SlideShare uma empresa Scribd logo
A Saúde em Cuba
Depois de 50 anos da revolução,
a saúde em Cuba tem feito
avanços surpreendentes:
Saneamento ambiental invejável
Moradia saudável para o povo
Outra moradía saudável
Agua potável para todos
Atendimento especial na farmacia
‘La Maraña’
Em 13 de Janeiro de 2010, 26 doentes faleceram de
fome no Hospital Psiquiátrico de La Habana.
Os administradores cheios de “moral
socialista” desviavam os recursos para
alimentaçao do Hospital
Fantástico melhoramento do
serviço odontológico após 70 anos
Como era

HOJE!
Serviço gratuito de ambulánçia para os doentes
No socialismo cubano as crianças vem
em primeiro lugar
Os idosos também são os primeiros
Os doentes devem levar todo seus apetrechos
para ficar internados
Recuperaçao pós-operatoria ótima
Hospitais com instalações de última geração
Instalação sanitária modelo
Algumas moscas sobre a paciente não tem
importância para o sistema socialista de saúde
Nos hospitales socialistas as baratas e
lacraias não se limpam, basta pisá-los
Laboratorios com bons estantes e armários
Acomodações para Atendimento
médico
Instalações eletricas do Século XXI
Formosas caixas refrigeradas para estocar os
remédios para o consumo humano
Instrumental médico cuidadosamente estocado
Ambiente antiséptico invejável
Banhos gratis para os doentes
Equipamento da Cosinha ultra moderno
Excelente limpeza e atenção para os
internos
Que agradecidos que estamos con Fidel
Este senhor desconhece totalmente esses centros
de saúde. Quando adoeçeu foi atendido no Centro
de Investigaciones Médico Quirúrgicas, de La
Habana. Lá ficam os políticos do Partido Comunista
de Cuba, os militares e os estrangeiros que podem
pagar em dólares. O Hospital realiza transplantes,
mas a chefía médica é de medicos espanhois.
ESTA INSTALAÇÃO É IMPENSÁVEL para un
cubano que ganha 18 dólares mensais
A propaganda da ditadura costuma apresentar
estadísticas para mostrar que seu sistema de saúde
é da melhor. Porém tais estadísticas são “dados
alegres” que não poden ser verificadas por nenhum
organismo internacional
Os partidarios e simpatizantes da
“revolución cubana” deveriam morar em
Cuba, como vivem os cubanos mesmo!
(não em hoteis de turistas) para ver se
aguentam um mês.

Encaminha esta mensagem.
O mundo precisa saber a verdade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 1 história_saúde_pública_brasil (1)
Aula 1 história_saúde_pública_brasil (1)Aula 1 história_saúde_pública_brasil (1)
Aula 1 história_saúde_pública_brasil (1)
Adilson Soares
 
Cartilha saude-materna-rede-feminista
Cartilha saude-materna-rede-feministaCartilha saude-materna-rede-feminista
Cartilha saude-materna-rede-feminista
deborawilbert
 
PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER – PAISM: entre as diretrizes n...
PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER – PAISM: entre as diretrizes n...PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER – PAISM: entre as diretrizes n...
PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER – PAISM: entre as diretrizes n...
Conceição Amorim
 
História da Medicina no Brasil
História da Medicina no BrasilHistória da Medicina no Brasil
História da Medicina no Brasil
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
PAISM - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER
PAISM - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER PAISM - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER
PAISM - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER
Karen Lira
 
SAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEM
SAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEMSAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEM
SAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEM
Centro Universitário Ages
 
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM)
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM)Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM)
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM)
Sanny Pereira
 
Política Nacional de Atenção Integral á Saúde da Mulher
Política Nacional de Atenção Integral á Saúde da MulherPolítica Nacional de Atenção Integral á Saúde da Mulher
Política Nacional de Atenção Integral á Saúde da Mulher
Karina Pereira
 
Politica mulher
Politica mulherPolitica mulher
Politica mulher
Simon Oliveira
 
Políticas Públicas de Saúde da Mulher no Brasil
Políticas Públicas de Saúde da Mulher no BrasilPolíticas Públicas de Saúde da Mulher no Brasil
Políticas Públicas de Saúde da Mulher no Brasil
Marciane Missio
 
Saúde da mulher
Saúde da mulherSaúde da mulher
Saúde da mulher
Taísa Vilela
 
3 programas atencao_saude[1]
3 programas atencao_saude[1]3 programas atencao_saude[1]
3 programas atencao_saude[1]
Bruna Larissa
 
Doencas Etnicas
Doencas EtnicasDoencas Etnicas
Doencas Etnicas
cipasap
 
SAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOSSAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
Valdirene1977
 
História da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no BrasilHistória da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no Brasil
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Saúde pública
Saúde públicaSaúde pública
Saúde pública
Victor Said
 
Introducao a-saude-publica-1
Introducao a-saude-publica-1Introducao a-saude-publica-1
Introducao a-saude-publica-1
José Luis Müller
 
SAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOSSAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
Valdirene1977
 
Programa de saúde da família – PSF: Uma reflexão crítica dos PSFs sob a
Programa de saúde da família – PSF: Uma reflexão crítica dos PSFs sob aPrograma de saúde da família – PSF: Uma reflexão crítica dos PSFs sob a
Programa de saúde da família – PSF: Uma reflexão crítica dos PSFs sob a
DEISEAJALA
 
HistóRia Da SaúDe PúBlica
HistóRia Da SaúDe PúBlicaHistóRia Da SaúDe PúBlica
HistóRia Da SaúDe PúBlica
guestb6c126
 

Mais procurados (20)

Aula 1 história_saúde_pública_brasil (1)
Aula 1 história_saúde_pública_brasil (1)Aula 1 história_saúde_pública_brasil (1)
Aula 1 história_saúde_pública_brasil (1)
 
Cartilha saude-materna-rede-feminista
Cartilha saude-materna-rede-feministaCartilha saude-materna-rede-feminista
Cartilha saude-materna-rede-feminista
 
PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER – PAISM: entre as diretrizes n...
PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER – PAISM: entre as diretrizes n...PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER – PAISM: entre as diretrizes n...
PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER – PAISM: entre as diretrizes n...
 
História da Medicina no Brasil
História da Medicina no BrasilHistória da Medicina no Brasil
História da Medicina no Brasil
 
PAISM - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER
PAISM - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER PAISM - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER
PAISM - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER
 
SAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEM
SAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEMSAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEM
SAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEM
 
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM)
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM)Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM)
Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM)
 
Política Nacional de Atenção Integral á Saúde da Mulher
Política Nacional de Atenção Integral á Saúde da MulherPolítica Nacional de Atenção Integral á Saúde da Mulher
Política Nacional de Atenção Integral á Saúde da Mulher
 
Politica mulher
Politica mulherPolitica mulher
Politica mulher
 
Políticas Públicas de Saúde da Mulher no Brasil
Políticas Públicas de Saúde da Mulher no BrasilPolíticas Públicas de Saúde da Mulher no Brasil
Políticas Públicas de Saúde da Mulher no Brasil
 
Saúde da mulher
Saúde da mulherSaúde da mulher
Saúde da mulher
 
3 programas atencao_saude[1]
3 programas atencao_saude[1]3 programas atencao_saude[1]
3 programas atencao_saude[1]
 
Doencas Etnicas
Doencas EtnicasDoencas Etnicas
Doencas Etnicas
 
SAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOSSAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE INFANTIL: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
 
História da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no BrasilHistória da Saúde Pública no Brasil
História da Saúde Pública no Brasil
 
Saúde pública
Saúde públicaSaúde pública
Saúde pública
 
Introducao a-saude-publica-1
Introducao a-saude-publica-1Introducao a-saude-publica-1
Introducao a-saude-publica-1
 
SAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOSSAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
SAÚDE DAS MULHERES LÉBICAS: INCLUSÃO SOCIAL E DIREITOS HUMANOS
 
Programa de saúde da família – PSF: Uma reflexão crítica dos PSFs sob a
Programa de saúde da família – PSF: Uma reflexão crítica dos PSFs sob aPrograma de saúde da família – PSF: Uma reflexão crítica dos PSFs sob a
Programa de saúde da família – PSF: Uma reflexão crítica dos PSFs sob a
 
HistóRia Da SaúDe PúBlica
HistóRia Da SaúDe PúBlicaHistóRia Da SaúDe PúBlica
HistóRia Da SaúDe PúBlica
 

Destaque

Cuba
CubaCuba
Cuba Power Point
Cuba Power PointCuba Power Point
Cuba Power Point
rduran3
 
CUBA
CUBACUBA
364 abcd socialismo real em cuba
364 abcd socialismo real em cuba364 abcd socialismo real em cuba
364 abcd socialismo real em cuba
crpp
 
Cuba powerpoint
Cuba powerpointCuba powerpoint
Cuba powerpoint
Bonnie Hamlett
 
353 abcd crise de 1929
353 abcd crise de 1929353 abcd crise de 1929
353 abcd crise de 1929
crpp
 
Cuba
CubaCuba
ATUALIDADES CUBA Prof. Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]
ATUALIDADES CUBA Prof. Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]ATUALIDADES CUBA Prof. Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]
ATUALIDADES CUBA Prof. Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]
Marco Aurélio Gondim
 
Modelos assistenciais
Modelos assistenciaisModelos assistenciais
Modelos assistenciais
Jairo da Silva
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
Brayan Pimenta
 
Modelos assistenciais de saúde
Modelos assistenciais de saúdeModelos assistenciais de saúde
Modelos assistenciais de saúde
Leticia Passos
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
Fábio Cruz
 
Power point cuba
Power point cubaPower point cuba
Power point cubaprofsimona
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
rsaloes
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
Camila Oliveira
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
jesig
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
cleiton denez
 
Nutrição no Ensino da Enfermagem
Nutrição no Ensino da EnfermagemNutrição no Ensino da Enfermagem
Nutrição no Ensino da Enfermagem
Abilio Cardoso Teixeira
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
cattonia
 
História 9º ano slide Guerra Fria
História   9º ano slide Guerra FriaHistória   9º ano slide Guerra Fria
História 9º ano slide Guerra Fria
Janaína Bindá
 

Destaque (20)

Cuba
CubaCuba
Cuba
 
Cuba Power Point
Cuba Power PointCuba Power Point
Cuba Power Point
 
CUBA
CUBACUBA
CUBA
 
364 abcd socialismo real em cuba
364 abcd socialismo real em cuba364 abcd socialismo real em cuba
364 abcd socialismo real em cuba
 
Cuba powerpoint
Cuba powerpointCuba powerpoint
Cuba powerpoint
 
353 abcd crise de 1929
353 abcd crise de 1929353 abcd crise de 1929
353 abcd crise de 1929
 
Cuba
CubaCuba
Cuba
 
ATUALIDADES CUBA Prof. Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]
ATUALIDADES CUBA Prof. Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]ATUALIDADES CUBA Prof. Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]
ATUALIDADES CUBA Prof. Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]
 
Modelos assistenciais
Modelos assistenciaisModelos assistenciais
Modelos assistenciais
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
 
Modelos assistenciais de saúde
Modelos assistenciais de saúdeModelos assistenciais de saúde
Modelos assistenciais de saúde
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
 
Power point cuba
Power point cubaPower point cuba
Power point cuba
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
 
Socialismo
SocialismoSocialismo
Socialismo
 
Nutrição no Ensino da Enfermagem
Nutrição no Ensino da EnfermagemNutrição no Ensino da Enfermagem
Nutrição no Ensino da Enfermagem
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
 
História 9º ano slide Guerra Fria
História   9º ano slide Guerra FriaHistória   9º ano slide Guerra Fria
História 9º ano slide Guerra Fria
 

Semelhante a A saude em cuba

histoia da saude publica no brasil no imperio e velha republica
histoia da saude publica no brasil no imperio e velha republicahistoia da saude publica no brasil no imperio e velha republica
histoia da saude publica no brasil no imperio e velha republica
MerceariaElshaday
 
saude publica no brasil imprio e velha repblica
saude publica no brasil imprio e velha repblicasaude publica no brasil imprio e velha repblica
saude publica no brasil imprio e velha repblica
MerceariaElshaday
 
Almanaque visa 2007
Almanaque visa 2007Almanaque visa 2007
Almanaque visa 2007
Tatiani Maria M Viana
 
Aula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptx
Aula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptxAula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptx
Aula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptx
LanaMonteiro8
 
Organização e funcionamento do SUS
Organização e funcionamento do SUSOrganização e funcionamento do SUS
Organização e funcionamento do SUS
Jaime Freitas
 
Aula 2 -_histria_da_sade_pblica_no_brasil
Aula 2 -_histria_da_sade_pblica_no_brasilAula 2 -_histria_da_sade_pblica_no_brasil
Aula 2 -_histria_da_sade_pblica_no_brasil
Guilherme Araújo
 
3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude
3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude
3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude
WilberthLincoln1
 
História das Políticas Públicas de Saúde no Brasil - N1 (1) (1).pptx
História das Políticas Públicas de Saúde no Brasil - N1 (1) (1).pptxHistória das Políticas Públicas de Saúde no Brasil - N1 (1) (1).pptx
História das Políticas Públicas de Saúde no Brasil - N1 (1) (1).pptx
AnaPaulaCruz57
 
Aprendizado acelerado resumo_historia_do_sus_parte_2(1)(1)
Aprendizado acelerado resumo_historia_do_sus_parte_2(1)(1)Aprendizado acelerado resumo_historia_do_sus_parte_2(1)(1)
Aprendizado acelerado resumo_historia_do_sus_parte_2(1)(1)
LeoNascimento29
 
Saúde - Manifestações 2013
Saúde - Manifestações 2013Saúde - Manifestações 2013
Saúde - Manifestações 2013
Eni Bertolini
 
Saúde pública
Saúde públicaSaúde pública
Saúde pública
ANDRESSA-LOPES
 
GRALHA AZUL No. 50 SETEMBRO 2014
GRALHA AZUL No. 50 SETEMBRO 2014GRALHA AZUL No. 50 SETEMBRO 2014
GRALHA AZUL No. 50 SETEMBRO 2014
Sérgio Pitaki
 
Aula 1- História da Loucura e RAPS.pptx
Aula 1- História da Loucura e RAPS.pptxAula 1- História da Loucura e RAPS.pptx
Aula 1- História da Loucura e RAPS.pptx
BrendoArruda
 
Historia
HistoriaHistoria
Historia
Otávia Themir
 
Aula 02 - A construção do SUS no contexto das políticas públicas
Aula 02 - A construção do SUS no contexto das políticas públicasAula 02 - A construção do SUS no contexto das políticas públicas
Aula 02 - A construção do SUS no contexto das políticas públicas
Ghiordanno Bruno
 
Aula-Início-da-Saúde-no-Brasil.pptx
Aula-Início-da-Saúde-no-Brasil.pptxAula-Início-da-Saúde-no-Brasil.pptx
Aula-Início-da-Saúde-no-Brasil.pptx
WanessaSales6
 
Aula 2 saúde e doença
Aula 2   saúde e doençaAula 2   saúde e doença
Aula 2 saúde e doença
Luciana Correia
 
Populacao sartre
Populacao sartrePopulacao sartre
Populacao sartre
Ademir Aquino
 
1Antecedentes, pressupostos e princípios da promoção da.pptx
1Antecedentes, pressupostos e princípios da promoção da.pptx1Antecedentes, pressupostos e princípios da promoção da.pptx
1Antecedentes, pressupostos e princípios da promoção da.pptx
drykathay
 

Semelhante a A saude em cuba (19)

histoia da saude publica no brasil no imperio e velha republica
histoia da saude publica no brasil no imperio e velha republicahistoia da saude publica no brasil no imperio e velha republica
histoia da saude publica no brasil no imperio e velha republica
 
saude publica no brasil imprio e velha repblica
saude publica no brasil imprio e velha repblicasaude publica no brasil imprio e velha repblica
saude publica no brasil imprio e velha repblica
 
Almanaque visa 2007
Almanaque visa 2007Almanaque visa 2007
Almanaque visa 2007
 
Aula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptx
Aula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptxAula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptx
Aula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptx
 
Organização e funcionamento do SUS
Organização e funcionamento do SUSOrganização e funcionamento do SUS
Organização e funcionamento do SUS
 
Aula 2 -_histria_da_sade_pblica_no_brasil
Aula 2 -_histria_da_sade_pblica_no_brasilAula 2 -_histria_da_sade_pblica_no_brasil
Aula 2 -_histria_da_sade_pblica_no_brasil
 
3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude
3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude
3° Aula.ppt historia do Sistema Unico de Saude
 
História das Políticas Públicas de Saúde no Brasil - N1 (1) (1).pptx
História das Políticas Públicas de Saúde no Brasil - N1 (1) (1).pptxHistória das Políticas Públicas de Saúde no Brasil - N1 (1) (1).pptx
História das Políticas Públicas de Saúde no Brasil - N1 (1) (1).pptx
 
Aprendizado acelerado resumo_historia_do_sus_parte_2(1)(1)
Aprendizado acelerado resumo_historia_do_sus_parte_2(1)(1)Aprendizado acelerado resumo_historia_do_sus_parte_2(1)(1)
Aprendizado acelerado resumo_historia_do_sus_parte_2(1)(1)
 
Saúde - Manifestações 2013
Saúde - Manifestações 2013Saúde - Manifestações 2013
Saúde - Manifestações 2013
 
Saúde pública
Saúde públicaSaúde pública
Saúde pública
 
GRALHA AZUL No. 50 SETEMBRO 2014
GRALHA AZUL No. 50 SETEMBRO 2014GRALHA AZUL No. 50 SETEMBRO 2014
GRALHA AZUL No. 50 SETEMBRO 2014
 
Aula 1- História da Loucura e RAPS.pptx
Aula 1- História da Loucura e RAPS.pptxAula 1- História da Loucura e RAPS.pptx
Aula 1- História da Loucura e RAPS.pptx
 
Historia
HistoriaHistoria
Historia
 
Aula 02 - A construção do SUS no contexto das políticas públicas
Aula 02 - A construção do SUS no contexto das políticas públicasAula 02 - A construção do SUS no contexto das políticas públicas
Aula 02 - A construção do SUS no contexto das políticas públicas
 
Aula-Início-da-Saúde-no-Brasil.pptx
Aula-Início-da-Saúde-no-Brasil.pptxAula-Início-da-Saúde-no-Brasil.pptx
Aula-Início-da-Saúde-no-Brasil.pptx
 
Aula 2 saúde e doença
Aula 2   saúde e doençaAula 2   saúde e doença
Aula 2 saúde e doença
 
Populacao sartre
Populacao sartrePopulacao sartre
Populacao sartre
 
1Antecedentes, pressupostos e princípios da promoção da.pptx
1Antecedentes, pressupostos e princípios da promoção da.pptx1Antecedentes, pressupostos e princípios da promoção da.pptx
1Antecedentes, pressupostos e princípios da promoção da.pptx
 

Mais de Miro Mendonza

Hiroshima e Brasil
Hiroshima e BrasilHiroshima e Brasil
Hiroshima e Brasil
Miro Mendonza
 
O terrorista de 1968
O terrorista de 1968O terrorista de 1968
O terrorista de 1968
Miro Mendonza
 
A transposicao
A transposicaoA transposicao
A transposicao
Miro Mendonza
 
Acordamos desembargadoras!
Acordamos desembargadoras!Acordamos desembargadoras!
Acordamos desembargadoras!
Miro Mendonza
 
Saudade port
Saudade portSaudade port
Saudade port
Miro Mendonza
 
Fotos nao mentem
Fotos nao mentemFotos nao mentem
Fotos nao mentem
Miro Mendonza
 
Um abraco apertado
Um abraco apertadoUm abraco apertado
Um abraco apertado
Miro Mendonza
 
Gabriel garcia marquez
Gabriel garcia marquezGabriel garcia marquez
Gabriel garcia marquez
Miro Mendonza
 
Muitas vidas muitos mestres
Muitas vidas muitos mestresMuitas vidas muitos mestres
Muitas vidas muitos mestres
Miro Mendonza
 
Gasolinax argentina
Gasolinax argentinaGasolinax argentina
Gasolinax argentina
Miro Mendonza
 
Os 10 piores alimentos
Os 10 piores alimentosOs 10 piores alimentos
Os 10 piores alimentos
Miro Mendonza
 
Porque mudou
Porque mudouPorque mudou
Porque mudou
Miro Mendonza
 
Sintonize radio
Sintonize radioSintonize radio
Sintonize radio
Miro Mendonza
 
Votar texto de raquel de queiroz
Votar texto de raquel de queirozVotar texto de raquel de queiroz
Votar texto de raquel de queiroz
Miro Mendonza
 
Mulheres
MulheresMulheres
Mulheres
Miro Mendonza
 
O ovo daserpente
O ovo daserpenteO ovo daserpente
O ovo daserpente
Miro Mendonza
 
Tudo depende de mim charles chaplin
Tudo depende de mim charles chaplinTudo depende de mim charles chaplin
Tudo depende de mim charles chaplin
Miro Mendonza
 
Cuidado com gente falsa!
Cuidado com gente falsa!Cuidado com gente falsa!
Cuidado com gente falsa!
Miro Mendonza
 
Nada.acontece.por.acaso
Nada.acontece.por.acasoNada.acontece.por.acaso
Nada.acontece.por.acaso
Miro Mendonza
 
Flores
FloresFlores

Mais de Miro Mendonza (20)

Hiroshima e Brasil
Hiroshima e BrasilHiroshima e Brasil
Hiroshima e Brasil
 
O terrorista de 1968
O terrorista de 1968O terrorista de 1968
O terrorista de 1968
 
A transposicao
A transposicaoA transposicao
A transposicao
 
Acordamos desembargadoras!
Acordamos desembargadoras!Acordamos desembargadoras!
Acordamos desembargadoras!
 
Saudade port
Saudade portSaudade port
Saudade port
 
Fotos nao mentem
Fotos nao mentemFotos nao mentem
Fotos nao mentem
 
Um abraco apertado
Um abraco apertadoUm abraco apertado
Um abraco apertado
 
Gabriel garcia marquez
Gabriel garcia marquezGabriel garcia marquez
Gabriel garcia marquez
 
Muitas vidas muitos mestres
Muitas vidas muitos mestresMuitas vidas muitos mestres
Muitas vidas muitos mestres
 
Gasolinax argentina
Gasolinax argentinaGasolinax argentina
Gasolinax argentina
 
Os 10 piores alimentos
Os 10 piores alimentosOs 10 piores alimentos
Os 10 piores alimentos
 
Porque mudou
Porque mudouPorque mudou
Porque mudou
 
Sintonize radio
Sintonize radioSintonize radio
Sintonize radio
 
Votar texto de raquel de queiroz
Votar texto de raquel de queirozVotar texto de raquel de queiroz
Votar texto de raquel de queiroz
 
Mulheres
MulheresMulheres
Mulheres
 
O ovo daserpente
O ovo daserpenteO ovo daserpente
O ovo daserpente
 
Tudo depende de mim charles chaplin
Tudo depende de mim charles chaplinTudo depende de mim charles chaplin
Tudo depende de mim charles chaplin
 
Cuidado com gente falsa!
Cuidado com gente falsa!Cuidado com gente falsa!
Cuidado com gente falsa!
 
Nada.acontece.por.acaso
Nada.acontece.por.acasoNada.acontece.por.acaso
Nada.acontece.por.acaso
 
Flores
FloresFlores
Flores
 

Último

UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 

A saude em cuba