Da era vargas ao golpe de 64 - 2013 show

2.061 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.061
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
165
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Da era vargas ao golpe de 64 - 2013 show

  1. 1. ERAVARGASDE30A45
  2. 2. Governo Provisório1930 - 1934
  3. 3. Governo ProvisórioRevolução de 30 Junta pacificadora:Tasso FragosoIsaías NoronhaMena Barreto poder para Getúlio VargasForças na Revolução de 30: Tenentes Oligarquias Regionais Camadas Urbanas Burguesia Industrial
  4. 4. Governo Provisório Decreto 19.398  Getúlio VargasLei Orgânica:# Dissolução do Congresso Nacional# Dissolução das Casas LegislativasEstaduais e Municipais# Interventores nos Estados (Menos MG)Forças Políticas:# Oligarquias tradicionais (perda do poder)# Tenentes# Militares Legalistas(manutenção da ordem) Tenentes: Poder ditatorialmedidas econômicasnacionalistasX Oligarquias Regionais: Realização deeleições(volta ao poder) Empréstimos estrangeiros (crise 29)Medidas de Caráter Social:# Ministério Educação e Saúde# Ministério do Trabalho, Indústria eComércio
  5. 5. Governo ProvisórioProblemas Econômicos: Queda nos valores do café Diminuição do comércio exterior Desvalorização da moedaAção do Governo para resolver a criseeconômica: Valorização do café Conselho Nacional do café Adiamento para pagamento dasdívidas dos produtores ecomerciantes Compra pelo governo de 17.500.000sacas Queima de 78.217.000 sacas(1931-1944) Medidas: 20% da Produção a preços simbólicos Impostos sobre novos cafezais Imposto para saca exportada Fim do Liberalismo clássico Intervencionismo Estatal na economia
  6. 6. Governo ProvisórioPopulismo manipulação das massastrabalhadorasLegislação Trabalhista: Proibição das diferençassalariais para mesmo trabalho 2/3 empregados brasileiros Sindicatos Regulamentação do Trabalho damulher e da criança Proteção às grávidas Jornada de 08 horas/dia Descanso Semanal remunerado Salário Mínimo Férias Indenização ao trabalhador nademissão sem justa causa
  7. 7. Governo ProvisórioRevolução Constitucionalista (1932)Causas: Marginalização política da OligarquiaPaulista Dificuldades econômicas Descontentamento do P.D. (São Paulo) Descontentamento popular Nomeação de interventores (João Albertoe Pedro de Toledo) Descontentamento de Oligarquiasregionais com o Governo centralizador Nova Constituição e Eleições M.M.D.C. (23/05/1932)Características: Revanchista Constitucionalista Separatista 09/07/1932  Eclode a Revolução
  8. 8. Governo ProvisórioLíderes: Civis: Pedro de Toledo eFrancisco Morato Militares: Isidoro Dias Lopes eBertoldo Klinger (MT) Apoio inicial de Minas, que não seconcretizou 03 meses de luta FIESP  produção de armasinsuficiente Rendição: falta de Infra-estruturabélico-militarConseqüências: Fracasso militar Vitória moral: Vargas convocaeleições e nova Constituição
  9. 9. Governo ProvisórioAssembléia Constituinte (1933): 214 deputados estaduais 40 deputados sindicais 16/07/1934: Promulgação da 2ªConstituição RepublicanaConstituição de 1934: Inspirada na Constituição Alemã deWeimar Federalismo Presidencialismo Liberal e Centralizadora Independência dos 03 poderes 03 poderes com ênfase para oexecutivo Eleições diretas universais com votosecreto para alfabetizados comidade igual ou superior a 18 anos Voto Feminino Extingue-se a Vice-Presidência Deputados Classistas(representantes dos Sindicatos)eleitos indiretamente Divisão entre Câmara (04 anos) eSenado (08 anos): n.º proporcionalao n.º de habitantes do Estado Justiça do trabalho Imigração: 2% sobre asnacionalidades existentes no país Propriedade nacional do subsolo Medidas nacionalistas e estatizantes Ensino primário obrigatório egratuito (04 anos) Mandado de Segurança Incorporação da LegislaçãoTrabalhista17/07/1934: Getúlio Vargas ganha aeleição indireta contra Borges deMedeiros Início do Governo Constitucional
  10. 10. Governo Constitucional1934 - 1937
  11. 11. Governo Constitucional 17/07/1934: Vargas eleitopresidente de forma indiretaCrise Econômica fruto de 29: Aumento do desemprego Diminuição dos salários Miséria, fome, conflitos sociaisLutas políticas internacionais: NaziFascismoX Comunismo Clima político de PolarizaçãoIdeológica
  12. 12. Governo ConstitucionalAção Integralista Brasileira (AIB): Movimento de extrema direita Estado Corporativo Governo Ditatorial Nacionalismo Exagerado “Deus, Pátria, Família” Camisas Verdes (Anauê) Anticomunista Altas camadas sociais, altoclero, cúpula militar e parte dascamadas médias descontentescom as oligarquias Plínio Salgado(manifesto a Nação Brasileira)
  13. 13. Governo ConstitucionalAliança Nacional Libertadora (ANL): Movimento de esquerda Terceira Internacional(Komintern) Comunismo Soviético Partido Comunista Brasileiro Democracia (governo popular) Antiimperialismo(nacionalização de Empresasestrangeiras) Proteção a pequenos e médiosproprietários Antifascismo Adesão popular (1600 núcleos)(400.000 filiados) Luís Carlos Prestes
  14. 14. Governo Constitucional Reação contra frente popular:Lei de Segurança Nacional 11/07/1935  Fechamento da ANL eprisão dos líderes repressão policialIntentona Comunista (23/11/1935): Reação do PCB a prisão de Prestas ea Repressão Policial Natal: Comitê Popular Revolucionário(Soldados) Recife e Olinda: 25/11/1935(Cabos) Rio de Janeiro: 27/11/1935(Sargentos) Repressão rápida e eficaz do Governo Prisões(Graciliano Ramos – Mem. do Cárcere) Estado de Sítio (Ditadura)
  15. 15. Governo ConstitucionalSucessão Presidencial: Armando Sales de Oliveira:oligarquias paulista e mineira e partede outros estados José Américo de Almeida:Setores do RS, alguns paulistas,governo de Minas e maioria dasoligarquias nordestinas Plínio Salgado: Apoiado pela AIB Vargas apóia José Américo(mas quer continuar no poder) Precisa do apoio dos militares(GOLPE)Góes MonteiroEurico Gaspar Dutra
  16. 16. Governo ConstitucionalGolpe de 1937: Plano Cohen:nome código de um suposto planocomunista para tomar o poder nopaís Divulgação nos jornais e rádiospara criar pânico entre setoresdominantes, classes médias ecamadas populares Congresso decreta Estado deGuerra Poderes ditatoriais para oPresidente Intervenção nos EstadosContinuísmo de Vargas aparececomo “Salvação Nacional” 10/11/1937:Fechamento do Congresso Golpe de Estado
  17. 17. Estado Novo1937 - 1945
  18. 18. Estado NovoMedidas para implantação doEstado Novo: Comandos militares substituídos. Governos Estaduais: Interventores Nova Constituição Outorgada Supressão de todos os partidos políticos (12/1935)Características do Novo Período: Identificação da Nação com o líder Centralização(político-administrativa) Fim da autonomia dos Partidos Políticos Censura (DIP) Princípios fascistas, mas oRegime era Vargas
  19. 19. Estado NovoConstituição de 1937 (“Polaca”) Francisco Campos (“Chico Ciência”) 10/11/1937:Outorgada a Constituição Fascismo e Nacionalismo(Carta del Lavoro e Const. Polonesa) Centralização no Executivo Anulada a autonomia dos Estados(Fim das Bandeiras Estaduais) Intervenção do Estado(campo político, social e econômico) Fim dos direitos individuais e degreve Corporativismo(eliminar independência sindical) Censura (DIP) Pena de morte (golpe integralista) Eleições indiretas Fim dos partidos políticos(decreto 12/1937) Conselho Nacional (Senado) Parlamento Nacional(Câmara dos Deputados) Mandato Presidencial: 06 anos Aprovação da Constituição porPlebiscito (nunca aconteceu)
  20. 20. Estado NovoGolpe Integralista 1938: Inconformados com a dissoluçãoda AIB Líderes:Belmiro ValverdeSevero Fournier 11/05/1938  civis, marinheirose fuzileiros navais Ataque ao Palácio da Guanabara Ataque ao Ministério da Marinha Repressão do Governo Fim do movimento Exílio dos líderes
  21. 21. Estado NovoAdministração do Estado Novo:DASP(Departamento Administrativo doServiço Público) Aparelho burocrático Racionalizar e Modernizar aAdministração Pública Recrutamento do funcionalismo Desenvolvimento Técnico Concursos públicosDIP(Departamento de Imprensa ePropaganda) Controle e repressão Censura (Meios de Comunicação) Controle ideológico “evitar perigo comunista” Propaganda do Presidente(“Pai dos Pobres”) Hora do Brasil Jornal: A Noite
  22. 22. Estado NovoAdministração do Estado Novo:Polícia Secreta: Filinto Müller Repressão ao Pensamento diferentee ao comunismo Violência, tortura,desaparecimentos. “Evitar indivíduos nocivos à ordempública”Trabalhismo: Controle dos sindicatos (neutralizara informação pública do operariado) Corporativismo e Peleguismo Justiça do Trabalho Salário Mínimo (1942) Proibição de greves Consolidação das Leis doTrabalho (CLT – 1943) Imposto Sindical (Gov. gerencia)
  23. 23. Estado NovoEconomia do Estado Novo: Imigrantes + Fim da Escravidão:# aumento de mão-de-obra# aumento do M. Consumidor Monocultura Exportadora em Crise 1ª Guerra Mundial:Estímulo à Indústria Crise de 29:# Crise do Café# Novo estímulo à Indústria Valorização do Café:# “Principal Produto de Exportação”# Novos empréstimos e Queima# Adiamento da catástrofe final Desenvolvimento Industrial:# Auxílio com a da 2ª G. Mundial# Capital Estatal + Privado
  24. 24. Estado NovoPlano qüinqüenal para Desenvolvimentoda Indústria (1939) Estímulo a Diversificação daProdução Política cambial protecionista Incentivos fiscais e tributários Sistema de créditos (Banco Brasil) Criada a SUMOC Reforma monetária (Cruzeiro) Criação de Empregos pelo Governo Empresas Estatais:# Cia Siderúrgica Nacional (CSN)# Fábrica Nacional de Motores (FNM)# Cia Nacional de Álcalis (CNA)# Vale do Rio Doce Conselho Nacional do PetróleoEducação:# Reforma do Ensino (1942)# Criação do Senai
  25. 25. Estado NovoCangaço: Fatores:# Crise dos coronéis no NE# Miséria e Fome Características:# Banditismo Social# Terror no interior do NE# Interesses do Bando# Cangaceiros X Volante (Polícia) Antônio Silvino (1914) Virgulino Ferreira da Silva (Lampião)(1916 –1938)Perseguição e execução de Lampiãona Fazenda dos Angicos em Sergipe(08/07/1938) Corisco (até 1940)
  26. 26.  Política internacional pragmática: Exploração de rivalidades para obter vantagens parao Brasil. Projeto de industrialização. 1942: Navios brasileiros são afundados por submarinosalemães. Brasil declara guerra ao Eixo (ALE + ITA + JAP). 1943: Edição da CLT (controle dos trabalhadores). 1944: FEB (Força Expedicionária Brasileira) desembarcana Itália com aproximadamente 25 mil homens.FABFEB
  27. 27. Estado NovoBrasil na 2ª Guerra Mundial (1942-1945): Início da Guerra:# Neutralidade# mas proximidade com o Eixo Matéria - Prima, Alimento, Vestuário Pressão Norte-Americana:# Bases Estratégicas (NE)# Patrulhamento no Atlântico# Abastecimento p/ o N da África Vários ataques a navios brasileiros(18 navios e 607 mortos) “Negociações” para a entrada na2ª. Guerra Declaração de Guerra (21/08/1942)“A Cobra vai Fumar”
  28. 28. Brasil na Segunda Guerra
  29. 29. Estado Novo1944: Itália FEB (“Pracinhas”)23.334 soldadosMascarenhas de Moraes Incorporação ao 5º ExércitoNorte-Americano Canção do Expedicionário Monte Castelo, Montese,Pistóia (Cemitério)Conseqüências: Estímulo á Industrialização Reservas Monetárias (US$ 709 bi) Crise das Idéias Fascistas Crise do Estado Novo Redemocratização
  30. 30. Estado NovoRedemocratização 1943 – Manifesto dos Mineiros Brasil na Guerra:# Ao lado das Democracias# Contra os Regimes Totalitários Convocação das Novas Eleições Anistia aos presos políticos Formação dos Partidos Políticos:PSD, UDN, PTB, PSB, PCB Queremismo Golpe militar derruba Vargas(29/10/1945) Fim do Estado Novo
  31. 31. CARACTERÍSTICAS GERAIS DO GOVERNO VARGAS: POPULISMO – tipo de governo que possui as seguintescaracterísticas: autoritarismo, estatismo, corporativismo,culto ao líder combinado com concessões parciais acamada mais pobre da população visando obter seuapoio. Ocorreu na América Latina entre os anos 30 e 50,e tem em Getúlio Vargas, no Brasil, Juan DomingoPerón, na Argentina seus mais notórios representantes. O Estado era o “mediador” dos conflitos sociais. Nacionalismo econômico, com criação de empresasestatais e obras públicas. Intervenção do Estado na economia, inspirado no modelodo “New Deal” norte-americano.
  32. 32. República Populista (1946 –1964)1 - PRINCIPAIS PARTIDOS: PSD (Partido Social Democrático): Principal partido. Criado por Getúlio Vargas. Base rural. Industriais, banqueiros e latifundiários associados ao regime deGetúlio Vargas. Políticos tradicionais com grande prestígio em suas regiões. Exemplos: Juscelino Kubitschek, Ulysses Guimarães, TancredoNeves.
  33. 33. UDN (União Democrática Nacional): Segunda maior força política. Antigetulistas. Contra a intervenção do Estado na economia. Contra as leis trabalhistas. Apoiavam o liberalismo e o alinhamento com os EUA. Banqueiros, grandes empresários ligados aos EUA,donos de veículos de comunicação. Exemplos: Carlos Lacerda, Assis Chateaubriand, JúlioMesquita, família Marinho, José Sarney, Antônio CarlosMagalhães.
  34. 34. PTB (Partido Trabalhista Brasileiro): Terceira força política. Base nos sindicatos legalizados durante o governoVargas. Força em grandes cidades. Criado por Getúlio Vargas. Nacionalismo econômico. Intervenção econômica. Exemplos: Getúlio Vargas, João Goulart e LeonelBrizola.
  35. 35. 2 - OUTRAS FORÇAS POLÍTICAS: PSP (Partido Social Progressista): Partido “de aluguél” de Adhemar de Barros. Forte somente em São Paulo. “Rouba mas faz!” PCB (Partido Comunista do Brasil): Curta duração (cancelado em 1947). Forte apenas em grandes cidades como Rio de Janeiro ou SãoPaulo. Ligado a intelectuais, estudantes universitário ou artistas. Exemplos: Luís Carlos Prestes, Cândido Portinari, Jorge Amado,Graciliano Ramos, Mário Lago, Caio Prado Jr., Oscar Niemeyer.
  36. 36. REPRESENTAÇÃO PARTIDÁRIA DOPERÍODO:
  37. 37. 3 - EURICO GASPAR DUTRA (1946 – 1951):PSD + PTB.Proibição de cassinos e jogos de azar.1946 – nova constituição: Liberalismo + conservadorismo. República Federativa Presidencialista. Voto secreto e universal (excluindo-se analfabetos,soldados e cabos). Sindicatos atrelados – restrições a greves. Mandato presidencial de 5 anos. Liberdade partidária (?)
  38. 38. Alinhamento internacional com os EUA(Guerra Fria): Rompimento de relações com URSS. 1947 – cancelamento do PCB.Liberalismo econômico – facilidades paraimportações. Esgotamento de reservas financeiras. Retração da indústria nacional. Endividamento. Arrocho salarial. Descontentamento de trabalhadores. 1947 – Intervencionismo estatal. 1948 – Plano SALTE (fracasso).
  39. 39. INFLAÇÃO E DESGASTE DE SALÁRIOS:
  40. 40. 4 - GETÚLIO VARGAS (1951 – 1954): PTB + PSP Crise econômica – inflação e falta de recursos. Crise política – greves e pressões deoposicionistas. Criação do BNDE - investimentos industriaisnacionais. NACIONALISMO XLIBERALISMOEstudantes,sindicalistas, PTB,comunistas.Campanha “O Petróleoé nosso!”UDN, empresários ligadosaos EUA, setores dasforças armadas (ESG) edos meios decomunicação.
  41. 41. CAMPANHA “O PETRÓLEO É NOSSO”
  42. 42.  Criação da Petrobrás (1953). Criação da Eletrobrás. Aumento de 100% para o salário mínimo (MAI/1954). Jango. Críticas generalizadas da oposição. “Manifesto dos Coronéis” Atentado da Rua Toneleiros (AGO/54). “República do Galeão”. Pressões para renúncia. Suicídio (24/08/1954).
  43. 43. Mais uma vez, as forças e os interesses contra o povo coordenaram-se e novamentese desencadeiam sobre mim. Não me acusam, insultam; não me combatem,caluniam, e não me dão o direito de defesa. Precisam sufocar a minha voz e impedira minha ação, para que eu não continue a defender, como sempre defendi, o povo eprincipalmente os humildes.Sigo o destino que me é imposto. Depois de decênios de domínio e espoliação dosgrupos econômicos e financeiros internacionais, fiz-me chefe de uma revolução evenci. Iniciei o trabalho de libertação e instaurei o regime de liberdade social. Tive derenunciar. Voltei ao governo nos braços do povo. A campanha subterrânea dosgrupos internacionais aliou-se à dos grupos nacionais revoltados contra o regime degarantia do trabalho. A lei de lucros extraordinários foi detida no Congresso. Contra ajustiça da revisão do salário mínimo se desencadearam os ódios. Quis criar liberdadenacional na potencialização das nossas riquezas através da Petrobrás e, mal começaesta a funcionar, a onda de agitação se avoluma. A Eletrobrás foi obstaculada até odesespero. Não querem que o trabalhador seja livre.Não querem que o povo seja independente. Assumi o Governo dentro da espiralinflacionária que destruía os valores do trabalho. Os lucros das empresasestrangeiras alcançavam até 500% ao ano. Nas declarações de valores do queimportávamos existiam fraudes constatadas de mais de 100 milhões de dólares porano. Veio a crise do café, valorizou-se o nosso principal produto. Tentamos defenderseu preço e a resposta foi uma violenta pressão sobre a nossa economia, a ponto desermos obrigados a ceder.Carta Testamento de Vargas
  44. 44. Tenho lutado mês a mês, dia a dia, hora a hora, resistindo a uma pressão constante,incessante, tudo suportando em silêncio, tudo esquecendo, renunciando a mim mesmo,para defender o povo, que agora se queda desamparado. Nada mais vos posso dar, anão ser meu sangue. Se as aves de rapina querem o sangue de alguém, queremcontinuar sugando o povo brasileiro, eu ofereço em holocausto a minha vida.Escolho este meio de estar sempre convosco. Quando vos humilharem, sentireis minhaalma sofrendo ao vosso lado. Quando a fome bater à vossa porta, sentireis em vossopeito a energia para a luta por vós e vossos filhos. Quando vos vilipendiarem, sentireisno pensamento a força para a reação. Meu sacrifício vos manterá unidos e meu nomeserá a vossa bandeira de luta. Cada gota de meu sangue será uma chama imortal navossa consciência e manterá a vibração sagrada para a resistência. Ao ódio respondocom o perdão.E aos que pensam que me derrotaram respondo com a minha vitória. Era escravo dopovo e hoje me liberto para a vida eterna. Mas esse povo de quem fui escravo não maisserá escravo de ninguém. Meu sacrifício ficará para sempre em sua alma e meu sangueserá o preço do seu resgate. Lutei contra a espoliação do Brasil. Lutei contra aespoliação do povo. Tenho lutado de peito aberto. O ódio, as infâmias, a calúnia nãoabateram meu ânimo. Eu vos dei a minha vida. Agora vos ofereço a minha morte. Nadareceio. Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vidapara entrar na História.
  45. 45. A MORTE DE VARGAS:
  46. 46. 5 - O FINAL DO MANDATO DEVARGAS (1954 – 1956):Café Filho (PSD – vice): aproximação com UDN. Afastamento por doença.Carlos Luz (PSD - Presidente doCongresso Nacional) assume: Tentativa de golpe. Impedido pelo Marechal Henrique T. Lott.CAFÉ FILHOCARLOS LUZNereu Ramos (Presidente do Senado)completa o mandato.
  47. 47. 6 - JUSCELINO KUBITSCHEK (1956 –1961):PSD + PTB.Democrata, hábil politicamente. “Presidente Bossa Nova”.Desenvolvimentismo. “50 anos em 5” Plano de Metas – ênfase na indústria.
  48. 48. Facilidades para multinacionais – setorautomotivo.
  49. 49. Construção de estradas (Belém-Brasília) eusinas (Furnas, Três Marias).Construção de Brasília (1960).Empréstimos – endividamento externo.Urbanização intensa e desordenada.SUDENE (fracasso).Inflação e concentração de renda.1960 – Rompimento com FMI. Emissão monetária.FURNAS
  50. 50. UMA NOVA CAPITAL SURGE DO NADA
  51. 51. 7 - JÂNIO QUADROS (1961):Sem base partidária: PTN (Partido Trabalhista Nacional), derepresentação inexpressiva.Teatral, contraditório, apresentava-se como a renovação política. Vassoura – símbolo de campanha (“varrer acorrupção”).Apoio da UDN – “UDN de porre”
  52. 52. Política interna: conservadorismo econômico Congelamento de salários. Corte de subsídios para o trigo e o petróleo. Inflação.Política externa “independente” – nãoalinhamento. Reatou relações diplomáticas com URSS, CHINA eCUBA. Condecorou Ernesto “Chê” Guevara.
  53. 53. Moralismo: Proibição de brigas de galo. Proibição de corridas de cavaloem dias úteis. Proibição do uso do biquíni.Descontentamento geral.Renúncia.
  54. 54. 8 - JOÃO GOULART (1961 – 1964):PTBCrise para a posse – medo docomunismo: 1961: Movimento da Legalidade (LeonelBrizola – RS). Solução negociada – instituição doparlamentarismo (Tancredo Neves).1963: Retomada de poderes (voltado presidencialismo – plebiscito).LEONEL BRIZOLAJANGO
  55. 55. Lei de Remessa de Lucros: Descontentamento dos EUA e da oposição ligada aUDN.Plano Trienal de Desenvolvimento.Reformas de Base (agrária, urbana, políticae educacional).Atuação intensa das Ligas Camponesas(Francisco Julião).FRANCISCO JULIÃO
  56. 56. Grevesgeneralizadas.OBS: Dados em milhares de trabalhadores.
  57. 57. Acirramento de atritos entre defensores eopositores do governo:COMÍCIO DACENTRAL DO BRASIL(RJ) - Manifestação deapoio ao presidente.MARCHA DA FAMÍLIACOM DEUS PELALIBERDADE (SP) –Manifestação contráriaao presidente.X
  58. 58. 31/3/1964: Golpe militarderruba o presidente einstitui a ditadura nopaís.

×