Guerra fria parte 1 - geografia , 9° ano B

360 visualizações

Publicada em

estudem!

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
360
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guerra fria parte 1 - geografia , 9° ano B

  1. 1. GUERRA FRIA 1945 - 1990
  2. 2.  EUA e URSS – Estabeleceram acordos que promoveram a prática da bipolarização;  O mundo foi dividido entre capitalistas e comunistas;  A Alemanha e a Coréia sofreram diretamente a influência das duas grandes potências;
  3. 3.  URSS - sistema socialista, baseado na economia planificada, partido único (Partido Comunista), igualdade social e falta de democracia.  EUA - defendia a expansão do sistema capitalista, sistema democrático e propriedade privada. Na segunda metade da década de 1940 até 1989, estas duas potências tentaram implantar em outros países os seus sistemas políticos e econômicos.
  4. 4.  A definição para a expressão Guerra Fria é de um conflito que aconteceu apenas no campo ideológico, não ocorrendo um embate militar declarado e direto entre Estados Unidos e URSS.
  5. 5.  Mas houve várias intervenções militares feitas pelos EUA e pela URSS ao redor do globo;
  6. 6.  Em 1950, o governo da Coréia do Norte (comunista) decidiu invadir a Coréia do Sul e impor o seu modelo político- econômico sobre a região;  O sul recebeu o apoio do bloco capitalista;
  7. 7.  O conflito durou 4 anos e dividiu ainda mais a região;  Várias negociações foram feitas e, finalmente, as duas Coréias voltaram a formação anterior à guerra (norte comunista e sul capitalista);
  8. 8.  Vietnã do Norte – Comunista  Vietnã do sul – Capitalista  Ho chi Minh, líder do norte, tinha a intenção de reunificar oVietnã através do modelo político comunista;  Vietcongs – guerrilheiros do sul que se declaravam comunistas, auxiliaram o governo do norte na guerra;
  9. 9.  A participação dos EUA foi clara e aberta, com envio de uma grande quantidade de homens e armas para apoiarem o governo do sul;
  10. 10.  A Guerra foi violenta, os vietnamitas resistiram bravamente e, sob forte pressão da opinião pública, os EUA retiraram-se do país, derrotados em 1975;  O Vietnã reunificou-se em torno do governo socialista do norte;
  11. 11.  Plano Marshall( EUA) - oferecendo ajuda econômica, principalmente através de empréstimos, para reconstruir os países capitalistas afetados pela Segunda Mundial;  COMECON foi criado pela URSS em 1949 com o objetivo de garantir auxílio mútuo entre os países socialistas.
  12. 12.  Foi um período de intensa patrulha anticomunista nos Estados Unidos. Foi uma época em que o medo do Comunismo e da sua influência em instituições estadunidenses tornou-se exacerbado, juntamente ao medo de ações de espionagem promovidas pela União Soviética.
  13. 13.  Os EUA liderou uma forte política de combate ao comunismo em seu território e no mundo. Usando o cinema, a televisão, os jornais, as propagandas e até mesmo as histórias em quadrinhos, divulgando uma campanha, valorizando o "american way of life“(modo de vida americano). Vários cidadãos americanos foram presos ou marginalizados por defenderem idéias próximas ao socialismo
  14. 14.  Organização do Tratado do Atlântico Norte – liderada pelos EUA; Aliança que tinha suas bases nos países membros, principalmente na Europa Ocidental.  Estados Unidos, Canadá, Itália, Inglaterra, Alemanha Ocidental, França Suécia, Espanha;
  15. 15.  Comandado pela URSS – defendiam os países socialistas;  URSS, Cuba, China, Coréia do Norte, Romênia, Alemanha Oriental, Iugoslávia, Albânia, Tchecoslováquia e Polônia;
  16. 16.  A Guerra Fria amplia-se a partir de 1949, quando os soviéticos explodem sua primeira bomba atômica e inauguram a corrida nuclear. Os EUA testam novas armas nucleares no atol de Bikini, no Pacífico, e, em 1952, explodem a primeira bomba de hidrogênio. A URSS lança a sua em 1955.
  17. 17.  EUA e URSS travaram uma disputa muito grande no que se refere aos avanços espaciais. Ambos corriam para tentar atingir objetivos significativos nesta área. Isso ocorria, pois havia uma certa disputa entre as potências, com o objetivo de mostrar para o mundo qual era o sistema mais avançado.
  18. 18.  Gorbachev, embora defensor de Karl Marx, defendeu o liberalismo econômico na URSS como a única saída viável para os graves problemas econômicos e sociais.
  19. 19. • a má qualidade dos bens de consumo e suas quantidades insuficientes; • a agricultura coletivizada continuava apresentando rendimentos baixos; • política armamentista, consumindo boa parte dos recursos; • manutenção do comunismo internacional; • economia subsidiada pelo Estado; • a produtividade do trabalho encontrava-se num nível muito baixo. • o acidente nuclear de Chernobil em 1986, evento que mostrou a deficiência pela qual a URSS passava.
  20. 20.  Frente a estes problemas, Mikhail Gorbachev aplicou dois planos de reforma na URSS: a perestroika e a glasnost.
  21. 21.  Série de medidas de reformas econômicas. Para Gorbachev, não seria necessário erradicar o sistema socialista, mas uma reformulação deste seria inevitável.
  22. 22.  A "liberdade de expressão" à imprensa soviética e a transparência do governo para a população, retirando a forte censura que o governo comunista impunha.
  23. 23.  A nova situação de liberdade na União Soviética possibilitou um afrouxamento na ditadura que Moscou impunha aos outros países. Pouco a pouco, o Pacto de Varsóvia começou a enfraquecer, e cada vez mais o Ocidente e o Oriente caminhavam para vias pacíficas.
  24. 24.  A falta de democracia, o atraso econômico e a crise nas repúblicas soviéticas acabaram por acelerar a crise do socialismo no final da década de 1980. Em 1989 cai o Muro de Berlim e as duas Alemanhas são reunificadas. No começo da década de 1990, o então presidente da União Soviética Gorbachev começou a acelerar o fim do socialismo naquele país e nos aliados.
  25. 25.  Com reformas econômicas, acordos com os EUA e mudanças políticas, o sistema foi se enfraquecendo. Era o fim de um período de embates políticos, ideológicos e militares. O capitalismo vitorioso, aos poucos, iria sendo implantado nos países socialistas.

×