Era Vargas   1930 - 1945 Prof a  Eulália - 2010
Como Vargas chega ao poder?   Prof a  Eulália - 2010
Questões da década de 1920 no Brasil <ul><li>Fragilidade das oligarquias cafeeiras    crises de superprodução de café </l...
<ul><li>Vitória fraudulenta de Júlio Prestes + Não reconhecimento da eleição de deputados vinculados à Aliança Liberal + N...
Governo Provisório de 1930 – 1934 <ul><li>Governo de Vargas tem caráter autoritário    fechamento dos legislativos federa...
Fatos e fotos da Era Vargas Prof a  Eulália - 2010 Manifestação no início da campanha da Aliança Liberal. Rio, 1929  Crédi...
<ul><li>Oposição    São Paulo + antigos aliados de Vargas como RS e MG    Revolução Constitucionalista de 1932. </li></u...
<ul><li>“ Começava a se delinear o compromisso entre o governo central e as oligarquias regionais: fortalecimento do execu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Era vargas

4.075 visualizações

Publicada em

CSB 2011

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.075
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
98
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Era vargas

  1. 1. Era Vargas 1930 - 1945 Prof a Eulália - 2010
  2. 2. Como Vargas chega ao poder? Prof a Eulália - 2010
  3. 3. Questões da década de 1920 no Brasil <ul><li>Fragilidade das oligarquias cafeeiras  crises de superprodução de café </li></ul><ul><li>Aumento da dívida externa  maior carga tributária + alta do custo de vida + desemprego. </li></ul><ul><li>Crescimento das disputas entre as oligarquias estaduais (sem poder na esfera federal) e as oligarquias cafeeiras. </li></ul><ul><li>Maior demanda de participação política de camadas médias, burguesia urbana e operariado. </li></ul><ul><li>Expressão da oposição em movimentos sociais, artísticos e políticos (Tenentismo, Semana de Arte de 1922, greves e disputas eleitorais) </li></ul>Prof a Eulália - 2010 Candidatura de oposição da chapa Getúlio Vargas / João Pessoa (Aliança Liberal composta por MG + RS + PB + setores urbanos) X Júlio Prestes – Vital Brasil
  4. 4. <ul><li>Vitória fraudulenta de Júlio Prestes + Não reconhecimento da eleição de deputados vinculados à Aliança Liberal + Não apoio de Luís Carlos Prestes à candidaturas oligárquicas. </li></ul><ul><li>CONSPIRAÇÃO DA ALA RADICAL DA ALIANÇA LIBERAL E INÍCIO DO MOVIMENTO ARMADO DE LIDERANÇA OLIGÁRQUICA (Oligarquias dissidentes) </li></ul>Prof a Eulália - 2010 <ul><li>Outubro de 1930 – Choques entre tropas federais e revoltosos por todo o país (exceto São Paulo). </li></ul><ul><li>24 de outubro - ataque ao Palácio Guanabara renúncia de Washington Luís. </li></ul><ul><li>Junta Governativa entrega o cargo a Vargas como presidente provisório </li></ul>
  5. 5. Governo Provisório de 1930 – 1934 <ul><li>Governo de Vargas tem caráter autoritário  fechamento dos legislativos federal, estaduais e municipais. </li></ul>Prof a Eulália - 2010 “ O clima de instabilidade decorria da incapacidade dos principais atores sociais (oligarquias regionais, classes médias,militares e trabalhadores) de impor um projeto de organização do poder à nação e exercer, com isso, sua hegemonia sobre os demais” (Flávio de Campos) <ul><li>Disputas internas no governo  heterogeneidade dos grupo que apóiam Vargas no movimento revolucionário. </li></ul><ul><li>Discordância das oligarquias estaduais quanto à nomeação de tenentes interventores (excesso de poderes) </li></ul><ul><li>Expropriação de terras pertencentes à oligarcas vinculados aos cafeicultores </li></ul><ul><li>Medidas populares (redução de aluguéis e organização de sindicatos) desagradam oligarcas. </li></ul><ul><li>Excessivo poder dos tenentes desagrada alta hierarquia do Exército </li></ul>
  6. 6. Fatos e fotos da Era Vargas Prof a Eulália - 2010 Manifestação no início da campanha da Aliança Liberal. Rio, 1929 Crédito: Biblioteca Nacional - Revista da Semana (nov./1929) Revolucionários gaúchos atam os cavalos no obelisco Crédito: CPDOC/FGV - Arquivo CFa Com Getúlio, a revolução chega ao Catete. Rio, 1930 Crédito: CPDOC/FGV - CDA/Rev.30: doação Etel Graça Almeida Prado Vargas recebe apoio militar Cartaz da Aliança Liberal Crédito: CPDOC/FGV - Arquivo LSL
  7. 7. <ul><li>Oposição  São Paulo + antigos aliados de Vargas como RS e MG  Revolução Constitucionalista de 1932. </li></ul>Prof a Eulália - 2010 Constituinte Propostas Redemocratização Eleições Política Agrária Política Federativa <ul><li>Isolamento do movimento leva vitória das forças federais </li></ul><ul><li>Eclosão do movimento + fraqueza mostram a necessidade de concessões </li></ul><ul><li>Lei Eleitoral de 1932  voto secreto e voto feminino + criação da Justiça Eleitoral </li></ul><ul><li>Criação do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio </li></ul><ul><li>Criação do Ministério da Educação </li></ul>
  8. 8. <ul><li>“ Começava a se delinear o compromisso entre o governo central e as oligarquias regionais: fortalecimento do executivo, direção política de Vargas e a manutenção das relações sociais no campo, ou seja, do latifúndio, da exploração da mão de obra livre e do mandonismo da burguesia rural brasileira “ </li></ul><ul><li>(Flávio de Campos) </li></ul>Prof a Eulália - 2010 <ul><li>Troca  possibilidade de concessões às camadas populares e uma política industrializante que satisfaz os interesses de uma burguesia urbana (construção de sua hegemonia) </li></ul>A foto ao lado mostra as comemorações do Dia do Trabalho, no Estádio Vasco da Gama, em 1942. A Revolução que leva Getúlio Vargas ao poder, em 1930, derruba o governo apoiado pelos grandes cafeicultores de São Paulo e Minas Gerais. Foto DIP / Empresa Bras. de Notícias

×