O clã da loba

354 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
354
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O clã da loba

  1. 1.  Maite Carranza nasceu emBarcelona em 1958 e estudouantropologia. Já publicou mais dequarenta livros e venceuimportantes prémiosliterários, encontrando-se nestemomento traduzida em cerca deduas dezenas de línguas.Atualmente divide o tempo entre acriação literária, o guionismo e adocência universitária. O Clã daLoba vendeu 35 000 exemplares emEspanha em apenas quatromeses, sem qualquer campanha demarketing.
  2. 2.  Modo narrativo sendo, neste caso, umromance.Isto sendo justificado pelo facto de queatualmente um romance tem, geralmente, ummínimo de trezentas páginas e que os romancesde maior volume tendem em ser publicados emvários volumes, formando trilogias.
  3. 3. Profecia de O“E um dia há-de chegar a eleita, descendente de Om.Terá fogo no cabelo,Asas e escamas na pele,Um uivo na gargantaE a morte na retina.Cavalgará o solE brandirá a lua.”
  4. 4. • AçãoO “Clã da loba” é uma narrativa de personagem,sendo o titulo um indicação- um Clã é umgrupo de pessoas.É possível evidenciar na obra o processo dearticulação de inventos- alternância.E é uma narrativa de narração aberta.
  5. 5. • EspaçoEspaço físico- O espaço físico é alternado entre aaldeia de Urt, no vale de Istaín no sopé dosPireneus e Taormina na Sicília.Espaço social-Urt- O clã da loba.Taormina- O clã de delfim, das gralhas e dasserpentes.
  6. 6. • Personagens- Relevo- protagonista; composição- redonda Anaíd Tsinoulis“… apesar de ter completado catorze anos, tinha aaltura de uma menina de onze e o peso de uma denove.” – página 17“Não era feia … mas tinha tão pouca graça, coitada,tão magra e esmifrada, com aquelas camisolasgrandalhonas e aqueles quatro cabelos rolos, muitocurtos, a aparecer por baixo de uns gorros de lã que adesfeavam tanto.”- Páginas 20 e 21
  7. 7. Relevo- principal; composição- redonda Selene Tsinoulis – mãe de Anaíd, a eleita“… ruiva provocadora e atraente”“… a melena vermelha e encaracola, as pernas longas, asimpatia e o desembaraço.” – página 21“Selene, extravagante e louca mas carinhosa.”“… mundana e segura de si, tão faladora, simpática eextrovertida.” – página 33
  8. 8. Relevo- principal; composição- redonda Deméter Tsinoulis – mãe de Selene, avó de Anaíd,morreu um ano antes da história começar.“… falou-se por muito tempo do raio que atingiu a avó nanoite da trovoada.” - página 15“Deméter, sensata e rigorosa, mas justa.”- página 33
  9. 9. Relevo- principal; composição- redonda Criselda Tsinoulis- irmã de Deméter, tia-avó deAnaíd“Pequena, irrequieta e gorducha” – página 30“ A tia Criselda é um desastre, um horror, não faz amínima ideia de …”“Ela (Criselda) foi a sucessora de Deméter. Ela manteve astribos unidas. Ela velou por ti (Anaíd) e protegeu-te.” –página 318
  10. 10. Relevo- principal (antagonista) ; composição-plana Salma“a morena era deliciosamente sensual, com aquela pelede porcelana e aquelas mãos delicadas.”- página 154“… a morena de tez pálida, desmedidamenteimpertinente, sai todas as noites e só volta demadrugada. Nunca vê o sol.” – Página 219
  11. 11. Relevo- secundária ; composição-plana Gaya- professora, membro do clã da loba“…Gaya, apesar de amiga de Selene tinha inveja dela.”“… Gaya, uma professora fingidiça teria vendido aalma ao diabo para ser como Selene.”- página 22
  12. 12. Relevo- secundária ; composição-plana Elena- bibliotecária, membro do clã da loba“Elena já teria sete filhos, todos pequenos.”- página 22“Elena, ao contrário de Gaya era carinhosa…”-página 23
  13. 13. Relevo- secundária ; composição-plana Karen- médica, membro do clã da loba“Karen, a sua médica e grande amiga da sua mãe…” –página 47“Anaíd, querida, não lutes contra a dor nem contra o ruído,é o teu corpo, és tu, fazem parte de ti, não os rejeites, sentea dor, respira fundo, ouve os sons que há dentro de ti,aceita-os, integra-os em ti.”- página 47
  14. 14. Relevo- secundária ; composição-plana Valeria Crocce- bióloga marinha, matriarca doclã delfim.“… uma mulher de tez morena e olhos negros quecheirava a iodo e a algas.”“Os bíceps de Valeria, brilhantes de suor, inchavam aomanobrar, os movimentos de Valeria estavam cheios deforça.”- página 175
  15. 15. Relevo- secundária ; composição-redonda Clodia Crocce- filha de Valeria“… Clodia detestava-a e manifestava-lhe o seudesagrado em todos os gestos e atitudes.”- página 178“Clodia inflou as penas como uma galinha. Aocontrário de Anaíd, aceitava os elogios e não eraimpermeável aos piropos.”- página 266
  16. 16. Relevo- secundária ; composição-redonda Cornelia Fatta- Matriarca do clã das gralhas“Cornelia Fatta era uma sombra do que tinha sido e amorta da sua menina acompanhá-la-ia para sempre.”-página 208“Cornelia, a matriarca do clã das gralhas, tinha atristeza estampada no rosto.”- página 282
  17. 17. Relevo- secundária ; composição-redonda Lucrecia Lampedusa - Matriarca do clã dasserpentes“A velha Lucrecia, que aos cento e um anos aindaparticipava nos coven como matriarca das serpentes.”-página 214“Os muitos anos que arrastava faziam-na esquecercoisas que os risos das raparigas lhe trouxeram àmemoria.” – página 277
  18. 18. Relevo- secundária ; composição-plana Aurelia Lampedusa- Neta da Lucrecia Lampedusa“Uma jovem serpente, atlética, de cabelo curto, muitonegro, e nariz achatado…”“Ainda ninguém foi capaz de vencê-la (Aurelia) e até hojenão teve nenhuma discípula.”- página 218“Aurelia era repetitiva, não a deixava descansar nemum segundo…”- página 232
  19. 19. Relevo- figurante ; composição-tipo Marion- colega de turma da Anaíd“A rapariga mais bonita da turma.” – página 17 Roc – filho de Elena, colega de turma de Anaíd“… filho de Elena com quem costumava brincar empequena.” – página 17“…forte, manhoso e moreno de pele e cabelo.”- página23
  20. 20. • NarradorO narrador, enquanto à presença é Autodiegético,estando o narrador presente na ação comopersonagem principal.Quanto à focalização, o narrador tem umfocalização interna pois revela-nos oconhecimento como personagem.

×