Compreendendo e Vivenciando
a Inclusão no Ensino Regular
Marcia Silvana Peres Rodrigues
Pedagoga Responsável pela sala de ...
http://www.entreamigos.com.br/direit
oshumanos?tema=17
Momento de Avanço- Desestruturação-
Readaptação
Escola – Professor ...
Como assegurar esse atendimento?
• Constituição Federal 1989
• Declaração Mundial de Educação para
Todos, aprovada em Jomt...
• Convenção sobre os Direitos das Pessoas com
Deficiência de 2006, implementada no Brasil
através do Decreto Nº 186/08
• A...
Conhecendo o Publico Alvo do AEE
1-Alunos com Deficiência: “aqueles que têm
impedimentos de longo prazo de natureza
física...
2- Alunos com Transtornos Globais do
Desenvolvimento: “aqueles que apresentam um
quadro de alterações no desenvolvimento
n...
3- Alunos com altas habilidades/superdotação:
“aqueles que apresentam um potencial
elevado e grande envolvimento com as ár...
Qual a Função do AEE???
eliminação de possíveis barreiras ao acesso
oportunizar à permanência e à
aprendizagem no ensino c...
oferecido em contra turno
Seções de Atendimento individualizado e Coletivo
poderá contar com outros profissionais da
educa...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Compreendendo e vivenciando a inclusão no ensino regular

396 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
396
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Compreendendo e vivenciando a inclusão no ensino regular

  1. 1. Compreendendo e Vivenciando a Inclusão no Ensino Regular Marcia Silvana Peres Rodrigues Pedagoga Responsável pela sala de AEE EEEF Joaquim Caetano da Silva
  2. 2. http://www.entreamigos.com.br/direit oshumanos?tema=17 Momento de Avanço- Desestruturação- Readaptação Escola – Professor – Propostas de Intervenção “Toda a legislação brasileira que diz respeito a pessoa com deficiência e seus direitos, classificadas dentro dos nove direitos humanos: educação, trabalho, segurança, previdência social, moradia, saúde, lazer, proteção a família e assistência social.”
  3. 3. Como assegurar esse atendimento? • Constituição Federal 1989 • Declaração Mundial de Educação para Todos, aprovada em Jomtien 1990 • Declaração de Salamanca 1994 • LDB - ART 4º e Capitulo V 19946 • Convenção Interamericana para a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Pessoas Portadoras de Deficiência (Convenção de Guatemala) – 2001
  4. 4. • Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência de 2006, implementada no Brasil através do Decreto Nº 186/08 • A Política Nacional da Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva 2008 • Decreto nº 6.571/2008
  5. 5. Conhecendo o Publico Alvo do AEE 1-Alunos com Deficiência: “aqueles que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, intelectual, mental ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas”. Portanto, são os alunos com deficiência mental, deficiência física, surdez, deficiência auditiva, cegueira,
  6. 6. 2- Alunos com Transtornos Globais do Desenvolvimento: “aqueles que apresentam um quadro de alterações no desenvolvimento neuropsicomotor, comprometimento nas relações sociais, na comunicação ou estereotipias motoras. Incluem-se nessa definição alunos com autismo clássico, síndrome de Asperger, síndrome de Rett, transtorno desintegrativo da infância (psicoses) e transtornos invasivos em outra especificação”
  7. 7. 3- Alunos com altas habilidades/superdotação: “aqueles que apresentam um potencial elevado e grande envolvimento com as áreas do conhecimento humano, isoladas ou combinadas: intelectual, acadêmica, liderança, psicomotora , artes e criatividade”
  8. 8. Qual a Função do AEE??? eliminação de possíveis barreiras ao acesso oportunizar à permanência e à aprendizagem no ensino comum. não deve ser “adotado de forma obrigatória ou como condição para o acesso ao ensino comum.
  9. 9. oferecido em contra turno Seções de Atendimento individualizado e Coletivo poderá contar com outros profissionais da educação. processo a articulação de ações entre o professor do ensino regular e do Atendimento Educacional Especializado,

×