SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
Interbits – SuperPro ® Web



1. (Ufpr 2012) Um próton movimenta-se em linha reta paralelamente às linhas de força de um
campo elétrico uniforme, conforme mostrado na figura. Partindo do repouso no ponto 1 e
somente sob ação da força elétrica, ele percorre uma distância de 0,6 m e passa pelo ponto 2.
Entre os pontos 1 e 2 há uma diferença de potencial V igual a 32 V. Considerando a massa
do próton igual a 1  1027 kg e sua carga igual a 1  1019 C , assinale a alternativa que
                   ,6                               ,6
apresenta corretamente a velocidade do próton ao passar pelo ponto 2.




a) 2,0  104 m/s
b) 4,0  104 m/s
c) 8,0  104 m/s
d) 1  105 m/s
    ,6
e) 3,2  105 m/s

2. (Fuvest 2012) Energia elétrica gerada em Itaipu é transmitida da subestação de Foz do
Iguaçu (Paraná) a Tijuco Preto (São Paulo), em alta tensão de 750 kV, por linhas de 900 km de
comprimento. Se a mesma potência fosse transmitida por meio das mesmas linhas, mas em 30
kV, que é a tensão utilizada em redes urbanas, a perda de energia por efeito Joule seria,
aproximadamente,
a) 27.000 vezes maior.
b) 625 vezes maior.
c) 30 vezes maior.
d) 25 vezes maior.
e) a mesma.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Uma sala é iluminada por um circuito de lâmpadas incandescentes em paralelo.
Considere os dados abaixo:
− a corrente elétrica eficaz limite do fusível que protege esse circuito é igual a 10 A;
− a tensão eficaz disponível é de 120 V;
− sob essa tensão, cada lâmpada consome uma potência de 60 W.


3. (Uerj 2012) O número máximo de lâmpadas que podem ser mantidas acesas corresponde
a:
a) 10
b) 15
c) 20
d) 30

4. (Uerj 2011) Em um laboratório, um pesquisador colocou uma esfera eletricamente
carregada em uma câmara na qual foi feito vácuo.
O potencial e o módulo do campo elétrico medidos a certa distância dessa esfera valem,
respectivamente, 600 V e 200 V/m.
Determine o valor da carga elétrica da esfera.

5. (Fgvrj 2011) Visando economizar energia elétrica, uma família que, em 30 dias, consumia
em média 240 kWh, substituiu doze lâmpadas de sua residência, dez de 60 W e duas de 100
W, por lâmpadas econômicas de 25 W. Na situação em que as lâmpadas ficam acesas 4 horas
por dia, a troca resultou em uma economia de energia elétrica, aproximadamente, de

                                                                                      Página 1 de 5
Interbits – SuperPro ® Web


a) 62%
b) 37%
c) 25%
d) 15%
e) 5%
                                                    -6                 -6
6. (Ufrj 2008) Duas cargas puntiformes q1 = 2,0 × 10 C e q2 = 1,0 × 10 C estão fixas num
plano nas posições dadas pelas coordenadas cartesianas indicadas a seguir. Considere K =
  1               9  -2 2
        = 9,0 × 10 NC m .
(4πε0 )




Calcule o vetor campo elétrico na posição A indicada na figura, explicitando seu módulo, sua
direção e seu sentido.

7. (Ufjf 2006) A diferença de potencial elétrico existente entre o líquido no interior de uma
célula e o fluido extracelular é denominado potencial de membrana (espessura da membrana d
           -10
= 80 x 10 m). Quando este potencial permanece inalterado, desde que não haja influências
externas, recebe o nome de potencial de repouso de uma célula. Supondo que o potencial de
repouso de uma célula seja dado pelo gráfico a seguir, calcule o que se pede:




a) A intensidade do campo elétrico no meio externo, na membrana e no interior da célula.
                                                                       -19
b) A força elétrica que uma carga elétrica positiva de carga q = 1,6x10 C sofre nas três
regiões.
c) Somente considerando a existência desse potencial, a célula estaria mais protegida contra a
entrada de qual tipo de vírus: de um com carga elétrica negativa ou de um com carga elétrica
positiva? Justifique.

8. (Ufrj 2004) Um tubo de descarga em gases opera sob alta tensão entre suas placas. A
figura mostra como o potencial elétrico varia ao longo do comprimento do tubo.




                                                                                 Página 2 de 5
Interbits – SuperPro ® Web




Supondo que o campo elétrico û no interior do tubo tenha a direção de seu eixo, determine:
a) o vetor û no ponto A;

b) o vetor û no ponto B.


9. (Uerj 2000) O gráfico mostra a variação da corrente eficaz, em amperes, de um aquecedor
elétrico que operou sob tensão eficaz de 120V, durante 400 minutos.




a) Se o custo do energia elétrica é de 20 centavos de real por quilowatt-hora, determine o
custo, em reais, da energia cedida ao aquecedor durante os 400 minutos indicados.

        1
b) Se     da energia total cedida ao aquecedor, nos primeiros 42 minutos de funcionamento, foi
        3
utilizada para aquecer 10 litros de água, determine a variação de temperatura da água. Utilize o
                                       3    °
calor especifico da água como 4,2×10 J/kg C.

10. (Unesp 1992) O feixe de elétrons num tubo de televisão percorre uma distância de 0,50 m
no espaço evacuado entre o emissor de elétrons e a tela do tubo.
                                               7
Se a velocidade dos elétrons no tubo é 8,0 . 10 m/s e se a corrente do feixe é 2,0 mA, calcule
o número de elétrons que há no feixe em qualquer instante.
                            -19
(Carga do elétron = 1,6 . 10 coulombs).




                                                                                  Página 3 de 5
Interbits – SuperPro ® Web



Gabarito:

Resposta da questão 1:
[C]

Usando o conceito de ddp e o teorema do trabalho-energia cinética, temos:

                                 1   2
                  W12 EC2  EC! 2 mv           1             1
V1  V2  V12                        qV12  mv 2  qV12  mv 2
                   q      q        q           2             2


     2  1  1019  32
          ,6
v                         8,0  104 m / s
         1  1027
          ,6

Resposta da questão 2:
[B]

A potência transmitida é a mesma nos dois casos:
                                i   U    750       i
P1  P2  U1 i1  U2 i2  2  1                 2  25.
                                i1 U2     30        i1
Considerando que a resistência elétrica seja a mesma para as duas correntes, as potências
elétricas dissipadas por efeito Joule nos dois casos são:
Pd1  R i1

          2
                       P     i2  i 
                                      2
                                             P
                   d2  2   2   d2   25   Pd2  625 Pd1 
                                                       2

Pd2  R i2
           2                  2
                       Pd1 i1  i1          Pd1

E2  625 E1.

Resposta da questão 3:
[C]

(P)max  Vi  120x10  1200W
      Pmax      1200
N                   20
     Plâmpada    60

Resposta da questão 4:
Dados: V = 600 V; E = 200 V/m; k = 9  10 N.m /C .
                                         9   2  2



Como o Potencial elétrico é positivo, a carga é positiva. Então, abandonando os módulos,
temos:
    kQ
 V
      r      V kQ r 2             V             600
                                r  r            r = 3 m.
    kQ       E     r kQ           E             200
E 2
    r

Substituindo na expressão do Potencial:
    kQ            r V 3  600 
V         Q                  200  109   
     r             k    9  109
          –7
Q = 2  10 C.

Resposta da questão 5:
[C]


                                                                                Página 4 de 5
Interbits – SuperPro ® Web


A substituição resultou em uma diminuição de potência de:
P  (10  60  2  100)  12  25  500W  0,5kW
Esta troca resultou em uma diminuição de consumo de:
      E             E
P        0,5          E  60kWh
       t          4x30
                                        60
O que representa um percentual de:          100  25%
                                       240

Resposta da questão 6:
Como as distâncias do ponto A a cada uma das cargas q1 e q2 são iguais, e q1 = 2q2 ,
podemos concluir que | E1 |  2 | E2 | .
Utilizando a Lei de Coulomb, temos

| E2 | =
           kq2     =
                       9,0  10  1,0  10-  = 9 × 10
                                   9            6
                                                           7                       7
                                                               N/C e | E1 | = 18 × 10 N/C
                             1  10- 
                 2                         2
            d2                         2



Utilizando a regra do paralelogramo, obtemos:
| EA | = 9 5 × 107 N/C

                                   1
Direção: tgα = | E2 | / | E1 | =     , onde α é o ângulo trigonométrico que EA faz com o eixo 0x.
                                   2

Sentido: de afastamento da origem, a partir do ponto A.

Resposta da questão 7:
 a) O campo elétrico E pode ser obtido como E = - ∆V/∆X. Assim temos para as 3 regiões:
                                                           7
E = 0, para o meio interno; 0, para o meio externo; -1 x 10 V/m, para a membrana
b) como F = qE, temos
                                                     12
F = 0, no meio interno; 0, no meio externo; -1,6 x 10 N, na membrana
c) de um vírus com carga negativa, pois a força que atua sobre um vírus com esta carga
orienta-se do meio interno para o externo

Resposta da questão 8:
a) 40 N/C, na direção horizontal e para direita
b) zero

Resposta da questão 9:
a) R$ 2,80

            °
b) ∆T = 24 C

Resposta da questão 10:
            7
n = 7,8 . 10 .




                                                                                        Página 5 de 5

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exercicios potencial eletrico
Exercicios potencial eletricoExercicios potencial eletrico
Exercicios potencial eletrico
Adicleison Véla
 
Questao lei de_coulomb_e_potencial_el_atrico
Questao lei de_coulomb_e_potencial_el_atricoQuestao lei de_coulomb_e_potencial_el_atrico
Questao lei de_coulomb_e_potencial_el_atrico
Betine Rost
 
Fisica 3 exercicios gabarito 28
Fisica 3 exercicios gabarito 28Fisica 3 exercicios gabarito 28
Fisica 3 exercicios gabarito 28
comentada
 
Fisica 3 exercicios gabarito 31
Fisica 3 exercicios gabarito 31Fisica 3 exercicios gabarito 31
Fisica 3 exercicios gabarito 31
comentada
 
Eletrostatica aula sonorizadas
Eletrostatica   aula  sonorizadasEletrostatica   aula  sonorizadas
Eletrostatica aula sonorizadas
Adriano Capilupe
 
Fisica eletriz lei de coulomb
Fisica eletriz lei de coulombFisica eletriz lei de coulomb
Fisica eletriz lei de coulomb
comentada
 
Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalho
Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalhoExercícios extras_Potencial elétrico e trabalho
Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalho
O mundo da FÍSICA
 
Recuperação 3º ano
Recuperação 3º anoRecuperação 3º ano
Recuperação 3º ano
pensefisica
 
Trabalho e energia no campo elétrico
Trabalho e energia no campo elétricoTrabalho e energia no campo elétrico
Trabalho e energia no campo elétrico
Nadine Pacheco
 
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
O mundo da FÍSICA
 
Lista 17 eletrostatica 2
Lista 17 eletrostatica 2Lista 17 eletrostatica 2
Lista 17 eletrostatica 2
rodrigoateneu
 
Exercicios de potencial eletrico e trabalho
Exercicios de potencial eletrico e trabalhoExercicios de potencial eletrico e trabalho
Exercicios de potencial eletrico e trabalho
Estude Mais
 
1ª avaliação bimestral 3º ano física
1ª avaliação bimestral 3º ano   física1ª avaliação bimestral 3º ano   física
1ª avaliação bimestral 3º ano física
Prof X
 

Mais procurados (19)

Exercicios potencial eletrico
Exercicios potencial eletricoExercicios potencial eletrico
Exercicios potencial eletrico
 
Questao lei de_coulomb_e_potencial_el_atrico
Questao lei de_coulomb_e_potencial_el_atricoQuestao lei de_coulomb_e_potencial_el_atrico
Questao lei de_coulomb_e_potencial_el_atrico
 
Fisica 3 exercicios gabarito 28
Fisica 3 exercicios gabarito 28Fisica 3 exercicios gabarito 28
Fisica 3 exercicios gabarito 28
 
Exercicios propostos sobre electrostatica
Exercicios propostos sobre electrostaticaExercicios propostos sobre electrostatica
Exercicios propostos sobre electrostatica
 
Fisica 3 exercicios gabarito 31
Fisica 3 exercicios gabarito 31Fisica 3 exercicios gabarito 31
Fisica 3 exercicios gabarito 31
 
Eletrostatica aula sonorizadas
Eletrostatica   aula  sonorizadasEletrostatica   aula  sonorizadas
Eletrostatica aula sonorizadas
 
Fisica eletriz lei de coulomb
Fisica eletriz lei de coulombFisica eletriz lei de coulomb
Fisica eletriz lei de coulomb
 
Lista 2 - Campo Elétrico
Lista 2 - Campo ElétricoLista 2 - Campo Elétrico
Lista 2 - Campo Elétrico
 
Exercícios resolvidos eletro
Exercícios resolvidos eletroExercícios resolvidos eletro
Exercícios resolvidos eletro
 
Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalho
Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalhoExercícios extras_Potencial elétrico e trabalho
Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalho
 
Recuperação 3º ano
Recuperação 3º anoRecuperação 3º ano
Recuperação 3º ano
 
Trabalho e energia no campo elétrico
Trabalho e energia no campo elétricoTrabalho e energia no campo elétrico
Trabalho e energia no campo elétrico
 
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
 
Lista 17 eletrostatica 2
Lista 17 eletrostatica 2Lista 17 eletrostatica 2
Lista 17 eletrostatica 2
 
Exercicios de potencial eletrico e trabalho
Exercicios de potencial eletrico e trabalhoExercicios de potencial eletrico e trabalho
Exercicios de potencial eletrico e trabalho
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
 
1ª avaliação bimestral 3º ano física
1ª avaliação bimestral 3º ano   física1ª avaliação bimestral 3º ano   física
1ª avaliação bimestral 3º ano física
 
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
www.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Complementares de Eletricidadewww.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
 

Semelhante a Exercícios Física - Monitoria

Professor helanderson sousa
Professor helanderson sousaProfessor helanderson sousa
Professor helanderson sousa
Dayanne Sousa
 
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabaritoFisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
José Paulo Barreto
 
Basica campo e potencial
Basica campo e potencialBasica campo e potencial
Basica campo e potencial
rodrigoateneu
 
Questao energia e_trabalho
Questao energia e_trabalhoQuestao energia e_trabalho
Questao energia e_trabalho
Betine Rost
 
Atividade de física 3º ano potencial elétrico
Atividade de física 3º ano   potencial elétricoAtividade de física 3º ano   potencial elétrico
Atividade de física 3º ano potencial elétrico
Juvanci Gomes
 
Ufpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabarito
Ufpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabaritoUfpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabarito
Ufpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabarito
Rafaantz
 
Exercicio de campo eletrico1
Exercicio de campo eletrico1Exercicio de campo eletrico1
Exercicio de campo eletrico1
Adriano Capilupe
 
Portifolio ii fisica iii.
Portifolio ii fisica iii.Portifolio ii fisica iii.
Portifolio ii fisica iii.
AlexGrift
 
Lista de exercicios eletricidade capacitores e resistores
Lista de exercicios eletricidade capacitores e resistores Lista de exercicios eletricidade capacitores e resistores
Lista de exercicios eletricidade capacitores e resistores
zeu1507
 

Semelhante a Exercícios Física - Monitoria (20)

www.AulasParticulares.Info - Física – Potencial Elétrico
www.AulasParticulares.Info - Física – Potencial Elétricowww.AulasParticulares.Info - Física – Potencial Elétrico
www.AulasParticulares.Info - Física – Potencial Elétrico
 
www.aulaparticularonline.net.br - Física - Exercícios Resolvidos de Eletricidade
www.aulaparticularonline.net.br - Física - Exercícios Resolvidos de Eletricidadewww.aulaparticularonline.net.br - Física - Exercícios Resolvidos de Eletricidade
www.aulaparticularonline.net.br - Física - Exercícios Resolvidos de Eletricidade
 
Professor helanderson sousa
Professor helanderson sousaProfessor helanderson sousa
Professor helanderson sousa
 
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabaritoFisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
 
Basica campo e potencial
Basica campo e potencialBasica campo e potencial
Basica campo e potencial
 
Cap08
Cap08Cap08
Cap08
 
Cap08
Cap08Cap08
Cap08
 
Questao energia e_trabalho
Questao energia e_trabalhoQuestao energia e_trabalho
Questao energia e_trabalho
 
Atividade de física 3º ano potencial elétrico
Atividade de física 3º ano   potencial elétricoAtividade de física 3º ano   potencial elétrico
Atividade de física 3º ano potencial elétrico
 
Ufpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabarito
Ufpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabaritoUfpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabarito
Ufpe 2011-0-prova-completa-2a-etapa-c-gabarito
 
Exercicio de campo eletrico1
Exercicio de campo eletrico1Exercicio de campo eletrico1
Exercicio de campo eletrico1
 
Ita2001 parte 001
Ita2001 parte 001Ita2001 parte 001
Ita2001 parte 001
 
Vestufpe -fisica
Vestufpe -fisicaVestufpe -fisica
Vestufpe -fisica
 
2011física
2011física2011física
2011física
 
Trabalho e força
Trabalho e forçaTrabalho e força
Trabalho e força
 
Fisica 2014 tipo_c
Fisica 2014  tipo_cFisica 2014  tipo_c
Fisica 2014 tipo_c
 
Revisão de eletrostática e campo elétrico
Revisão de eletrostática e campo elétricoRevisão de eletrostática e campo elétrico
Revisão de eletrostática e campo elétrico
 
Portifolio ii fisica iii.
Portifolio ii fisica iii.Portifolio ii fisica iii.
Portifolio ii fisica iii.
 
Portifolio ii fisica iii.
Portifolio ii fisica iii.Portifolio ii fisica iii.
Portifolio ii fisica iii.
 
Lista de exercicios eletricidade capacitores e resistores
Lista de exercicios eletricidade capacitores e resistores Lista de exercicios eletricidade capacitores e resistores
Lista de exercicios eletricidade capacitores e resistores
 

Mais de Rodrigo Moysés (10)

Filosofia - do Idealismo Alemão a Marx
Filosofia - do Idealismo Alemão a MarxFilosofia - do Idealismo Alemão a Marx
Filosofia - do Idealismo Alemão a Marx
 
Filosofia - Idealismo Alemão e outros
Filosofia - Idealismo Alemão e outrosFilosofia - Idealismo Alemão e outros
Filosofia - Idealismo Alemão e outros
 
Pré-modernismo
Pré-modernismoPré-modernismo
Pré-modernismo
 
Descolonização afro asiática
Descolonização afro asiáticaDescolonização afro asiática
Descolonização afro asiática
 
Crise de 29
Crise de 29Crise de 29
Crise de 29
 
Nazi fascismo a
Nazi fascismo aNazi fascismo a
Nazi fascismo a
 
Populismo 1946 1964
Populismo 1946 1964Populismo 1946 1964
Populismo 1946 1964
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
 
A queda do socialismo
A queda do socialismoA queda do socialismo
A queda do socialismo
 

Exercícios Física - Monitoria

  • 1. Interbits – SuperPro ® Web 1. (Ufpr 2012) Um próton movimenta-se em linha reta paralelamente às linhas de força de um campo elétrico uniforme, conforme mostrado na figura. Partindo do repouso no ponto 1 e somente sob ação da força elétrica, ele percorre uma distância de 0,6 m e passa pelo ponto 2. Entre os pontos 1 e 2 há uma diferença de potencial V igual a 32 V. Considerando a massa do próton igual a 1  1027 kg e sua carga igual a 1  1019 C , assinale a alternativa que ,6 ,6 apresenta corretamente a velocidade do próton ao passar pelo ponto 2. a) 2,0  104 m/s b) 4,0  104 m/s c) 8,0  104 m/s d) 1  105 m/s ,6 e) 3,2  105 m/s 2. (Fuvest 2012) Energia elétrica gerada em Itaipu é transmitida da subestação de Foz do Iguaçu (Paraná) a Tijuco Preto (São Paulo), em alta tensão de 750 kV, por linhas de 900 km de comprimento. Se a mesma potência fosse transmitida por meio das mesmas linhas, mas em 30 kV, que é a tensão utilizada em redes urbanas, a perda de energia por efeito Joule seria, aproximadamente, a) 27.000 vezes maior. b) 625 vezes maior. c) 30 vezes maior. d) 25 vezes maior. e) a mesma. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Uma sala é iluminada por um circuito de lâmpadas incandescentes em paralelo. Considere os dados abaixo: − a corrente elétrica eficaz limite do fusível que protege esse circuito é igual a 10 A; − a tensão eficaz disponível é de 120 V; − sob essa tensão, cada lâmpada consome uma potência de 60 W. 3. (Uerj 2012) O número máximo de lâmpadas que podem ser mantidas acesas corresponde a: a) 10 b) 15 c) 20 d) 30 4. (Uerj 2011) Em um laboratório, um pesquisador colocou uma esfera eletricamente carregada em uma câmara na qual foi feito vácuo. O potencial e o módulo do campo elétrico medidos a certa distância dessa esfera valem, respectivamente, 600 V e 200 V/m. Determine o valor da carga elétrica da esfera. 5. (Fgvrj 2011) Visando economizar energia elétrica, uma família que, em 30 dias, consumia em média 240 kWh, substituiu doze lâmpadas de sua residência, dez de 60 W e duas de 100 W, por lâmpadas econômicas de 25 W. Na situação em que as lâmpadas ficam acesas 4 horas por dia, a troca resultou em uma economia de energia elétrica, aproximadamente, de Página 1 de 5
  • 2. Interbits – SuperPro ® Web a) 62% b) 37% c) 25% d) 15% e) 5% -6 -6 6. (Ufrj 2008) Duas cargas puntiformes q1 = 2,0 × 10 C e q2 = 1,0 × 10 C estão fixas num plano nas posições dadas pelas coordenadas cartesianas indicadas a seguir. Considere K = 1 9 -2 2 = 9,0 × 10 NC m . (4πε0 ) Calcule o vetor campo elétrico na posição A indicada na figura, explicitando seu módulo, sua direção e seu sentido. 7. (Ufjf 2006) A diferença de potencial elétrico existente entre o líquido no interior de uma célula e o fluido extracelular é denominado potencial de membrana (espessura da membrana d -10 = 80 x 10 m). Quando este potencial permanece inalterado, desde que não haja influências externas, recebe o nome de potencial de repouso de uma célula. Supondo que o potencial de repouso de uma célula seja dado pelo gráfico a seguir, calcule o que se pede: a) A intensidade do campo elétrico no meio externo, na membrana e no interior da célula. -19 b) A força elétrica que uma carga elétrica positiva de carga q = 1,6x10 C sofre nas três regiões. c) Somente considerando a existência desse potencial, a célula estaria mais protegida contra a entrada de qual tipo de vírus: de um com carga elétrica negativa ou de um com carga elétrica positiva? Justifique. 8. (Ufrj 2004) Um tubo de descarga em gases opera sob alta tensão entre suas placas. A figura mostra como o potencial elétrico varia ao longo do comprimento do tubo. Página 2 de 5
  • 3. Interbits – SuperPro ® Web Supondo que o campo elétrico û no interior do tubo tenha a direção de seu eixo, determine: a) o vetor û no ponto A; b) o vetor û no ponto B. 9. (Uerj 2000) O gráfico mostra a variação da corrente eficaz, em amperes, de um aquecedor elétrico que operou sob tensão eficaz de 120V, durante 400 minutos. a) Se o custo do energia elétrica é de 20 centavos de real por quilowatt-hora, determine o custo, em reais, da energia cedida ao aquecedor durante os 400 minutos indicados. 1 b) Se da energia total cedida ao aquecedor, nos primeiros 42 minutos de funcionamento, foi 3 utilizada para aquecer 10 litros de água, determine a variação de temperatura da água. Utilize o 3 ° calor especifico da água como 4,2×10 J/kg C. 10. (Unesp 1992) O feixe de elétrons num tubo de televisão percorre uma distância de 0,50 m no espaço evacuado entre o emissor de elétrons e a tela do tubo. 7 Se a velocidade dos elétrons no tubo é 8,0 . 10 m/s e se a corrente do feixe é 2,0 mA, calcule o número de elétrons que há no feixe em qualquer instante. -19 (Carga do elétron = 1,6 . 10 coulombs). Página 3 de 5
  • 4. Interbits – SuperPro ® Web Gabarito: Resposta da questão 1: [C] Usando o conceito de ddp e o teorema do trabalho-energia cinética, temos: 1 2 W12 EC2  EC! 2 mv 1 1 V1  V2  V12     qV12  mv 2  qV12  mv 2 q q q 2 2 2  1  1019  32 ,6 v  8,0  104 m / s 1  1027 ,6 Resposta da questão 2: [B] A potência transmitida é a mesma nos dois casos: i U 750 i P1  P2  U1 i1  U2 i2  2  1   2  25. i1 U2 30 i1 Considerando que a resistência elétrica seja a mesma para as duas correntes, as potências elétricas dissipadas por efeito Joule nos dois casos são: Pd1  R i1  2 P i2  i  2 P     d2  2   2   d2   25   Pd2  625 Pd1  2  Pd2  R i2 2 2 Pd1 i1  i1  Pd1  E2  625 E1. Resposta da questão 3: [C] (P)max  Vi  120x10  1200W Pmax 1200 N   20 Plâmpada 60 Resposta da questão 4: Dados: V = 600 V; E = 200 V/m; k = 9  10 N.m /C . 9 2 2 Como o Potencial elétrico é positivo, a carga é positiva. Então, abandonando os módulos, temos: kQ V r V kQ r 2 V 600     r  r   r = 3 m. kQ E r kQ E 200 E 2 r Substituindo na expressão do Potencial: kQ r V 3  600  V  Q   200  109  r k 9  109 –7 Q = 2  10 C. Resposta da questão 5: [C] Página 4 de 5
  • 5. Interbits – SuperPro ® Web A substituição resultou em uma diminuição de potência de: P  (10  60  2  100)  12  25  500W  0,5kW Esta troca resultou em uma diminuição de consumo de: E E P   0,5   E  60kWh t 4x30 60 O que representa um percentual de:  100  25% 240 Resposta da questão 6: Como as distâncias do ponto A a cada uma das cargas q1 e q2 são iguais, e q1 = 2q2 , podemos concluir que | E1 |  2 | E2 | . Utilizando a Lei de Coulomb, temos | E2 | = kq2  = 9,0  10  1,0  10-  = 9 × 10 9 6 7 7 N/C e | E1 | = 18 × 10 N/C 1  10-  2 2 d2 2 Utilizando a regra do paralelogramo, obtemos: | EA | = 9 5 × 107 N/C 1 Direção: tgα = | E2 | / | E1 | = , onde α é o ângulo trigonométrico que EA faz com o eixo 0x. 2 Sentido: de afastamento da origem, a partir do ponto A. Resposta da questão 7: a) O campo elétrico E pode ser obtido como E = - ∆V/∆X. Assim temos para as 3 regiões: 7 E = 0, para o meio interno; 0, para o meio externo; -1 x 10 V/m, para a membrana b) como F = qE, temos 12 F = 0, no meio interno; 0, no meio externo; -1,6 x 10 N, na membrana c) de um vírus com carga negativa, pois a força que atua sobre um vírus com esta carga orienta-se do meio interno para o externo Resposta da questão 8: a) 40 N/C, na direção horizontal e para direita b) zero Resposta da questão 9: a) R$ 2,80 ° b) ∆T = 24 C Resposta da questão 10: 7 n = 7,8 . 10 . Página 5 de 5