SlideShare uma empresa Scribd logo
Ellen White e a Natureza de Cristo
                      Fábio Paradela

                  28 de Julho de 2012
“Deixando as cortes reais do céu, Cristo veio ao
mundo para representar o caráter de Seu Pai, e,
portanto, ajudar a humanidade a retornar à sua
 lealdade. A imagem de Satanás estava sob o
homem, e Cristo veio para que pudesse trazer a
eles poder moral e eficiência. Ele veio como um
 vulnerável bebê, levando a humanidade que
                nós levamos.”

     A Mensageira do Senhor, p. 925
“... Para nos assegurar Seu imutável conselho
de paz, Deus deu seu Filho unigênito a fim de
que Se tornasse membro da família humana,
retendo para sempre sua natureza humana.”

 O Desejado do Todas as Nações, p. 25
“Quando Jesus tomou a natureza humana e
 assumiu a forma de um homem, Ele possuía
      todo o organismo humano. Suas
necessidades físicas a serem supridas, cansaço
físico a ser aliviado. Por meio da oração ao Pai,
   Ele estava sempre revigorado para Seus
        deveres e para as provações.”

              Carta 32, p. 1130
“Teria sido uma quase infinita humilhação para o
Filho de Deus, revestir-Se da natureza humana
   mesmo quando Adão permanecia em seu
   estado de inocência, no Éden. Mas Jesus
aceitou a humanidade quando a raça havia sido
  enfraquecida por quatro mil anos de pecado.
    Como qualquer filho de Adão, aceitou os
    resultados da operação da grande lei da
                hereditariedade.
... O que estes resultados foram, manifesta-se na
 história de Seus ancestrais terrestres. Veio com
     essa hereditariedade para partilhar de
     nossas dores e tentações, e dar-nos o
        exemplo de uma vida impecável.”

   O Desejado de Todas as Nações, p. 49
“Foi por ordem de Deus que Cristo levou sobre
si a forma e a natureza do homem caído, a fim
de que Ele pudesse ser aperfeiçoado através do
 sofrimento. Ele mesmo suportou as tentações
 de Satanás para que pudesse entender como
         socorrer os que são tentados.”

Review and Herald, 31 de Dezembro de 1872
“Ele orava pelos Seus discípulos e por Si mesmo,
assim Se identificando com nossas necessidades,
  com nossas fraquezas e falhas, tão comuns à
 humanidade. Era um poderoso solicitador, não
   possuindo as paixões de nossa natureza
caída, mas rodeado das mesmas enfermidades,
 tentado em todos os pontos como nós somos.
Jesus suportou sofrimentos que requeriam ajuda
        e sustento da parte de Seu Pai.”

     Testemunhos para a Igreja, p. 508
“Cristo não era insensível à ignomínia e à
 desgraça. Ele as sentiu de maneira muito mais
profunda e aguda do que nós podemos sentir o
    sofrimento, pois Sua natureza era mais
  elevada, mais pura e mais santa do que a
 natureza da raça pecaminosa por quem Ele
                   sofreu.”

Review and Herald, 11 de Setembro de 1888
“[Em Cristo] a divindade não Se tornou humana,
  e o humano não foi deificado pela fusão das
duas naturezas. Cristo não possuía a mesma
deslealdade pecaminosa, corrupta e decaída
  que nós possuímos, pois então Ele não
     poderia ser um sacrifício perfeito.”

 Review and Herald, 25 de Abril de 1893
“Jesus era sem pecado e não tinha pecado e
não tinha medo das consequências do pecado.
Com essa exceção Sua condição era como a
                  nossa.”

          Our High Calling, 59
“Seja cuidadoso, exageradamente cuidadoso ao
  tratar da natureza humana de Cristo. Não o
  apresente diante das pessoas como um
homem com propensões para o pecado. Ele
            é o segundo Adão ...”

       Carta a William Baker, 1895
Mateus 22:37-39



“E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus
  de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e
  de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e
 grande mandamento. E o segundo, semelhante
   a este, é: Amarás o teu próximo como a ti
                    mesmo.”
Romanos 5:19




 “Porque, como pela desobediência de um só
  homem, muitos foram feitos pecadores, assim
   pela obediência de um muitos serão feitos
                    justos.”
Ellen White e a Natureza de Cristo
                      Fábio Paradela

                  28 de Julho de 2012

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mateus 28 falso ou verdadeiro
Mateus 28 falso ou verdadeiroMateus 28 falso ou verdadeiro
Mateus 28 falso ou verdadeiro
Eduardo Sousa Gomes
 
Jesus filho deus
Jesus filho deusJesus filho deus
Jesus filho deus
Histórico Angola
 
A NATUREZA HUMANA DE CRISTO
A NATUREZA HUMANA DE CRISTOA NATUREZA HUMANA DE CRISTO
A NATUREZA HUMANA DE CRISTO
ASD Remanescentes
 
7. arrebatamento
7. arrebatamento7. arrebatamento
7. arrebatamento
Moisés Sampaio
 
O tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardõesO tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardões
Márcio Martins
 
34. O Profeta Oséias
34. O Profeta Oséias34. O Profeta Oséias
34. O Profeta Oséias
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!
A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!
A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!
ASD Remanescentes
 
LIÇÃO 08 - A GRANDE TRIBULAÇÃO
LIÇÃO 08 - A GRANDE TRIBULAÇÃOLIÇÃO 08 - A GRANDE TRIBULAÇÃO
LIÇÃO 08 - A GRANDE TRIBULAÇÃO
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
19º AULA - AS SETE TAÇAS DO APOCALIPSE
19º AULA - AS SETE TAÇAS DO APOCALIPSE19º AULA - AS SETE TAÇAS DO APOCALIPSE
19º AULA - AS SETE TAÇAS DO APOCALIPSE
RODRIGO FERREIRA
 
4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1° TRIMESTRE 2016 Lição 11 O juizo final.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1° TRIMESTRE 2016 Lição 11 O juizo final.EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1° TRIMESTRE 2016 Lição 11 O juizo final.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1° TRIMESTRE 2016 Lição 11 O juizo final.
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...
Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...
Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...
ASD Remanescentes
 
EPÍSTOLAS DE PEDRO
EPÍSTOLAS DE PEDROEPÍSTOLAS DE PEDRO
EPÍSTOLAS DE PEDRO
Cesar Oliveira
 
Lição 13 O SACERDÓCIO CELESTIAL
Lição 13 O SACERDÓCIO CELESTIALLição 13 O SACERDÓCIO CELESTIAL
Lição 13 O SACERDÓCIO CELESTIAL
Hamilton Souza
 
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo DiaHistória da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
Walter Mendes
 
As setenta semanas
As setenta semanasAs setenta semanas
As setenta semanas
Moisés Sampaio
 
Dom de Profecia.pps
Dom de Profecia.ppsDom de Profecia.pps
Dom de Profecia.pps
Herbert de Carvalho
 
Daniel 8 a visao do carneiro e do bode
Daniel 8 a visao do carneiro e do bodeDaniel 8 a visao do carneiro e do bode
Daniel 8 a visao do carneiro e do bode
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Ellen white e o texto de mateus 28:19
Ellen white e o texto de mateus 28:19Ellen white e o texto de mateus 28:19
Ellen white e o texto de mateus 28:19
ASD Remanescentes
 
Lição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Lição 7 - A Necessidade do Novo NascimentoLição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Lição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Éder Tomé
 

Mais procurados (20)

Mateus 28 falso ou verdadeiro
Mateus 28 falso ou verdadeiroMateus 28 falso ou verdadeiro
Mateus 28 falso ou verdadeiro
 
Jesus filho deus
Jesus filho deusJesus filho deus
Jesus filho deus
 
A NATUREZA HUMANA DE CRISTO
A NATUREZA HUMANA DE CRISTOA NATUREZA HUMANA DE CRISTO
A NATUREZA HUMANA DE CRISTO
 
7. arrebatamento
7. arrebatamento7. arrebatamento
7. arrebatamento
 
O tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardõesO tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardões
 
34. O Profeta Oséias
34. O Profeta Oséias34. O Profeta Oséias
34. O Profeta Oséias
 
A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!
A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!
A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!
 
LIÇÃO 08 - A GRANDE TRIBULAÇÃO
LIÇÃO 08 - A GRANDE TRIBULAÇÃOLIÇÃO 08 - A GRANDE TRIBULAÇÃO
LIÇÃO 08 - A GRANDE TRIBULAÇÃO
 
19º AULA - AS SETE TAÇAS DO APOCALIPSE
19º AULA - AS SETE TAÇAS DO APOCALIPSE19º AULA - AS SETE TAÇAS DO APOCALIPSE
19º AULA - AS SETE TAÇAS DO APOCALIPSE
 
4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos
 
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1° TRIMESTRE 2016 Lição 11 O juizo final.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1° TRIMESTRE 2016 Lição 11 O juizo final.EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1° TRIMESTRE 2016 Lição 11 O juizo final.
EBD CPAD LIÇÕES BÍBLICAS 1° TRIMESTRE 2016 Lição 11 O juizo final.
 
Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...
Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...
Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...
 
EPÍSTOLAS DE PEDRO
EPÍSTOLAS DE PEDROEPÍSTOLAS DE PEDRO
EPÍSTOLAS DE PEDRO
 
Lição 13 O SACERDÓCIO CELESTIAL
Lição 13 O SACERDÓCIO CELESTIALLição 13 O SACERDÓCIO CELESTIAL
Lição 13 O SACERDÓCIO CELESTIAL
 
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo DiaHistória da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
As setenta semanas
As setenta semanasAs setenta semanas
As setenta semanas
 
Dom de Profecia.pps
Dom de Profecia.ppsDom de Profecia.pps
Dom de Profecia.pps
 
Daniel 8 a visao do carneiro e do bode
Daniel 8 a visao do carneiro e do bodeDaniel 8 a visao do carneiro e do bode
Daniel 8 a visao do carneiro e do bode
 
Ellen white e o texto de mateus 28:19
Ellen white e o texto de mateus 28:19Ellen white e o texto de mateus 28:19
Ellen white e o texto de mateus 28:19
 
Lição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Lição 7 - A Necessidade do Novo NascimentoLição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
Lição 7 - A Necessidade do Novo Nascimento
 

Destaque

Conheça jesus - Único, Incomparável, Maravilhoso
Conheça jesus - Único, Incomparável, MaravilhosoConheça jesus - Único, Incomparável, Maravilhoso
Conheça jesus - Único, Incomparável, Maravilhoso
José Arnaldo
 
Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009
Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009
Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009
Media Education
 
Ellen white contra o culto chato
Ellen white contra o culto chatoEllen white contra o culto chato
Ellen white contra o culto chato
isaacmalheiros
 
Ellen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja Adventista
Ellen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja AdventistaEllen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja Adventista
Ellen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja Adventista
ASD Remanescentes
 
O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white
O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen whiteO ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white
O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white
Eduardo Sousa Gomes
 
A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.
A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.
A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.
ASD Remanescentes
 
Previsões de Ellen White sobre a IASD e o Ecumenismo
Previsões de Ellen White sobre a IASD e o EcumenismoPrevisões de Ellen White sobre a IASD e o Ecumenismo
Previsões de Ellen White sobre a IASD e o Ecumenismo
ASD Remanescentes
 
Qual seria a condição da IASD nos ultimos dias segundo Ellen White
Qual seria a condição da IASD nos ultimos dias segundo Ellen WhiteQual seria a condição da IASD nos ultimos dias segundo Ellen White
Qual seria a condição da IASD nos ultimos dias segundo Ellen White
ASD Remanescentes
 
Perdido esquecido e encontrado
Perdido esquecido e encontradoPerdido esquecido e encontrado
Perdido esquecido e encontrado
Eduardo Sousa Gomes
 
Citações chocantes de Ellen White sobre a IASD
Citações chocantes de Ellen White sobre a IASDCitações chocantes de Ellen White sobre a IASD
Citações chocantes de Ellen White sobre a IASD
ASD Remanescentes
 
Cristologia posição da iasd
Cristologia  posição da iasdCristologia  posição da iasd
Cristologia posição da iasd
C. Soares
 
Estudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito SantoEstudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito Santo
Rodrigo Bomfim
 
QUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTOQUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTO
ASD Remanescentes
 
Espírito santo (parte 1)
Espírito santo (parte 1)Espírito santo (parte 1)
Espírito santo (parte 1)
ESTUDANTETEOLOGIA
 
Cristologia - Natureza humana de Cristo - Matheus Rocha
Cristologia - Natureza humana de Cristo - Matheus RochaCristologia - Natureza humana de Cristo - Matheus Rocha
Cristologia - Natureza humana de Cristo - Matheus Rocha
Matheus Rocha
 
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIAMINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
Leonam dos Santos
 
Teologia sistematica - Cristologia
Teologia sistematica - CristologiaTeologia sistematica - Cristologia
Teologia sistematica - Cristologia
Gcom digital factory
 

Destaque (17)

Conheça jesus - Único, Incomparável, Maravilhoso
Conheça jesus - Único, Incomparável, MaravilhosoConheça jesus - Único, Incomparável, Maravilhoso
Conheça jesus - Único, Incomparável, Maravilhoso
 
Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009
Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009
Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009
 
Ellen white contra o culto chato
Ellen white contra o culto chatoEllen white contra o culto chato
Ellen white contra o culto chato
 
Ellen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja Adventista
Ellen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja AdventistaEllen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja Adventista
Ellen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja Adventista
 
O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white
O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen whiteO ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white
O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white
 
A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.
A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.
A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.
 
Previsões de Ellen White sobre a IASD e o Ecumenismo
Previsões de Ellen White sobre a IASD e o EcumenismoPrevisões de Ellen White sobre a IASD e o Ecumenismo
Previsões de Ellen White sobre a IASD e o Ecumenismo
 
Qual seria a condição da IASD nos ultimos dias segundo Ellen White
Qual seria a condição da IASD nos ultimos dias segundo Ellen WhiteQual seria a condição da IASD nos ultimos dias segundo Ellen White
Qual seria a condição da IASD nos ultimos dias segundo Ellen White
 
Perdido esquecido e encontrado
Perdido esquecido e encontradoPerdido esquecido e encontrado
Perdido esquecido e encontrado
 
Citações chocantes de Ellen White sobre a IASD
Citações chocantes de Ellen White sobre a IASDCitações chocantes de Ellen White sobre a IASD
Citações chocantes de Ellen White sobre a IASD
 
Cristologia posição da iasd
Cristologia  posição da iasdCristologia  posição da iasd
Cristologia posição da iasd
 
Estudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito SantoEstudo Sobre o Espírito Santo
Estudo Sobre o Espírito Santo
 
QUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTOQUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTO
 
Espírito santo (parte 1)
Espírito santo (parte 1)Espírito santo (parte 1)
Espírito santo (parte 1)
 
Cristologia - Natureza humana de Cristo - Matheus Rocha
Cristologia - Natureza humana de Cristo - Matheus RochaCristologia - Natureza humana de Cristo - Matheus Rocha
Cristologia - Natureza humana de Cristo - Matheus Rocha
 
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIAMINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
MINI-CURSO DE TEOLOGIA - CRISTOLOGIA
 
Teologia sistematica - Cristologia
Teologia sistematica - CristologiaTeologia sistematica - Cristologia
Teologia sistematica - Cristologia
 

Semelhante a 4 - Ellen White e a Natureza de Cristo

A natureza humana
A natureza humanaA natureza humana
A natureza humana
Jose Moraes
 
❉ Respostas_222016_Início do ministério de Cristo_GGR
❉ Respostas_222016_Início do ministério de Cristo_GGR❉ Respostas_222016_Início do ministério de Cristo_GGR
❉ Respostas_222016_Início do ministério de Cristo_GGR
Gerson G. Ramos
 
Refletindo a cristo (rc) mm
Refletindo a cristo (rc)   mmRefletindo a cristo (rc)   mm
Refletindo a cristo (rc) mm
Gérson Fagundes da Cunha
 
A humanidade de cristo
A humanidade de cristoA humanidade de cristo
A humanidade de cristo
Eduardo Sousa Gomes
 
❉ Respostas_122016_Filho de Davi_GGR
❉ Respostas_122016_Filho de Davi_GGR❉ Respostas_122016_Filho de Davi_GGR
❉ Respostas_122016_Filho de Davi_GGR
Gerson G. Ramos
 
Ele tornou-se nós, parte 2 | Dra. Andrea Amaral
Ele tornou-se nós, parte 2 | Dra. Andrea AmaralEle tornou-se nós, parte 2 | Dra. Andrea Amaral
Ele tornou-se nós, parte 2 | Dra. Andrea Amaral
Finn Mertens
 
Lição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editado
Lição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editadoLição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editado
Lição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editado
Pr Neto
 
O poder do Sangue de Jesus
O poder do Sangue de JesusO poder do Sangue de Jesus
O poder do Sangue de Jesus
Pastor Robson Colaço
 
05. corpo
05. corpo05. corpo
05. corpo
pohlos
 
Estudando plano salvacao
Estudando plano salvacaoEstudando plano salvacao
Estudando plano salvacao
Elias Nogueira
 
Lição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
Lição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráterLição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
Lição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
Erberson Pinheiro
 
A verdade presente folheto livro
A verdade presente folheto livroA verdade presente folheto livro
A verdade presente folheto livro
rogermoon
 
❉ Respostas 612016_Vitória no deserto_GGR
❉ Respostas 612016_Vitória no deserto_GGR❉ Respostas 612016_Vitória no deserto_GGR
❉ Respostas 612016_Vitória no deserto_GGR
Gerson G. Ramos
 
A natureza humana de cristo
A natureza humana de cristoA natureza humana de cristo
A natureza humana de cristo
Monteiro07
 
03 A Condicao Humana De Jesus
03 A Condicao Humana De Jesus03 A Condicao Humana De Jesus
03 A Condicao Humana De Jesus
Herbert de Carvalho
 
❉ Respostas_812016_Companheiros de armas_GGR
❉ Respostas_812016_Companheiros de armas_GGR❉ Respostas_812016_Companheiros de armas_GGR
❉ Respostas_812016_Companheiros de armas_GGR
Gerson G. Ramos
 
.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx
.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx
.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx
NeyCardoso4
 
Aguilhão
AguilhãoAguilhão
A Maravilhosa Graça de Deus (MG) - MM
A Maravilhosa Graça de Deus (MG) - MMA Maravilhosa Graça de Deus (MG) - MM
A Maravilhosa Graça de Deus (MG) - MM
Gérson Fagundes da Cunha
 
A natureza humana de Cristo
A natureza humana de CristoA natureza humana de Cristo
A natureza humana de Cristo
Luciano Armando
 

Semelhante a 4 - Ellen White e a Natureza de Cristo (20)

A natureza humana
A natureza humanaA natureza humana
A natureza humana
 
❉ Respostas_222016_Início do ministério de Cristo_GGR
❉ Respostas_222016_Início do ministério de Cristo_GGR❉ Respostas_222016_Início do ministério de Cristo_GGR
❉ Respostas_222016_Início do ministério de Cristo_GGR
 
Refletindo a cristo (rc) mm
Refletindo a cristo (rc)   mmRefletindo a cristo (rc)   mm
Refletindo a cristo (rc) mm
 
A humanidade de cristo
A humanidade de cristoA humanidade de cristo
A humanidade de cristo
 
❉ Respostas_122016_Filho de Davi_GGR
❉ Respostas_122016_Filho de Davi_GGR❉ Respostas_122016_Filho de Davi_GGR
❉ Respostas_122016_Filho de Davi_GGR
 
Ele tornou-se nós, parte 2 | Dra. Andrea Amaral
Ele tornou-se nós, parte 2 | Dra. Andrea AmaralEle tornou-se nós, parte 2 | Dra. Andrea Amaral
Ele tornou-se nós, parte 2 | Dra. Andrea Amaral
 
Lição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editado
Lição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editadoLição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editado
Lição 13 jesus cristo o modelo supremo de caráter_editado
 
O poder do Sangue de Jesus
O poder do Sangue de JesusO poder do Sangue de Jesus
O poder do Sangue de Jesus
 
05. corpo
05. corpo05. corpo
05. corpo
 
Estudando plano salvacao
Estudando plano salvacaoEstudando plano salvacao
Estudando plano salvacao
 
Lição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
Lição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráterLição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
Lição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
 
A verdade presente folheto livro
A verdade presente folheto livroA verdade presente folheto livro
A verdade presente folheto livro
 
❉ Respostas 612016_Vitória no deserto_GGR
❉ Respostas 612016_Vitória no deserto_GGR❉ Respostas 612016_Vitória no deserto_GGR
❉ Respostas 612016_Vitória no deserto_GGR
 
A natureza humana de cristo
A natureza humana de cristoA natureza humana de cristo
A natureza humana de cristo
 
03 A Condicao Humana De Jesus
03 A Condicao Humana De Jesus03 A Condicao Humana De Jesus
03 A Condicao Humana De Jesus
 
❉ Respostas_812016_Companheiros de armas_GGR
❉ Respostas_812016_Companheiros de armas_GGR❉ Respostas_812016_Companheiros de armas_GGR
❉ Respostas_812016_Companheiros de armas_GGR
 
.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx
.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx
.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx
 
Aguilhão
AguilhãoAguilhão
Aguilhão
 
A Maravilhosa Graça de Deus (MG) - MM
A Maravilhosa Graça de Deus (MG) - MMA Maravilhosa Graça de Deus (MG) - MM
A Maravilhosa Graça de Deus (MG) - MM
 
A natureza humana de Cristo
A natureza humana de CristoA natureza humana de Cristo
A natureza humana de Cristo
 

Último

MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
ElijainaVelozoGonalv
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 

Último (18)

MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 

4 - Ellen White e a Natureza de Cristo

  • 1. Ellen White e a Natureza de Cristo Fábio Paradela 28 de Julho de 2012
  • 2.
  • 3. “Deixando as cortes reais do céu, Cristo veio ao mundo para representar o caráter de Seu Pai, e, portanto, ajudar a humanidade a retornar à sua lealdade. A imagem de Satanás estava sob o homem, e Cristo veio para que pudesse trazer a eles poder moral e eficiência. Ele veio como um vulnerável bebê, levando a humanidade que nós levamos.” A Mensageira do Senhor, p. 925
  • 4. “... Para nos assegurar Seu imutável conselho de paz, Deus deu seu Filho unigênito a fim de que Se tornasse membro da família humana, retendo para sempre sua natureza humana.” O Desejado do Todas as Nações, p. 25
  • 5. “Quando Jesus tomou a natureza humana e assumiu a forma de um homem, Ele possuía todo o organismo humano. Suas necessidades físicas a serem supridas, cansaço físico a ser aliviado. Por meio da oração ao Pai, Ele estava sempre revigorado para Seus deveres e para as provações.” Carta 32, p. 1130
  • 6. “Teria sido uma quase infinita humilhação para o Filho de Deus, revestir-Se da natureza humana mesmo quando Adão permanecia em seu estado de inocência, no Éden. Mas Jesus aceitou a humanidade quando a raça havia sido enfraquecida por quatro mil anos de pecado. Como qualquer filho de Adão, aceitou os resultados da operação da grande lei da hereditariedade.
  • 7. ... O que estes resultados foram, manifesta-se na história de Seus ancestrais terrestres. Veio com essa hereditariedade para partilhar de nossas dores e tentações, e dar-nos o exemplo de uma vida impecável.” O Desejado de Todas as Nações, p. 49
  • 8. “Foi por ordem de Deus que Cristo levou sobre si a forma e a natureza do homem caído, a fim de que Ele pudesse ser aperfeiçoado através do sofrimento. Ele mesmo suportou as tentações de Satanás para que pudesse entender como socorrer os que são tentados.” Review and Herald, 31 de Dezembro de 1872
  • 9. “Ele orava pelos Seus discípulos e por Si mesmo, assim Se identificando com nossas necessidades, com nossas fraquezas e falhas, tão comuns à humanidade. Era um poderoso solicitador, não possuindo as paixões de nossa natureza caída, mas rodeado das mesmas enfermidades, tentado em todos os pontos como nós somos. Jesus suportou sofrimentos que requeriam ajuda e sustento da parte de Seu Pai.” Testemunhos para a Igreja, p. 508
  • 10. “Cristo não era insensível à ignomínia e à desgraça. Ele as sentiu de maneira muito mais profunda e aguda do que nós podemos sentir o sofrimento, pois Sua natureza era mais elevada, mais pura e mais santa do que a natureza da raça pecaminosa por quem Ele sofreu.” Review and Herald, 11 de Setembro de 1888
  • 11. “[Em Cristo] a divindade não Se tornou humana, e o humano não foi deificado pela fusão das duas naturezas. Cristo não possuía a mesma deslealdade pecaminosa, corrupta e decaída que nós possuímos, pois então Ele não poderia ser um sacrifício perfeito.” Review and Herald, 25 de Abril de 1893
  • 12. “Jesus era sem pecado e não tinha pecado e não tinha medo das consequências do pecado. Com essa exceção Sua condição era como a nossa.” Our High Calling, 59
  • 13. “Seja cuidadoso, exageradamente cuidadoso ao tratar da natureza humana de Cristo. Não o apresente diante das pessoas como um homem com propensões para o pecado. Ele é o segundo Adão ...” Carta a William Baker, 1895
  • 14. Mateus 22:37-39 “E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.”
  • 15.
  • 16.
  • 17. Romanos 5:19 “Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos.”
  • 18. Ellen White e a Natureza de Cristo Fábio Paradela 28 de Julho de 2012