LUSCHI - Dragagem de Material Contaminado

1.055 visualizações

Publicada em

Quando se fala em dragagem de sedimentos contaminados, uma de nossas maiores preocupações é trazer soluções criativas e competitivas, capazes de minimizar os impactos negativos causados no meio ambiente.

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

LUSCHI - Dragagem de Material Contaminado

  1. 1. SOLUÇÕES EM ENGENHARIA, SANEAMENO E MEIO AMBIENTE A LUSCHI é líder nacional de mercado em dragagem, destaca-se pela sua expertise técnica e equipamentos próprios aplicados ao setor marítimo, portuário e ambiental. Além disso, contribui para a melhoria do meio ambiente através de tecnologias para desaguamento e disposição de sedimentos contaminados.
  2. 2. DRAGAGEM DE MATERIAL CONTAMINADO Quando se fala em dragagem de sedimentos contaminados, uma de nossas maiores preocupações é trazer soluções criativas e competitivas, capazes de minimizar os impactos negativos causados no meio ambiente.
  3. 3. EQUIPAMENTOS DE DRAGAGEM MARÍTIMA RIOS, LAGOS, ETC As dragas hopper ou Auto Transportadoras “Trailing Hopper Suction Dredger” são indicadas para operações em alto-mar e em solos de difícil sucção, especialmente nas obras de aprofundamento de canais de acesso à portos, aterro hidráulico, derrocamento, entre outras aplicações. As Dragas de Sucção e Recalque com Desagregador “Cutter Suction Dredger” são ideais para desassoreamento de lagoas, rios, ETE, ETA, represas, canais e tanques de lodo; extração de areia; retirada de camada vegetal e aguapés; entre outras utilidades.
  4. 4. TIPOS DE DRAGAGEM DRAGAGEM DE MANUTENÇÃO DRAGAGEM AMBIENTAL São aquelas executadas para manter a profundidade ao traçado do canal de projeto, ou a calha de corpos hídricos, cuja lâmina d’água é, periodicamente, reduzida devido ao assoreamento. São aquelas executadas para remoção de material contaminado para fins de proteção ao ambiente, em particular à saúde humana, e atividades que visam recuperar a fisiografia de ambientes costeiros e fluviais.
  5. 5. PROJETO DE DRAGAGEM 1 - Justificativa da dragagem 2 - Planejamento 1.1 Projeto de dragagem - aspectos qualitativos e quantitativos do material a ser dragado; - método de dragagem; - alternativas de disposição; - aspectos legais associados ao licenciamento ambiental. 2.2 Programas de Investigação 3 - Investigação 3.1 Investigação de campo - sondagens; - coleta de amostras; 3.2 Ensaios - análises granulométricas e físico-químicas; - investigações biológicas (fauna, flora). 4 - Gerenciamento 5 - Monitoramento 4.1 Alternativas de disposição - posição em terra ou no corpo hídrico; - aproveitamento como aterro; - alternativas de tratamento. 4.2 Análise do impacto ambiental - impactos associados à execução; - impactos associados à disposição final. Programa de monitoramento da área de dragagem e disposição final.
  6. 6. GERENCIAMENTO DO MATERIAL DRAGADO Dragagens são essenciais para abertura e manutenção de canais e portos para navegação e transporte marítimo, bem como para o saneamento de corpos d’água com sedimentos contaminados. Após avaliação da necessidade de uma dragagem, deve-se investigar a possibilidade de reutilização do material dragado. Em caso de não haver alternativa de aproveitamento imediato, deve-se proceder com um programa de caracterização do sedimento a ser dragado, com vistas ao gerenciamento das alternativas de disposição, prevendo a necessidade de confinamento ou da reutilização do material. (Sim) (Não) Caracterização do material Possibilidade de reutilização Opções de disposição Avaliação de impacto Licenciamento Projeto Execução da obra Monitoramento Estrutura geral para gerenciamento do material dragado Fonte: Permanent International Association of Navigation Congresses (Dredged Material Management Guide)
  7. 7. ALTERNATIVAS DE DISPOSIÇÃO OU REUTILIZAÇÃO Uso benéfico Disposição em corpos hídricos Disposição em terra Os resultados da caracterização do material fornecerão dados para avaliar se o material dragado é adequado para uma das alternativas de disposição ou reaproveitamento, levando em conta, além dos aspectos econômicos, os impactos ambientais.
  8. 8. TRATAMENTO DE MATERIAL CONTAMINADO TUBO GEOTÊXTIL CENTRIFUGAÇÃO Os tubos geotêxteis permitem o escoamento do líquido através dos poros do geotêxtil, retendo as partículas sólidas floculadas, reduzindo o teor de umidade e devolvendo a parte líquida novamente a sua origem. Unidades móveis de centrifugação que permitem fazer a remoção e adensamento de lodo e sedimentos, no próprio local, sem necessidade de obra estrutural.
  9. 9. TRATAMENTO DE MATERIAL CONTAMINADO FLOTADOR O flotador é um equipamento capaz de separar partículas suspensas, como metais pesados, através da geração de microbolhas que fazem uma mistura homogênea de todo o afluente. RESÍDUOS ESPECIAIS Borra oleosa; Metais pesados; Chorume; Entre outros.
  10. 10. LEGISLAÇÃO DE APOIO A Resolução CONAMA Nº 454/12 prevê a análise de diversos elementos e compostos químicos presentes nos sedimentos para a atividade de dragagem. A Resolução CONAMA Nº 430/11 dispõe sobre condições e padrões de lançamento de efluentes.

×