Aula 6 - Prototipação de telas

1.067 visualizações

Publicada em

Veja as vantagens da prototipação de telas. Aula ministrada no dia 01/12/14 no curso Técnico em Informática da http://eteit.univale.br

Publicada em: Software
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.067
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
329
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 6 - Prototipação de telas

  1. 1. Introdução ao Desenvolvimento de Sistemas JanynneL. S. Gomes
  2. 2. AULA 6 PROTOTIPAÇÃO DE TELAS 2 Introdução ao Desenvolvimento de Software Janynne L. S. Gomes
  3. 3. 3 Agenda •O que é Protótipo de Telas? •Vantagens da prototipação •Classificação –Baixa Fidelidade –Média Fidelidade –Alta Fidelidade •Metodologia –Prototipação Evolucionária –Prototipação Descartável •Ferramentas de prototipação 3 Introdução ao Desenvolvimento de Software JanynneL. S. Gomes
  4. 4. 4 O que é Prototipação de Telas?
  5. 5. 5 O que é um Prototipação de Telas? Aproduçãodeversõesiniciais(análogoamaquetesparaaarquitetura)deumsistemafuturocomoqualépossívelrealizarverificaçõeseexperimentos,comointuitodeavaliaralgumasdesuascaracterísticasantesqueosistemavenharealmenteaserconstruído,deformadefinitiva.
  6. 6. 6 Vantagens da Prototipação •Baixademandadetempoparadesenvolvimentoeconsequentemente,baixocusto •Nãorequerconhecimentosavançadosemsoftwaresdeediçãográfica •Facilitaavisualizaçãodoprodutoparaoclientedesdeafaseinicial •Possibilitareceberofeedbackdoclienteemtempoágil
  7. 7. 7 Vantagens da Prototipação •Facilitaolevantamentoderequisitosefuncionalidades •Possibilitaestimardeformamaisprecisaacomplexidadeetempodedesenvolvimento •Possibilitaarealizaçãotestesdeinterações •Reduzosesforçosdedesenvolvimento
  8. 8. 8 Classificação –Baixa Fidelidade –Média Fidelidade –Alta Fidelidade
  9. 9. 9 Classificação: Baixa fidelidade •Osprotótiposdebaixafidelidade,tambémchamadosderascunhosousketches,sãoconcebidosaindanafaseinicial,duranteaconcepçãodosistema. •Desenhadosgeralmenteàmãoutilizandolápis,borrachaepapel,essasrepresentaçõessãofeitasdemaneirarápidaesuperficial,apenasmargeandoaideiadoprojetoedefinindosuperficialmentesuainteraçãocomousuário,nãosepreocupandoaindacomelementosdelayout,cores,disposições,etc.
  10. 10. 10 Classificação: Baixa fidelidade
  11. 11. 11 Classificação: Média fidelidade •Conhecidostambémporwireframes,esseprotótipossãodesenvolvidosnafasedaarquiteturadainformação. •Utilizandolápisepapelousoftwaresdeprototipação,comooBalsamiqouAxure,essesdocumentosapresentamaestruturaeoconteúdodainterface,definindopeso,relevânciaerelaçãodoselementos,formandoolayoutbásicodoprojeto.
  12. 12. 12 Classificação: Média fidelidade
  13. 13. 13 Classificação: Alta fidelidade •Os mockups ou protótipos funcionais constituem a representação mais próxima do sistema a ser desenvolvido. Em alguns casos, é possível simular o fluxo completo das funcionalidades, permitindo a interação do usuário como se fosse o produto final. •A aparência visual, as formas de navegação e interatividade já são concebidas e aplicadas aos protótipos de alta fidelidade.
  14. 14. 14 Classificação: Alta fidelidade
  15. 15. 15 Classificação: Alta fidelidade
  16. 16. 16 Classificação: Alta fidelidade •Seu desenvolvimento é realizado na fase final de definição da interface, utilizando programas de design gráfico, como o Photoshop ou Fireworks; ferramentas de codificação front-end, como o Sublime Text ou Dreamweaver; e linguagens de programação front-end, como o HTML + CSS + jQuery.
  17. 17. 17 Metodologias •Prototipação Evolucionária:consiste em produzir um modelo inicial e refiná-lo ao longo das várias fases de desenvolvimento até atingir a forma final. •Prototipação Descartável:implementados em cada etapa do projeto, esses modelos abordam os detalhes do ciclo e depois são descartados. Para esse tipo de uso, descartável, é fundamental saber o momento certo de considerar o protótipo como finalizado.
  18. 18. 18 Metodologias •Prototipação Evolucionária:consiste em produzir um modelo inicial e refiná-lo ao longo das várias fases de desenvolvimento até atingir a forma final. •Prototipação Descartável:implementados em cada etapa do projeto, esses modelos abordam os detalhes do ciclo e depois são descartados. Para esse tipo de uso, descartável, é fundamental saber o momento certo de considerar o protótipo como finalizado.
  19. 19. 19 Conclusão Há diversas metodologias e formas de se iniciar o desenvolvimento de um sistema, independentemente da escolha, a etapa de prototipação se faz fundamental para o sucesso do projeto, otimizando o tempo e reduzindo o esforço de desenvolvimento.
  20. 20. 20 Conclusão “É mais barato alterar um produto na sua fase inicial do que fazer alterações em um produto acabado. Estima-se que seja 100x (cem vezes) mais barato efetuar alterações antes de se começar a programar do que esperar que todo o desenvolvimento tenha sido efetuado.” Jakob Nielsen, 2013
  21. 21. 21 Referências •http://thiagonasc.com/desenvolvimento-web/a-importancia-dos- prototipos-no-desenvolvimento-de-sistemas •http://www.dextra.com.br/prototipacao-e-sua-importancia-no- desenvolvimento-de-software/ •http://pt.wikipedia.org/wiki/Prototipa%C3%A7%C3%A3o
  22. 22. 22 Disciplina: Introdução ao Desenvolvimento de Sistemas Professora: Janynne L. S. Gomes Contato: janynne.gomes@outlook.com www.eteit.univale.br

×