SlideShare uma empresa Scribd logo

Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal

Nesta coleção apresento selos sobre monumento e paisagens de Portugal. a coleção está organizada de Norte para Sul do país e arquipélagos. Gaspar Pedro

1 de 28
Baixar para ler offline
Monumentos e
Paisagens de Portugal
Casa Minhota
• As casas tradicionais
transmontanas são
geralmente de dois pisos, um
térreo para arrumações e
abrigo do gado, e um andar
de sobrado para
habitação. Nesta região
predominam terrenos
xistosos e graníticos, que
servem de matéria-prima para
a construção das casas,
garantindo a proteção contra
a chuva e as baixas
temperaturas próprias desta
região.
Misericórdia de
Viana do Castelo
• O edifício da Misericórdia e a
Igreja datam do séc. XVI criada
em 1520, a confraria da
Misericórdia desenvolveu-se de
tal forma que, no segundo
quartel do século XVI,
decidiram a construção da
chamada "Casa das Varandas".
O edifício, de 1589 é um
exemplar único da arquitetura
de inspiração renascentista e
maneirista, com influências
italianas e flamengas.
Domus
Municipais,
Bragança
• A Domus Municipalis
localiza-se na cidade de
Bragança, distrito de
mesmo nome, em
Portugal. Destaca-se por
ser o único exemplar de
arquitetura civil em estilo
Românico na Península
Ibérica.
Casa Trasmontana
• As casas tradicionais
transmontanas são
geralmente de dois pisos, um
térreo para arrumações e
abrigo do gado, e um andar
de sobrado para habitação.
Nesta região predominam
terrenos xistosos e graníticos,
que servem de matéria-prima
para a construção das casas,
garantindo a proteção contra
a chuva e as baixas
temperaturas próprias desta
região.
Casa do Minho e
Douro Litoral
• No Minho é utilizado um
estilo de construção muito
característica, que são as
casas em pedra rústicas.
Uma casa feita de granito
e madeira, geralmente
com dois pisos: no rés-do-
chão ficam a pocilga, o
lagar e outras divisões
para arrumar os utensílios
agrícolas, no primeiro
andar são os quartos, a
sala e a cozinha.

Recomendados

2014 12-10 - buçaco caramulo cordilheira central - guilherme miguel - 10º h
2014 12-10 - buçaco caramulo cordilheira central - guilherme miguel - 10º h2014 12-10 - buçaco caramulo cordilheira central - guilherme miguel - 10º h
2014 12-10 - buçaco caramulo cordilheira central - guilherme miguel - 10º hO Ciclista
 
Beira interior geografia a
Beira interior   geografia aBeira interior   geografia a
Beira interior geografia acarlosseco8
 
Patrimonio cultural, natural e artistico de Santa Maria da Feira
Patrimonio cultural, natural e artistico de Santa Maria da FeiraPatrimonio cultural, natural e artistico de Santa Maria da Feira
Patrimonio cultural, natural e artistico de Santa Maria da FeiraSofia Pais
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatório da visita de estudo arrábida, azeitão e palmela
Relatório da visita de estudo arrábida, azeitão e palmelaRelatório da visita de estudo arrábida, azeitão e palmela
Relatório da visita de estudo arrábida, azeitão e palmelaTina Lima
 
Trabalho de grupo rota 1
Trabalho de grupo rota 1Trabalho de grupo rota 1
Trabalho de grupo rota 1Tina Lima
 
Castelo Da Feira - Mais Do Que Um Castelo, Uma Vida...
Castelo Da Feira - Mais Do Que Um Castelo, Uma Vida...Castelo Da Feira - Mais Do Que Um Castelo, Uma Vida...
Castelo Da Feira - Mais Do Que Um Castelo, Uma Vida...Alexandra Alves
 
Rota 1 - Setúbal
Rota 1 - SetúbalRota 1 - Setúbal
Rota 1 - SetúbalTina Lima
 
O trabalho melhor sobre paisagens protegidas
O trabalho melhor sobre paisagens protegidasO trabalho melhor sobre paisagens protegidas
O trabalho melhor sobre paisagens protegidaspereiranogueirapena
 
Monumentos de portugal
Monumentos de portugalMonumentos de portugal
Monumentos de portugalInês Prata
 
Monsanto Village - Portugal - On the Rocks
Monsanto Village - Portugal - On the RocksMonsanto Village - Portugal - On the Rocks
Monsanto Village - Portugal - On the RocksCarlos Marques
 
Trabalho de Geografia A - Mértola
Trabalho de Geografia A - MértolaTrabalho de Geografia A - Mértola
Trabalho de Geografia A - Mértolacarolinagomesss
 
Monumentos Portugueses
Monumentos PortuguesesMonumentos Portugueses
Monumentos Portuguesesblocas
 
Artur Filipe dos Santos Filipe dos Santos - as Ilhas dos Açores
Artur Filipe dos Santos Filipe dos Santos - as Ilhas dos AçoresArtur Filipe dos Santos Filipe dos Santos - as Ilhas dos Açores
Artur Filipe dos Santos Filipe dos Santos - as Ilhas dos AçoresArtur Filipe dos Santos
 
Patrimonio Cultural - as mais bonitas praias de Portugal (completo) - Artur F...
Patrimonio Cultural - as mais bonitas praias de Portugal (completo) - Artur F...Patrimonio Cultural - as mais bonitas praias de Portugal (completo) - Artur F...
Patrimonio Cultural - as mais bonitas praias de Portugal (completo) - Artur F...Artur Filipe dos Santos
 
52057645 roteiro-turistico-de-lisboa-portugues
52057645 roteiro-turistico-de-lisboa-portugues52057645 roteiro-turistico-de-lisboa-portugues
52057645 roteiro-turistico-de-lisboa-portuguesAnabela Gutierres Cunha
 
Património Histórico e Cultural do Concelho de Oeiras
Património Histórico e Cultural do Concelho de OeirasPatrimónio Histórico e Cultural do Concelho de Oeiras
Património Histórico e Cultural do Concelho de OeirasTMO09Capitulo3
 

Mais procurados (19)

Descobrir portugal
Descobrir portugalDescobrir portugal
Descobrir portugal
 
Relatório da visita de estudo arrábida, azeitão e palmela
Relatório da visita de estudo arrábida, azeitão e palmelaRelatório da visita de estudo arrábida, azeitão e palmela
Relatório da visita de estudo arrábida, azeitão e palmela
 
Trabalho de grupo rota 1
Trabalho de grupo rota 1Trabalho de grupo rota 1
Trabalho de grupo rota 1
 
Castelo Da Feira - Mais Do Que Um Castelo, Uma Vida...
Castelo Da Feira - Mais Do Que Um Castelo, Uma Vida...Castelo Da Feira - Mais Do Que Um Castelo, Uma Vida...
Castelo Da Feira - Mais Do Que Um Castelo, Uma Vida...
 
Tic
TicTic
Tic
 
Rota 1 - Setúbal
Rota 1 - SetúbalRota 1 - Setúbal
Rota 1 - Setúbal
 
O trabalho melhor sobre paisagens protegidas
O trabalho melhor sobre paisagens protegidasO trabalho melhor sobre paisagens protegidas
O trabalho melhor sobre paisagens protegidas
 
Mértola
MértolaMértola
Mértola
 
Monumentos de portugal
Monumentos de portugalMonumentos de portugal
Monumentos de portugal
 
Casa do Infante
Casa do InfanteCasa do Infante
Casa do Infante
 
Monsanto Village - Portugal - On the Rocks
Monsanto Village - Portugal - On the RocksMonsanto Village - Portugal - On the Rocks
Monsanto Village - Portugal - On the Rocks
 
Ciências*
Ciências*Ciências*
Ciências*
 
Trabalho de Geografia A - Mértola
Trabalho de Geografia A - MértolaTrabalho de Geografia A - Mértola
Trabalho de Geografia A - Mértola
 
Monumentos Portugueses
Monumentos PortuguesesMonumentos Portugueses
Monumentos Portugueses
 
Artur Filipe dos Santos Filipe dos Santos - as Ilhas dos Açores
Artur Filipe dos Santos Filipe dos Santos - as Ilhas dos AçoresArtur Filipe dos Santos Filipe dos Santos - as Ilhas dos Açores
Artur Filipe dos Santos Filipe dos Santos - as Ilhas dos Açores
 
Patrimonio Cultural - as mais bonitas praias de Portugal (completo) - Artur F...
Patrimonio Cultural - as mais bonitas praias de Portugal (completo) - Artur F...Patrimonio Cultural - as mais bonitas praias de Portugal (completo) - Artur F...
Patrimonio Cultural - as mais bonitas praias de Portugal (completo) - Artur F...
 
52057645 roteiro-turistico-de-lisboa-portugues
52057645 roteiro-turistico-de-lisboa-portugues52057645 roteiro-turistico-de-lisboa-portugues
52057645 roteiro-turistico-de-lisboa-portugues
 
Património Histórico e Cultural do Concelho de Oeiras
Património Histórico e Cultural do Concelho de OeirasPatrimónio Histórico e Cultural do Concelho de Oeiras
Património Histórico e Cultural do Concelho de Oeiras
 
Serra da estrela e serra da lousã
Serra da estrela e serra da lousãSerra da estrela e serra da lousã
Serra da estrela e serra da lousã
 

Semelhante a Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal

Património Cultural e Paisagísitico Português- Quinta da aveleda - Artur Fil...
Património Cultural e Paisagísitico Português-  Quinta da aveleda - Artur Fil...Património Cultural e Paisagísitico Português-  Quinta da aveleda - Artur Fil...
Património Cultural e Paisagísitico Português- Quinta da aveleda - Artur Fil...Universidade Sénior Contemporânea do Porto
 
Regiões de Portugal
Regiões de PortugalRegiões de Portugal
Regiões de PortugalEduarda Costa
 
Turismo em Vila Velha
Turismo em Vila VelhaTurismo em Vila Velha
Turismo em Vila Velhakeylakrause
 
Património cultural as aldeias do minho - lindoso - artur filipe dos santos
Património cultural   as aldeias do minho - lindoso -  artur filipe dos santosPatrimónio cultural   as aldeias do minho - lindoso -  artur filipe dos santos
Património cultural as aldeias do minho - lindoso - artur filipe dos santosArtur Filipe dos Santos
 
Retratos portugueses cm1
Retratos portugueses cm1Retratos portugueses cm1
Retratos portugueses cm1Isabel DA COSTA
 
Artur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património Cultural
Artur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património CulturalArtur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património Cultural
Artur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património CulturalArtur Filipe dos Santos
 
Romanico em portugal
Romanico em portugalRomanico em portugal
Romanico em portugalcattonia
 
Parque Natural do Montesinho
Parque Natural do MontesinhoParque Natural do Montesinho
Parque Natural do MontesinhoPedro Peixoto
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...Artur Filipe dos Santos
 
ARQUITECTURA POPULAR
ARQUITECTURA POPULARARQUITECTURA POPULAR
ARQUITECTURA POPULARhenriqueminas
 
ARQUITECTURA POPULAR
ARQUITECTURA POPULARARQUITECTURA POPULAR
ARQUITECTURA POPULARhenriqueminas
 
AI- Minho.pptx apresentação da região de forma lúdica
AI- Minho.pptx apresentação da região de forma lúdicaAI- Minho.pptx apresentação da região de forma lúdica
AI- Minho.pptx apresentação da região de forma lúdicaAntónio Revez
 
Guimarães Ana Maria e Alberto
Guimarães Ana Maria e AlbertoGuimarães Ana Maria e Alberto
Guimarães Ana Maria e Albertopaulacbfsilva
 
Visita de estudo
Visita de estudoVisita de estudo
Visita de estudoRui8d
 
3 dias nas Aldeias Históricas - 3 days in the Historical Villages
3 dias nas Aldeias Históricas - 3 days in the Historical Villages3 dias nas Aldeias Históricas - 3 days in the Historical Villages
3 dias nas Aldeias Históricas - 3 days in the Historical VillagesHugo Miguel Carriço
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...Artur Filipe dos Santos
 

Semelhante a Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal (20)

Tic
TicTic
Tic
 
Património Cultural e Paisagísitico Português- Quinta da aveleda - Artur Fil...
Património Cultural e Paisagísitico Português-  Quinta da aveleda - Artur Fil...Património Cultural e Paisagísitico Português-  Quinta da aveleda - Artur Fil...
Património Cultural e Paisagísitico Português- Quinta da aveleda - Artur Fil...
 
Regiões de Portugal
Regiões de PortugalRegiões de Portugal
Regiões de Portugal
 
Turismo em Vila Velha
Turismo em Vila VelhaTurismo em Vila Velha
Turismo em Vila Velha
 
Património cultural as aldeias do minho - lindoso - artur filipe dos santos
Património cultural   as aldeias do minho - lindoso -  artur filipe dos santosPatrimónio cultural   as aldeias do minho - lindoso -  artur filipe dos santos
Património cultural as aldeias do minho - lindoso - artur filipe dos santos
 
Retratos portugueses cm1
Retratos portugueses cm1Retratos portugueses cm1
Retratos portugueses cm1
 
Artur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património Cultural
Artur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património CulturalArtur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património Cultural
Artur Filipe dos Santos - Castro Laboreiro - Património Cultural
 
Romanico em portugal
Romanico em portugalRomanico em portugal
Romanico em portugal
 
Parque Natural do Montesinho
Parque Natural do MontesinhoParque Natural do Montesinho
Parque Natural do Montesinho
 
Why Portugal ? +351 926 333 599
Why Portugal ? +351 926 333 599Why Portugal ? +351 926 333 599
Why Portugal ? +351 926 333 599
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...
 
Património cultural - Distrito de Vila Real - Artur Filipe dos Santos - Unive...
Património cultural - Distrito de Vila Real - Artur Filipe dos Santos - Unive...Património cultural - Distrito de Vila Real - Artur Filipe dos Santos - Unive...
Património cultural - Distrito de Vila Real - Artur Filipe dos Santos - Unive...
 
ARQUITECTURA POPULAR
ARQUITECTURA POPULARARQUITECTURA POPULAR
ARQUITECTURA POPULAR
 
Arquitectura Minho
Arquitectura MinhoArquitectura Minho
Arquitectura Minho
 
ARQUITECTURA POPULAR
ARQUITECTURA POPULARARQUITECTURA POPULAR
ARQUITECTURA POPULAR
 
AI- Minho.pptx apresentação da região de forma lúdica
AI- Minho.pptx apresentação da região de forma lúdicaAI- Minho.pptx apresentação da região de forma lúdica
AI- Minho.pptx apresentação da região de forma lúdica
 
Guimarães Ana Maria e Alberto
Guimarães Ana Maria e AlbertoGuimarães Ana Maria e Alberto
Guimarães Ana Maria e Alberto
 
Visita de estudo
Visita de estudoVisita de estudo
Visita de estudo
 
3 dias nas Aldeias Históricas - 3 days in the Historical Villages
3 dias nas Aldeias Históricas - 3 days in the Historical Villages3 dias nas Aldeias Históricas - 3 days in the Historical Villages
3 dias nas Aldeias Históricas - 3 days in the Historical Villages
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - paisagens outonais de Portuga...
 

Mais de Museu Filatelia Sérgio Pedro

Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...
Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...
Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
São Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidade
São Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidadeSão Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidade
São Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidadeMuseu Filatelia Sérgio Pedro
 
Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020
Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020
Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...
Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...
Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...Museu Filatelia Sérgio Pedro
 
Marcofilia de Portugal - Janeiro / Fevereiro / Março de 2013
Marcofilia de Portugal - Janeiro / Fevereiro / Março de 2013Marcofilia de Portugal - Janeiro / Fevereiro / Março de 2013
Marcofilia de Portugal - Janeiro / Fevereiro / Março de 2013Museu Filatelia Sérgio Pedro
 

Mais de Museu Filatelia Sérgio Pedro (20)

From chaturanga to chess
From chaturanga to chessFrom chaturanga to chess
From chaturanga to chess
 
O dinheiro dos nossos Antepassados
O dinheiro dos nossos AntepassadosO dinheiro dos nossos Antepassados
O dinheiro dos nossos Antepassados
 
Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...
Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...
Os Países desaparecem, mas a filatelia perdura - Sobrescritos de Correio Aére...
 
Calendários de Bolso - Lotaria Espanhola
Calendários de Bolso - Lotaria EspanholaCalendários de Bolso - Lotaria Espanhola
Calendários de Bolso - Lotaria Espanhola
 
São Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidade
São Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidadeSão Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidade
São Brás de Alportel e as Pandemias, no tempo de Estanco Louro e na atualidade
 
A Vida nos Recifes
A Vida nos RecifesA Vida nos Recifes
A Vida nos Recifes
 
A Invenção do Alfabeto e da Escrita
A Invenção do Alfabeto e da EscritaA Invenção do Alfabeto e da Escrita
A Invenção do Alfabeto e da Escrita
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (8)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (8)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (8)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (8)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (7)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (7)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (7)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (7)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (6)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (6)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (6)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (6)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (5)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (5)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (5)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (5)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (4)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (4)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (4)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (4)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (3)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (3)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (3)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (3)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (2)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (2)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (2)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (2)
 
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (1)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (1)Indicativos manuscritos del correo en Portugal (1)
Indicativos manuscritos del correo en Portugal (1)
 
Fátima - 100 anos (Um caso de Marcofilia)
Fátima - 100 anos (Um caso de Marcofilia)Fátima - 100 anos (Um caso de Marcofilia)
Fátima - 100 anos (Um caso de Marcofilia)
 
Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020
Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020
Noticiário Filatélicos de Novembro e Dezembro de 2020
 
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)
Marcofilia Comemorativa do Algarve - Concelho de Loulé (de 1977 a 2009)
 
Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...
Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...
Marcofilia no Algarve - Carimbos Comemorativos no Concelho de Albufeira (de 1...
 
Marcofilia de Portugal - Janeiro / Fevereiro / Março de 2013
Marcofilia de Portugal - Janeiro / Fevereiro / Março de 2013Marcofilia de Portugal - Janeiro / Fevereiro / Março de 2013
Marcofilia de Portugal - Janeiro / Fevereiro / Março de 2013
 

Último

Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfRuannSolza
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...azulassessoriaacadem3
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 

Último (20)

Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdfAtividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
Atividade O homem mais rico da Babilônia.pdf
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 

Coleção de selos - temática Monumento e Paisagens de Portugal

  • 2. Casa Minhota • As casas tradicionais transmontanas são geralmente de dois pisos, um térreo para arrumações e abrigo do gado, e um andar de sobrado para habitação. Nesta região predominam terrenos xistosos e graníticos, que servem de matéria-prima para a construção das casas, garantindo a proteção contra a chuva e as baixas temperaturas próprias desta região.
  • 3. Misericórdia de Viana do Castelo • O edifício da Misericórdia e a Igreja datam do séc. XVI criada em 1520, a confraria da Misericórdia desenvolveu-se de tal forma que, no segundo quartel do século XVI, decidiram a construção da chamada "Casa das Varandas". O edifício, de 1589 é um exemplar único da arquitetura de inspiração renascentista e maneirista, com influências italianas e flamengas.
  • 4. Domus Municipais, Bragança • A Domus Municipalis localiza-se na cidade de Bragança, distrito de mesmo nome, em Portugal. Destaca-se por ser o único exemplar de arquitetura civil em estilo Românico na Península Ibérica.
  • 5. Casa Trasmontana • As casas tradicionais transmontanas são geralmente de dois pisos, um térreo para arrumações e abrigo do gado, e um andar de sobrado para habitação. Nesta região predominam terrenos xistosos e graníticos, que servem de matéria-prima para a construção das casas, garantindo a proteção contra a chuva e as baixas temperaturas próprias desta região.
  • 6. Casa do Minho e Douro Litoral • No Minho é utilizado um estilo de construção muito característica, que são as casas em pedra rústicas. Uma casa feita de granito e madeira, geralmente com dois pisos: no rés-do- chão ficam a pocilga, o lagar e outras divisões para arrumar os utensílios agrícolas, no primeiro andar são os quartos, a sala e a cozinha.
  • 7. Torre dos Clérigos, Porto • A Igreja e Torre dos Clérigos é um notável conjunto arquitetónico situado na cidade do Porto, Portugal, sendo considerado o cartão- postal dessa cidade. O conjunto localiza-se no topo da Rua dos Clérigos, entre as ruas de São Filipe Néri e da Assunção.
  • 8. Castelo V. da Feira • O Castelo da Feira, também referido como Castelo de Santa Maria da Feira e Castelo de Santa Maria, localiza-se na freguesia e cidade da Feira concelho de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro, em Portugal.
  • 9. Casa da Beira alta • A construção é de granito e têm dois pisos. O primeiro para residência da família. O rés do chão para os animais ou como loja para arrumos. O acesso ao primeiro piso é feito por um balcão de pedra, por vezes delimitado por pedras grandes de granito dispostas na vertical. O balcão está protegido por um alpendre.
  • 10. Barragem da Aguieira A Barragem da Aguieira também conhecida por Barragem da Foz do Dão é uma barragem portuguesa de arcos múltiplos localizada no rio Mondego, a cerca de 2 quilómetros a jusante da foz do rio Dão, situando-se nos limites dos municípios de Penacova (distrito de Coimbra, margem esquerda) e de Mortágua (distrito de Viseu, margem direita), nas freguesias de Travanca do Mondego e Almaça respetivamen te.
  • 11. Universidade de Coimbra • Coimbra, uma cidade à beira-rio no centro de Portugal e antiga capital do país, alberga uma cidade velha medieval preservada e a histórica Universidade de Coimbra. Construída no local de um antigo palácio, a Universidade é célebre pela sua biblioteca barroca, a Biblioteca Joanina, e pela sua torre do sino do século XVIII.
  • 12. Castelo de Montemor-o- Velho • O Castelo de Montemor- o-Velho localiza-se na Vila, Freguesia e Concelho de mesmo nome, Distrito de Coimbra, em Portugal.
  • 13. Óbidos Cidade Criativa da Unesco • Óbidos é uma vila e município do distrito de Leiria, em Portugal. A cidade propriamente dita tem aproximadamente 3100 habitantes. A população do município em 2011 era de 11.772, em uma área de 141,55 quilômetros
  • 14. Casa Ribatejana • As casas do Ribatejo têm geralmente telhados de duas águas, cobertos de telha canudo com curvatura acentuada. As paredes são caiadas para proteger o adobe ou o tijolo do tempo chuvoso. O adobe é um tipo de blocos de massa constituídos por areia e brita ligados entre si com argila, e para evitar o seu contacto com a humidade da terra são assentes em fundações de pedra.
  • 15. Palácio da pena • O Palácio Nacional da Pena, popularmente referido apenas por Palácio da Pena ou Castelo da Pena, localiza-se na vila de Sintra, freguesia de São Pedro de Penaferrim, concelho de Sintra, no distrito de Lisboa, em Portugal.
  • 16. Palácio da vila de Sintra • O Palácio Nacional de Sintra, também conhecido como Palácio da Vila, localiza-se na freguesia de São Martinho, na vila de Sintra, Distrito de Lisboa, em Portugal. Foi um dos Palácios Reais e hoje é propriedade do Estado Português, que o utiliza para fins turísticos e culturais.
  • 17. Centenário da Universidade de Lisboa • A Universidade de Lisboa é uma universidade pública portuguesa, com sede na Alameda da Universidade, em Alvalade, Lisboa, detendo vários pólos espalhados pela cidade e concelhos limítrofes. A sua história começa no ano de 1290, quando a bula papal reconhece a sua existência sob o nome de Estudo Geral de Lisboa.
  • 18. Escola José Gomes Ferreira, Lisboa • Escola José Gomes Ferreira, Lisboa viu reconhecida a sua qualidade, nesse mesmo ano, com a atribuição de uma Menção Honrosa do Prémio Valmor, assim como do Prémio AICA (Associação Internacional dos Críticos de Arte).
  • 19. Torre de Belém, Lisboa • A Torre de Belém, antigamente Torre de São Vicente a Par de Belém, oficialmente Torre de São Vicente, é uma fortificação localizada na freguesia de Belém, concelho e distrito de Lisboa, em Portugal.
  • 20. Aqueduto da Amoreira • O Aqueduto da Amoreira, no Alentejo, localiza-se na freguesia de Caia, São Pedro e Alcáçova, concelho de Elvas, distrito de Portalegre, em Portugal. Liga o local da Amoreira à cidade de Elvas.
  • 21. Monte Alentejano • Com um piso térreo, paredes grossas e com poucas aberturas, tradicionalmente construídas em taipa, solução sábia para, com poucos meios conservar o calor no Inverno e a frescura no Verão.
  • 22. Casas do Mediterrâneo Algarve A casa de cobertura mista (varanda e telhado) com a platibanda ornamentada, o acesso superior (Pangaio) e a chaminé.
  • 23. Casa Algarvia • A arquitetura tradicional algarvia, sofreu uma forte influência árabe e reflete as necessidades concretas das gentes desta região quente e soalheira. Ornamentadas com bonitos e pitorescos, pormenores como as chaminés decoradas e platibandas coloridas com motivos geométricos.
  • 24. Estádio do Algarve • O Estádio Algarve, situado na fronteira dos concelhos de Faro e de Loulé, foi construído para o Campeonato Europeu de Futebol, o "Euro 2004", e tem uma capacidade total de 30.305 lugares.
  • 25. Farol do Pargo (Madeira) • O farol da Ponta do Pargo é um farol português que se localiza na Ponta do Pargo, ilha da Madeira. A sua construção data de 1922. O farol está situado na ponta mais ocidental da ilha, localizando-se numa arriba a 290 metros de altitude e entrou em funcionamento a 5 de junho de 1922.
  • 26. Cabo Girão- Madeira • O Cabo Girão situa-se na Ilha da Madeira, a oeste do Funchal. É um ponto de observação popular, com até 1800 visitantes por dia. É um promontório quase vertical com 589 m de altura disponibilizando uma magnífica vista para o mar, para Câmara de Lobos e para o Funchal, razão pela qual é um local muito visitado.
  • 27. Farol Arnel (Açores) Situado na zona oriental da Ilha de S. Miguel, o farol do Arnel foi o primeiro a ser instalado no arquipélago dos Açores, tendo começado a funcionar em 26 de novembro de 1876. De acordo com a documentação existente, o equipamento completo do farol custou cerca de 21 mil reis.
  • 28. Lagoa das sete cidades-Açores • A Lagoa das Sete Cidades localiza-se no topo da caldeira das Sete Cidades, na freguesia de Sete Cidades, na ilha de São Miguel, nos Açores.