbm Abm Bbm Acordes com grau O grau de uma acorde pode ser modificando inserindo uma nota correspondente da sua escala. Veja o exemplo da escala de dó maior: C E E F G A B C 1ª 3ª 5ª  Para formar o acorde C4, acrescentamos a nota F (que é a 4º nota da escala) no acorde.  Para formar o acorde C9, acrescentamos a nota E (que é a 9º nota da escala) no acorde. Contudo os acordes “com sétima” que utilizamos é a 6ª nota acrescida de meio tom. Assim sendo, para formar o acorde C7 acrescentamos a nota A# ao acorde. Observação: Quando acrescentamos a 7ª nota da escala no acorde, formamos então o acorde com sétima maior, por exemplo o acorde CM7 ou Cmaj7 acrescentamos a nota B ao acorde.
  • 9. Apostila resumida para aulas de violão IgrejaCristãMaranata 9 Acordes com sétima C7 D7 E7 F7 G7 A7 B7 Referências Bibliográficas  Curso Prático de Violão Básico, Erimilson Lopes Pereira;  http://www.cifraclub.com.br/dicionario.acordes Sites de auxilio: Fotos com os acordes: http://www.mundodoviolao.com.br/acordes/fotos-dos-acordes/ Afinando o violão: http://www.mundodoviolao.com.br/afinando-o-violao/afinando-manualmente/ Meu e-mail caso algo esteja errado ou dúvidas que possam surgir: henrique_mdt@hotmail.com (ICM Curado IV – Rua 14) É proibida a venda deste material, Sua distribuição é interna e gratuita