2ªedição

63 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
63
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2ªedição

  1. 1. aiores ESCOLA ECOPORANGA É 1º LUGAR NO PRÊMIO GESTÃO ESCOLAR FEIRA DE CIÊNCIAS Após muita preparação e expectativa, nos dias 02 e 03 de agosto aconteceu em nossa escola a Feira de Ciências. Neste ano os trabalhos foram desenvolvidos sobre os temas sustentabilidade, economia verde, erra- dicação da pobreza, reaproveitamento de alimentos, cultivo de produtos sem agrotóxicos e reutilização do lixo. A escola foi dividida em vários espaços, abertos para visitação dos pais e toda comunidade. Teve sala de orquidário, horta suspensa, montagem do sistema di- gestivo, sala com pratos criativos sobre o reaproveita- mento de alimentos e os impactos ambientais, experi- ências químicas e até tenda musical com apresenta- ções de paródias sobre os temas. A produção científica em escolas de ensino médio e fundamental representa uma etapa para o crescimento do país, pois com este tipo de iniciativa o cotidiano es- colar torna-se mais dinâmico e atrativo para os jovens, levando-os a buscar o conhecimento . Um dos projetos apresentados na feira, Plantação de Orquídeas do gênero Phalaenopsis com materiais alter- nativos desenvolvido pelo professor Jaílson Mauricio Pinto com alunos das 8ª séries e 2º EMI foi inscrito na 9ª Feira Estadual de Ciências e foi classificado entre os melhores do estado. Nos dias 16, 17, 18 e 19 de outubro o professor e os alunos responsáveis pelo projeto estarão em Vitória na Ufes, na Feira Estadual, com um estande divulgando o trabalho e concorrendo com os demais projetos de todo o estado. Outubro/2012Volume II Edição II EDUCANDO PARA A VIDA Informativo da “EEEFM Ecoporanga” Ecoporanga-ES O Consed ( Conselho Nacional de Secretários de Educação) junto com outros parceiros promovem a cada ano , desde 1998, o Prêmio Gestão Escolar ,que tem como principal objeti- vo favorecer a melhoria contínua do trabalho das escolas, por meio da revisão e do aprimoramento de seus processos de gestão escolar. Neste ano, 32 escolas do estado se inscreveram para partici- par do processo que tem como critérios de seleção a autoava- liação da gestão escolar e a proposta de um plano de melho- ria. Cada escola preparou um dossiê no qual são apresenta- dos detalhadamente esses dados. As 03 escolas finalistas receberam a visita de uma comissão de avaliadores que verificaram se o que foi apresentado cor- responde com a realidade da escola. Após esse processo, fi- nalmente foi divulgado qual é a escola referência no estado em gestão escolar. A grande vencedora deste ano é a nossa escola, que rece- berá R$ 6 mil, que deverão ser investidos em projetos escola- res, e a diretora da unidade de ensino foi premiada com uma viagem de intercâmbio nos Estados Unidos neste mês de ou- tubro. O Prêmio foi comemorado pelos alunos, professores e funci- onários com uma passeata pelas ruas da cidade de Ecoporan- ga.
  2. 2. aioresE Em cena...José de Alencar Depois de meses de leitura, produção e ensaios os persona- gens de “Senhora”, “Iracema”,”A viuvinha”, “Cinco Minutos”, “Diva” e a “ Pata da Gazela” ganharam vida no auditório de nos- sa escola entre os dias 20 a 24 de agosto. Os alunos das turmas de 2º ano Ensino Médio dos turnos ma- tutino e vespertino sob a orientação das professoras Márcia Ca- rina e Cátia foram os responsáveis pelo Festival de teatro “José de Alencar” que movimentou a escola durante essa semana. Cada turma foi dividida em dois grupos que leram as referidas obras, produziram as peças e apresentaram para as outras turmas de 2º ano. Sendo assim todos apresentaram e também assistiram às produções. O empenho e dedicação de todos foram responsáveis pelas ótimas apresentações. Os alunos conheceram e apreciaram a literatura clássica brasileira provando que o encanto pela leitura ainda é possível. “Pé na estrada” Durante o ano letivo os alunos de nossa escola tiveram a oportunidade de visitar vários lugares e eventos como forma de aprimorar os conhecimentos aprendidos em sala de aula. Visita ao Museu Melo Leitão em Santa Teresa No museu, os alunos conheceram algumas espécies da fauna e flora que compõem parte da Região Serrana e da his- tória do naturalista capixaba Augusto Ruschi, falecido em 1986, que teve destaque na pesquisa sobre o beija-flor e ou- tras espécies de animais encontrados no Espírito Santo e no ativismo em prol da contenção do desmatamento. Visita ao Bandes e Banestes em Vitória Os alunos do ensino médio integrado conheceram a his- tória do Bandes e os serviços prestados à comunidade, que incluem o planejamento estratégico e soluções financeiras para as empresas. Os estudantes também puderam ver, por meio de painéis, as fases da economia do Estado e os passos da sua evolução.Para finalizar, os estudantes seguiram para o Banestes para conhecer o Centro de Processamento de Da- dos (CPD), setor responsável pelo gerenciamento de dados, redes de informação, servidores e provedores. Visita aos Órgãos Públicos em Vitória Alunos dos cursos técnicos em Secretaria Escolar, Ven- das e Agronegócio visitaram alguns órgãos estaduais. Os destinos escolhidos foram a Assembleia Legislativa do Espíri- to Santo, o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) e a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). O objetivo foi colocar em prática os conteúdos lecionados em sala de aula, além de promover a interatividade entre os estu- dantes. Visita a Exposição Genômica Em outubro nos dias 03, 09, 25 e 30 os alunos do ensino médio, 7ª e 8ª séries visitaram no Palácio Anchieta—Vitória – ES a mostra Revolução Genômica, concebida pelo American Museum of Natural History, em Nova York, e adaptada ao pú- blico brasileiro pelo Instituto. A mostra apresenta, por meio de recursos cenográficos arrojados e painéis interativos, uma visão cultural da ciência moderna, passando pelos campos da biologia molecular, genética, seus impactos na ciência, na tecnologia e, principalmente, em nossa vida. Gincana “Arte e Educação” Todos os anos nossa escola promove atividades em comemoração ao dia dos pais e do estudante, neste ano não foi diferente. Todos os tur- nos se envolveram e participaram de uma disputadíssima gincana. Foram escolhidos dois grandes nomes da Cultura Brasileira para se- rem homenageados: Jorge Amado e Luiz Gonzaga devido ao centená- rio dos artistas. Durante uma semana todas as equipes se preparam e no dia 28-09 foi a apresentação das provas que variavam desde a apresentação de coreografias com música de Luiz Gonzaga até dança de salão entre pais e filhos, teatro sobre a família brasileira, show de humor e brinca- deiras entre todas as famílias. Informativos gerais
  3. 3. aiores ESPAÇO ABERTO Granito: importante mas limitado. Dos minerais preciosos, o granito destaca-se por seus variados formatos de uso e colorações, que despertam o encantamento de todos os mortais. E para que esse efeito possa acontecer, é necessário um longo processo, da extração ao produto final. Localizada em uma região rochosa, a pequena Ecoporanga é um importante polo de extração de granito no Espírito Santo. Por isso o município possui sua economia baseada na exportação do mineral, que mesmo sem beneficiamento, é de grande valor comercial, o que assegura a arrecadação de impostos e a movi- mentação econômica . Ter a economia constituída em apenas um pilar não é confiá- vel. Fato evidenciado pela crise mundial em 2008, que afetou e muito o nosso município . Com os países importadores de grani- to ecoporanguense no centro da crise, as exportações despen- caram, as mineradoras beiraram a falência, algumas fecharam as portas, muitos trabalhadores foram demitidos com isso o co- mércio local praticamente parou, diminuiu a tributação, as pesso- as se endividaram, ocorreu um efeito dominó, a economia se estagnou por um longo período. Passada a crise, o município volta à normalidade. Mas os pro- blemas do granito continuam, agora são os rastros da devasta- ção que persistem. A mineração deixa algumas lacunas irrepará- veis no ambiente, visto que a preocupação com a recuperação das áreas degradadas ficam em segundo plano, agravada pela falta de fiscalização. Tendo como exemplo uma mineradora instalada nas proximida- des do distrito Dois de Setembro e que, segundo informações não oficiais, a empresa fez uma análise da rocha, confirmou sua boa qualidade, mais tarde começou a exploração, sem qualquer identificação, conforme as normas dos órgãos competentes. Posteriormente houve um acidente com os donos da mineradora provocando a suspensão dos trabalhos. Finalmente, a pedreira extraiu os primeiros blocos de pedra, entretanto, o aparecimento de uma rachadura na rocha proporcionou o fim dos serviços pois o valor comercial do granito não compensaria o elevado custo da extração. A pedreira se foi e as consequências permaneceram, o que era apenas a parte exposta de uma pedra às margens de uma estrada pouco movimentada, agora é um paredão com amontoados de pedra ao redor, nem mesmo há sinais de recu- peração da água. Situações como essa são comuns em nossa cidade, mas o que fazer quando o granito acabar? Estaremos preparados para su- portar as consequências ? Com base nessas perguntas é preci- so elaborar soluções cabíveis. Reunir governo, comunidade e especialistas para debaterem e apresentarem propostas funda- mentadas e consistentes que redirecionarão a economia de Eco- poranga. Enfim, planejar a curto e longo prazo os passos para solidificar a saúde socioeconômica de uma cidade é assegurar um futuro próspero. Só haverá um futuro digno e igualitário se houver uma relação harmônica entre o homem, a natureza e a economia, pois país rico é país sem pobreza. Fausto Luiz Vanderlei Pereia 3º M-02 Lembrança da escola Era um lugar lindo, Cheio de vida, Uma lembrança querida Que jamais vou esquecer. Um simples lugar, Onde se aprende Um momento único, Da vida da gente. Não tenho palavras Para demonstrar, O orgulho que tive, De estudar lá. O amor por aquela escola Me fez perceber Que o objetivo dela, É nos fazer crescer. Noélia S. Lopes –7ª M-02 Quando a gente cresce E de repente a gente cresce. Sem alguém para nos dizer, você simplesmente percebe que cresceu. Quando vai dormir e não faz questão de receber um beijo de boa noite, você percebe que cresceu; Quando apaga a luz e não tem vontade de fugir do escuro, vo- cê percebe que cresceu; Quando a palavra amizade ganha um sentido maior, você per- cebe que cresceu: Quando alguém lhe chama a atenção e sua primeira reação não é correr para perto dos pais, você percebe que cresceu; Quando você pode sair sozinho e já se considera dono de suas coisas, você percebe que cresceu; E quando se torna responsável por tudo que faz e não tem uma visão tão inocente da vida; não perdoa com facilidade e se enver- gonha de coisas que te deixam feliz... Você percebe que, infelizmente, cresceu. Gilcimara B. Costa—8 ª M-03 Alunas: Lorena Alves, Ana Paula Nicoli, Aline Aquino, Melissa Kimberlly, Emilli Lima. 3º EMI
  4. 4. aiores FIQUE LIGADO! Você que se prepara para ingressar no ensino superior fi- que atento as informações : ProUni É um programa do Ministério da Educação, criado pelo Governo Federal em 2004, que oferece bolsas de estudos em instituições de educação superior privadas, a estudantes brasileiros de baixa renda sem diploma de nível superior. O ProUni é o maior progra- ma de concessão de bolsas de estudos da história da educação brasileira. Maiores informações acesse http://prouni2013.com.br/ Sisu Criado pelo Governo Federal no ano de 2010, o Sistema de Seleção Unificada é gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC) e tem o objetivo principal de unificar a oferta de vagas em universidades públicas do Brasil.Através do SISU, as Instituições de Educação Superior (IES) fazem a seleção dos estudantes que se inscrevem no Sistema em busca de uma das oportunida- des oferecidas. Desde quando foi criado, o número de IES que aderem ao processo de seleção vem crescendo. Maiores infor- mações acesse http://www.sisu2013.org/ Nossa bolsa É um programa implantado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia, com o objetivo de ampli- ar as oportunidades de acesso ao ensino superior para estudan- tes oriundos do ensino público. Podem participar estudantes que tenham cursado todo o Ensino Médio em escolas públicas capi- xabas, com renda per capita familiar inferior a 3 salários míni- mos. O estudante será pré-selecionado com base na nota objeti- 2ª SEMANA DE VENDAS Os alunos do curso Técnico em Vendas, realizaram no período de 24 à 28 de Setembro, coordenados pelo professor Hilton Reis da Silva a II Semana de Vendas. Na ocasião, tiveram a oportunidade de dar prática à teoria adquirida em sala de aula. Os alunos criaram uma empresa fictícia e comercializaram seus produtos durante o recreio do turno noturno. JOGOS NA REDE E SEMANA CULTURAL O “Na Rede” é uma das ações do projeto Esporte na Escola, da Secretaria de Estado da Educação (Sedu), em que unida- des de ensino da rede pública estadual se unem por meio do esporte. São mais de dois meses voltados para os torneios es- portivos envolvendo várias modalidades, como vôlei, futebol, atletismo, handebol e basquetebol. Na semana 16 a 19-10 nossa escola estará participando dos jogos junto com outras escolas da Superintendência Regional em Barra de São Francisco nas modalidades Handebol (masc.- fem.) Juvenil e Futsal (masc.) Juvenil. Nesse mesmo período a escola vai promover a “Semana Cul- tural” com oficinas de teatro, vídeo, dança e poesia; apresenta- ção de diversas atividades culturais e desfile da “Beleza Ne- gra” DESTAQUES DAS OLIMPÍADAS DE LÍNGUA PORTUGUESA Durante o primeiro semestre os professores de Língua Portu- guesa desenvolveram sequências didáticas que visavam a leitura, interpretação e produção de diversos gêneros textuais ,dentre eles destacamos as Memórias, Crônicas e Artigo de Opinião co- brados nas Olimpíadas de Língua Portuguesa. No mês de setembro a comissão julgadora da escola selecionou os textos de Emanoelly Santos Dal’Col—6ª M0-2 ( Memórias), Gabriela Maria de Jesus de Paulo– 8 ª M03– (Crônicas) e Fausto Luís Vanderlei Pereira—3º M-02 ( Artigo de Opinião) para repre- sentar a escola em cada gênero no município. O artigo produzido pelo aluno Fausto foi o escolhido pela comis- são julgadora municipal para concorrer a nível estadual. Parabéns a todos os professores e alunos que participaram desse processo de intenso aprendizado. Dicas E EVENTOS Filosofando... Com Prof.º Manuel Salles “O VERDADEIRO SENTIDO DA VIDA SE CONJUGA NO VERBO SER, E NÃO NO VERBO TER.” “ CONHEÇA-TE E O CÉU SERÁ O TEU LIMITE” CONTOS INFANTIS EM ESPANHOL Os alunos das turmas de 3º ano ensino médio reviveram mo- mentos de infância ao produzir e encenar peças teatrais de contos infantis clássicos, mas em espanhol. A profª Roberta desenvolveu o projeto “Resgatando valores através de contos infantis” que teve como objetivo desenvolver a ética ,trabalho em equipe, motivação e como foco principal a fala e as pro- núncias em espanhol.

×