Helena junqueira reis enout

1.252 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.252
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Helena junqueira reis enout

  1. 1. A DIFUSÃODECONDOMÍNIOS RESIDENCIAISVERTICAISVOLTADOS PARA POPULAÇÃODE ALTA RENDANAÁREA DO JARDIM SANTA ÂNGELAJUNTO A AVENIDA PROFESSOR JOÃO FIUSAEMRIBEIRÃO PRETO, SP Helena Junqueira Reis Enout (IC) Luiz Guilherme Rivera de Castro (Orientador) Universidade Presbiteriana Mackenzie - Facudade de Arquitetura e Urbanismo- Curso de Arquitetura e Urbanismo- São Paulo/SP Apoio: PIBIC Mackenzie
  2. 2. IntroduçãoA pesquisa aborda a interferência do setor de empreendimentos imobiliários no processode desenvolvimento urbano. O estudo tomou como base o processo de ocupação porcondomínios residenciais verticais voltados para população de alta renda em uma área deRibeirão Preto, cidade do interior paulista.• desenvolvimento sócio-espacial e econômicode Ribeirão Preto• analisa e caracteriza a área de estudo• análise crítica sobre condomínios residenciaisverticais de alto padrão Figura 01. Vista aérea da Av. Professor João Fiusa. Fonte: Site GOOGLE, acessado em 24/11/2010, Disponível em http://www.panoramio.com/photo/17235267
  3. 3. Método Em um primeiro momento o trabalho se deu através de diversas pesquisas e levantamentos, priorizando a análise da cidade de Ribeirão Preto.
  4. 4. Método Figura 02. Localização do município de Ribeirão Preto no estado. Fonte: Site Prefeitura de Ribeirão Preto – Secretaria de Planejamento e Gestão Publica, acessado em 16/02/2011, disponível em http://www.ribeiraopreto.sp.gov.br/pesquisa/i3301_pesquisa.php
  5. 5. Figura 03. Mapa da Região Administrativa de Ribeirão Preto.Fonte: Site Prefeitura de Ribeirão Preto – Secretaria de Planejamento eGestão Publica, acessado em 16/02/2011, disponível emhttp://www.ribeiraopreto.sp.gov.br/pesquisa/i3301_pesquisa.php
  6. 6. Figura 04. Mapa de Expansão Urbana de Ribeirão Preto.Fonte: Site Prefeitura de Ribeirão Preto –Secretaria de Planejamento e GestãoPublica, acessado em 16/02/2011,disponível em<http://www.ribeiraopreto.sp.gov.br/pesquisa/i3301_pesquisa.php>
  7. 7. Método Já em um segundo momento a pesquisa teve como foco a analise e caracterização da área de estudo. Figura 06. Mapa da articulação da área de estudo (em vermelho) com o centro (em azul). Fonte: elaboração própria sobre imagem obtida através do mecanismo de busca Google Earth/ arquivo pessoal.
  8. 8. Figura 05. Mapa do sistema viário macro estruturante da cidade.Fonte: elaboração própria sobre imagem obtida através do mecanismo de busca GoogleEarth/ arquivo pessoal.
  9. 9. Método Figura 08. Vista aérea da Av. Professor João Fiusa. Fonte: Site GOOGLE, acessado em 24/11/2010, Disponível em http://www.panoramio.com/photo/17235267
  10. 10. MétodoA última etapa do estudo se deu através de uma análise crítica sobre condomíniosresidenciais verticais de alto padrão. • verticalização, a segregação • o abandono do espaço público • a nova tipologia de morar dos “enclaves fortificada” • interferência do setor imobiliário na configuração urbana. Figura 09. Vista aérea da Av. Professor João Fiusa. Fonte: Site GOOGLE, acessado em 24/11/2010, Disponível em http://www.panoramio.com/photo/17235267
  11. 11. Resultados e Discussão• a construção de um “bairro” pela incorporação imobiliária que não havia sidoaprovado perante a legislação municipal. Figura 10. Linha do tempo do processo de consolidação do bairro Jardim Santa Ângela. Fonte: elaboração própria sobre imagem obtida através do mecanismo de busca Google Earth/ arquivo pessoal.
  12. 12. Resultados e Discussão• uma nova tipologia da forma de morar, os condomínios fechados que enfraquecem asnoções de responsabilidade pública.• a Avenida Professor João Fiusa é usada como área de lazer, pelos moradores da área.• uma explicita segregação gerada por esse processo de ocupação• Villaça refere-se à segregação como sendo “um processo necessário à dominaçãosocial, econômica e política por meio do espaço” (VILLAÇA, 1998, p.150)
  13. 13. Resultados e Discussão Figura 11. Jardim Santa Ângela e seu entorno. Fonte: elaboração própria sobre imagem obtida através do mecanismo de busca Google Earth/ arquivo pessoal.
  14. 14. Conclusões• a interferência do setor imobiliário na constituição de um modelo de ocupaçãourbana, na criação de novas tipologias de morar e viver e como elas interferem naconcepção dos espaços urbanos, públicos e privados.• planejar essa expansão de forma sustentável• esse respeito às diretrizes viárias nem sempre acontece, o que resultou e certamentecontinuará resultando em vários pontos de estrangulamento na cidade.
  15. 15. Universidade Presbiteriana Mackenzie A DIFUSÃO DE CONDOMÍNIOS RESIDENCIAIS VERTICAIS VOLTADOS PARA POPULAÇÃO DE ALTA RENDA NA ÁREA DO JARDIM SANTA ÂNGELA JUNTO A AVENIDA PROFESSOR JOÃO FIUSA EM RIBEIRÃO PRETO, SP Helena Junqueira Reis Enout (IC) Luiz Guilherme Rivera de Castro (Orientador)Universidade Presbiteriana Mackenzie - Facudade de Arquitetura e Urbanismo- Curso de Arquitetura e Urbanismo- São Paulo/SP Apoio: PIBIC Mackenzie

×