Janeiro 2011                        Janela Aberta               Agrupamento Vertical de Escolas Luciano Cordeiro - Mirande...
O PIEF SOB O OLHAR DE UM ENCARREGADO DE                                        EDUCAÇÃO                                   ...
PREVENÇÃO RODOVIÁRIA      No dia 29 de Setembro, os alunos do Pief tiveram a oportunidade de assistir a uma sessão de     ...
INTERCÂMBIO NA FOZ DO SABOR: MIRANDELA/MONCORVO   Os alunos do Pief de Mirandela e de Moncorvo reuniram-se, na Foz do Sabo...
COMPOTAS DE OUTONOChegou o Outono! Estação do frio, dos frutos da época e das compotas saborosas... Os nossos alunos não q...
Halloween.As bruxas e os monstros assustadores foram a nossa inspiração neste Halloween. Estas criaturas,elaboradas no âmb...
Acção de voluntariado nos Bombeiros VoluntáriosO Pief de Mirandela, às sextas-feiras à tarde, em Experiências Vocacionais,...
DIA DO NÃO FUMADOR- 17                   DE NOVEMBRONo dia do Não Fumador, 17 de Novembro, os alunos do Pief de Mirandela ...
DRAMATIZAÇÃO DE HISTÓRIAS INFANTISA CASA DA MOSCA FOSCA"- A ESTREIA, ACONTECEU!!!O dia 18 de Novembro vai ficar na históri...
Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2010     SESSÃO DE ESCLARECIMENTO SOBRE SIDANo dia Mundial da Luta contra a SIDA, faz todo ...
ARRANJO DO CANTEIROCom vista no envolvimento e responsabilidade de toda a turma do Pief e de modo                         ...
PRESÉPIO DE NATALCom a época Natalícia,, os alunos do Pief empenharam-se arduamente , na construção do Presépio deNatal. A...
PARTICIPAÇÃO NO CONCURSO " CONTOS DE NATAL"               Os nossos alunos participaram no concurso "Contos de Natal", lev...
Receitas das belas compotas de Outono     e d um saboroso bolo de chocolate.        Bolo de chocolate rápido              ...
Sabores de uma chuva a dois…Compota de Pêra e chocolate negro1 kg de pêras maduras, mas firmes625 g de açúcarSumo de 1/2 l...
Jornal pief Mirandela
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal pief Mirandela

678 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
678
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal pief Mirandela

  1. 1. Janeiro 2011 Janela Aberta Agrupamento Vertical de Escolas Luciano Cordeiro - Mirandela Equipa Técnica — Alunos e Equipa Pedagógica Olá: Bem vindo ao mundo da turma Pief! Cá estamos de novo para os brindar com o nosso trabalho desenvolvido ao longo do 1º período … Estas páginas pretendem fazer um apanhado das principais actividades realizadas neste primeiro momento de avaliação. Se quiserem seguir a par e passo o nosso projecto e todo o trabalho desenvolvido com a turma Pief– Mirandela consultem o nosso blog em www.oportunidadepief.blogspot.com ou respectiva página do facebook: pief de Mirandela
  2. 2. O PIEF SOB O OLHAR DE UM ENCARREGADO DE EDUCAÇÃO Para lá das aparênciasExupery diz que o essencial é invisível aos olhos. Porque assim é, o Céu, lugar da felicidade incontida,não é enxergado pelos olhos físicos.Que tem a ver o Exupery e o Céu com o PIEF? Apenas convidar-nos a ver o PIEF na sua essência,libertando-nos da aparência que é enganadora.O PIEF trouxe para a sociedade – concretizada na escola – os alunos que o integram. Nos momentosde socialização (para crianças em idade escolar os momentos de socialização são sobretudo na escola)o PIEF foi buscá-los à rua e conseguiu ganhar em duas frentes. A primeira colocando-os no lugar pró-prio onde se cresce em sociedade, permitindo às crianças sentirem-se seguras e livres numa sala deaula a segunda porque retirou-as da rua onde se sentiam inseguras – porque fora da rede de socializa-ção – e presas apesar de estarem em espaço aberto, presas na mente e no coração.A rua, neste contexto, é o lugar da marginalização, da delinquência, do afastamento da sociedade, daperda de amigos, do corte de relações fortes, da construção mal elaborada da pessoa. Neste contextoela é uma prisão.A criança que devia estar na escola e anda na rua vê-se fora da sociedade com vontade de estar den-tro, vê-se a perder pessoas significativas com vontade de as abraçar, vê-se só com vontade de estarrodeado de amigos, vê-se inseguro com vontade de estar tranquilo, vê-se a perder-se com vontade dese encontrar, vê-se presa com vontade de liberdade.O PIEF foi buscar à rua – lugar de prisão – as crianças para as meter na sala de aula – lugar de liberda-de! Na escola elas sentem-se seguras. Estão no lugar onde devem estar: o lugar da socialização, da vin-culação forte e sadia, lugar da construção da auto-estima, da valorização…A mais valia do PIEF é que conseguiu mover vontades, e levar as crianças a interiorizar a escola comolugar de liberdade, de construção sadia da personalidade, de espaço de felicidade. Tudo o mais que oPIEF fez, faz e fará é robustecer uma batalha ganha, é qualificar estratégias, rever metodologias e con-teúdos.As crianças que saíram da rua e estão no PIEF são crianças ganhas, roubadas à infelicidade, à marginali-dade e provavelmente à delinquência. São crianças que se encontraram a si mesmas e se sentem den-tro do espaço que devem estar, espaço da segurança psicológica, do afecto e da socialização. Ganham-se as crianças para a sociedade e sobretudo ganham-se as crianças para si mesmas.Sr. Padre Mendes — SalesianosPágina 2 T ÍT U L O D O B O L E T IM
  3. 3. PREVENÇÃO RODOVIÁRIA No dia 29 de Setembro, os alunos do Pief tiveram a oportunidade de assistir a uma sessão de esclarecimento, levada a cabo pelos agentes da Escola Segura, no âmbito da "PREVENÇÃO RODOVIÁRIA". Foi um momento interessante de partilha de saberes "Aprende com o João Peão"Este menino quer atravessar a rua. Achas que ele pode passar com o sinal vermelho?Não SimEste menino está a andar de bicicleta. Achas que ele devia usar capacete?Não SimAchas que a menina viaja em segurança? Não Sim Achas que a menina que vai na bicicleta, deve parar quando chegar ao sinalNão Sim
  4. 4. INTERCÂMBIO NA FOZ DO SABOR: MIRANDELA/MONCORVO Os alunos do Pief de Mirandela e de Moncorvo reuniram-se, na Foz do Sabor, para conviverem e trocarem experiências. A organização deste encontro esteve a cargo da equipa Pief de Mon- corvo. Foi um dia animado, recheado de actividades divertidas, onde não faltaram os jogos tradicionais e o almoço em grupo. Esta actividade agradou imenso a todos os professores e alunos envolvidos. No final, ficou o desejo de repetirem a experiência...Página
  5. 5. COMPOTAS DE OUTONOChegou o Outono! Estação do frio, dos frutos da época e das compotas saborosas... Os nossos alunos não quiseram ficar à mar-gem da tradição. Então, arregaçaram as mangas e iniciaram-se numa aula de confecção de doce de "Ananás e Courgette".Foi uma experiência diferente e enriquecedora. No final, todos ficaram muito orgulhosos e ainda houve tempo para provar aiguaria.As compotas continuam a ser uma constante, nas aulas de Área de Projecto, e o sucesso deste projecto é fruto do empenho dosalunos, dos professores da turma e da inovação nos ingredientes. Desta vez a imaginação levou-nos a confeccionar rebuçadosde pétalas de rosa, geleia de ananás , compota de pétalas de rosa e compota de castanha, maçã e nozes e Cho-colate Preto com Pêra .Estão a imaginar o sabor? Espectacular!!! Página 5
  6. 6. Halloween.As bruxas e os monstros assustadores foram a nossa inspiração neste Halloween. Estas criaturas,elaboradas no âmbito do tema "Jogos e Tradições", foram a concurso. A Bruxa Pief, elaborada nasaulas de Educação Tecnológica, arrecadou o 3º lugar no Halloween. O Halloween O mágico dia 31 de Outubro, Dia negro de encantar. Noite de brilho e magia, Com fantasmas a gritar! As bruxas também estão pre- sentes, Nesta noite de arrepiar. Até os lobos participam Com o seu uivar! Vamos fazer travessuras E dar asas à imaginação, Todos vestidos de negro Como manda a tradição. A noite transforma-se em fes- ta, Os gritos são de animação. Não há noite como esta, com medo e alucinação. Autor: Turma do Pief
  7. 7. Acção de voluntariado nos Bombeiros VoluntáriosO Pief de Mirandela, às sextas-feiras à tarde, em Experiências Vocacionais, estão a levar a cabo umaacção de voluntariado nos Bombeiros Voluntários de Mirandela. Os alunos estão a gostar de desenvol-ver este trabalho de intervenção social e já tiveram algumas experiências novas...Os alunos manifestaram empenho e atitude na actividade que estão a desenvolver. É sempre com grandeentusiasmo que estes jovens desempenham todas as tarefas que lhe são propostas.
  8. 8. DIA DO NÃO FUMADOR- 17 DE NOVEMBRONo dia do Não Fumador, 17 de Novembro, os alunos do Pief de Mirandela saíram à rua coma campanha "Um rebuçado, em troca de um cigarro apagado".Esta iniciativa foi levada a cabo nas principais ruas de Mirandela e contou com o entusiasmo de algunstranseuntes. A tarefa de alertar consciências, nem sempre é fácil, mas, como dizia o poeta, " Vale sempre a pena, quando a alma não é pequena!"
  9. 9. DRAMATIZAÇÃO DE HISTÓRIAS INFANTISA CASA DA MOSCA FOSCA"- A ESTREIA, ACONTECEU!!!O dia 18 de Novembro vai ficar na história e na memória de todos os alunos do Pief de Mirandela. Aestreia da obra" A Casa da Mosca Fosca", no Jardim de Infância de Mirandela, aconteceu e foi um ver-dadeiro sucesso. Os alunos estavam contentes, no papel de actores, e a equipa pedagógica do Piefassistiu, com orgulho, à dramatização da história, feita pelos seus alunos, com teatro de fantoches Opúblico infantil ouviu a história, explorou-a e consolidou-a, através da pintura. Esta actividade decorreuem parceria com o projecto da BE/CRE: " Livros com Pernas".
  10. 10. Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2010 SESSÃO DE ESCLARECIMENTO SOBRE SIDANo dia Mundial da Luta contra a SIDA, faz todo o sentido divulgar a sessão de esclarecimento, que osalunos do 9ºA e 9º B, juntamente com a professora Inês Rêgo, desenvolveram para os alunos da turmaPief. Esta sessão decorreu na BE/CRE, na aula de Meio Ambiente Social e Humano (MASH), e tevecomo objectivo principal esclarecer os alunos sobre a temática da SIDA, nomeadamente: meios deprevenção e formas de contágio. No final da acção, os alunos aprenderam a colocar um preservativo,usando para este efeito uma banana.
  11. 11. ARRANJO DO CANTEIROCom vista no envolvimento e responsabilidade de toda a turma do Pief e de modo a que seadoptem um estilo de vida saudável, foi-lhe proposto que arranjassem um canteiro e o preparassem . O alunos tra-balharam arduamente na preparação da terra , mas a boa disposição e a interajuda reinou naquele grupo de alunos PASSATEMPOS – DIVER-TE-TE
  12. 12. PRESÉPIO DE NATALCom a época Natalícia,, os alunos do Pief empenharam-se arduamente , na construção do Presépio deNatal. A imaginação e a vontade de concretizar foram os ingredientes essenciais, durante as aulas de Edu-cação Tecnológica, para construção deste projecto. ALMOÇO DE NATAL Em ambiente familiar e de espírito natalício, marcaram presença todos os Parceiros que colaboram no nosso projec-to, o Sr. Director da Escola Luciano Cordeiro, professor José Carlos Azevedo, as técnicas do PIEC, Dra. Maria Joãoe Dra. Sónia AmaralEste Convívio de Natal serviu para fortalecer os laços de união e camaradagem entre todos .Os alunos, depois dealmoço, surpreenderam os presentes com a dramatização da "Casa da Mosca Fosca", com um recital musical, com adramatização de um poema em Inglês e com a leitura de poemas de Natal.
  13. 13. PARTICIPAÇÃO NO CONCURSO " CONTOS DE NATAL" Os nossos alunos participaram no concurso "Contos de Natal", levado a cabo pela Biblioteca Escolar de Mirandela, com um conto de António Torrado, Estrela de Natal. Fizeram uma excelente prestação. FEIRA DE NATALInserida no tema de Área de Projecto,”Jogos e Tradições” a turma do PIEF organizou um evento especial exclusi-vamente dedicado à promoção dos produtos gastronómicos confeccionados pela própria turma, tais como: com-potas, ás bolachinhas de natal , aos rebuçados de pétalas de rosa e aos nossos artigos feitos em tratpilhos. A nossafeira de Natal decorreu com grande êxito .e toda a escola aderiu a este evento
  14. 14. Receitas das belas compotas de Outono e d um saboroso bolo de chocolate. Bolo de chocolate rápido Compota de courgette e Ananás Ingredientes:4 ovos1 chávena de açú- 1 kg de courgettecar 1 ananás2 chávenas de cho- 1 kg de açúcarcolate Casca de um1 chávena de farinha limão1 colher de café de fermento1 chávena de óleo 1 pau de canela1 chávena de leite morno Leva-se ,devidamente ,a courgettePreparação: Corta-se a meio e retira-se as semen-Batem-se muito bem os ovos com açúcar. tesAcrescentam-se o chocolate ,o óleo, a farinha e Fatia-se a courgette muito fina,por fim o leite. Descasca-se o ananás e parte-se aosDeita-se numa forma de microondas, leva-se a cubinhos.cozer durante 10 minutos. Numa panela coloca-se o açúcar ,a casca do limão, o pau de canela, o ana- E por fim o nosso bolo de chocolate esta nás e a courgette.feito… Vai ao lume no mínimo, até formar ponto.
  15. 15. Sabores de uma chuva a dois…Compota de Pêra e chocolate negro1 kg de pêras maduras, mas firmes625 g de açúcarSumo de 1/2 limãoSumo de uma laranja½ pau de canelaVidrado de ½ laranja250 g de chocolate negro de culináriaCortar as pêras em lâminas finas.Colocar as pêras com o açúcar, os sumos, a canela e o vidrado num tacho.Ferver o conjunto por 5 minutos e retirar do lume.Juntar o chocolate picado e mexer até que esteja uma mistura homogénea.Deixar arrefecer e refrigerar durante 8 horas, ou toda a noite, coberto compapel vegetal.Levar de novo ao lume, até que ferva, mexendo suavemente e retirando aespuma que se forma à superfície.A mistura deve cozer lentamente durante 40 minutos ou até que alcance os105ºC (comprovar com um termómetro).A compota está pronta quando ao colocar uma pequena porção sobre um pra-to esta arrefeça com uma consistência espessa.Verter a compota em frascos com tampa de rosca esterilizados.A mistura deve chegar até à borda (o volume diminui ao arrefecer).Fechar os frascos e virá-los com a tampa para baixo para criar vácuo durante15-20 minutos.A compota fica melhor uns dias depois de ser feita Até breve… Esperem pelo próximo !

×