SlideShare uma empresa Scribd logo
Nº 1.895 (Ano B/Verde) 2° Domingo do Tempo Comum                 15 de janeiro de 2012


                 O SEGUIMENTO DE JESUS CRISTO

                                               Vida. Cada encontro é mais uma oportu-
                                               nidade para acolhermos a missão de
                                               evangelizar, como fizeram os Apóstolos
                                               Pedro, André e os demais.

                                               02. CANTO
                                               No meu coração... n° 427

                                               03. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO
                                               D. Como membros do Corpo de Cristo,
                                               somos convidados a louvar e agradecer
                                               por todas as maravilhas deste mundo. De
                                               maneira particular queremos agradecer
                                               pelo dom da vida. Saudemos com amor e
                                               carinho o Deus Uno e Trino. Em nome do
(Entrar em procissão com a Cruz, velas, o      Pai e do Filho e do Espírito Santo.
Lecionário.)                                   Amém!
                                               D. A graça que nos trouxe até aqui; a cer-
01. MOTIVAÇÃO                                  teza de que somos reconhecidos por Je-
C1. Irmãos e irmãs, na celebração de hoje      sus Cristo e a força do Espírito Santo que
Jesus nos interroga: "O que vocês estão pro-   nos conduz para o trabalho no mundo, es-
curando?" Como os dois discípulos de João      tejam com todos nós.
Batista, estamos procurando Jesus. Busca-      Todos: Bendito seja Deus...
mos nele um sentido para nossa vida pesso-
al e comunitária. E queremos dizer ao Se-      04. DEUS NOS PERDOA
nhor: "Fala, que teu Servo escuta"!            D. Quando o ser humano escolhe cami-
Ref: Tua voz me fez refletir, deixei tudo      nhos que não coincidem com o Caminho
pra te seguir, nos teus mares eu quero         proposto que é Jesus, não consegue che-
navegar. (bis).                                gar a lugar algum. A Igreja tem seu projeto
C.2 A Igreja tem a missão de levar todos       que é construído no caminho ensinado pelo
ao encontro de Jesus: Caminho, Verdade e       Cristo. Será que somos fiéis a este
ensinamento? Qual a nossa desculpa?           SEGUNDA LEITURA
Canto: Deus Pai criador... n° 182             (1Cor 6, 13c-15a.17-20)
D. Deus de amor e misericórdia, tende com-
paixão do vosso povo, nos deis a graça do     L.2 Leitura da Primeira Carta de São
perdão dos nossos pecados e nos               Paulo aos Coríntios.
conduzais pelo caminho da santidade à vida
eterna. Amém.                                 EVANGELHO (Jo 1, 35-42)

05. HINO DE LOUVOR                            CANTO DE ACLAMAÇÃO
C1. Louvemos a Deus Pai por sua bonda-        Aleluia... Ide pelo mundo... n° 205
de; pelos primeiros discípulos e por todas
as Igrejas reunidas em busca do Seu cami-     Evangelho de nosso Senhor Jesus Cris-
nho. Louvemos a Deus que nos chama e se       to segundo João.
deixa encontrar.
Glória a Deus na imensidão... n° 237          08. PARTILHANDO A PALAVRA
                                              Como Samuel, também necessitamos de
06. ORAÇÃO                                    muitos chamados de Deus para identificar
D. Deus eterno e todo poderoso, que           a sua voz e compreender o que ele quer de
governais o céu e a terra, escutai com        nós.
bondade as preces do Vosso povo e dai         Deus nos chama muitas vezes, na adesão
ao nosso tempo a Vossa paz. Por nosso         aos Sacramentos, no convite à vocação.
Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na          Chama-nos de muitas formas. Cada um de
unidade do Espírito Santo. Amém.              nós recorda o momento singular em que,
                                              identificou claramente a Sua voz. Foi o
07. DEUS NOS FALA                             momento definitivo de nossa adesão a Ele.
C2. Acolhamos o Santo Livro, no dia a dia     Às vezes ousamos pedir-lhe que faça a nos-
de nossa missão, como fizeram Samuel e        sa vontade e relutamos em compreender
tantos seguidores de Jesus Cristo. Voltemos   quando esta não se concretiza.
o nosso olhar e o nosso coração para a es-    Na verdade, só conseguimos entender as
cuta da Palavra da vida. Ela nos convida ao   propostas do Senhor quando experimenta-
seguimento do Senhor.                         mos o encontro pessoal com Jesus Cristo.
Refrão: Tua Palavra é lâmpada para            A cada encontro nos vemos transformar e,
meus pés, Senhor! Lâmpada para meus           mesmo que as dificuldades envolvam nossa
pés, Senhor! Luz para o meu caminho.          caminhada, não o deixamos. Dia a dia nos
                                              comprometemos com ele e com seu plano
PRIMEIRA LEITURA: 1Sm 3,3b-10.19              de amor. O encontro com Jesus, tal qual
                                              aconteceu com os discípulos, invade nossa
L.1 Leitura do Primeiro Livro de              vida e, a partir daí, nunca mais seremos os
Samuel.                                       mesmos.
                                              "Essa realidade fica presente em nossa vida
SALMO RESPONSORIAL - 39(40)                   por obra do Espírito Santo. Ele nos ilumina
Refrão: Eu disse: Eis que venho, Se-          e vivifica através dos sacramentos. Pelo Ba-
nhor! Com prazer faço a vossa vontade.        tismo e Confirmação, somos chamados a
ser discípulos missionários de Jesus Cristo.    o encontro com Jesus Cristo se faça e se
Entramos na comunhão trinitária na Igreja.      refaça permanentemente" (41)
Seu ponto alto é a Eucaristia, que é princí-
pio e projeto da missão do cristão" (Docu-      09. PROFISSÃO DE FÉ
mento de Aparecida, 153).                       D. Cremos no Cordeiro de Deus em nosso
Experimentamos a presença de Jesus e nos        meio. Professemos nossa fé: Creio em
tomamos seus discípulos-missionários com-       Deus Pai...
prometidos em anunciá-lo para que mais
pessoas o conheçam, possam amá-lo e trans-      10. PRECES DA COMUNIDADE
formem-se, também, em seus discípulos.          D. Neste dia, em que recordamos a Res-
Nas exigências do mundo atual, esta não é       surreição de Jesus, façamos nossas preces
uma tarefa fácil; é preciso que estejamos       ao Pai, dizendo:
constantemente na presença de Jesus para        Todos: Caminhai conosco, Senhor!
que ele nos fortaleça e sejamos capazes de      (A equipe prepara as preces)
conduzir outras pessoas para esse encontro.     D. Acolhei, Senhor, com bondade a ora-
A Conferência de Aparecida propõe uma           ção da vossa Igreja, que vos manifesta seus
pedagogia da Missão Permanente. Nesta           pedidos com tanto mais confiança, quanto
pedagogia, o processo de formação do dis-       mais se alegra em contemplar a natureza
cípulo-missionário tem como um de seus          humana exaltada até o céu, através do en-
aspectos fundamentais o encontro com Je-        contro com o Senhor. Por Cristo nosso
sus Cristo, que culmina com a maturidade        Senhor. Amém.
do discípulo pelo testemunho pessoal, re-
percutindo no anúncio e na ação missionária     11. APRESENTAÇÃO DOS DONS
na comunidade.                                  C1. O Evangelho de hoje, narrou como os
"O encontro com Jesus, graças à ação invi-      discípulos se aproximaram de Jesus e se
sível do Espírito Santo, realiza-se na fé re-   identificaram com Ele. Iluminados por este
cebida e vivida na Igreja" (DA, 246).           exemplo, apresentemos no altar do Senhor
E onde encontramos Jesus hoje?                  nossos passos, a nossa vivência junto com
Nós o encontramos na oração pessoal e           Jesus, nosso Mestre e Senhor. Pedimos ao
comunitária, na Sagrada Escritura, na Sa-       Pai a confirmação de nossa fé, e dos traba-
grada Liturgia, assim como no irmão que         lhos de evangelização de nossa comunida-
necessita de nosso auxílio e afeto, seja qual   de.
for o motivo.                                   Canto: Um coração para amar... n° 473
Assim, temos o vivo convite para que o
encontro com Jesus, o qual nos inunda com       12. LOUVOR E AÇÃO DE GRAÇAS
seu amor, não seja guardado apenas para         D. O Senhor esteja convosco.
nós, mas que nos deixemos transformar e,        Todos: Ele está no meio de nós.
como São Paulo, digamos: "Ai de mim, se         D. Demos graças ao Senhor nosso Deus.
eu não evangelizar" (1Cor 9,16).                Todos: É nosso dever e nossa salvação.
Por isso, aceitemos o que nos propõe a          D. Irmãos e irmãs, santificados em Cristo:
CNBB em suas Diretrizes Gerais da Ação          glorifiquemos o Pai "pela graça que nos foi
Evangelizadora da Igreja para 2011-2015:        dada em Cristo Jesus, pois nele fomos
"Nossas comunidades precisam ser co-            cumulados de todas as riquezas". Louve-
munidades preparadas para permitir que          mos de todo coração, porque "é fiel o Deus
que nos chamou à comunhão com seu Fi-                  Filho, alimentados com a Vossa Palavra.
lho Jesus Cristo, nosso Senhor".                       Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
Refrão: Ó Pai somos nós o povo elei-
to, que Cristo veio reunir. (2x)                       15. AVISOS
D. Nós Vos damos graças, ó Deus, por-                  D. Depois de amanhã, dia 17, completam-
que escutais nossos pedidos e aceitais                 se 35 anos da morte de Dom José Dalvit,
nossas orações. Sois bendito, Senhor! E                nosso primeiro bispo.
bendito seja Aquele que vem em vosso
nome, Jesus, vosso Filho, nosso irmão!                 16. BÊNÇÃO E DESPEDIDA
Refrão: Quero cantar ao Senhor,/ sem-                  D. O Senhor esteja convosco.
pre, enquanto eu viver. Hei de provar                  Todos: Ele está no meio de nós.
seu amor,/ seu valor e seu poder. (2x)                 D. O Senhor nos abençoe e nos guarde!
D. Nós vos louvamos, ó Pai, porque por /               Amém!
Ele passamos das trevas para a luz, da mor-            O Senhor faça brilhar sobre nós a sua gra-
te para a vida, da escravidão para a liber-            ça. Amém.
dade de sermos filhos vossos. Quero...                 O Senhor dirija para nós o seu rosto e nos
D. Nele vos pedimos o Espírito de unida-               dê a paz. Amém.
de. Que Ele transforme numa só família ho-             - Abençoe-nos Deus Todo-Poderoso: Pai
mens e mulheres, jovens e crianças de to-              e Filho e Espírito Santo. Amém.
das as raças, povos e línguas, para o lou-             D. Bendigamos ao Senhor.
vor da vossa glória. Quero cantar...                   Todos: Demos graças a Deus.
D. Toda louvação chegue a vós, em nome
de vosso Filho amado, com quem reza-                   17. CANTO
mos com as palavras que Ele mesmo nos                  Jesus, eu irei te louvar... n° 742
ensinou: Pai Nosso...

13. ABRAÇO DA PAZ
D. A paz é fruto do nosso compromisso
com o Reino de Deus. Esse Reino só será
pleno com a chegada da plenitude da paz
e do amor de Deus. No desejo de fazer
com que essa paz reine em nós, saudemos
                                                                     Leituras para a Semana
uns aos outros.                                        2ª 1Sm 15, 16-23 / Sl 49 (50) / Mc 2, 18-22
                                                       3ª 1Sm 16, 1-13 / Sl 88(89) / Mc 2, 23-28
14. ORAÇÃO                                             4ª 1Sm 17, 32-33.37.40-51 / Sl 143(144) / Mc 3, 1-6
D. Ó Deus, com Vosso Espírito de ca-                   5ª 1Sm 18, 6-9; 19, 1-7 / Sl 55(56) / Mc 3, 7-12
                                                       6ª 1Sm 24, 3-21 / Sl 56(57) / Mc 3, 13-19
ridade, fazei que vivamos unidos no                    Sáb.: 2Sm 1, 1-4.11-12.19.23-27 / Sl 79(80)
Vosso amor e no discipulado do Vosso                          Mc 3, 20-21


 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177
   Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br
                 Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br
        Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estudo Celiulas 2
Estudo Celiulas 2Estudo Celiulas 2
Estudo Celiulas 2
Fabrício Tarles
 
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 20161º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
Catequese Anjos dos Céus
 
Livro missa formatura
Livro missa formaturaLivro missa formatura
Livro missa formatura
José Da Guia Oliveira
 
13 11 11
13 11 1113 11 11
Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014
José Vieira Dos Santos
 
SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1
SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1
SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1
Elva Judy Nieri
 
A Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do PovoA Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do Povo
Bernadetecebs .
 
Eucaristia - repartir unir
Eucaristia - repartir unirEucaristia - repartir unir
Eucaristia - repartir unir
Paroquia Cucujaes
 
2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende
Irmão Feliciano Sv
 
1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta
Irmão Feliciano Sv
 
3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia
Irmão Feliciano Sv
 
03 paroquia gracas
03 paroquia gracas03 paroquia gracas
03 paroquia gracas
João Melo
 
Vida Comunitária
Vida ComunitáriaVida Comunitária
Vida Comunitária
José Vieira Dos Santos
 
Lição 13 - Orando pela Intervenção Divina
Lição 13 - Orando pela Intervenção DivinaLição 13 - Orando pela Intervenção Divina
Lição 13 - Orando pela Intervenção Divina
Éder Tomé
 
Lição 12 - A adoração a Deus precisa estar de acordo com a Sua Palavra
Lição 12 - A adoração a Deus precisa estar de acordo com a Sua PalavraLição 12 - A adoração a Deus precisa estar de acordo com a Sua Palavra
Lição 12 - A adoração a Deus precisa estar de acordo com a Sua Palavra
Éder Tomé
 
A CRISMA Catequese para pais e padrinhos
A CRISMA Catequese para pais e padrinhosA CRISMA Catequese para pais e padrinhos
A CRISMA Catequese para pais e padrinhos
Catequista Josivaldo
 
2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA
Catequista Josivaldo
 
Dez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejum
Dez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejumDez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejum
Dez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejum
Iasd Jardim Paulista
 
Oração e benção de envio 2º congresso diocesano (1)
Oração e benção de envio 2º congresso diocesano (1)Oração e benção de envio 2º congresso diocesano (1)
Eucaristia: Escola Vivencial
Eucaristia: Escola VivencialEucaristia: Escola Vivencial
Eucaristia: Escola Vivencial
José Vieira Dos Santos
 

Mais procurados (20)

Estudo Celiulas 2
Estudo Celiulas 2Estudo Celiulas 2
Estudo Celiulas 2
 
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 20161º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
 
Livro missa formatura
Livro missa formaturaLivro missa formatura
Livro missa formatura
 
13 11 11
13 11 1113 11 11
13 11 11
 
Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014
 
SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1
SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1
SEGUNDA CARTA A TIMÓTEO,CAPÍTULO 1
 
A Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do PovoA Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do Povo
 
Eucaristia - repartir unir
Eucaristia - repartir unirEucaristia - repartir unir
Eucaristia - repartir unir
 
2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende
 
1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta
 
3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia
 
03 paroquia gracas
03 paroquia gracas03 paroquia gracas
03 paroquia gracas
 
Vida Comunitária
Vida ComunitáriaVida Comunitária
Vida Comunitária
 
Lição 13 - Orando pela Intervenção Divina
Lição 13 - Orando pela Intervenção DivinaLição 13 - Orando pela Intervenção Divina
Lição 13 - Orando pela Intervenção Divina
 
Lição 12 - A adoração a Deus precisa estar de acordo com a Sua Palavra
Lição 12 - A adoração a Deus precisa estar de acordo com a Sua PalavraLição 12 - A adoração a Deus precisa estar de acordo com a Sua Palavra
Lição 12 - A adoração a Deus precisa estar de acordo com a Sua Palavra
 
A CRISMA Catequese para pais e padrinhos
A CRISMA Catequese para pais e padrinhosA CRISMA Catequese para pais e padrinhos
A CRISMA Catequese para pais e padrinhos
 
2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA2º ANO DE EUCARISTIA
2º ANO DE EUCARISTIA
 
Dez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejum
Dez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejumDez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejum
Dez Dias de Oração e Jejum + Dez Horas de Oração e jejum
 
Oração e benção de envio 2º congresso diocesano (1)
Oração e benção de envio 2º congresso diocesano (1)Oração e benção de envio 2º congresso diocesano (1)
Oração e benção de envio 2º congresso diocesano (1)
 
Eucaristia: Escola Vivencial
Eucaristia: Escola VivencialEucaristia: Escola Vivencial
Eucaristia: Escola Vivencial
 

Destaque

Missa manha 24052008
Missa manha 24052008Missa manha 24052008
Missa manha 24052008
yhanahenrique
 
Sem i palestra iv versão2007
Sem i palestra iv versão2007Sem i palestra iv versão2007
Sem i palestra iv versão2007
Márcio E Maria
 
Minha Consagração Hoje (MCH) - MM
Minha Consagração Hoje (MCH) - MMMinha Consagração Hoje (MCH) - MM
Minha Consagração Hoje (MCH) - MM
Gérson Fagundes da Cunha
 
Retiro com Crismandos
Retiro com CrismandosRetiro com Crismandos
Retiro com Crismandos
José Vieira Dos Santos
 
ELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTO
ELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTOELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTO
ELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTO
ASD Remanescentes
 
Mensajes 2005
Mensajes 2005Mensajes 2005
Mensajes 2005
reygo72
 

Destaque (6)

Missa manha 24052008
Missa manha 24052008Missa manha 24052008
Missa manha 24052008
 
Sem i palestra iv versão2007
Sem i palestra iv versão2007Sem i palestra iv versão2007
Sem i palestra iv versão2007
 
Minha Consagração Hoje (MCH) - MM
Minha Consagração Hoje (MCH) - MMMinha Consagração Hoje (MCH) - MM
Minha Consagração Hoje (MCH) - MM
 
Retiro com Crismandos
Retiro com CrismandosRetiro com Crismandos
Retiro com Crismandos
 
ELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTO
ELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTOELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTO
ELLEN WHITE COMFIRMA QUEM É O ESPIRITO SANTO
 
Mensajes 2005
Mensajes 2005Mensajes 2005
Mensajes 2005
 

Semelhante a 15 01 12

28 08 11
28 08 1128 08 11
04 03 12
04 03 1204 03 12
25 03 12
25 03 1225 03 12
29 01 12
29 01 1229 01 12
Cat02
Cat02Cat02
01 04 12
01 04 1201 04 12
19 02 12
19 02 1219 02 12
26 02 12
26 02 1226 02 12
Curso de batismo
Curso de batismoCurso de batismo
Curso de batismo
Melonita
 
cursodebatismopara aplicação nas diversas paróquias.pptx
cursodebatismopara aplicação nas diversas paróquias.pptxcursodebatismopara aplicação nas diversas paróquias.pptx
cursodebatismopara aplicação nas diversas paróquias.pptx
Edmilson Sousa Rocha
 
07 08 11
07 08 1107 08 11
06 11 11
06 11 1106 11 11
12 02 12
12 02 1212 02 12
18 12 11
18 12 1118 12 11
08 01 12
08 01 1208 01 12
04 12 11
04 12 1104 12 11
11 03 12
11 03 1211 03 12
40 dias para formar Jesus
40 dias para formar Jesus40 dias para formar Jesus
40 dias para formar Jesus
Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Mãos que servem
Mãos que servemMãos que servem
Mãos que servem
Armin Andreas Hollas
 
11 09 11
11 09 1111 09 11

Semelhante a 15 01 12 (20)

28 08 11
28 08 1128 08 11
28 08 11
 
04 03 12
04 03 1204 03 12
04 03 12
 
25 03 12
25 03 1225 03 12
25 03 12
 
29 01 12
29 01 1229 01 12
29 01 12
 
Cat02
Cat02Cat02
Cat02
 
01 04 12
01 04 1201 04 12
01 04 12
 
19 02 12
19 02 1219 02 12
19 02 12
 
26 02 12
26 02 1226 02 12
26 02 12
 
Curso de batismo
Curso de batismoCurso de batismo
Curso de batismo
 
cursodebatismopara aplicação nas diversas paróquias.pptx
cursodebatismopara aplicação nas diversas paróquias.pptxcursodebatismopara aplicação nas diversas paróquias.pptx
cursodebatismopara aplicação nas diversas paróquias.pptx
 
07 08 11
07 08 1107 08 11
07 08 11
 
06 11 11
06 11 1106 11 11
06 11 11
 
12 02 12
12 02 1212 02 12
12 02 12
 
18 12 11
18 12 1118 12 11
18 12 11
 
08 01 12
08 01 1208 01 12
08 01 12
 
04 12 11
04 12 1104 12 11
04 12 11
 
11 03 12
11 03 1211 03 12
11 03 12
 
40 dias para formar Jesus
40 dias para formar Jesus40 dias para formar Jesus
40 dias para formar Jesus
 
Mãos que servem
Mãos que servemMãos que servem
Mãos que servem
 
11 09 11
11 09 1111 09 11
11 09 11
 

Mais de Gustavo Scheffer

Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Gustavo Scheffer
 
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Gustavo Scheffer
 
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do SenhorDomingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Gustavo Scheffer
 
2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum
Gustavo Scheffer
 
São raimundo de peñafort
São raimundo de peñafortSão raimundo de peñafort
São raimundo de peñafort
Gustavo Scheffer
 
Epifania do senhor
Epifania do senhorEpifania do senhor
Epifania do senhor
Gustavo Scheffer
 
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
Gustavo Scheffer
 
27 11 11
27 11 1127 11 11
25 12 11
25 12 1125 12 11
24 12 11
24 12 1124 12 11
21 08 11
21 08 1121 08 11
18 03 12
18 03 1218 03 12
12 10 11
12 10 1112 10 11
11 12 11
11 12 1111 12 11
08 12 10
08 12 1008 12 10

Mais de Gustavo Scheffer (15)

Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
 
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
 
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do SenhorDomingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
 
2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum
 
São raimundo de peñafort
São raimundo de peñafortSão raimundo de peñafort
São raimundo de peñafort
 
Epifania do senhor
Epifania do senhorEpifania do senhor
Epifania do senhor
 
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
 
27 11 11
27 11 1127 11 11
27 11 11
 
25 12 11
25 12 1125 12 11
25 12 11
 
24 12 11
24 12 1124 12 11
24 12 11
 
21 08 11
21 08 1121 08 11
21 08 11
 
18 03 12
18 03 1218 03 12
18 03 12
 
12 10 11
12 10 1112 10 11
12 10 11
 
11 12 11
11 12 1111 12 11
11 12 11
 
08 12 10
08 12 1008 12 10
08 12 10
 

15 01 12

  • 1. Nº 1.895 (Ano B/Verde) 2° Domingo do Tempo Comum 15 de janeiro de 2012 O SEGUIMENTO DE JESUS CRISTO Vida. Cada encontro é mais uma oportu- nidade para acolhermos a missão de evangelizar, como fizeram os Apóstolos Pedro, André e os demais. 02. CANTO No meu coração... n° 427 03. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO D. Como membros do Corpo de Cristo, somos convidados a louvar e agradecer por todas as maravilhas deste mundo. De maneira particular queremos agradecer pelo dom da vida. Saudemos com amor e carinho o Deus Uno e Trino. Em nome do (Entrar em procissão com a Cruz, velas, o Pai e do Filho e do Espírito Santo. Lecionário.) Amém! D. A graça que nos trouxe até aqui; a cer- 01. MOTIVAÇÃO teza de que somos reconhecidos por Je- C1. Irmãos e irmãs, na celebração de hoje sus Cristo e a força do Espírito Santo que Jesus nos interroga: "O que vocês estão pro- nos conduz para o trabalho no mundo, es- curando?" Como os dois discípulos de João tejam com todos nós. Batista, estamos procurando Jesus. Busca- Todos: Bendito seja Deus... mos nele um sentido para nossa vida pesso- al e comunitária. E queremos dizer ao Se- 04. DEUS NOS PERDOA nhor: "Fala, que teu Servo escuta"! D. Quando o ser humano escolhe cami- Ref: Tua voz me fez refletir, deixei tudo nhos que não coincidem com o Caminho pra te seguir, nos teus mares eu quero proposto que é Jesus, não consegue che- navegar. (bis). gar a lugar algum. A Igreja tem seu projeto C.2 A Igreja tem a missão de levar todos que é construído no caminho ensinado pelo ao encontro de Jesus: Caminho, Verdade e Cristo. Será que somos fiéis a este
  • 2. ensinamento? Qual a nossa desculpa? SEGUNDA LEITURA Canto: Deus Pai criador... n° 182 (1Cor 6, 13c-15a.17-20) D. Deus de amor e misericórdia, tende com- paixão do vosso povo, nos deis a graça do L.2 Leitura da Primeira Carta de São perdão dos nossos pecados e nos Paulo aos Coríntios. conduzais pelo caminho da santidade à vida eterna. Amém. EVANGELHO (Jo 1, 35-42) 05. HINO DE LOUVOR CANTO DE ACLAMAÇÃO C1. Louvemos a Deus Pai por sua bonda- Aleluia... Ide pelo mundo... n° 205 de; pelos primeiros discípulos e por todas as Igrejas reunidas em busca do Seu cami- Evangelho de nosso Senhor Jesus Cris- nho. Louvemos a Deus que nos chama e se to segundo João. deixa encontrar. Glória a Deus na imensidão... n° 237 08. PARTILHANDO A PALAVRA Como Samuel, também necessitamos de 06. ORAÇÃO muitos chamados de Deus para identificar D. Deus eterno e todo poderoso, que a sua voz e compreender o que ele quer de governais o céu e a terra, escutai com nós. bondade as preces do Vosso povo e dai Deus nos chama muitas vezes, na adesão ao nosso tempo a Vossa paz. Por nosso aos Sacramentos, no convite à vocação. Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na Chama-nos de muitas formas. Cada um de unidade do Espírito Santo. Amém. nós recorda o momento singular em que, identificou claramente a Sua voz. Foi o 07. DEUS NOS FALA momento definitivo de nossa adesão a Ele. C2. Acolhamos o Santo Livro, no dia a dia Às vezes ousamos pedir-lhe que faça a nos- de nossa missão, como fizeram Samuel e sa vontade e relutamos em compreender tantos seguidores de Jesus Cristo. Voltemos quando esta não se concretiza. o nosso olhar e o nosso coração para a es- Na verdade, só conseguimos entender as cuta da Palavra da vida. Ela nos convida ao propostas do Senhor quando experimenta- seguimento do Senhor. mos o encontro pessoal com Jesus Cristo. Refrão: Tua Palavra é lâmpada para A cada encontro nos vemos transformar e, meus pés, Senhor! Lâmpada para meus mesmo que as dificuldades envolvam nossa pés, Senhor! Luz para o meu caminho. caminhada, não o deixamos. Dia a dia nos comprometemos com ele e com seu plano PRIMEIRA LEITURA: 1Sm 3,3b-10.19 de amor. O encontro com Jesus, tal qual aconteceu com os discípulos, invade nossa L.1 Leitura do Primeiro Livro de vida e, a partir daí, nunca mais seremos os Samuel. mesmos. "Essa realidade fica presente em nossa vida SALMO RESPONSORIAL - 39(40) por obra do Espírito Santo. Ele nos ilumina Refrão: Eu disse: Eis que venho, Se- e vivifica através dos sacramentos. Pelo Ba- nhor! Com prazer faço a vossa vontade. tismo e Confirmação, somos chamados a
  • 3. ser discípulos missionários de Jesus Cristo. o encontro com Jesus Cristo se faça e se Entramos na comunhão trinitária na Igreja. refaça permanentemente" (41) Seu ponto alto é a Eucaristia, que é princí- pio e projeto da missão do cristão" (Docu- 09. PROFISSÃO DE FÉ mento de Aparecida, 153). D. Cremos no Cordeiro de Deus em nosso Experimentamos a presença de Jesus e nos meio. Professemos nossa fé: Creio em tomamos seus discípulos-missionários com- Deus Pai... prometidos em anunciá-lo para que mais pessoas o conheçam, possam amá-lo e trans- 10. PRECES DA COMUNIDADE formem-se, também, em seus discípulos. D. Neste dia, em que recordamos a Res- Nas exigências do mundo atual, esta não é surreição de Jesus, façamos nossas preces uma tarefa fácil; é preciso que estejamos ao Pai, dizendo: constantemente na presença de Jesus para Todos: Caminhai conosco, Senhor! que ele nos fortaleça e sejamos capazes de (A equipe prepara as preces) conduzir outras pessoas para esse encontro. D. Acolhei, Senhor, com bondade a ora- A Conferência de Aparecida propõe uma ção da vossa Igreja, que vos manifesta seus pedagogia da Missão Permanente. Nesta pedidos com tanto mais confiança, quanto pedagogia, o processo de formação do dis- mais se alegra em contemplar a natureza cípulo-missionário tem como um de seus humana exaltada até o céu, através do en- aspectos fundamentais o encontro com Je- contro com o Senhor. Por Cristo nosso sus Cristo, que culmina com a maturidade Senhor. Amém. do discípulo pelo testemunho pessoal, re- percutindo no anúncio e na ação missionária 11. APRESENTAÇÃO DOS DONS na comunidade. C1. O Evangelho de hoje, narrou como os "O encontro com Jesus, graças à ação invi- discípulos se aproximaram de Jesus e se sível do Espírito Santo, realiza-se na fé re- identificaram com Ele. Iluminados por este cebida e vivida na Igreja" (DA, 246). exemplo, apresentemos no altar do Senhor E onde encontramos Jesus hoje? nossos passos, a nossa vivência junto com Nós o encontramos na oração pessoal e Jesus, nosso Mestre e Senhor. Pedimos ao comunitária, na Sagrada Escritura, na Sa- Pai a confirmação de nossa fé, e dos traba- grada Liturgia, assim como no irmão que lhos de evangelização de nossa comunida- necessita de nosso auxílio e afeto, seja qual de. for o motivo. Canto: Um coração para amar... n° 473 Assim, temos o vivo convite para que o encontro com Jesus, o qual nos inunda com 12. LOUVOR E AÇÃO DE GRAÇAS seu amor, não seja guardado apenas para D. O Senhor esteja convosco. nós, mas que nos deixemos transformar e, Todos: Ele está no meio de nós. como São Paulo, digamos: "Ai de mim, se D. Demos graças ao Senhor nosso Deus. eu não evangelizar" (1Cor 9,16). Todos: É nosso dever e nossa salvação. Por isso, aceitemos o que nos propõe a D. Irmãos e irmãs, santificados em Cristo: CNBB em suas Diretrizes Gerais da Ação glorifiquemos o Pai "pela graça que nos foi Evangelizadora da Igreja para 2011-2015: dada em Cristo Jesus, pois nele fomos "Nossas comunidades precisam ser co- cumulados de todas as riquezas". Louve- munidades preparadas para permitir que mos de todo coração, porque "é fiel o Deus
  • 4. que nos chamou à comunhão com seu Fi- Filho, alimentados com a Vossa Palavra. lho Jesus Cristo, nosso Senhor". Por Cristo, nosso Senhor. Amém. Refrão: Ó Pai somos nós o povo elei- to, que Cristo veio reunir. (2x) 15. AVISOS D. Nós Vos damos graças, ó Deus, por- D. Depois de amanhã, dia 17, completam- que escutais nossos pedidos e aceitais se 35 anos da morte de Dom José Dalvit, nossas orações. Sois bendito, Senhor! E nosso primeiro bispo. bendito seja Aquele que vem em vosso nome, Jesus, vosso Filho, nosso irmão! 16. BÊNÇÃO E DESPEDIDA Refrão: Quero cantar ao Senhor,/ sem- D. O Senhor esteja convosco. pre, enquanto eu viver. Hei de provar Todos: Ele está no meio de nós. seu amor,/ seu valor e seu poder. (2x) D. O Senhor nos abençoe e nos guarde! D. Nós vos louvamos, ó Pai, porque por / Amém! Ele passamos das trevas para a luz, da mor- O Senhor faça brilhar sobre nós a sua gra- te para a vida, da escravidão para a liber- ça. Amém. dade de sermos filhos vossos. Quero... O Senhor dirija para nós o seu rosto e nos D. Nele vos pedimos o Espírito de unida- dê a paz. Amém. de. Que Ele transforme numa só família ho- - Abençoe-nos Deus Todo-Poderoso: Pai mens e mulheres, jovens e crianças de to- e Filho e Espírito Santo. Amém. das as raças, povos e línguas, para o lou- D. Bendigamos ao Senhor. vor da vossa glória. Quero cantar... Todos: Demos graças a Deus. D. Toda louvação chegue a vós, em nome de vosso Filho amado, com quem reza- 17. CANTO mos com as palavras que Ele mesmo nos Jesus, eu irei te louvar... n° 742 ensinou: Pai Nosso... 13. ABRAÇO DA PAZ D. A paz é fruto do nosso compromisso com o Reino de Deus. Esse Reino só será pleno com a chegada da plenitude da paz e do amor de Deus. No desejo de fazer com que essa paz reine em nós, saudemos Leituras para a Semana uns aos outros. 2ª 1Sm 15, 16-23 / Sl 49 (50) / Mc 2, 18-22 3ª 1Sm 16, 1-13 / Sl 88(89) / Mc 2, 23-28 14. ORAÇÃO 4ª 1Sm 17, 32-33.37.40-51 / Sl 143(144) / Mc 3, 1-6 D. Ó Deus, com Vosso Espírito de ca- 5ª 1Sm 18, 6-9; 19, 1-7 / Sl 55(56) / Mc 3, 7-12 6ª 1Sm 24, 3-21 / Sl 56(57) / Mc 3, 13-19 ridade, fazei que vivamos unidos no Sáb.: 2Sm 1, 1-4.11-12.19.23-27 / Sl 79(80) Vosso amor e no discipulado do Vosso Mc 3, 20-21 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177 Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.