SlideShare uma empresa Scribd logo
Apostila de violão intermediário ao avançado<br />Aluno________________<br />Campo harmônico maior/Relativas menores<br /> O campo harmônico maior é um conjunto de acordes, representado pelos graus de cada nota, que facilita a visualização de uma harmonia conjunta, uma harmonia de ligações em sua forma de execução para arranjos, fazer músicas, solos e etc. ele é formado por acordes maiores e menores tendo como ponto de partida uma determinada escala, é apartir daqui que o músico começa a entender a relação harmônica entre acordes e escalas!<br /> A estrutura formal do Campo Harmônico Maior é a seguinte: I, IIm, IIIm, IV, V, VIm e VIIdim.<br /> Veremos abaixo dois desenhos do campo harmônico maior de C e G exemplificando o que acabamos de aprender:<br /> Ok vamos aproveitar e ver um assunto de fácil compreensão e execução em um improviso ou arranjo, que é sobre as escalas relativas, as Escalas Relativas são aquelas que possuem o mesmo conjunto de notas. Sempre uma maior será relativa de uma menor e vice-versa. <br /> Dó maior é relativo de Lá menor e Lá menor é relativo de Dó Maior, porque estas duas escalas possuem as mesmas notas, é o I e VIm. Vejamos abaixo:<br /> Notas da escala de Dó Maior: Dó Ré Mi Fá Sol Lá Si<br />Notas da escala de Lá Menor: Lá Si Dó Ré Mi Fá Sol<br /> Na próxima pág. veremos uma tabela com as notas e suas relativas menores.<br />Escala MaiorEscala Relativa MenorDó MaiorLá menorDó # MaiorLá # menorRé b MaiorSi b menorRé MaiorSi menorMi b MaiorDó menorMi MaiorDo # menorFá MaiorRé menorFá # MaiorRé # menorSol b MaiorMi b menorSol MaiorMi menorLá b MaiorFá menorLá MaiorFá# menorSi b MaiorSol menorSi MaiorSol# menorDó b MaiorLá b menor<br /> Agora vamos ver uma tabela com os campos harmônicos maiores de cada tonalidade, suas relativas e com inversão no baixo!<br />Acordes Tétrades<br /> Definição de tétrade: são acordes de 4 sons ou uma extensão das tríades add de uma 7, podem ser tanto maiores como menores.<br /> Daí temos:<br /> <br />Alguns desenhos de tétrades<br />Pratiquem e memorizem esses acordes<br />Acordes Dissonantes<br />  Bom, em nosso método básico aprendemos sobre a formação e sonoridade dos acordes consonantes que são acordes que transmitem uma sensação de repouso, de perfeita harmonia, de fácil compreensão eu diria e que são de posições bem fáceis de aprender no violão, são os acordes tríades e tétrades devido ao estilo que os caracteriza como samba, bossa-nova entre outros!<br /> Agora vamos aprender sobre a formação e característica sonora dos acordes dissonantes, acordes dissonantes, ao contrário dos consonantes, transmitem uma sonoridade mais tensa, mais chocante, são um pouco difíceis de compreender, e que são usados em estilos como Bossa Nova, Jazz e música clássica, são acordes em que adicionamos uma 9ª, 11ª, 13ª e por ai vai.<br /> Para se formas acordes com 9ª, forma-se um acorde tétrade (tríade + 7ª) e a 9ª, pois eis que a 9ª também é uma segunda, mas nesse caso não será uma 2ª porque estou colocando ela uma oitava acima, então se chama acorde com 7ª+ 9ª...nas cifras ficará assim:<br />E9  (E G# B C# “F#”)<br />C9  (C E G B “D”)<br />F9  (F A C E “G”)<br /> Acordes com 11ª e 13ª também são o mesmo caso de acordes com 9ª, ou seja, é uma tétrade acrescentada de um intervalo sob a oitava (nota mais aguda) diferindo então de uma 4ª, sendo de 11ª ou 13ª, vejamos a seguir suas cifras:<br />C11  (C E G B “F”) / C13  (C E G B “A”)<br />G11  (G B D F# “C”) / G13  (G B D F# “E”)<br />B11  (B D# F# A# “E”) / B13  (B D# F# A# “G#”)<br />“Para ter uma relação concreta e para montar bem estes acordes dissonantes é necessário conhecimento apurado dos intervalos”<br /> Acordes ADD e SUS<br /> Todos os acordes que não caibam nas categorias anteriores e, designam-se por add.<br /> O seu significado é direto. Por exemplo:<br />Cadd2<br />Para construir este acorde, parte-se do acorde de C (tríade) e adiciona-lhe uma segunda. Fica então:<br />Cadd2 <br />Acordes suspensos<br /> Este tipo de acorde é muito fácil de construir. Costuma surgir em duas versões:     o sus2 e o sus4.<br />No sus2, substitui-se a 3ª por uma 2ª.<br />No sus4, substitui-se a 3ª por uma 4ª.<br />Portanto, para fazer um acorde sus2 precisamos de:<br />1ª, 4ª e 5ª<br />e para fazer um acorde sus4 precisamos de:<br />1ª, 2ª e 5ª<br />Os acordes assim formados não são maiores nem menores.<br />Importante: a nota suspensa só deve aparecer uma vez na formação do<br />acorde.<br />Acordes invertidos (/)<br /> São acordes que podem ser tríades ou tétrades (menores ou maiores) só que com inversão, que significa você colocar a, 5ª ou 7ª na baixo como nota fundamental, daí o nome acordes invertidos, porque se inverteu a tônica do baixo favorecendo ao baixo uma 3ª, 5ª ou 7ª.<br /> Classificam-se em:<br />Acordes em 1ª inversão  onde a 3ª nota faz o baixo principal.<br />Acordes em 2ª inversão  onde a 5ª nota faz o baixo principal.<br />Acordes em 3ª inversão  onde a 7º nota faz o baixo principal.<br />Obs: Citei aqui as 3 inversões mais comuns e usadas por músicos, mas se pode inverter ao baixo qualquer nota da escala como 2ª, 4ª, 6ª e etc...<br />Desenhos de alguns acordes invertidos (diversos)<br />-10026652980055-1002665541655Escalas<br />-897255-806450-8267702886075<br />-7334253355340-946150-618490<br />-862330-782955<br />-862330-829945<br />-10610854129405-756285-842010<br />-756285-841375<br />-885825-853440<br />-615950-759460<br />-7797805946140-779780-794385<br />Escalas Complementares<br /> Com uso um pouco mais restrito, estas estruturas revelam Escalas com quot;
climasquot;
 específicos e sentidos étnico e/ou regional.                       Novamente, friso a importância de conhecê-las, e, em casos raros, telas como referência para uso. Caso você experimente a Escala no tom exemplificado e goste, monte seu próprio Box.<br />(Obs: as Escalas fora do tom exemplo quot;
Cquot;
 são utilizadas normalmente somente no tom indicado)<br />Napolitana Menor:<br />1-b2-b3-4-5-b6-7<br />C - Db - Eb - F - G - Ab - B - C<br />Napolitana Maior:<br />1-b2-b3-4-5-6-7<br />C - Db - Eb - F - G - A - B - C<br />Oriental:<br />1-b2-3-4-b5-6-7<br />C - Db - E - F - Gb - A - Bb - C<br />Enigmática:<br />1-b2-3-4#-5#-6#-7<br />C - Db - E - F# - G# - A# - B - C<br />Hirajoshi:<br />1-2-b3-5-b6-1<br />A - B - C - E - F - A<br />Húngara Menor:<br />1-2-b3-4#-5-b6-7<br />C - D - Eb - F# - G - Ab - B - C<br />Húngara Maior:<br />1-2#-3-4#-5-6-b7<br />C - D# - E - F# - G - A - Bb - C<br />Kumoi:<br />1-b2-4-5-b6<br />E - F - A - B - C - E<br />Iwato:<br />1-b2-4-b5-b7<br />B - C - E - F - A - B<br />Hindu:<br />1-2-3-4-5-b6-b7<br />C - D - E - F - G - Ab - Bb - C<br />Espanhola/Flamenca:<br />1-b2-3-4-5-b6-b7<br />C - Db - E - F - G - Ab - Bb - C<br />Espanhola 8 Notas:<br />1-b2-b3-3-4-b5-b6-b7<br />C - Db - Eb - E - F - Gb - Ab - Bb - C<br />Pelog:<br />1-b2-b3-5-b7<br />C - Db - Eb - G - Bb - C<br />Húngara Cigana:<br />1-2-b3-4#-5-b6-b7<br />C - D - Eb - F# - G - Ab - Bb - C<br />Sobretom:<br />1-2-3-4#-5-6-b7<br />C - D - E - F# - G - A - Bb - C<br />Árabe:<br />1-2-3-4-b5-b6-b7<br />C - D - E - F - Gb - Ab - Bb - C<br />Balinesa:<br />1-b2-b3-5-b6<br />C - Db - Eb - G - Ab - C<br />Cigana:<br />1-b2-3-4-5-b6-7<br />C - Db - E - F - G - Ab - B - C<br />Mohammediana:<br />1-2-b3-4-5-b6-7<br />C - D - Eb - F - G - Ab - B - C<br />Javanesa:<br />1-b2-b3-4-5-6-b7<br />C - Db - Eb - F - G - A - Bb - C<br />Persa:<br />1-b2-3-4-b5-b6-7<br />C - Db - E - F - Gb - Ab - B - C<br />Algeriana:<br />1-2-b3-4#-5-b6-7-1-2-b3-4<br />C - D - Eb - F# - G - Ab - B - C - D - Eb - F<br />Bizantina:<br />C - Db - E - F - G - Ab - B - C<br />Havaiana:<br />C - D - Eb (F=passing tone) G - A - B - C<br />Judaica:<br />E - F - G# - A - B - C - D - E<br />Mongoliana:<br />C - D - E - G - A - C<br />Etíope:<br />G - A - Bb - C - D - Eb - F - G<br />(o B e E podem ser naturais e o F pode ser #)<br />Espanhola:<br />C - Db - E - F - G - Ab - Bb - C<br />Egípcia:<br />C - D - F - G - Bb - C<br />Japonesa:<br />C - Db - F - G -Ab - C<br />Chinesa:<br />F - G - A - C - D - F<br />ou<br />C - E - F# - G - B - C<br /> Bom é isso ai galera, espero que aproveitem os recursos dados nesta apostila, valeu.<br />

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Curso de violao
Curso de violaoCurso de violao
Curso de violao
Fernando Santos
 
Curso Básico de Violão para Iniciantes
Curso Básico de Violão para IniciantesCurso Básico de Violão para Iniciantes
Curso Básico de Violão para Iniciantes
Wilson Diamantino
 
Apostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Apostila de contrabaixo prof. Luciano CarvalhoApostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Apostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Luciano Carvalho
 
Exercícios de digitação no contrabaixo
Exercícios de digitação no contrabaixoExercícios de digitação no contrabaixo
Exercícios de digitação no contrabaixo
Marcos Duprá
 
Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
 Curso-completo-de-violao-para-iniciantes Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
eltoleon
 
Apostila contra-baixo
Apostila contra-baixoApostila contra-baixo
Apostila contra-baixo
eltoleon
 
Apostila de Teoria musical
Apostila de Teoria musicalApostila de Teoria musical
Apostila de Teoria musical
jaconiasmusical
 
Apostila de Violão - Grupo SIM
Apostila de Violão - Grupo SIMApostila de Violão - Grupo SIM
Apostila de Violão - Grupo SIM
Gerson Luis Costa, PMP
 
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Gilmar Damião
 
Acordes para-piano-portugues-desbloqueado
Acordes para-piano-portugues-desbloqueadoAcordes para-piano-portugues-desbloqueado
Acordes para-piano-portugues-desbloqueado
coiote_25
 
Curso completo de violão. prrsoares
Curso completo de violão. prrsoaresCurso completo de violão. prrsoares
Curso completo de violão. prrsoares
Seduc MT
 
Apostila de guitarra
Apostila de guitarraApostila de guitarra
Apostila de guitarra
Marlon Ferreira
 
Apostilha de flauta transversal ccb
Apostilha de flauta transversal   ccbApostilha de flauta transversal   ccb
Apostilha de flauta transversal ccb
Daniel Siqueira
 
Inversão de acordes - Teclado
Inversão de acordes - TecladoInversão de acordes - Teclado
Inversão de acordes - Teclado
paulo_206
 
Evangelização - Apostila de Música - Teoria Musical Infantil
Evangelização - Apostila de Música - Teoria Musical InfantilEvangelização - Apostila de Música - Teoria Musical Infantil
Evangelização - Apostila de Música - Teoria Musical Infantil
Antonino Silva
 
Livro diagramas de acordes
Livro diagramas de acordesLivro diagramas de acordes
Livro diagramas de acordes
Saulo Gomes
 
Abc musical
Abc musicalAbc musical
Abc musical
Geraldo Pinheiro
 
Apostila-2012-aprenda-ler-uma-partitura-pdf
 Apostila-2012-aprenda-ler-uma-partitura-pdf Apostila-2012-aprenda-ler-uma-partitura-pdf
Apostila-2012-aprenda-ler-uma-partitura-pdf
Guilherme Pereira
 
Acordes soul
Acordes soulAcordes soul
Acordes soul
FernandoBatista104
 
Método Completo de Saxofone
Método Completo de SaxofoneMétodo Completo de Saxofone
Método Completo de Saxofone
Partitura de Banda
 

Mais procurados (20)

Curso de violao
Curso de violaoCurso de violao
Curso de violao
 
Curso Básico de Violão para Iniciantes
Curso Básico de Violão para IniciantesCurso Básico de Violão para Iniciantes
Curso Básico de Violão para Iniciantes
 
Apostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Apostila de contrabaixo prof. Luciano CarvalhoApostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
Apostila de contrabaixo prof. Luciano Carvalho
 
Exercícios de digitação no contrabaixo
Exercícios de digitação no contrabaixoExercícios de digitação no contrabaixo
Exercícios de digitação no contrabaixo
 
Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
 Curso-completo-de-violao-para-iniciantes Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
 
Apostila contra-baixo
Apostila contra-baixoApostila contra-baixo
Apostila contra-baixo
 
Apostila de Teoria musical
Apostila de Teoria musicalApostila de Teoria musical
Apostila de Teoria musical
 
Apostila de Violão - Grupo SIM
Apostila de Violão - Grupo SIMApostila de Violão - Grupo SIM
Apostila de Violão - Grupo SIM
 
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
 
Acordes para-piano-portugues-desbloqueado
Acordes para-piano-portugues-desbloqueadoAcordes para-piano-portugues-desbloqueado
Acordes para-piano-portugues-desbloqueado
 
Curso completo de violão. prrsoares
Curso completo de violão. prrsoaresCurso completo de violão. prrsoares
Curso completo de violão. prrsoares
 
Apostila de guitarra
Apostila de guitarraApostila de guitarra
Apostila de guitarra
 
Apostilha de flauta transversal ccb
Apostilha de flauta transversal   ccbApostilha de flauta transversal   ccb
Apostilha de flauta transversal ccb
 
Inversão de acordes - Teclado
Inversão de acordes - TecladoInversão de acordes - Teclado
Inversão de acordes - Teclado
 
Evangelização - Apostila de Música - Teoria Musical Infantil
Evangelização - Apostila de Música - Teoria Musical InfantilEvangelização - Apostila de Música - Teoria Musical Infantil
Evangelização - Apostila de Música - Teoria Musical Infantil
 
Livro diagramas de acordes
Livro diagramas de acordesLivro diagramas de acordes
Livro diagramas de acordes
 
Abc musical
Abc musicalAbc musical
Abc musical
 
Apostila-2012-aprenda-ler-uma-partitura-pdf
 Apostila-2012-aprenda-ler-uma-partitura-pdf Apostila-2012-aprenda-ler-uma-partitura-pdf
Apostila-2012-aprenda-ler-uma-partitura-pdf
 
Acordes soul
Acordes soulAcordes soul
Acordes soul
 
Método Completo de Saxofone
Método Completo de SaxofoneMétodo Completo de Saxofone
Método Completo de Saxofone
 

Destaque

Dilermando reis -_partituras
Dilermando reis -_partiturasDilermando reis -_partituras
Dilermando reis -_partituras
Marco Lima
 
Guitar book-preview
Guitar book-previewGuitar book-preview
Guitar book-preview
Nando Costa
 
Hino Castelo Forte' sofre ataque da Liderança Adventista e tem sua estrutura ...
Hino Castelo Forte' sofre ataque da Liderança Adventista e tem sua estrutura ...Hino Castelo Forte' sofre ataque da Liderança Adventista e tem sua estrutura ...
Hino Castelo Forte' sofre ataque da Liderança Adventista e tem sua estrutura ...
ASD Remanescentes
 
Apostila de violão - Módulo Iniciante
Apostila de violão - Módulo InicianteApostila de violão - Módulo Iniciante
Apostila de violão - Módulo Iniciante
Antonio Marcos Costa Baratieri
 
Hinario Episcopal
Hinario EpiscopalHinario Episcopal
Hinario Episcopal
Diocese Anglicana do Paraná
 
01 - MENINO DA PORTEIRA
01 - MENINO DA PORTEIRA01 - MENINO DA PORTEIRA
01 - MENINO DA PORTEIRA
JeffDaSilvaPeres
 
Livro ritmos
Livro ritmosLivro ritmos
Aula 1
Aula 1Aula 1
Guiailustradodaguitarra 140314171234-phpapp02
Guiailustradodaguitarra 140314171234-phpapp02Guiailustradodaguitarra 140314171234-phpapp02
Guiailustradodaguitarra 140314171234-phpapp02
Nando Costa
 
Por todo canto vol 1
Por todo canto vol 1Por todo canto vol 1
Por todo canto vol 1
Nando Costa
 
Rider técnico banda caixinha de música
Rider técnico   banda caixinha de músicaRider técnico   banda caixinha de música
Rider técnico banda caixinha de música
Rodrigo Lacerda
 
Metodo de violão
Metodo de violãoMetodo de violão
Metodo de violão
Nando Costa
 
Quarta Doutrina Cardinal da Igreja do Evangelho Quadrangular
Quarta Doutrina Cardinal da Igreja do Evangelho QuadrangularQuarta Doutrina Cardinal da Igreja do Evangelho Quadrangular
Quarta Doutrina Cardinal da Igreja do Evangelho Quadrangular
cassioluiz
 
Abel Carlevaro caderno 1 escalas
Abel Carlevaro caderno 1 escalasAbel Carlevaro caderno 1 escalas
Abel Carlevaro caderno 1 escalas
orquestrajovem
 
Música e tradução
Música e traduçãoMúsica e tradução
Música e tradução
Dinho Paulo Clakly
 
4 aperfeiçoando-a-sua-técnica-no-violão-parte-1-2-cordas-e-música-aulas-09-e-...
4 aperfeiçoando-a-sua-técnica-no-violão-parte-1-2-cordas-e-música-aulas-09-e-...4 aperfeiçoando-a-sua-técnica-no-violão-parte-1-2-cordas-e-música-aulas-09-e-...
4 aperfeiçoando-a-sua-técnica-no-violão-parte-1-2-cordas-e-música-aulas-09-e-...
Nando Costa
 
Estudos de escalas isaias sávio
Estudos de escalas   isaias sávioEstudos de escalas   isaias sávio
Estudos de escalas isaias sávio
Claudio Braga
 
Curso pratico violão guitarra
Curso pratico violão guitarraCurso pratico violão guitarra
Curso pratico violão guitarra
Nando Costa
 
Art Pro
Art ProArt Pro
Art Pro
Marco Almeida
 

Destaque (20)

Dilermando reis -_partituras
Dilermando reis -_partiturasDilermando reis -_partituras
Dilermando reis -_partituras
 
Guitar book-preview
Guitar book-previewGuitar book-preview
Guitar book-preview
 
Hino Castelo Forte' sofre ataque da Liderança Adventista e tem sua estrutura ...
Hino Castelo Forte' sofre ataque da Liderança Adventista e tem sua estrutura ...Hino Castelo Forte' sofre ataque da Liderança Adventista e tem sua estrutura ...
Hino Castelo Forte' sofre ataque da Liderança Adventista e tem sua estrutura ...
 
Apostila de violão - Módulo Iniciante
Apostila de violão - Módulo InicianteApostila de violão - Módulo Iniciante
Apostila de violão - Módulo Iniciante
 
Hinario Episcopal
Hinario EpiscopalHinario Episcopal
Hinario Episcopal
 
01 - MENINO DA PORTEIRA
01 - MENINO DA PORTEIRA01 - MENINO DA PORTEIRA
01 - MENINO DA PORTEIRA
 
Livro ritmos
Livro ritmosLivro ritmos
Livro ritmos
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
 
Rock sucessos
Rock sucessosRock sucessos
Rock sucessos
 
Guiailustradodaguitarra 140314171234-phpapp02
Guiailustradodaguitarra 140314171234-phpapp02Guiailustradodaguitarra 140314171234-phpapp02
Guiailustradodaguitarra 140314171234-phpapp02
 
Por todo canto vol 1
Por todo canto vol 1Por todo canto vol 1
Por todo canto vol 1
 
Rider técnico banda caixinha de música
Rider técnico   banda caixinha de músicaRider técnico   banda caixinha de música
Rider técnico banda caixinha de música
 
Metodo de violão
Metodo de violãoMetodo de violão
Metodo de violão
 
Quarta Doutrina Cardinal da Igreja do Evangelho Quadrangular
Quarta Doutrina Cardinal da Igreja do Evangelho QuadrangularQuarta Doutrina Cardinal da Igreja do Evangelho Quadrangular
Quarta Doutrina Cardinal da Igreja do Evangelho Quadrangular
 
Abel Carlevaro caderno 1 escalas
Abel Carlevaro caderno 1 escalasAbel Carlevaro caderno 1 escalas
Abel Carlevaro caderno 1 escalas
 
Música e tradução
Música e traduçãoMúsica e tradução
Música e tradução
 
4 aperfeiçoando-a-sua-técnica-no-violão-parte-1-2-cordas-e-música-aulas-09-e-...
4 aperfeiçoando-a-sua-técnica-no-violão-parte-1-2-cordas-e-música-aulas-09-e-...4 aperfeiçoando-a-sua-técnica-no-violão-parte-1-2-cordas-e-música-aulas-09-e-...
4 aperfeiçoando-a-sua-técnica-no-violão-parte-1-2-cordas-e-música-aulas-09-e-...
 
Estudos de escalas isaias sávio
Estudos de escalas   isaias sávioEstudos de escalas   isaias sávio
Estudos de escalas isaias sávio
 
Curso pratico violão guitarra
Curso pratico violão guitarraCurso pratico violão guitarra
Curso pratico violão guitarra
 
Art Pro
Art ProArt Pro
Art Pro
 

Semelhante a Apostila de violão intermediário ao avançado

Harmonia
HarmoniaHarmonia
Harmonia de a a z
Harmonia de a a zHarmonia de a a z
Harmonia de a a z
djesusproducoes
 
Harmonia - Sergio Solimando
Harmonia - Sergio SolimandoHarmonia - Sergio Solimando
Harmonia - Sergio Solimando
Sergio Solimando
 
Como construir acordes de guitarra port
Como construir acordes de guitarra portComo construir acordes de guitarra port
Como construir acordes de guitarra port
Antonio Ribeiro
 
Curso de gaita
Curso de gaitaCurso de gaita
Curso de gaita
Gustavo Nascimento
 
7666231
76662317666231
7666231
Marcelo Silva
 
Apostila Mike Stern
Apostila Mike SternApostila Mike Stern
Apostila Mike Stern
NoCabo Rádia
 
[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes.pdf
[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes.pdf[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes.pdf
[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes.pdf
Mcp2016
 
[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes (1).pdf
[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes (1).pdf[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes (1).pdf
[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes (1).pdf
Mcp2016
 
Dicionário de acordes para teclado
Dicionário de acordes para tecladoDicionário de acordes para teclado
Dicionário de acordes para teclado
Tassya Fontes
 
Modos gregos para guitarra
Modos gregos para guitarraModos gregos para guitarra
Modos gregos para guitarra
Carlos Augusto Costa
 
Guitarra Blues mozart mello
Guitarra Blues mozart melloGuitarra Blues mozart mello
Guitarra Blues mozart mello
eliwelton muller
 
Violao jt metodo
Violao jt metodoViolao jt metodo
Violao jt metodo
Alcinei Junior
 
Apostila de guitarra módulo intermediário ao avançado
Apostila de guitarra   módulo intermediário ao avançadoApostila de guitarra   módulo intermediário ao avançado
Apostila de guitarra módulo intermediário ao avançado
Marlon Ferreira
 
Violao sete cordas
Violao sete cordasViolao sete cordas
Violao sete cordas
Elvis Live
 
Apostila de guitarra
Apostila de guitarraApostila de guitarra
Apostila de guitarra
Evandro da Silva Monteiro
 
Cadernode acordes
Cadernode acordesCadernode acordes
Cadernode acordes
Genilson Eduardo
 
Acordes-basicos
 Acordes-basicos Acordes-basicos
Acordes-basicos
Anderson Nascimento
 
Acordes-basicos
 Acordes-basicos Acordes-basicos
Acordes-basicos
Anderson Nascimento
 
Apostila no2
Apostila no2Apostila no2

Semelhante a Apostila de violão intermediário ao avançado (20)

Harmonia
HarmoniaHarmonia
Harmonia
 
Harmonia de a a z
Harmonia de a a zHarmonia de a a z
Harmonia de a a z
 
Harmonia - Sergio Solimando
Harmonia - Sergio SolimandoHarmonia - Sergio Solimando
Harmonia - Sergio Solimando
 
Como construir acordes de guitarra port
Como construir acordes de guitarra portComo construir acordes de guitarra port
Como construir acordes de guitarra port
 
Curso de gaita
Curso de gaitaCurso de gaita
Curso de gaita
 
7666231
76662317666231
7666231
 
Apostila Mike Stern
Apostila Mike SternApostila Mike Stern
Apostila Mike Stern
 
[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes.pdf
[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes.pdf[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes.pdf
[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes.pdf
 
[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes (1).pdf
[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes (1).pdf[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes (1).pdf
[cliqueapostilas.com.br]-violao---acordes-dissonantes (1).pdf
 
Dicionário de acordes para teclado
Dicionário de acordes para tecladoDicionário de acordes para teclado
Dicionário de acordes para teclado
 
Modos gregos para guitarra
Modos gregos para guitarraModos gregos para guitarra
Modos gregos para guitarra
 
Guitarra Blues mozart mello
Guitarra Blues mozart melloGuitarra Blues mozart mello
Guitarra Blues mozart mello
 
Violao jt metodo
Violao jt metodoViolao jt metodo
Violao jt metodo
 
Apostila de guitarra módulo intermediário ao avançado
Apostila de guitarra   módulo intermediário ao avançadoApostila de guitarra   módulo intermediário ao avançado
Apostila de guitarra módulo intermediário ao avançado
 
Violao sete cordas
Violao sete cordasViolao sete cordas
Violao sete cordas
 
Apostila de guitarra
Apostila de guitarraApostila de guitarra
Apostila de guitarra
 
Cadernode acordes
Cadernode acordesCadernode acordes
Cadernode acordes
 
Acordes-basicos
 Acordes-basicos Acordes-basicos
Acordes-basicos
 
Acordes-basicos
 Acordes-basicos Acordes-basicos
Acordes-basicos
 
Apostila no2
Apostila no2Apostila no2
Apostila no2
 

Último

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 

Apostila de violão intermediário ao avançado

  • 1. Apostila de violão intermediário ao avançado<br />Aluno________________<br />Campo harmônico maior/Relativas menores<br /> O campo harmônico maior é um conjunto de acordes, representado pelos graus de cada nota, que facilita a visualização de uma harmonia conjunta, uma harmonia de ligações em sua forma de execução para arranjos, fazer músicas, solos e etc. ele é formado por acordes maiores e menores tendo como ponto de partida uma determinada escala, é apartir daqui que o músico começa a entender a relação harmônica entre acordes e escalas!<br /> A estrutura formal do Campo Harmônico Maior é a seguinte: I, IIm, IIIm, IV, V, VIm e VIIdim.<br /> Veremos abaixo dois desenhos do campo harmônico maior de C e G exemplificando o que acabamos de aprender:<br /> Ok vamos aproveitar e ver um assunto de fácil compreensão e execução em um improviso ou arranjo, que é sobre as escalas relativas, as Escalas Relativas são aquelas que possuem o mesmo conjunto de notas. Sempre uma maior será relativa de uma menor e vice-versa. <br /> Dó maior é relativo de Lá menor e Lá menor é relativo de Dó Maior, porque estas duas escalas possuem as mesmas notas, é o I e VIm. Vejamos abaixo:<br /> Notas da escala de Dó Maior: Dó Ré Mi Fá Sol Lá Si<br />Notas da escala de Lá Menor: Lá Si Dó Ré Mi Fá Sol<br /> Na próxima pág. veremos uma tabela com as notas e suas relativas menores.<br />Escala MaiorEscala Relativa MenorDó MaiorLá menorDó # MaiorLá # menorRé b MaiorSi b menorRé MaiorSi menorMi b MaiorDó menorMi MaiorDo # menorFá MaiorRé menorFá # MaiorRé # menorSol b MaiorMi b menorSol MaiorMi menorLá b MaiorFá menorLá MaiorFá# menorSi b MaiorSol menorSi MaiorSol# menorDó b MaiorLá b menor<br /> Agora vamos ver uma tabela com os campos harmônicos maiores de cada tonalidade, suas relativas e com inversão no baixo!<br />Acordes Tétrades<br /> Definição de tétrade: são acordes de 4 sons ou uma extensão das tríades add de uma 7, podem ser tanto maiores como menores.<br /> Daí temos:<br /> <br />Alguns desenhos de tétrades<br />Pratiquem e memorizem esses acordes<br />Acordes Dissonantes<br /> Bom, em nosso método básico aprendemos sobre a formação e sonoridade dos acordes consonantes que são acordes que transmitem uma sensação de repouso, de perfeita harmonia, de fácil compreensão eu diria e que são de posições bem fáceis de aprender no violão, são os acordes tríades e tétrades devido ao estilo que os caracteriza como samba, bossa-nova entre outros!<br /> Agora vamos aprender sobre a formação e característica sonora dos acordes dissonantes, acordes dissonantes, ao contrário dos consonantes, transmitem uma sonoridade mais tensa, mais chocante, são um pouco difíceis de compreender, e que são usados em estilos como Bossa Nova, Jazz e música clássica, são acordes em que adicionamos uma 9ª, 11ª, 13ª e por ai vai.<br /> Para se formas acordes com 9ª, forma-se um acorde tétrade (tríade + 7ª) e a 9ª, pois eis que a 9ª também é uma segunda, mas nesse caso não será uma 2ª porque estou colocando ela uma oitava acima, então se chama acorde com 7ª+ 9ª...nas cifras ficará assim:<br />E9 (E G# B C# “F#”)<br />C9 (C E G B “D”)<br />F9 (F A C E “G”)<br /> Acordes com 11ª e 13ª também são o mesmo caso de acordes com 9ª, ou seja, é uma tétrade acrescentada de um intervalo sob a oitava (nota mais aguda) diferindo então de uma 4ª, sendo de 11ª ou 13ª, vejamos a seguir suas cifras:<br />C11 (C E G B “F”) / C13 (C E G B “A”)<br />G11 (G B D F# “C”) / G13 (G B D F# “E”)<br />B11 (B D# F# A# “E”) / B13 (B D# F# A# “G#”)<br />“Para ter uma relação concreta e para montar bem estes acordes dissonantes é necessário conhecimento apurado dos intervalos”<br /> Acordes ADD e SUS<br /> Todos os acordes que não caibam nas categorias anteriores e, designam-se por add.<br /> O seu significado é direto. Por exemplo:<br />Cadd2<br />Para construir este acorde, parte-se do acorde de C (tríade) e adiciona-lhe uma segunda. Fica então:<br />Cadd2 <br />Acordes suspensos<br /> Este tipo de acorde é muito fácil de construir. Costuma surgir em duas versões: o sus2 e o sus4.<br />No sus2, substitui-se a 3ª por uma 2ª.<br />No sus4, substitui-se a 3ª por uma 4ª.<br />Portanto, para fazer um acorde sus2 precisamos de:<br />1ª, 4ª e 5ª<br />e para fazer um acorde sus4 precisamos de:<br />1ª, 2ª e 5ª<br />Os acordes assim formados não são maiores nem menores.<br />Importante: a nota suspensa só deve aparecer uma vez na formação do<br />acorde.<br />Acordes invertidos (/)<br /> São acordes que podem ser tríades ou tétrades (menores ou maiores) só que com inversão, que significa você colocar a, 5ª ou 7ª na baixo como nota fundamental, daí o nome acordes invertidos, porque se inverteu a tônica do baixo favorecendo ao baixo uma 3ª, 5ª ou 7ª.<br /> Classificam-se em:<br />Acordes em 1ª inversão onde a 3ª nota faz o baixo principal.<br />Acordes em 2ª inversão onde a 5ª nota faz o baixo principal.<br />Acordes em 3ª inversão onde a 7º nota faz o baixo principal.<br />Obs: Citei aqui as 3 inversões mais comuns e usadas por músicos, mas se pode inverter ao baixo qualquer nota da escala como 2ª, 4ª, 6ª e etc...<br />Desenhos de alguns acordes invertidos (diversos)<br />-10026652980055-1002665541655Escalas<br />-897255-806450-8267702886075<br />-7334253355340-946150-618490<br />-862330-782955<br />-862330-829945<br />-10610854129405-756285-842010<br />-756285-841375<br />-885825-853440<br />-615950-759460<br />-7797805946140-779780-794385<br />Escalas Complementares<br /> Com uso um pouco mais restrito, estas estruturas revelam Escalas com quot; climasquot; específicos e sentidos étnico e/ou regional. Novamente, friso a importância de conhecê-las, e, em casos raros, telas como referência para uso. Caso você experimente a Escala no tom exemplificado e goste, monte seu próprio Box.<br />(Obs: as Escalas fora do tom exemplo quot; Cquot; são utilizadas normalmente somente no tom indicado)<br />Napolitana Menor:<br />1-b2-b3-4-5-b6-7<br />C - Db - Eb - F - G - Ab - B - C<br />Napolitana Maior:<br />1-b2-b3-4-5-6-7<br />C - Db - Eb - F - G - A - B - C<br />Oriental:<br />1-b2-3-4-b5-6-7<br />C - Db - E - F - Gb - A - Bb - C<br />Enigmática:<br />1-b2-3-4#-5#-6#-7<br />C - Db - E - F# - G# - A# - B - C<br />Hirajoshi:<br />1-2-b3-5-b6-1<br />A - B - C - E - F - A<br />Húngara Menor:<br />1-2-b3-4#-5-b6-7<br />C - D - Eb - F# - G - Ab - B - C<br />Húngara Maior:<br />1-2#-3-4#-5-6-b7<br />C - D# - E - F# - G - A - Bb - C<br />Kumoi:<br />1-b2-4-5-b6<br />E - F - A - B - C - E<br />Iwato:<br />1-b2-4-b5-b7<br />B - C - E - F - A - B<br />Hindu:<br />1-2-3-4-5-b6-b7<br />C - D - E - F - G - Ab - Bb - C<br />Espanhola/Flamenca:<br />1-b2-3-4-5-b6-b7<br />C - Db - E - F - G - Ab - Bb - C<br />Espanhola 8 Notas:<br />1-b2-b3-3-4-b5-b6-b7<br />C - Db - Eb - E - F - Gb - Ab - Bb - C<br />Pelog:<br />1-b2-b3-5-b7<br />C - Db - Eb - G - Bb - C<br />Húngara Cigana:<br />1-2-b3-4#-5-b6-b7<br />C - D - Eb - F# - G - Ab - Bb - C<br />Sobretom:<br />1-2-3-4#-5-6-b7<br />C - D - E - F# - G - A - Bb - C<br />Árabe:<br />1-2-3-4-b5-b6-b7<br />C - D - E - F - Gb - Ab - Bb - C<br />Balinesa:<br />1-b2-b3-5-b6<br />C - Db - Eb - G - Ab - C<br />Cigana:<br />1-b2-3-4-5-b6-7<br />C - Db - E - F - G - Ab - B - C<br />Mohammediana:<br />1-2-b3-4-5-b6-7<br />C - D - Eb - F - G - Ab - B - C<br />Javanesa:<br />1-b2-b3-4-5-6-b7<br />C - Db - Eb - F - G - A - Bb - C<br />Persa:<br />1-b2-3-4-b5-b6-7<br />C - Db - E - F - Gb - Ab - B - C<br />Algeriana:<br />1-2-b3-4#-5-b6-7-1-2-b3-4<br />C - D - Eb - F# - G - Ab - B - C - D - Eb - F<br />Bizantina:<br />C - Db - E - F - G - Ab - B - C<br />Havaiana:<br />C - D - Eb (F=passing tone) G - A - B - C<br />Judaica:<br />E - F - G# - A - B - C - D - E<br />Mongoliana:<br />C - D - E - G - A - C<br />Etíope:<br />G - A - Bb - C - D - Eb - F - G<br />(o B e E podem ser naturais e o F pode ser #)<br />Espanhola:<br />C - Db - E - F - G - Ab - Bb - C<br />Egípcia:<br />C - D - F - G - Bb - C<br />Japonesa:<br />C - Db - F - G -Ab - C<br />Chinesa:<br />F - G - A - C - D - F<br />ou<br />C - E - F# - G - B - C<br /> Bom é isso ai galera, espero que aproveitem os recursos dados nesta apostila, valeu.<br />