Slides Semana do Deficiênte intelectual e múltiplo

889 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
889
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slides Semana do Deficiênte intelectual e múltiplo

  1. 1. Tema da Semana:“A pessoa com deficiência quebra a cultura da indiferença. Tenha coragem de ser diferente.“<br />
  2. 2. O QUE É DEFICIÊNCIA?<br /> De acordo com o MEC pessoas com deficiência são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdades de condições com as demais pessoas.<br />
  3. 3. A grande ciência da vida é aprender a recomeçar. Recomeçar com confiança e entusiasmo." (Lições de Dorina Gouveia Nowill - Para quem quer ver além)<br />
  4. 4.
  5. 5. POPULAÇÃO COM DEFICIÊNCIA NO BRASIL<br /> No Brasil, há 24,5 milhões de pessoas com deficiência, ou 14,5% da população, segundo o Censo Demográfico 2000 do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). <br />
  6. 6. UMA GRANDE CONQUISTA <br />
  7. 7. A Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e seu Protocolo Facultativo, que garantem monitoramento e cumprimento das obrigações do Estado, foram assinados, sem reservas, em 30 de março de 2007, em um gesto de total compromisso do governo brasileiro com a conquista histórica da sociedade mundial e, principalmente, com o desafio vencido pelos 24,5 milhões de brasileiras e brasileiros com deficiência. Foram redigidos cinqüenta artigos que tratam dos direitos civis, políticos, econômicos, sociais e culturais, revestidos com tudo que se faz indispensável para a emancipação desses cidadãos. Com a Convenção da ONU, se não houver acessibilidade significa que há discriminação, condenável do ponto de vista moral e ético e punível na forma da lei. <br />
  8. 8. Apesar do Brasil ser um dos poucos países, menos de 50 no mundo, que têm uma legislação específica para este expressivo contingente populacional, ampla e avançada em relação às demais, continuam às pessoas com deficiência a compor as percentagens mais elevadas das estatísticas de exclusão social.<br />
  9. 9. DEPOIMENTO <br />
  10. 10. ACESSIBILIDADE = INCLUSÃO<br />O dicionário nos diz que "acessibilidade" é um substantivo que denota a qualidade de ser acessível; "acessível", por sua vez, é um adjetivo que indica aquilo a que se pode chegar facilmente; que fica ao alcance. Na área da Deficiência, quando este termo começou a ser utilizado, estava restrito ao ambiente construído e designava a eliminação de barreiras arquitetônicas. <br />
  11. 11. O significado do termo "acessibilidade" foi ampliado. Percebemos que acessibilidade era mais do que construir rampas - embora rampas sejam, sempre, fundamentais. Mas representam, literalmente, apenas o primeiro passo. Rampas precisam levar a escolas, centros de saúde, teatros, cinemas, museus, shows de rock... Este novo sentido foi aplicado a outras esferas do fazer humano; passamos, então, a refletir sobre a acessibilidade (e o acesso a) na Educação, no Trabalho, Lazer, Cultura, Esportes, Informação e Internet.<br />
  12. 12. UM CONCEITO DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA<br /> A educação inclusiva é um processo em que se amplia a participação de todos os estudantes nos estabelecimentos de ensino regular. Trata-se de uma reestruturação da cultura, da prática e das políticas vivenciadas nas escolas de modo que estas respondam à diversidade de alunos. É uma abordagem humanística, democrática, que percebe o sujeito e suas singularidades, tendo como objetivos o crescimento, a satisfação pessoal e a inserção social de todos.<br />
  13. 13. O conceito de inclusão é recente em nossa cultura. Estamos começando a usar esta palavra. Como qualquer situação nova, a inclusão incomoda, desperta curiosidade, indiferença ou negação, encontra adeptos e também críticos; envolve praticamente todas as esferas do social, apontando para a necessidade de repensar, de alterar hábitos, posturas, atitudes, começando pelo plano individual, tirando-nos de nossa costumeira zona de conforto: temos que abrir espaço em nosso mundinho interno para que mais pessoas caibam nele.<br />
  14. 14. ALGUMAS CONQUISTAS EM NOSSO MUNICÍPIO<br />Associação dos Deficientes de Ipirá (AIDEF);<br />Conselho Municipal do Direito da Pessoa com Deficiência (COMPEDE);<br />Centro de Apoio Psicosocial (CAPS);<br />Centro de Apoio Psicopedagógico de Ipirá (CAPI);<br />Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE);<br />Departamento de Educação Especial na Secretaria de Educação do Município;<br />
  15. 15. Implantação de Salas de Recursos Multifuncionais. <br />Termo de Ajuste de Conduta (TAC), o qual possibilitará tornar a cidade um pouco mais acessível;<br />

×