Ferramentas computacionais

524 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
524
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ferramentas computacionais

  1. 1. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO Nº RF-E&P27.6-DIC-2255 COMITÊ SETORIAL FOLHA 1 of 121 Comitê Setorial de E&P COORDENADOR DO COMITÊ SETORIAL ENTIDADE José Antonio de Figueiredo PETROBRAS COORDENADOR DO PROJETO ENTIDADE José Rodrigues de Farias Filho UFFCÓDIGO DO PROJETO TÍTULO DO DOCUMENTO E&P 27.6 Relatório FinalNOME DO PROJETO Panorama das ferramentas computacionais mais usadas pelos e o grau de domínio sobre essas ferramentas dos Gestores de Projetos. ÍNDICE DE REVISÕES REV DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS 0 EMISSÃO ORIGINAL REV 0 REV A REV B REV C CONTROLE DATA ASSINATURA DATA ASSINATURA DATA ASSINATURA DATA ASSINATURAEMISSÃO (Coordenador doProjeto)APROVAÇÃO(Coordenadordo comitê setorial) As aprovações abaixo serão aplicáveis quando da emissão dos produtos finaisAPROVAÇÃO(CoordenadorExecutivo)APROVAÇÃO(Coordenadordo Comitê Executivol)
  2. 2. Panorama das ferramentas computacionais mais usadas pelos e o grau de domínio sobre essas ferramentas dos Gestores de Projetos. José Rodrigues de Farias FilhoResumo ExecutivoA Pesquisa sobre Ferramentas Computacionais e Gerenciaistem como objetivo principal identificar alguns fatores-chaveque contribuem para o sucesso da utilização de software deapoio a gestão de projetos adotados pelas principaisEPCistas atuantes no Brasil.
  3. 3. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 3 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6SumárioIntrodução .............................................................................. 4Metodologia ............................................................................ 4Principais Resultados .............................................................. 5 Informações gerais .............................................................. 6 Desempenho e impactos ...................................................... 8 Extensão de Uso ................................................................. 25 Funcionalidade ................................................................... 43 Integração ......................................................................... 48 Qualidade nos Resultados do Trabalho ............................... 62 Facilidades de Uso .............................................................. 76 Auto eficácia ...................................................................... 82 Características de Trabalho ................................................ 92 Estímulo da Gestão........................................................... 101 Característica do Usuário ................................................. 108Conclusão ........................................................................... 119
  4. 4. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 4 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6IntroduçãoObjetivo Geral do Questionário Este estudo investiga a percepção de profissionais que agem nas organizações atuantes em atividades de gerenciamento de projetos e organizações que operam em EPC (Engineering, Procurement and Construction) no Brasil, a respeito de fatores associados ao uso de softwares de suporte ao gerenciamento de projetos. Objetivos Específicos O objetivo central deste estudo foi desenvolver, especificamente, um modelo para captação das percepções quanto aos resultados oriundos da aceitação do software de apoio à gestão de projetos.MetodologiaCom base na revisão da literatura, a pesquisa analisou o uso de softwares emquatro dimensões principais: aceitação, satisfação do usuário, sistemas dequalidade e tecnologia adequada. Estas dimensões foram desdobradas em:  Aceitação: utilidade e facilidade de uso e seus efeitos sobre o usuário;  Satisfação do usuário: precisão, conteúdo, periodicidade, formato e facilidade de uso;  Sistemas de qualidade: tangibilidade, confiabilidade, prontidão de reação às sugestões, garantia de qualidade para avaliar sistemas e serviços, e seus efeitos sobre os sistemas eficácia e desempenho do usuário.  Tecnologia adequada: qualidade, segurança, compatibilidade, fiabilidade e facilidade de utilização.Universo e Amostra Como universo de pesquisa foram considerados ex-profissionais indicados pelas empresas participantes do Centro de Excelência em EPC (CE- EPC, http://www.ce-epc.org.br/cms/).
  5. 5. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 5 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Pela natureza da coleta de dados, pode-se dizer que a amostra não é probabilística, ou seja, os resultados valem somente para a amostra pesquisada, e não podem ser generalizados para o universo da pesquisa. Através deste processo, foi alcançado o número de 103 (cento e três) questionários preenchidos, no período.Instrumento e Coleta de Dados Os questionários foram preenchidos via acesso web, através do portal do E&P 27.6 <http://www.labceo.uff.br/ep276>, no período de Abril até Julho de 2009, sendo o convite feito por e-mail aos profissionais que compuseram o Universo da pesquisa. O Apêndice 1 (um) apresenta o conteúdo do questionário aplicado, sendo importante ressaltar que as questões nele inseridas foram oriundas da pesquisa bibliográfica realizada durante o projeto. O questionário era composto por três grupos de perguntas:  O grupo 1 (um), composto pela questão I, buscou captar os dados de identificação da organização;  O grupo 2 (dois), composto pelas questões II a XI, buscou captar a aderência da organização à adoção de sistemas de informação;  O grupo 3 (três), composto pela questão XII, buscou captar as características do respondente.Procedimentos Estatísticos Os dados coletados foram tratados por estatística descritiva, fundamentada principalmente na análise de gráficos. O emprego desta estratégia permitiu descrever e sumarizar o conjunto de dados dessa amostra.Principais Resultados Nesta seção são apresentadas as respostas dos respondentes às questões que compunham os grupos II e III. As respostas às questões do grupo I, por aspectos de confidencialidade, não serão divulgadas neste relatório. Tendo em vista que o objetivo das mesmas era ter os dados dos respondentes para elucidar eventuais dúvidas que poderiam surgir quanto às respostas obtidas.
  6. 6. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 6 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6Informações gerais Nesta questão buscou-se captar informações referentes ao emprego de softwares de gerenciamento mais utilizados pelo respondente, procurou-se saber também, o tempo consumido no uso diário desse software e a frequência semanal de uso do mesmo. Tomando por base as repostas obtidas, pode-se depreender que, para a amostra pesquisada, o tempo diário consumido no uso do software de gerenciamento é baixo, porém a frequência semanal de uso deste é alta. A seguir apresenta-se o detalhamento da análise elaborada para as repostas referentes à questão “informações gerais”.Software mais usado Conforme pode ser observado no gráfico 1 (um), foi verificado, dentre os respondentes, o maior uso do software MS Project (52,4%), inclusive, com observações de uso do software de apoio ao gerenciamento de projetos Primavera (21,4%), SAP (5,8%), próprio (3,0%), entre outros (17,4%). Software mais usado Próprio; 3 Outros; 23 MS Project; 54 SAP; 6 Primavera; 22 Gráfico 1 – Software mais usado, pela amostra consultada, em atividades de gerenciamento de projetos.
  7. 7. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 7 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6Tempo de uso O gráfico 2 (dois) indica a distribuição das respostas dos usuários quanto ao tempo gasto por dia no uso do software de gerenciamento. Observa-se que apenas 33% dos respondentes indicaram que usam o software de gerenciamento por um período superior a duas horas por dia. Uso do Software 35 33 31 30 27 25 Frequência 20 15 11 10 5 0 1 2 4 8 horas por dia Gráfico 2 – Tempo de uso do software de gerenciamento de projetos por dia.Periodicidade de uso O gráfico 3 (três) ilustra a distribuição das respostas dos usuários quanto à freqüência semanal de uso do software de gerenciamento mais adotado. Observa-se que a maioria dos respondentes (58%) disseram que usam a ferramenta computacional 4 (quatro) vezes por semana, o que é superior à metade desses dias. Este fato indica uma alta frequência no uso do software.
  8. 8. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 8 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso do Software 70 59 60 50 Frequência 40 30 20 13 15 13 10 0 1 2 3 4 dias por semana Dias por semana Gráfico 3 – Periodicidade de uso do software de gerenciamento de projetos.Desempenho e impactos Nesta questão buscou-se captar informações às percepções dos respondentes quanto ao: desempenho do software mais utilizado por eles e quanto ao impacto do uso destes softwares sobre as atividades desempenhadas pelos respondentes. Esta questão contemplou as perguntas fechadas, permitindo que o respondente emitisse sua opinião usando uma escala de 1 (um) a 7 (sete), onde o numeral 1 (um) correspondia a resposta “concordância pequena“ e o numeral 7 (sete) correspondente a “concordância alta”. O questionário também permitia que o respondente optasse por não responder a alguma questão específica, optando por marcar a opção “N”. Dentre as principais informações extraídas, destaca-se que, a maior concordância foi quanto a “Melhorar o controle do projeto” e “Aumentar a minha produtividade”, Por outro lado, as maiores discordâncias ocorreram com relação às afirmações de que o uso do software de gerenciamento de projetos resulta no: “Aumento da confiança na execução do trabalho”; “Melhorar na estimativa de custo”, “Melhoria na coordenação da equipe”, “Aumentar a capacidade para resolução de problemas” e “Na melhoria na identificação e controle de riscos”.
  9. 9. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 9 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6Redução do prazo de cumprimento da missão O gráfico 4 apresenta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que “O uso do software permite que eu cumpra a minha missão mais rapidamente“. Observa-se que 12 dentre 103 respondentes discordaram desta afirmação, que na percepção de 11 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 80 concordam com esta asseveração. Este gráfico indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão. O uso do software me habilita a cumprir minha missão mais rapidamente 35 31 30 30 25 Frequência 19 20 15 11 10 6 5 5 1 0 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordânciaGráfico 4 – Nível de concordância sobre o uso do software que habilita a redução do tempo para cumprimento da missão.Melhoria no desempenho do trabalho O gráfico 5 ilustra a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Melhorar o meu desempenho no trabalho“. Analisando este gráfico é possível depreender que 10 dentre os 103 respondentes também discordaram desta afirmação, que na percepção de 14 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 79 concordam com esta asseveração. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão.
  10. 10. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 10 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software melhora meu desempenho no 35 trabalho 29 30 26 24 25 Frequência 20 14 15 10 5 5 3 2 0 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 5 – Nível de concordância sobre o software que melhora o desempenho no trabalho.Aumento da produtividade O gráfico 6 esboça a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Aumentar a minha produtividade“. Avaliando este gráfico é possível depreender que 9 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, que na percepção de 11 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 83 concordam com esta asseveração. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão.
  11. 11. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 11 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software aumenta minha produtividade 40 no trabalho 36 35 30 30 25 Frequência 20 17 15 11 10 4 4 5 1 0 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 6 – Nível de concordância sobre o software que aumenta a produtividade do trabalho.Melhoria na eficácia do trabalho O gráfico 7 esboça a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Melhorar a eficácia sobre o meu trabalho“. Avaliando este gráfico é possível depreender que 7 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, que na percepção de 12 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 84 concordam com esta asseveração. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão.
  12. 12. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 12 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software melhora a eficácia sobre o meu 50 trabalho 45 45 40 35 Frequência 30 27 25 20 15 12 12 10 5 3 3 1 0 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 7 – Nível de concordância sobre o software que melhora a eficácia do trabalho.Facilidade para a realização do trabalho O gráfico 8 mostra a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Proporcionar mais facilidade na realização do meu trabalho“. Avaliando este gráfico é possível interpretar que 7 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, que na percepção de 5 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 91 concordam com esta asseveração. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão.
  13. 13. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 13 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software facilita a realização do meu trabalho 50 45 40 35 Frequência 30 25 20 15 10 5 0 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 8 – Nível de concordância sobre o software que facilita a realização do trabalho.Melhoria na qualidade do trabalho O gráfico 9 mostra a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Melhorar a qualidade do meu trabalho”. Avaliando este gráfico é possível interpretar que 6 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, que na percepção de 11 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 86 concordam com esta asseveração. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão.
  14. 14. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 14 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software melhora a qualidade do meu trabalho 40 33 34 35 30 Frequência 25 19 20 15 11 10 5 3 3 0 0 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 9 – Nível de concordância sobre o software que melhora a qualidade do trabalho.Aumento do controle sobre os processos de trabalho O gráfico 10 apresenta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Ter um maior controle sobre o meu trabalho”. Avaliando este gráfico é possível interpretar que apenas dos 20 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, que na percepção de 11 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 83 concordam com esta afirmação. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a asseveração apresentada na questão. É também possível observar que 3 respondentes não manifestaram a sua opinião neste aspecto
  15. 15. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 15 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 pesquisado. O uso do software dá-me melhor controle sobre o 45 meu trabalho 42 40 35 33 30 Frequência 25 20 18 15 10 5 5 3 2 0 0 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 10 – Nível de concordância sobre o software que aumenta o controle sobre o trabalho.Melhoria da qualidade das decisões O gráfico 11 reporta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Melhorar a qualidade das decisões”. Avaliando este gráfico é possível interpretar que 11 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, que na percepção de 6 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 86 concordam com esta asseveração. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão.
  16. 16. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 16 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software melhora a qualidade das minhas 40 decisões 38 35 31 30 25 Frequência 20 16 15 10 7 6 5 3 1 1 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordãncia Gráfico 11 – Nível de concordância sobre o software que melhora a qualidade das decisões.Aumento da confiança na execução do trabalho O gráfico 12 reporta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Aumento da confiança na execução do trabalho”. Avaliando este gráfico é possível interpretar que 15 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, sendo que, dentre estes, 7 discordaram plenamente. Observa-se ainda que, na percepção de 11 respondentes, não há influência do software no aspecto pesquisado e que 86 respondentes concordam com esta asseveração. Apesar deste gráfico indicar uma predominância de concordância forte com a afirmação apresentada na questão, houve um grande índice de rejeição a esta afirmativa.
  17. 17. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 17 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software melhora minha confiança para 35 realizar o meu trabalho 29 30 24 24 25 Frequência 20 15 11 10 7 7 5 1 0 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 12 – Nível de concordância sobre o software que aumenta a confiança na execução do trabalho.Aumento da capacidade para resolução de problemas O gráfico 13 reporta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Aumentar a capacidade para resolução de problemas”. Avaliando este gráfico é possível interpretar que 17 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, sendo que, dentre estes, 7 discordaram plenamente. Observa-se também que na percepção de 15 respondentes não há influência do software no aspecto pesquisado e que 69 concordam com esta asseveração. Apesar deste gráfico indicar uma predominância de concordância com a afirmação apresentada na questão, houve um grande índice de rejeição a esta afirmativa.
  18. 18. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 18 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software melhora minha capacidade de 30 resolução de problemas 24 24 25 21 20 Frequência 15 15 10 7 7 5 3 2 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordãncia Gráfico 13 – Nível de concordância sobre o software que aumenta a capacidade de resolução de problemas.Melhoria na programação de projetos O gráfico 14 reporta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Melhorar a programação de projetos”. Avaliando este gráfico é possível interpretar que 10, dentre os 103 respondentes, discordaram desta afirmação, que na percepção de 8 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 85 concordam com esta asseveração. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão.
  19. 19. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 19 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software melhora a programação de 50 projetos 44 45 40 35 Frequência 30 25 23 20 17 15 10 7 8 5 1 1 2 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordãncia Gráfico 14 – Nível de concordância sobre o software que melhora a programação dos projetos.Melhoria na estimativa de custos O gráfico 15 reporta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Melhorar na estimativa de custo”. Avaliando este gráfico é possível interpretar que 11 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, que na percepção de 6 respondentes não há influência do software no aspecto pesquisado e que 85 concordam com esta asseveração. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão.
  20. 20. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 20 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software melhora a estimativa de custos 30 25 25 24 25 20 Frequência 15 11 10 7 5 5 5 1 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 15 – Nível de concordância sobre o software que melhora a estimativa de custos dos projetos.Melhoria na identificação e controle de riscos O gráfico 16 ilustra a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Melhorar na identificação e controle de riscos”. Avaliando este gráfico é possível interpretar que 6 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, que na percepção de 6 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 85 concordam com esta asseveração. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão.
  21. 21. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 21 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software melhora a identificação e 30 controle de risco 25 25 23 22 20 Frequência 15 11 9 10 7 6 5 0 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 16 – Nível de concordância sobre o software que melhora a identificação e controle de riscos nos projetos.Melhoria no compartilhamento de informações O gráfico 17 ilustra a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Melhorar o compartilhamento de informações”. Avaliando este gráfico é possível interpretar que 13 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, que na percepção de 10 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 78 respondentes concordam com esta asseveração. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão.
  22. 22. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 22 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software melhora a partilha de 35 informação 33 30 25 23 22 Frequência 20 15 10 10 6 5 5 2 2 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 17 – Nível de concordância sobre o software que melhora a partilha de informação entre a equipe de projetos.Melhoria na coordenação da equipe O gráfico 18 apresenta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Melhorar a coordenação da equipe”. Avaliando este gráfico é possível depreender que 14 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, que na percepção de 11 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 78 concordam com esta asseveração. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão.
  23. 23. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 23 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software melhora a coordenação entre os 30 membros da equipe do projeto 27 25 24 25 20 Frequência 15 11 10 7 5 5 2 2 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 18 – Nível de concordância sobre o software que melhora a coordenação da equipe de projetos.Melhoria no acompanhamento e controle do projeto O gráfico 19 ilustra a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Melhorar o acompanhamento e controle do projeto”. Avaliando este gráfico é possível depreender que 6 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, que na percepção de 7 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 90 respondentes concordam com esta asseveração. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão.
  24. 24. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 24 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software melhora o acompanhamento e 60 controle do projeto. 50 50 40 Frequência 30 28 20 12 10 7 5 0 1 0 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 19 – Nível de concordância sobre o software que melhora o acompanhamento e o controle de projetos.Melhoria no reporte sobre o progresso do projeto O gráfico 20 reporta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação de que o uso do software contribui para “Melhorar o reporte sobre o progresso do controle do projeto”. Avaliando este gráfico é possível depreender que 12 dentre os 103 respondentes discordaram desta afirmação, que na percepção de 7 deles não há influência do software no aspecto pesquisado e que 84 concordam com esta asseveração. Este gráfico também indica uma predominância de concordância forte com a afirmativa apresentada na questão.
  25. 25. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 25 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O uso do software melhora o reporte do progresso 60 de projeto 48 50 40 Frequência 30 23 20 13 10 7 7 3 2 0 1 2 3 4 5 6 7 Grau de Concordância Gráfico 20 – Nível de concordância sobre o software que melhora o reporte do progresso do projeto.Extensão de Uso Nesta seção apresenta-se o resultado da pesquisa quanto à abrangência e extensão do uso do software de gerenciamento de projetos pelos respondentes da pesquisa. Da análise destas questões, destaca-se que:  O uso do software é mais intenso em atividades de gerenciamento de projetos, relacionadas a grandes empreendimentos, do que a pequenos. (Ver gráficos 23 e 24);  O uso do software é mais intenso em atividades de gerenciamento de projetos, em empreendimentos complexos, do que nos simples. (Ver gráficos 23 e 24);  A maioria dos respondentes manifestou a concordância quanto ao uso do software em todas as fases investigadas do projeto: início, planejamento, execução, controle e encerramento. Conforme pode ser observado na análise conjunta deste aspecto, o maior uso é percebido nas fases de execução, controle e planejamento. Um número significativo de respondentes indicou discordância quanto ao uso do
  26. 26. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 26 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 software na fase de início e, principalmente, na fase de encerramento do projeto. Ver gráficos 27, 28, 29, 31 e 31;  Há um número importante de respondentes que usam o software em atividades para gestão do tempo de projeto e, em menor número, para a gestão dos custos dos projetos. Porém, observa-se que há uma discordância importante quanto ao uso do software para as atividades de projeto ligadas à gestão da comunicação, de recursos humanos, do risco, do escopo, da integração e de suprimentos.Uso em todos os processos de gestão O gráfico 21 reporta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação “Uso em todos os processos de gestão do projeto”. Da análise deste gráfico, depreende-se que 24 dos 103 respondentes discordaram desta afirmação, que apenas 58 deles concordaram com esta asseveração, havendo 18 que não concordaram nem discordaram desta afirmativa e três que não manifestaram a sua opinião. Uso o software em todos os processos de gestão de projetos 25 22 20 20 18 16 Frequência 15 12 10 9 5 3 3 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 21 – Nível de concordância sobre uso do software em todos os processos de gestão do projeto.
  27. 27. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 27 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6Uso em todas as fases do projeto O gráfico 22 ilustra a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação “Uso o software em todas as fases do projeto”. Da análise deste gráfico, depreende-se que 16 dos 103 respondentes discordaram desta afirmação, que 69 deles concordaram com esta asseveração, havendo 16 que não concordaram nem discordaram desta afirmativa e 2 que não manifestaram a sua opinião. Uso o software em todas as fases do projeto 30 26 25 24 19 20 Frequência 16 15 10 10 5 3 3 2 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 22 – Nível de concordância sobre uso do software em todas as fases do projeto.Uso na gestão de pequenos projetos O gráfico 23 apresenta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação “Uso o software na gestão de pequenos projetos”. Da análise deste gráfico, depreende-se que 10 dos 103 respondentes discordaram desta afirmação, que apenas 59 deles concordaram com esta asseveração, havendo 15 que não concordaram nem discordaram desta afirmativa e 6 respondentes que não manifestaram a sua opinião.
  28. 28. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 28 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso o software na gestão de pequenos projetos 25 23 23 20 16 15 Frequência 15 10 9 8 6 5 3 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordânciaGráfico 23 – Nível de concordância sobre uso do software em pequenos projetos.Uso na gestão de grandes projetos O gráfico 24 indica a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação “Uso o software na gestão de grandes projetos”. Analisando este gráfico, observa-se que 8 dos 103 respondentes discordaram fortemente desta afirmação. No entanto, 88 deles concordaram com esta asseveração, indicando uma predominância importante de respostas afirmativas a esta questão.
  29. 29. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 29 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso o software na gestão de grandes projetos 60 57 50 40 Frequência 30 23 20 8 8 10 6 1 0 0 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 24 – Nível de concordância sobre uso do software em grandes projetos.Uso na gestão de projetos complexos O gráfico 25 ilustra a distribuição das respostas dos usuários no que diz respeito ao grau de concordância com a afirmação “Uso o software na gestão de projetos complexos”. Da análise deste gráfico, observou-se que 10 dos 103 respondentes discordaram fortemente desta afirmação. No entanto, 87 respondentes concordaram com ela; isso que indica uma predominância importante de respostas afirmativas a esta questão. Uso o software na gestão de projetos complexos 60 54 50 40 Frequência 30 24 20 8 9 10 4 2 2 0 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância
  30. 30. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 30 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Gráfico 25 – Nível de concordância sobre uso do software em projetos complexosUso na gestão de projetos simples O gráfico 26 refere-se à distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “Uso o software na gestão de projetos simples”. Da análise deste gráfico, depreendeu-se um número significativo (32 dentre 103) de respondentes que discordaram desta afirmação e apenas 57 respondentes que concordaram, havendo 13 que não concordaram nem discordaram desta afirmação e 1 que não manifestou opinião. Uso o software na gestão de projetos simples 30 24 25 19 20 17 Frequência 16 15 13 10 8 5 5 1 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 26 – Nível de concordância sobre uso do software em projetos complexos.Uso nos processos de início de projeto O gráfico 27 indica a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “Uso o software na gestão dos processos de início de projeto”. Da análise deste gráfico, observou-se que a maioria dos respondentes (66 dentre 103) concordou com esta afirmação. No entanto, 15 respondentes discordaram desta afirmação e 14 responderam que não concordaram, nem discordaram. Observou-se, ainda, que 8 respondentes não manifestaram opinião.
  31. 31. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 31 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso o software em projeto de início de processos 30 25 25 22 19 20 Frequência 14 15 10 8 7 4 4 5 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de cocnordânciaGráfico 27 – Nível de concordância sobre uso do software nos processos de início de projetos.Uso nos processos de planejamento O gráfico 28 reporta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação “Uso o software na gestão dos processos de planejamento”. Da análise deste gráfico, depreende-se que um número importante de respondentes (85 dos 103) concordou com esta afirmação, existindo, dentre estes, 50 respondentes que concordaram fortemente com a própria. Houve apenas 11 respondentes que discordaram desta afirmação e, entre eles, 8 que discordaram fortemente da mesma. Nesta questão, houve, ainda, 7 respondentes que não concordaram nem discordaram desta afirmação e apenas 1 que não manifestou opinião.
  32. 32. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 32 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso o software em processos de planejamento de 60 projetos 50 40 Frequência 30 20 10 0 0 1 2 3 4 5 6 7 Nível de relevânciaGráfico 28 – Nível de concordância sobre uso do software nos processos de planejamento de projetosUso nos processos de execução O gráfico 29 traz a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação “Uso o software em processos de execução de projetos”. Da análise deste gráfico, depreende-se que apenas 6 dos 103 respondentes discordaram desta afirmação, tendo a maioria significativa (89 dentre 103 respondentes) em concordância. Houve 7 respondentes que não concordaram nem discordaram e apenas 1 respondente que não manifestou opinião.
  33. 33. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 33 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso o software em processos de execução de 60 projetos 52 50 40 Frequência 30 24 20 13 10 7 5 1 0 1 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordânciaGráfico 29 – Nível de concordância sobre uso do software nos processos de execução de projetosUso nos processos de controle O gráfico 30 apresenta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação “Uso o software nos processos de controle de projetos”. Da análise deste gráfico, observa-se que apenas 6 dos 103 respondentes discordaram desta afirmação e uma maioria significativa (90 dentre 103 respondentes) concordou com esta afirmação; sendo que, dentre esta maioria, 51 concordaram plenamente. Há, ainda, 6 respondentes que não concordaram nem discordaram com a afirmativa e apenas 1 respondente que não manifestou opinião.
  34. 34. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 34 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso o software em processos de controle de 60 projetos 51 50 40 Frequência 29 30 20 10 10 5 6 1 1 0 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordânciaGráfico 30 – Nível de concordância sobre uso do software nos processos de controle de projetosUso nos processos de encerramento de projeto O gráfico 31 apresenta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “Uso o software nos processos de encerramento de projetos”. Analisando este gráfico, é possível depreender que a maioria dos respondentes (70 dentre 103) concordou com esta afirmação. No entanto, 18 discordaram e 12 responderam que não concordaram nem discordaram. Observa-se, ainda, que 3 respondentes não manifestaram opinião.
  35. 35. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 35 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso o software em processos de encerramento de 30 projetos 25 25 24 21 20 Frequência 15 14 12 10 5 3 2 2 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordânciaGráfico 31 – Nível de concordância sobre uso do software nos processos de encerramento de projetosUso na gestão do tempo dos projetos O gráfico 32 apresenta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “Uso o software na gestão do tempo dos projetos”. Da análise deste gráfico, depreende-se que 11 dos 103 respondentes discordaram e que apenas 84 concordaram com a afirmação, havendo 7 respondentes que não concordaram nem discordaram e 1 que não manifestou opinião.
  36. 36. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 36 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso o software em gestão do tempo do projetos 50 47 45 40 35 Frequência 30 26 25 20 15 11 10 7 7 5 3 1 1 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 32 – Nível de concordância sobre uso do software na gestão do tempo dos projetosUso na gestão de custo dos projetos O gráfico 33 esboça a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “Uso o software na gestão de custos de projetos”. Analisando este gráfico, é possível depreender que a maioria dos respondentes (62 dentre 103) concordou com esta afirmação. No entanto, 19 dos que responderam discordaram e 9 contestaram que não concordaram, nem discordaram. Observa-se, ainda, que 3 não manifestaram opinião. Uso o software em gestão de custo de projetos 35 32 30 25 21 Frequência 19 20 15 9 9 10 7 5 3 3 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância
  37. 37. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 37 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Gráfico 33 – Nível de concordância sobre uso do software na gestão de custo dos projetos.Uso na gestão da comunicação em projetos O gráfico 34 apresenta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “Uso o software na gestão da comunicação em projetos”. Da análise deste gráfico, depreende-se que houve uma discordância importante em relação a esta afirmativa (28 dos 103 respondentes). Observa-se, também, que 13 respondentes não concordaram nem discordaram e que 6 não manifestaram opinião. Dessa forma, apenas 56 respondentes concordaram com dada afirmação. Uso o software em gestão de comunicações em 30 projetos 26 25 20 17 Frequência 15 13 13 13 10 9 6 6 5 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordânciaGráfico 34 – Nível de concordância sobre uso do software na gestão da comunicação dos projetosUso na gestão de recursos humanos dos projetos O gráfico 35 reporta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “Uso o software na gestão de recursos humanos em projetos”. Da análise deste gráfico, depreende-se que 31 dos 103 que responderam discordaram desta afirmação, havendo 13
  38. 38. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 38 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 respondentes que não concordaram nem discordaram desta afirmação e 8 que não manifestaram opinião. Ou seja, apenas 51 dos respondentes (o que representa menos do que a metade da amostra) concordaram com esta afirmação. Uso o software em gestão de recursos humanos 25 em projetos 21 20 16 14 Frequência 15 13 13 11 10 8 7 5 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordânciaGráfico 35 – Nível de concordância sobre uso do software na gestão de recursos humanos dos projetosUso na gestão de risco dos projetos O gráfico 36 ilustra a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “Uso o software na gestão de riscos em projetos”. Da análise deste gráfico, depreende-se que 30 dos 103 respondentes discordaram desta afirmação e apenas 59 respondentes concordaram com ela, havendo 11 respondentes que não concordaram nem discordaram e 3 que não manifestaram opinião.
  39. 39. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 39 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso o software em gestão de risco em projetos 25 23 20 20 16 15 14 Frequência 11 10 8 8 5 3 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordância Gráfico 36 – Nível de concordância sobre uso do software na gestão de risco dos projetos.Uso na gestão do escopo dos projetos O gráfico 37 reporta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “Uso o software na gestão do escopo dos projetos”. Da análise deste gráfico, depreende-se que 73 dos 103 respondentes concordaram com esta afirmação, sendo que, 20 respondentes discordaram, 8 não concordaram nem discordaram da mesma e 2 não manifestaram opinião.
  40. 40. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 40 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso o software em gestão do escopo dos projetos 35 30 30 25 22 21 Frequência 20 15 10 8 8 7 5 5 2 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Nível de relevância Gráfico 37 – Nível de concordância sobre uso do software na gestão do escopo dos projetosUso na gestão da integração dos projetos O gráfico 38 apresenta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “Uso o software na gestão da integração de projetos”. Analisando este gráfico, observa-se que 73 respondentes concordaram com esta afirmação, 20 discordaram, 8 não concordaram nem discordaram desta afirmação e 2 não manifestaram opinião.
  41. 41. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 41 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso o software na gestão de integração dos projetos 35 30 30 25 Frequência 20 18 15 13 12 10 10 8 7 5 5 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Nível de relevância Gráfico 38 – Nível de concordância sobre uso do software na gestão da integração dos projetos.Uso na gestão de suprimentos dos projetos O gráfico 39 refere-se à distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “Uso o software na gestão de suprimentos dos projetos”. Da análise deste gráfico, depreende-se que 25 dos 103 respondentes discordaram desta afirmação e que apenas 61 concordaram com a mesma, havendo 12 que não concordaram nem discordaram e 5 respondentes que não manifestaram opinião.
  42. 42. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 42 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso o software na gestão de suprimentos dos 30 projetos 25 24 24 21 20 Frequência 15 10 10 7 6 6 5 5 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Nível de relevância Gráfico 39 – Nível de concordância sobre uso do software na gestão de suprimentos dos projetos.Uso na gestão da qualidade dos projetos O gráfico 40 apresenta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “Uso o software na gestão da qualidade dos projetos”. A análise deste gráfico permite interpretar que 28 dos 103 respondentes discordaram desta afirmação, havendo 10 respondentes que não concordaram nem discordaram desta afirmação e 6 que não manifestaram opinião. É possível ainda observar que apenas 59 respondentes concordaram com esta afirmação, mesmo assim, dentre estes, a maior parte não concordava plenamente.
  43. 43. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 43 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 Uso o software na gestão da qualidade dos 30 projetos 25 25 20 19 Frequência 15 15 14 10 10 10 6 5 4 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Nível de relevânciaGráfico 40 – Nível de concordância sobre uso do software na gestão da qualidade dos projetosFuncionalidade Nesta seção, apresentam-se os resultados da pesquisa quanto às funcionalidades do software de gerenciamento de projetos utilizado pelos respondentes da pesquisa. Da análise das repostas obtidas, destaca-se que, de uma forma geral, os respondentes indicaram concordância não muito intensiva quanto à aderência das funcionalidades às atividades de gerência do projeto. A seguir, apresenta-se o resultado obtido em cada uma da perguntas referentes a esta questão.Funcionalidades disponíveis O gráfico 41 remete à distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “O software que uso oferece um alto grau de funcionalidades”. Observa-se que 74 respondentes concordaram com esta afirmação, 14 respondentes discordaram desta e 14 não concordaram nem discordaram; sendo que, apenas 1 não manifestou opinião.
  44. 44. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 44 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O software que eu uso oferece um alto grau de fucionalidades 30 26 25 25 23 Frequência 20 14 15 10 7 3 4 5 1 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concordânciaGráfico 41 – Nível de concordância sobre as funcionalidades oferecidas pelo software.Recursos disponíveis O gráfico 42 apresenta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “O software que uso oferece todos os recursos que eu preciso nas minhas atividades”. É possível observar que apenas 64 respondentes concordaram com esta afirmação, 22 respondentes discordaram da mesma, havendo 17 respondentes que não concordaram nem discordaram; nenhum deles deixou de manifestar opinião.
  45. 45. IDENTIFICAÇÃO DO DOCUMENTO REV. Nº RF-E&P27.6-DIC.2255 0 CÓDIGO DO PROJETO: FOLHA: E&P 27.6 45 of 121 TÍTULO DO DOCUMENTO: Relatório Final E&P - 27.6 O software que eu uso fornece todos os recursos que eu preciso para o meu trabalho 30 27 25 25 Frequência 20 17 15 12 10 9 10 5 3 0 0 N 1 2 3 4 5 6 7 Grau de concorsância Grau de concordância Gráfico 42 – Nível de concordância sobre os recursos oferecidos pelo software.Atendimento aos requisitos do trabalho O gráfico 43 apresenta a distribuição das respostas dos usuários quanto ao grau de concordância com a afirmação: “O software que uso satisfaz os requisitos exigidos pelo meu trabalho.” Da análise deste gráfico, é possível depreender que apenas 71 respondentes concordaram com esta afirmação; 19 discordaram e 13 não concordaram nem discordaram de tal afirmativa.

×