SlideShare uma empresa Scribd logo
Processos Administrativos I (ADM1024)
                                                                                       Aspectos Conceituais e Sócio-Técnicos


                                                                                          A organização da empresa é a ordenação e agrupamento
                                                                                          de atividades e recursos, visando atender objetivos e
                                                                                          resultados.

                                                                                          Aspectos relevantes                                     Planejamento           Organização


                                                                                             Estrutura Organizacional.
                                                                                             Os Processos.                                            Controle            Direção
                                                                                             Funções Básicas.




                                                             contato   amerces.com
                         Copyright 2012, by Antonio Mercês                                                        Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                                                                                                                                       2
                                                                              1




                                                                                      Estruturas Formal e Informal
Aspectos Conceituais e Sócio-Técnicos
                                                                                      •    Formal (EF)
• Estrutura Organizacional: é o conjunto ordenado de                                        – É planejada e formalmente representada.
  responsabilidades, autoridades, comunicações e decisões
  das Unidades Organizacionais (UO) numa empresa.
                                                                                                                                      Presidência


• A EO adequada conduz a:
                                                                                                                Diretoria              Diretoria             Diretoria
     Organização das funções e responsabilidades;
     Identificação dos processos necessários ao alcance dos                                                   Administrativa         de Produção            Financeira
     objetivos definidos;
     Informações, recursos e feedback;                                                •    Informal (EI)
                                                                                            – Não é planejada e surge espontaneamente da interação social e pessoal
     Medidas de desempenho compatíveis com os objetivos;                                       de colaboradores de uma empresa.
      Condições motivadoras.

                         Copyright 2012, by Antonio Mercês                                                        Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                              3                                                                                                        4




 Estrutura Informal                                                                  Estrutura Informal

 • Surge das interações entre pessoas, devido a diversos fatores.
                                                                                     •Tamanho - tende a ficar dentro dos limites das relações pessoais.
 • Pode ser considerada como uma impedância – resistência as ordens                  • Há em todos os níveis da empresa, inclusive externamente.
   formais. (????)
                                                                                     • Os Lideres surgem:
 • Pessoas     haverá grupos informais – não pode ser extinta.                                         idade, competência, localização no trabalho,
                                                                                                       comunicabilidade, trânsito livre na empresa...
 • Autoridade informal vem daqueles que são objetos do seu controle.                 • Não pode ser encarada, simplesmente, como uma força negativa e
                                                                                             restritiva.
 • Fluxo da autoridade informal – ascendente e horizontalmente.
                                                                                     • Funções:
 • É mais instável do que a EF – há sentimentos pessoais.                                      •Satisfação dos desejos dos seus membros (cultura);
                                                                                               •Comunicação;
 • Não está sujeita ao controle da direção.                                                    •Controle social.



                         Copyright 2012, by Antonio Mercês                                                        Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                              5                                                                                                        6
Estrutura Informal                                                                     Estrutura Informal

• Vantagens                                                                            Fatores que propiciam as EI?
      –   Maior rapidez no processo decisório.                                         • Interesses Comuns.
      –   Complementa a EF.                                                            • Interação decorrente da própria EF.
      –   Minimiza as distorções existentes na EF.                                     • Disfunções e defeitos da EF.
      –   Motiva e integra as pessoas...                                               • Períodos de lazer.
                                                                                       • Disputa de poder.
                                                                                       • ...
• Desvantagens
      – Desconhecimento das gerências.
      – Dificuldade de controle.                                                       Ela pode ser bem utilizada quando:
                                                                                            • Há convergência de objetivos entre colaboradores e a empresa;
      – Pode provocar atritos entre os colaboradores...                                     • Há habilidades para lidar com a EI.

                             Copyright 2012, by Antonio Mercês                                                        Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                                  7                                                                                  8




Estrutura Formal                                                                                                Ambiente Externo, FH, FT, ...

• abordagem centrada na posição de autoridade e
  responsabilidade.                                                                      C                     SR                                         SA
                                                                    Presidência
• gerências      autoridade formal.                                                      O
                                                                                         M
• segue o fluxo descendente.             Diretoria     Diretoria  Diretoria              P                                                  NI
• é mais estável que a EI.             Administrativa de Produção Financeira             O
                                                                                         N                                                 NA
• pode crescer a tamanhos imensos.                                                       E
• distorções da EF, estimulam o surgimento e                                             N
                                                                                         T
  crescimento da EI.                                                                     E
                                                                                                               SD                                         SC
• EF compreende:                                                                         S
      componentes, condicionantes, níveis de                                                       SR = Sistema de Responsabilidades; SA = Sistema de Autoridades;
      influência e de abrangência.                                                                 SD = Sistema de Decisões; SC = Sistema de Comunicações;
                                                                                                   NI = Níveis de Influência; NA = Níveis de Abrangência.
                             Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                                  9                                   Copyright 2012, by Antonio Mercês              10




    Componentes da EO                                                                  Sistema de Responsabilidade

•    Sistema de Responsabilidades
      – organograma e atribuições das UO.                                              • Obrigação de fazer.
•    Sistema de Autoridades                                                            • Alocação das atividades a essa obrigação.
      – amplitude de controle, níveis hierárquicos, delegação,                         • Prestação de contas.
           centralização x descentralização.
      – tipos: hierárquica e funcional.

•    Sistema de Comunicações
                                                                                       • Aspectos básicos:
      – emissor - canal – receptor.                                                          – Arquitetura Organizacional (Departamentalização);
      – formal e informal.                                                                   – Linha e Assessoria;
      – fluxos: horizontal, vertical e diagonal/transversal.
                                                                                             – Atribuições ou funções básicas das Unidades Organizacionais –
•    Sistema de Decisões                                                                       UO.
      – a decisão deve ser tomada no nível mais baixo possível e bem próximo
          a cena da ação.


                             Copyright 2012, by Antonio Mercês                                                        Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                                  11                                                                                 12
Sistema de Autoridade                                                                                            Sistema de Autoridade


  • Direito de fazer algo.                                                                                          • Miranda e Mac-Dowell
  • Pode ser: formal e informal.
                                                                                                                         Exercício singular e múltiplo de autoridade.
                                                                                             Mais alto
                                      Amplitude                                                                     • Koontz e O’Donnell
                                          de
                                      autoridade                                                                         Teoria formal da autoridade
                                                                                                                           • Origem     deve obedecer a uma hierarquia.

                                                                                                 Mais baixo
                                                                                                                         Teoria da aceitação da autoridade
                                                                                                                           • Origem    é a aceitação das ordens, desde que estejam previstas nas
  • Formal: estrutura hierárquica.                                                                                           funções do cargo.
  • Informal: adquirida, relações informais - é pessoal.
                                                                                                                         Teoria da competência
                                                                                                                             Origem    nas qualidades pessoais e competência técnica.

                              Copyright 2012, by Antonio Mercês                                                                               Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                                                               13                                                                                    14




   Sistema de Autoridade                                                                                             Sistema de Comunicação

  • Tipos de Autoridade
                                                                              A                                                                 Mensagem
                                                                                                                             Emissor                                                      Receptor
       – Hierárquica                                                                                                                                   Canal
                                                                              B         C

                                                                          D       E                                                                                               ruído


       – Funcional
                                                                   PR                                               • O que deve, como deve, quando deve, por que deve e
                                                                                                                      quanto deve ... ser comunicado.
                                D MKT                              DF                       DR
                                                                                                                    • De quem deve vir e para quem deve ir a informação.
Delegação.
Centralização x Descentralização.                                             R NE                 R NO
Hierarquia.
Amplitude de controle.                                                        Vendas              Tesouraria
                              Copyright 2012, by Antonio Mercês                                                                               Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                                                               15                                                                                    16




    Sistema de Comunicação                                                                                           Sistema de Comunicação

                                Mensagem                                                                                                        Mensagem
              Emissor                                                                 Receptor                               Emissor                                                      Receptor
                                       Canal                                                                                                           Canal
                                                                  ruído                                                                                                           ruído


     Esquemas de Comunicação                                                                                          Custo da Comunicação
              Formal: escala hierárquica.
              Informal: reação às necessidades das pessoas.                                                            Codificação e não codificação.
                                                                                                                       Lei de Parkinson (todo o trabalho se dilata de modo a ocupar todo o tempo
                                                                                                                               disponível).
                                                                                  Vantagens e Desvantagens ?           Causas do aumento de custos.
     Fluxos de Comunicação
              Horizontal.
              Diagonal ou Transversal.
              Vertical.
                                                                                                                      Subsistema de Procedimentos: Métodos e inter-relações.

                              Copyright 2012, by Antonio Mercês                                                                               Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                                                               17                                                                                    18
Sistema de Decisão

                                                                                                                              Aspectos a considerar:
                                                                                                                               – Realização dos objetivos;
                                                                                                                               – Em que nível deve ser
                                                                                                                                 tomada;
                                                                                                                               – De que espécies são;
                                                                                                                               – Quais são as atividades que elas
                                                                                                                                 afetam;
                                                                                                                               – Quem deve participar
                                                                                                                                 das decisões;
                                                                                                                               – Quem deve ser informado.

                                                                                                                              Tomadas no baixo nível, o mais perto possível da cena de ação.
                                                                                                                              Considere todos os objetivos e atividades afetadas.

                                                                                                                                                        Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                              Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                                                                    19                                                                                                     20




                      Sistema de Decisão                                                                                     Sistema de Decisão
                                                                                                                         •    Modelos do Processo Decisório
                  •    Momentos da Tomada de Decisão na evolução da Teoria Administrativa:                                     • NEWMAN, W.H.
                           • Ato isolado, puramente mecânico, centralizado na gerência, ausência                                   • Etapas
                             de metodologia – Escola Tradicional;                                                                        • Diagnóstico do problema.
                           • Processo composto de diversas etapas, considerando o contexto                                               • Planejamento de soluções alternativas.
                             social e psicológico da Organização, e o meio ambiente, tendo caráter                                       • Projeção e comparação das conseqüências das alternativas.
                             descentralizado, coletivo e mais racional - Escola Behaviorista.                                            • Avaliação das soluções alternativas e escolha do curso de ação.


                  •    Tipos de Decisão:
                             • Rotineiras ou Inovadoras                                                                        • SIMON, H.A.A.
                                                                                                                                   • Etapas
                                                                                                                                        • Coleta de informações.
                            • Imediatas e Mediatas
                                                                                                                                        • Estruturação – identificar os possíveis cursos de ação.
                                • Demora – dependência de Fatores Antagônicos.                                                          • Escolha – decidir por um curso de ação.

                            • Premeditadas e Improvisadas                                            Níveis de decisão


                                              Copyright 2012, by Antonio Mercês                                                                         Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                                                                    21                                                                                                     22




                      Sistema de Decisão                                                                                     Sistema de Decisão

                                                                                  Problemas rotineiros.
                                                                                  Situações repetitivas.                      Situações de Tomada de Decisão
                            Decisões                                              Políticas, regras, usos e costumes,
                                                                                          procedimentos.                             Certeza                Risco                           Incerteza        Turbulência
                          Programadas                                             Dados adequados e repetitivos.
Quanto à Forma?




                                                                                  Economizam tempo.                                 Grande                                                                   Pequeno
                                                                                  Processo estruturado.

                                                                                                                                                                    Níveis de Controle
                                                                                  Problemas incomuns.
                                                                                  Situações não rotineiras.
                                                                                                                              Modelo Racional de Tomada de Decisão
                         Decisões não                                             Decisões sob medida.
                                                                                  Demandam mais tempo.
                         Programadas                                              Exigem diagnóstico, criatividade e          Analisar a         Conceber as                        Avaliar as          Implantar e
                                                                                         julgamento.                           Situação          Alternativas                      Alternativas          Monitorar
                                                                                  Processo não estruturado.
                                              Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                                                                    23                                  Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                                                                                                                                                                           24
Condicionantes da EO                                                           Níveis de Influência


      O Ambiente da Empresa.                                                    • Níveis de Influência:

      Missão, Visão, Estratégia, Políticas da Empresa,
      Objetivos, Metas.                                                               Estratégico

      Fator Tecnologia.                                                               Tático

      Fator RH.                                                                       Operacional



               Elementos de Ação Direta e Indireta


                          Copyright 2012, by Antonio Mercês                                              Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                           25                                                                            26




Níveis de Abrangência ou de Amplitude da EO                                     Leituras Recomendadas

                                                                                Capitulo 3, itens 3.1 a 3.3, do livro Sistemas Organização e Métodos –
Da Empresa                                                                      SOM - Uma Abordagem Gerencial, de Djalma Rebouças. São Paulo:
  Considera toda a empresa, com seus negócios e seu contexto de atuação.        Atlas, 2010.

                                                                                Capítulos 2 do livro de Estrutura Organizacional, de Djalma Rebouças.
                                                                                São Paulo: Atlas, 2011.
Da Unidade Estratégica de Negócio – UEN
                                                                                Site www.amerces.com
  Considera em termos de UEN.                                                       Arquivos ADM102402a12 e ADM1024t02a.

                                                                                Atenção:
Da Corporação                                                                      os slides são meros recursos de apoio para o seu estudo e não
  Administração corporativa, com suas UEN.                                         substituem os livros indicados.


                          Copyright 2012, by Antonio Mercês                                             Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                           27                                                                            28




           Vamos exercitar.
                            (ADM1024t02a)




A mente humana ampliada por uma nova ideia, jamais
volta as suas dimensões originais. Oliver Wendell Holmes.



                          Copyright 2012, by Antonio Mercês
                                                                           29

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 2 a estruturas organizacionais_

Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
Rafael Evans
 
Estrutura organizacional 2012_01
Estrutura organizacional 2012_01Estrutura organizacional 2012_01
Estrutura organizacional 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
Luis Cunha
 
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e... Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
A. Rui Teixeira Santos
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacional
Claudio Parra
 
Empresa trabalho completo
Empresa trabalho completoEmpresa trabalho completo
Empresa trabalho completo
BrunaPereira1996
 
ELO Group IQPC 2012
ELO Group IQPC 2012ELO Group IQPC 2012
ELO Group IQPC 2012
EloGroup
 
Material 41dab8bdce
Material 41dab8bdceMaterial 41dab8bdce
Material 41dab8bdce
Wesclay Oliveira
 
Aula arquitetura organizacional
Aula arquitetura organizacionalAula arquitetura organizacional
Aula arquitetura organizacional
PROF. SHASTIN
 
manual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptx
manual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptxmanual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptx
manual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptx
WilsonFernandesRapos
 
2012 03-14 - 06 de 20 - cap. 3 teorias gerais da administração (parte 3) - ad...
2012 03-14 - 06 de 20 - cap. 3 teorias gerais da administração (parte 3) - ad...2012 03-14 - 06 de 20 - cap. 3 teorias gerais da administração (parte 3) - ad...
2012 03-14 - 06 de 20 - cap. 3 teorias gerais da administração (parte 3) - ad...
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Administração
AdministraçãoAdministração
Administração
Patrícia Ventura
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacional
Letícia Vilela de Aquino
 
Fundamentos de administração
Fundamentos de administraçãoFundamentos de administração
Fundamentos de administração
marcelo rodrigues
 
Apostila adm rh
Apostila adm rhApostila adm rh
Apostila adm rh
admcontabil
 
Apostila adm rh
Apostila adm rhApostila adm rh
Apostila adm rh
apostilacontabil
 
Função da gestão das organizações, CET - Secretariado Jurídico, Teoria dos Or...
Função da gestão das organizações, CET - Secretariado Jurídico, Teoria dos Or...Função da gestão das organizações, CET - Secretariado Jurídico, Teoria dos Or...
Função da gestão das organizações, CET - Secretariado Jurídico, Teoria dos Or...
A. Rui Teixeira Santos
 
Aula 1 - 1° capítulo - Gestão, Gestores e Organizações.pdf
Aula 1 - 1° capítulo - Gestão, Gestores e Organizações.pdfAula 1 - 1° capítulo - Gestão, Gestores e Organizações.pdf
Aula 1 - 1° capítulo - Gestão, Gestores e Organizações.pdf
XavierLeiteManjate
 
Aula funções da administração
Aula   funções da administraçãoAula   funções da administração
Aula funções da administração
Niloar Bissani
 

Semelhante a 2 a estruturas organizacionais_ (20)

Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01Introdução a administração 2012_01
Introdução a administração 2012_01
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
 
Estrutura organizacional 2012_01
Estrutura organizacional 2012_01Estrutura organizacional 2012_01
Estrutura organizacional 2012_01
 
Estruturas organizacionais
Estruturas organizacionaisEstruturas organizacionais
Estruturas organizacionais
 
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e... Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
Comportamento humano nas Organizações: atitude comportamental, organização e...
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacional
 
Empresa trabalho completo
Empresa trabalho completoEmpresa trabalho completo
Empresa trabalho completo
 
ELO Group IQPC 2012
ELO Group IQPC 2012ELO Group IQPC 2012
ELO Group IQPC 2012
 
Material 41dab8bdce
Material 41dab8bdceMaterial 41dab8bdce
Material 41dab8bdce
 
Aula arquitetura organizacional
Aula arquitetura organizacionalAula arquitetura organizacional
Aula arquitetura organizacional
 
manual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptx
manual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptxmanual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptx
manual_ufcd0776-organizaao_de_uma_empresa.pptx
 
2012 03-14 - 06 de 20 - cap. 3 teorias gerais da administração (parte 3) - ad...
2012 03-14 - 06 de 20 - cap. 3 teorias gerais da administração (parte 3) - ad...2012 03-14 - 06 de 20 - cap. 3 teorias gerais da administração (parte 3) - ad...
2012 03-14 - 06 de 20 - cap. 3 teorias gerais da administração (parte 3) - ad...
 
Administração
AdministraçãoAdministração
Administração
 
Estrutura organizacional
Estrutura organizacionalEstrutura organizacional
Estrutura organizacional
 
Fundamentos de administração
Fundamentos de administraçãoFundamentos de administração
Fundamentos de administração
 
Apostila adm rh
Apostila adm rhApostila adm rh
Apostila adm rh
 
Apostila adm rh
Apostila adm rhApostila adm rh
Apostila adm rh
 
Função da gestão das organizações, CET - Secretariado Jurídico, Teoria dos Or...
Função da gestão das organizações, CET - Secretariado Jurídico, Teoria dos Or...Função da gestão das organizações, CET - Secretariado Jurídico, Teoria dos Or...
Função da gestão das organizações, CET - Secretariado Jurídico, Teoria dos Or...
 
Aula 1 - 1° capítulo - Gestão, Gestores e Organizações.pdf
Aula 1 - 1° capítulo - Gestão, Gestores e Organizações.pdfAula 1 - 1° capítulo - Gestão, Gestores e Organizações.pdf
Aula 1 - 1° capítulo - Gestão, Gestores e Organizações.pdf
 
Aula funções da administração
Aula   funções da administraçãoAula   funções da administração
Aula funções da administração
 

Último

Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
Vanessa F. Rezende
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 

Último (20)

Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 

2 a estruturas organizacionais_

  • 1. Processos Administrativos I (ADM1024) Aspectos Conceituais e Sócio-Técnicos A organização da empresa é a ordenação e agrupamento de atividades e recursos, visando atender objetivos e resultados. Aspectos relevantes Planejamento Organização Estrutura Organizacional. Os Processos. Controle Direção Funções Básicas. contato amerces.com Copyright 2012, by Antonio Mercês Copyright 2012, by Antonio Mercês 2 1 Estruturas Formal e Informal Aspectos Conceituais e Sócio-Técnicos • Formal (EF) • Estrutura Organizacional: é o conjunto ordenado de – É planejada e formalmente representada. responsabilidades, autoridades, comunicações e decisões das Unidades Organizacionais (UO) numa empresa. Presidência • A EO adequada conduz a: Diretoria Diretoria Diretoria Organização das funções e responsabilidades; Identificação dos processos necessários ao alcance dos Administrativa de Produção Financeira objetivos definidos; Informações, recursos e feedback; • Informal (EI) – Não é planejada e surge espontaneamente da interação social e pessoal Medidas de desempenho compatíveis com os objetivos; de colaboradores de uma empresa. Condições motivadoras. Copyright 2012, by Antonio Mercês Copyright 2012, by Antonio Mercês 3 4 Estrutura Informal Estrutura Informal • Surge das interações entre pessoas, devido a diversos fatores. •Tamanho - tende a ficar dentro dos limites das relações pessoais. • Pode ser considerada como uma impedância – resistência as ordens • Há em todos os níveis da empresa, inclusive externamente. formais. (????) • Os Lideres surgem: • Pessoas haverá grupos informais – não pode ser extinta. idade, competência, localização no trabalho, comunicabilidade, trânsito livre na empresa... • Autoridade informal vem daqueles que são objetos do seu controle. • Não pode ser encarada, simplesmente, como uma força negativa e restritiva. • Fluxo da autoridade informal – ascendente e horizontalmente. • Funções: • É mais instável do que a EF – há sentimentos pessoais. •Satisfação dos desejos dos seus membros (cultura); •Comunicação; • Não está sujeita ao controle da direção. •Controle social. Copyright 2012, by Antonio Mercês Copyright 2012, by Antonio Mercês 5 6
  • 2. Estrutura Informal Estrutura Informal • Vantagens Fatores que propiciam as EI? – Maior rapidez no processo decisório. • Interesses Comuns. – Complementa a EF. • Interação decorrente da própria EF. – Minimiza as distorções existentes na EF. • Disfunções e defeitos da EF. – Motiva e integra as pessoas... • Períodos de lazer. • Disputa de poder. • ... • Desvantagens – Desconhecimento das gerências. – Dificuldade de controle. Ela pode ser bem utilizada quando: • Há convergência de objetivos entre colaboradores e a empresa; – Pode provocar atritos entre os colaboradores... • Há habilidades para lidar com a EI. Copyright 2012, by Antonio Mercês Copyright 2012, by Antonio Mercês 7 8 Estrutura Formal Ambiente Externo, FH, FT, ... • abordagem centrada na posição de autoridade e responsabilidade. C SR SA Presidência • gerências autoridade formal. O M • segue o fluxo descendente. Diretoria Diretoria Diretoria P NI • é mais estável que a EI. Administrativa de Produção Financeira O N NA • pode crescer a tamanhos imensos. E • distorções da EF, estimulam o surgimento e N T crescimento da EI. E SD SC • EF compreende: S componentes, condicionantes, níveis de SR = Sistema de Responsabilidades; SA = Sistema de Autoridades; influência e de abrangência. SD = Sistema de Decisões; SC = Sistema de Comunicações; NI = Níveis de Influência; NA = Níveis de Abrangência. Copyright 2012, by Antonio Mercês 9 Copyright 2012, by Antonio Mercês 10 Componentes da EO Sistema de Responsabilidade • Sistema de Responsabilidades – organograma e atribuições das UO. • Obrigação de fazer. • Sistema de Autoridades • Alocação das atividades a essa obrigação. – amplitude de controle, níveis hierárquicos, delegação, • Prestação de contas. centralização x descentralização. – tipos: hierárquica e funcional. • Sistema de Comunicações • Aspectos básicos: – emissor - canal – receptor. – Arquitetura Organizacional (Departamentalização); – formal e informal. – Linha e Assessoria; – fluxos: horizontal, vertical e diagonal/transversal. – Atribuições ou funções básicas das Unidades Organizacionais – • Sistema de Decisões UO. – a decisão deve ser tomada no nível mais baixo possível e bem próximo a cena da ação. Copyright 2012, by Antonio Mercês Copyright 2012, by Antonio Mercês 11 12
  • 3. Sistema de Autoridade Sistema de Autoridade • Direito de fazer algo. • Miranda e Mac-Dowell • Pode ser: formal e informal. Exercício singular e múltiplo de autoridade. Mais alto Amplitude • Koontz e O’Donnell de autoridade Teoria formal da autoridade • Origem deve obedecer a uma hierarquia. Mais baixo Teoria da aceitação da autoridade • Origem é a aceitação das ordens, desde que estejam previstas nas • Formal: estrutura hierárquica. funções do cargo. • Informal: adquirida, relações informais - é pessoal. Teoria da competência Origem nas qualidades pessoais e competência técnica. Copyright 2012, by Antonio Mercês Copyright 2012, by Antonio Mercês 13 14 Sistema de Autoridade Sistema de Comunicação • Tipos de Autoridade A Mensagem Emissor Receptor – Hierárquica Canal B C D E ruído – Funcional PR • O que deve, como deve, quando deve, por que deve e quanto deve ... ser comunicado. D MKT DF DR • De quem deve vir e para quem deve ir a informação. Delegação. Centralização x Descentralização. R NE R NO Hierarquia. Amplitude de controle. Vendas Tesouraria Copyright 2012, by Antonio Mercês Copyright 2012, by Antonio Mercês 15 16 Sistema de Comunicação Sistema de Comunicação Mensagem Mensagem Emissor Receptor Emissor Receptor Canal Canal ruído ruído Esquemas de Comunicação Custo da Comunicação Formal: escala hierárquica. Informal: reação às necessidades das pessoas. Codificação e não codificação. Lei de Parkinson (todo o trabalho se dilata de modo a ocupar todo o tempo disponível). Vantagens e Desvantagens ? Causas do aumento de custos. Fluxos de Comunicação Horizontal. Diagonal ou Transversal. Vertical. Subsistema de Procedimentos: Métodos e inter-relações. Copyright 2012, by Antonio Mercês Copyright 2012, by Antonio Mercês 17 18
  • 4. Sistema de Decisão Aspectos a considerar: – Realização dos objetivos; – Em que nível deve ser tomada; – De que espécies são; – Quais são as atividades que elas afetam; – Quem deve participar das decisões; – Quem deve ser informado. Tomadas no baixo nível, o mais perto possível da cena de ação. Considere todos os objetivos e atividades afetadas. Copyright 2012, by Antonio Mercês Copyright 2012, by Antonio Mercês 19 20 Sistema de Decisão Sistema de Decisão • Modelos do Processo Decisório • Momentos da Tomada de Decisão na evolução da Teoria Administrativa: • NEWMAN, W.H. • Ato isolado, puramente mecânico, centralizado na gerência, ausência • Etapas de metodologia – Escola Tradicional; • Diagnóstico do problema. • Processo composto de diversas etapas, considerando o contexto • Planejamento de soluções alternativas. social e psicológico da Organização, e o meio ambiente, tendo caráter • Projeção e comparação das conseqüências das alternativas. descentralizado, coletivo e mais racional - Escola Behaviorista. • Avaliação das soluções alternativas e escolha do curso de ação. • Tipos de Decisão: • Rotineiras ou Inovadoras • SIMON, H.A.A. • Etapas • Coleta de informações. • Imediatas e Mediatas • Estruturação – identificar os possíveis cursos de ação. • Demora – dependência de Fatores Antagônicos. • Escolha – decidir por um curso de ação. • Premeditadas e Improvisadas Níveis de decisão Copyright 2012, by Antonio Mercês Copyright 2012, by Antonio Mercês 21 22 Sistema de Decisão Sistema de Decisão Problemas rotineiros. Situações repetitivas. Situações de Tomada de Decisão Decisões Políticas, regras, usos e costumes, procedimentos. Certeza Risco Incerteza Turbulência Programadas Dados adequados e repetitivos. Quanto à Forma? Economizam tempo. Grande Pequeno Processo estruturado. Níveis de Controle Problemas incomuns. Situações não rotineiras. Modelo Racional de Tomada de Decisão Decisões não Decisões sob medida. Demandam mais tempo. Programadas Exigem diagnóstico, criatividade e Analisar a Conceber as Avaliar as Implantar e julgamento. Situação Alternativas Alternativas Monitorar Processo não estruturado. Copyright 2012, by Antonio Mercês 23 Copyright 2012, by Antonio Mercês 24
  • 5. Condicionantes da EO Níveis de Influência O Ambiente da Empresa. • Níveis de Influência: Missão, Visão, Estratégia, Políticas da Empresa, Objetivos, Metas. Estratégico Fator Tecnologia. Tático Fator RH. Operacional Elementos de Ação Direta e Indireta Copyright 2012, by Antonio Mercês Copyright 2012, by Antonio Mercês 25 26 Níveis de Abrangência ou de Amplitude da EO Leituras Recomendadas Capitulo 3, itens 3.1 a 3.3, do livro Sistemas Organização e Métodos – Da Empresa SOM - Uma Abordagem Gerencial, de Djalma Rebouças. São Paulo: Considera toda a empresa, com seus negócios e seu contexto de atuação. Atlas, 2010. Capítulos 2 do livro de Estrutura Organizacional, de Djalma Rebouças. São Paulo: Atlas, 2011. Da Unidade Estratégica de Negócio – UEN Site www.amerces.com Considera em termos de UEN. Arquivos ADM102402a12 e ADM1024t02a. Atenção: Da Corporação os slides são meros recursos de apoio para o seu estudo e não Administração corporativa, com suas UEN. substituem os livros indicados. Copyright 2012, by Antonio Mercês Copyright 2012, by Antonio Mercês 27 28 Vamos exercitar. (ADM1024t02a) A mente humana ampliada por uma nova ideia, jamais volta as suas dimensões originais. Oliver Wendell Holmes. Copyright 2012, by Antonio Mercês 29