SlideShare uma empresa Scribd logo
 
   
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  2 
 
DIREITOS DO AUTOR
  Esta obra é protegida pelas leis, nacionais e internacionais, de direitos 
autorais e é de propriedade exclusiva do autor.  
  É permitida a impressão e distribuição gratuita deste manual desde que 
mantenham  o  formato  original,  não  façam  alterações  no  conteúdo  desta 
obra, na capa e nos créditos de autor. 
Autor: Giovani Delluc 
Ano: 2015 
Distribuição: Gratuita. 
Distribuído por: consultoriopolitico.com.br 
Formato: PDF 
Páginas: 16 
Assunto: Discursos Políticos 
Coleção: Políticos de Alta Performance. 
 
 
SOBRE O AUTOR: 
Giovani  Delluc  é  Consultor  de  Marketing  Político,  Consultor  de 
Marketing  Digital,  produtor  musical  e  publicitário,  estudante  de 
Ciências  Políticas  pela  Universidade  Internacional  de  Curitiba‐PR  e 
blogueiro fundador do projeto “Consultório Político”. 
Trabalhou  em  várias  campanhas  eleitorais  desde  1992  produzindo 
jingles, textos e discursos, programas eleitorais para rádio, produção 
de  comícios,  peças  publicitárias,  coordenação  de  campanha, 
planejamento e estratégia eleitoral. 
 
 
 
 
 
   
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  3 
 
PREFÁCIO 
Sobre o Autor – 2 
Prefácio – 3 
Introdução – 4 
Capítulo I: O tema e o título do discurso – 5 
Capítulo II: A introdução do discurso – 7 
Capítulo III: A mensagem do discurso – 9 
Capítulo IV: A conclusão do discurso – 12 
Considerações Finais – 15 
 
 
   
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  4 
 
 INTRODUÇÃO. 
  Todo bom comunicador detém e utiliza princípios e técnicas da oratória.  
  Oratória é  a  arte  de  falar  em  público  de  forma  estruturada  e  deliberada,  com  a 
intenção de informar, influenciar, ou entreter os ouvintes. A oratória refere‐se ao conjunto 
de  regras  e  técnicas  adequadas  para  produzir  e  apresentar  um discurso e  apurar  as 
qualidades pessoais do orador. 
Na Grécia Antiga e em Roma a oratória era estudada como componente da retórica, 
ou  seja,  a  composição  e  apresentação  de  discursos,  e  era  considerada  uma  importante 
habilidade  na  vida  pública  e  privada. Aristóteles, Cícero e Quintiliano estão  entre  os  mais 
conhecidos  autores  clássicos  que  estudaram  o  tema.  A  oratória  tem  sido  essencial  na 
religião e na política. 
Na  oratória,  como  em  qualquer  forma  de comunicação,  existem  cinco  elementos 
básicos a considerar, muitas vezes expressos como "quem diz ‐ o quê diz ‐ a quem diz ‐ por 
que meio diz ‐ com que efeitos?". O propósito de falar em público pode variar, da simples 
transmissão de informações, à necessidade de motivar as pessoas a agir ou, simplesmente, 
contar uma história. Os bons oradores devem ser capazes de alterar as emoções dos seus 
ouvintes  e  não  apenas  informá‐los.  Entre  as  personalidades  que  ficaram  famosas  pelos 
dotes  como  grandes  oradores  estão Demóstenes, Cícero, Padre  António  Vieira e Winston 
Churchill. [fonte: Wikipédia] 
  Porém, o que pretendo aqui é apresentar uma formula simplificada de construção e 
apresentação do discurso baseada nas técnicas da oratória, organizado em quatro passos 
sequenciais e lógicos, objetivando a clareza, a linearidade, a compreensão e a persuasão. 
  Entender, aplicar e treinar os passos a seguir, tornará qualquer pessoa comum em 
um  ótimo  comunicador  de  ideias  e,  o  segredo  do  sucesso  em  qualquer  área  da  vida 
constitui‐se em saber “vender” ideias, independente da extensão do vocabulário de quem 
discursa. 
  Em  cada  um  dos  quatro  passos  do  esquema  apresentado  neste  manual  contém 
PRINCÍPIOS específicos que devem ser igualmente respeitados para garantir o sucesso da 
sua apresentação.  
  O Esquema do Discurso está dividido em quatro etapas simples: 
1. TEMA E TÍTULO. 
2. INTRODUÇÃO DO DISCURSO. 
3. MENSAGEM DO DISCURSO. 
4. CONCLUSÃO DO DISCURSO. 
A seguir, irei abordar cada um dos quatro passos apresentados de forma simples e 
objetiva, abordando técnicas de vendas, persuasão e princípios da oratória. O meu objetivo 
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  5 
 
não é transformá‐lo em um orador clássico, mas, despertar o lado carismático, trabalhar o 
medo de falar em público e prepara‐lo para uma boa comunicação junto ao seu eleitorado. 
 
 CAPÍTULO I: O TEMA E TÍTULO. 
 
A escolha do tema é de suma importância para a preparação do texto do discurso. A 
escolha  deve  ser  feita  observando  alguns  critérios,  principalmente,  em  se  tratando  de 
discursos  políticos,  tais  como:  apresentação  do  Plano  de  Governo  ou  Plano  de  Ação 
Parlamentar.  
Neste momento o ator político deve ter em mente os seus objetivos políticos, o seu 
público alvo (eleitor), precisa conhecer os anseios, desejos e necessidades deste público, 
precisa analisar o contexto político atual no cenário ao qual esteja inserido, dentre outras 
coisas, deve estar muito bem informado e atualizado em relação às políticas públicas, sejam 
elas, municipais, estaduais, nacionais e internacionais. 
Supondo que uma das bandeiras do candidato seja algo como geração de empregos. 
Então o tema do discurso será: EMPREGOS. Caso a bandeira seja preservação da natureza o 
tema poderá ser: MEIO AMBIENTE e assim sucessivamente. 
Quando  falo  em  “bandeira”  refiro‐me  a  causas,  objetivos,  aspirações, 
posicionamento,  dentre  outros  atributos,  que  são  a  razão  de  ser  de  qualquer  candidato 
político. 
É muito comum, principalmente a candidatos das eleições proporcionais municipais, 
não terem um plano de ação parlamentar definido para sua campanha e atirar para todos 
os lados, falam o que vem a boca, o que está na moda e vai pra onde o vento levar.  Isso é 
descabido e totalmente desprovido de senso crítico. Como disse logo acima, a “bandeira” é 
a razão de ser de qualquer candidato político.  
Vale esclarecer que existe uma diferença considerável entre candidatos das eleições 
majoritárias  e  candidatos  das  eleições  proporcionais.  Os  candidatos  majoritários  são 
aqueles candidatos que pleiteiam cargos de prefeito, governador, senador e presidente da 
república. Já os candidatos proporcionais são aqueles que pleiteiam cargos de vereador, 
deputado estadual e federal.  
Candidatos das eleições majoritárias farão uma abordagem mais ampla passando por 
todos os temas da administração pública. Com as técnicas deste manual o candidato e sua 
equipe  serão  capazes  de  organizar  todas  as  abordagens  de  maneira  coesa  e  específica, 
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  6 
 
adjetivos  fundamentais  para  uma  boa  apresentação  e  a  compreensão  dos  assuntos 
propostos. 
Já os candidatos das eleições proporcionais deverão se ater em no mínimo três temas 
e no máximo cinco. 
 Escolhido o Tema do discurso, vamos agora para o Título.  
O  Título  trás  em  si  a  organização  dos  assuntos  de  um  Tema,  ou  seja,  o  tema 
“Emprego” possui vários desdobramentos, tais como: Industrialização, Fortalecimento do 
Comércio, Apoio ao Pequeno e Médio Empreendedor, Cursos Profissionalizantes e assim 
por diante. 
Um erro grave por parte dos candidatos políticos é não se organizarem quanto aos 
diversos assuntos de um tema, assim, quando são sabatinados ou surpreendidos por algum 
jornalista astuto falam de tudo, mas não comunicam nada. 
Outro erro comum é tentar esgotar o tema tudo de uma só vez. Embora o tempo de 
uma  campanha  eleitoral  seja  curto  e  agora  ainda  mais  com  a  chegada  da  minirreforma 
eleitoral que reduziu o pleito de 90 para 45 dias, o candidato precisa ser o mais específico 
possível. 
Para  o  discurso  modelo  deste  manual  escolhi  o  Tema:  Educação  e  agora  vamos 
escolher o Título que desejo abordar para o Tema escolhido. 
___________________________________________________________________________ 
TEMA: EDUCAÇÃO 
TÍTULO: O QUE FAZER PARA MELHORAR A ESTRUTURA NAS ESCOLAS PÚBLICAS? 
___________________________________________________________________________ 
Note  que  o  título  acima  propõe  um  questionamento.  Isso  não  significa  que  todo 
título deva ser uma pergunta. Eu, por exemplo, gosto deste tipo de título, pois, trás consigo 
uma provocação ao senso crítico, um desafio à imaginação criativa. 
Outro tipo de título que gosto muito de utilizar é o título que contém números, por 
exemplo: 
TÍTULO: 5 ATITUDES NECESSÁRIAS PARA MELHORAR A ESTRUTURA NAS ESCOLAS 
PÚBLICAS. 
Observe que na primeira opção de título a plateia é levada a reflexão, a pensar em 
algo necessário para a melhoria da instituição de ensino público, já na segunda opção de 
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  7 
 
título o orador mostra que sabe o que fazer para melhorar a instituição de ensino público e 
que irá apresentar as soluções em cinco passos, chamando a responsabilidade toda para si.  
Então, qual a diferença entre escolher a primeira ou a segunda opção? 
Nas duas opções o público estará ansioso por uma resposta plausível e convincente. 
A diferença está em quem fala, ou seja, quando alguém se propõe a apresentar soluções, 
como no exemplo do título dois, é necessário ser expert no assunto e trazer à público uma 
proposta bem fundamentada, ou poderá ser “pego na mentira” ou se enrolar por falta de 
aprofundamento. Já no exemplo do título um, a pessoa que fala está propondo um debate 
e, deste modo, mostrando que possui força de vontade para buscar, em parceria com a 
sociedade e instituições do governo, uma solução para o problema em pauta. 
De qualquer maneira, quanto para um, tanto para outro, esteja preparado! 
 
 CAPITULO II: A INTRODUÇÃO DO DISCURSO. 
 
Para construirmos a mensagem usaremos uma famosa e antiga técnica do marketing 
chamada de Matriz AIDA (ATENÇÃO – INTERESSE – DESEJO – AÇÃO). 
St.  Elmo  Lewis,  no  ano  de  1898,  criou  o  modelo  AIDA  para  ajudar  as  equipes  de 
vendas a venderem mais a partir de uma melhor compreensão do processo de decisão do 
consumidor. O  modelo AIDA descreve as motivações básicas que leva alguém a optar por 
uma marca. No entanto, seu conceito continua sendo fundamental para visualizar a espinha 
dorsal do marketing, da propaganda e do comportamento do consumidor. 
A  seguir,  vamos  descrever  como  esse  modelo  pode  ser  aplicado  dentro  do  nosso 
estudo de criação e apresentação de discursos políticos. 
ATENÇÃO 
A  primeira  fase  é  a  ATENÇÃO:  É  na  introdução  do  discurso  que  o  orador  deve 
despertar  o  público  para  o  assunto  em  questão,  ou  seja,  para  que  a  mensagem  seja 
transmitida não é necessária apenas uma plateia, mas uma plateia atenta.  
É muito comum irmos a comícios, palestras e workshops e nos depararmos com uma 
plateia totalmente dispersa e alheia ao assunto em debate. Isso acontece, provavelmente, 
pela falta de habilidade do palestrante‐orador em despertar a atenção da sua audiência e, 
em regra, isso deve ser a primeira coisa a se fazer. 
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  8 
 
Para conseguir chamar a atenção do público é necessário que, em poucas palavras, o 
orador consiga passar o conceito geral do seu discurso de uma forma que seja impossível 
de ignorar, algo genial. 
Na introdução você pode e deve utilizar os gatilhos mentais, que são frases inseridas 
no  contexto  da  temática  no  intuito  de  aproximar  quem  fala  de  quem  ouve  através  das 
emoções.  
Gatilhos mentais são técnicas de persuasão que se relacionam com aspectos 
instintivos, emocionais e sociais presentes em todos os seres humanos. 
Como você deve saber, persuadir é a arte de conseguirmos fazer com que pessoas 
ajam, sintam ou pensem como queremos. 
A persuasão nunca deve ser confundida com manipulação que pode ser entendida, 
resumidamente, como sendo a persuasão sem ética. 
“Os gatilhos mentais é a habilidade de trazer pessoas para o nosso lado, mudando 
apenas a maneira como apresentamos nossos argumentos”. Trecho retirado do livro “As 
Armas da Persuasão” de Roberto Cialdinni. 
NOTA:  Caso  você  (leitor)  queira  se  aprofundar  no  tema  “Gatilhos  Mentais  e 
Persuasão” recomendo adquirir o Manual: “Mestre da Persuasão” do maior especialista 
no assunto, hoje em dia, no Brasil – Edson Oliveira. (Clique Aqui para visitar a página de 
compra) 
Para  o  discurso  modelo  deste  manual  utilizarei  o  Gatilho  Mental  SENTIMENTO  DE 
IMPORTÂNCIA. 
Para fazer proveito desse gatilho mental, você deve criar ligações emocionais com 
seu ouvinte e fazê‐lo sentir‐se importante.  
As  pessoas  querem  se  sentir  importantes.  O  ser  humano,  desde  cedo,  quer  ser 
mimado  ou  admirado  por  uma  característica  ou  habilidade.  Para  que  você  ganhe  a 
confiança das pessoas nada é mais útil do que mostrar‐lhe que ele realmente importa. 
Dentro da introdução vamos também inserir os protocolos e citar, estrategicamente, 
o  título  do  nosso  discurso.  Vamos  imaginar  que  estamos  em  uma  campanha  eleitoral 
municipal e o nosso ator político seja um candidato a vereador, que tenha alguma ligação, 
direta ou indireta, com o tema proposto do discurso e que já tenha definido o seu público 
alvo. 
 
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  9 
 
TEMA: EDUCAÇÃO 
TÍTULO: O QUE FAZER PARA MELHORAR A ESTRUTURA NAS ESCOLAS PÚBLICAS? 
INTRODUÇÃO: 
Boa  noite.  Eu  sou  o  “José  da  Biblioteca”,  candidato  a  vereador  pelo  “partido  dos 
bibliotecários”  com  o  número  99.123  e  hoje  venho  aqui  para  falar  com  vocês  sobre 
Educação (tema). 
O que fazer para melhorar a estrutura nas escolas públicas? (Título) 
Quando  eu  falo  em  estrutura  não  estou  somente  citando  a  estrutura  física  da 
instituição, como, reformas e construção de salas de aula, mas também, sobre a estrutura 
humana:  melhores  oportunidades  aos  profissionais  da  educação,  valorização  dos 
professores,  qualidade  de  ensino  aos  alunos  e  mais  segurança  e  confiança  às  famílias 
envolvidas no processo estudantil, tanto para as famílias dos alunos quanto para as famílias 
dos educadores. (Nesse ponto o orador estabeleceu um link de conexão emocional com 
grande  parte  dos  presentes  ao  citar:  profissionais  da  educação,  professores,  alunos  e 
familiares. Eis o Gatilho do Sentimento de Importância na prática.). [fim da introdução] 
 
Continuando... 
Assim que for estabelecida uma conexão com o público despertando sua ATENÇÃO 
para o discurso, é chegada a hora de gerar o INTERESSE e o DESEJO na plateia em continuar 
com você até o final e prepara‐los para a AÇÃO desejada. 
As pausas do discurso também são muito importantes para a assimilação da plateia. 
Portanto, ao final da introdução inclua uma pausa de 3 segundos e siga para a mensagem, 
que é o assunto do próximo capítulo. 
 
 CAPITULO III: A MENSAGEM DO DISCURSO. 
 
A  mensagem  do  discurso  deve  ser  objetiva,  sucinta,  coesa  e  deve  conter  cinco 
princípios  de  persuasão  a  fim  de  despertar  o  INTERESSE  na  plateia  em  conhecer  suas 
propostas e, em seguida, o DESEJO de obter os resultados positivos através do seu trabalho, 
percebido como sério e coerente por meio do discurso apresentado. 
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  10 
 
É  óbvio,  não  se  pode  apresentar  uma  proposta  sem  embasamento,  uma  história 
fictícia, desprovida de verdades e que foge dos conhecimentos ou aptidões do ator político. 
“Não invente uma história, organize suas experiências de vida e conte a sua própria 
história.”  
Para estruturar nosso discurso a fim de despertar o interesse do público ao assunto 
proposto vamos utilizar três princípios de linguagem persuasiva (ética). 
São eles: 
1. Problema Específico. 
2. Identificação com o Problema. 
3. Causa / Vilão. 
Para que você possa usar o princípio do PROBLEMA ESPECÍFICO é necessário trazer a 
tona um problema, mexer na ferida e apontar uma dor do seu público alvo.  
No caso do nosso tema, é possível apontar um problema (real) que ao longo dos anos 
tem sucateado o sistema de ensino público, algo que não tem como, quem ouve e participa 
do processo, negar. 
Em seguida vem a IDENTIFICAÇÃO COM O PROBLEMA.  
Nesta  fase  do  discurso  devem‐se  abordar  os  efeitos  negativos  do  problema 
relacionando‐o com as possíveis experiências do seu público‐alvo, fazendo‐os lembrar de 
algo que lhes tenha causado dor e sofrimento relativo ao problema.  
No caso do nosso tema, poderemos citar um exemplo recente ocorrido em alguma 
instituição de ensino que tenha relação direta com o contexto do discurso. 
Enfim, a CAUSA / VILÃO. Chegou a hora de apontar a deficiência do sistema, o que 
está ou tem causado o problema específico.  
No  caso  do  nosso  tema,  é  possível  dizer  que  o  plano  organizacional  não  foi 
desenvolvido  com  foco  na  produtividade  dentro  da  cadeia  sistêmica  de  ensino  público 
tendo em vista o ambiente colaborativo.  
Veja como será desenvolvida a primeira parte da nossa mensagem usando estes três 
princípios apresentados de linguagem persuasiva. 
 
 
 
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  11 
 
[inicio da mensagem]  
  Quando  planejaram  o  sistema  público  de  ensino,  há  alguns  anos  atrás,  o  objetivo 
central foi o de evitar o número excessivo de alunos dentro das salas de aulas, com isso, o 
sistema não prioriza mais o aprendizado, mas apenas o cumprimento da grade curricular 
tornando o sistema num processo mecanizado. (Problema Específico) 
  Hoje é comum, em quase todas as escolas do sistema público, observarmos alunos 
concluindo o ensino médio na situação de semianalfabetos. Isso, quando não abandonam 
os estudos. (Identificação do Problema) 
  Eu acredito, piamente, que o problema não está nos profissionais da educação, não 
está nos professores e, muito menos, nos alunos. O problema está no sistema que, ao invés 
de  corroborar  o  aprendizado,  visa  apenas  resolver  seus  problemas  estruturais  internos. 
(Causa / Vilão).  
[fim da primeira parte da mensagem] 
  Observe  como  um  pequeno  texto  pode  causar  grande  impacto  no  público‐alvo 
dentro de um discurso sem ser redundante, sem ser cansativo, longo e chato. 
  Neste momento o orador já terá, diante de si, uma plateia quase que totalmente fixa 
e  atenta  ao  seu  discurso,  harmonizado  com  seus  conceitos  e  empática  às  suas  ideias  e 
ideais. 
  Chegou a hora de passarmos à segunda parte da mensagem do discurso utilizando 
mais dois princípios da persuasão.  São eles: 
1. A SOLUÇÃO. 
2. CELEBRANDO O FUTURO. 
Apenas dizer que tem ou existe uma solução ao problema exposto não é o suficiente 
para conquistar a confiança do público‐alvo. É necessário mostrar que a solução é eficaz, 
objetiva e com seus respectivos resultados. 
Caso  se  tenha  acesso  a  exemplos  de  sucesso  do  modelo  de  solução  apresentado, 
dentro ou fora do Brasil, este é o momento de mostrá‐los ao público ou, se não houver 
cases de sucesso esta é a hora de defender as suas teses relativa à SOLUÇÃO do problema.  
Em  seguida  vamos  levar  o  público  a  uma  nova  perspectiva,  a  visão  de  um  futuro 
melhor, mais chances e oportunidades, mostrar como será o futuro após a implantação da 
solução. Enfim, é o momento de CELEBAR O FUTURO. 
  
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  12 
 
[segunda parte da mensagem] 
  Para  modificar  essa  realidade  catastrófica  se  faz  necessário  uma  total  e  completa 
reestruturação do sistema público de ensino, onde os profissionais da educação tenham 
plano  de  carreira,  onde  os  educadores  tenham  maior  valorização,  não  só  em  relação  a 
melhores  salários  e  gratificações,  mas  respeitando‐os  como  agente  de  transformação 
humana e social.  
Melhorando as relações humanas e o ambiente escolar, teremos alunos com maior 
motivação,  disciplina  e  melhor  aprendizado,  dividindo  as  responsabilidades  entre  todos 
através de um sistema de colaboração participativa, como nos países de primeiro mundo. 
(A Solução). 
  Ao  invés  de  enxergarmos  as  instituições  de  ensino  apenas  como  um  centro  de 
convivência  para  jovens  e  crianças,  ficou  claro  que  a  escola  tem  condições  de  formar 
cidadãos para a vida, sendo essa a principal razão e o objetivo final de todo o processo 
educacional. (Celebrando o Futuro) 
[fim da mensagem]  
 
   
No  próximo  capítulo  vamos  tratar  do  desfecho,  do  gran  finale,  a  conclusão  do  nosso 
discurso. 
 
 CAPITULO IV: A CONCLUSÃO DO DISCURSO. 
 
  Um erro que a maioria das pessoas comete em várias áreas da sua vida é tentarem 
refazer o percurso ao invés de encerrá‐lo.  
  É o mesmo que um vendedor continuar vendendo, pra mesma pessoa, algo que já 
conseguiu vender a ela. Um pastor continuar pregando após o amém. E assim por diante. 
Parece loucura? 
Mas não é. Isso é o que mais acontece no dia a dia das pessoas. 
As causas deste erro podem variar de insegurança até empolgação.  
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  13 
 
Portanto, muito cuidado com isso. A conclusão não é para voltar ao assunto, mas, 
para convidar a plateia a uma ação especifica. No nosso caso, a votar no candidato político. 
Para conseguir que o público faça, justamente, o que você pretende que eles façam é 
necessário motivá‐los, encorajá‐los e mostrar claramente o caminho de como elas devem 
fazer isso. 
Na conclusão você poderá enfatizar seu slogan de campanha, dar força ao seu grito 
de guerra e reafirmar a sua posição diante do eleitor. 
[conclusão do discurso] 
Portanto,  me candidatei ao cargo de  vereador com o  imenso desejo  de  lutar pelo 
futuro da educação em nossa cidade. O que me motiva é saber que não estou sozinho e, 
assim  como  eu,  tem  muitos  aqui  que  acreditam  que  essas  reformas  são  possíveis  e 
benéficas para todo o sistema educacional, para toda a comunidade e para o futuro dos 
nossos filhos e netos. 
Junte‐se a nós nesta luta. Vamos fazer a diferença através da nossa força, a força do 
povo, a força da vontade e a força do nosso voto. 
No  dia  3  de  Outubro  vote  José  da  Biblioteca,  Vote  99.123,  aperte  9,  9,  1,  2,  3  e 
confirma por um futuro construído por livros. 
[fim do discurso] 
 
 
VEJA NA ÍNTEGRA, COMO FICOU O NOSSO DISCURSO MODELO: 
 
 
TEMA: EDUCAÇÃO 
TÍTULO: O QUE FAZER PARA MELHORAR A ESTRUTURA NAS ESCOLAS PÚBLICAS? 
INTRODUÇÃO: 
Boa  noite.  Eu  sou  o  “José  da  Biblioteca”,  candidato  a  vereador  pelo  “partido  dos 
bibliotecários”  com  o  número  99.123  e  hoje  venho  aqui  para  falar  com  vocês  sobre 
Educação. 
O que fazer para melhorar a estrutura nas escolas públicas? 
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  14 
 
Ao  falar  em  estrutura  não  estou  somente  citando  a  estrutura  física  da  instituição, 
como, reformas e construção de salas de aula, mas também, sobre a estrutura humana: 
melhores  oportunidades  aos  profissionais  da  educação,  valorização  dos  professores, 
qualidade  de  ensino  aos  alunos  e  mais  segurança  e  confiança  às  famílias  envolvidas  no 
processo  estudantil,  tanto  para  as  famílias  dos  alunos  quanto  para  as  famílias  dos 
educadores. 
  Quando  planejaram  o  sistema  público  de  ensino,  há  alguns  anos  atrás,  o  objetivo 
central foi o de evitar o número excessivo de alunos dentro das salas de aulas, com isso, o 
sistema não prioriza mais o aprendizado, mas apenas o cumprimento da grade curricular 
tornando o sistema num processo mecanizado. 
  Hoje é comum, em quase todas as escolas do sistema público, observarmos alunos 
concluindo o ensino médio na situação de semianalfabetos. Isso, quando não abandonam 
os estudos. 
  Eu acredito, piamente, que o problema não está nos profissionais da educação, não 
está nos professores e, muito menos, nos alunos. O problema está no sistema que, ao invés 
de corroborar o aprendizado, visa apenas resolver seus problemas estruturais internos. 
Para  modificar  essa  realidade  catastrófica  se  faz  necessário  uma  total  e  completa 
reestruturação do sistema público de ensino, onde os profissionais da educação tenham 
plano  de  carreira,  onde  os  educadores  tenham  maior  valorização,  não  só  em  relação  a 
melhores  salários  e  gratificações,  mas  respeitando‐os  como  agente  de  transformação 
humana e social.  
Melhorando as relações humanas e o ambiente escolar, teremos alunos com maior 
motivação,  disciplina  e  melhor  aprendizado,  dividindo  as  responsabilidades  entre  todos 
através de um sistema de colaboração participativa, como nos países de primeiro mundo. 
Ao  invés  de  enxergarmos  as  instituições  de  ensino  apenas  como  um  centro  de 
convivência  para  jovens  e  crianças,  ficou  claro  que  a  escola  tem  condições  de  formar 
cidadãos para a vida, sendo essa a principal razão e o objetivo final de todo o processo 
educacional. 
Portanto,  me candidatei ao cargo de  vereador com o  imenso desejo  de  lutar pelo 
futuro da educação em nossa cidade. O que me motiva é saber que não estou sozinho e, 
assim  como  eu,  tem  muitos  aqui  que  acreditam  que  essas  reformas  são  possíveis  e 
benéficas para todo o sistema educacional, para toda a comunidade e para o futuro dos 
nossos filhos e netos. 
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  15 
 
Junte‐se a nós nesta luta. Vamos fazer a diferença através da nossa força, a força do 
povo,  a  força  da  vontade  e  a  força  do  nosso  voto.  No  dia  3  de  Outubro  vote  José  da 
Biblioteca, Vote 99.123, aperte 9, 9, 1, 2, 3 e confirma por um futuro construído por livros. 
 
 CONSIDERAÇÕES FINAIS. 
 
Por  você  ter  chegado  até  o  final  deste  e‐book  eu  quero  presenteá‐lo  com  mais 
algumas dicas importantes. 
 Ao apresentar o seu discurso você deve tomar alguns cuidados importantes em relação 
à postura, volume de voz e entonação. Mantenha o corpo ereto, deixe as mãos livres, 
nunca  no  bolso,  comece  o  discurso  com  voz  suave  e  ritmo  normal.  Ao  apresentar  o 
problema específico seja enfático e eloquente. Na apresentação da solução seja firme e 
demonstre confiança, o que é bem diferente de arrogância. Por fim, na conclusão, seja 
vibrante, emocione e contagie o seu público. 
 Sempre  que  for  passar  de  um  momento  para  o  outro  do  discurso  (introdução, 
mensagem e conclusão), faça uma pequena pausa de 3 segundos. Isso ajuda a plateia 
compreender melhor a mensagem e ter a noção de tempo e espaço. 
 Sempre que você tiver dados estatísticos a respeito do tema apresentado, inclua‐os no 
seu discurso e cite as fontes. Isso vai gerar mais autoridade pra você e credibilidade à 
mensagem. 
 Ao discursar, não fixe seu olhar em apenas um ponto. Olhe para as pessoas, se houver 
espaço faça algumas pequenas caminhadas pelo palanque. Isso passará a impressão ao 
público de que você está à vontade, que domina o assunto e que realmente está falando 
com eles. 
 IMPORTANTE: Seja original, não tente imitar ou copiar alguém. As pessoas admiram a 
originalidade e isso o destacará dentre as multidões. 
 Esta  técnica,  bem  como,  o  texto  que  você  e/ou  sua  equipe  desenvolver  poderá  ser 
usado como postagens em seu blog pessoal ou site de campanha.  
Espero que tenha gostado deste pequeno manual e que com esses conhecimentos eu 
possa ter ajudado candidatos políticos de todo o Brasil a melhorarem suas performances 
em  discursos,  contribuindo  para  uma  melhor  campanha  eleitoral,  evitando  divagações  e 
mensagem desconexa no momento de enfrentar o público. 
Com toda humildade, se este manual for capaz de ajudar pelo menos uma pessoa eu 
já  estaria  muito  feliz  e  realizado.  Não  importa  como,  não  importa  quando,  não  importa 
Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  16 
 
quanto. O importante é contribuir e compartilhar, assim, todos ajudaremos a construir um 
Brasil melhor, com melhores políticas e políticos, um país de VERDADE. 
Muito obrigado 
Giovani Delluc 
 
 
Entre em Contato Com o Autor Para Maiores Informações: 
E‐mail: giovanidelluc@gmail.com | www.consultoriopolitico.com.br 
WhatsApp: (17) 99158 8330  
Facebook: Consultório Politico | Youtube: Canal Consultório Político 
Twiteer: @consultpolitco 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Poesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - ResumoPoesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - Resumo
Gijasilvelitz 2
 
Actos Ilocutórios
Actos IlocutóriosActos Ilocutórios
Actos Ilocutórios
Isabel Martins
 
Manuel Alegre
Manuel AlegreManuel Alegre
Manuel Alegre
Dina Baptista
 
Mensagem - D. Sebastião Rei de Portugal
Mensagem - D. Sebastião Rei de PortugalMensagem - D. Sebastião Rei de Portugal
Mensagem - D. Sebastião Rei de Portugal
Maria Teixiera
 
Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...
Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...
Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...
FilipaFonseca
 
Sermão aos peixes cap. i
Sermão aos peixes   cap. iSermão aos peixes   cap. i
Sermão aos peixes cap. i
ameliapadrao
 
"As Ilhas Afortunadas" - análise
"As Ilhas Afortunadas" - análise"As Ilhas Afortunadas" - análise
"As Ilhas Afortunadas" - análise
Maria João Oliveira
 
Os Lusíadas - Reflexões do Poeta
Os Lusíadas - Reflexões do PoetaOs Lusíadas - Reflexões do Poeta
Os Lusíadas - Reflexões do Poeta
Dina Baptista
 
Análise do poema Nao sei quantas almas tenho
Análise do poema Nao sei quantas almas tenhoAnálise do poema Nao sei quantas almas tenho
Análise do poema Nao sei quantas almas tenho
Ricardo Santos
 
Ser poeta é
Ser poeta éSer poeta é
Ser poeta é
Sandra Barbosa
 
Sermão Santo António aos Peixes Exórdio
Sermão Santo António aos Peixes ExórdioSermão Santo António aos Peixes Exórdio
Sermão Santo António aos Peixes Exórdio
Alexandra Madail
 
O heteronimo Alberto Caeiro
O heteronimo Alberto CaeiroO heteronimo Alberto Caeiro
O heteronimo Alberto Caeiro
guest155834
 
Memorial do convento - o tempo
Memorial do convento - o tempoMemorial do convento - o tempo
Memorial do convento - o tempo
Carla Luís
 
"Não sei se é sonhe, se realidade"
"Não sei se é sonhe, se realidade""Não sei se é sonhe, se realidade"
"Não sei se é sonhe, se realidade"
MiguelavRodrigues
 
Auto da Feira de Gil Vicente
Auto da Feira de Gil VicenteAuto da Feira de Gil Vicente
Auto da Feira de Gil Vicente
Gijasilvelitz 2
 
Deixis
DeixisDeixis
As cantigas de amigo
As cantigas de amigoAs cantigas de amigo
As cantigas de amigo
Helena Coutinho
 
Deixis pessoal temporal_espacial
Deixis pessoal temporal_espacialDeixis pessoal temporal_espacial
Deixis pessoal temporal_espacial
EconomicSintese
 
Listas das falácias informais
Listas das falácias informaisListas das falácias informais
Listas das falácias informais
Isabel Moura
 
Valor modal das frases
Valor modal das frasesValor modal das frases
Valor modal das frases
nando_reis
 

Mais procurados (20)

Poesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - ResumoPoesia Trovadoresca - Resumo
Poesia Trovadoresca - Resumo
 
Actos Ilocutórios
Actos IlocutóriosActos Ilocutórios
Actos Ilocutórios
 
Manuel Alegre
Manuel AlegreManuel Alegre
Manuel Alegre
 
Mensagem - D. Sebastião Rei de Portugal
Mensagem - D. Sebastião Rei de PortugalMensagem - D. Sebastião Rei de Portugal
Mensagem - D. Sebastião Rei de Portugal
 
Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...
Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...
Ricardo Reis - Análise do poema "Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio"...
 
Sermão aos peixes cap. i
Sermão aos peixes   cap. iSermão aos peixes   cap. i
Sermão aos peixes cap. i
 
"As Ilhas Afortunadas" - análise
"As Ilhas Afortunadas" - análise"As Ilhas Afortunadas" - análise
"As Ilhas Afortunadas" - análise
 
Os Lusíadas - Reflexões do Poeta
Os Lusíadas - Reflexões do PoetaOs Lusíadas - Reflexões do Poeta
Os Lusíadas - Reflexões do Poeta
 
Análise do poema Nao sei quantas almas tenho
Análise do poema Nao sei quantas almas tenhoAnálise do poema Nao sei quantas almas tenho
Análise do poema Nao sei quantas almas tenho
 
Ser poeta é
Ser poeta éSer poeta é
Ser poeta é
 
Sermão Santo António aos Peixes Exórdio
Sermão Santo António aos Peixes ExórdioSermão Santo António aos Peixes Exórdio
Sermão Santo António aos Peixes Exórdio
 
O heteronimo Alberto Caeiro
O heteronimo Alberto CaeiroO heteronimo Alberto Caeiro
O heteronimo Alberto Caeiro
 
Memorial do convento - o tempo
Memorial do convento - o tempoMemorial do convento - o tempo
Memorial do convento - o tempo
 
"Não sei se é sonhe, se realidade"
"Não sei se é sonhe, se realidade""Não sei se é sonhe, se realidade"
"Não sei se é sonhe, se realidade"
 
Auto da Feira de Gil Vicente
Auto da Feira de Gil VicenteAuto da Feira de Gil Vicente
Auto da Feira de Gil Vicente
 
Deixis
DeixisDeixis
Deixis
 
As cantigas de amigo
As cantigas de amigoAs cantigas de amigo
As cantigas de amigo
 
Deixis pessoal temporal_espacial
Deixis pessoal temporal_espacialDeixis pessoal temporal_espacial
Deixis pessoal temporal_espacial
 
Listas das falácias informais
Listas das falácias informaisListas das falácias informais
Listas das falácias informais
 
Valor modal das frases
Valor modal das frasesValor modal das frases
Valor modal das frases
 

Destaque

Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!
Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!
Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!
Diego Andreasi
 
Monografia Simone Pedagogia 2010
Monografia Simone Pedagogia 2010Monografia Simone Pedagogia 2010
Monografia Simone Pedagogia 2010
Biblioteca Campus VII
 
Discurso e preconceito sentidos da valorização étnico racial e da resistência...
Discurso e preconceito sentidos da valorização étnico racial e da resistência...Discurso e preconceito sentidos da valorização étnico racial e da resistência...
Discurso e preconceito sentidos da valorização étnico racial e da resistência...
UNEB
 
Curso de Expressão Verbal & Marketing Político
Curso de Expressão Verbal & Marketing PolíticoCurso de Expressão Verbal & Marketing Político
Curso de Expressão Verbal & Marketing Político
Academia Política
 
Aprenda a falar em público
Aprenda a falar em público Aprenda a falar em público
Aprenda a falar em público
marciothd
 
Curso básico de jardinagem Parte 6/6
Curso básico de jardinagem   Parte 6/6Curso básico de jardinagem   Parte 6/6
Curso básico de jardinagem Parte 6/6
ABCursos OnLine
 
Formação de liderança política
Formação de liderança políticaFormação de liderança política
Formação de liderança política
WM Treinamentos Cursos e Palestras Ltda
 
Como influenciar os seus eleitores através do Poder da Oratória e Conquistar ...
Como influenciar os seus eleitores através do Poder da Oratória e Conquistar ...Como influenciar os seus eleitores através do Poder da Oratória e Conquistar ...
Como influenciar os seus eleitores através do Poder da Oratória e Conquistar ...
Cristiano Gonçalves
 
Cursos De Oratoria
Cursos De OratoriaCursos De Oratoria
Cursos De Oratoria
almohavida
 
Curso de Oratória
Curso de OratóriaCurso de Oratória
Curso de Oratória
almohavida
 
A Importância da Oratória para a Comunicação nas Organizações
A Importância da Oratória para a Comunicação nas OrganizaçõesA Importância da Oratória para a Comunicação nas Organizações
A Importância da Oratória para a Comunicação nas Organizações
Ana Cristina Cavalcanti Pimenta
 
Oratoria 2 sala-pen
Oratoria 2 sala-penOratoria 2 sala-pen
Oratoria 2 sala-pen
Arthur Estoletov
 
Falar em Público: Oratória sem Segredos
Falar em Público: Oratória sem SegredosFalar em Público: Oratória sem Segredos
Falar em Público: Oratória sem Segredos
Carlos Cunha
 
Apresentacao e-oratoria
Apresentacao e-oratoriaApresentacao e-oratoria
Apresentacao e-oratoria
Joao Balbi
 
Comunicação Com liderança
Comunicação Com liderançaComunicação Com liderança
Comunicação Com liderança
abiga
 
Apresentação Oratória
Apresentação OratóriaApresentação Oratória
Apresentação Oratória
Fokus Desenvolvimento Humano
 
Comunicação de alto impacto 02.14
Comunicação de alto impacto   02.14Comunicação de alto impacto   02.14
Comunicação de alto impacto 02.14
Daniella Marcusso
 
Aula oratória
Aula oratóriaAula oratória
Aula oratória
Felipe Pereira
 
Comunicação Verbal e Oratória
Comunicação Verbal e OratóriaComunicação Verbal e Oratória
Comunicação Verbal e Oratória
Caput Consultoria
 
Palestra Oratória
Palestra Oratória Palestra Oratória
Palestra Oratória
Eduardo Maróstica
 

Destaque (20)

Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!
Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!
Curso de Oratória - Oratória NÃO é dom, é TREINO!
 
Monografia Simone Pedagogia 2010
Monografia Simone Pedagogia 2010Monografia Simone Pedagogia 2010
Monografia Simone Pedagogia 2010
 
Discurso e preconceito sentidos da valorização étnico racial e da resistência...
Discurso e preconceito sentidos da valorização étnico racial e da resistência...Discurso e preconceito sentidos da valorização étnico racial e da resistência...
Discurso e preconceito sentidos da valorização étnico racial e da resistência...
 
Curso de Expressão Verbal & Marketing Político
Curso de Expressão Verbal & Marketing PolíticoCurso de Expressão Verbal & Marketing Político
Curso de Expressão Verbal & Marketing Político
 
Aprenda a falar em público
Aprenda a falar em público Aprenda a falar em público
Aprenda a falar em público
 
Curso básico de jardinagem Parte 6/6
Curso básico de jardinagem   Parte 6/6Curso básico de jardinagem   Parte 6/6
Curso básico de jardinagem Parte 6/6
 
Formação de liderança política
Formação de liderança políticaFormação de liderança política
Formação de liderança política
 
Como influenciar os seus eleitores através do Poder da Oratória e Conquistar ...
Como influenciar os seus eleitores através do Poder da Oratória e Conquistar ...Como influenciar os seus eleitores através do Poder da Oratória e Conquistar ...
Como influenciar os seus eleitores através do Poder da Oratória e Conquistar ...
 
Cursos De Oratoria
Cursos De OratoriaCursos De Oratoria
Cursos De Oratoria
 
Curso de Oratória
Curso de OratóriaCurso de Oratória
Curso de Oratória
 
A Importância da Oratória para a Comunicação nas Organizações
A Importância da Oratória para a Comunicação nas OrganizaçõesA Importância da Oratória para a Comunicação nas Organizações
A Importância da Oratória para a Comunicação nas Organizações
 
Oratoria 2 sala-pen
Oratoria 2 sala-penOratoria 2 sala-pen
Oratoria 2 sala-pen
 
Falar em Público: Oratória sem Segredos
Falar em Público: Oratória sem SegredosFalar em Público: Oratória sem Segredos
Falar em Público: Oratória sem Segredos
 
Apresentacao e-oratoria
Apresentacao e-oratoriaApresentacao e-oratoria
Apresentacao e-oratoria
 
Comunicação Com liderança
Comunicação Com liderançaComunicação Com liderança
Comunicação Com liderança
 
Apresentação Oratória
Apresentação OratóriaApresentação Oratória
Apresentação Oratória
 
Comunicação de alto impacto 02.14
Comunicação de alto impacto   02.14Comunicação de alto impacto   02.14
Comunicação de alto impacto 02.14
 
Aula oratória
Aula oratóriaAula oratória
Aula oratória
 
Comunicação Verbal e Oratória
Comunicação Verbal e OratóriaComunicação Verbal e Oratória
Comunicação Verbal e Oratória
 
Palestra Oratória
Palestra Oratória Palestra Oratória
Palestra Oratória
 

Semelhante a 4 passos para criar discursos políticos de 3 minutos

ESTRATEGIA ELEITORAL 2016 MARKETING POLITICO
ESTRATEGIA ELEITORAL  2016  MARKETING POLITICOESTRATEGIA ELEITORAL  2016  MARKETING POLITICO
ESTRATEGIA ELEITORAL 2016 MARKETING POLITICO
Mr. Schekiera Intelectatreine
 
Apresentação Palestrante Dany Padilla
Apresentação Palestrante Dany PadillaApresentação Palestrante Dany Padilla
Apresentação Palestrante Dany Padilla
Patriani Palestrantes
 
Portfólio de Palestras compotamentais
Portfólio de Palestras compotamentaisPortfólio de Palestras compotamentais
Portfólio de Palestras compotamentais
Rogério Benche
 
Como liberar todo o seu potencial de liderança durante o marketing político e...
Como liberar todo o seu potencial de liderança durante o marketing político e...Como liberar todo o seu potencial de liderança durante o marketing político e...
Como liberar todo o seu potencial de liderança durante o marketing político e...
Interidade Cursos Online - Consultoria - Mentoria - Produção Digital
 
Comunicador Eficaz - Como falar em público e fazer apresentações
Comunicador Eficaz - Como falar em público e fazer apresentaçõesComunicador Eficaz - Como falar em público e fazer apresentações
Comunicador Eficaz - Como falar em público e fazer apresentações
Coach Adriano Carioca
 
Razões pelas quais o marketing de conteúdo é perfeito para seu projeto políti...
Razões pelas quais o marketing de conteúdo é perfeito para seu projeto políti...Razões pelas quais o marketing de conteúdo é perfeito para seu projeto políti...
Razões pelas quais o marketing de conteúdo é perfeito para seu projeto políti...
Interidade Cursos Online - Consultoria - Mentoria - Produção Digital
 
Vilela consultoria portfólio ap. livre
Vilela consultoria   portfólio ap. livreVilela consultoria   portfólio ap. livre
Vilela consultoria portfólio ap. livre
João Vilela
 
Perca o Medo de falar em Publico com Oratória
Perca o Medo de falar em Publico com OratóriaPerca o Medo de falar em Publico com Oratória
Perca o Medo de falar em Publico com Oratória
fullarken
 
Portfólio de Palestras - Leandro Branquinho Especialista em Vendas e Palestrante
Portfólio de Palestras - Leandro Branquinho Especialista em Vendas e PalestrantePortfólio de Palestras - Leandro Branquinho Especialista em Vendas e Palestrante
Portfólio de Palestras - Leandro Branquinho Especialista em Vendas e Palestrante
Leandro Branquinho
 
COMO SUPERAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO
COMO SUPERAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICOCOMO SUPERAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO
COMO SUPERAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO
rudembergservicosded
 
7 aulas exclusivas de inteligência emocional para você fazer marketing político
7 aulas exclusivas de inteligência emocional para você fazer marketing político7 aulas exclusivas de inteligência emocional para você fazer marketing político
7 aulas exclusivas de inteligência emocional para você fazer marketing político
Interidade Cursos Online - Consultoria - Mentoria - Produção Digital
 
A Comunicação Eficaz: Transforme sua Carreira com Oratória Poderosaumento sem...
A Comunicação Eficaz: Transforme sua Carreira com Oratória Poderosaumento sem...A Comunicação Eficaz: Transforme sua Carreira com Oratória Poderosaumento sem...
A Comunicação Eficaz: Transforme sua Carreira com Oratória Poderosaumento sem...
deividj697
 
Como mapear embaixadores e influenciadores na sua empresa?
Como mapear embaixadores e influenciadores na sua empresa?Como mapear embaixadores e influenciadores na sua empresa?
Como mapear embaixadores e influenciadores na sua empresa?
Comunicação Integrada - Cursos e Soluções (Isabela Pimentel)
 
MktPol-BR SuperPoderes de Desenvolvimento e Expansão para Você Candidato(a) F...
MktPol-BR SuperPoderes de Desenvolvimento e Expansão para Você Candidato(a) F...MktPol-BR SuperPoderes de Desenvolvimento e Expansão para Você Candidato(a) F...
MktPol-BR SuperPoderes de Desenvolvimento e Expansão para Você Candidato(a) F...
Interidade Cursos Online - Consultoria - Mentoria - Produção Digital
 
Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes.
Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes.Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes.
Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes.
anacastilho659
 
"Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes"
"Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes""Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes"
"Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes"
anacastilho659
 
Content marketing e sua influência nos resultados
Content marketing e sua influência nos resultadosContent marketing e sua influência nos resultados
Content marketing e sua influência nos resultados
Jeff Wendell Macedo
 
Palestrante Marco Piquini
Palestrante Marco PiquiniPalestrante Marco Piquini
Palestrante Marco Piquini
DMT Palestras
 
Jorge Sabino Comunicação e Treinamentos - Apresentação Institucional
Jorge Sabino Comunicação e Treinamentos - Apresentação InstitucionalJorge Sabino Comunicação e Treinamentos - Apresentação Institucional
Jorge Sabino Comunicação e Treinamentos - Apresentação Institucional
Jorge Sabino
 
JSCT - Apresentação Institucional (treinamentos)
JSCT - Apresentação Institucional (treinamentos)JSCT - Apresentação Institucional (treinamentos)
JSCT - Apresentação Institucional (treinamentos)
Jorge Sabino
 

Semelhante a 4 passos para criar discursos políticos de 3 minutos (20)

ESTRATEGIA ELEITORAL 2016 MARKETING POLITICO
ESTRATEGIA ELEITORAL  2016  MARKETING POLITICOESTRATEGIA ELEITORAL  2016  MARKETING POLITICO
ESTRATEGIA ELEITORAL 2016 MARKETING POLITICO
 
Apresentação Palestrante Dany Padilla
Apresentação Palestrante Dany PadillaApresentação Palestrante Dany Padilla
Apresentação Palestrante Dany Padilla
 
Portfólio de Palestras compotamentais
Portfólio de Palestras compotamentaisPortfólio de Palestras compotamentais
Portfólio de Palestras compotamentais
 
Como liberar todo o seu potencial de liderança durante o marketing político e...
Como liberar todo o seu potencial de liderança durante o marketing político e...Como liberar todo o seu potencial de liderança durante o marketing político e...
Como liberar todo o seu potencial de liderança durante o marketing político e...
 
Comunicador Eficaz - Como falar em público e fazer apresentações
Comunicador Eficaz - Como falar em público e fazer apresentaçõesComunicador Eficaz - Como falar em público e fazer apresentações
Comunicador Eficaz - Como falar em público e fazer apresentações
 
Razões pelas quais o marketing de conteúdo é perfeito para seu projeto políti...
Razões pelas quais o marketing de conteúdo é perfeito para seu projeto políti...Razões pelas quais o marketing de conteúdo é perfeito para seu projeto políti...
Razões pelas quais o marketing de conteúdo é perfeito para seu projeto políti...
 
Vilela consultoria portfólio ap. livre
Vilela consultoria   portfólio ap. livreVilela consultoria   portfólio ap. livre
Vilela consultoria portfólio ap. livre
 
Perca o Medo de falar em Publico com Oratória
Perca o Medo de falar em Publico com OratóriaPerca o Medo de falar em Publico com Oratória
Perca o Medo de falar em Publico com Oratória
 
Portfólio de Palestras - Leandro Branquinho Especialista em Vendas e Palestrante
Portfólio de Palestras - Leandro Branquinho Especialista em Vendas e PalestrantePortfólio de Palestras - Leandro Branquinho Especialista em Vendas e Palestrante
Portfólio de Palestras - Leandro Branquinho Especialista em Vendas e Palestrante
 
COMO SUPERAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO
COMO SUPERAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICOCOMO SUPERAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO
COMO SUPERAR O MEDO DE FALAR EM PÚBLICO
 
7 aulas exclusivas de inteligência emocional para você fazer marketing político
7 aulas exclusivas de inteligência emocional para você fazer marketing político7 aulas exclusivas de inteligência emocional para você fazer marketing político
7 aulas exclusivas de inteligência emocional para você fazer marketing político
 
A Comunicação Eficaz: Transforme sua Carreira com Oratória Poderosaumento sem...
A Comunicação Eficaz: Transforme sua Carreira com Oratória Poderosaumento sem...A Comunicação Eficaz: Transforme sua Carreira com Oratória Poderosaumento sem...
A Comunicação Eficaz: Transforme sua Carreira com Oratória Poderosaumento sem...
 
Como mapear embaixadores e influenciadores na sua empresa?
Como mapear embaixadores e influenciadores na sua empresa?Como mapear embaixadores e influenciadores na sua empresa?
Como mapear embaixadores e influenciadores na sua empresa?
 
MktPol-BR SuperPoderes de Desenvolvimento e Expansão para Você Candidato(a) F...
MktPol-BR SuperPoderes de Desenvolvimento e Expansão para Você Candidato(a) F...MktPol-BR SuperPoderes de Desenvolvimento e Expansão para Você Candidato(a) F...
MktPol-BR SuperPoderes de Desenvolvimento e Expansão para Você Candidato(a) F...
 
Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes.
Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes.Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes.
Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes.
 
"Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes"
"Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes""Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes"
"Como Conquistar Audiências: Técnicas Avançadas de Persuasão para Palestrantes"
 
Content marketing e sua influência nos resultados
Content marketing e sua influência nos resultadosContent marketing e sua influência nos resultados
Content marketing e sua influência nos resultados
 
Palestrante Marco Piquini
Palestrante Marco PiquiniPalestrante Marco Piquini
Palestrante Marco Piquini
 
Jorge Sabino Comunicação e Treinamentos - Apresentação Institucional
Jorge Sabino Comunicação e Treinamentos - Apresentação InstitucionalJorge Sabino Comunicação e Treinamentos - Apresentação Institucional
Jorge Sabino Comunicação e Treinamentos - Apresentação Institucional
 
JSCT - Apresentação Institucional (treinamentos)
JSCT - Apresentação Institucional (treinamentos)JSCT - Apresentação Institucional (treinamentos)
JSCT - Apresentação Institucional (treinamentos)
 

4 passos para criar discursos políticos de 3 minutos

  • 2. Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  2    DIREITOS DO AUTOR   Esta obra é protegida pelas leis, nacionais e internacionais, de direitos  autorais e é de propriedade exclusiva do autor.     É permitida a impressão e distribuição gratuita deste manual desde que  mantenham  o  formato  original,  não  façam  alterações  no  conteúdo  desta  obra, na capa e nos créditos de autor.  Autor: Giovani Delluc  Ano: 2015  Distribuição: Gratuita.  Distribuído por: consultoriopolitico.com.br  Formato: PDF  Páginas: 16  Assunto: Discursos Políticos  Coleção: Políticos de Alta Performance.      SOBRE O AUTOR:  Giovani  Delluc  é  Consultor  de  Marketing  Político,  Consultor  de  Marketing  Digital,  produtor  musical  e  publicitário,  estudante  de  Ciências  Políticas  pela  Universidade  Internacional  de  Curitiba‐PR  e  blogueiro fundador do projeto “Consultório Político”.  Trabalhou  em  várias  campanhas  eleitorais  desde  1992  produzindo  jingles, textos e discursos, programas eleitorais para rádio, produção  de  comícios,  peças  publicitárias,  coordenação  de  campanha,  planejamento e estratégia eleitoral.               
  • 4. Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  4     INTRODUÇÃO.    Todo bom comunicador detém e utiliza princípios e técnicas da oratória.     Oratória é  a  arte  de  falar  em  público  de  forma  estruturada  e  deliberada,  com  a  intenção de informar, influenciar, ou entreter os ouvintes. A oratória refere‐se ao conjunto  de  regras  e  técnicas  adequadas  para  produzir  e  apresentar  um discurso e  apurar  as  qualidades pessoais do orador.  Na Grécia Antiga e em Roma a oratória era estudada como componente da retórica,  ou  seja,  a  composição  e  apresentação  de  discursos,  e  era  considerada  uma  importante  habilidade  na  vida  pública  e  privada. Aristóteles, Cícero e Quintiliano estão  entre  os  mais  conhecidos  autores  clássicos  que  estudaram  o  tema.  A  oratória  tem  sido  essencial  na  religião e na política.  Na  oratória,  como  em  qualquer  forma  de comunicação,  existem  cinco  elementos  básicos a considerar, muitas vezes expressos como "quem diz ‐ o quê diz ‐ a quem diz ‐ por  que meio diz ‐ com que efeitos?". O propósito de falar em público pode variar, da simples  transmissão de informações, à necessidade de motivar as pessoas a agir ou, simplesmente,  contar uma história. Os bons oradores devem ser capazes de alterar as emoções dos seus  ouvintes  e  não  apenas  informá‐los.  Entre  as  personalidades  que  ficaram  famosas  pelos  dotes  como  grandes  oradores  estão Demóstenes, Cícero, Padre  António  Vieira e Winston  Churchill. [fonte: Wikipédia]    Porém, o que pretendo aqui é apresentar uma formula simplificada de construção e  apresentação do discurso baseada nas técnicas da oratória, organizado em quatro passos  sequenciais e lógicos, objetivando a clareza, a linearidade, a compreensão e a persuasão.    Entender, aplicar e treinar os passos a seguir, tornará qualquer pessoa comum em  um  ótimo  comunicador  de  ideias  e,  o  segredo  do  sucesso  em  qualquer  área  da  vida  constitui‐se em saber “vender” ideias, independente da extensão do vocabulário de quem  discursa.    Em  cada  um  dos  quatro  passos  do  esquema  apresentado  neste  manual  contém  PRINCÍPIOS específicos que devem ser igualmente respeitados para garantir o sucesso da  sua apresentação.     O Esquema do Discurso está dividido em quatro etapas simples:  1. TEMA E TÍTULO.  2. INTRODUÇÃO DO DISCURSO.  3. MENSAGEM DO DISCURSO.  4. CONCLUSÃO DO DISCURSO.  A seguir, irei abordar cada um dos quatro passos apresentados de forma simples e  objetiva, abordando técnicas de vendas, persuasão e princípios da oratória. O meu objetivo 
  • 5. Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  5    não é transformá‐lo em um orador clássico, mas, despertar o lado carismático, trabalhar o  medo de falar em público e prepara‐lo para uma boa comunicação junto ao seu eleitorado.     CAPÍTULO I: O TEMA E TÍTULO.    A escolha do tema é de suma importância para a preparação do texto do discurso. A  escolha  deve  ser  feita  observando  alguns  critérios,  principalmente,  em  se  tratando  de  discursos  políticos,  tais  como:  apresentação  do  Plano  de  Governo  ou  Plano  de  Ação  Parlamentar.   Neste momento o ator político deve ter em mente os seus objetivos políticos, o seu  público alvo (eleitor), precisa conhecer os anseios, desejos e necessidades deste público,  precisa analisar o contexto político atual no cenário ao qual esteja inserido, dentre outras  coisas, deve estar muito bem informado e atualizado em relação às políticas públicas, sejam  elas, municipais, estaduais, nacionais e internacionais.  Supondo que uma das bandeiras do candidato seja algo como geração de empregos.  Então o tema do discurso será: EMPREGOS. Caso a bandeira seja preservação da natureza o  tema poderá ser: MEIO AMBIENTE e assim sucessivamente.  Quando  falo  em  “bandeira”  refiro‐me  a  causas,  objetivos,  aspirações,  posicionamento,  dentre  outros  atributos,  que  são  a  razão  de  ser  de  qualquer  candidato  político.  É muito comum, principalmente a candidatos das eleições proporcionais municipais,  não terem um plano de ação parlamentar definido para sua campanha e atirar para todos  os lados, falam o que vem a boca, o que está na moda e vai pra onde o vento levar.  Isso é  descabido e totalmente desprovido de senso crítico. Como disse logo acima, a “bandeira” é  a razão de ser de qualquer candidato político.   Vale esclarecer que existe uma diferença considerável entre candidatos das eleições  majoritárias  e  candidatos  das  eleições  proporcionais.  Os  candidatos  majoritários  são  aqueles candidatos que pleiteiam cargos de prefeito, governador, senador e presidente da  república. Já os candidatos proporcionais são aqueles que pleiteiam cargos de vereador,  deputado estadual e federal.   Candidatos das eleições majoritárias farão uma abordagem mais ampla passando por  todos os temas da administração pública. Com as técnicas deste manual o candidato e sua  equipe  serão  capazes  de  organizar  todas  as  abordagens  de  maneira  coesa  e  específica, 
  • 6. Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  6    adjetivos  fundamentais  para  uma  boa  apresentação  e  a  compreensão  dos  assuntos  propostos.  Já os candidatos das eleições proporcionais deverão se ater em no mínimo três temas  e no máximo cinco.   Escolhido o Tema do discurso, vamos agora para o Título.   O  Título  trás  em  si  a  organização  dos  assuntos  de  um  Tema,  ou  seja,  o  tema  “Emprego” possui vários desdobramentos, tais como: Industrialização, Fortalecimento do  Comércio, Apoio ao Pequeno e Médio Empreendedor, Cursos Profissionalizantes e assim  por diante.  Um erro grave por parte dos candidatos políticos é não se organizarem quanto aos  diversos assuntos de um tema, assim, quando são sabatinados ou surpreendidos por algum  jornalista astuto falam de tudo, mas não comunicam nada.  Outro erro comum é tentar esgotar o tema tudo de uma só vez. Embora o tempo de  uma  campanha  eleitoral  seja  curto  e  agora  ainda  mais  com  a  chegada  da  minirreforma  eleitoral que reduziu o pleito de 90 para 45 dias, o candidato precisa ser o mais específico  possível.  Para  o  discurso  modelo  deste  manual  escolhi  o  Tema:  Educação  e  agora  vamos  escolher o Título que desejo abordar para o Tema escolhido.  ___________________________________________________________________________  TEMA: EDUCAÇÃO  TÍTULO: O QUE FAZER PARA MELHORAR A ESTRUTURA NAS ESCOLAS PÚBLICAS?  ___________________________________________________________________________  Note  que  o  título  acima  propõe  um  questionamento.  Isso  não  significa  que  todo  título deva ser uma pergunta. Eu, por exemplo, gosto deste tipo de título, pois, trás consigo  uma provocação ao senso crítico, um desafio à imaginação criativa.  Outro tipo de título que gosto muito de utilizar é o título que contém números, por  exemplo:  TÍTULO: 5 ATITUDES NECESSÁRIAS PARA MELHORAR A ESTRUTURA NAS ESCOLAS  PÚBLICAS.  Observe que na primeira opção de título a plateia é levada a reflexão, a pensar em  algo necessário para a melhoria da instituição de ensino público, já na segunda opção de 
  • 7. Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  7    título o orador mostra que sabe o que fazer para melhorar a instituição de ensino público e  que irá apresentar as soluções em cinco passos, chamando a responsabilidade toda para si.   Então, qual a diferença entre escolher a primeira ou a segunda opção?  Nas duas opções o público estará ansioso por uma resposta plausível e convincente.  A diferença está em quem fala, ou seja, quando alguém se propõe a apresentar soluções,  como no exemplo do título dois, é necessário ser expert no assunto e trazer à público uma  proposta bem fundamentada, ou poderá ser “pego na mentira” ou se enrolar por falta de  aprofundamento. Já no exemplo do título um, a pessoa que fala está propondo um debate  e, deste modo, mostrando que possui força de vontade para buscar, em parceria com a  sociedade e instituições do governo, uma solução para o problema em pauta.  De qualquer maneira, quanto para um, tanto para outro, esteja preparado!     CAPITULO II: A INTRODUÇÃO DO DISCURSO.    Para construirmos a mensagem usaremos uma famosa e antiga técnica do marketing  chamada de Matriz AIDA (ATENÇÃO – INTERESSE – DESEJO – AÇÃO).  St.  Elmo  Lewis,  no  ano  de  1898,  criou  o  modelo  AIDA  para  ajudar  as  equipes  de  vendas a venderem mais a partir de uma melhor compreensão do processo de decisão do  consumidor. O  modelo AIDA descreve as motivações básicas que leva alguém a optar por  uma marca. No entanto, seu conceito continua sendo fundamental para visualizar a espinha  dorsal do marketing, da propaganda e do comportamento do consumidor.  A  seguir,  vamos  descrever  como  esse  modelo  pode  ser  aplicado  dentro  do  nosso  estudo de criação e apresentação de discursos políticos.  ATENÇÃO  A  primeira  fase  é  a  ATENÇÃO:  É  na  introdução  do  discurso  que  o  orador  deve  despertar  o  público  para  o  assunto  em  questão,  ou  seja,  para  que  a  mensagem  seja  transmitida não é necessária apenas uma plateia, mas uma plateia atenta.   É muito comum irmos a comícios, palestras e workshops e nos depararmos com uma  plateia totalmente dispersa e alheia ao assunto em debate. Isso acontece, provavelmente,  pela falta de habilidade do palestrante‐orador em despertar a atenção da sua audiência e,  em regra, isso deve ser a primeira coisa a se fazer. 
  • 8. Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  8    Para conseguir chamar a atenção do público é necessário que, em poucas palavras, o  orador consiga passar o conceito geral do seu discurso de uma forma que seja impossível  de ignorar, algo genial.  Na introdução você pode e deve utilizar os gatilhos mentais, que são frases inseridas  no  contexto  da  temática  no  intuito  de  aproximar  quem  fala  de  quem  ouve  através  das  emoções.   Gatilhos mentais são técnicas de persuasão que se relacionam com aspectos  instintivos, emocionais e sociais presentes em todos os seres humanos.  Como você deve saber, persuadir é a arte de conseguirmos fazer com que pessoas  ajam, sintam ou pensem como queremos.  A persuasão nunca deve ser confundida com manipulação que pode ser entendida,  resumidamente, como sendo a persuasão sem ética.  “Os gatilhos mentais é a habilidade de trazer pessoas para o nosso lado, mudando  apenas a maneira como apresentamos nossos argumentos”. Trecho retirado do livro “As  Armas da Persuasão” de Roberto Cialdinni.  NOTA:  Caso  você  (leitor)  queira  se  aprofundar  no  tema  “Gatilhos  Mentais  e  Persuasão” recomendo adquirir o Manual: “Mestre da Persuasão” do maior especialista  no assunto, hoje em dia, no Brasil – Edson Oliveira. (Clique Aqui para visitar a página de  compra)  Para  o  discurso  modelo  deste  manual  utilizarei  o  Gatilho  Mental  SENTIMENTO  DE  IMPORTÂNCIA.  Para fazer proveito desse gatilho mental, você deve criar ligações emocionais com  seu ouvinte e fazê‐lo sentir‐se importante.   As  pessoas  querem  se  sentir  importantes.  O  ser  humano,  desde  cedo,  quer  ser  mimado  ou  admirado  por  uma  característica  ou  habilidade.  Para  que  você  ganhe  a  confiança das pessoas nada é mais útil do que mostrar‐lhe que ele realmente importa.  Dentro da introdução vamos também inserir os protocolos e citar, estrategicamente,  o  título  do  nosso  discurso.  Vamos  imaginar  que  estamos  em  uma  campanha  eleitoral  municipal e o nosso ator político seja um candidato a vereador, que tenha alguma ligação,  direta ou indireta, com o tema proposto do discurso e que já tenha definido o seu público  alvo.   
  • 9. Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  9    TEMA: EDUCAÇÃO  TÍTULO: O QUE FAZER PARA MELHORAR A ESTRUTURA NAS ESCOLAS PÚBLICAS?  INTRODUÇÃO:  Boa  noite.  Eu  sou  o  “José  da  Biblioteca”,  candidato  a  vereador  pelo  “partido  dos  bibliotecários”  com  o  número  99.123  e  hoje  venho  aqui  para  falar  com  vocês  sobre  Educação (tema).  O que fazer para melhorar a estrutura nas escolas públicas? (Título)  Quando  eu  falo  em  estrutura  não  estou  somente  citando  a  estrutura  física  da  instituição, como, reformas e construção de salas de aula, mas também, sobre a estrutura  humana:  melhores  oportunidades  aos  profissionais  da  educação,  valorização  dos  professores,  qualidade  de  ensino  aos  alunos  e  mais  segurança  e  confiança  às  famílias  envolvidas no processo estudantil, tanto para as famílias dos alunos quanto para as famílias  dos educadores. (Nesse ponto o orador estabeleceu um link de conexão emocional com  grande  parte  dos  presentes  ao  citar:  profissionais  da  educação,  professores,  alunos  e  familiares. Eis o Gatilho do Sentimento de Importância na prática.). [fim da introdução]    Continuando...  Assim que for estabelecida uma conexão com o público despertando sua ATENÇÃO  para o discurso, é chegada a hora de gerar o INTERESSE e o DESEJO na plateia em continuar  com você até o final e prepara‐los para a AÇÃO desejada.  As pausas do discurso também são muito importantes para a assimilação da plateia.  Portanto, ao final da introdução inclua uma pausa de 3 segundos e siga para a mensagem,  que é o assunto do próximo capítulo.     CAPITULO III: A MENSAGEM DO DISCURSO.    A  mensagem  do  discurso  deve  ser  objetiva,  sucinta,  coesa  e  deve  conter  cinco  princípios  de  persuasão  a  fim  de  despertar  o  INTERESSE  na  plateia  em  conhecer  suas  propostas e, em seguida, o DESEJO de obter os resultados positivos através do seu trabalho,  percebido como sério e coerente por meio do discurso apresentado. 
  • 10. Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  10    É  óbvio,  não  se  pode  apresentar  uma  proposta  sem  embasamento,  uma  história  fictícia, desprovida de verdades e que foge dos conhecimentos ou aptidões do ator político.  “Não invente uma história, organize suas experiências de vida e conte a sua própria  história.”   Para estruturar nosso discurso a fim de despertar o interesse do público ao assunto  proposto vamos utilizar três princípios de linguagem persuasiva (ética).  São eles:  1. Problema Específico.  2. Identificação com o Problema.  3. Causa / Vilão.  Para que você possa usar o princípio do PROBLEMA ESPECÍFICO é necessário trazer a  tona um problema, mexer na ferida e apontar uma dor do seu público alvo.   No caso do nosso tema, é possível apontar um problema (real) que ao longo dos anos  tem sucateado o sistema de ensino público, algo que não tem como, quem ouve e participa  do processo, negar.  Em seguida vem a IDENTIFICAÇÃO COM O PROBLEMA.   Nesta  fase  do  discurso  devem‐se  abordar  os  efeitos  negativos  do  problema  relacionando‐o com as possíveis experiências do seu público‐alvo, fazendo‐os lembrar de  algo que lhes tenha causado dor e sofrimento relativo ao problema.   No caso do nosso tema, poderemos citar um exemplo recente ocorrido em alguma  instituição de ensino que tenha relação direta com o contexto do discurso.  Enfim, a CAUSA / VILÃO. Chegou a hora de apontar a deficiência do sistema, o que  está ou tem causado o problema específico.   No  caso  do  nosso  tema,  é  possível  dizer  que  o  plano  organizacional  não  foi  desenvolvido  com  foco  na  produtividade  dentro  da  cadeia  sistêmica  de  ensino  público  tendo em vista o ambiente colaborativo.   Veja como será desenvolvida a primeira parte da nossa mensagem usando estes três  princípios apresentados de linguagem persuasiva.       
  • 11. Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  11    [inicio da mensagem]     Quando  planejaram  o  sistema  público  de  ensino,  há  alguns  anos  atrás,  o  objetivo  central foi o de evitar o número excessivo de alunos dentro das salas de aulas, com isso, o  sistema não prioriza mais o aprendizado, mas apenas o cumprimento da grade curricular  tornando o sistema num processo mecanizado. (Problema Específico)    Hoje é comum, em quase todas as escolas do sistema público, observarmos alunos  concluindo o ensino médio na situação de semianalfabetos. Isso, quando não abandonam  os estudos. (Identificação do Problema)    Eu acredito, piamente, que o problema não está nos profissionais da educação, não  está nos professores e, muito menos, nos alunos. O problema está no sistema que, ao invés  de  corroborar  o  aprendizado,  visa  apenas  resolver  seus  problemas  estruturais  internos.  (Causa / Vilão).   [fim da primeira parte da mensagem]    Observe  como  um  pequeno  texto  pode  causar  grande  impacto  no  público‐alvo  dentro de um discurso sem ser redundante, sem ser cansativo, longo e chato.    Neste momento o orador já terá, diante de si, uma plateia quase que totalmente fixa  e  atenta  ao  seu  discurso,  harmonizado  com  seus  conceitos  e  empática  às  suas  ideias  e  ideais.    Chegou a hora de passarmos à segunda parte da mensagem do discurso utilizando  mais dois princípios da persuasão.  São eles:  1. A SOLUÇÃO.  2. CELEBRANDO O FUTURO.  Apenas dizer que tem ou existe uma solução ao problema exposto não é o suficiente  para conquistar a confiança do público‐alvo. É necessário mostrar que a solução é eficaz,  objetiva e com seus respectivos resultados.  Caso  se  tenha  acesso  a  exemplos  de  sucesso  do  modelo  de  solução  apresentado,  dentro ou fora do Brasil, este é o momento de mostrá‐los ao público ou, se não houver  cases de sucesso esta é a hora de defender as suas teses relativa à SOLUÇÃO do problema.   Em  seguida  vamos  levar  o  público  a  uma  nova  perspectiva,  a  visão  de  um  futuro  melhor, mais chances e oportunidades, mostrar como será o futuro após a implantação da  solução. Enfim, é o momento de CELEBAR O FUTURO.    
  • 12. Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  12    [segunda parte da mensagem]    Para  modificar  essa  realidade  catastrófica  se  faz  necessário  uma  total  e  completa  reestruturação do sistema público de ensino, onde os profissionais da educação tenham  plano  de  carreira,  onde  os  educadores  tenham  maior  valorização,  não  só  em  relação  a  melhores  salários  e  gratificações,  mas  respeitando‐os  como  agente  de  transformação  humana e social.   Melhorando as relações humanas e o ambiente escolar, teremos alunos com maior  motivação,  disciplina  e  melhor  aprendizado,  dividindo  as  responsabilidades  entre  todos  através de um sistema de colaboração participativa, como nos países de primeiro mundo.  (A Solução).    Ao  invés  de  enxergarmos  as  instituições  de  ensino  apenas  como  um  centro  de  convivência  para  jovens  e  crianças,  ficou  claro  que  a  escola  tem  condições  de  formar  cidadãos para a vida, sendo essa a principal razão e o objetivo final de todo o processo  educacional. (Celebrando o Futuro)  [fim da mensagem]         No  próximo  capítulo  vamos  tratar  do  desfecho,  do  gran  finale,  a  conclusão  do  nosso  discurso.     CAPITULO IV: A CONCLUSÃO DO DISCURSO.      Um erro que a maioria das pessoas comete em várias áreas da sua vida é tentarem  refazer o percurso ao invés de encerrá‐lo.     É o mesmo que um vendedor continuar vendendo, pra mesma pessoa, algo que já  conseguiu vender a ela. Um pastor continuar pregando após o amém. E assim por diante.  Parece loucura?  Mas não é. Isso é o que mais acontece no dia a dia das pessoas.  As causas deste erro podem variar de insegurança até empolgação.  
  • 13. Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  13    Portanto, muito cuidado com isso. A conclusão não é para voltar ao assunto, mas,  para convidar a plateia a uma ação especifica. No nosso caso, a votar no candidato político.  Para conseguir que o público faça, justamente, o que você pretende que eles façam é  necessário motivá‐los, encorajá‐los e mostrar claramente o caminho de como elas devem  fazer isso.  Na conclusão você poderá enfatizar seu slogan de campanha, dar força ao seu grito  de guerra e reafirmar a sua posição diante do eleitor.  [conclusão do discurso]  Portanto,  me candidatei ao cargo de  vereador com o  imenso desejo  de  lutar pelo  futuro da educação em nossa cidade. O que me motiva é saber que não estou sozinho e,  assim  como  eu,  tem  muitos  aqui  que  acreditam  que  essas  reformas  são  possíveis  e  benéficas para todo o sistema educacional, para toda a comunidade e para o futuro dos  nossos filhos e netos.  Junte‐se a nós nesta luta. Vamos fazer a diferença através da nossa força, a força do  povo, a força da vontade e a força do nosso voto.  No  dia  3  de  Outubro  vote  José  da  Biblioteca,  Vote  99.123,  aperte  9,  9,  1,  2,  3  e  confirma por um futuro construído por livros.  [fim do discurso]      VEJA NA ÍNTEGRA, COMO FICOU O NOSSO DISCURSO MODELO:      TEMA: EDUCAÇÃO  TÍTULO: O QUE FAZER PARA MELHORAR A ESTRUTURA NAS ESCOLAS PÚBLICAS?  INTRODUÇÃO:  Boa  noite.  Eu  sou  o  “José  da  Biblioteca”,  candidato  a  vereador  pelo  “partido  dos  bibliotecários”  com  o  número  99.123  e  hoje  venho  aqui  para  falar  com  vocês  sobre  Educação.  O que fazer para melhorar a estrutura nas escolas públicas? 
  • 14. Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  14    Ao  falar  em  estrutura  não  estou  somente  citando  a  estrutura  física  da  instituição,  como, reformas e construção de salas de aula, mas também, sobre a estrutura humana:  melhores  oportunidades  aos  profissionais  da  educação,  valorização  dos  professores,  qualidade  de  ensino  aos  alunos  e  mais  segurança  e  confiança  às  famílias  envolvidas  no  processo  estudantil,  tanto  para  as  famílias  dos  alunos  quanto  para  as  famílias  dos  educadores.    Quando  planejaram  o  sistema  público  de  ensino,  há  alguns  anos  atrás,  o  objetivo  central foi o de evitar o número excessivo de alunos dentro das salas de aulas, com isso, o  sistema não prioriza mais o aprendizado, mas apenas o cumprimento da grade curricular  tornando o sistema num processo mecanizado.    Hoje é comum, em quase todas as escolas do sistema público, observarmos alunos  concluindo o ensino médio na situação de semianalfabetos. Isso, quando não abandonam  os estudos.    Eu acredito, piamente, que o problema não está nos profissionais da educação, não  está nos professores e, muito menos, nos alunos. O problema está no sistema que, ao invés  de corroborar o aprendizado, visa apenas resolver seus problemas estruturais internos.  Para  modificar  essa  realidade  catastrófica  se  faz  necessário  uma  total  e  completa  reestruturação do sistema público de ensino, onde os profissionais da educação tenham  plano  de  carreira,  onde  os  educadores  tenham  maior  valorização,  não  só  em  relação  a  melhores  salários  e  gratificações,  mas  respeitando‐os  como  agente  de  transformação  humana e social.   Melhorando as relações humanas e o ambiente escolar, teremos alunos com maior  motivação,  disciplina  e  melhor  aprendizado,  dividindo  as  responsabilidades  entre  todos  através de um sistema de colaboração participativa, como nos países de primeiro mundo.  Ao  invés  de  enxergarmos  as  instituições  de  ensino  apenas  como  um  centro  de  convivência  para  jovens  e  crianças,  ficou  claro  que  a  escola  tem  condições  de  formar  cidadãos para a vida, sendo essa a principal razão e o objetivo final de todo o processo  educacional.  Portanto,  me candidatei ao cargo de  vereador com o  imenso desejo  de  lutar pelo  futuro da educação em nossa cidade. O que me motiva é saber que não estou sozinho e,  assim  como  eu,  tem  muitos  aqui  que  acreditam  que  essas  reformas  são  possíveis  e  benéficas para todo o sistema educacional, para toda a comunidade e para o futuro dos  nossos filhos e netos. 
  • 15. Consultório Politico | 4 Passos Para Criar Discursos Políticos de 3 Minutos Arrasadores e Altamente Persuasivos.  15    Junte‐se a nós nesta luta. Vamos fazer a diferença através da nossa força, a força do  povo,  a  força  da  vontade  e  a  força  do  nosso  voto.  No  dia  3  de  Outubro  vote  José  da  Biblioteca, Vote 99.123, aperte 9, 9, 1, 2, 3 e confirma por um futuro construído por livros.     CONSIDERAÇÕES FINAIS.    Por  você  ter  chegado  até  o  final  deste  e‐book  eu  quero  presenteá‐lo  com  mais  algumas dicas importantes.   Ao apresentar o seu discurso você deve tomar alguns cuidados importantes em relação  à postura, volume de voz e entonação. Mantenha o corpo ereto, deixe as mãos livres,  nunca  no  bolso,  comece  o  discurso  com  voz  suave  e  ritmo  normal.  Ao  apresentar  o  problema específico seja enfático e eloquente. Na apresentação da solução seja firme e  demonstre confiança, o que é bem diferente de arrogância. Por fim, na conclusão, seja  vibrante, emocione e contagie o seu público.   Sempre  que  for  passar  de  um  momento  para  o  outro  do  discurso  (introdução,  mensagem e conclusão), faça uma pequena pausa de 3 segundos. Isso ajuda a plateia  compreender melhor a mensagem e ter a noção de tempo e espaço.   Sempre que você tiver dados estatísticos a respeito do tema apresentado, inclua‐os no  seu discurso e cite as fontes. Isso vai gerar mais autoridade pra você e credibilidade à  mensagem.   Ao discursar, não fixe seu olhar em apenas um ponto. Olhe para as pessoas, se houver  espaço faça algumas pequenas caminhadas pelo palanque. Isso passará a impressão ao  público de que você está à vontade, que domina o assunto e que realmente está falando  com eles.   IMPORTANTE: Seja original, não tente imitar ou copiar alguém. As pessoas admiram a  originalidade e isso o destacará dentre as multidões.   Esta  técnica,  bem  como,  o  texto  que  você  e/ou  sua  equipe  desenvolver  poderá  ser  usado como postagens em seu blog pessoal ou site de campanha.   Espero que tenha gostado deste pequeno manual e que com esses conhecimentos eu  possa ter ajudado candidatos políticos de todo o Brasil a melhorarem suas performances  em  discursos,  contribuindo  para  uma  melhor  campanha  eleitoral,  evitando  divagações  e  mensagem desconexa no momento de enfrentar o público.  Com toda humildade, se este manual for capaz de ajudar pelo menos uma pessoa eu  já  estaria  muito  feliz  e  realizado.  Não  importa  como,  não  importa  quando,  não  importa