SlideShare uma empresa Scribd logo
Nº 1.900 (Ano B - Verde) - 7º Domingo do Tempo Comum - 19 de fevereiro de 2012


            LIVRES, EM PAZ COM A VIDA E COM DEUS!


                                                     doar, que o leva também a enfrentar con-
                                                     flitos com seus opositores.
                                                     C.2 Rezemos nesta celebração, para que
                                                     o Espírito do Senhor nos livre do como-
                                                     dismo que nos mantém paralisados e nos
                                                     faça caminhar ao encontro de tantos que
                                                     precisam se erguer como gente e como fi-
                                                     lhos e filhas de Deus.

                                                     02. CANTO
                                                     Vimos o Senhor... nº 107

                                                     03. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO
                                                     D. Reunidos ao redor da mesa da Pala-
                                                     vra, saudemos a família divina: em nome
                                                     do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
                                                     Amém.
                                                     D. A graça e a compaixão de nosso Se-
                                                     nhor Jesus Cristo, o amor infinito do Pai e
                                                     a comunhão do Espírito Santo estejam
Sugestão: O Lecionário poderia ser levado, an-       convosco.
tes da Primeira Leitura, por um (a) cadeirante
da comunidade ou alguém que tenha alguma de-
                                                     Todos: Bendito seja Deus que nos reu-
ficiência semelhante. Se for possível, esta pessoa   niu no amor de Cristo.
faça uma das leituras deste Domingo.
                                                     04. DEUS NOS PERDOA
01. MOTIVAÇÃO                                        D. Em silêncio, recordemos a semana que
C.1 Na experiência do paralítico recorda-            passou, pedindo perdão a Deus pelos pe-
mos, neste Domingo, mais um sinal liberta-           cados cometidos e pelo bem que deixa-
dor de Jesus: sua autoridade divina de per-          mos de realizar (instantes de silêncio).
D. Senhor, que abristes estradas no deser-      ta-te, vem companheiro (a) à vida brin-
to e fizestes correr rios na terra seca,        dar!
transformai o nosso coração e tende pie-
dade de nós.                                    (Só fazer o comentário abaixo se o lecionário
Todos: Senhor, tende piedade de nós.            não for trazido por um cadeirante e já estiver na
                                                mesa da Palavra.)
D. Cristo, que recebestes do Pai o poder
de perdoar os pecados, purificai o nosso        C.1 Este Domingo da cura do paralítico
coração e tende piedade de nós.                 revela o amor e a misericórdia infinitos de
Todos: Cristo, tende piedade de nós.            Deus. Olhemos atentos para a mesa da
D. Senhor, que enviastes Jesus para nos         Palavra e escutemos com atenção o que o
ensinar a dizer "sim" ao seu projeto de amor,   Pai vai nos falar hoje.
ajudai-nos a ser fiéis a essa vocação e ten-
de piedade de nós.                              PRIMEIRA LEITURA:
Todos: Senhor, tende piedade de nós.            Is 43, 18-19.21-22.24b-25
D. Deus de compaixão, que cancela nos-
                                                L.1 Leitura do Livro do Profeta Isaías.
sas culpas, tende compaixão de nós,
perdoai os nossos pecados e nos conduzais
                                                SALMO RESPONSORIAL: 40 (41)
à vida eterna. Amém.
                                                Refrão: Curai-me, Senhor, pois pequei
                                                contra vós!
05. HINO DE LOUVOR
D. Louvemos ao Senhor que sempre reno-          SEGUNDA LEITURA: 2Cor 1, 18-22
va toda a criação. Louvemos pelos 54 anos
anos de criação de nossa diocese de São         L.2 Leitura da Segunda Carta de São
Mateus (16/02). E por todas as maravilhas       Paulo aos Coríntios.
realizadas por Ele nessa caminhada deste
"povo santo de Deus", cantando:                 EVANGELHO: Mc 2,1-12

06. ORAÇÃO                                      CANTO DE ACLAMAÇÃO
D. Ó Deus, Pai e Mãe de ternura e com-          Aleluia, Aleluia, Aleluia.
paixão, dai-nos a graça de sempre co-           Solo: Foi o Senhor quem me mandou
nhecer o que é agradável aos Vossos             Boas Notícias anunciar; ao pobre a quem
olhos e realizar a vossa vontade em nos-        está no cativeiro, libertação eu vou pro-
sas palavras e ações. Por Cristo, nosso         clamar.
Senhor. Amém.
                                                Proclamação do Evangelho de Jesus
07. DEUS NOS FALA                               Cristo segundo Marcos.
(Enquanto o (a) cadeirante entra, cantar ou
colocar o CD do refrão da CF 2006, sem ne-      08. PARTILHANDO A PALAVRA
nhum comentário)                                A Palavra de Deus, dirigida a nós neste
Refrão CF 2006: Levanta-te, chega pra           Domingo, nos coloca em relação com o
cá e vem para o meio! Levanta-te, une           amor infinito de Deus. Apesar de o profeta
teu canto a nosso cantar! Levanta-te,           Isaías falar sobre um certo "cansaço" de
chega pra cá e vem para o meio! Levan-          Deus diante da indiferença e do pecado do
povo, transparece no texto um Deus com-         Também nós somos chamados a fazer o
passivo, capaz de ir ao encontro do peca-       bem e a ser instrumentos do milagre do
dor. A queixa de Deus é feita, porque o povo    amor. Podemos ser sinais de luz e de vida.
O esqueceu. Deus cobra de seu povo fide-        Que o Espírito nos guie e nos mantenha fir-
lidade, porque ele é capaz de manter sua        mes neste caminho.
promessa até as últimas consequências. Ele
faz coisas novas. É capaz de abrir estrada      09. PROFISSÃO DE FÉ
no deserto e fazer correr rios em terra seca.   D. Paulo nos ensina na Segunda Leitura: "É
O amor infinito de Deus se manifesta viva-      Deus que nos confirma em nossa adesão
mente na pessoa de Jesus, o "sim" do Pai.       a Cristo, como também é Deus que nos
Nele, de fato, se cumprem as promessas          ungiu e nos deu como sinal o Espírito
de Deus. No Evangelho, Jesus cura o pa-         derramado em nossos corações". Profes-
ralítico. O Deus de Jesus é um Deus que         semos nossa fé trinitária, rezando. Creio...
não castiga, mas que acolhe a pessoa. Je-
sus perdoa os pecados em nome de Deus.          10. PRECES DA COMUNIDADE
Através do perdão, Jesus resgata a vida da
                                                D. O Senhor não guarda a lembrança de
pessoa. Ele perdoa, ele cura.
                                                nossas culpas e está sempre pronto para
As promessas de Deus são de vida. O
                                                escutar nossas súplicas. Por isso, digamos
salmista reza: O Senhor vai guardar o fraco
                                                com fé.
e o pobre e salvar sua vida; vai torná-lo fe-
                                                Todos: Senhor, escutai a nossa prece.
liz. Não o abandonará em seu leito de dor,
e sim, vai guardá-lo são e salvo (cf. Sl 41).   L.1 Pela Igreja, para que revele em seus
Jesus age com misericórdia mesmo saben-         ministros e suas instituições a misericórdia
do que suas atitudes vão causar conflitos       de Jesus e o plano de salvação do Pai, re-
com "líderes" legalistas. Cada vez mais va-     zemos.
mos percebendo quem verdadeiramente é           L.2 Pelos sacerdotes e todos os cristãos,
Jesus. Ele é aquele que de fato veio para       para que valorizem o sacramento do per-
que todos tenham vida, mesmo que isso           dão e a ele recorram com fé e humildade,
coloque em risco a sua própria vida.            rezemos.
Temos muito a aprender da Palavra de Deus       L.1 Pela paróquia de Ecoporanga que no
hoje. Os homens levaram o paralítico até        próximo dia 25 celebrará seus 50 anos de
Jesus. Encontraram barreiras, mas acharam       missão, rezemos.
uma saída. O paralítico acreditou na pala-      L.2 Pela nossa diocese que, na última quin-
vra de Jesus e lhe obedeceu. Também             ta-feira completou 54 anos de caminhada,
aprendemos com o apóstolo Paulo, que,           para que continue sendo uma Igreja viva e
mesmo diante de controvérsias, devemos          comprometida com a realização do Reino
permanecer firmes na missão. Misericórdia.      de Deus, rezemos.
compaixão e bondade são atitudes que o          (preces espontâneas)
Senhor nos pede. Saibamos dar o nosso           D. Senhor, de corações sinceros e confia-
"sim" a Deus.                                   dos na vossa misericórdia, vos suplicamos:
Estamos diante das promessas e ações em         atendei nossos pedidos feitos com fervor
favor da vida. Promessas de salvação eter-      neste dia que vos é consagrado. Por Cris-
na e também que já começam aqui e agora.        to, nosso Senhor. Amém.
11. APRESENTAÇÃO DOS DONS                              zas. É dia de jejum e abstinência, não es-
D. Apresentemos ao Senhor o que foi fei-               queçamos. Que horas vamos celebrar na co-
to para facilitar a vida das pessoas com               munidade?
deficiência em nossa comunidade ou loca-
lidade (se foi feito algo, dizer o quê).               16. BÊNÇÃO E DESPEDIDA
Canto: Dá-nos um coração... nº 414                     D. Que o Deus de toda consolação dispo-
                                                       nha na sua paz os vossos dias e vos conce-
12. PAI NOSSO                                          da as suas bênçãos.
D. "Ousamos chamar-te de Pai", diz um                  Todos: Amém!
canto antigo. Através das leituras de hoje             D. Sempre vos liberte de todos os perigos e
percebemos o quanto Deus nos ama, sem                  confirme os vossos corações em seu amor.
colocar condições. A Ele agora nos dirigi-             Todos: Amém!
mos, conforme a súplica que seu próprio                D. E assim, ricos em esperança, fé e carida-
Filho nos ensinou: Pai nosso...                        de, possais viver praticando o bem e chegar
                                                       felizes à vida eterna.
13. ABRAÇO DA PAZ                                      Todos: Amém!
D. Falta paz no mundo porque dizemos                   D. Abençoai-vos Deus todo poderoso, Pai
mais "não" do que "sim" a Deus. Dizer                  e Filho e Espírito Santo.
"Amém" a Ele é nos colocarmos em atitu-                Todos: Amém!
de de paz e solidariedade. Saudemos uns                D. Sede compassivos e misericordiosos. Ide
aos outros em Cristo Jesus.                            em paz e que o Senhor vos acompanhe.
                                                       Todos: Graças a Deus!
14. ORAÇÃO
D. Experimentamos, Senhor, vossa mi-                   17. CANTO
sericórdia em cada momento desta ce-                   O amor de Deus me escolheu... nº 750
lebração. Que ela se estenda por toda
esta semana que se inicia. Que possa-
mos construir relações novas, basea-
das no respeito à dignidade de cada
pessoa. Por Cristo, nosso Senhor.
Amém!
                                                                    Leituras para a Semana
15. AVISOS
D. Hoje encerramos a primeira parte do                 2ª Tg 3, 13-18 / Sl18B (19B) / Mc 9, 14-29
Tempo Comum do Ano "B", dedicado a                     3ª Tg 4, 1-10 / Sl 54(55) / Mc 9, 30-37
                                                       4ª CINZAS - Folheto próprio
São Marcos. Na próxima Quarta-feira da-                5ª Dt 30, 15-20 / Sl 1 / Lc 9, 22-25
remos início à Quaresma e à Campanha                   6ª Is 58, 1-9a / Sl 50(51) / Mt 9, 14-15
da Fraternidade com a celebração das Cin-              Sáb.: Is 58, 9b-14 / Sl 85(86) / Lc 5, 27-32

 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177
   Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br
                 Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br
        Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Boletim 585 14-04-13
Boletim 585 14-04-13Boletim 585 14-04-13
Boletim 585 14-04-13
ibrcaruaru
 
Jornal Agape nº12 - setembro 2011
Jornal Agape nº12 - setembro 2011Jornal Agape nº12 - setembro 2011
Jornal Agape nº12 - setembro 2011
jornalagape
 
11 09 11
11 09 1111 09 11
04 12 11
04 12 1104 12 11
Boletim 562 28-10-12
Boletim 562 28-10-12Boletim 562 28-10-12
Boletim 562 28-10-12
ibrcaruaru
 
Missa 1 eucaristia 2012
Missa 1 eucaristia 2012Missa 1 eucaristia 2012
Missa 1 eucaristia 2012
Catequese são sebastião
 
25 12 11
25 12 1125 12 11
Lição 6 - Recuperando o tempo perdido
Lição 6 - Recuperando o tempo perdidoLição 6 - Recuperando o tempo perdido
Lição 6 - Recuperando o tempo perdido
Erberson Pinheiro
 
Louvorjuniores
LouvorjunioresLouvorjuniores
Louvorjuniores
Sandra Fuso
 
07 08 11
07 08 1107 08 11
08 01 12
08 01 1208 01 12
Canta iao senhor
Canta iao senhorCanta iao senhor
Canta iao senhor
Hosana Donadia
 
1º ETAPA
1º ETAPA1º ETAPA
Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.
Lucas Licerre
 
Catequista
CatequistaCatequista
Catequista
samelagomes
 
1ª eucaristia
1ª eucaristia1ª eucaristia
1ª eucaristia
Vanessavale1984
 
Roteiro da pré catequese - 2º semestre
Roteiro da pré catequese - 2º semestreRoteiro da pré catequese - 2º semestre
Roteiro da pré catequese - 2º semestre
Ivani Coutinho
 
Programa sugestivo 10 h jejum 2020
Programa sugestivo 10 h jejum 2020Programa sugestivo 10 h jejum 2020
Programa sugestivo 10 h jejum 2020
Rogerio Sena
 
01 01 12
01 01 1201 01 12
05 02 12
05 02 1205 02 12

Mais procurados (20)

Boletim 585 14-04-13
Boletim 585 14-04-13Boletim 585 14-04-13
Boletim 585 14-04-13
 
Jornal Agape nº12 - setembro 2011
Jornal Agape nº12 - setembro 2011Jornal Agape nº12 - setembro 2011
Jornal Agape nº12 - setembro 2011
 
11 09 11
11 09 1111 09 11
11 09 11
 
04 12 11
04 12 1104 12 11
04 12 11
 
Boletim 562 28-10-12
Boletim 562 28-10-12Boletim 562 28-10-12
Boletim 562 28-10-12
 
Missa 1 eucaristia 2012
Missa 1 eucaristia 2012Missa 1 eucaristia 2012
Missa 1 eucaristia 2012
 
25 12 11
25 12 1125 12 11
25 12 11
 
Lição 6 - Recuperando o tempo perdido
Lição 6 - Recuperando o tempo perdidoLição 6 - Recuperando o tempo perdido
Lição 6 - Recuperando o tempo perdido
 
Louvorjuniores
LouvorjunioresLouvorjuniores
Louvorjuniores
 
07 08 11
07 08 1107 08 11
07 08 11
 
08 01 12
08 01 1208 01 12
08 01 12
 
Canta iao senhor
Canta iao senhorCanta iao senhor
Canta iao senhor
 
1º ETAPA
1º ETAPA1º ETAPA
1º ETAPA
 
Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.Missa da 1ª eucaristia.
Missa da 1ª eucaristia.
 
Catequista
CatequistaCatequista
Catequista
 
1ª eucaristia
1ª eucaristia1ª eucaristia
1ª eucaristia
 
Roteiro da pré catequese - 2º semestre
Roteiro da pré catequese - 2º semestreRoteiro da pré catequese - 2º semestre
Roteiro da pré catequese - 2º semestre
 
Programa sugestivo 10 h jejum 2020
Programa sugestivo 10 h jejum 2020Programa sugestivo 10 h jejum 2020
Programa sugestivo 10 h jejum 2020
 
01 01 12
01 01 1201 01 12
01 01 12
 
05 02 12
05 02 1205 02 12
05 02 12
 

Destaque

27 11 11
27 11 1127 11 11
26 02 12
26 02 1226 02 12
13 11 11
13 11 1113 11 11
22 02 12
22 02 1222 02 12
25 03 12
25 03 1225 03 12
06 11 11
06 11 1106 11 11
11 03 12
11 03 1211 03 12
12 10 11
12 10 1112 10 11
Celebrações para o Mês Vocacional
Celebrações para o Mês VocacionalCelebrações para o Mês Vocacional
Celebrações para o Mês Vocacional
Cris Simoni
 

Destaque (9)

27 11 11
27 11 1127 11 11
27 11 11
 
26 02 12
26 02 1226 02 12
26 02 12
 
13 11 11
13 11 1113 11 11
13 11 11
 
22 02 12
22 02 1222 02 12
22 02 12
 
25 03 12
25 03 1225 03 12
25 03 12
 
06 11 11
06 11 1106 11 11
06 11 11
 
11 03 12
11 03 1211 03 12
11 03 12
 
12 10 11
12 10 1112 10 11
12 10 11
 
Celebrações para o Mês Vocacional
Celebrações para o Mês VocacionalCelebrações para o Mês Vocacional
Celebrações para o Mês Vocacional
 

Semelhante a 19 02 12

29 01 12
29 01 1229 01 12
15 01 12
15 01 1215 01 12
02 11 11
02 11 1102 11 11
Mãos que servem
Mãos que servemMãos que servem
Mãos que servem
Armin Andreas Hollas
 
22 01 12
22 01 1222 01 12
18 03 12
18 03 1218 03 12
1652 10.09.2017-23-tc-2
1652 10.09.2017-23-tc-21652 10.09.2017-23-tc-2
1652 10.09.2017-23-tc-2
Setubal Setubalandia
 
Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014
José Vieira Dos Santos
 
3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia
Irmão Feliciano Sv
 
Caminhada-2.pdf
Caminhada-2.pdfCaminhada-2.pdf
Caminhada-2.pdf
RogerSantana15
 
2009 07-26, xvii domingo do tempo comum
2009 07-26, xvii domingo do tempo comum2009 07-26, xvii domingo do tempo comum
2009 07-26, xvii domingo do tempo comum
leniogravacoes
 
Folheto 1745 17º Dom Tc
Folheto 1745 17º Dom TcFolheto 1745 17º Dom Tc
Folheto 1745 17º Dom Tc
Antonio de Lima
 
Celebração nas Comunidades Eclesiais de Base - (Quarta-Feira de Cinzas feve...
Celebração nas Comunidades  Eclesiais de Base - (Quarta-Feira de Cinzas  feve...Celebração nas Comunidades  Eclesiais de Base - (Quarta-Feira de Cinzas  feve...
Celebração nas Comunidades Eclesiais de Base - (Quarta-Feira de Cinzas feve...
Bernadetecebs .
 
04 09 11
04 09 1104 09 11
2013_vigilia_Sao_Nuno do agrupamento .pdf
2013_vigilia_Sao_Nuno do agrupamento .pdf2013_vigilia_Sao_Nuno do agrupamento .pdf
2013_vigilia_Sao_Nuno do agrupamento .pdf
Armando Reis Dias
 
2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende
Irmão Feliciano Sv
 
Boletim Jovem Novembro 2012
Boletim Jovem Novembro 2012Boletim Jovem Novembro 2012
Boletim Jovem Novembro 2012
willams
 
01 04 12
01 04 1201 04 12
1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta
Irmão Feliciano Sv
 
Livrinho novena natal
Livrinho novena natalLivrinho novena natal
Livrinho novena natal
torrasko
 

Semelhante a 19 02 12 (20)

29 01 12
29 01 1229 01 12
29 01 12
 
15 01 12
15 01 1215 01 12
15 01 12
 
02 11 11
02 11 1102 11 11
02 11 11
 
Mãos que servem
Mãos que servemMãos que servem
Mãos que servem
 
22 01 12
22 01 1222 01 12
22 01 12
 
18 03 12
18 03 1218 03 12
18 03 12
 
1652 10.09.2017-23-tc-2
1652 10.09.2017-23-tc-21652 10.09.2017-23-tc-2
1652 10.09.2017-23-tc-2
 
Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014Hora Santa Vocacional 2014
Hora Santa Vocacional 2014
 
3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia
 
Caminhada-2.pdf
Caminhada-2.pdfCaminhada-2.pdf
Caminhada-2.pdf
 
2009 07-26, xvii domingo do tempo comum
2009 07-26, xvii domingo do tempo comum2009 07-26, xvii domingo do tempo comum
2009 07-26, xvii domingo do tempo comum
 
Folheto 1745 17º Dom Tc
Folheto 1745 17º Dom TcFolheto 1745 17º Dom Tc
Folheto 1745 17º Dom Tc
 
Celebração nas Comunidades Eclesiais de Base - (Quarta-Feira de Cinzas feve...
Celebração nas Comunidades  Eclesiais de Base - (Quarta-Feira de Cinzas  feve...Celebração nas Comunidades  Eclesiais de Base - (Quarta-Feira de Cinzas  feve...
Celebração nas Comunidades Eclesiais de Base - (Quarta-Feira de Cinzas feve...
 
04 09 11
04 09 1104 09 11
04 09 11
 
2013_vigilia_Sao_Nuno do agrupamento .pdf
2013_vigilia_Sao_Nuno do agrupamento .pdf2013_vigilia_Sao_Nuno do agrupamento .pdf
2013_vigilia_Sao_Nuno do agrupamento .pdf
 
2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende2º dia um coração que aprende
2º dia um coração que aprende
 
Boletim Jovem Novembro 2012
Boletim Jovem Novembro 2012Boletim Jovem Novembro 2012
Boletim Jovem Novembro 2012
 
01 04 12
01 04 1201 04 12
01 04 12
 
1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta1º dia um coração que escuta
1º dia um coração que escuta
 
Livrinho novena natal
Livrinho novena natalLivrinho novena natal
Livrinho novena natal
 

Mais de Gustavo Scheffer

Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Gustavo Scheffer
 
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Gustavo Scheffer
 
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do SenhorDomingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Gustavo Scheffer
 
2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum
Gustavo Scheffer
 
São raimundo de peñafort
São raimundo de peñafortSão raimundo de peñafort
São raimundo de peñafort
Gustavo Scheffer
 
Epifania do senhor
Epifania do senhorEpifania do senhor
Epifania do senhor
Gustavo Scheffer
 
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
Gustavo Scheffer
 
24 12 11
24 12 1124 12 11
21 08 11
21 08 1121 08 11
11 12 11
11 12 1111 12 11
08 12 10
08 12 1008 12 10

Mais de Gustavo Scheffer (11)

Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
 
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
 
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do SenhorDomingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
 
2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum
 
São raimundo de peñafort
São raimundo de peñafortSão raimundo de peñafort
São raimundo de peñafort
 
Epifania do senhor
Epifania do senhorEpifania do senhor
Epifania do senhor
 
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
 
24 12 11
24 12 1124 12 11
24 12 11
 
21 08 11
21 08 1121 08 11
21 08 11
 
11 12 11
11 12 1111 12 11
11 12 11
 
08 12 10
08 12 1008 12 10
08 12 10
 

19 02 12

  • 1. Nº 1.900 (Ano B - Verde) - 7º Domingo do Tempo Comum - 19 de fevereiro de 2012 LIVRES, EM PAZ COM A VIDA E COM DEUS! doar, que o leva também a enfrentar con- flitos com seus opositores. C.2 Rezemos nesta celebração, para que o Espírito do Senhor nos livre do como- dismo que nos mantém paralisados e nos faça caminhar ao encontro de tantos que precisam se erguer como gente e como fi- lhos e filhas de Deus. 02. CANTO Vimos o Senhor... nº 107 03. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO D. Reunidos ao redor da mesa da Pala- vra, saudemos a família divina: em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. D. A graça e a compaixão de nosso Se- nhor Jesus Cristo, o amor infinito do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam Sugestão: O Lecionário poderia ser levado, an- convosco. tes da Primeira Leitura, por um (a) cadeirante da comunidade ou alguém que tenha alguma de- Todos: Bendito seja Deus que nos reu- ficiência semelhante. Se for possível, esta pessoa niu no amor de Cristo. faça uma das leituras deste Domingo. 04. DEUS NOS PERDOA 01. MOTIVAÇÃO D. Em silêncio, recordemos a semana que C.1 Na experiência do paralítico recorda- passou, pedindo perdão a Deus pelos pe- mos, neste Domingo, mais um sinal liberta- cados cometidos e pelo bem que deixa- dor de Jesus: sua autoridade divina de per- mos de realizar (instantes de silêncio).
  • 2. D. Senhor, que abristes estradas no deser- ta-te, vem companheiro (a) à vida brin- to e fizestes correr rios na terra seca, dar! transformai o nosso coração e tende pie- dade de nós. (Só fazer o comentário abaixo se o lecionário Todos: Senhor, tende piedade de nós. não for trazido por um cadeirante e já estiver na mesa da Palavra.) D. Cristo, que recebestes do Pai o poder de perdoar os pecados, purificai o nosso C.1 Este Domingo da cura do paralítico coração e tende piedade de nós. revela o amor e a misericórdia infinitos de Todos: Cristo, tende piedade de nós. Deus. Olhemos atentos para a mesa da D. Senhor, que enviastes Jesus para nos Palavra e escutemos com atenção o que o ensinar a dizer "sim" ao seu projeto de amor, Pai vai nos falar hoje. ajudai-nos a ser fiéis a essa vocação e ten- de piedade de nós. PRIMEIRA LEITURA: Todos: Senhor, tende piedade de nós. Is 43, 18-19.21-22.24b-25 D. Deus de compaixão, que cancela nos- L.1 Leitura do Livro do Profeta Isaías. sas culpas, tende compaixão de nós, perdoai os nossos pecados e nos conduzais SALMO RESPONSORIAL: 40 (41) à vida eterna. Amém. Refrão: Curai-me, Senhor, pois pequei contra vós! 05. HINO DE LOUVOR D. Louvemos ao Senhor que sempre reno- SEGUNDA LEITURA: 2Cor 1, 18-22 va toda a criação. Louvemos pelos 54 anos anos de criação de nossa diocese de São L.2 Leitura da Segunda Carta de São Mateus (16/02). E por todas as maravilhas Paulo aos Coríntios. realizadas por Ele nessa caminhada deste "povo santo de Deus", cantando: EVANGELHO: Mc 2,1-12 06. ORAÇÃO CANTO DE ACLAMAÇÃO D. Ó Deus, Pai e Mãe de ternura e com- Aleluia, Aleluia, Aleluia. paixão, dai-nos a graça de sempre co- Solo: Foi o Senhor quem me mandou nhecer o que é agradável aos Vossos Boas Notícias anunciar; ao pobre a quem olhos e realizar a vossa vontade em nos- está no cativeiro, libertação eu vou pro- sas palavras e ações. Por Cristo, nosso clamar. Senhor. Amém. Proclamação do Evangelho de Jesus 07. DEUS NOS FALA Cristo segundo Marcos. (Enquanto o (a) cadeirante entra, cantar ou colocar o CD do refrão da CF 2006, sem ne- 08. PARTILHANDO A PALAVRA nhum comentário) A Palavra de Deus, dirigida a nós neste Refrão CF 2006: Levanta-te, chega pra Domingo, nos coloca em relação com o cá e vem para o meio! Levanta-te, une amor infinito de Deus. Apesar de o profeta teu canto a nosso cantar! Levanta-te, Isaías falar sobre um certo "cansaço" de chega pra cá e vem para o meio! Levan- Deus diante da indiferença e do pecado do
  • 3. povo, transparece no texto um Deus com- Também nós somos chamados a fazer o passivo, capaz de ir ao encontro do peca- bem e a ser instrumentos do milagre do dor. A queixa de Deus é feita, porque o povo amor. Podemos ser sinais de luz e de vida. O esqueceu. Deus cobra de seu povo fide- Que o Espírito nos guie e nos mantenha fir- lidade, porque ele é capaz de manter sua mes neste caminho. promessa até as últimas consequências. Ele faz coisas novas. É capaz de abrir estrada 09. PROFISSÃO DE FÉ no deserto e fazer correr rios em terra seca. D. Paulo nos ensina na Segunda Leitura: "É O amor infinito de Deus se manifesta viva- Deus que nos confirma em nossa adesão mente na pessoa de Jesus, o "sim" do Pai. a Cristo, como também é Deus que nos Nele, de fato, se cumprem as promessas ungiu e nos deu como sinal o Espírito de Deus. No Evangelho, Jesus cura o pa- derramado em nossos corações". Profes- ralítico. O Deus de Jesus é um Deus que semos nossa fé trinitária, rezando. Creio... não castiga, mas que acolhe a pessoa. Je- sus perdoa os pecados em nome de Deus. 10. PRECES DA COMUNIDADE Através do perdão, Jesus resgata a vida da D. O Senhor não guarda a lembrança de pessoa. Ele perdoa, ele cura. nossas culpas e está sempre pronto para As promessas de Deus são de vida. O escutar nossas súplicas. Por isso, digamos salmista reza: O Senhor vai guardar o fraco com fé. e o pobre e salvar sua vida; vai torná-lo fe- Todos: Senhor, escutai a nossa prece. liz. Não o abandonará em seu leito de dor, e sim, vai guardá-lo são e salvo (cf. Sl 41). L.1 Pela Igreja, para que revele em seus Jesus age com misericórdia mesmo saben- ministros e suas instituições a misericórdia do que suas atitudes vão causar conflitos de Jesus e o plano de salvação do Pai, re- com "líderes" legalistas. Cada vez mais va- zemos. mos percebendo quem verdadeiramente é L.2 Pelos sacerdotes e todos os cristãos, Jesus. Ele é aquele que de fato veio para para que valorizem o sacramento do per- que todos tenham vida, mesmo que isso dão e a ele recorram com fé e humildade, coloque em risco a sua própria vida. rezemos. Temos muito a aprender da Palavra de Deus L.1 Pela paróquia de Ecoporanga que no hoje. Os homens levaram o paralítico até próximo dia 25 celebrará seus 50 anos de Jesus. Encontraram barreiras, mas acharam missão, rezemos. uma saída. O paralítico acreditou na pala- L.2 Pela nossa diocese que, na última quin- vra de Jesus e lhe obedeceu. Também ta-feira completou 54 anos de caminhada, aprendemos com o apóstolo Paulo, que, para que continue sendo uma Igreja viva e mesmo diante de controvérsias, devemos comprometida com a realização do Reino permanecer firmes na missão. Misericórdia. de Deus, rezemos. compaixão e bondade são atitudes que o (preces espontâneas) Senhor nos pede. Saibamos dar o nosso D. Senhor, de corações sinceros e confia- "sim" a Deus. dos na vossa misericórdia, vos suplicamos: Estamos diante das promessas e ações em atendei nossos pedidos feitos com fervor favor da vida. Promessas de salvação eter- neste dia que vos é consagrado. Por Cris- na e também que já começam aqui e agora. to, nosso Senhor. Amém.
  • 4. 11. APRESENTAÇÃO DOS DONS zas. É dia de jejum e abstinência, não es- D. Apresentemos ao Senhor o que foi fei- queçamos. Que horas vamos celebrar na co- to para facilitar a vida das pessoas com munidade? deficiência em nossa comunidade ou loca- lidade (se foi feito algo, dizer o quê). 16. BÊNÇÃO E DESPEDIDA Canto: Dá-nos um coração... nº 414 D. Que o Deus de toda consolação dispo- nha na sua paz os vossos dias e vos conce- 12. PAI NOSSO da as suas bênçãos. D. "Ousamos chamar-te de Pai", diz um Todos: Amém! canto antigo. Através das leituras de hoje D. Sempre vos liberte de todos os perigos e percebemos o quanto Deus nos ama, sem confirme os vossos corações em seu amor. colocar condições. A Ele agora nos dirigi- Todos: Amém! mos, conforme a súplica que seu próprio D. E assim, ricos em esperança, fé e carida- Filho nos ensinou: Pai nosso... de, possais viver praticando o bem e chegar felizes à vida eterna. 13. ABRAÇO DA PAZ Todos: Amém! D. Falta paz no mundo porque dizemos D. Abençoai-vos Deus todo poderoso, Pai mais "não" do que "sim" a Deus. Dizer e Filho e Espírito Santo. "Amém" a Ele é nos colocarmos em atitu- Todos: Amém! de de paz e solidariedade. Saudemos uns D. Sede compassivos e misericordiosos. Ide aos outros em Cristo Jesus. em paz e que o Senhor vos acompanhe. Todos: Graças a Deus! 14. ORAÇÃO D. Experimentamos, Senhor, vossa mi- 17. CANTO sericórdia em cada momento desta ce- O amor de Deus me escolheu... nº 750 lebração. Que ela se estenda por toda esta semana que se inicia. Que possa- mos construir relações novas, basea- das no respeito à dignidade de cada pessoa. Por Cristo, nosso Senhor. Amém! Leituras para a Semana 15. AVISOS D. Hoje encerramos a primeira parte do 2ª Tg 3, 13-18 / Sl18B (19B) / Mc 9, 14-29 Tempo Comum do Ano "B", dedicado a 3ª Tg 4, 1-10 / Sl 54(55) / Mc 9, 30-37 4ª CINZAS - Folheto próprio São Marcos. Na próxima Quarta-feira da- 5ª Dt 30, 15-20 / Sl 1 / Lc 9, 22-25 remos início à Quaresma e à Campanha 6ª Is 58, 1-9a / Sl 50(51) / Mt 9, 14-15 da Fraternidade com a celebração das Cin- Sáb.: Is 58, 9b-14 / Sl 85(86) / Lc 5, 27-32 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177 Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.