SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Dicas de Português – Ensino Médio
A Páscoa e a Língua
Os hebreus nos legaram senhora herança. Entre os bens que deixaram, a língua sobressai.
Páscoa ganha destaque no dia de hoje. A palavra – tão antiga quanto Adão e Eva – quer dizer passagem.
Na origem, não tinha nenhum parentesco com religião. Bem antes de Moisés vir ao mundo, os pastores
nômades comemoravam a Páscoa. Cantavam e dançavam pela despedida do inverno e chegada da
primavera. Na nova estação, a neve se ia. Os campos se cobriam de pastagens. Os alimentos
abundavam.
Mais tarde, os judeus começaram a festejar a Páscoa. Lembravam, com sacrifícios, a saída do povo de
Israel do Egito. Era a passagem da escravidão para a liberdade. No livro Êxodo, a Bíblia conta toda a
história. Em 325, os cristãos instituíram a Páscoa. Com ela, exaltam a ressurreição de Cristo. Em outras
palavras: a passagem de morte para a vida. Para católicos e protestantes, a Páscoa simboliza a morte
vicária. Jesus morreu em lugar dos homens. Para salvá-los.
Vocabulário
Vicário: Vem do latim “vicarius” e significa “o que faz às vezes de outro” ou “o que substitui outra coisa ou pessoa”.
Ex.: ¨A alma que pecar essa morrerá¨. Ezequiel 18:4
A morte vicária de Cristo satisfez as exigências da Lei quanto à morte pelo pecado.
Os vicários
A religião fala em morte vicária. A língua, em termo vicário. Ambos têm dois pontos comuns. O
primeiro: a substituição. A morte de Cristo substitui a dos homens. O termo vicário toma o lugar de outro
citado. O segundo: o objetivo nobre. Jesus salvou os homens. O vicário evita repetição.
É o caso do pronome pessoal da 3ª pessoa. Ele e ela ocupam o lugar de um nome referido. O
texto agradece. Escrever a mesma palavra pertinho uma da outra? Valha-nos Deus! A frase fica
monótona. O vicarinho quebra o galho. Aprecie:
João, Rafael, Kadu e Carlos estão felizes. Eles descobriram montões de ovinhos no jardim de
casa.
Muitas pessoas têm triplo expediente. É o caso de Maria. Ela trabalha das 8h às 18h. depois
estuda.
Mais exemplos
Verbos também desempenham papel vicário. O campeão da turma é o fazer. Num piscar de
olhos, lá está ele no lugar de outro. Observe:
X
X
A polícia anunciou que a Operação Monte Carlo seria uma bomba. Demorou a abrir o jogo.
Quando o fez (= abriu o jogo), surpreendeu gregos e troianos. Ninguém esperava que o senador
Demóstenes Torres estivesse envolvido com a gangue do Cachoeira.
A frase jocosa atribuída a Jânio Quadros entrou no folclore. Nela, o bigodudo abusou do vicário.
- Por que o senhor renunciou?, perguntaram os repórteres.
- Fi-lo (renunciei) porque qui-lo (quis renunciar), respondeu o homem da vassourinha.
Propriedade vocabular é...
Usar a palavra mais adequada ao contexto. É o caso da mudança para o céu. Quarenta dias
depois da Páscoa, Jesus voltou para casa. Sozinho, sem ajuda. O ato milagroso se chama ascensão. O
verbo ascender. Maria seguiu o filho. Mas precisou ser levada. A subida dela às alturas se denomina
assunção.
Xô, solidão
O substantivo Páscoa sentiu-se solitário. Que tal uma família jeitosa? Oba! Pediu socorro ao
sufixo –al. Com ele, formou os adjetivos pascal e pascoal. As duas letrinhas aparece em montões de
adjetivos. Em todos, têm o mesmo significado. Quer dizer relacionado com, pertinente a.
Pascal e pascoal são relacionados coma Páscoa (festa pascal, Monte Pascoal). Campal, com
campo (batalha campal). Matrimonial, com matrimônio (festa matrimonial). E por aí vai.
Mil saídas
A preocupação com a grafia certinha não vem de hoje. Na dúvida, o dicionário quebra o ganho.
Sem o paizão por perto, o jeito é encontrar saídas. Uma delas: trocar seis por meia dúzia. A historinha
prova: a língua é um conjunto de possibilidades.
O chefe decidiu presentear os subordinados com ovos de Páscoa. Depois da cotação de preços,
fez a compra. Pediu que as delícias fossem entregues no escritório ordenou, então, à secretária:
- Faça um cheque de R$600.
- Como se escreve seiscentos?
- Faça dois cheques de R$300.
- Trezentos se escreve co s ou z?
- Não sabe escrever 300? Faça quatro cheques de R$150.
- Chefe, o trema foi abolido?
- Pelo amor de Deus, mande pagar em dinheiro.
Resposta
E o trema? Está morto e enterrado. A reforma ortográfica deixou a língua órfã das duas asinhas
de urubu. Agora o u dos dígrafos gu e qu seguidos de e ou i está livre e solto. Mas nem tudo está perdido.
A pronúncia se mantém como se nada tivesse mudado: tranquilo, aguentar, inguística.
(DICAS DE PORTUGUÊS – Dad Squarisi – Correio Brasiliense- Brasília, domingo, 8 da abril de 2012.)

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Destaque (7)

Unidade3 ativ 2_eliane
Unidade3 ativ 2_elianeUnidade3 ativ 2_eliane
Unidade3 ativ 2_eliane
 
Generos textuais
Generos textuaisGeneros textuais
Generos textuais
 
Coesão textual 3º ano
Coesão textual 3º anoCoesão textual 3º ano
Coesão textual 3º ano
 
Mat leitura numero decimal
Mat leitura numero decimalMat leitura numero decimal
Mat leitura numero decimal
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
 
Atividade porto editora
Atividade porto editoraAtividade porto editora
Atividade porto editora
 
Glossário matemático ilustrado
Glossário matemático ilustradoGlossário matemático ilustrado
Glossário matemático ilustrado
 

Semelhante a Páscoa-Origem e Significado

averdadeirapascoa-130329135443-phpapp01.pdf
averdadeirapascoa-130329135443-phpapp01.pdfaverdadeirapascoa-130329135443-phpapp01.pdf
averdadeirapascoa-130329135443-phpapp01.pdfTiaD5
 
Folha Dominical - 02.01.11 Nº354
Folha Dominical - 02.01.11 Nº354Folha Dominical - 02.01.11 Nº354
Folha Dominical - 02.01.11 Nº354Comunidades Vivas
 
DATAS COMEMORATIVAS - NATAL
DATAS COMEMORATIVAS - NATALDATAS COMEMORATIVAS - NATAL
DATAS COMEMORATIVAS - NATALemfloragrpires
 
A Páscoa e seu verdadeiro sentido
A Páscoa e seu verdadeiro sentidoA Páscoa e seu verdadeiro sentido
A Páscoa e seu verdadeiro sentidoiev.comunidade
 
Roteiro homilético do domingo de ramos ano c
Roteiro homilético do domingo de ramos   ano cRoteiro homilético do domingo de ramos   ano c
Roteiro homilético do domingo de ramos ano cJosé Luiz Silva Pinto
 
Eubiose 4 out-2011 monolito do inga
Eubiose 4 out-2011 monolito do ingaEubiose 4 out-2011 monolito do inga
Eubiose 4 out-2011 monolito do ingaNumeric Contadores
 
DeClara n.º 60 Dezembro 2022.pdf
DeClara n.º 60 Dezembro 2022.pdfDeClara n.º 60 Dezembro 2022.pdf
DeClara n.º 60 Dezembro 2022.pdfIsabelPereira2010
 
A noite de natal lp
A noite de natal lpA noite de natal lp
A noite de natal lpTeresa Maia
 
A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015
A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015
A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015Pr. Andre Luiz
 
Viver o Natal, por Sidónio e Tiago.
Viver o Natal, por Sidónio e Tiago.Viver o Natal, por Sidónio e Tiago.
Viver o Natal, por Sidónio e Tiago.isabel preto
 
Prova internet-pssi-2006
Prova internet-pssi-2006Prova internet-pssi-2006
Prova internet-pssi-2006Lucas Ferreira
 

Semelhante a Páscoa-Origem e Significado (20)

averdadeirapascoa-130329135443-phpapp01.pdf
averdadeirapascoa-130329135443-phpapp01.pdfaverdadeirapascoa-130329135443-phpapp01.pdf
averdadeirapascoa-130329135443-phpapp01.pdf
 
A verdadeira pascoa
A verdadeira pascoaA verdadeira pascoa
A verdadeira pascoa
 
Páscoa
PáscoaPáscoa
Páscoa
 
Folha Dominical - 02.01.11 Nº354
Folha Dominical - 02.01.11 Nº354Folha Dominical - 02.01.11 Nº354
Folha Dominical - 02.01.11 Nº354
 
DATAS COMEMORATIVAS - NATAL
DATAS COMEMORATIVAS - NATALDATAS COMEMORATIVAS - NATAL
DATAS COMEMORATIVAS - NATAL
 
A Páscoa e seu verdadeiro sentido
A Páscoa e seu verdadeiro sentidoA Páscoa e seu verdadeiro sentido
A Páscoa e seu verdadeiro sentido
 
O significado do natal
O significado do natalO significado do natal
O significado do natal
 
Ss1301 ramos
Ss1301 ramosSs1301 ramos
Ss1301 ramos
 
Roteiro homilético do domingo de ramos ano c
Roteiro homilético do domingo de ramos   ano cRoteiro homilético do domingo de ramos   ano c
Roteiro homilético do domingo de ramos ano c
 
Eubiose 4 out-2011 monolito do inga
Eubiose 4 out-2011 monolito do ingaEubiose 4 out-2011 monolito do inga
Eubiose 4 out-2011 monolito do inga
 
Símbolos do Natal
Símbolos do Natal Símbolos do Natal
Símbolos do Natal
 
DeClara n.º 60 Dezembro 2022.pdf
DeClara n.º 60 Dezembro 2022.pdfDeClara n.º 60 Dezembro 2022.pdf
DeClara n.º 60 Dezembro 2022.pdf
 
A noite de natal lp
A noite de natal lpA noite de natal lp
A noite de natal lp
 
A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015
A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015
A Última Ceia - Lição 11 - 2º Trimestre/2015
 
363 an 20_dezembro_2011.ok
363 an 20_dezembro_2011.ok363 an 20_dezembro_2011.ok
363 an 20_dezembro_2011.ok
 
Coelho
Coelho Coelho
Coelho
 
Advento e natal
Advento e natalAdvento e natal
Advento e natal
 
411 an 26_dezembro_2012.ok
411 an 26_dezembro_2012.ok411 an 26_dezembro_2012.ok
411 an 26_dezembro_2012.ok
 
Viver o Natal, por Sidónio e Tiago.
Viver o Natal, por Sidónio e Tiago.Viver o Natal, por Sidónio e Tiago.
Viver o Natal, por Sidónio e Tiago.
 
Prova internet-pssi-2006
Prova internet-pssi-2006Prova internet-pssi-2006
Prova internet-pssi-2006
 

Mais de Kênia Machado

A importância da leitura
A importância da leituraA importância da leitura
A importância da leituraKênia Machado
 
Avalição de linguagensdivergente8º1
Avalição de linguagensdivergente8º1Avalição de linguagensdivergente8º1
Avalição de linguagensdivergente8º1Kênia Machado
 
Linguagens coonsolidaçãodaaprendizagemoraçõescoordenadas
Linguagens coonsolidaçãodaaprendizagemoraçõescoordenadasLinguagens coonsolidaçãodaaprendizagemoraçõescoordenadas
Linguagens coonsolidaçãodaaprendizagemoraçõescoordenadasKênia Machado
 
142686437 exercicios-sobre-flexao-dos-adjetivos
142686437 exercicios-sobre-flexao-dos-adjetivos142686437 exercicios-sobre-flexao-dos-adjetivos
142686437 exercicios-sobre-flexao-dos-adjetivosKênia Machado
 
A importância da leitura
A importância da leituraA importância da leitura
A importância da leituraKênia Machado
 
Linguagens língualinguagemvariaçãolinguística
Linguagens língualinguagemvariaçãolinguísticaLinguagens língualinguagemvariaçãolinguística
Linguagens língualinguagemvariaçãolinguísticaKênia Machado
 
Gabaritos roteiro de verificação da aprendizagem e estudoarcadismo
Gabaritos roteiro de verificação da aprendizagem e estudoarcadismoGabaritos roteiro de verificação da aprendizagem e estudoarcadismo
Gabaritos roteiro de verificação da aprendizagem e estudoarcadismoKênia Machado
 
Linguagensrotrito erificaçãoaprendizagemarcadismo
Linguagensrotrito erificaçãoaprendizagemarcadismoLinguagensrotrito erificaçãoaprendizagemarcadismo
Linguagensrotrito erificaçãoaprendizagemarcadismoKênia Machado
 
2014 17a-at02-literatura
2014 17a-at02-literatura2014 17a-at02-literatura
2014 17a-at02-literaturaKênia Machado
 
Revisc3a3o das-escolas-literc3a1rias
Revisc3a3o das-escolas-literc3a1riasRevisc3a3o das-escolas-literc3a1rias
Revisc3a3o das-escolas-literc3a1riasKênia Machado
 
Leia o texto abaixo para em seguida responder à questão proposta
Leia o texto abaixo para em seguida responder à questão propostaLeia o texto abaixo para em seguida responder à questão proposta
Leia o texto abaixo para em seguida responder à questão propostaKênia Machado
 
Felicidade clandestina
Felicidade clandestinaFelicidade clandestina
Felicidade clandestinaKênia Machado
 

Mais de Kênia Machado (20)

A importância da leitura
A importância da leituraA importância da leitura
A importância da leitura
 
1º ano
1º ano1º ano
1º ano
 
Avalição de linguagensdivergente8º1
Avalição de linguagensdivergente8º1Avalição de linguagensdivergente8º1
Avalição de linguagensdivergente8º1
 
Linguagens coonsolidaçãodaaprendizagemoraçõescoordenadas
Linguagens coonsolidaçãodaaprendizagemoraçõescoordenadasLinguagens coonsolidaçãodaaprendizagemoraçõescoordenadas
Linguagens coonsolidaçãodaaprendizagemoraçõescoordenadas
 
142686437 exercicios-sobre-flexao-dos-adjetivos
142686437 exercicios-sobre-flexao-dos-adjetivos142686437 exercicios-sobre-flexao-dos-adjetivos
142686437 exercicios-sobre-flexao-dos-adjetivos
 
A importância da leitura
A importância da leituraA importância da leitura
A importância da leitura
 
Linguagens língualinguagemvariaçãolinguística
Linguagens língualinguagemvariaçãolinguísticaLinguagens língualinguagemvariaçãolinguística
Linguagens língualinguagemvariaçãolinguística
 
Gabaritos roteiro de verificação da aprendizagem e estudoarcadismo
Gabaritos roteiro de verificação da aprendizagem e estudoarcadismoGabaritos roteiro de verificação da aprendizagem e estudoarcadismo
Gabaritos roteiro de verificação da aprendizagem e estudoarcadismo
 
Linguagensrevisão
LinguagensrevisãoLinguagensrevisão
Linguagensrevisão
 
Novoacordoortografico
NovoacordoortograficoNovoacordoortografico
Novoacordoortografico
 
Linguagensrotrito erificaçãoaprendizagemarcadismo
Linguagensrotrito erificaçãoaprendizagemarcadismoLinguagensrotrito erificaçãoaprendizagemarcadismo
Linguagensrotrito erificaçãoaprendizagemarcadismo
 
Quem foi tomie ohtake
Quem foi tomie ohtakeQuem foi tomie ohtake
Quem foi tomie ohtake
 
2014 17a-at02-literatura
2014 17a-at02-literatura2014 17a-at02-literatura
2014 17a-at02-literatura
 
Revisc3a3o das-escolas-literc3a1rias
Revisc3a3o das-escolas-literc3a1riasRevisc3a3o das-escolas-literc3a1rias
Revisc3a3o das-escolas-literc3a1rias
 
1ppportugues1ano (1)
1ppportugues1ano (1)1ppportugues1ano (1)
1ppportugues1ano (1)
 
1ppliteratura1ano (1)
1ppliteratura1ano (1)1ppliteratura1ano (1)
1ppliteratura1ano (1)
 
Leia o texto abaixo para em seguida responder à questão proposta
Leia o texto abaixo para em seguida responder à questão propostaLeia o texto abaixo para em seguida responder à questão proposta
Leia o texto abaixo para em seguida responder à questão proposta
 
Tc de literatura6º
Tc de literatura6ºTc de literatura6º
Tc de literatura6º
 
Felicidade clandestina
Felicidade clandestinaFelicidade clandestina
Felicidade clandestina
 
Literatura
LiteraturaLiteratura
Literatura
 

Páscoa-Origem e Significado

  • 1. Dicas de Português – Ensino Médio A Páscoa e a Língua Os hebreus nos legaram senhora herança. Entre os bens que deixaram, a língua sobressai. Páscoa ganha destaque no dia de hoje. A palavra – tão antiga quanto Adão e Eva – quer dizer passagem. Na origem, não tinha nenhum parentesco com religião. Bem antes de Moisés vir ao mundo, os pastores nômades comemoravam a Páscoa. Cantavam e dançavam pela despedida do inverno e chegada da primavera. Na nova estação, a neve se ia. Os campos se cobriam de pastagens. Os alimentos abundavam. Mais tarde, os judeus começaram a festejar a Páscoa. Lembravam, com sacrifícios, a saída do povo de Israel do Egito. Era a passagem da escravidão para a liberdade. No livro Êxodo, a Bíblia conta toda a história. Em 325, os cristãos instituíram a Páscoa. Com ela, exaltam a ressurreição de Cristo. Em outras palavras: a passagem de morte para a vida. Para católicos e protestantes, a Páscoa simboliza a morte vicária. Jesus morreu em lugar dos homens. Para salvá-los. Vocabulário Vicário: Vem do latim “vicarius” e significa “o que faz às vezes de outro” ou “o que substitui outra coisa ou pessoa”. Ex.: ¨A alma que pecar essa morrerá¨. Ezequiel 18:4 A morte vicária de Cristo satisfez as exigências da Lei quanto à morte pelo pecado. Os vicários A religião fala em morte vicária. A língua, em termo vicário. Ambos têm dois pontos comuns. O primeiro: a substituição. A morte de Cristo substitui a dos homens. O termo vicário toma o lugar de outro citado. O segundo: o objetivo nobre. Jesus salvou os homens. O vicário evita repetição. É o caso do pronome pessoal da 3ª pessoa. Ele e ela ocupam o lugar de um nome referido. O texto agradece. Escrever a mesma palavra pertinho uma da outra? Valha-nos Deus! A frase fica monótona. O vicarinho quebra o galho. Aprecie: João, Rafael, Kadu e Carlos estão felizes. Eles descobriram montões de ovinhos no jardim de casa. Muitas pessoas têm triplo expediente. É o caso de Maria. Ela trabalha das 8h às 18h. depois estuda. Mais exemplos Verbos também desempenham papel vicário. O campeão da turma é o fazer. Num piscar de olhos, lá está ele no lugar de outro. Observe: X X
  • 2. A polícia anunciou que a Operação Monte Carlo seria uma bomba. Demorou a abrir o jogo. Quando o fez (= abriu o jogo), surpreendeu gregos e troianos. Ninguém esperava que o senador Demóstenes Torres estivesse envolvido com a gangue do Cachoeira. A frase jocosa atribuída a Jânio Quadros entrou no folclore. Nela, o bigodudo abusou do vicário. - Por que o senhor renunciou?, perguntaram os repórteres. - Fi-lo (renunciei) porque qui-lo (quis renunciar), respondeu o homem da vassourinha. Propriedade vocabular é... Usar a palavra mais adequada ao contexto. É o caso da mudança para o céu. Quarenta dias depois da Páscoa, Jesus voltou para casa. Sozinho, sem ajuda. O ato milagroso se chama ascensão. O verbo ascender. Maria seguiu o filho. Mas precisou ser levada. A subida dela às alturas se denomina assunção. Xô, solidão O substantivo Páscoa sentiu-se solitário. Que tal uma família jeitosa? Oba! Pediu socorro ao sufixo –al. Com ele, formou os adjetivos pascal e pascoal. As duas letrinhas aparece em montões de adjetivos. Em todos, têm o mesmo significado. Quer dizer relacionado com, pertinente a. Pascal e pascoal são relacionados coma Páscoa (festa pascal, Monte Pascoal). Campal, com campo (batalha campal). Matrimonial, com matrimônio (festa matrimonial). E por aí vai. Mil saídas A preocupação com a grafia certinha não vem de hoje. Na dúvida, o dicionário quebra o ganho. Sem o paizão por perto, o jeito é encontrar saídas. Uma delas: trocar seis por meia dúzia. A historinha prova: a língua é um conjunto de possibilidades. O chefe decidiu presentear os subordinados com ovos de Páscoa. Depois da cotação de preços, fez a compra. Pediu que as delícias fossem entregues no escritório ordenou, então, à secretária: - Faça um cheque de R$600. - Como se escreve seiscentos? - Faça dois cheques de R$300. - Trezentos se escreve co s ou z? - Não sabe escrever 300? Faça quatro cheques de R$150. - Chefe, o trema foi abolido? - Pelo amor de Deus, mande pagar em dinheiro. Resposta E o trema? Está morto e enterrado. A reforma ortográfica deixou a língua órfã das duas asinhas de urubu. Agora o u dos dígrafos gu e qu seguidos de e ou i está livre e solto. Mas nem tudo está perdido. A pronúncia se mantém como se nada tivesse mudado: tranquilo, aguentar, inguística. (DICAS DE PORTUGUÊS – Dad Squarisi – Correio Brasiliense- Brasília, domingo, 8 da abril de 2012.)