Vst para simulação espacial

224 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
224
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vst para simulação espacial

  1. 1. VST PARA SIMULAÇÃO ESPACIAL
  2. 2. falante ouvinte
  3. 3. C B A Situação: um som qualquer tem a trajetória começando após o falante A (reverberação + menor volume + equalização) e terminando após o falante B. Pra realizar isso, é preciso aplicar esse três efeitos, além do efeito doppler, e do pan, naturalmente.
  4. 4. C B A A B COs 3 primeiros efeitos fazem um gradual de100% a 0% entre A e B, e retornando a Reverb (+vol) 100%100% depois disso. 0% 100%O Doppler, no entanto, varia de outra forma. EQNa aproximação, ele está com a frequência 0%aumentada. No afastamento, o inverso. Doppler +1 semitom -1st
  5. 5. Claro que é possível programar cada envelope pra cada sample ou track de acordo com atrajetória desejada. Seriam pelo menos quatro pra cada trajetória (reverb, eq, doppler e pan –com mais o quinto envelope sendo o volume).A questão é: será que dá pra criar uma interface entre cada gesto espacial e os efeitos emsi? Ou seria melhor criar um plugin (aproveitando plugins já existentes, claro)?Eu não conheço ainda plugins que realizem o doppler por inserção de medidas exatas.Explico: a alteração da frequência se dá pela velocidade do objeto em movimento, portantonão importa se a trajetória começa a 100m ou a 500m de distância, mas sim em quantotempo se percorre essa tal distância. Percorrer 500m em 5min causa uma alteração sonoramenor do que 100m em 5 segundos. Portanto talvez seja fazer o ajuste do doppler via essadistância virtual, do que exatamente uma mudança a la pitch shifter (tantos cents acima, etc).

×