HISTÓRIA DA AVIAÇÃO - 18
AGO
A ERA DOS BALÕES e DIRIGÍVEIS
ENSAIOS DE VOO
Progressão dos estudos sobre o voo - uso da tecnologia em
desenvolvimento no ...
1874- Ferdinand von Zeppelin (AL) projeta o “navio
aéreo”: dirigível em que o gás ficava em
câmaras independentes, motores...
1883- Gaston e Albert Tissandier (FR)
constroem um balão dirigível c/ motor elétrico
de 1,5 HP de 24 baterias.
1884 – Char...
1890 - Leopoldo Corrêa da Silva (BR),
constitui no Brasil a empresa “Sociedade
Particular de Navegação Aérea”, c/ 2 dirigí...
1894- Augusto Severo de Albuquerque Maranhão
(BR) constrói o dirigível “Bartolomeu de
Gusmão” na França e o faz voar no Ri...
Zeppelin sobrevoando o RJ na década de 30
1895- Zeppelin patenteia seu dirigível motorizado
e c/ boa capacidade de carga e autonomia.
1897 - Karl Wölfert (AL) const...
No mesmo ano Auguste André, Strindburg e Fraenbel
(FR) decolam em um dirigível da Noruega p/ o Pólo
Norte e... desaparecem...
1898 - Santos-Dumont (BR) voa no seu 1º balão,
“Brasil”, na França.
1900- Zeppelin faz voar pela 1ª vez o LZ-1, por
20 minutos e c/ 5 passageiros a bordo.
Os grandes dirigíveis de Zeppelin p...
Com bilhetes muito caros e luxo interior, era um
meio de transporte reservado às pessoas da alta
sociedade, que desejassem...
E por um bom tempo o transporte aéreo era feito pelos
dirigíveis, inclusive chegando ao Brasil.
1901 - Augusto Severo faz ...
1937- O dirigível “Hindeburg” explode em Nova
Iorque, colocando em cheque a segurança dessas
naves.
FIM DE UMA ERA.
Total de LZ construídos = 129, de 1901 a 1937
1912 a 1913 = 881 voos, 19.100 passageiros
Deutsche Luftschiffahrts Akitieng...
O ESTUDO DA AERODINÂMICA DO MAIS
PESADO QUE O AR ADQUIRE NOVA
DINÂMICA.
NÃO HÁ MAIS COMO A HUMANIDADE
VIVER SEM O TRANSPOR...
Alberto Santos Dumont
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula de história

232 visualizações

Publicada em

aula de historia da aviaçao

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
232
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula de história

  1. 1. HISTÓRIA DA AVIAÇÃO - 18 AGO
  2. 2. A ERA DOS BALÕES e DIRIGÍVEIS ENSAIOS DE VOO Progressão dos estudos sobre o voo - uso da tecnologia em desenvolvimento no Século XIX, Revolução Industrial 1852- Henri Giffard (FR) patenteia a “aplicação do vapor na locomoção aérea e constrói um balão com forma de baleia, coloca um leme e um motor a vapor de 3 HP. Voa 27 KM.
  3. 3. 1874- Ferdinand von Zeppelin (AL) projeta o “navio aéreo”: dirigível em que o gás ficava em câmaras independentes, motores laterais externos e gôndolas p/ passageiros e carga 1881 - Júlio César Ribeiro de Sousa, paraense (BR), constrói o balão dirigível “Victória”, patenteando-o na França, Inglaterra, Itália, Bélgica, Rússia e EUA e depois constrói o “Santa Maria de Belém”
  4. 4. 1883- Gaston e Albert Tissandier (FR) constroem um balão dirigível c/ motor elétrico de 1,5 HP de 24 baterias. 1884 – Charles Renard e Arthur Krebs (FR) constroem o dirigível “La France”, c/ motor elétrico, c/ velocidade de 24 KMH e totalmente dirigível
  5. 5. 1890 - Leopoldo Corrêa da Silva (BR), constitui no Brasil a empresa “Sociedade Particular de Navegação Aérea”, c/ 2 dirigíveis.
  6. 6. 1894- Augusto Severo de Albuquerque Maranhão (BR) constrói o dirigível “Bartolomeu de Gusmão” na França e o faz voar no Rio de Janeiro. No mesmo ano Santos-Dumont muda-se para Paris e começa a se envolver com os estudos aeronáuticos, entre outros. Aproveitando as teorias e as experiências de vários pesquisadores da área ele começa a projetar seus próprios aparelhos voadores.
  7. 7. Zeppelin sobrevoando o RJ na década de 30
  8. 8. 1895- Zeppelin patenteia seu dirigível motorizado e c/ boa capacidade de carga e autonomia. 1897 - Karl Wölfert (AL) constrói e voa um dirigível c/ motor a gasolina... que explodiu.
  9. 9. No mesmo ano Auguste André, Strindburg e Fraenbel (FR) decolam em um dirigível da Noruega p/ o Pólo Norte e... desaparecem, achando-se seus corpos 33 anos depois.
  10. 10. 1898 - Santos-Dumont (BR) voa no seu 1º balão, “Brasil”, na França.
  11. 11. 1900- Zeppelin faz voar pela 1ª vez o LZ-1, por 20 minutos e c/ 5 passageiros a bordo. Os grandes dirigíveis de Zeppelin passaram 36 anos cruzando os céus do mundo, fazendo voos transcontinentais e mostrando aos povos que havia uma nova forma de viajar, que não os demorados navios. Suas silhuetas grandiosas impressionavam ao sobrevoarem lentamente as áreas povoadas.
  12. 12. Com bilhetes muito caros e luxo interior, era um meio de transporte reservado às pessoas da alta sociedade, que desejassem uma viagem mais rápida e com uma excelente visão panorâmica em altitude, até então impossível ao ser humano. No transcurso dos 36 anos de serviços prestados, provocou significativos aperfeiçoamentos de tecnologias: motores mais leves e eficientes, metais leves e mais resistentes, técnicas de navegação aérea e compreensão dos fenômenos meteorológicos, melhoria nas rádio-comunicações, etc.
  13. 13. E por um bom tempo o transporte aéreo era feito pelos dirigíveis, inclusive chegando ao Brasil. 1901 - Augusto Severo faz evoluções, c/ curvas fechadas, no seu 2° dirigível “Pax” (2 motores e hélices tratoras e propulsoras), a 400 m/alt que, ao final, pega fogo. No mesmo ano Santos-Dumont vence o prêmio “Deutsch de la Meurth” de 120000 FR$ (acrescidos de 9000 FR$), c/ seu dirigível nº 6, contornando a Torre Eiffel (11 km em 30 min.)
  14. 14. 1937- O dirigível “Hindeburg” explode em Nova Iorque, colocando em cheque a segurança dessas naves. FIM DE UMA ERA.
  15. 15. Total de LZ construídos = 129, de 1901 a 1937 1912 a 1913 = 881 voos, 19.100 passageiros Deutsche Luftschiffahrts Akitiengesellschaft – DELAG 1ª empresa de aviação do mundo 1909 Dirigida por Alfredo Colsman. Capital inicial: 3.000.000 de marcos. Inicia-se a busca por alternativas p/ o transporte aéreo
  16. 16. O ESTUDO DA AERODINÂMICA DO MAIS PESADO QUE O AR ADQUIRE NOVA DINÂMICA. NÃO HÁ MAIS COMO A HUMANIDADE VIVER SEM O TRANSPORTE AÉREO. OS AEROPLANOS PRECISAVAM EVOLUIR, TORNAREM-SE CONFIÁVEIS E DAR NOVO IMPULSO AO MODAL AÉREO.
  17. 17. Alberto Santos Dumont

×