SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Baixar para ler offline
O QueFaz? 
•Coordenadorade TI de umaescolade CG e Jogos. 
•Mentora/organizadoravoluntáriaemeventospara empreendedorismoe TI 
TécnicaemDesign Gráfico 
GraduandoemGestãode TI
É o caraquevive para resolver problemase situaçõescomplicadas. 
Ondehácrises, eleenxergaumaoportunidadede negócios, atravésda resoluçãodesteproblema. 
Quemfaz? Quemvendeostranapraia, quemvendechicleteno metro, quemdáaulasparticulares, quemcriaum app.
Sem13° 
SemSALÁRIO 
SemVIDA SOCIAL 
SemSEGURANÇA FINANCEIRASemCERTEZA 
SemFÉRIAS 
CONSOME MUITO TEMPO
Tem OPORTUNIDADE DE MUDAR O MUNDO 
Tem CHANCE DE FICAR MILIONÁRIO 
Tem CRESCIMENTO PESSOAL 
Tem CONTROLE 
Tem INSPIRAÇÃO 
Tem V1D4 L0K4 
Tem MUDANÇAS
Produto viável mínimo(MVP, do originalMinimum Viable Product) é a versão mais simples de umprodutoque pode ser lançada com uma quantidade mínima de esforço e tempo de desenvolvimento. 
•Ele tem valor suficiente para que as pessoas comecem a utilizá-lo 
•Ele demonstra o suficiente benefício para reter os usuários iniciais 
•Ele fornece um ciclo defeedbackpara orientar o desenvolvimento futuro 
•ResultadoMensurável
Teaser –Landing page oualgoquecapteo interesse 
VIP –Tratamentovipnão-escalávelmas suaproximidadecom osclientesensinaprofundamentesobreas necessidades 
Gnomo–O clientenãosabemas muitodo queé executadoé feitomanualmenteporhumanos 
007 –Agentedisfarçadopara testarmercados. MúltiplosMVPs com diferençaspara testarosresultados
•Ifood–A pessoamandaum e-mail dizendoo quequercomer e vocêretornapara elaumalistade restaurantesabertos 
•Google –Alguémdizo quequersaber, vocêprocuraemAtlas e responde 
•Sistema de agendamento–A pessoateligae dizo horárioquequerirpro Salão. Vocêvaiatrásdos salõesdisponíveise retornaas opçõespróximasa ela.
É um modelo do fluxo e funcionamento do projeto, simulando como deverá ficar no final. Apesar de não ser o produto pronto, deve passar uma ideia clara de como o projeto ficará. 
Há muita confusão na definição de protótipos. Muitos pensam que é necessário que o produto esteja em um estágio quase pronto para isto, mas na realidade, só é necessário que demonstre uma funcionalidade que pode ser uma interação específica do usuário ou geral. Esta definição depende do produto
•Testarse a entregaé efetivapara o cliente 
•Testecriativosemlimitaçõestécnicas 
•Venda de ideias
•Nãoprecisaserperfeito 
•Saibapara quemvaiapresentar 
•Percatempo APENAS no queteinteressa 
•Estabeleçaexpectativaspara o usuário 
OBS -Protótipo é sobre quantidade e não qualidade –A intenção de um protótipo é a de testar, em um conceito mais moderno, falhe rápido, falhe barato. Utilize protótipos em todas as fases do projeto
Fidelidade é sobre a aproximação do produto final que será entregue. Você deve escolher o nível de fidelidade baseado no propósito e que te tipo de teste deve ser realizado.
•Design 
•Interatividade 
•Dados e conteúdo 
•Interaçãosocial 
•Ambiente 
O mais importante é definir o que precisa ser testado e em que nível de precisão. Defina objetivos e peça para usuários tentarem alcançá-los. Funcione como um facilitador e troque as telas após as ações simuladas.
Protótipos no papel –Estes são os mais comuns porque são rápidos e versáteis. Você deve perceber a importância de reduzir custos e aumentar produtividade em um projeto. No geral são confundidos sempre como baixa fidelidade 
•Vantagens: Facilidade de produção, baixo custo, não há restrições técnicas, é colaborativo de execução rápida. 
•Desvantagens: Baixa fidelidade visual, confuso se o fluxo de layout for muito grande e difícil de distribuir no caso de equipes fisicamente distantes. 
http://provide.smashingmagazine.com/pixle_outline_tapsize.zip
Este requer um pouco mais de técnica e tempo, pois consiste na execução de softwares específicos para a produção. 
•Vantagens –Pode produzir protótipos em alta fidelidade com facilidade, pode ser distribuído com mais facilidade e pode ser feito na tecnologia final do projeto, reaproveitando código. 
•Desvantagens –Necessita mão-de-obra que conheça o software, leva mais tempo em geral para a produção, custo mais alto.
Prototipagem e MVP para startups

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Discovery e priorização
Discovery e priorizaçãoDiscovery e priorização
Discovery e priorizaçãoEluza Pinheiro
 
Palestra MVP - Estudo de Casos
Palestra MVP - Estudo de CasosPalestra MVP - Estudo de Casos
Palestra MVP - Estudo de CasosBonoBee
 
Product Discovery - 10 dicas de como criar um bom processo
Product Discovery - 10 dicas de como criar um bom processoProduct Discovery - 10 dicas de como criar um bom processo
Product Discovery - 10 dicas de como criar um bom processoAlexandre Spengler
 
Técnicas de Prototipação para Smartphones no Apoio à Avaliação de Interfaces ...
Técnicas de Prototipação para Smartphones no Apoio à Avaliação de Interfaces ...Técnicas de Prototipação para Smartphones no Apoio à Avaliação de Interfaces ...
Técnicas de Prototipação para Smartphones no Apoio à Avaliação de Interfaces ...Talita Pagani
 
Exercicio design thinking
Exercicio design thinkingExercicio design thinking
Exercicio design thinkingDouglas Mello
 
Gerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - IniciaçãoGerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - IniciaçãoPaulo Junior
 
Da Lean Inception ao Backlog da Sprint: O uso efetivo de MVP e histórias do u...
Da Lean Inception ao Backlog da Sprint: O uso efetivo de MVP e histórias do u...Da Lean Inception ao Backlog da Sprint: O uso efetivo de MVP e histórias do u...
Da Lean Inception ao Backlog da Sprint: O uso efetivo de MVP e histórias do u...Paulo Caroli
 
[Product Starter] Sergio Schüler - Como organizar o pensamento durante o disc...
[Product Starter] Sergio Schüler - Como organizar o pensamento durante o disc...[Product Starter] Sergio Schüler - Como organizar o pensamento durante o disc...
[Product Starter] Sergio Schüler - Como organizar o pensamento durante o disc...Product Camp Brasil
 
Business Consultoria - Apresentação Case Modelo de Gestão Paraná Júnior 2010 ...
Business Consultoria - Apresentação Case Modelo de Gestão Paraná Júnior 2010 ...Business Consultoria - Apresentação Case Modelo de Gestão Paraná Júnior 2010 ...
Business Consultoria - Apresentação Case Modelo de Gestão Paraná Júnior 2010 ...Felipe Torres Sahão
 

Mais procurados (20)

Discovery e priorização
Discovery e priorizaçãoDiscovery e priorização
Discovery e priorização
 
Gestão de Projetos
Gestão de ProjetosGestão de Projetos
Gestão de Projetos
 
Lean inception
Lean inceptionLean inception
Lean inception
 
Palestra MVP - Estudo de Casos
Palestra MVP - Estudo de CasosPalestra MVP - Estudo de Casos
Palestra MVP - Estudo de Casos
 
Product Discovery - 10 dicas de como criar um bom processo
Product Discovery - 10 dicas de como criar um bom processoProduct Discovery - 10 dicas de como criar um bom processo
Product Discovery - 10 dicas de como criar um bom processo
 
Workshop MVP Canvas a partir da Lean Inception
Workshop MVP Canvas a partir da Lean InceptionWorkshop MVP Canvas a partir da Lean Inception
Workshop MVP Canvas a partir da Lean Inception
 
Analise de Requisitos Software
Analise de Requisitos SoftwareAnalise de Requisitos Software
Analise de Requisitos Software
 
Treinamento em gestão de projetos
Treinamento em gestão de projetosTreinamento em gestão de projetos
Treinamento em gestão de projetos
 
Técnicas de Prototipação para Smartphones no Apoio à Avaliação de Interfaces ...
Técnicas de Prototipação para Smartphones no Apoio à Avaliação de Interfaces ...Técnicas de Prototipação para Smartphones no Apoio à Avaliação de Interfaces ...
Técnicas de Prototipação para Smartphones no Apoio à Avaliação de Interfaces ...
 
Exercicio design thinking
Exercicio design thinkingExercicio design thinking
Exercicio design thinking
 
Gerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - IniciaçãoGerenciamento de projetos - Iniciação
Gerenciamento de projetos - Iniciação
 
Da Lean Inception ao Backlog da Sprint: O uso efetivo de MVP e histórias do u...
Da Lean Inception ao Backlog da Sprint: O uso efetivo de MVP e histórias do u...Da Lean Inception ao Backlog da Sprint: O uso efetivo de MVP e histórias do u...
Da Lean Inception ao Backlog da Sprint: O uso efetivo de MVP e histórias do u...
 
Teste de Software
Teste de SoftwareTeste de Software
Teste de Software
 
[Product Starter] Sergio Schüler - Como organizar o pensamento durante o disc...
[Product Starter] Sergio Schüler - Como organizar o pensamento durante o disc...[Product Starter] Sergio Schüler - Como organizar o pensamento durante o disc...
[Product Starter] Sergio Schüler - Como organizar o pensamento durante o disc...
 
Avaliação Heurística
Avaliação HeurísticaAvaliação Heurística
Avaliação Heurística
 
Engenharia de Requisitos
Engenharia de RequisitosEngenharia de Requisitos
Engenharia de Requisitos
 
Webinar - RH Agil
Webinar - RH AgilWebinar - RH Agil
Webinar - RH Agil
 
Transformação Ágil
Transformação ÁgilTransformação Ágil
Transformação Ágil
 
Business Consultoria - Apresentação Case Modelo de Gestão Paraná Júnior 2010 ...
Business Consultoria - Apresentação Case Modelo de Gestão Paraná Júnior 2010 ...Business Consultoria - Apresentação Case Modelo de Gestão Paraná Júnior 2010 ...
Business Consultoria - Apresentação Case Modelo de Gestão Paraná Júnior 2010 ...
 
Aula 02 - Validação de ideias
Aula 02 - Validação de ideiasAula 02 - Validação de ideias
Aula 02 - Validação de ideias
 

Destaque

Hackathon Inmetrics e Fiap: Construindo um MVP (Minimum Viable Product)
Hackathon Inmetrics e Fiap: Construindo um MVP (Minimum Viable Product)Hackathon Inmetrics e Fiap: Construindo um MVP (Minimum Viable Product)
Hackathon Inmetrics e Fiap: Construindo um MVP (Minimum Viable Product)inmetrics
 
BRAPPS: Como montar um dream team para sua startup
BRAPPS: Como montar um dream team para sua startup BRAPPS: Como montar um dream team para sua startup
BRAPPS: Como montar um dream team para sua startup Brapps Brasil
 
Desenvolvimento de clientes e startup enxuta
Desenvolvimento de clientes e startup enxutaDesenvolvimento de clientes e startup enxuta
Desenvolvimento de clientes e startup enxutaIdeia no Ar
 
Arquitetura para aplicações Android. Do MVP ao MVVM.
Arquitetura para aplicações Android. Do MVP ao MVVM.Arquitetura para aplicações Android. Do MVP ao MVVM.
Arquitetura para aplicações Android. Do MVP ao MVVM.Clerton Leal
 
A Startup Enxuta Eric Ries Portuguese Edition PT BR
A Startup Enxuta Eric Ries Portuguese Edition PT BRA Startup Enxuta Eric Ries Portuguese Edition PT BR
A Startup Enxuta Eric Ries Portuguese Edition PT BR*****
 
Lean Startup - Como Validar Ideias de Negocios
Lean Startup - Como Validar Ideias de NegociosLean Startup - Como Validar Ideias de Negocios
Lean Startup - Como Validar Ideias de NegociosUFPA
 
Startup Enxuta: Navegando no mar de incertezas
Startup Enxuta: Navegando no mar de incertezasStartup Enxuta: Navegando no mar de incertezas
Startup Enxuta: Navegando no mar de incertezasAislan Rafael
 
Inovação com Software usando a metodologia Lean Startups
Inovação com Software usando a metodologia Lean StartupsInovação com Software usando a metodologia Lean Startups
Inovação com Software usando a metodologia Lean StartupsUFPA
 
Validação de modelo de negócios, utilizando o Business Model Canvas.
Validação de modelo de negócios, utilizando o Business Model Canvas.Validação de modelo de negócios, utilizando o Business Model Canvas.
Validação de modelo de negócios, utilizando o Business Model Canvas.Bruno de Lacerda
 
Resumo Eureca! - The Lean Startup
Resumo Eureca! - The Lean StartupResumo Eureca! - The Lean Startup
Resumo Eureca! - The Lean StartupEureca!
 
The 1 Week Minimum Viable Product (MVP)
The 1 Week Minimum Viable Product (MVP)The 1 Week Minimum Viable Product (MVP)
The 1 Week Minimum Viable Product (MVP)Alexis Roqué
 
CPBR7 - Pensamento Visual e Prototipagem
CPBR7 - Pensamento Visual e PrototipagemCPBR7 - Pensamento Visual e Prototipagem
CPBR7 - Pensamento Visual e PrototipagemNei Grando
 

Destaque (16)

Hackathon Inmetrics e Fiap: Construindo um MVP (Minimum Viable Product)
Hackathon Inmetrics e Fiap: Construindo um MVP (Minimum Viable Product)Hackathon Inmetrics e Fiap: Construindo um MVP (Minimum Viable Product)
Hackathon Inmetrics e Fiap: Construindo um MVP (Minimum Viable Product)
 
BRAPPS: Como montar um dream team para sua startup
BRAPPS: Como montar um dream team para sua startup BRAPPS: Como montar um dream team para sua startup
BRAPPS: Como montar um dream team para sua startup
 
Desenvolvimento de clientes e startup enxuta
Desenvolvimento de clientes e startup enxutaDesenvolvimento de clientes e startup enxuta
Desenvolvimento de clientes e startup enxuta
 
Lean startup
Lean startupLean startup
Lean startup
 
Arquitetura para aplicações Android. Do MVP ao MVVM.
Arquitetura para aplicações Android. Do MVP ao MVVM.Arquitetura para aplicações Android. Do MVP ao MVVM.
Arquitetura para aplicações Android. Do MVP ao MVVM.
 
A Startup Enxuta Eric Ries Portuguese Edition PT BR
A Startup Enxuta Eric Ries Portuguese Edition PT BRA Startup Enxuta Eric Ries Portuguese Edition PT BR
A Startup Enxuta Eric Ries Portuguese Edition PT BR
 
Scrum Day Portugal 2017 MVP Presentation
Scrum Day Portugal 2017 MVP PresentationScrum Day Portugal 2017 MVP Presentation
Scrum Day Portugal 2017 MVP Presentation
 
Lean Startup - Como Validar Ideias de Negocios
Lean Startup - Como Validar Ideias de NegociosLean Startup - Como Validar Ideias de Negocios
Lean Startup - Como Validar Ideias de Negocios
 
Startup Enxuta: Navegando no mar de incertezas
Startup Enxuta: Navegando no mar de incertezasStartup Enxuta: Navegando no mar de incertezas
Startup Enxuta: Navegando no mar de incertezas
 
Inovação com Software usando a metodologia Lean Startups
Inovação com Software usando a metodologia Lean StartupsInovação com Software usando a metodologia Lean Startups
Inovação com Software usando a metodologia Lean Startups
 
Validação de modelo de negócios, utilizando o Business Model Canvas.
Validação de modelo de negócios, utilizando o Business Model Canvas.Validação de modelo de negócios, utilizando o Business Model Canvas.
Validação de modelo de negócios, utilizando o Business Model Canvas.
 
A Startup Enxuta
A Startup EnxutaA Startup Enxuta
A Startup Enxuta
 
Resumo Eureca! - The Lean Startup
Resumo Eureca! - The Lean StartupResumo Eureca! - The Lean Startup
Resumo Eureca! - The Lean Startup
 
The 1 Week Minimum Viable Product (MVP)
The 1 Week Minimum Viable Product (MVP)The 1 Week Minimum Viable Product (MVP)
The 1 Week Minimum Viable Product (MVP)
 
CPBR7 - Pensamento Visual e Prototipagem
CPBR7 - Pensamento Visual e PrototipagemCPBR7 - Pensamento Visual e Prototipagem
CPBR7 - Pensamento Visual e Prototipagem
 
Innovation at 50x 031616
Innovation at 50x 031616Innovation at 50x 031616
Innovation at 50x 031616
 

Semelhante a Prototipagem e MVP para startups

Uma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de Projetos
Uma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de ProjetosUma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de Projetos
Uma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de ProjetosGiovani Elísio Silva
 
Prototipagem de Software para Devs
Prototipagem de Software para DevsPrototipagem de Software para Devs
Prototipagem de Software para DevsMarcos Marcolin
 
Como não ferrar com a user experience - Campus Party 2012
Como não ferrar com a user experience - Campus Party 2012 Como não ferrar com a user experience - Campus Party 2012
Como não ferrar com a user experience - Campus Party 2012 Juliana Gaiba
 
Agilidade é para desenvolvedores? Semana da Agilidade
Agilidade é para desenvolvedores? Semana da AgilidadeAgilidade é para desenvolvedores? Semana da Agilidade
Agilidade é para desenvolvedores? Semana da AgilidadeWagner Mendes Voltz Fusca
 
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MGModelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MGNeubio Ferreira
 
Prototipagem Em Papel
Prototipagem Em PapelPrototipagem Em Papel
Prototipagem Em Papelelliando dias
 
XP - Extreme Programming
XP - Extreme ProgrammingXP - Extreme Programming
XP - Extreme ProgrammingRodrigo Branas
 
Palestra sobre Design de Produto para o 17º Startup Chopp Blumenau
Palestra sobre Design de Produto para o 17º Startup Chopp BlumenauPalestra sobre Design de Produto para o 17º Startup Chopp Blumenau
Palestra sobre Design de Produto para o 17º Startup Chopp BlumenauVitor Hugo
 
Fatores que influenciam na longevidade de um Software
Fatores que influenciam na longevidade de um SoftwareFatores que influenciam na longevidade de um Software
Fatores que influenciam na longevidade de um SoftwarePablo Dall'Oglio
 
Design Thinking e Desenvolvimento Ágil: Desenvolvimento centrado em pessoas
Design Thinking e Desenvolvimento Ágil: Desenvolvimento centrado em pessoasDesign Thinking e Desenvolvimento Ágil: Desenvolvimento centrado em pessoas
Design Thinking e Desenvolvimento Ágil: Desenvolvimento centrado em pessoasBruno Eugênio
 
Técnica de prototipação - Aula 4
Técnica de prototipação - Aula 4Técnica de prototipação - Aula 4
Técnica de prototipação - Aula 4Guilherme Torres
 
The role of product manager
The role of product managerThe role of product manager
The role of product managerLucas F Navarro
 
Como Criar Produtos Vencedores
Como Criar Produtos VencedoresComo Criar Produtos Vencedores
Como Criar Produtos VencedoresGustavo Caetano
 
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...Bruno Bemfica
 
Engenharia de Software Dia-a-Dia
Engenharia de Software Dia-a-DiaEngenharia de Software Dia-a-Dia
Engenharia de Software Dia-a-DiaTathiana Machado
 

Semelhante a Prototipagem e MVP para startups (20)

Agile User Experience
Agile User ExperienceAgile User Experience
Agile User Experience
 
Uma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de Projetos
Uma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de ProjetosUma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de Projetos
Uma abordagem às Metodologias Ágeis em Gerência de Projetos
 
Prototipagem de Software para Devs
Prototipagem de Software para DevsPrototipagem de Software para Devs
Prototipagem de Software para Devs
 
Como não ferrar com a user experience - Campus Party 2012
Como não ferrar com a user experience - Campus Party 2012 Como não ferrar com a user experience - Campus Party 2012
Como não ferrar com a user experience - Campus Party 2012
 
Scrum
ScrumScrum
Scrum
 
Agilidade é para desenvolvedores? Semana da Agilidade
Agilidade é para desenvolvedores? Semana da AgilidadeAgilidade é para desenvolvedores? Semana da Agilidade
Agilidade é para desenvolvedores? Semana da Agilidade
 
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MGModelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
Modelagem Ágil - UaiJug TechDays 2013 - Uberlândia MG
 
Prototipagem Em Papel
Prototipagem Em PapelPrototipagem Em Papel
Prototipagem Em Papel
 
XP - Extreme Programming
XP - Extreme ProgrammingXP - Extreme Programming
XP - Extreme Programming
 
Palestra sobre Design de Produto para o 17º Startup Chopp Blumenau
Palestra sobre Design de Produto para o 17º Startup Chopp BlumenauPalestra sobre Design de Produto para o 17º Startup Chopp Blumenau
Palestra sobre Design de Produto para o 17º Startup Chopp Blumenau
 
Fatores que influenciam na longevidade de um Software
Fatores que influenciam na longevidade de um SoftwareFatores que influenciam na longevidade de um Software
Fatores que influenciam na longevidade de um Software
 
Design Thinking e Desenvolvimento Ágil: Desenvolvimento centrado em pessoas
Design Thinking e Desenvolvimento Ágil: Desenvolvimento centrado em pessoasDesign Thinking e Desenvolvimento Ágil: Desenvolvimento centrado em pessoas
Design Thinking e Desenvolvimento Ágil: Desenvolvimento centrado em pessoas
 
Técnica de prototipação - Aula 4
Técnica de prototipação - Aula 4Técnica de prototipação - Aula 4
Técnica de prototipação - Aula 4
 
Prototipagem - Validação de ideias através de Design Thinking
Prototipagem - Validação de ideias através de Design ThinkingPrototipagem - Validação de ideias através de Design Thinking
Prototipagem - Validação de ideias através de Design Thinking
 
The role of product manager
The role of product managerThe role of product manager
The role of product manager
 
Entregando Software com Valor
Entregando Software com ValorEntregando Software com Valor
Entregando Software com Valor
 
Modelagem Ágil
Modelagem ÁgilModelagem Ágil
Modelagem Ágil
 
Como Criar Produtos Vencedores
Como Criar Produtos VencedoresComo Criar Produtos Vencedores
Como Criar Produtos Vencedores
 
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
Testes Automatizados e Especificação Por Exemplo - Unindo TI e Negócio atravé...
 
Engenharia de Software Dia-a-Dia
Engenharia de Software Dia-a-DiaEngenharia de Software Dia-a-Dia
Engenharia de Software Dia-a-Dia
 

Mais de Jennifer Payne

Palestra - Oportunidades para empreender na área de Jogos (Startup Weekend Ga...
Palestra - Oportunidades para empreender na área de Jogos (Startup Weekend Ga...Palestra - Oportunidades para empreender na área de Jogos (Startup Weekend Ga...
Palestra - Oportunidades para empreender na área de Jogos (Startup Weekend Ga...Jennifer Payne
 
Criando sites dinâmicos com joomla! - Campus Party Recife 2013
Criando sites dinâmicos com joomla! - Campus Party Recife 2013Criando sites dinâmicos com joomla! - Campus Party Recife 2013
Criando sites dinâmicos com joomla! - Campus Party Recife 2013Jennifer Payne
 
Como adicionar ou editar artigos no Joomla pelo backend
Como adicionar ou editar artigos no Joomla pelo backendComo adicionar ou editar artigos no Joomla pelo backend
Como adicionar ou editar artigos no Joomla pelo backendJennifer Payne
 
Tutorial DOCman em portugues
Tutorial DOCman em portuguesTutorial DOCman em portugues
Tutorial DOCman em portuguesJennifer Payne
 
Aprenda Joomla! 1.5 fácil!
Aprenda Joomla! 1.5 fácil!Aprenda Joomla! 1.5 fácil!
Aprenda Joomla! 1.5 fácil!Jennifer Payne
 

Mais de Jennifer Payne (7)

O pitch perfeito
O pitch perfeitoO pitch perfeito
O pitch perfeito
 
Palestra - Oportunidades para empreender na área de Jogos (Startup Weekend Ga...
Palestra - Oportunidades para empreender na área de Jogos (Startup Weekend Ga...Palestra - Oportunidades para empreender na área de Jogos (Startup Weekend Ga...
Palestra - Oportunidades para empreender na área de Jogos (Startup Weekend Ga...
 
Criando sites dinâmicos com joomla! - Campus Party Recife 2013
Criando sites dinâmicos com joomla! - Campus Party Recife 2013Criando sites dinâmicos com joomla! - Campus Party Recife 2013
Criando sites dinâmicos com joomla! - Campus Party Recife 2013
 
Como adicionar ou editar artigos no Joomla pelo backend
Como adicionar ou editar artigos no Joomla pelo backendComo adicionar ou editar artigos no Joomla pelo backend
Como adicionar ou editar artigos no Joomla pelo backend
 
Joomla Core
Joomla CoreJoomla Core
Joomla Core
 
Tutorial DOCman em portugues
Tutorial DOCman em portuguesTutorial DOCman em portugues
Tutorial DOCman em portugues
 
Aprenda Joomla! 1.5 fácil!
Aprenda Joomla! 1.5 fácil!Aprenda Joomla! 1.5 fácil!
Aprenda Joomla! 1.5 fácil!
 

Prototipagem e MVP para startups

  • 1.
  • 2. O QueFaz? •Coordenadorade TI de umaescolade CG e Jogos. •Mentora/organizadoravoluntáriaemeventospara empreendedorismoe TI TécnicaemDesign Gráfico GraduandoemGestãode TI
  • 3.
  • 4.
  • 5. É o caraquevive para resolver problemase situaçõescomplicadas. Ondehácrises, eleenxergaumaoportunidadede negócios, atravésda resoluçãodesteproblema. Quemfaz? Quemvendeostranapraia, quemvendechicleteno metro, quemdáaulasparticulares, quemcriaum app.
  • 6. Sem13° SemSALÁRIO SemVIDA SOCIAL SemSEGURANÇA FINANCEIRASemCERTEZA SemFÉRIAS CONSOME MUITO TEMPO
  • 7. Tem OPORTUNIDADE DE MUDAR O MUNDO Tem CHANCE DE FICAR MILIONÁRIO Tem CRESCIMENTO PESSOAL Tem CONTROLE Tem INSPIRAÇÃO Tem V1D4 L0K4 Tem MUDANÇAS
  • 8.
  • 9. Produto viável mínimo(MVP, do originalMinimum Viable Product) é a versão mais simples de umprodutoque pode ser lançada com uma quantidade mínima de esforço e tempo de desenvolvimento. •Ele tem valor suficiente para que as pessoas comecem a utilizá-lo •Ele demonstra o suficiente benefício para reter os usuários iniciais •Ele fornece um ciclo defeedbackpara orientar o desenvolvimento futuro •ResultadoMensurável
  • 10. Teaser –Landing page oualgoquecapteo interesse VIP –Tratamentovipnão-escalávelmas suaproximidadecom osclientesensinaprofundamentesobreas necessidades Gnomo–O clientenãosabemas muitodo queé executadoé feitomanualmenteporhumanos 007 –Agentedisfarçadopara testarmercados. MúltiplosMVPs com diferençaspara testarosresultados
  • 11. •Ifood–A pessoamandaum e-mail dizendoo quequercomer e vocêretornapara elaumalistade restaurantesabertos •Google –Alguémdizo quequersaber, vocêprocuraemAtlas e responde •Sistema de agendamento–A pessoateligae dizo horárioquequerirpro Salão. Vocêvaiatrásdos salõesdisponíveise retornaas opçõespróximasa ela.
  • 12. É um modelo do fluxo e funcionamento do projeto, simulando como deverá ficar no final. Apesar de não ser o produto pronto, deve passar uma ideia clara de como o projeto ficará. Há muita confusão na definição de protótipos. Muitos pensam que é necessário que o produto esteja em um estágio quase pronto para isto, mas na realidade, só é necessário que demonstre uma funcionalidade que pode ser uma interação específica do usuário ou geral. Esta definição depende do produto
  • 13. •Testarse a entregaé efetivapara o cliente •Testecriativosemlimitaçõestécnicas •Venda de ideias
  • 14. •Nãoprecisaserperfeito •Saibapara quemvaiapresentar •Percatempo APENAS no queteinteressa •Estabeleçaexpectativaspara o usuário OBS -Protótipo é sobre quantidade e não qualidade –A intenção de um protótipo é a de testar, em um conceito mais moderno, falhe rápido, falhe barato. Utilize protótipos em todas as fases do projeto
  • 15. Fidelidade é sobre a aproximação do produto final que será entregue. Você deve escolher o nível de fidelidade baseado no propósito e que te tipo de teste deve ser realizado.
  • 16. •Design •Interatividade •Dados e conteúdo •Interaçãosocial •Ambiente O mais importante é definir o que precisa ser testado e em que nível de precisão. Defina objetivos e peça para usuários tentarem alcançá-los. Funcione como um facilitador e troque as telas após as ações simuladas.
  • 17. Protótipos no papel –Estes são os mais comuns porque são rápidos e versáteis. Você deve perceber a importância de reduzir custos e aumentar produtividade em um projeto. No geral são confundidos sempre como baixa fidelidade •Vantagens: Facilidade de produção, baixo custo, não há restrições técnicas, é colaborativo de execução rápida. •Desvantagens: Baixa fidelidade visual, confuso se o fluxo de layout for muito grande e difícil de distribuir no caso de equipes fisicamente distantes. http://provide.smashingmagazine.com/pixle_outline_tapsize.zip
  • 18. Este requer um pouco mais de técnica e tempo, pois consiste na execução de softwares específicos para a produção. •Vantagens –Pode produzir protótipos em alta fidelidade com facilidade, pode ser distribuído com mais facilidade e pode ser feito na tecnologia final do projeto, reaproveitando código. •Desvantagens –Necessita mão-de-obra que conheça o software, leva mais tempo em geral para a produção, custo mais alto.