Emocao e Computacao Afetiva

602 visualizações

Publicada em

Você sabia que é possível o computador detectar suas emoções sem que você diga a ele como se sente?

Ele pode utilizar de técnicas da psicologia, fonoaudiologia e análise de imagens para fazer isso, coletando sinais que seu corpo emite, até mesmo os imperceptíveis ao olho humano (frequência cardíaca e etc) e os perceptíveis como expressões faciais, tonalidade da voz e etc.

Nesses slides apresento a vocês as habilidades que um sistema deve ter para reconhecer emoções e engajar muito mais seus usuários durante a utilização.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
602
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Emocao e Computacao Afetiva

  1. 1. IHM – INTERFACE HOMEM-MÁQUINA Disciplina
  2. 2. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 2 UNIDADE DE APRENDIZAGEM FUNDAMENTOS DE INTERFACE HOMEM- MÁQUINA
  3. 3. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 3 • Emoção e computação afetiva ● Teorias psicológicas sobre a emoção ● Detectando e reconhecendo emoções ● Expressando emoções ROTEIRO DA AULA
  4. 4. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 4 TÓPICO EMOÇÃO E COMPUTAÇÃO AFETIVA
  5. 5. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 5 O afeto preocupa-se em descrever toda a gama de emoções, sensações, sentimentos, ânimos e outros aspectos das pessoas. Tipos de emoções: ● Básicas ( Exemplo: medo, raiva e surpresa) ● Longo prazo(amor, ciúme) INTRODUÇÃO
  6. 6. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 6 Exemplos de influência das emoções: ● Se você tem medo de alguma coisa, isso vai afetar a atenção que você dá a ela. ● Se você estiver em um estado de espírito positivo, isso vai afetar como você percebe determinado evento. (Se o evento teve impacto emocional forte, é mais provável que você se lembre dele) INTRODUÇÃO
  7. 7. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 7 A computação afetiva refere-se a como os dispositivos computacionais podem lidar com as emoções. Considere os aspectos no design da interface: ● Fazer com que o sistema reconheça as emoções humanas e se adaptem de acordo ● Sintetizar emoções do usuário para parecer mais envolvente ● Criar um design de sistema que provoque resposta emocional ou permitir que elas expressem emoções INTRODUÇÃO
  8. 8. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 8 Ekeman, Friesen e Ellsworth (1972) São seis emoções básicas: ● Medo ● Surpresa ● Aversão ● Raiva ● Felicidade ● Tristeza TEORIAS DA EMOÇÃO Geralmente consideradasuniversais, ou seja,reconhecidas e expressasem todas as culturas
  9. 9. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 9 Ekeman e Friesen (1978) Desenvolveram o sistema de codificação facial ( FACS, Facial Action Coding System) que usa os movimentos dos músculos faciais para quantificar emoções. TEORIAS DA EMOÇÃO
  10. 10. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 10 Plutchik (1980) São 8 pares de emoções básicas (primárias) que combinadas geram emoções secundárias. TEORIAS DA EMOÇÃO
  11. 11. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 11 Teoria cognitiva das emoções: Lazarus ● Certo grau de avaliação da situação sempre precede a reação afetiva, embora isso possa ser inconsciente e não evite a imediação da sensação. TEORIAS DA EMOÇÃO
  12. 12. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 12 4 verificações de Sherer As pessoas ao avaliarem seu ambiente fazem 4 verificações: 1)A relevância e a importância do evento para seu bem estar 2)A relevância e as implicações do evento para as metas de longo prazo 3)Quão bem elas conseguem suportar a situação 4)O significado do evento para seu autoconceito e para as normas sociais TEORIAS DA EMOÇÃO
  13. 13. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 13 TEORIAS DA EMOÇÃO
  14. 14. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 14 Use as quatro verificações de Sherer para avaliar sua resposta à situação de alguém saltando na sua frente e gritando “bul” bem alto. DESAFIO
  15. 15. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 15 DETECTANDO EMOÇÕES
  16. 16. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 16 Habilidade básicas: ● Entrada ● Reconhecimento de padrão ● Raciocínio ● Aprendizado ● Viés ● Saída RECONHECIMENTO DE EMOÇÕES
  17. 17. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 17 Entrada Receber uma variedade de sinais de entrada como sinais faciais, gestos de mão, postura, adar, respiração, resposta eletrotérmica, temperatura, eletrocardiograma e etc. RECONHECIMENTO DE EMOÇÕES
  18. 18. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 18 Reconhecimento de padrões Realizar a extração e classificação de características desses sinais. Por exemplo: analisar características de movimento em vídeo para diferenciar uma careta de um sorriso. RECONHECIMENTO DE EMOÇÕES
  19. 19. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 19 Raciocínio Prevê a emoção subjacente com base no conhecimento sobre como as emoções são geradas e expressas. Esse raciocínio requer que o sistema raciocine sobre o contexto da emoção. RECONHECIMENTO DE EMOÇÕES
  20. 20. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 20 Aprendizado À medida que o computador passa a “conhecer” alguém, aprende quais dos fatores acima mencionados são mais importantes para aquele indivíduo e torna-se melhor e mais rápido para reconhecer suas emoções. RECONHECIMENTO DE EMOÇÕES
  21. 21. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 21 Viés O estado emocional do computador, se ele tiver emoções, influencia o seu reconhecimento de emoções ambíguas. RECONHECIMENTO DE EMOÇÕES
  22. 22. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 22 Saída O computador identifica(ou descreve) as expressões reconhecidas e a emoção provavelmente subjacente. RECONHECIMENTO DE EMOÇÕES
  23. 23. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 23 RECONHECIMENTO DE EMOÇÕES
  24. 24. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 24 Vestíveis afetivos Um vestível afetivo é um sistema vestível equipado com sensores que permitem o reconhecimento dos padrões afetivos do seu usuário. RECONHECIMENTO DE EMOÇÕES
  25. 25. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 25 DESAFIO
  26. 26. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 26 Aspectos á serem considerados: • Como os computadores que aparentemente expressam emoção podem melhorar a qualidade e a efetividade da comunicação entre as pessoas e as tecnologias; • Como as pessoas podem se comunicar com computadores de maneiras que expressem suas emoções; • Como a tecnologia pode estimular e dar suporte a novos modos de comunicação afetiva entre as pessoas. EXPRESSANDO EMOÇÕES
  27. 27. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 27 Robô Kismet, desenvolvido no MIT. ● Robô expressivo ● Possui entradas sensoriais visuais, auditivas e proprioceptivas(táteis) ● Expressa emoção aparente através da vocalização, expressão facial e ajuste da direção do olhar e da posição da cabeça. EXPRESSANDO EMOÇÕES
  28. 28. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 28 EXPRESSANDO EMOÇÕES
  29. 29. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 29 ● Desenvolva um esboço de interação do sistema operacional com o usuário, com o comportamento do S.O. ao detectar que o usuário está cansado ou frustrado. ● Apresente 3 telas de ilustração dessa interação. EXERCÍCIO
  30. 30. IHM - Interface Homem Máquina Profª. Janynne L. S. Gomes 30 BENYON, David; tradução Heloísa Coimbra de Souza. Interação Humano-Computador. 2ª edição. São Paulo. Pearson Prentice Hall, 2011. ISBN: 978-85-7936-109-8 REFERÊNCIAS

×