SlideShare uma empresa Scribd logo
Vamos começar, sem enrolação, a falar sobre a gaita. 
Em primeiro lugar, verifique se na parte superior do seu instrumento está gravada a letra C. O que 
significa tal letrinha? Muito simples. Os anglo-saxõoes - aqueles que inventaram a gaita - usam a 
letra C para determinar a note Dó. Por que justamente C? 
É que a escala, em outros termos, a "escadinha de som" toda é a seguinte: 
C D E F G A B | escala anglo-saxão 
---------------------------- 
DÓ RÉ MI FÁ SOL LáA SI | escala italiana 
Quer dizer, se você encontrou o tal C na sua gaita, então o seu instrumento poderá ser usado para 
toda música escrita dentro da escala de C. 
Olhando a gaita bem de frente, verificará que, para cada número, existem 2 orifícios, um superior, 
outro inferior. Cada qual está dividido em duas partes. Os orificios inferiores devem ser soprados, 
os superiores devem ser aspirados. Mesmo que você sopre, pois, pelos dois orificios, o ar só 
entrará pelo inferior. Se aspirar pelos dois orifícios, o ar só afetará o superior. Desse modo, basta 
você prestar atenção ao número, não nos orifícios inferior e superior, para acertar a primeira lição. 
Pelo esquema da que ensinaremos em nosso site, você, tomando todas as lições, ficará habilitado a 
tocar, a guisa de estudo, a escala de C, cuja primeira nota está, como verá, localizada na parte 
inferior do orifício 4. 
Enarmonia: 
É um mesmo som com nomes diferentes. 
Escala cromática: 
é aquela formada por todas as 7 notas naturais e mais os acidentes que existem entre essas notas. São 12 notas no 
total: 
Ascendente: C, C#, D, D#, E, F, F#, G, G#, A, A#, B 
Descendente: B, Bb, A, Ab, G, Gb, F, E, Eb, D, Db, C 
Quando a escala é ascendente usam-se sustenidos e quando descendente, bemóis. 
Observe que não exite E# nem B#. Por isso é dito que o intervalo entre E e F é de meio tom, assim como entre B e 
C. Na escrita musical aparecem as notas E# que é F ou Fb que é E, e também B# que é C ou Cb que é B. 
Escala Diatônica: 
Esta escala possue apenas 7 notas, e não 12 como no caso da cromática. As pessoas às vezes pensam que a 
escala diatônica é formada somente pelas notas naturais (as brancas de um piano ou teclado) e não contém os 
semi-tons, mas isto está correto apenas para a escala diatônica de C. 
Escala diatônica para o tom de C: 
C, D, E, F, G, A, B, C (só as brancas do piano ou teclado) 
Observe os intervalo entre as notas da escala. 
primeiro vem a nota principal, também chamada de tônica, esta nota dá o nome ao tom da escala. 
· desta 1ª nota para a 2ª (C-D) há um intervalo de 1 tom. 
· da 2ª para a 3ª (D-E), 1 tom 
· da 3ª para a 4ª (E-F), meio tom 
· da 4ª para a 5ª (F-G), 1 tom 
· da 5ª para a 6ª (G-A), 1 tom 
· da 6ª para a 7ª (A-B), 1 tom 
· da 7ª para a 8ª (B-C), meio tom 
A escala diatônica para os outros tons deve manter os mesmos intervalos entre as notas. Observe, Por exemplo, a 
escala diatônica no tom de E: 
E, F#, G#, A, B, C#, D#, E 
Graus da Escala Diatônica (o exemplo abaixo é no tom de C): 
Preste muita atenção na tabela abaixo pois ela será usada exaustivamente nos tópicos seguites. 
No 
ta C D E F G A B C 
Gr 
au 1 2 3 4 5 6 7 8 (repetição do 1) 
Escala Blues 
Esta escala é a mais utilizada no blues e possui apenas 6 notas. Vamos formar as escalas blues a partir dos graus 
da escala diatônica nos modos maior e menor: 
Maior: 1, 3, 4, 5b, 5, 7b 
Menor: 1, 3b, 4, 5b, 5, 7b 
Ou seja, as notas são do grau 1, grau 3 bemol, grau 4, grau 5 bemol, grau 5 e grau 7 bemol.
No caso do modo do tom de C, a escala fica assim:C, E, F, Gb, G, Bb. 
E no caso do modo do tom de Cm, a escala fica assim:C, Eb, F, Gb, G, Bb. 
Oitavas: 
As escalas musicais se repetem depois de terminar. Ou seja, ao se chegar à última nota da escala, volta-se à 
primeira. A nota que se repete tem o mesmo tom da primeira, mas o seu timbre é bem mais agudo. As notas 
naturais são apenas 7. O termo usado como 8ª (oitava) é repetição do 1º grau; também indica a mesma nota em 
outra oitava mais grave ou mais aguda. 
Acordes: 
Acordes são 3 ou mais notas tocadas ao mesmo tempo. Os acordes mais simples são formados por apenas 3 notas 
(tríades). 
· O acorde "Maior" é formado pelas notas dos graus 1, 3 e 5. Assim, o acorde de C maior (C) é formado 
pelas notas C, E e G. 
· O acorde "Menor" é semelhante ao Maior, porém a nota do grau 3 é reduzida em meio tom. Assim, o 
acorde de C menor (Cm) é: C, Eb e G. 
· O acorde "Diminuto" é semelhante ao Menor, porém a nota do grau 5 também é reduzida em meio tom. 
Assim, o acorde C Diminuto (Cdim) é: C, Eb e Gb. 
· O acorde "Aumentado" é semelhante ao Maior, porém a nota do grau 5 é aumentada em meio tom. Assim, 
o acorde C Aumentado (C+) é: C, E e G#. 
· O acorde com 7ª (também chamado "Dominante") é feito adicionando-se a nota do grau 7b ao acorde 
original. Assim o C com 7ª (C7) é: C, E, G e Bb. Este tipo de acorde é o mais encontrado no Blues, Rock, 
Country e Pop. 
Arpejos: 
São as notas de um acorde tocadas separadamente, em sequência, ao invés de todas juntas. Existe um número 
muito limitado de acordes disponíveis na gaita diatônica, mas com o uso de bends e overbends, qualquer arpegio 
pode ser tocado. Conhecer os arpejos é muito útil para a improvisação e para manter a improvisação consistente 
com os acordes do acompanhamento. 
Acordes mais usados: 
Os acordes mais utilizados em uma canção são os do grau 1, 4 e 5. Ou seja, se o tom da música é C, os acordes 
mais utilizados serão C (CEG), F (FAC) e G (GBD). Frequentemente os acordes são utilizados com acréscimo da 7ª. 
Ex: C (CEGBb). 
É aquela com um botão na lateral. Este botão serve para acionar um segundo grupo de palhetas que estão afinadas 
meio-tom acima da nota natural. Desta forma a gaita consegue oferecer todas as 12 notas da escala cromática (C 
C# D D# E F F# G G# A A# B). 
A Gaita Cromática foi inventada em 1918, pelo harmonicista russo Borrah Minevitch e graças à sua capacidade de 
produzir todas as notas da escala cromática, a Gaita Cromática é reconhecida como a gaita mais adequada para 
tocar músicas de estrutura mais complexa como o jazz, o classico e a mpb. Está é também a única gaita que não 
requer que o gaitista mude de instrumento para executar músicas em diferentes tons. 
A abrangência do instrumento é de 3 oitavas completas para o modelo de 12 orifícios (48 palhetas, ou vozes). Os 
modelos de 16 orifícios (64 palhetas, ou vozes) oferecem mais uma oitava abaixo, expandindo o alcance para 4 
oitavas completas. 
Layout das notas (com o botão lateral solto) 
Aspiradas C E G C C E G C C E G C 
Orifícios 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 
Sopradas D F A B D F A B D F A B 
Layout das notas (com o botão lateral apresionado) 
Aspiradas C# F G# C# C# F G# C# C# F G# C# 
Orifícios 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 
Sopradas D# F# A# C D# F# A# C D# F# A# D 
Obs: 
1) A notação empregada nas tablaturas apresentadas abaixo é a seguinte: 
4s significa soprar no orifício 4 sem apertar o botão lateral (registro aberto). 
4a significa aspirar no orifício 4 sem apertar o botão lateral (registro aberto). 
4S significa soprar no orifício 4 apertando o botão lateral (registro fechado). 
4A significa aspirar no orifício 4 apretando o botão lateral (registro fechado).
As tablaturas das músicas foram elaboradas para a cromática de 48 vozes, mas podem ser facilmente adaptadas 
para a de 64 vozes somando-se 4 em cada número. 
Como você pode observar no layout de notas (e pode 
constatar tocando), existem algumas notas que são 
idênticas. Estas notas são: 
2S e 2a = F 
4A, 4s e 5s = C 
4S e 5S = C# 
6S e 6a = F 
8A, 8s e 9s = C 
8S e 9S = C# 
10S e 10a = F 
12A, 12 = C 
l 
ay 
out 
« 
Escalas 
1. Escala Cromática ascendente e descendente na primeira oitava 
1s 1S 1a 1A 2s 2a 2A 3s 3S 3a 3A 4a 4s 
4s 4a 3A 3a 3S 3s 2A 2a 2s 1A 1a 1S 1s 
2. Escala Cromática ascendente e descendente na segunda oitava 
5s 5S 5a 5A 6s 6a 6A 7s 7S 7a 7A 8a 8s 
8s 8a 7A 7a 7S 7s 6A 6a 6s 5A 5a 5S 5s 
3. Escala Cromática ascendente e descendente na terceira oitava 
9s 9S 9a 9A 10s 10a 10A 11s 11S 11a 11A 12a 12s 
12s 12a 11A 11a 11S 11s 10A 10a 10s 9A 9a 9S 9s 
OBS: Como voce pode observar, a mecânica para execução da escala é sempre a mesma nas 3 oitavas. 
Só o que modifica é a região da gaita em que a escala é executada. 
4. Escala Natural (Diatônica) de C (dó) Maior. (0 
sustenidos) 
5. Escala Natural (Diatônica) de G (sol) Maior. (1 
sustenido) 
1s 1a 2s 2a 3s 3a 4a 4s 
5s 5a 6s 6a 7s 7a 8a 8s 
8s 8a 7a 7s 6a 6s 5a 5s 
4s 4a 3a 3s 2a 2s 1a 1s 
3s 3a 4a 4s 5a 6s 6A 7s 
7s 7a 8a 8s 9a 10s 10A 11s 
11s 10A 10s 9a 8s 8a 7a 7s 
7s 6A 6s 5a 4s 4a 3a 3s 
6. Escala Natural (Diatônica) de F (fá) Maior. (1 
sustenido) 
7. Escala Natural (Diatônica) de D (ré) Maior. (2 
sustenidos) 
2a 3s 3a 3A 4s 5a 6s 6a 
6a 7s 7a 7A 8s 9a 10s 10a 
10a 10s 9a 8s 7A 7a 7s 6a 
6a 6s 5a 4s 3A 3a 3s 2a 
1a 2s 2A 3s 3a 4a 4S 5a 
5a 6s 6A 7s 7a 8a 8S 9a 
9a 8S 8a 7a 7s 6A 6s 5a 
5a 4S 4a 3a 3s 2A 2s 1a 
8. Escala Natural (Diatônica) de A (lá) Maior. (3 
sustenido) 
9. Escala Natural (Diatônica) de E (mi) Maior. (4 
sustenido) 
3a 4a 4S 5a 6s 6A 7S 7a 
7a 8a 8S 9a 10s 10A 11S 11a 
11a 11S 10A 10s 9a 8S 8a 7a 
7a 7S 6A 6s 5a 4S 4a 3a 
2s 2A 3S 3a 4a 4S 5A 6s 
6s 6A 7S 7a 8a 8S 9A 10s 
10s 9A 8S 8a 7a 7S 6A 6s 
6s 5A 4S 4a 3a 3S 2A 2s 
10. Escala Natural (Diatônica) de B (si) Maior. (5 sustenido) 
4a 4S 5A 6s 6A 7S 7A 8a 
8a 8S 9A 10s 10A 11S 11A 12a 
12a 11A 11S 10A 10s 9A 8S 8a 
8a 7A 7S 6A 6s 5A 4S 4a

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apostila de violao
Apostila de violaoApostila de violao
Apostila de violao
Lino Nascimento
 
Apostila de violão
Apostila de violãoApostila de violão
Apostila de violão
Marlon Ferreira
 
Cadernode acordes
Cadernode acordesCadernode acordes
Cadernode acordes
Genilson Eduardo
 
Apostila de violao
Apostila de violaoApostila de violao
Apostila de violao
Júlio Rocha
 
Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
 Curso-completo-de-violao-para-iniciantes Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
eltoleon
 
Apostila violao-iniciantes (1)
Apostila violao-iniciantes (1)Apostila violao-iniciantes (1)
Apostila violao-iniciantes (1)
Kenneswester
 
Apostila de guitarra módulo intermediário ao avançado
Apostila de guitarra   módulo intermediário ao avançadoApostila de guitarra   módulo intermediário ao avançado
Apostila de guitarra módulo intermediário ao avançado
Marlon Ferreira
 
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Gilmar Damião
 
Apostila batidas de violao vol 3
Apostila batidas de violao   vol 3Apostila batidas de violao   vol 3
Apostila batidas de violao vol 3
Leafar Azous
 
Apostila de violao (alan salles)
Apostila de violao (alan salles)Apostila de violao (alan salles)
Apostila de violao (alan salles)
Mille Barreto
 
(3) metodo violao otaniel-ricardo
(3) metodo violao otaniel-ricardo(3) metodo violao otaniel-ricardo
(3) metodo violao otaniel-ricardo
leorio
 
Curso Básico de Violão para Iniciantes
Curso Básico de Violão para IniciantesCurso Básico de Violão para Iniciantes
Curso Básico de Violão para Iniciantes
Wilson Diamantino
 
Manual Aula Cavaquinho
Manual Aula CavaquinhoManual Aula Cavaquinho
Manual Aula Cavaquinho
Vagner Taschetti
 
violao inicio
violao inicioviolao inicio
violao inicio
eltoleon
 
Apostila modos--gregos_pdf
 Apostila modos--gregos_pdf Apostila modos--gregos_pdf
Apostila modos--gregos_pdf
Augusto Santos
 
Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.
Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.
Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.
Marcelo Oliveira
 
Dicionário de Acordes II
Dicionário de Acordes IIDicionário de Acordes II
Dicionário de Acordes II
Alisson S.
 
Apostila de Violão - Grupo SIM
Apostila de Violão - Grupo SIMApostila de Violão - Grupo SIM
Apostila de Violão - Grupo SIM
Gerson Luis Costa, PMP
 

Mais procurados (18)

Apostila de violao
Apostila de violaoApostila de violao
Apostila de violao
 
Apostila de violão
Apostila de violãoApostila de violão
Apostila de violão
 
Cadernode acordes
Cadernode acordesCadernode acordes
Cadernode acordes
 
Apostila de violao
Apostila de violaoApostila de violao
Apostila de violao
 
Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
 Curso-completo-de-violao-para-iniciantes Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
 
Apostila violao-iniciantes (1)
Apostila violao-iniciantes (1)Apostila violao-iniciantes (1)
Apostila violao-iniciantes (1)
 
Apostila de guitarra módulo intermediário ao avançado
Apostila de guitarra   módulo intermediário ao avançadoApostila de guitarra   módulo intermediário ao avançado
Apostila de guitarra módulo intermediário ao avançado
 
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
Apostila com Instruções Práticas e Básicas para Violão/Guitarra (Iniciantes)....
 
Apostila batidas de violao vol 3
Apostila batidas de violao   vol 3Apostila batidas de violao   vol 3
Apostila batidas de violao vol 3
 
Apostila de violao (alan salles)
Apostila de violao (alan salles)Apostila de violao (alan salles)
Apostila de violao (alan salles)
 
(3) metodo violao otaniel-ricardo
(3) metodo violao otaniel-ricardo(3) metodo violao otaniel-ricardo
(3) metodo violao otaniel-ricardo
 
Curso Básico de Violão para Iniciantes
Curso Básico de Violão para IniciantesCurso Básico de Violão para Iniciantes
Curso Básico de Violão para Iniciantes
 
Manual Aula Cavaquinho
Manual Aula CavaquinhoManual Aula Cavaquinho
Manual Aula Cavaquinho
 
violao inicio
violao inicioviolao inicio
violao inicio
 
Apostila modos--gregos_pdf
 Apostila modos--gregos_pdf Apostila modos--gregos_pdf
Apostila modos--gregos_pdf
 
Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.
Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.
Aulas de Cavaquinho Grátis com Dudu Nobre Passo a Passo peça seu Vídeo Agora.
 
Dicionário de Acordes II
Dicionário de Acordes IIDicionário de Acordes II
Dicionário de Acordes II
 
Apostila de Violão - Grupo SIM
Apostila de Violão - Grupo SIMApostila de Violão - Grupo SIM
Apostila de Violão - Grupo SIM
 

Semelhante a Curso de gaita

Harmonia - Sergio Solimando
Harmonia - Sergio SolimandoHarmonia - Sergio Solimando
Harmonia - Sergio Solimando
Sergio Solimando
 
Livro diagramas de acordes
Livro diagramas de acordesLivro diagramas de acordes
Livro diagramas de acordes
Saulo Gomes
 
Curso de violão & guitarra
Curso de violão & guitarraCurso de violão & guitarra
Curso de violão & guitarra
Fábio Medeiros
 
CURSO DE VIOLÃO
CURSO DE VIOLÃOCURSO DE VIOLÃO
CURSO DE VIOLÃO
elenir duarte dias
 
Curso de violão & guitarra
Curso de violão & guitarraCurso de violão & guitarra
Curso de violão & guitarra
jfernan78
 
Curso de violão & guitarra
Curso de violão & guitarraCurso de violão & guitarra
Curso de violão & guitarra
elenir duarte dias
 
Apostila de guitarra
Apostila de guitarraApostila de guitarra
Apostila de guitarra
Evandro da Silva Monteiro
 
Como construir acordes de guitarra port
Como construir acordes de guitarra portComo construir acordes de guitarra port
Como construir acordes de guitarra port
Antonio Ribeiro
 
Modos gregos para guitarra
Modos gregos para guitarraModos gregos para guitarra
Modos gregos para guitarra
Carlos Augusto Costa
 
Curso de violão
Curso de violãoCurso de violão
Curso de violão
Nando Costa
 
Curso de violao
Curso de violao Curso de violao
Curso de violao
Saulo Gomes
 
Escalas pentatónicas
Escalas pentatónicasEscalas pentatónicas
Escalas pentatónicas
Eduardo Volino
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
bruno leonardo barcella silva
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
Janaina Angelina Santos
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
Adriana Martins
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
Jozé Silva
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
Saulo Gomes
 
Acordes soul
Acordes soulAcordes soul
Acordes soul
FernandoBatista104
 
Como ler partituras
Como ler partiturasComo ler partituras
Como ler partituras
Elvis Live
 
Apostila como ler partituras
Apostila como ler partiturasApostila como ler partituras
Apostila como ler partituras
marciomir
 

Semelhante a Curso de gaita (20)

Harmonia - Sergio Solimando
Harmonia - Sergio SolimandoHarmonia - Sergio Solimando
Harmonia - Sergio Solimando
 
Livro diagramas de acordes
Livro diagramas de acordesLivro diagramas de acordes
Livro diagramas de acordes
 
Curso de violão & guitarra
Curso de violão & guitarraCurso de violão & guitarra
Curso de violão & guitarra
 
CURSO DE VIOLÃO
CURSO DE VIOLÃOCURSO DE VIOLÃO
CURSO DE VIOLÃO
 
Curso de violão & guitarra
Curso de violão & guitarraCurso de violão & guitarra
Curso de violão & guitarra
 
Curso de violão & guitarra
Curso de violão & guitarraCurso de violão & guitarra
Curso de violão & guitarra
 
Apostila de guitarra
Apostila de guitarraApostila de guitarra
Apostila de guitarra
 
Como construir acordes de guitarra port
Como construir acordes de guitarra portComo construir acordes de guitarra port
Como construir acordes de guitarra port
 
Modos gregos para guitarra
Modos gregos para guitarraModos gregos para guitarra
Modos gregos para guitarra
 
Curso de violão
Curso de violãoCurso de violão
Curso de violão
 
Curso de violao
Curso de violao Curso de violao
Curso de violao
 
Escalas pentatónicas
Escalas pentatónicasEscalas pentatónicas
Escalas pentatónicas
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
 
Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)Apostila violao (versao 1)
Apostila violao (versao 1)
 
Acordes soul
Acordes soulAcordes soul
Acordes soul
 
Como ler partituras
Como ler partiturasComo ler partituras
Como ler partituras
 
Apostila como ler partituras
Apostila como ler partiturasApostila como ler partituras
Apostila como ler partituras
 

Último

12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 

Último (14)

12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 

Curso de gaita

  • 1. Vamos começar, sem enrolação, a falar sobre a gaita. Em primeiro lugar, verifique se na parte superior do seu instrumento está gravada a letra C. O que significa tal letrinha? Muito simples. Os anglo-saxõoes - aqueles que inventaram a gaita - usam a letra C para determinar a note Dó. Por que justamente C? É que a escala, em outros termos, a "escadinha de som" toda é a seguinte: C D E F G A B | escala anglo-saxão ---------------------------- DÓ RÉ MI FÁ SOL LáA SI | escala italiana Quer dizer, se você encontrou o tal C na sua gaita, então o seu instrumento poderá ser usado para toda música escrita dentro da escala de C. Olhando a gaita bem de frente, verificará que, para cada número, existem 2 orifícios, um superior, outro inferior. Cada qual está dividido em duas partes. Os orificios inferiores devem ser soprados, os superiores devem ser aspirados. Mesmo que você sopre, pois, pelos dois orificios, o ar só entrará pelo inferior. Se aspirar pelos dois orifícios, o ar só afetará o superior. Desse modo, basta você prestar atenção ao número, não nos orifícios inferior e superior, para acertar a primeira lição. Pelo esquema da que ensinaremos em nosso site, você, tomando todas as lições, ficará habilitado a tocar, a guisa de estudo, a escala de C, cuja primeira nota está, como verá, localizada na parte inferior do orifício 4. Enarmonia: É um mesmo som com nomes diferentes. Escala cromática: é aquela formada por todas as 7 notas naturais e mais os acidentes que existem entre essas notas. São 12 notas no total: Ascendente: C, C#, D, D#, E, F, F#, G, G#, A, A#, B Descendente: B, Bb, A, Ab, G, Gb, F, E, Eb, D, Db, C Quando a escala é ascendente usam-se sustenidos e quando descendente, bemóis. Observe que não exite E# nem B#. Por isso é dito que o intervalo entre E e F é de meio tom, assim como entre B e C. Na escrita musical aparecem as notas E# que é F ou Fb que é E, e também B# que é C ou Cb que é B. Escala Diatônica: Esta escala possue apenas 7 notas, e não 12 como no caso da cromática. As pessoas às vezes pensam que a escala diatônica é formada somente pelas notas naturais (as brancas de um piano ou teclado) e não contém os semi-tons, mas isto está correto apenas para a escala diatônica de C. Escala diatônica para o tom de C: C, D, E, F, G, A, B, C (só as brancas do piano ou teclado) Observe os intervalo entre as notas da escala. primeiro vem a nota principal, também chamada de tônica, esta nota dá o nome ao tom da escala. · desta 1ª nota para a 2ª (C-D) há um intervalo de 1 tom. · da 2ª para a 3ª (D-E), 1 tom · da 3ª para a 4ª (E-F), meio tom · da 4ª para a 5ª (F-G), 1 tom · da 5ª para a 6ª (G-A), 1 tom · da 6ª para a 7ª (A-B), 1 tom · da 7ª para a 8ª (B-C), meio tom A escala diatônica para os outros tons deve manter os mesmos intervalos entre as notas. Observe, Por exemplo, a escala diatônica no tom de E: E, F#, G#, A, B, C#, D#, E Graus da Escala Diatônica (o exemplo abaixo é no tom de C): Preste muita atenção na tabela abaixo pois ela será usada exaustivamente nos tópicos seguites. No ta C D E F G A B C Gr au 1 2 3 4 5 6 7 8 (repetição do 1) Escala Blues Esta escala é a mais utilizada no blues e possui apenas 6 notas. Vamos formar as escalas blues a partir dos graus da escala diatônica nos modos maior e menor: Maior: 1, 3, 4, 5b, 5, 7b Menor: 1, 3b, 4, 5b, 5, 7b Ou seja, as notas são do grau 1, grau 3 bemol, grau 4, grau 5 bemol, grau 5 e grau 7 bemol.
  • 2. No caso do modo do tom de C, a escala fica assim:C, E, F, Gb, G, Bb. E no caso do modo do tom de Cm, a escala fica assim:C, Eb, F, Gb, G, Bb. Oitavas: As escalas musicais se repetem depois de terminar. Ou seja, ao se chegar à última nota da escala, volta-se à primeira. A nota que se repete tem o mesmo tom da primeira, mas o seu timbre é bem mais agudo. As notas naturais são apenas 7. O termo usado como 8ª (oitava) é repetição do 1º grau; também indica a mesma nota em outra oitava mais grave ou mais aguda. Acordes: Acordes são 3 ou mais notas tocadas ao mesmo tempo. Os acordes mais simples são formados por apenas 3 notas (tríades). · O acorde "Maior" é formado pelas notas dos graus 1, 3 e 5. Assim, o acorde de C maior (C) é formado pelas notas C, E e G. · O acorde "Menor" é semelhante ao Maior, porém a nota do grau 3 é reduzida em meio tom. Assim, o acorde de C menor (Cm) é: C, Eb e G. · O acorde "Diminuto" é semelhante ao Menor, porém a nota do grau 5 também é reduzida em meio tom. Assim, o acorde C Diminuto (Cdim) é: C, Eb e Gb. · O acorde "Aumentado" é semelhante ao Maior, porém a nota do grau 5 é aumentada em meio tom. Assim, o acorde C Aumentado (C+) é: C, E e G#. · O acorde com 7ª (também chamado "Dominante") é feito adicionando-se a nota do grau 7b ao acorde original. Assim o C com 7ª (C7) é: C, E, G e Bb. Este tipo de acorde é o mais encontrado no Blues, Rock, Country e Pop. Arpejos: São as notas de um acorde tocadas separadamente, em sequência, ao invés de todas juntas. Existe um número muito limitado de acordes disponíveis na gaita diatônica, mas com o uso de bends e overbends, qualquer arpegio pode ser tocado. Conhecer os arpejos é muito útil para a improvisação e para manter a improvisação consistente com os acordes do acompanhamento. Acordes mais usados: Os acordes mais utilizados em uma canção são os do grau 1, 4 e 5. Ou seja, se o tom da música é C, os acordes mais utilizados serão C (CEG), F (FAC) e G (GBD). Frequentemente os acordes são utilizados com acréscimo da 7ª. Ex: C (CEGBb). É aquela com um botão na lateral. Este botão serve para acionar um segundo grupo de palhetas que estão afinadas meio-tom acima da nota natural. Desta forma a gaita consegue oferecer todas as 12 notas da escala cromática (C C# D D# E F F# G G# A A# B). A Gaita Cromática foi inventada em 1918, pelo harmonicista russo Borrah Minevitch e graças à sua capacidade de produzir todas as notas da escala cromática, a Gaita Cromática é reconhecida como a gaita mais adequada para tocar músicas de estrutura mais complexa como o jazz, o classico e a mpb. Está é também a única gaita que não requer que o gaitista mude de instrumento para executar músicas em diferentes tons. A abrangência do instrumento é de 3 oitavas completas para o modelo de 12 orifícios (48 palhetas, ou vozes). Os modelos de 16 orifícios (64 palhetas, ou vozes) oferecem mais uma oitava abaixo, expandindo o alcance para 4 oitavas completas. Layout das notas (com o botão lateral solto) Aspiradas C E G C C E G C C E G C Orifícios 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Sopradas D F A B D F A B D F A B Layout das notas (com o botão lateral apresionado) Aspiradas C# F G# C# C# F G# C# C# F G# C# Orifícios 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Sopradas D# F# A# C D# F# A# C D# F# A# D Obs: 1) A notação empregada nas tablaturas apresentadas abaixo é a seguinte: 4s significa soprar no orifício 4 sem apertar o botão lateral (registro aberto). 4a significa aspirar no orifício 4 sem apertar o botão lateral (registro aberto). 4S significa soprar no orifício 4 apertando o botão lateral (registro fechado). 4A significa aspirar no orifício 4 apretando o botão lateral (registro fechado).
  • 3. As tablaturas das músicas foram elaboradas para a cromática de 48 vozes, mas podem ser facilmente adaptadas para a de 64 vozes somando-se 4 em cada número. Como você pode observar no layout de notas (e pode constatar tocando), existem algumas notas que são idênticas. Estas notas são: 2S e 2a = F 4A, 4s e 5s = C 4S e 5S = C# 6S e 6a = F 8A, 8s e 9s = C 8S e 9S = C# 10S e 10a = F 12A, 12 = C l ay out « Escalas 1. Escala Cromática ascendente e descendente na primeira oitava 1s 1S 1a 1A 2s 2a 2A 3s 3S 3a 3A 4a 4s 4s 4a 3A 3a 3S 3s 2A 2a 2s 1A 1a 1S 1s 2. Escala Cromática ascendente e descendente na segunda oitava 5s 5S 5a 5A 6s 6a 6A 7s 7S 7a 7A 8a 8s 8s 8a 7A 7a 7S 7s 6A 6a 6s 5A 5a 5S 5s 3. Escala Cromática ascendente e descendente na terceira oitava 9s 9S 9a 9A 10s 10a 10A 11s 11S 11a 11A 12a 12s 12s 12a 11A 11a 11S 11s 10A 10a 10s 9A 9a 9S 9s OBS: Como voce pode observar, a mecânica para execução da escala é sempre a mesma nas 3 oitavas. Só o que modifica é a região da gaita em que a escala é executada. 4. Escala Natural (Diatônica) de C (dó) Maior. (0 sustenidos) 5. Escala Natural (Diatônica) de G (sol) Maior. (1 sustenido) 1s 1a 2s 2a 3s 3a 4a 4s 5s 5a 6s 6a 7s 7a 8a 8s 8s 8a 7a 7s 6a 6s 5a 5s 4s 4a 3a 3s 2a 2s 1a 1s 3s 3a 4a 4s 5a 6s 6A 7s 7s 7a 8a 8s 9a 10s 10A 11s 11s 10A 10s 9a 8s 8a 7a 7s 7s 6A 6s 5a 4s 4a 3a 3s 6. Escala Natural (Diatônica) de F (fá) Maior. (1 sustenido) 7. Escala Natural (Diatônica) de D (ré) Maior. (2 sustenidos) 2a 3s 3a 3A 4s 5a 6s 6a 6a 7s 7a 7A 8s 9a 10s 10a 10a 10s 9a 8s 7A 7a 7s 6a 6a 6s 5a 4s 3A 3a 3s 2a 1a 2s 2A 3s 3a 4a 4S 5a 5a 6s 6A 7s 7a 8a 8S 9a 9a 8S 8a 7a 7s 6A 6s 5a 5a 4S 4a 3a 3s 2A 2s 1a 8. Escala Natural (Diatônica) de A (lá) Maior. (3 sustenido) 9. Escala Natural (Diatônica) de E (mi) Maior. (4 sustenido) 3a 4a 4S 5a 6s 6A 7S 7a 7a 8a 8S 9a 10s 10A 11S 11a 11a 11S 10A 10s 9a 8S 8a 7a 7a 7S 6A 6s 5a 4S 4a 3a 2s 2A 3S 3a 4a 4S 5A 6s 6s 6A 7S 7a 8a 8S 9A 10s 10s 9A 8S 8a 7a 7S 6A 6s 6s 5A 4S 4a 3a 3S 2A 2s 10. Escala Natural (Diatônica) de B (si) Maior. (5 sustenido) 4a 4S 5A 6s 6A 7S 7A 8a 8a 8S 9A 10s 10A 11S 11A 12a 12a 11A 11S 10A 10s 9A 8S 8a 8a 7A 7S 6A 6s 5A 4S 4a