Aqueduto Cristiana

677 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
677
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aqueduto Cristiana

  1. 1. Aqueduto de Santa Clara Vila do Conde
  2. 2. Aqueduto <ul><li>Há quem lhe chame Aqueduto de Sertório, mas não é verdade, porque não foram os Romanos que o construíram. Quem o mandou edificar foi o nosso Rei D. João III em 1534. E é possível que ele tenha sido construído no mesmo lugar onde havia ruínas de um outro que os Romanos tinham feito muitos anos antes. </li></ul>
  3. 3. Aqueduto <ul><li>Destinava-se a abastecer o Convento de Santa Clara. Foi construído entre 1628 e 1714. Desde a nascente da água que transporta (num lugar chamado Terroso) até ao Convento, tem mais de 5 Km de extensão e conta 999 arcos. Actualmente já quase só restam ruínas dele.   </li></ul>
  4. 4. Aqueduto <ul><li>A maior parte dos aquedutos que ainda hoje existem estão situados junto às grandes cidades. Como nas grandes cidades a população é muito numerosa e concentrada, é natural que haja grandes necessidades de água. </li></ul>
  5. 5. Aqueduto <ul><li>A necessidade de água desde sempre atraiu as pessoas para a proximidade dos rios. E desde há milhares de anos, o homem procura dominar a água e defender-se contra as faltas e os excessos (ou seja as inundações) que tantos problemas lhe causam. </li></ul>
  6. 6. Aqueduto <ul><li>        Os Romanos foram os primeiros a procurar uma solução para este problema e construíram mesmo um aqueduto que trazia água da zona de Belas até à cidade, para abastecer termas, balneários e fontes. </li></ul>
  7. 7. Aqueduto <ul><li>  Anos mais tarde Francisco de Holanda também aconselhou o Rei D. Sebastião a construir um novo aqueduto, porque se dizia na época que &quot;a cidade de Lisboa morre de sede se não lhe dão água&quot;. O Rei, que ainda era muito novo, até ficou entusiasmado com a ideia, mas como toda a gente sabe, acabou por morrer em Alcácer Kibir (Marrocos), sem dar de beber à cidade e deixando o Reino de Portugal nas mãos dos Filipes de Espanha. </li></ul>
  8. 8. Aqueduto <ul><li>Apesar de todas as polémicas à volta da obra, em 1748 as águas corriam já no novo aqueduto. No entanto, só em 1799, ou seja 67 anos depois do início da construção, é que a obra foi considerada totalmente acabada. </li></ul>
  9. 9. Fontes de Informação <ul><li>http://viladoconde.no.sapo.pt/ </li></ul><ul><li>www.viladoconde.org </li></ul>
  10. 10. Trabalho realizado por: <ul><li>Cristiana </li></ul><ul><li>6ºC </li></ul><ul><li>Nº3 </li></ul>

×