SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
O Efeito Estufa e o AquecimentoO Efeito Estufa e o Aquecimento
GlobalGlobal
- Buraco na Camada de
Ozônio
- Chuva Ácida
Ao atingir a superfície da Terra (solos, águas,
plantas e etc.), a radiação solar é em grande
parte absorvida por ela, e uma parte desse
calor não retorna à atmosfera.
Os gases presentes na atmosfera funcionam
como uma redoma que retém parte da radiação
emitida pela superfície terrestre. O planeta
recebe a energia do Sol e a irradia sem perder
totalmente o calor recebido. Esse é um
fenômeno natural que se denomina efeito
estufa
Entre os gases do efeito estufa presentes
na atmosfera está o dióxido de carbono
(CO2), principal gás que que retém os
raios solares, armazenando calor na
Terra. A presença desse gás na atmosfera
é fundamental, pois permite que o planeta
apresente a temperatura média ideal para
o desenvolvimento da vida.
Porém nas últimas décadas, verificou-se uma
elevação da temperatura global em
decorrência do aumento da concentração
de alguns gases de efeito estufa na
atmosfera. Assim, quando ocorre uma
concentração exagerada de dióxido de
carbono no ar, grande parte do calor fica
retida e não retorna para as camadas mais
altas da atmosfera, intensificando o efeito
estufa e provocando o aquecimento global.
Entre as consequências desse aquecimento
estão as alterações climáticas e inúmeros
problemas ambientais, como enchentes em
várias regiões do planeta, o derretimento das
geleiras e comprometimento da flora e da
fauna, que necessitam se adaptar a
temperaturas mais altas. O aquecimento global
pode provocar também maior incidência de
epidemias e doenças tropicais, comprometendo
a saúde humana, além de ocasionar o
aparecimento de doenças e pragas em
plantações e crianções.
Combater a poluição atmosférica, utilizar
combustíveis alternativos aos derivados
de petróleo, reflorestar áreas que foram
desmatadas e não poluir as águas, são
medidas que devem ser tomadas para
reduzir o armazenamento de calor na
atmosfera, ou seja, o efeito estufa
intensificado pela ação humana
Protocolo de KyotoProtocolo de Kyoto
Em 1997, na cidade de Kyoto, no Japão, foi
formulado um tratado que previa a redução de
emissões de gases poluentes dos países
industrializados e propunha um novo modelo
de desenvolvimento, estimulando a substituição
do uso dos derivados de petróleo pelo da
energia elétrica e do gás natural. Denominado
Protocolo de Kyoto, esse tratado entrou
efetivamente em vigor em 2005, oito anos após
sua criação.
 Ratificado por mais de 190 países, o Protocolo de
Kyoto determinou que as nações industrializadas
reduzissem, entre 2008 e 2012, 5% d emissão do
dióxido de carbono e de outros gases do efeito estufa,
tomando por base o ano de 1990.
 O acordo impunha níveis diferenciados de reduções
para cada um dos 38 países considerados os principais
emissores de gases poluentes. Para a União Europeia,
estabeleceu-se uma redução de 8%; para os Estados
Unidos da América, a diminuição prevista era de 7%;
para o Japão 6%. Contudo, os Estados Unidos da
América, maior país poluidor do mundo e responsável
por cerca de 25% das emissões de gases poluentes, não
assinou o documento.
Créditos de carbonoCréditos de carbono
Com a entrada em vigor do Protocolo de
Kyoto, criou-se um mercado
internacional de carbono, segundo o qual
cotas de emissão de poluentes podem ser
negociadas, ou seja, os países que poluem
além da meta estabelecida no acordo
podem adquirir cotas daqueles que estão
com a emissão abaixo da meta.
Buraco na Camada de OzônioBuraco na Camada de Ozônio
A camada de gás ozônio, encontrada na
estratosfera, desempenha um papel importante
para a vida na Terra. Essa camada é responsável
por filtrar as radiações ultravioleta emitidas
pelo sol.
Com a destruição da camada de ozônio,
aumenta a incidência de câncer de pele e
catarata, pois a radiação ultravioleta muito
intensa é fatal para todos os organismos vivos
do planeta. Mas que destrói esse nosso escudo
protetor?
As sociedades humanas criaram várias
substâncias que destroem a camada de
ozônio, entre elas os aerossóis e o gás de
geladeira, que liberam gás
clorofluorcarbono (CFC). Quando
alcança a atmosfera, o CFC interage
como o ozônio, quebra moléculas e
reduz a sua concentração.
O buraco na camada de ozônio cresceu muito
nas décadas de 1970 e 1980, principalmente
sobre a Antártida. Além desse, foram
encontrados outros pontos de baixa
concentração do gás.
Algumas medidas para proteger a camada de
ozônio já foram tomadas. Uma delas foi a
assinatura em 1987, do Tratado Internacional
de Redução de Clorofluorcarbono no
Protocolo de Montreal. Nessa ocasião, diversos
países assumiram o compromisso de eliminá-lo
totalmente.
A Chuva ÁcidaA Chuva Ácida
A Ocorrência de chuva ácida vem
aumentando em várias regiões do mundo,
sendo, em parte, responsável pela
destruição do solo e de vegetais e pelo
desgaste de esculturas e patrimônios
históricos.
A queima de combustível fóssil como o
carvão e o petróleo libera gases tóxicos,
que se juntam às gotículas de umidade.
Com isso acontece a ocorrência de
chuvas uma acidez maior do que a
normal. Ela ocorre com mais frequência
nas áreas de maior concentração urbana
e industrial e de exploração de carvão.
Aquecimento global 9B
Aquecimento global 9B
Aquecimento global 9B

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Efeito estufa e aquecimento global
Efeito estufa e aquecimento globalEfeito estufa e aquecimento global
Efeito estufa e aquecimento global
profleofonseca
 
Os ventos e a circulação geral da atmosfera
Os ventos e a circulação geral da atmosferaOs ventos e a circulação geral da atmosfera
Os ventos e a circulação geral da atmosfera
Carolina Corrêa
 
Camadas da Atmosfera
Camadas da Atmosfera Camadas da Atmosfera
Camadas da Atmosfera
Aula pratica de!
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosférica
Tânia Reis
 

Mais procurados (20)

Introdução à Astronomia
Introdução à AstronomiaIntrodução à Astronomia
Introdução à Astronomia
 
Mudanças Climáticas
Mudanças ClimáticasMudanças Climáticas
Mudanças Climáticas
 
O Universo
O UniversoO Universo
O Universo
 
Efeito estufa e aquecimento global
Efeito estufa e aquecimento globalEfeito estufa e aquecimento global
Efeito estufa e aquecimento global
 
Impactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivoImpactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivo
 
Unidade 3 parte 1
Unidade 3 parte 1Unidade 3 parte 1
Unidade 3 parte 1
 
Os ventos e a circulação geral da atmosfera
Os ventos e a circulação geral da atmosferaOs ventos e a circulação geral da atmosfera
Os ventos e a circulação geral da atmosfera
 
A biosfera
A biosferaA biosfera
A biosfera
 
Fases lua
Fases luaFases lua
Fases lua
 
I.1 A origem do universo
I.1 A origem do universoI.1 A origem do universo
I.1 A origem do universo
 
Fenômenos naturais
Fenômenos naturaisFenômenos naturais
Fenômenos naturais
 
Camada interna da terra
Camada interna da terraCamada interna da terra
Camada interna da terra
 
Clima e tempo
Clima e tempoClima e tempo
Clima e tempo
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosférica
 
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big BangOrigem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
 
Camadas da Atmosfera
Camadas da Atmosfera Camadas da Atmosfera
Camadas da Atmosfera
 
A estrutura da terra 6o ano
A estrutura da terra 6o anoA estrutura da terra 6o ano
A estrutura da terra 6o ano
 
Impactos ambientais
Impactos ambientaisImpactos ambientais
Impactos ambientais
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosférica
 

Semelhante a Aquecimento global 9B

Prof(a) Luis Carlos / ATMOSFERA
Prof(a) Luis Carlos / ATMOSFERAProf(a) Luis Carlos / ATMOSFERA
Prof(a) Luis Carlos / ATMOSFERA
CarlaRosario
 
Prof(a) Luis Carlos / ATMOSFERA
Prof(a) Luis Carlos / ATMOSFERAProf(a) Luis Carlos / ATMOSFERA
Prof(a) Luis Carlos / ATMOSFERA
CarlaRosario
 
AQUECIMENTO GLOBAL E EFEITO ESTUFA CARACTERÍSTICAS
AQUECIMENTO GLOBAL E EFEITO ESTUFA CARACTERÍSTICASAQUECIMENTO GLOBAL E EFEITO ESTUFA CARACTERÍSTICAS
AQUECIMENTO GLOBAL E EFEITO ESTUFA CARACTERÍSTICAS
RyhSouza
 
Trabalho De CiêNcias
Trabalho De CiêNciasTrabalho De CiêNcias
Trabalho De CiêNcias
cappp
 
Problemas Ambientais AtmosféRicos
Problemas Ambientais AtmosféRicosProblemas Ambientais AtmosféRicos
Problemas Ambientais AtmosféRicos
guest13903fa1
 
Influência da atividade humana na temperatura e no clima
Influência da atividade humana na temperatura e no climaInfluência da atividade humana na temperatura e no clima
Influência da atividade humana na temperatura e no clima
henriquemsg
 
Agravamento do efeito de estufa
Agravamento do efeito de estufaAgravamento do efeito de estufa
Agravamento do efeito de estufa
Rita Pereira
 

Semelhante a Aquecimento global 9B (20)

Prof(a) Luis Carlos / ATMOSFERA
Prof(a) Luis Carlos / ATMOSFERAProf(a) Luis Carlos / ATMOSFERA
Prof(a) Luis Carlos / ATMOSFERA
 
Prof(a) Luis Carlos / ATMOSFERA
Prof(a) Luis Carlos / ATMOSFERAProf(a) Luis Carlos / ATMOSFERA
Prof(a) Luis Carlos / ATMOSFERA
 
Pp tozono2
Pp tozono2Pp tozono2
Pp tozono2
 
Aula da 5ª série efeito estufa 2008
Aula da 5ª série efeito estufa 2008Aula da 5ª série efeito estufa 2008
Aula da 5ª série efeito estufa 2008
 
Poluição do ar
Poluição do arPoluição do ar
Poluição do ar
 
AQUECIMENTO GLOBAL E EFEITO ESTUFA CARACTERÍSTICAS
AQUECIMENTO GLOBAL E EFEITO ESTUFA CARACTERÍSTICASAQUECIMENTO GLOBAL E EFEITO ESTUFA CARACTERÍSTICAS
AQUECIMENTO GLOBAL E EFEITO ESTUFA CARACTERÍSTICAS
 
Química ambiental volume 1 - a atmosfera
Química ambiental   volume 1 - a atmosferaQuímica ambiental   volume 1 - a atmosfera
Química ambiental volume 1 - a atmosfera
 
Trabalho De CiêNcias
Trabalho De CiêNciasTrabalho De CiêNcias
Trabalho De CiêNcias
 
O Efeito Estufa
O Efeito EstufaO Efeito Estufa
O Efeito Estufa
 
Problemas Ambientais AtmosféRicos
Problemas Ambientais AtmosféRicosProblemas Ambientais AtmosféRicos
Problemas Ambientais AtmosféRicos
 
GEOGRAFIA 3 ANO 3 PERIODO.pdf
GEOGRAFIA 3 ANO 3 PERIODO.pdfGEOGRAFIA 3 ANO 3 PERIODO.pdf
GEOGRAFIA 3 ANO 3 PERIODO.pdf
 
Poluição do Ar - Seminário de Biologia
Poluição do Ar - Seminário de BiologiaPoluição do Ar - Seminário de Biologia
Poluição do Ar - Seminário de Biologia
 
Problemas atmosféricos
Problemas atmosféricosProblemas atmosféricos
Problemas atmosféricos
 
Problemas atimosfericos
Problemas atimosfericosProblemas atimosfericos
Problemas atimosfericos
 
Pol. Do Ar
Pol. Do ArPol. Do Ar
Pol. Do Ar
 
Influência da atividade humana na temperatura e no clima
Influência da atividade humana na temperatura e no climaInfluência da atividade humana na temperatura e no clima
Influência da atividade humana na temperatura e no clima
 
Agravamento do efeito de estufa
Agravamento do efeito de estufaAgravamento do efeito de estufa
Agravamento do efeito de estufa
 
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da ÁguaProblemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
 
Efeito Estufa
Efeito EstufaEfeito Estufa
Efeito Estufa
 
Chuvas ácidas
Chuvas ácidas Chuvas ácidas
Chuvas ácidas
 

Mais de Nádya Dixon (11)

Tigres asiáticos china 9B
Tigres asiáticos  china   9BTigres asiáticos  china   9B
Tigres asiáticos china 9B
 
Política do filho único- 9B
Política do filho único- 9BPolítica do filho único- 9B
Política do filho único- 9B
 
Asia aspectos naturais - 9B
Asia aspectos naturais - 9BAsia aspectos naturais - 9B
Asia aspectos naturais - 9B
 
Guerra fria parte 2 - geografia , 9° ano B
Guerra fria parte 2 -  geografia , 9° ano BGuerra fria parte 2 -  geografia , 9° ano B
Guerra fria parte 2 - geografia , 9° ano B
 
Guerra fria parte 1 - geografia , 9° ano B
Guerra fria parte 1 -  geografia , 9° ano BGuerra fria parte 1 -  geografia , 9° ano B
Guerra fria parte 1 - geografia , 9° ano B
 
Aquecimento global 2 9°B
Aquecimento global 2 9°BAquecimento global 2 9°B
Aquecimento global 2 9°B
 
Petróleo - Slides de geografia - 9°B
Petróleo  - Slides de geografia - 9°BPetróleo  - Slides de geografia - 9°B
Petróleo - Slides de geografia - 9°B
 
Agua - Slides de geografia - 9°B
Agua - Slides de geografia - 9°BAgua - Slides de geografia - 9°B
Agua - Slides de geografia - 9°B
 
Guerra fria- oitavo ano
Guerra fria- oitavo anoGuerra fria- oitavo ano
Guerra fria- oitavo ano
 
Globalização parte 2
Globalização   parte 2Globalização   parte 2
Globalização parte 2
 
Globalizacao - Slides 8° ano C ara prova de Geografia
Globalizacao - Slides 8° ano C ara prova de GeografiaGlobalizacao - Slides 8° ano C ara prova de Geografia
Globalizacao - Slides 8° ano C ara prova de Geografia
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 

Último (20)

Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdfO que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
 

Aquecimento global 9B

  • 1. O Efeito Estufa e o AquecimentoO Efeito Estufa e o Aquecimento GlobalGlobal - Buraco na Camada de Ozônio - Chuva Ácida
  • 2. Ao atingir a superfície da Terra (solos, águas, plantas e etc.), a radiação solar é em grande parte absorvida por ela, e uma parte desse calor não retorna à atmosfera. Os gases presentes na atmosfera funcionam como uma redoma que retém parte da radiação emitida pela superfície terrestre. O planeta recebe a energia do Sol e a irradia sem perder totalmente o calor recebido. Esse é um fenômeno natural que se denomina efeito estufa
  • 3. Entre os gases do efeito estufa presentes na atmosfera está o dióxido de carbono (CO2), principal gás que que retém os raios solares, armazenando calor na Terra. A presença desse gás na atmosfera é fundamental, pois permite que o planeta apresente a temperatura média ideal para o desenvolvimento da vida.
  • 4. Porém nas últimas décadas, verificou-se uma elevação da temperatura global em decorrência do aumento da concentração de alguns gases de efeito estufa na atmosfera. Assim, quando ocorre uma concentração exagerada de dióxido de carbono no ar, grande parte do calor fica retida e não retorna para as camadas mais altas da atmosfera, intensificando o efeito estufa e provocando o aquecimento global.
  • 5.
  • 6. Entre as consequências desse aquecimento estão as alterações climáticas e inúmeros problemas ambientais, como enchentes em várias regiões do planeta, o derretimento das geleiras e comprometimento da flora e da fauna, que necessitam se adaptar a temperaturas mais altas. O aquecimento global pode provocar também maior incidência de epidemias e doenças tropicais, comprometendo a saúde humana, além de ocasionar o aparecimento de doenças e pragas em plantações e crianções.
  • 7. Combater a poluição atmosférica, utilizar combustíveis alternativos aos derivados de petróleo, reflorestar áreas que foram desmatadas e não poluir as águas, são medidas que devem ser tomadas para reduzir o armazenamento de calor na atmosfera, ou seja, o efeito estufa intensificado pela ação humana
  • 8.
  • 9. Protocolo de KyotoProtocolo de Kyoto Em 1997, na cidade de Kyoto, no Japão, foi formulado um tratado que previa a redução de emissões de gases poluentes dos países industrializados e propunha um novo modelo de desenvolvimento, estimulando a substituição do uso dos derivados de petróleo pelo da energia elétrica e do gás natural. Denominado Protocolo de Kyoto, esse tratado entrou efetivamente em vigor em 2005, oito anos após sua criação.
  • 10.  Ratificado por mais de 190 países, o Protocolo de Kyoto determinou que as nações industrializadas reduzissem, entre 2008 e 2012, 5% d emissão do dióxido de carbono e de outros gases do efeito estufa, tomando por base o ano de 1990.  O acordo impunha níveis diferenciados de reduções para cada um dos 38 países considerados os principais emissores de gases poluentes. Para a União Europeia, estabeleceu-se uma redução de 8%; para os Estados Unidos da América, a diminuição prevista era de 7%; para o Japão 6%. Contudo, os Estados Unidos da América, maior país poluidor do mundo e responsável por cerca de 25% das emissões de gases poluentes, não assinou o documento.
  • 11.
  • 12. Créditos de carbonoCréditos de carbono Com a entrada em vigor do Protocolo de Kyoto, criou-se um mercado internacional de carbono, segundo o qual cotas de emissão de poluentes podem ser negociadas, ou seja, os países que poluem além da meta estabelecida no acordo podem adquirir cotas daqueles que estão com a emissão abaixo da meta.
  • 13.
  • 14. Buraco na Camada de OzônioBuraco na Camada de Ozônio A camada de gás ozônio, encontrada na estratosfera, desempenha um papel importante para a vida na Terra. Essa camada é responsável por filtrar as radiações ultravioleta emitidas pelo sol. Com a destruição da camada de ozônio, aumenta a incidência de câncer de pele e catarata, pois a radiação ultravioleta muito intensa é fatal para todos os organismos vivos do planeta. Mas que destrói esse nosso escudo protetor?
  • 15. As sociedades humanas criaram várias substâncias que destroem a camada de ozônio, entre elas os aerossóis e o gás de geladeira, que liberam gás clorofluorcarbono (CFC). Quando alcança a atmosfera, o CFC interage como o ozônio, quebra moléculas e reduz a sua concentração.
  • 16. O buraco na camada de ozônio cresceu muito nas décadas de 1970 e 1980, principalmente sobre a Antártida. Além desse, foram encontrados outros pontos de baixa concentração do gás. Algumas medidas para proteger a camada de ozônio já foram tomadas. Uma delas foi a assinatura em 1987, do Tratado Internacional de Redução de Clorofluorcarbono no Protocolo de Montreal. Nessa ocasião, diversos países assumiram o compromisso de eliminá-lo totalmente.
  • 17. A Chuva ÁcidaA Chuva Ácida A Ocorrência de chuva ácida vem aumentando em várias regiões do mundo, sendo, em parte, responsável pela destruição do solo e de vegetais e pelo desgaste de esculturas e patrimônios históricos. A queima de combustível fóssil como o carvão e o petróleo libera gases tóxicos, que se juntam às gotículas de umidade.
  • 18. Com isso acontece a ocorrência de chuvas uma acidez maior do que a normal. Ela ocorre com mais frequência nas áreas de maior concentração urbana e industrial e de exploração de carvão.