SlideShare uma empresa Scribd logo
LOGO
A BÍBLIA E O ESPÍRITO DE
PROFECIA TÊM O MESMO AUTOR
• O Espírito Santo é o autor das Escrituras
e do Espírito de Profecia. Estes não
devem ser torcidos e levados a indicar o
que o homem quer que indiquem, para
cumprir as ideias e os sentimentos do
homem, para levar avante os seus
desígnios sob todos os riscos. Carta 92,
1900.
Men. Esc. Vol. 3, Pág.30
DESCULPAS PARA NÃO ACEITAR OS TESTEMUNHOS:
Muitos desculparam seu menosprezo dos testemunhos, dizendo: 'A irmã
White é influenciada por seu marido; os testemunhos são moldados pelo
espírito e o juízo dele...muitos de vós declarais ser simplesmente a
opinião da irmã White. Tendes assim insultado o Espírito de Deus.
Sabeis como o Senhor Se tem manifestado por meio do Espírito de
Profecia. O passado, o presente e o futuro têm passado perante mim...
Nessas cartas que escrevi, nos testemunhos de que sou portadora,
apresento-vos aquilo que o Senhor me tem apresentado a mim. Não
escrevo nenhum artigo expressando meramente minhas próprias
idéias. Eles são o que Deus me expôs em visão - os preciosos raios
de luz que brilham do trono...(Mensagens Escolhidas vol.1 pág.26 e 27)
Estas palavras me foram ditas:
'Tua obra te é indicada por
Deus. Muitos não te darão
ouvidos, pois se recusaram a
ouvir ao grande Mestre; muitos
não são corrigidos, pois seus
caminhos são retos a seus
próprios olhos. Todavia levalhes
as
reprovações
e
advertências que te darei, quer
as ouçam quer deixem de
ouvir. (Mens. Escolhidas vol.1 pág.29)
Quando encontrardes homens
pondo em dúvida os testemunhos,
criticando-os, e procurando
desviar o povo de sua influência,
estai certos de que Deus não está
operando por meio deles. É
outro
espírito...criticam,
e
condenam o próprio meio que
Deus escolheu para preparar um
povo que subsista no dia do
Senhor.(Mens.Escol.vol.1 pág.45)
O último engano de Satanás será
exatamente anular o testemunho do
Espírito de Deus. "Não havendo
profecia, o povo se corrompe." Prov.
29:18.
Satanás
trabalhará
engenhosamente, por diferentes
maneiras e por instrumentos
diversos, para perturbar a confiança
do povo remanescente de Deus no
testemunho verdadeiro. (Mensagens
Escolhidas vol.1 pág.48)
Será ateado contra os testemunhos
um ódio satânico. A atuação de
Satanás será perturbar a fé das igrejas
neles, por esta razão: Ele não pode
achar caminho tão fácil para introduzir
seus enganos e prender almas em
suas mentiras se as advertências e
repreensões e conselhos do Espírito
de Deus forem atendidos.
Mensagens Escolhidas, vol. 1, pág.48.
JESUS:
“Muitos deles diziam: Ele tem demônio e
enlouqueceu; por que O ouvis?” (Jo 10:20).
“Então, os judeus se maravilhavam e diziam: Como
sabe este letras, sem ter estudado?” (Jo 7:15).
MOISÉS: foi acusado de se exaltar sobre a
congregação de Israel.
“E se ajuntaram contra Moisés e contra Arão e lhes
disseram: Basta! falou Azarias Pois que toda a
congregação é santa, cada um deles é santo, e o
Senhor está no meio deles; por que, pois, vos exaltais
sobre a congregação do Senhor?” (Nm 16:3).
JEREMIAS:
foi acusado de ser um falso profeta e que estava
sendo influenciado para profetizar segundo as ideias
de seu amigo Baruque.
“Então, falou Azarias, filho de Hosaías, e Joanã, filho
de Careá, e todos os homens soberbos, dizendo a
Jeremias: É mentira isso que dizes; o Senhor, nosso
Deus, não te enviou a dizer: Não entreis no Egito,
para morar. Baruque, filho de Nerias, é que te incita
contra nós, para nos entregar nas mãos dos caldeus,
a fim de nos matarem ou nos exilarem na Babilônia
(Jr 43:2).
PAULO - foi acusado de LOUCURA:
“Dizendo ele estas coisas em defesa própria, Festo o
interrompeu em alta voz: Estás louco, Paulo! As
muitas letras te fazem delirar!” (At 26:24).
“Este Paulo tem persuadido e desencaminhado muita
gente, afirmando não serem deuses os que são feitos
por mãos humanas...” (At 19:26, 27).

A Profetisa de Deus Ellen White está sob sérios
ataques, e Deus está chamando você e a mim a
defendê-la.
Ellen White está morta, ela não pode defenderse.
Os Líderes da Conferencial Geral esperaram 4
anos após sua morte para começarem a
denegrir seu dom profético em 1919, e hoje por
muitos “adventistas” e pela DIVISÃO DO
PACÍFICO SUL.
ELLEN WHITE DISSE:
“Quando o homem critica seus semelhantes e expõe ao
ridículo aqueles a quem Deus escolheu a fim de
trabalharem para Ele, não faríamos justiça aos acusadores
ou àqueles que são desorientados por suas acusações se
guardássemos silêncio, deixando que as pessoas

pensassem que seus irmãos e irmãs, nos quais tinham
confiança, não são mais dignos de seu amor e amizade...

Não se deve deixar que as pessoas creiam numa mentira.
Elas precisam ser desiludidas. As vestes sujas com que é
coberto o servo de Deus precisam ser removidas”.
NESSE ESTUDO,
ESTAMOS LEVANTANDO EM
RESPOSTA A ESSA ORDEM DIVINA...
Satanás não usou apenas Herodes
e sua desprezível esposa para
destruir o ministério de João Batista.
Ele usou líderes da igreja e da
nação judaica. Quando Salomé
disse: “Quero que imediatamente
me dês num prato a cabeça de João
o Batista” (Marcos 6:25),
Nenhum daqueles líderes da igreja
que estavam ali naquele momento
disse uma palavra de protesto.
Ninguém! Veja o que disse Ellen
White:
O Desejado de Todas as Nações pág.221,222
“Herodes ficou atônito e confundido.
Cessou a ruidosa festa, e um sinistro
silêncio baixou sobre a cena de orgia. O
rei sentiu-se tomado de horror ante a
idéia de tirar a vida de João. No entanto,
sua palavra estava empenhada, e não
queria parecer inconstante ou
precipitado. O juramento fora feito em
honra dos hóspedes, e se um deles
houvesse proferido uma palavra
contra o cumprimento da promessa, de
boa vontade teria poupado o profeta. >>>
“Deu-lhes oportunidade de falar em favor do

preso. Eles haviam caminhado longas distâncias
para ouvir a pregação de João, e sabiam ser
ele homem isento de crime, e servo de
Deus. Mas, conquanto chocados com o pedido da
jovem, estavam demasiado embrutecidos para
fazer qualquer objeção. Voz alguma se ergueu
para salvar a vida do mensageiro do Céu. Estes
homens ocupavam altas posições de confiança
na nação, e sobre eles pesavam sérias
responsabilidades... Com seu silêncio,
proferiram a sentença de morte contra o
profeta de Deus, para satisfazer a vingança de
uma depravada mulher.” (O D. T.Nações p.221,222).
Como filhos de Deus defensores da sua verdade,
devemos recusar permanecer em silêncio – quando a
mensageira do Senhor tem os seus testemunhos
destruídos. Devemos despertar todo leigo fiel e
dedicado, todo pastor fiel para ir à luta não porque
temos que ir, mas porque Deus nos manda ir. Calar
nessa era de crise é um pecado seríssimo:
“Se Deus aborrece um pecado mais do que o
outro, do qual Seu povo é culpado, é o de nada fazer
no caso de uma emergência. Indiferência e
neutralidade numa crise religiosa são considerados
por Deus como um crime grave e igual ao pior tipo
de hostilidade contra Deus.” (Test. Para Igreja vol.3,
pág. 280-281).
"Porventura condena a nossa lei
um homem sem primeiro o ouvir e
ter conhecimento do que faz?"
João
7:51.
Essa
pergunta
interrompera
na
ocasião
o
conselho, e estorvara-lhes os
planos”.
“Fez-se silêncio na assembléia.
As palavras de Nicodemos
penetraram-lhes na consciência.
Não podiam condenar um homem
que não fora ouvido”. (O Desejado
de Todas as Nações, p.460, 699).
“Em uma igreja, um
homem e uma mulher
que se reveste com
coragem
pode
representar uma grande
diferença”

No ano 31 Gamaliel ficou sozinho em meio a
setenta com o propósito de salvar a vida de
João e Pedro:
“Os judeus...decidiram a fazer justiça pelas
próprias mãos, e ...matar os presos... Mas
no concílio houve um homem que
reconheceu a voz de Deus nas palavras
proferidas pelos discípulos. Este homem foi
Gamaliel... {Atos 5:35-39} Os sacerdotes
viram a racionalidade destas opiniões, e
foram obrigados a concordar com
Gamaliel”. (A.Apostolos, p.83,84).
“Se o meu silêncio
permite o triunfo de um
novo ponto de vista, e
este ponto de vista
contribui para a derrota
do propósito de Deus ...
então
o
luxo
de
permanecer calado para
evitar um estigma seria
muito
custoso
para
minha
consciência.”
(Pastor Dennis Priebe).
Centenas de adventistas do sétimo dia nos
anos de 30, 50,60, 70 e 80 escolheram ficar em
silêncio quando lobos jesuítas entram com uma
Nova Teologia para demolir nossa fé.
Como aqueles homens ficaram em silêncio na
festa de Herodes, assim fizeram a maioria dos
Adventistas do Sétimo Dia.
Como um povo, não protestamos em apoio a
nossa fé. Muitos permanecem covardemente
em silêncio...
De 2 a 5 de fevereiro de 2004 houve um
encontro de mais de cem pastores,
educadores, administradores na Faculdade
de Avondale na Austrália. Objetivo:
melhorar o entendimento da missão e
ministério de Ellen White.
Nesse encontro, em 3 de fevereiro
foi lançado o livro: “OS PROFETAS
SÃO HUMANOS” (Prophets are
Human) do doutor Graeme Bradford.

)

Graeme Bradford
Foi lançado pelo Pastor Laurie
Evans, Presidente da Divisão do
Pacífico sul.
Nesse dia o Pastor Laurie Evans
declarou: “É um livro muito bom
de se ler e tem sido longamente
esperado...Ele fez um grande
Laurie Evans
trabalho ao escrever esse livro”.
A Revista RECORD
dedicou uma página
inteira para divulgar o
livro em 14 de
fevereiro de 2004
No rodapé de um anúncio
apareceu
as
seguintes
palavras:
Este livro foi orgulhosamente
impresso
e publicado na
Austrália pela Companhia
Publicadora
Sinais
em
Victoria (Casa Publicadora da
União Pacífico Sul)
A
A PROPAGANDA CONTINHA
UM DESENHO DE ELLEN
WHITE EM PÉ ATRÁS DO
PÚLPITO,
COM
OS
PÉS
ESCARRANCHADOS,
SEU
BRAÇO DIREITO COM OS
DEDOS TORTOS E A MÃO
ESQUERDA
COBRINDO
A
BOCA.
ELE DESENHOU ELLEN WHITE
EM ESTADO DE CHOQUE E
HORROR POR MEDO QUE OS
“ERROS” DE SEUS ESCRITOS
FOSSEM REVELADOS.
O QUE DISSE OS DOUTORES DE TEOLOGIA
DA IASD SOBRE ESSE LIVRO
Pastor Lester Devine (Diretor do Centro de
Pesquisa Ellen White)
Disse:
“...uma
leitura
provocante
e
estimulante para a inteligência cristã”.

Pastor William Johnson (Editor da
Revista Adventista:
“Graeme Bradford é o mais honesto
pesquisador que responde perguntas
sobre Ellen White. Eu particularmente
recomendo este livro”.
Pastor Barry Oliver (Secretário da
Divisão do Pacífico Sul):
Graeme Bradford tem a minha mais
alta admiração...por sua integridade
pessoal e devoção à verdade”.
Jon
Paulien
(presidente
do
Departamento de Novo Testamento ):
“O livro do Dr. Bradford deve ser lido
por todos aqueles que se interessam
pela inspiração de Ellen White”.
Levantam dúvidas a respeito de Ellen White e deixa
sem solução.
Os escritos de Ellen White estão Recheados de Erros.
Para amenizar os supostos “erros” de Ellen White,
eles dizem que os escritores bíblicos cometeram erros
semelhantes.
Ele passa a ideia de que nem a Bíblia, nem o Espírito
de Profecia oferecem afirmações confiáveis.
Banaliza e denigre o dom de Profecia de Ellen White.
A Senhora White ensinou que a porta da graça
fechou em 1844. (Resposta parte II)
A Senhora White plagiou materiais de outros
escritores. (Resposta parte II)
Ela ensinou que a Torre de Babel foi construida
antes do Dilúvio. (Resposta parte II)
Ela afirmou que a Inglaterra entraria na guerra
americana, e isso não aconteceu... (Resposta
parte II)
O Doutor Bradford, apresenta em seu livro uma Bíblia
falha maculada pelo contexto social:
 “... Deus estava trabalhando com pessoas que viviam
em uma cultura menos ideal”. Por isso que ele afirma
que os profetas cometeram erros. Ele afirma que João
Batista e Paulo ensinaram coisas erradas, ele diz:
“João Batista tinha algumas coisas a aprender.
Lembram quando lhe foi perguntado sobre o que era
necessário para se alcançar a vida eterna, ele não
ressaltou a salvação pela graça, em vez disso falou
aos seus inquiridores para reformarem suas vidas.
(Lucas 3:11-14).Mas tarde os convertidos por ele
tiveram que ser rebatizados...” (Os Profetas são
Humanos, p.67)
Em junho de 2004, houve um encontro de anciãos
na Associação Vitoriana na Austrália. Os
palestrantes convidados foram: Doutor Graeme
Bradford e Ray Roennfeldt.

Ambos são líderes do dep. Teologia da Fac. de Avondale Austrália
O doutor Ray afirmou nesse encontro
O Número de vezes que o galo cantou após
Pedro ter negado a Cristo.
O número de anjos na tumba de Cristo.
A quantidade de endemoninhados que Cristo
curou em Gadara e o número de cegos em
Jericó.
Ele citou essa supostas contradições e ao invés
de explicá-las, ele simplesmente disse:
“Digo a mim mesmo, quem se importa?”
O galo cantou quantas vezes?
• “Disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que, nesta mesma
noite, antes que o galo cante, três vezes me negarás”.
Mateus 26:34
• “E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje, nesta
noite, antes que o galo cante duas vezes, três vezes me
negarás”. Marcos 14:30
• “E o galo cantou segunda vez. E Pedro lembrou-se da
palavra que Jesus lhe tinha dito: Antes que o galo cante
duas vezes, três vezes me negarás. E, retirando-se dali,
chorou”. Marcos 14:72
• “Mas ele disse: Digo-te, Pedro, que não cantará hoje o galo
antes que três vezes negues que me conheces”. Lucas
22:34
• Então Jesus respondeu: "Você dará a vida por mim?
Asseguro-lhe que, antes que o galo cante, você me negará
três vezes! “. João 13:38
PERGUNTA:
• Quando Pedro negou a Cristo, o galo cantou uma ou duas
vezes? Mateus 26.34 (cf. Mc 14.30)
• PROBLEMA: Mateus e João (13:38) dizem que antes que o
galo cantasse uma vez, Pedro negaria o Senhor três vezes.
Marcos, porém, afirma que Pedro o negaria por três vezes
antes de o galo cantar duas vezes. Qual dos relatos está
correto?
• SOLUÇÃO: Não há contradição entre os dois relatos porque,
conforme as palavras realmente expressas nos textos,
Mateus e João não afirmam quantas vezes o galo cantaria.
Eles apenas dizem que Pedro negaria Cristo três vezes
“antes que o galo cante”, sem dizer quantas vezes o galo
cantaria. Marcos foi mais específico, afirmando com
exatidão quantas vezes o galo cantaria.
• Em Mateus, JESUS disse: "ANTES QUE O GALO
CANTE...três vezes me negarás." Não especificou
o número de vezes que o Galo cantaria. Disse
apenas: Antes que o Galo Cante! Poderia ser
uma, duas, três, quatro, cinco ou mais vezes, NÃO
IMPORTA!

Em Marcos, está narrado o NÚMERO DE VEZES
que o Galo cantaria: "ANTES QUE O GALO CANTE
DUAS VEZES...três vezes me negarás." Logo, o
número de vezes que o Galo cantou voi 2 VEZES.
Um texto NÃO CONTRADIZ O OUTRO, apenas
complementa, explicando o número de vezes que
cantou o galo: DUAS.
• “Pedro sentiu-se forçado a replicar e disse, zangado: "Mulher,
não O conheço." Luc. 22:57. Foi a primeira negação, e
imediatamente o galo cantou...
• Pela segunda vez foi a atenção chamada para ele, sendo
novamente acusado de ser seguidor de Jesus. Declarou então,
com juramento: "Não conheço tal homem." Outra
oportunidade lhe foi dada ainda. Passara-se uma hora, quando
um dos servos do sumo sacerdote, sendo parente próximo do
homem cuja orelha Pedro cortara, lhe perguntou: "Não te vi eu
no horto com Ele?" "Também este verdadeiramente estava
com Ele, pois também é galileu." "Tua fala te denuncia." Diante
disso Pedro se exaltou. Os discípulos de Jesus eram notados
pela pureza da linguagem, e para enganar bem a seus
interlocutores e justificar o aspecto que assumira, Pedro negou
então ao Mestre com imprecação e juramento. Novamente o
galo cantou. Pedro o ouviu então e lembrou as palavras de
Jesus: "Antes que o galo cante duas vezes, três vezes Me
negarás." Mar. 14:30”. (O Desejado de Todas as Nações,
p.711,712).
• Assim os dois cantos do galo são confirmados
nos comentários inspirados de Ellen White,
um após a primeira negação de Pedro e o
outro após sua terceira negação.
• Mateus, Lucas e João não citou o número de
vezes que o galo cantaria. Isso não pode ser
interpretado erroneamente como se afirmasse
que ele cantaria apenas uma vez. Não há
contradições nestes relatos.
QUANTOS ANJOS HAVIAM NO
TÚMULO DE JESUS?” UM ou DOIS?
• Mateus e Marcos mencionam 1 anjo. Lucas e João mencionam 2
anjos:
• “E eis que sobreveio um grande terremoto, pois um anjo do
Senhor desceu do céu e, chegando ao sepulcro, rolou a pedra da
entrada e assentou-se sobre ela”.Mateus 28:2
• “Entrando no sepulcro, viram um jovem vestido de roupas
brancas assentado à direita, e ficaram amedrontadas”. Marcos
16:5
• “Ficaram perplexas, sem saber o que fazer. De repente dois
homens com roupas que brilhavam como a luz do sol colocaramse ao lado delas”. Lucas 24:4
• “Maria, porém, ficou à entrada do sepulcro, chorando. Enquanto
chorava, curvou-se para olhar dentro do sepulcro
e viu dois anjos vestidos de branco, sentados onde estivera o
corpo de Jesus, um à cabeceira e o outro aos pés”. João 20:11-12
• No princípio somente um anjo era visível no túmulo,
mas depois o segundo anjo apareceu.
• Mateus relata que o anjo as convidou a entrar no
sepulcro. Mateus não relata o que aconteceu
DENTRO do sepulcro, somente diz que retiram-se
apressadamente do sepulcro e foram contar o fato
aos discípulos.
• Marcos por sua vez, não relataram o que acontecera
FORA do túmulo. Somente relata o que aconteceu
DENTRO do túmulo. Descreve o fato que viram outro
anjo assentado dentro ao lado direito do lugar onde
o corpo de Jesus tinha sido colocado. O anjo DENTRO
DO TÚMULO reafirmou a mesma história que elas
tinham ouvido do anjo que estava FORA, assentado
sobre a pedra que fora removida.
•
• Em Lucas 24. 1-6, registra o fato de que foram dois os
anjos que foram vistos por elas: provavelmente, o
anjo que lhes aparecera FORA entrou no túmulo,
quando ainda estavam escutando a confirmação do
outro anjo DENTRO do túmulo. Daí que viram dois
anjos DENTRO do túmulo.
• João diz que Maria Madalena, inconformada e
querendo ver a Jesus, volta ao túmulo do Mestre.
Enquanto estava chorando e olhando para dentro do
túmulo (v. 11), viu os dois anjos assentados onde o
corpo de Jesus estivera, um na cabeça e outros aos
pés. Foi aí então que Jesus apareceu FORA do
sepulcro e falou com ela.
• “Um jovem de vestes brilhantes estava sentado junto ao túmulo.
Era o anjo que rolara a pedra. Tomara a forma humana, a fim de
não atemorizar essas discípulas de Jesus... Voltaram-se para fugir,
mas as palavras do anjo lhes detiveram os passos. "Não tenhais
medo", disse ele; "pois eu sei que buscais a Jesus, que foi
crucificado. Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia
dito. Vinde, vede o lugar em que o Senhor jazia. Ide pois,
imediatamente, e dizei aos Seus discípulos que já ressuscitou dos
mortos." Mat. 28:5-7. De novo olharam elas para o sepulcro, e
tornaram a ouvir as maravilhosas novas. Outro anjo, em forma
humana, ali está, e diz: "Por que buscais o vivente entre os
mortos? Não está aqui, mas ressuscitou. Lembrai-vos como vos
falou, estando ainda na Galiléia, dizendo: Convém que o Filho do
homem seja entregue na mãos de homens pecadores, e seja
crucificado, e ao terceiro dia ressuscite." Luc. 24:5-7”. (DTN,
p.989)

• Portanto, as Escrituras não podem, honestamente, serem
consideradas como estando em erro nesses relatos. Ambos
estão corretos.
• “Quando ele chegou ao outro lado, à região dos gadarenos,
foram ao seu encontro dois endemoninhados, que vinham
dos sepulcros. Eles eram tão violentos que ninguém podia
passar por aquele caminho”. Mateus 8:28
• “Quando Jesus desembarcou, um homem com um espírito
imundo veio dos sepulcros ao seu encontro”.Marcos 5:2
• “Quando Jesus pisou em terra, foi ao encontro dele um
endemoninhado daquela cidade. Fazia muito tempo que
aquele homem não usava roupas, nem vivia em casa alguma,
mas nos sepulcros”. Lucas 8:27
• A explicação, neste caso, é que Mateus foi mais detalhista
em seu escrito, como aconteceu também no relato que ele
fez a respeito da cura de dois cegos (Ver Mt 20.30). Quanto
a Marcos e Lucas, eles se ocuparam apenas em focalizar o
endemoninhado proeminente.
• Quanto aos pormenores, cada um escreveu segundo sua
própria perspectiva. E faziam isso de acordo como os
detalhes lhes saltavam aos olhos.
• Ellen White confirma a presença de DOIS endemoninhados:
• “De manhã cedo o Salvador e Seus companheiros
chegaram à praia, e a luz do Sol nascente banhava a terra
como bênção de paz. Mas assim que pisaram a terra,
deparou-se-lhes uma cena ainda mais terrível que a fúria
da tempestade. De um lugar oculto, entre os sepulcros,
dois loucos avançaram sobre eles, como se os quisessem
despedaçar.” (o Desejado de Todas as Nações, p.337).
GC. PÁG.7: “A fraseologia dos diferentes escritos diverge, expondo uns os
mesmos fatos com maior clareza do que outros. E como sucede, às vezes,
tratarem um mesmo assunto sob aspectos e relações diferentes, pode
parecer ao leitor de ocasião e imbuído de algum preconceito, que os seus
conceitos divergem, quando um meditado estudo deixa transparecer
claramente o seu fundo harmônico.
Um escritor apresenta os pontos que se harmonizam com sua experiência
ou com sua capacidade de percepção e apreciação, ao passo que outro
prefere encarar a verdade por outro prisma. Todos eles, porém, atuam
sob a direção do mesmo Espírito para apresentar aquilo que mais particular
impressão exerce sobre o seu espírito, resultando daí uma variedade de
aspectos da mesma verdade, mas perfeitamente harmônicos entre si.”
Estudo preparado pelos ADVENTISTAS DO 7º DIA HISTÓRICO
(QUE DEFENDE O ADVENTISMO HISTÓRICO DOS PIONEIROS) COTIA SP
Contato: aultimageracao@hotmail.com

Visite nosso Blog: exaltandoaverdade.blogspot.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

7. arrebatamento
7. arrebatamento7. arrebatamento
7. arrebatamento
Moisés Sampaio
 
Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado
Geversom Sousa
 
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula IIEstudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Daniel de Carvalho Luz
 
O Ecumenismo e as Profecias da Bíblia e de Ellen White
O Ecumenismo e as Profecias da Bíblia e de Ellen WhiteO Ecumenismo e as Profecias da Bíblia e de Ellen White
O Ecumenismo e as Profecias da Bíblia e de Ellen White
André Luiz Marques
 
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus CristoLição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Éder Tomé
 
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo DiaHistória da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
Walter Mendes
 
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
Natalino das Neves Neves
 
Livro de Ellen White que não pode ser traduzido.
Livro de Ellen White que não pode ser traduzido.Livro de Ellen White que não pode ser traduzido.
Livro de Ellen White que não pode ser traduzido.
ASD Remanescentes
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.
RODRIGO FERREIRA
 
Lição 1 - A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo
Lição 1 - A Carta aos Hebreus e a Excelência de CristoLição 1 - A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo
Lição 1 - A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo
Éder Tomé
 
Escatologia - um estudo introdutório
Escatologia - um estudo introdutórioEscatologia - um estudo introdutório
Escatologia - um estudo introdutório
Viva a Igreja
 
1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações
Gesiel Oliveira
 
A Vida do Apóstolo Paulo
A Vida do Apóstolo PauloA Vida do Apóstolo Paulo
A Vida do Apóstolo Paulo
IBC Fortaleza
 
O tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardõesO tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardões
Márcio Martins
 
Ebd lição 03 Testemunhas de Jeová
Ebd lição 03 Testemunhas de JeováEbd lição 03 Testemunhas de Jeová
Ebd lição 03 Testemunhas de Jeová
Escol Dominical
 
Idolatria Moderna
Idolatria ModernaIdolatria Moderna
Idolatria Moderna
Marcelo Santos
 
Lição 10 - Acerca do Fim dos Tempos
Lição 10 - Acerca do Fim dos TemposLição 10 - Acerca do Fim dos Tempos
Lição 10 - Acerca do Fim dos Tempos
Éder Tomé
 
ELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTO
ELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTOELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTO
ELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTO
ASD Remanescentes
 
Estudo sobre a Trindade na Bíblia
Estudo sobre a Trindade na BíbliaEstudo sobre a Trindade na Bíblia
Estudo sobre a Trindade na Bíblia
Fernando Xavier China
 
As setenta semanas
As setenta semanasAs setenta semanas
As setenta semanas
Moisés Sampaio
 

Mais procurados (20)

7. arrebatamento
7. arrebatamento7. arrebatamento
7. arrebatamento
 
Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado
 
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula IIEstudo Livro de Apocalipse - aula II
Estudo Livro de Apocalipse - aula II
 
O Ecumenismo e as Profecias da Bíblia e de Ellen White
O Ecumenismo e as Profecias da Bíblia e de Ellen WhiteO Ecumenismo e as Profecias da Bíblia e de Ellen White
O Ecumenismo e as Profecias da Bíblia e de Ellen White
 
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus CristoLição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
Lição 11 - A Ressurreição de Jesus Cristo
 
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo DiaHistória da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
 
Livro de Ellen White que não pode ser traduzido.
Livro de Ellen White que não pode ser traduzido.Livro de Ellen White que não pode ser traduzido.
Livro de Ellen White que não pode ser traduzido.
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.
 
Lição 1 - A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo
Lição 1 - A Carta aos Hebreus e a Excelência de CristoLição 1 - A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo
Lição 1 - A Carta aos Hebreus e a Excelência de Cristo
 
Escatologia - um estudo introdutório
Escatologia - um estudo introdutórioEscatologia - um estudo introdutório
Escatologia - um estudo introdutório
 
1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações1000 Mil esboços para sermões e pregações
1000 Mil esboços para sermões e pregações
 
A Vida do Apóstolo Paulo
A Vida do Apóstolo PauloA Vida do Apóstolo Paulo
A Vida do Apóstolo Paulo
 
O tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardõesO tribunal de cristo e os galardões
O tribunal de cristo e os galardões
 
Ebd lição 03 Testemunhas de Jeová
Ebd lição 03 Testemunhas de JeováEbd lição 03 Testemunhas de Jeová
Ebd lição 03 Testemunhas de Jeová
 
Idolatria Moderna
Idolatria ModernaIdolatria Moderna
Idolatria Moderna
 
Lição 10 - Acerca do Fim dos Tempos
Lição 10 - Acerca do Fim dos TemposLição 10 - Acerca do Fim dos Tempos
Lição 10 - Acerca do Fim dos Tempos
 
ELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTO
ELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTOELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTO
ELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTO
 
Estudo sobre a Trindade na Bíblia
Estudo sobre a Trindade na BíbliaEstudo sobre a Trindade na Bíblia
Estudo sobre a Trindade na Bíblia
 
As setenta semanas
As setenta semanasAs setenta semanas
As setenta semanas
 

Destaque

A TRIBO DE DÃ
A TRIBO DE DÃA TRIBO DE DÃ
A TRIBO DE DÃ
Eduardo Sousa Gomes
 
Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009
Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009
Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009
Media Education
 
Ellen white contra o culto chato
Ellen white contra o culto chatoEllen white contra o culto chato
Ellen white contra o culto chato
isaacmalheiros
 
4 - Ellen White e a Natureza de Cristo
4 - Ellen White e a Natureza de Cristo4 - Ellen White e a Natureza de Cristo
4 - Ellen White e a Natureza de Cristo
Fábio Paradela
 
International Christmas holiday
International Christmas holidayInternational Christmas holiday
International Christmas holiday
learningenglishinmeco
 
Ellen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja Adventista
Ellen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja AdventistaEllen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja Adventista
Ellen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja Adventista
ASD Remanescentes
 
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemiFechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
Ezequiel Gomes
 
A cruz, o sacerdócio de jesus e
A cruz, o sacerdócio de jesus eA cruz, o sacerdócio de jesus e
A cruz, o sacerdócio de jesus e
Eduardo Sousa Gomes
 
LIÇÃO 11 - DEUS ESCOLHE ARÃO E SEUS FILHOS PARA O SACERDÓCIO
LIÇÃO 11 - DEUS ESCOLHE ARÃO E SEUS FILHOS PARA O SACERDÓCIOLIÇÃO 11 - DEUS ESCOLHE ARÃO E SEUS FILHOS PARA O SACERDÓCIO
LIÇÃO 11 - DEUS ESCOLHE ARÃO E SEUS FILHOS PARA O SACERDÓCIO
Polícia Militar do Estado do Tocantins
 
A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.
A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.
A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.
ASD Remanescentes
 
Testemunhos dos pioneiros
Testemunhos dos pioneirosTestemunhos dos pioneiros
Testemunhos dos pioneiros
Jose Moraes
 
Previsões de Ellen White sobre a IASD e o Ecumenismo
Previsões de Ellen White sobre a IASD e o EcumenismoPrevisões de Ellen White sobre a IASD e o Ecumenismo
Previsões de Ellen White sobre a IASD e o Ecumenismo
ASD Remanescentes
 
10 coisas que todo adventista deveria saber sobre pós-modernidade
10 coisas que todo adventista deveria saber sobre pós-modernidade10 coisas que todo adventista deveria saber sobre pós-modernidade
10 coisas que todo adventista deveria saber sobre pós-modernidade
Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Carnaval suas origens e causa na sociedade brasileira
Carnaval  suas origens e causa na sociedade brasileiraCarnaval  suas origens e causa na sociedade brasileira
Carnaval suas origens e causa na sociedade brasileira
Jefferson Sales
 

Destaque (14)

A TRIBO DE DÃ
A TRIBO DE DÃA TRIBO DE DÃ
A TRIBO DE DÃ
 
Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009
Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009
Usabilidade em redes sociais - Andrea Orsolon - Social Media Brasil 2009
 
Ellen white contra o culto chato
Ellen white contra o culto chatoEllen white contra o culto chato
Ellen white contra o culto chato
 
4 - Ellen White e a Natureza de Cristo
4 - Ellen White e a Natureza de Cristo4 - Ellen White e a Natureza de Cristo
4 - Ellen White e a Natureza de Cristo
 
International Christmas holiday
International Christmas holidayInternational Christmas holiday
International Christmas holiday
 
Ellen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja Adventista
Ellen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja AdventistaEllen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja Adventista
Ellen White alerta sobre Mudanças nas Crenças da Igreja Adventista
 
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemiFechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
 
A cruz, o sacerdócio de jesus e
A cruz, o sacerdócio de jesus eA cruz, o sacerdócio de jesus e
A cruz, o sacerdócio de jesus e
 
LIÇÃO 11 - DEUS ESCOLHE ARÃO E SEUS FILHOS PARA O SACERDÓCIO
LIÇÃO 11 - DEUS ESCOLHE ARÃO E SEUS FILHOS PARA O SACERDÓCIOLIÇÃO 11 - DEUS ESCOLHE ARÃO E SEUS FILHOS PARA O SACERDÓCIO
LIÇÃO 11 - DEUS ESCOLHE ARÃO E SEUS FILHOS PARA O SACERDÓCIO
 
A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.
A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.
A Ordem e a Forma do Batismo Segundo Ellen White e a Bíblia.
 
Testemunhos dos pioneiros
Testemunhos dos pioneirosTestemunhos dos pioneiros
Testemunhos dos pioneiros
 
Previsões de Ellen White sobre a IASD e o Ecumenismo
Previsões de Ellen White sobre a IASD e o EcumenismoPrevisões de Ellen White sobre a IASD e o Ecumenismo
Previsões de Ellen White sobre a IASD e o Ecumenismo
 
10 coisas que todo adventista deveria saber sobre pós-modernidade
10 coisas que todo adventista deveria saber sobre pós-modernidade10 coisas que todo adventista deveria saber sobre pós-modernidade
10 coisas que todo adventista deveria saber sobre pós-modernidade
 
Carnaval suas origens e causa na sociedade brasileira
Carnaval  suas origens e causa na sociedade brasileiraCarnaval  suas origens e causa na sociedade brasileira
Carnaval suas origens e causa na sociedade brasileira
 

Semelhante a O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white

Mensageira do Senhor
Mensageira do SenhorMensageira do Senhor
Mensageira do Senhor
Sérgio Ventura
 
A SACUDIDURA.docx
A SACUDIDURA.docxA SACUDIDURA.docx
A SACUDIDURA.docx
Oseias reis
 
04
0404
Sobre a palavra de deus
Sobre a palavra de deusSobre a palavra de deus
Sobre a palavra de deus
Cassia Martins
 
Tessalônica n dias de Paulo_Resumo_Liç_332012
Tessalônica n dias de Paulo_Resumo_Liç_332012Tessalônica n dias de Paulo_Resumo_Liç_332012
Tessalônica n dias de Paulo_Resumo_Liç_332012
Gerson G. Ramos
 
Batalha espiritual 1 trim 2019 slide
Batalha espiritual 1 trim 2019 slideBatalha espiritual 1 trim 2019 slide
Batalha espiritual 1 trim 2019 slide
Vilma Longuini
 
2 - Os Críticos de Ellen White
2 - Os Críticos de Ellen White2 - Os Críticos de Ellen White
2 - Os Críticos de Ellen White
Fábio Paradela
 
Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...
Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...
Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...
ASD Remanescentes
 
Fundamentos da Fé - Espírito de Profecia
Fundamentos da Fé - Espírito de ProfeciaFundamentos da Fé - Espírito de Profecia
Fundamentos da Fé - Espírito de Profecia
Projeto Preparar um Povo
 
Fundamentos
FundamentosFundamentos
Fundamentos
Eduardo Sousa Gomes
 
Sem i palestra iv versão2007
Sem i palestra iv versão2007Sem i palestra iv versão2007
Sem i palestra iv versão2007
Márcio E Maria
 
Socorro bem presente na hora de necessidade
Socorro bem presente na hora de necessidadeSocorro bem presente na hora de necessidade
Socorro bem presente na hora de necessidade
Emilio Reverendo
 
Boletim dominical Igreja Presbiteriana Nova Suíça 23-06-2013
Boletim dominical Igreja Presbiteriana Nova Suíça 23-06-2013Boletim dominical Igreja Presbiteriana Nova Suíça 23-06-2013
Boletim dominical Igreja Presbiteriana Nova Suíça 23-06-2013
Afonso Celso de Oliveira
 
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptxLição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Celso Napoleon
 
Aiasdnobabilnianemfilhadela 131120185525-phpapp02
Aiasdnobabilnianemfilhadela 131120185525-phpapp02Aiasdnobabilnianemfilhadela 131120185525-phpapp02
Aiasdnobabilnianemfilhadela 131120185525-phpapp02
José Silva
 
A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!
A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!
A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!
ASD Remanescentes
 
1 apresentacao profetas do velho testamento
1   apresentacao profetas do velho testamento1   apresentacao profetas do velho testamento
1 apresentacao profetas do velho testamento
PIB Penha
 
As 2 igrejas_na_profecia
As 2 igrejas_na_profeciaAs 2 igrejas_na_profecia
As 2 igrejas_na_profecia
ASD Remanescentes
 
satanismo na igreja
satanismo na  igrejasatanismo na  igreja
satanismo na igreja
Onidnalro Pereira De Sousa
 
A MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZ
A MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZA MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZ
A MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZ
Cristiane Patricio
 

Semelhante a O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white (20)

Mensageira do Senhor
Mensageira do SenhorMensageira do Senhor
Mensageira do Senhor
 
A SACUDIDURA.docx
A SACUDIDURA.docxA SACUDIDURA.docx
A SACUDIDURA.docx
 
04
0404
04
 
Sobre a palavra de deus
Sobre a palavra de deusSobre a palavra de deus
Sobre a palavra de deus
 
Tessalônica n dias de Paulo_Resumo_Liç_332012
Tessalônica n dias de Paulo_Resumo_Liç_332012Tessalônica n dias de Paulo_Resumo_Liç_332012
Tessalônica n dias de Paulo_Resumo_Liç_332012
 
Batalha espiritual 1 trim 2019 slide
Batalha espiritual 1 trim 2019 slideBatalha espiritual 1 trim 2019 slide
Batalha espiritual 1 trim 2019 slide
 
2 - Os Críticos de Ellen White
2 - Os Críticos de Ellen White2 - Os Críticos de Ellen White
2 - Os Críticos de Ellen White
 
Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...
Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...
Citações de ellen g. white que o seu pastor não faz a menor questão que você ...
 
Fundamentos da Fé - Espírito de Profecia
Fundamentos da Fé - Espírito de ProfeciaFundamentos da Fé - Espírito de Profecia
Fundamentos da Fé - Espírito de Profecia
 
Fundamentos
FundamentosFundamentos
Fundamentos
 
Sem i palestra iv versão2007
Sem i palestra iv versão2007Sem i palestra iv versão2007
Sem i palestra iv versão2007
 
Socorro bem presente na hora de necessidade
Socorro bem presente na hora de necessidadeSocorro bem presente na hora de necessidade
Socorro bem presente na hora de necessidade
 
Boletim dominical Igreja Presbiteriana Nova Suíça 23-06-2013
Boletim dominical Igreja Presbiteriana Nova Suíça 23-06-2013Boletim dominical Igreja Presbiteriana Nova Suíça 23-06-2013
Boletim dominical Igreja Presbiteriana Nova Suíça 23-06-2013
 
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptxLição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
 
Aiasdnobabilnianemfilhadela 131120185525-phpapp02
Aiasdnobabilnianemfilhadela 131120185525-phpapp02Aiasdnobabilnianemfilhadela 131120185525-phpapp02
Aiasdnobabilnianemfilhadela 131120185525-phpapp02
 
A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!
A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!
A IASD não é Babilônia, nem Filha dela. é Irmã!
 
1 apresentacao profetas do velho testamento
1   apresentacao profetas do velho testamento1   apresentacao profetas do velho testamento
1 apresentacao profetas do velho testamento
 
As 2 igrejas_na_profecia
As 2 igrejas_na_profeciaAs 2 igrejas_na_profecia
As 2 igrejas_na_profecia
 
satanismo na igreja
satanismo na  igrejasatanismo na  igreja
satanismo na igreja
 
A MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZ
A MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZA MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZ
A MÚSICA A SERVIÇO DAS TREVAS E A SERVIÇO DA LUZ
 

Mais de Eduardo Sousa Gomes

A torre de babel e a nova ordem mundial
A torre de babel e a nova ordem mundialA torre de babel e a nova ordem mundial
A torre de babel e a nova ordem mundial
Eduardo Sousa Gomes
 
OPERAÇÃO ICEBERG
OPERAÇÃO ICEBERGOPERAÇÃO ICEBERG
OPERAÇÃO ICEBERG
Eduardo Sousa Gomes
 
DECRETO DOMINICAL A VISTA
DECRETO DOMINICAL A VISTADECRETO DOMINICAL A VISTA
DECRETO DOMINICAL A VISTA
Eduardo Sousa Gomes
 
Mateus 28 falso ou verdadeiro
Mateus 28 falso ou verdadeiroMateus 28 falso ou verdadeiro
Mateus 28 falso ou verdadeiro
Eduardo Sousa Gomes
 
A escravidão financeira e
A escravidão financeira eA escravidão financeira e
A escravidão financeira e
Eduardo Sousa Gomes
 
Os passos dado pelo papa em 2014
Os passos dado pelo papa em 2014Os passos dado pelo papa em 2014
Os passos dado pelo papa em 2014
Eduardo Sousa Gomes
 
Os jesuitas na iasd
Os jesuitas na iasdOs jesuitas na iasd
Os jesuitas na iasd
Eduardo Sousa Gomes
 
Perdido esquecido e encontrado
Perdido esquecido e encontradoPerdido esquecido e encontrado
Perdido esquecido e encontrado
Eduardo Sousa Gomes
 
Paralelismo entre israel antigo e a igreja adventista
Paralelismo entre israel antigo e a igreja adventistaParalelismo entre israel antigo e a igreja adventista
Paralelismo entre israel antigo e a igreja adventista
Eduardo Sousa Gomes
 
Divorcio e novo casamento grupo cotia
Divorcio e novo casamento grupo cotiaDivorcio e novo casamento grupo cotia
Divorcio e novo casamento grupo cotia
Eduardo Sousa Gomes
 
Qual o segredo para...
Qual o segredo para...Qual o segredo para...
Qual o segredo para...
Eduardo Sousa Gomes
 
Profecias cumpridas de ellen white
Profecias cumpridas de ellen whiteProfecias cumpridas de ellen white
Profecias cumpridas de ellen white
Eduardo Sousa Gomes
 
O ato culminante
O ato culminanteO ato culminante
O ato culminante
Eduardo Sousa Gomes
 
O santuário e a justiça de jesus cristo
O santuário e a justiça de jesus cristoO santuário e a justiça de jesus cristo
O santuário e a justiça de jesus cristo
Eduardo Sousa Gomes
 
Desenhos satanimados
Desenhos satanimadosDesenhos satanimados
Desenhos satanimados
Eduardo Sousa Gomes
 
O selamento
O selamentoO selamento
O selamento
Eduardo Sousa Gomes
 
Jesus o filho literal de deus desde a eternidade
Jesus o filho literal de deus desde a eternidadeJesus o filho literal de deus desde a eternidade
Jesus o filho literal de deus desde a eternidade
Eduardo Sousa Gomes
 
A emoção do amor
A emoção do amorA emoção do amor
A emoção do amor
Eduardo Sousa Gomes
 
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
Eduardo Sousa Gomes
 
Casamento e divórcio revisado
Casamento e divórcio revisadoCasamento e divórcio revisado
Casamento e divórcio revisado
Eduardo Sousa Gomes
 

Mais de Eduardo Sousa Gomes (20)

A torre de babel e a nova ordem mundial
A torre de babel e a nova ordem mundialA torre de babel e a nova ordem mundial
A torre de babel e a nova ordem mundial
 
OPERAÇÃO ICEBERG
OPERAÇÃO ICEBERGOPERAÇÃO ICEBERG
OPERAÇÃO ICEBERG
 
DECRETO DOMINICAL A VISTA
DECRETO DOMINICAL A VISTADECRETO DOMINICAL A VISTA
DECRETO DOMINICAL A VISTA
 
Mateus 28 falso ou verdadeiro
Mateus 28 falso ou verdadeiroMateus 28 falso ou verdadeiro
Mateus 28 falso ou verdadeiro
 
A escravidão financeira e
A escravidão financeira eA escravidão financeira e
A escravidão financeira e
 
Os passos dado pelo papa em 2014
Os passos dado pelo papa em 2014Os passos dado pelo papa em 2014
Os passos dado pelo papa em 2014
 
Os jesuitas na iasd
Os jesuitas na iasdOs jesuitas na iasd
Os jesuitas na iasd
 
Perdido esquecido e encontrado
Perdido esquecido e encontradoPerdido esquecido e encontrado
Perdido esquecido e encontrado
 
Paralelismo entre israel antigo e a igreja adventista
Paralelismo entre israel antigo e a igreja adventistaParalelismo entre israel antigo e a igreja adventista
Paralelismo entre israel antigo e a igreja adventista
 
Divorcio e novo casamento grupo cotia
Divorcio e novo casamento grupo cotiaDivorcio e novo casamento grupo cotia
Divorcio e novo casamento grupo cotia
 
Qual o segredo para...
Qual o segredo para...Qual o segredo para...
Qual o segredo para...
 
Profecias cumpridas de ellen white
Profecias cumpridas de ellen whiteProfecias cumpridas de ellen white
Profecias cumpridas de ellen white
 
O ato culminante
O ato culminanteO ato culminante
O ato culminante
 
O santuário e a justiça de jesus cristo
O santuário e a justiça de jesus cristoO santuário e a justiça de jesus cristo
O santuário e a justiça de jesus cristo
 
Desenhos satanimados
Desenhos satanimadosDesenhos satanimados
Desenhos satanimados
 
O selamento
O selamentoO selamento
O selamento
 
Jesus o filho literal de deus desde a eternidade
Jesus o filho literal de deus desde a eternidadeJesus o filho literal de deus desde a eternidade
Jesus o filho literal de deus desde a eternidade
 
A emoção do amor
A emoção do amorA emoção do amor
A emoção do amor
 
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
 
Casamento e divórcio revisado
Casamento e divórcio revisadoCasamento e divórcio revisado
Casamento e divórcio revisado
 

Último

Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxZacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lindalva da cruz
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Janilson Noca
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
ESCRIBA DE CRISTO
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsxBíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhorCultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
MasaCalixto2
 
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introduçãoEstudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
ceciliafonseca16
 

Último (18)

Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxZacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsxBíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
 
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhorCultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
 
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introduçãoEstudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
 

O ataque da serpente ao dom de profecia de ellen white

  • 2. A BÍBLIA E O ESPÍRITO DE PROFECIA TÊM O MESMO AUTOR • O Espírito Santo é o autor das Escrituras e do Espírito de Profecia. Estes não devem ser torcidos e levados a indicar o que o homem quer que indiquem, para cumprir as ideias e os sentimentos do homem, para levar avante os seus desígnios sob todos os riscos. Carta 92, 1900. Men. Esc. Vol. 3, Pág.30
  • 3. DESCULPAS PARA NÃO ACEITAR OS TESTEMUNHOS: Muitos desculparam seu menosprezo dos testemunhos, dizendo: 'A irmã White é influenciada por seu marido; os testemunhos são moldados pelo espírito e o juízo dele...muitos de vós declarais ser simplesmente a opinião da irmã White. Tendes assim insultado o Espírito de Deus. Sabeis como o Senhor Se tem manifestado por meio do Espírito de Profecia. O passado, o presente e o futuro têm passado perante mim... Nessas cartas que escrevi, nos testemunhos de que sou portadora, apresento-vos aquilo que o Senhor me tem apresentado a mim. Não escrevo nenhum artigo expressando meramente minhas próprias idéias. Eles são o que Deus me expôs em visão - os preciosos raios de luz que brilham do trono...(Mensagens Escolhidas vol.1 pág.26 e 27)
  • 4. Estas palavras me foram ditas: 'Tua obra te é indicada por Deus. Muitos não te darão ouvidos, pois se recusaram a ouvir ao grande Mestre; muitos não são corrigidos, pois seus caminhos são retos a seus próprios olhos. Todavia levalhes as reprovações e advertências que te darei, quer as ouçam quer deixem de ouvir. (Mens. Escolhidas vol.1 pág.29)
  • 5. Quando encontrardes homens pondo em dúvida os testemunhos, criticando-os, e procurando desviar o povo de sua influência, estai certos de que Deus não está operando por meio deles. É outro espírito...criticam, e condenam o próprio meio que Deus escolheu para preparar um povo que subsista no dia do Senhor.(Mens.Escol.vol.1 pág.45)
  • 6. O último engano de Satanás será exatamente anular o testemunho do Espírito de Deus. "Não havendo profecia, o povo se corrompe." Prov. 29:18. Satanás trabalhará engenhosamente, por diferentes maneiras e por instrumentos diversos, para perturbar a confiança do povo remanescente de Deus no testemunho verdadeiro. (Mensagens Escolhidas vol.1 pág.48)
  • 7. Será ateado contra os testemunhos um ódio satânico. A atuação de Satanás será perturbar a fé das igrejas neles, por esta razão: Ele não pode achar caminho tão fácil para introduzir seus enganos e prender almas em suas mentiras se as advertências e repreensões e conselhos do Espírito de Deus forem atendidos. Mensagens Escolhidas, vol. 1, pág.48.
  • 8. JESUS: “Muitos deles diziam: Ele tem demônio e enlouqueceu; por que O ouvis?” (Jo 10:20). “Então, os judeus se maravilhavam e diziam: Como sabe este letras, sem ter estudado?” (Jo 7:15). MOISÉS: foi acusado de se exaltar sobre a congregação de Israel. “E se ajuntaram contra Moisés e contra Arão e lhes disseram: Basta! falou Azarias Pois que toda a congregação é santa, cada um deles é santo, e o Senhor está no meio deles; por que, pois, vos exaltais sobre a congregação do Senhor?” (Nm 16:3).
  • 9. JEREMIAS: foi acusado de ser um falso profeta e que estava sendo influenciado para profetizar segundo as ideias de seu amigo Baruque. “Então, falou Azarias, filho de Hosaías, e Joanã, filho de Careá, e todos os homens soberbos, dizendo a Jeremias: É mentira isso que dizes; o Senhor, nosso Deus, não te enviou a dizer: Não entreis no Egito, para morar. Baruque, filho de Nerias, é que te incita contra nós, para nos entregar nas mãos dos caldeus, a fim de nos matarem ou nos exilarem na Babilônia (Jr 43:2).
  • 10. PAULO - foi acusado de LOUCURA: “Dizendo ele estas coisas em defesa própria, Festo o interrompeu em alta voz: Estás louco, Paulo! As muitas letras te fazem delirar!” (At 26:24). “Este Paulo tem persuadido e desencaminhado muita gente, afirmando não serem deuses os que são feitos por mãos humanas...” (At 19:26, 27). 
  • 11. A Profetisa de Deus Ellen White está sob sérios ataques, e Deus está chamando você e a mim a defendê-la. Ellen White está morta, ela não pode defenderse. Os Líderes da Conferencial Geral esperaram 4 anos após sua morte para começarem a denegrir seu dom profético em 1919, e hoje por muitos “adventistas” e pela DIVISÃO DO PACÍFICO SUL. ELLEN WHITE DISSE:
  • 12. “Quando o homem critica seus semelhantes e expõe ao ridículo aqueles a quem Deus escolheu a fim de trabalharem para Ele, não faríamos justiça aos acusadores ou àqueles que são desorientados por suas acusações se guardássemos silêncio, deixando que as pessoas pensassem que seus irmãos e irmãs, nos quais tinham confiança, não são mais dignos de seu amor e amizade... Não se deve deixar que as pessoas creiam numa mentira. Elas precisam ser desiludidas. As vestes sujas com que é coberto o servo de Deus precisam ser removidas”. NESSE ESTUDO, ESTAMOS LEVANTANDO EM RESPOSTA A ESSA ORDEM DIVINA...
  • 13. Satanás não usou apenas Herodes e sua desprezível esposa para destruir o ministério de João Batista. Ele usou líderes da igreja e da nação judaica. Quando Salomé disse: “Quero que imediatamente me dês num prato a cabeça de João o Batista” (Marcos 6:25), Nenhum daqueles líderes da igreja que estavam ali naquele momento disse uma palavra de protesto. Ninguém! Veja o que disse Ellen White:
  • 14. O Desejado de Todas as Nações pág.221,222 “Herodes ficou atônito e confundido. Cessou a ruidosa festa, e um sinistro silêncio baixou sobre a cena de orgia. O rei sentiu-se tomado de horror ante a idéia de tirar a vida de João. No entanto, sua palavra estava empenhada, e não queria parecer inconstante ou precipitado. O juramento fora feito em honra dos hóspedes, e se um deles houvesse proferido uma palavra contra o cumprimento da promessa, de boa vontade teria poupado o profeta. >>>
  • 15. “Deu-lhes oportunidade de falar em favor do preso. Eles haviam caminhado longas distâncias para ouvir a pregação de João, e sabiam ser ele homem isento de crime, e servo de Deus. Mas, conquanto chocados com o pedido da jovem, estavam demasiado embrutecidos para fazer qualquer objeção. Voz alguma se ergueu para salvar a vida do mensageiro do Céu. Estes homens ocupavam altas posições de confiança na nação, e sobre eles pesavam sérias responsabilidades... Com seu silêncio, proferiram a sentença de morte contra o profeta de Deus, para satisfazer a vingança de uma depravada mulher.” (O D. T.Nações p.221,222).
  • 16. Como filhos de Deus defensores da sua verdade, devemos recusar permanecer em silêncio – quando a mensageira do Senhor tem os seus testemunhos destruídos. Devemos despertar todo leigo fiel e dedicado, todo pastor fiel para ir à luta não porque temos que ir, mas porque Deus nos manda ir. Calar nessa era de crise é um pecado seríssimo: “Se Deus aborrece um pecado mais do que o outro, do qual Seu povo é culpado, é o de nada fazer no caso de uma emergência. Indiferência e neutralidade numa crise religiosa são considerados por Deus como um crime grave e igual ao pior tipo de hostilidade contra Deus.” (Test. Para Igreja vol.3, pág. 280-281).
  • 17. "Porventura condena a nossa lei um homem sem primeiro o ouvir e ter conhecimento do que faz?" João 7:51. Essa pergunta interrompera na ocasião o conselho, e estorvara-lhes os planos”. “Fez-se silêncio na assembléia. As palavras de Nicodemos penetraram-lhes na consciência. Não podiam condenar um homem que não fora ouvido”. (O Desejado de Todas as Nações, p.460, 699).
  • 18. “Em uma igreja, um homem e uma mulher que se reveste com coragem pode representar uma grande diferença” No ano 31 Gamaliel ficou sozinho em meio a setenta com o propósito de salvar a vida de João e Pedro: “Os judeus...decidiram a fazer justiça pelas próprias mãos, e ...matar os presos... Mas no concílio houve um homem que reconheceu a voz de Deus nas palavras proferidas pelos discípulos. Este homem foi Gamaliel... {Atos 5:35-39} Os sacerdotes viram a racionalidade destas opiniões, e foram obrigados a concordar com Gamaliel”. (A.Apostolos, p.83,84).
  • 19. “Se o meu silêncio permite o triunfo de um novo ponto de vista, e este ponto de vista contribui para a derrota do propósito de Deus ... então o luxo de permanecer calado para evitar um estigma seria muito custoso para minha consciência.” (Pastor Dennis Priebe).
  • 20. Centenas de adventistas do sétimo dia nos anos de 30, 50,60, 70 e 80 escolheram ficar em silêncio quando lobos jesuítas entram com uma Nova Teologia para demolir nossa fé. Como aqueles homens ficaram em silêncio na festa de Herodes, assim fizeram a maioria dos Adventistas do Sétimo Dia. Como um povo, não protestamos em apoio a nossa fé. Muitos permanecem covardemente em silêncio...
  • 21. De 2 a 5 de fevereiro de 2004 houve um encontro de mais de cem pastores, educadores, administradores na Faculdade de Avondale na Austrália. Objetivo: melhorar o entendimento da missão e ministério de Ellen White.
  • 22. Nesse encontro, em 3 de fevereiro foi lançado o livro: “OS PROFETAS SÃO HUMANOS” (Prophets are Human) do doutor Graeme Bradford. ) Graeme Bradford
  • 23. Foi lançado pelo Pastor Laurie Evans, Presidente da Divisão do Pacífico sul. Nesse dia o Pastor Laurie Evans declarou: “É um livro muito bom de se ler e tem sido longamente esperado...Ele fez um grande Laurie Evans trabalho ao escrever esse livro”.
  • 24. A Revista RECORD dedicou uma página inteira para divulgar o livro em 14 de fevereiro de 2004
  • 25. No rodapé de um anúncio apareceu as seguintes palavras: Este livro foi orgulhosamente impresso e publicado na Austrália pela Companhia Publicadora Sinais em Victoria (Casa Publicadora da União Pacífico Sul)
  • 26. A A PROPAGANDA CONTINHA UM DESENHO DE ELLEN WHITE EM PÉ ATRÁS DO PÚLPITO, COM OS PÉS ESCARRANCHADOS, SEU BRAÇO DIREITO COM OS DEDOS TORTOS E A MÃO ESQUERDA COBRINDO A BOCA. ELE DESENHOU ELLEN WHITE EM ESTADO DE CHOQUE E HORROR POR MEDO QUE OS “ERROS” DE SEUS ESCRITOS FOSSEM REVELADOS.
  • 27. O QUE DISSE OS DOUTORES DE TEOLOGIA DA IASD SOBRE ESSE LIVRO Pastor Lester Devine (Diretor do Centro de Pesquisa Ellen White) Disse: “...uma leitura provocante e estimulante para a inteligência cristã”. Pastor William Johnson (Editor da Revista Adventista: “Graeme Bradford é o mais honesto pesquisador que responde perguntas sobre Ellen White. Eu particularmente recomendo este livro”.
  • 28. Pastor Barry Oliver (Secretário da Divisão do Pacífico Sul): Graeme Bradford tem a minha mais alta admiração...por sua integridade pessoal e devoção à verdade”. Jon Paulien (presidente do Departamento de Novo Testamento ): “O livro do Dr. Bradford deve ser lido por todos aqueles que se interessam pela inspiração de Ellen White”.
  • 29. Levantam dúvidas a respeito de Ellen White e deixa sem solução. Os escritos de Ellen White estão Recheados de Erros. Para amenizar os supostos “erros” de Ellen White, eles dizem que os escritores bíblicos cometeram erros semelhantes. Ele passa a ideia de que nem a Bíblia, nem o Espírito de Profecia oferecem afirmações confiáveis. Banaliza e denigre o dom de Profecia de Ellen White.
  • 30. A Senhora White ensinou que a porta da graça fechou em 1844. (Resposta parte II) A Senhora White plagiou materiais de outros escritores. (Resposta parte II) Ela ensinou que a Torre de Babel foi construida antes do Dilúvio. (Resposta parte II) Ela afirmou que a Inglaterra entraria na guerra americana, e isso não aconteceu... (Resposta parte II)
  • 31. O Doutor Bradford, apresenta em seu livro uma Bíblia falha maculada pelo contexto social:  “... Deus estava trabalhando com pessoas que viviam em uma cultura menos ideal”. Por isso que ele afirma que os profetas cometeram erros. Ele afirma que João Batista e Paulo ensinaram coisas erradas, ele diz: “João Batista tinha algumas coisas a aprender. Lembram quando lhe foi perguntado sobre o que era necessário para se alcançar a vida eterna, ele não ressaltou a salvação pela graça, em vez disso falou aos seus inquiridores para reformarem suas vidas. (Lucas 3:11-14).Mas tarde os convertidos por ele tiveram que ser rebatizados...” (Os Profetas são Humanos, p.67)
  • 32. Em junho de 2004, houve um encontro de anciãos na Associação Vitoriana na Austrália. Os palestrantes convidados foram: Doutor Graeme Bradford e Ray Roennfeldt. Ambos são líderes do dep. Teologia da Fac. de Avondale Austrália
  • 33. O doutor Ray afirmou nesse encontro
  • 34. O Número de vezes que o galo cantou após Pedro ter negado a Cristo. O número de anjos na tumba de Cristo. A quantidade de endemoninhados que Cristo curou em Gadara e o número de cegos em Jericó. Ele citou essa supostas contradições e ao invés de explicá-las, ele simplesmente disse: “Digo a mim mesmo, quem se importa?”
  • 35. O galo cantou quantas vezes?
  • 36. • “Disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que, nesta mesma noite, antes que o galo cante, três vezes me negarás”. Mateus 26:34 • “E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje, nesta noite, antes que o galo cante duas vezes, três vezes me negarás”. Marcos 14:30 • “E o galo cantou segunda vez. E Pedro lembrou-se da palavra que Jesus lhe tinha dito: Antes que o galo cante duas vezes, três vezes me negarás. E, retirando-se dali, chorou”. Marcos 14:72 • “Mas ele disse: Digo-te, Pedro, que não cantará hoje o galo antes que três vezes negues que me conheces”. Lucas 22:34 • Então Jesus respondeu: "Você dará a vida por mim? Asseguro-lhe que, antes que o galo cante, você me negará três vezes! “. João 13:38
  • 37. PERGUNTA: • Quando Pedro negou a Cristo, o galo cantou uma ou duas vezes? Mateus 26.34 (cf. Mc 14.30) • PROBLEMA: Mateus e João (13:38) dizem que antes que o galo cantasse uma vez, Pedro negaria o Senhor três vezes. Marcos, porém, afirma que Pedro o negaria por três vezes antes de o galo cantar duas vezes. Qual dos relatos está correto? • SOLUÇÃO: Não há contradição entre os dois relatos porque, conforme as palavras realmente expressas nos textos, Mateus e João não afirmam quantas vezes o galo cantaria. Eles apenas dizem que Pedro negaria Cristo três vezes “antes que o galo cante”, sem dizer quantas vezes o galo cantaria. Marcos foi mais específico, afirmando com exatidão quantas vezes o galo cantaria.
  • 38. • Em Mateus, JESUS disse: "ANTES QUE O GALO CANTE...três vezes me negarás." Não especificou o número de vezes que o Galo cantaria. Disse apenas: Antes que o Galo Cante! Poderia ser uma, duas, três, quatro, cinco ou mais vezes, NÃO IMPORTA! Em Marcos, está narrado o NÚMERO DE VEZES que o Galo cantaria: "ANTES QUE O GALO CANTE DUAS VEZES...três vezes me negarás." Logo, o número de vezes que o Galo cantou voi 2 VEZES. Um texto NÃO CONTRADIZ O OUTRO, apenas complementa, explicando o número de vezes que cantou o galo: DUAS.
  • 39. • “Pedro sentiu-se forçado a replicar e disse, zangado: "Mulher, não O conheço." Luc. 22:57. Foi a primeira negação, e imediatamente o galo cantou... • Pela segunda vez foi a atenção chamada para ele, sendo novamente acusado de ser seguidor de Jesus. Declarou então, com juramento: "Não conheço tal homem." Outra oportunidade lhe foi dada ainda. Passara-se uma hora, quando um dos servos do sumo sacerdote, sendo parente próximo do homem cuja orelha Pedro cortara, lhe perguntou: "Não te vi eu no horto com Ele?" "Também este verdadeiramente estava com Ele, pois também é galileu." "Tua fala te denuncia." Diante disso Pedro se exaltou. Os discípulos de Jesus eram notados pela pureza da linguagem, e para enganar bem a seus interlocutores e justificar o aspecto que assumira, Pedro negou então ao Mestre com imprecação e juramento. Novamente o galo cantou. Pedro o ouviu então e lembrou as palavras de Jesus: "Antes que o galo cante duas vezes, três vezes Me negarás." Mar. 14:30”. (O Desejado de Todas as Nações, p.711,712).
  • 40. • Assim os dois cantos do galo são confirmados nos comentários inspirados de Ellen White, um após a primeira negação de Pedro e o outro após sua terceira negação. • Mateus, Lucas e João não citou o número de vezes que o galo cantaria. Isso não pode ser interpretado erroneamente como se afirmasse que ele cantaria apenas uma vez. Não há contradições nestes relatos.
  • 41. QUANTOS ANJOS HAVIAM NO TÚMULO DE JESUS?” UM ou DOIS? • Mateus e Marcos mencionam 1 anjo. Lucas e João mencionam 2 anjos: • “E eis que sobreveio um grande terremoto, pois um anjo do Senhor desceu do céu e, chegando ao sepulcro, rolou a pedra da entrada e assentou-se sobre ela”.Mateus 28:2 • “Entrando no sepulcro, viram um jovem vestido de roupas brancas assentado à direita, e ficaram amedrontadas”. Marcos 16:5 • “Ficaram perplexas, sem saber o que fazer. De repente dois homens com roupas que brilhavam como a luz do sol colocaramse ao lado delas”. Lucas 24:4 • “Maria, porém, ficou à entrada do sepulcro, chorando. Enquanto chorava, curvou-se para olhar dentro do sepulcro e viu dois anjos vestidos de branco, sentados onde estivera o corpo de Jesus, um à cabeceira e o outro aos pés”. João 20:11-12
  • 42. • No princípio somente um anjo era visível no túmulo, mas depois o segundo anjo apareceu. • Mateus relata que o anjo as convidou a entrar no sepulcro. Mateus não relata o que aconteceu DENTRO do sepulcro, somente diz que retiram-se apressadamente do sepulcro e foram contar o fato aos discípulos. • Marcos por sua vez, não relataram o que acontecera FORA do túmulo. Somente relata o que aconteceu DENTRO do túmulo. Descreve o fato que viram outro anjo assentado dentro ao lado direito do lugar onde o corpo de Jesus tinha sido colocado. O anjo DENTRO DO TÚMULO reafirmou a mesma história que elas tinham ouvido do anjo que estava FORA, assentado sobre a pedra que fora removida. •
  • 43. • Em Lucas 24. 1-6, registra o fato de que foram dois os anjos que foram vistos por elas: provavelmente, o anjo que lhes aparecera FORA entrou no túmulo, quando ainda estavam escutando a confirmação do outro anjo DENTRO do túmulo. Daí que viram dois anjos DENTRO do túmulo. • João diz que Maria Madalena, inconformada e querendo ver a Jesus, volta ao túmulo do Mestre. Enquanto estava chorando e olhando para dentro do túmulo (v. 11), viu os dois anjos assentados onde o corpo de Jesus estivera, um na cabeça e outros aos pés. Foi aí então que Jesus apareceu FORA do sepulcro e falou com ela.
  • 44. • “Um jovem de vestes brilhantes estava sentado junto ao túmulo. Era o anjo que rolara a pedra. Tomara a forma humana, a fim de não atemorizar essas discípulas de Jesus... Voltaram-se para fugir, mas as palavras do anjo lhes detiveram os passos. "Não tenhais medo", disse ele; "pois eu sei que buscais a Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito. Vinde, vede o lugar em que o Senhor jazia. Ide pois, imediatamente, e dizei aos Seus discípulos que já ressuscitou dos mortos." Mat. 28:5-7. De novo olharam elas para o sepulcro, e tornaram a ouvir as maravilhosas novas. Outro anjo, em forma humana, ali está, e diz: "Por que buscais o vivente entre os mortos? Não está aqui, mas ressuscitou. Lembrai-vos como vos falou, estando ainda na Galiléia, dizendo: Convém que o Filho do homem seja entregue na mãos de homens pecadores, e seja crucificado, e ao terceiro dia ressuscite." Luc. 24:5-7”. (DTN, p.989) • Portanto, as Escrituras não podem, honestamente, serem consideradas como estando em erro nesses relatos. Ambos estão corretos.
  • 45. • “Quando ele chegou ao outro lado, à região dos gadarenos, foram ao seu encontro dois endemoninhados, que vinham dos sepulcros. Eles eram tão violentos que ninguém podia passar por aquele caminho”. Mateus 8:28 • “Quando Jesus desembarcou, um homem com um espírito imundo veio dos sepulcros ao seu encontro”.Marcos 5:2 • “Quando Jesus pisou em terra, foi ao encontro dele um endemoninhado daquela cidade. Fazia muito tempo que aquele homem não usava roupas, nem vivia em casa alguma, mas nos sepulcros”. Lucas 8:27
  • 46. • A explicação, neste caso, é que Mateus foi mais detalhista em seu escrito, como aconteceu também no relato que ele fez a respeito da cura de dois cegos (Ver Mt 20.30). Quanto a Marcos e Lucas, eles se ocuparam apenas em focalizar o endemoninhado proeminente. • Quanto aos pormenores, cada um escreveu segundo sua própria perspectiva. E faziam isso de acordo como os detalhes lhes saltavam aos olhos. • Ellen White confirma a presença de DOIS endemoninhados: • “De manhã cedo o Salvador e Seus companheiros chegaram à praia, e a luz do Sol nascente banhava a terra como bênção de paz. Mas assim que pisaram a terra, deparou-se-lhes uma cena ainda mais terrível que a fúria da tempestade. De um lugar oculto, entre os sepulcros, dois loucos avançaram sobre eles, como se os quisessem despedaçar.” (o Desejado de Todas as Nações, p.337).
  • 47. GC. PÁG.7: “A fraseologia dos diferentes escritos diverge, expondo uns os mesmos fatos com maior clareza do que outros. E como sucede, às vezes, tratarem um mesmo assunto sob aspectos e relações diferentes, pode parecer ao leitor de ocasião e imbuído de algum preconceito, que os seus conceitos divergem, quando um meditado estudo deixa transparecer claramente o seu fundo harmônico. Um escritor apresenta os pontos que se harmonizam com sua experiência ou com sua capacidade de percepção e apreciação, ao passo que outro prefere encarar a verdade por outro prisma. Todos eles, porém, atuam sob a direção do mesmo Espírito para apresentar aquilo que mais particular impressão exerce sobre o seu espírito, resultando daí uma variedade de aspectos da mesma verdade, mas perfeitamente harmônicos entre si.”
  • 48.
  • 49. Estudo preparado pelos ADVENTISTAS DO 7º DIA HISTÓRICO (QUE DEFENDE O ADVENTISMO HISTÓRICO DOS PIONEIROS) COTIA SP Contato: aultimageracao@hotmail.com Visite nosso Blog: exaltandoaverdade.blogspot.com